Limites têm surgido devido aos vários estilos de vida da humanidade

13 de Dezembro de 2018

Deus criou todas as coisas e estabeleceu limites para elas; dentre elas, Ele nutriu todos os tipos de seres vivos. Enquanto isso, Ele também preparou diferentes meios de sobrevivência para a humanidade, então, você pode ver que seres humanos não têm apenas uma maneira de sobreviver nem têm apenas um tipo de ambiente para a sobrevivência. Falamos anteriormente sobre Deus preparar vários tipos de alimento e fontes de água para os humanos, o que é crucial para permitir que a vida da humanidade na carne prossiga. No entanto, entre essa humanidade, nem todas as pessoas subsistem de grãos. As pessoas têm diferentes meios de sobrevivência devido a diferenças nos ambientes e terrenos geográficos. Todos esses meios de sobrevivência foram preparados por Deus. Então, nem todos os humanos estão primordialmente engajados em agricultura. Isto é, nem todas as pessoas obtêm seu alimento da cultura agrícola. Essa é a terceira parte sobre a qual falaremos: limites têm surgido devido aos vários estilos de vida da humanidade. Então, que outros tipos de estilos de vida os seres humanos têm? Em termos de fontes de alimento diferentes, que outros tipos de pessoas existem? Há vários tipos primários.

O primeiro é um estilo de vida de caça. Todos sabem o que é isso. O que comem as pessoas que vivem da caça? (Caça.) Elas comem os pássaros e os animais da floresta. “Caça” é uma palavra moderna. Os caçadores não pensam nisso como caça; eles pensam nisso como alimento, como o seu sustento diário. Por exemplo, eles pegam um cervo. Quando pegam esse cervo, é como um fazendeiro que obtêm comida do solo. Um fazendeiro obtém comida do solo e, quando vê sua comida, ele fica feliz e tranquilo. A família não passará fome com colheitas para comer. O coração do fazendeiro fica livre de ansiedade, e ele se sente satisfeito. Um caçador também se sente tranquilo e satisfeito quando vê o que pegou porque ele não precisa mais se preocupar com alimento. Há algo para comer na próxima refeição, não é preciso passar fome. Isso é alguém que caça para viver. A maioria daqueles que subsistem da caça vive nas florestas das montanhas. Eles não cultivam. Não é fácil encontrar terra arável ali, então eles sobrevivem de várias coisas vivas, de vários tipos de presa. Esse é o primeiro tipo de estilo de vida que é diferente do das pessoas comuns.

O segundo tipo é a maneira de viver do pastor. As pessoas que pastoreiam animais para viver também cultivam a terra? (Não.) Então, o que fazem? Como é que elas vivem? (Na maioria, elas pastoreiam gado e ovelhas para viver e, no inverno, abatem e comem seu rebanho. Sua comida básica é carne bovina e de carneiro, e eles bebem chá com leite. Embora os pastores de rebanhos estejam ocupados em todas as quatro estações, eles comem bem. Têm abundância de leite, laticínios e carne.) As pessoas que pastoreiam animais para viver comem principalmente carne bovina e de carneiro, tomam leite de ovelhas e de vacas e montam em bois e cavalos para pastorear seus animais no campo com o vento nos cabelos e o sol no rosto. Eles não enfrentam o estresse da vida moderna. Eles olham o dia todo para as amplas extensões de céu azul e planícies verdejantes. A maioria das pessoas que subsiste de pastoreio mora nas pradarias e tem sido capaz de continuar seu estilo de vida nômade por gerações. Embora a vida nas pradarias seja um pouco solitária, é também uma vida muito feliz. Não é um estilo de vida ruim!

O terceiro tipo é o estilo de vida de pesca. Uma pequena porção da humanidade vive à beira do mar ou em pequenas ilhas. Eles estão cercados pela água, de frente para o oceano. Essas pessoas pescam para viver. Qual é a fonte de alimento para aqueles que pescam para viver? Suas fontes de alimento incluem todos os tipos de peixes, frutos do mar e outros produtos marinhos. As pessoas que pescam para viver não cultivam a terra, mas, em vez disso, elas passam todos os dias pescando. Seu alimento básico consiste em vários tipos de peixes e produtos do mar. Ocasionalmente, elas trocam essas coisas por arroz, farinha e necessidades diárias. Esse estilo de vida das pessoas que vivem perto da água é diferente. Vivendo próximas à água, elas dependem dela para seu alimento e ganham seu sustento com a pesca. A pesca lhes dá não só uma fonte de alimento, mas também um meio de subsistência.

