A encarnação de Deus Três estágios da obra de Deus Julgamento dos últimos dias Sobre os nomes de Deus A Era da Graça e a Era do Reino Salvação e salvação completa O caminho da vida eterna A obra de Deus e a obra do homem Conhecendo Cristo Conhecendo Deus A Bíblia e Deus Conhecendo a voz de Deus Deus desceu à China A igreja de Deus e a religião Discernindo os fariseus A interpretação da Trindade Verdades e doutrinas Seguindo a vontade de Deus O verdadeiro caminho sempre foi perseguido O verdadeiro significado do arrebatamento
  • 20 tipos de verdades do evangelho
    • A encarnação de Deus
    • Três estágios da obra de Deus
    • Julgamento dos últimos dias
    • Sobre os nomes de Deus
    • A Era da Graça e a Era do Reino
    • Salvação e salvação completa
    • O caminho da vida eterna
    • A obra de Deus e a obra do homem
    • Conhecendo Cristo
    • Conhecendo Deus
    • A Bíblia e Deus
    • Conhecendo a voz de Deus
    • Deus desceu à China
    • A igreja de Deus e a religião
    • Discernindo os fariseus
    • A interpretação da Trindade
    • Verdades e doutrinas
    • Seguindo a vontade de Deus
    • O verdadeiro caminho sempre foi perseguido
    • O verdadeiro significado do arrebatamento
As diferenças entre a obra de julgamento de Deus nos últimos dias e Sua obra de redenção na Era da Graça

Quais são as diferenças entre as palavras expressas pelo Senhor Jesus na Era da Graça e as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso na Era do Reino?

As palavras proferidas por Deus nesta era são diferentes daquelas proferidas durante a Era da Lei e, assim, também diferem das palavras proferidas durante a Era da Graça. Na Era da Graça, Deus não fez a obra da palavra, mas simplesmente descreveu a crucificação a fim de redimir toda a humanidade. A Bíblia apenas descreve porque Jesus deveria ser crucificado, os sofrimentos a que Ele foi submetido na cruz, e como o homem deveria ser crucificado por Deus. Durante aquela era, toda a obra feita por Deus centrou-se em torno da crucificação. Durante a Era do Reino, Deus encarnado profere palavras para conquistar todos aqueles que Nele creem. Esta é “a Palavra que aparece na carne”; Deus veio durante os últimos dias para fazer esta obra, o que significa dizer que Ele veio para realizar o real significado da Palavra que aparece na carne.

Quais são as diferenças entre o modo como o Senhor Jesus operou na Era da Graça e o modo como Deus Todo-Poderoso opera na Era do Reino?

Na Era da Graça, Jesus fez uma boa quantidade desse tipo de obra, como curar enfermidades, expulsar demônios, impor as mãos sobre o homem para orar pelo homem e abençoar o homem. No entanto, agir assim novamente não teria sentido nos dias atuais. O Espírito Santo operou dessa maneira naquele tempo, pois era a Era da Graça, e havia graça suficiente para o homem desfrutar. Não lhe foi pedido qualquer tipo de pagamento e enquanto ele tivesse fé, ele receberia a graça. Todos foram tratados com muita gentileza. Agora, a era mudou e a obra de Deus progrediu ainda mais; é por meio de Seu castigo e julgamento que a rebeldia do homem e as coisas impuras dentro do homem serão purificadas.

Quais são as diferenças entre a vida da igreja na Era da Graça e a vida da igreja na Era do Reino?

Sempre que se congregam, essas pessoas religiosas perguntam: “Irmã, como tem passado esses dias?”. Ela responde: “Sinto-me em dívida com Deus e incapaz de satisfazer o desejo de Seu coração”. Outra diz: “Também eu estou em dívida com Deus e sou incapaz de satisfazê-Lo”. Essas poucas frases e palavras em si expressam as coisas vis que existem no fundo do coração dessas pessoas. São as palavras mais repulsivas, extremamente repugnantes. A natureza desses homens opõe-se a Deus. Aqueles que se concentram na realidade comunicam o que quer que tenham no coração e se abrem na comunicação. Não há um único exercício falso, nem cortesias nem cordialidades vazias. Eles são sempre francos e não observam regras terrenais.