Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Deus traçou limites entre diferentes raças

6

Por que Deus os delinearia dessa forma? Isso é realmente importante para toda a humanidade – realmente importante! Deus delineou o âmbito para cada tipo de ser vivo e fixou o método de sobrevivência para cada tipo de ser humano. Ele também dividiu os diferentes tipos de pessoas e as diferentes raças na terra e fixou o seu âmbito. Isso é o que queremos discutir em seguida.

Quarto, Deus traçou limites entre diferentes raças. Na terra há pessoas brancas, negras, pardas e amarelas. Esses são os diferentes tipos de pessoas. Deus também fixou o âmbito para a vida desses diferentes tipos de pessoas e, sem estarem cientes disso, as pessoas vivem dentro de seu ambiente apropriado para a sobrevivência sob o gerenciamento de Deus. Ninguém pode escapar disso. Por exemplo, as pessoas brancas: principalmente em que áreas elas vivem? Elas vivem principalmente na Europa e na América. As pessoas negras vivem primordialmente na África. E em que áreas as pessoas pardas vivem? (No sudeste da Ásia.) Tais como Tailândia, Índia, Myanmar, Vietnã e Laos. Elas vivem primordialmente no sudeste e no sul da Ásia. As pessoas amarelas vivem primordialmente na Ásia, isto é, na China, Japão, Coreia do Sul e outros países similares. Deus distribuiu apropriadamente todos esses tipos diferentes de raças para que sejam distribuídos por diferentes partes do mundo. Nessas diferentes partes do mundo, Deus há muito tempo preparou um ambiente para a sobrevivência adequado para cada raça diferente de humanos. Dentro desses tipos de ambientes para a sobrevivência, Deus preparou para eles a cor e os componentes do solo. Em outras palavras, os componentes nos corpos das pessoas brancas não são os mesmos que os dos corpos das pessoas negras, e eles também são diferentes dos componentes dos corpos das pessoas de outras raças. Quando Deus criou todos os seres, Ele já havia preparado tal ambiente para a sobrevivência para aquela raça. Seu propósito com isso era que, quando aquele tipo de pessoa começasse a se multiplicar, quando começasse a aumentar em número, pudesse ser fixado dentro daquele âmbito. Antes de Deus criar os seres humanos, Ele já havia pensado muito bem em tudo – Ele daria a Europa e a América às pessoas brancas para permitir que elas se desenvolvessem e sobrevivessem. Assim, quando Deus estava criando a terra, Ele já tinha um plano, Ele tinha intenção e propósito no que estava colocando naquele pedaço de terra, e no que seria nutrido naquele pedaço de terra. Por exemplo, Deus há muito tempo preparou quais montanhas, quantas planícies, quantas fontes de água, que tipos de pássaros e animais, que peixes e que plantas estariam naquela terra. Ao preparar um ambiente para a sobrevivência para um tipo de ser humano, para uma raça, Deus considerou muitos aspectos de questões: o ambiente geográfico, os componentes do solo, os tipos de pássaros e animais, o tamanho dos vários tipos de peixes, os componentes dos peixes, as diferentes qualidades da água, bem como todos os tipos diferentes de plantas… Deus há muito tempo havia preparado tudo isso. Esse tipo de ambiente é um ambiente nativo para a sobrevivência que Deus criou e preparou para as pessoas brancas.

Deus traçou limites entre diferentes raças

Vocês viram que quando Deus criou todos os seres, Ele pensou cuidadosamente e fez as coisas com um plano? (Sim.) O que você viu? (As considerações de Deus para os vários tipos de pessoas foram muito ponderadas. Para o ambiente para a sobrevivência dos diferentes tipos de humanos, Ele preparou os tipos de pássaros e animais e os tipos de peixes, quantas montanhas e quantas planícies haveria. Tudo isso foi considerado de maneira muito cuidadosa e precisa.) Por exemplo, que alimentos as pessoas brancas comem primordialmente? Os alimentos que as pessoas brancas comem são muito diferentes dos alimentos que as pessoas asiáticas comem. Os alimentos básicos que as pessoas brancas comem são primordialmente carne, ovos, leite e aves. Grãos como pão e arroz geralmente não são alimentos básicos que são colocados ao lado do prato. Até quando comem salada de vegetais, elas colocam um pouco de carne ou frango assado nela. Mesmo se comem algum alimento com base de trigo, adicionam a ele queijo, ovos ou carne. Isto é, seus alimentos básicos não são primordialmente constituídos de alimentos com base de trigo nem arroz; elas comem uma grande quantidade de carne e queijo. Elas bebem água gelada com frequência porque comem alimentos realmente calóricos. Assim, as pessoas brancas são verdadeiramente robustas. Essas são as fontes para sua vida, para seus ambientes onde viver preparados para elas por Deus, permitindo que elas tenham esse tipo de estilo de vida. Esse estilo de vida é diferente dos estilos de vida das pessoas de outras raças. Não existe certo ou errado nesse estilo de vida – ele é inato, predestinado por Deus e por causa do governo de Deus e de Seus arranjos. Esse tipo de raça tem um certo estilo de vida e certas fontes de subsistência que se devem à sua raça, bem como ao ambiente para a sobrevivência preparado para ela por Deus. Você poderia dizer que o ambiente para a sobrevivência que Deus preparou para as pessoas brancas e o alimento diário que elas obtêm desse ambiente são ricos e abundantes.

Deus também preparou os ambientes para a sobrevivência necessários para as outras raças. Também existem as pessoas negras – onde elas estão localizadas? Elas estão localizadas primordialmente no centro e no sul da África. O que Deus preparou para elas nesse tipo de ambiente para a vida? As florestas tropicais, toda espécie de pássaros e animais, também os desertos e todos os tipos de plantas que os acompanham. Elas têm fontes de água, sua subsistência e alimento. Deus não foi tendencioso contra elas. Não importa o que já tenham feito, sua sobrevivência jamais foi um problema. Elas também ocupam um certo local e uma certa área numa parte do mundo.

Agora, vamos falar um pouquinho sobre as pessoas amarelas. As pessoas amarelas estão localizadas primordialmente no Oriente. Quais são as diferenças entre os ambientes e posições geográficas do Oriente e do Ocidente? No Oriente, a maior parte da terra é fértil e rica em depósitos minerais e materiais. Isto é, todos os tipos de recursos acima e abaixo do solo são abundantes. E para esse grupo de pessoas, para essa raça, Deus também preparou o solo correspondente, o clima e os vários ambientes geográficos que são adequados a elas. Embora haja grandes diferenças entre esse ambiente geográfico e o ambiente no Ocidente, o alimento necessário, a subsistência e as fontes necessárias à sobrevivência foram preparados por Deus. É apenas um ambiente para viver diferente daquele que as pessoas brancas têm no Ocidente. Mas, qual é a coisa para a qual preciso chamar a atenção de vocês, que preciso lhes dizer? O número de pessoas da raça oriental é relativamente alto, então Deus acrescentou muitos elementos naquele pedaço de terra que são diferentes dos do Oeste. Naquela parte do mundo, Ele acrescentou muitas paisagens diferentes e todo tipo de materiais abundantes. Recursos naturais lá são muito abundantes; o terreno também é variado e diverso, adequado para nutrir um número enorme de pessoas da raça oriental. Algo que é diferente do Oeste é que, no Leste – de sul a norte, de leste a oeste – o clima é melhor do que no Oeste. As quatro estações são claramente delineadas, as temperaturas são acolhedoras, os recursos naturais são abundantes e o cenário natural e os tipos de terreno são muito melhores do que no Oeste. Por que Deus fez isso? Deus criou um equilíbrio muito racional entre as pessoas brancas e as amarelas. O que isso significa? Significa que todo aspecto de seu alimento, as coisas que elas usam, o que as pessoas brancas têm para seu desfrute são muito melhores do que o que as pessoas amarelas são capazes de usufruir. Entretanto, Deus não é tendencioso contra raça alguma. Deus deu às pessoas amarelas um ambiente para a sobrevivência mais bonito e melhor. Esse é o equilíbrio. Então você entende, certo?

Deus predestinou que tipos de pessoa vivem em que parte do mundo e os humanos não podem sair desse âmbito. Isso é uma coisa maravilhosa! Mesmo que haja guerras ou invasões durante eras diferentes ou em épocas específicas, essas guerras, essas invasões absolutamente não podem destruir os ambientes para a sobrevivência que Deus predestinou a cada raça. Isto é, Deus fixou um certo tipo de pessoa em uma certa parte do mundo e ele não pode sair desse âmbito. Mesmo se as pessoas tiverem algum tipo de ambição de mudar ou expandir seu território, sem a permissão de Deus, isso será muito difícil de se alcançar. Será muito difícil se obter êxito. Por exemplo, as pessoas brancas desejaram expandir seu território e colonizaram alguns outros países. Os alemães invadiram certos países, a Inglaterra ocupou a Índia. Qual foi o resultado? No final, eles fracassaram. O que vemos a partir desse fracasso? O que Deus predestinou não se pode destruir. Então, não importa quão grande seja o momentum que você possa ter visto na expansão da Inglaterra; no final, o resultado é que eles ainda tiveram que se retirar e aquela terra ainda pertence à Índia. Quem vive naquela terra ainda são os indianos, e não os ingleses. Isso ocorre por tratar-se de algo que Deus não permite. Alguns dos pesquisadores de história ou política forneceram teses sobre esse assunto. Eles apresentam razões para o fracasso da Inglaterra, dizendo que poderia ser pelo fato de uma certa etnia não poder ser conquistada, ou poderia ser por alguma outra razão humana…. Essas não são as razões reais. A razão verdadeira é Deus – Ele não o permite! Deus faz uma etnia viver em uma certa terra e a estabelece ali e, se Deus não permitir que as pessoas se mudem, elas nunca conseguirão se mudar. Se Deus definir um âmbito para elas, elas viverão dentro dele. A humanidade não pode se libertar ou escapar desses âmbitos. Isso é certo. Não importa quão grandes sejam as forças dos invasores ou quão fracos sejam aqueles que estão sendo invadidos, seu êxito no final depende de Deus. Ele já predestinou e ninguém pode mudar isso. É assim que Deus distribuiu as várias raças. Que obra Deus fez para distribuir as raças? Primeiro, Ele preparou o ambiente geográfico mais amplo, alocando diferentes locais às pessoas e depois geração após geração sobrevivem ali. Isso está estabelecido – o âmbito para a sobrevivência delas está estabelecido. E sua vida, o que comem, o que bebem, sua subsistência – Deus há muito tempo estabeleceu tudo isso. E quando Deus estava criando todos os seres, Ele fez diferentes preparações para diferentes tipos de pessoas: há diferentes composições de solo, diferentes climas, diferentes plantas e diferentes ambientes geográficos. Os lugares diferentes têm até pássaros e animais diferentes, as águas diferentes têm seu próprio tipo especial de peixe e produtos aquáticos. Até os tipos de insetos são determinados por Deus. Por exemplo, nos Estados Unidos, os pardais são diferentes dos pardais da China continental. As coisas que crescem no continente americano são todas muito grandes, muito altas e muito robustas. As raízes das árvores da floresta são todas muito superficiais, mas as árvores crescem muito. Elas podem até chegar a cem metros de altura, mas a maioria das árvores das florestas da Ásia não são tão altas. Estou certo de que todos vocês ouviram falar da babosa. No Japão, ela é muito estreita, muito fina, mas a babosa dos Estados Unidos é realmente grande. Isso é diferente. Trata-se do mesmo tipo de planta com o mesmo nome, mas no continente americano ela é especialmente grande. As diferenças nesses vários aspectos podem não ser vistas ou percebidas pelas pessoas, mas quando Deus estava criando todos os seres, Ele os delineou e preparou diferentes ambientes geográficos, diferentes terrenos e diferentes seres vivos para diferentes raças. Isso é porque Deus criou diferentes tipos de pessoas e Ele sabe o que cada um deles precisa e o como são seus estilos de vida.

de ‘O Próprio Deus, o Único IX’ em “A Palavra manifesta em carne”