Além da agricultura, a humanidade vive principalmente de acordo com as três maneiras de viver mencionadas acima. No entanto, a maioria das pessoas vive da agricultura, sendo que apenas poucos grupos de pessoas vivem do pastoreio de animais, da pesca e da caça. E de que as pessoas que vivem da agricultura precisam? Elas precisam é de terra. Geração após geração, elas vivem plantando a terra e, quer plantem legumes, frutas ou grãos, é da terra que elas obtêm seu alimento e as suas necessidades diárias.

Quais são as condições básicas subjacentes a esses diferentes estilos de vida humanos? Não é absolutamente necessário que os ambientes em que eles são capazes de sobreviver sejam preservados num nível básico? Isto é, se aqueles que vivem da caça perdessem as florestas das montanhas ou os pássaros e os animais, a fonte de sua subsistência teria desaparecido. A direção em que essa etnia e esse tipo de pessoas deveriam seguir se tornaria incerta, e eles poderiam até desaparecer. E o que dizer daqueles que pastoreiam animais para sua subsistência? De que eles dependem? Aquilo de que eles realmente dependem não é o rebanho, mas o ambiente em que seu rebanho é capaz de sobreviver — as pradarias. Se não houvesse pradarias, onde os pastores levariam seu rebanho para pastar? O que o gado e as ovelhas comeriam? Sem o rebanho, esses povos nômades não teriam subsistência. Sem uma fonte de subsistência, para onde esses povos iriam? Continuar a sobreviver se tornaria muito difícil para eles; eles não teriam futuro. Sem fontes de água e com os rios e os lagos totalmente secos, todos aqueles peixes, que dependem da água para viver, ainda existiriam? Eles não existiriam. Essas pessoas que dependem da água e do peixe para subsistir continuariam a sobreviver? Quando deixam de ter alimento, quando perdem sua fonte de subsistência, esses povos não são capazes de continuar a sobreviver. Isto é, se qualquer etnia se deparasse com um problema com sua subsistência ou sobrevivência, então essa etnia desapareceria da face da terra e seria extinta. E se aqueles que cultivam a terra para viver perdessem sua terra, se não conseguissem cultivar todos os tipos de plantas e obter seu alimento daquelas plantas, qual seria o resultado? Sem alimento, as pessoas não morreriam de fome? Se as pessoas morressem de fome, essa raça de seres humanos não seria exterminada? Então esse é o propósito de Deus ao manter os diferentes tipos de ambientes. Deus só tem um propósito ao manter os diferentes ambientes e ecossistemas e todos os diferentes seres vivos dentro deles — é nutrir todos os tipos de pessoas, nutrir pessoas que vivem em diferentes ambientes geográficos.

Se todas as coisas da criação perdessem suas próprias leis, eles deixariam de existir; se as leis de todas as coisas se perdessem, então os seres vivos dentre todas as coisas não seriam capazes de prosseguir. A humanidade também perderia seus ambientes dos quais depende para sobreviver. Se a humanidade perdesse tudo isso, ela não seria capaz de continuar a prosperar e a se multiplicar geração após geração como tem feito. A razão pela qual os seres humanos sobreviveram até agora é que Deus os supriu com todas as coisas da criação para nutri-los, para nutrir a humanidade de diferentes maneiras. É somente porque Deus nutre a humanidade de diferentes maneiras que ela sobreviveu até agora, até os dias atuais. Com um ambiente fixo para a sobrevivência que é favorável e em que as leis naturais se encontram em boa ordem, todos os diferentes tipos de pessoas na terra, todos os diferentes tipos de raça, podem sobreviver dentro de sua própria área prescrita. Ninguém pode ir além dessas áreas ou desses limites entre elas porque foi Deus quem os delineou.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único IX’ em “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado