Impedido em minha fé

08 de Fevereiro de 2023

Por Pinbo, China

Eu me converti ao catolicismo em 1988. Alguns anos depois, fui nomeado diácono. Por mais ocupado que estivesse, eu participava ativamente das missas e observava o sábado e os dias santos. Mas, mais tarde, a igreja foi estagnando aos poucos. A fé dos crentes esfriou, e eles pararam de observar o Dia do Senhor. As pessoas até roncavam enquanto nós rezávamos o rosário nas missas, e muitos dos crentes saíram para trabalhar e ganhar dinheiro. Eu também não conseguia sentir a presença do Espírito Santo, mas eu me forçava a participar das missas.

Então, em outono de 2002, um vizinho me deu testemunho da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Comendo e bebendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, eu aprendi sobre os três estágios da obra de Deus, os mistérios da verdade sobre Suas encarnações e que a igreja tinha se tornado desolada porque a obra do Espírito Santo tinha avançado e Deus estava fazendo obra nova. Nós tínhamos que acompanhar os passos de Deus e aceitar Sua obra de julgamento dos últimos dias para nos livrar das amarras do pecado e ter uma chance de entrar no reino de Deus. Lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, minha esposa e eu obtivemos a certeza de que Ele é o Senhor retornado e, felizes, aceitamos Sua obra dos últimos dias. O que eu não esperava foi que, um mês depois, os diáconos e o padre começassem a nos assediar e impedir.

Um dia, alguns diáconos vieram para a nossa casa com meu pai. Quando vi sua postura agressiva, fiquei um pouco nervoso. Eu tinha certeza de que eles sabiam que eu tinha aceitado a nova obra de Deus e que eles tinham vindo para me impedir. Eles acreditavam no Senhor havia muitos anos e alguns tinham ido ao seminário, por isso, meu conhecimento bíblico não era tão bom quanto o deles. Eu tinha acabado de aceitar a obra de Deus dos últimos dias e não tinha aprendido muito da verdade, portanto, não saberia como lidar se eles me pressionassem. Fiz uma oração a Deus em silêncio: “Ó Deus, não sei como enfrentá-los. Por favor, guia-me, dá-me fé e protege-me para que eu possa permanecer forte”. Eu me senti mais calmo depois de orar. Então, um diácono mais velho me disse: “Você é católico há mais de dez anos e você é um diácono. Nunca imaginei que você aceitaria a Relâmpago do Oriente. Estou muito decepcionado. Esse pessoal da Relâmpago do Oriente afirma que o Senhor retornou — você O viu? Se Ele realmente tivesse retornado, como os padres não saberiam? Eles conhecem a Bíblia muito bem — eles dedicaram sua vida a Deus e sofreram tanto. Se o Senhor retornasse, nada seria mais justo do que Ele Se revelar a eles”. Lembrei-me de algo que os irmãos da Igreja de Deus Todo-Poderoso me disseram: Muitas pessoas acham que o Senhor Jesus revelará Seu retorno primeiro aos padres, mas isso é verdade? Existe alguma base para isso nas palavras de Deus? O Senhor Jesus alguma vez disse isso? Na verdade, o Senhor Jesus nunca disse que Ele revelaria Seu retorno primeiro aos padres nem nos instruiu a esperar por uma revelação. E Ele nos disse: “Minhas ovelhas ouvem a Minha voz: Eu as conheço, e elas Me seguem(João 10:27). “Eis que estou à porta e bato. Se algum homem ouvir a Minha voz e abrir a porta para Mim, Eu entrarei em sua casa e cearei com ele e ele Comigo(Apocalipse 3:20). O Senhor foi muito claro. Se quisermos acolher o Senhor, a chave é ouvir com atenção a voz de Deus e buscar expressões da verdade. Assim como na Era da Graça, os discípulos não seguiram o Senhor Jesus porque receberam uma revelação, mas porque ouviram as verdades que o Senhor Jesus expressou e viram que Ele era o Messias vindouro e eles ganharam a salvação de Deus. Mas os líderes judeus se recusaram a aceitar as verdades expressadas pelo Senhor Jesus. Eles condenaram, julgaram e blasfemaram contra Sua obra, e, no fim, eles O crucificaram. Isso ofendeu o caráter de Deus, e eles foram amaldiçoados pelo Senhor Jesus. Agora, o Senhor Jesus retornou como Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, expressando tantas verdades, que são as palavras do Espírito Santo. Isso cumpre a profecia: “Aquele que tiver ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas(Apocalipse 3:6). Muitos irmãos que são crentes verdadeiros leram as palavras de Deus Todo-Poderoso e reconheceram essas palavras como a verdade, como a voz de Deus, e acolheram o Senhor. Quantos padres decidiram investigar a obra e as palavras de Deus? Eles não só não buscaram nem investigaram, eles condenaram e julgaram a obra de Deus dos últimos dias e impediram os crentes de aceitarem o caminho verdadeiro. Eles não tiveram nenhum desejo de buscar a verdade. Eles não ouviram a voz de Deus nem acolheram o Senhor com base em Suas palavras, mas disseram que Ele revelaria Seu retorno primeiro a eles. Como isso poderia ser? Compartilhei esse entendimento com os diáconos, mas as palavras mal tinham saído da minha boca quando um deles saltou da cadeira, apontou para mim e disse: “Você pode saber alguma coisa agora, mas não se esqueça do que diz o evangelho de Mateus, capítulo 24, versículos 23-24: ‘Então, se alguém vos disser: Aqui está Cristo, ou acolá, não acrediteis nele. Porque falsos cristos e falsos profetas se levantarão e mostrarão grandes sinais e maravilhas, para seduzir (se possível) até os eleitos’. A Escritura é muito clara. Todas as alegações de que o Senhor veio são falsas. Todas as alegações de que Ele Se tornou carne são falsas. Você foi enganado profundamente — sugiro que se confesse e se arrependa sem demora! Se você não voltar, corre o risco de ser expulso e então será tarde demais para arrependimentos”.

Fiquei enojado com o que ele disse. Eu pensei: “Esses diáconos passam o dia inteiro interpretando a Escritura para os outros, mas não querem investigar algo tão importante quanto a vinda do Senhor e até me condenam, julgam e tentam me impedir cegamente de investigar o caminho verdadeiro. Eles não são iguais aos fariseus?”. Eu lhe disse: “É verdade que a Bíblia diz que falsos cristos aparecerão nos últimos dias, O Senhor profetizou muito tempo atrás que Ele retornaria — isso é um fato. De acordo com o que você diz, todas as notícias sobre a vinda do Senhor são falsas, isso não é uma condenação descarada do retorno do Senhor? Como, então, nós o acolheríamos? Na verdade, o Senhor Jesus estava nos informando os princípios para discernir falsos cristos. Falsos cristos são espíritos malignos disfarçados e eles não possuem a essência de Deus, portanto, não podem expressar a verdade nem podem fazer a obra de salvar a humanidade. Tudo que podem fazer é imitar a obra passada do Senhor Jesus, mostrando alguns sinais e maravilhas irrisórios para enganar as pessoas”. Lembrei-me de algumas das palavras de Deus que os irmãos tinham lido para mim. “Se, durante o dia de hoje, surgisse uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmasse que ela é Jesus que veio, então isso seria uma fraude produzida pelos espíritos malignos que imita Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. O estágio da obra de Jesus já foi concluída, e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Conhecer a obra de Deus hoje”). “Deus tornado carne é chamado de Cristo, e assim o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a essência de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que não podem ser alcançados pelo homem. Aqueles que chamam a si mesmos de Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não pode ser suplantada por qualquer homem, mas é uma carne capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos aqueles que personificam Cristo cairão porque, embora aleguem ser Cristo, nada possuem da essência de Cristo. E assim Eu digo que a autenticidade de Cristo não pode ser definida pelo homem, mas é respondida e decidida pelo Próprio Deus(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”). As palavras de Deus esclarecem como distinguir falsos cristos do Cristo verdadeiro. Então, eu lhes disse: “Cristo é o Espírito de Deus revestido na carne. Por fora, Cristo se parece com uma pessoa normal, mas o Espírito de Deus reside Nele — Ele é a encarnação do Espírito de Deus, portanto, Ele tem uma essência divina e consegue expressar verdade em qualquer lugar, a qualquer hora, mostrando o caráter de Deus e tudo que Ele tem e é. Ele pode fazer a obra de redimir e salvar a humanidade. Além de Cristo, ninguém pode expressar a verdade, muitos menos salvar a humanidade. Não há dúvida quanto a isso. E assim, a chave para discernir o Cristo verdadeiro dos falsos é ver se eles conseguem expressar a verdade e se conseguem realizar a obra da salvação. Esse é o princípio-chave fundamental. É igual a quando o Senhor Jesus veio operar na Era da Graça. Ele expressou verdades e mostrou às pessoas o caminho do arrependimento, realizou muitos milagres e a obra de redimir toda a humanidade. Quando aceitaram a obra do Senhor Jesus e confessaram e se arrependeram diante Dele, seus pecados foram perdoados e eles ganharam um senso de paz e alegria no coração. A obra e as palavras do Senhor Jesus eram cheias de poder e autoridade. Ele manifestou o caráter de Deus e tudo que Ele tem e é. Todos nós sabíamos no coração que Ele era Cristo encarnado, que Ele era a aparição de Deus. Agora, Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, veio, fazendo a obra de julgamento, expressando todas as verdades que purificam e salvam a humanidade. Ele não só revelou tantos mistérios da verdade, como os três estágios da obra e Suas encarnações, Ele também expôs a raiz da corrupção da humanidade por Satanás. Por meio do julgamento e das revelações das palavras de Deus Todo-Poderoso, podemos entender a raiz dos nossos pecados e ver nossa natureza satânica, desprezar a nós mesmos de coração e nos arrepender diante de Deus, livrar-nos do pecado, ser plenamente salvos e entrar no reino de Deus. Além do Próprio Deus, quem poderia fazer a obra de julgamento nos últimos dias? Quem poderia expressar todas as verdades que purificam e salvam a humanidade? Nenhum humano poderia fazer isso. Esses fatos provam que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado, a aparição de Cristo dos últimos dias. Todos vocês acham que eu fui enganado, mas por que vocês não investigam se as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade? Por que não querem investigar a obra de Deus Todo-Poderoso para salvar a humanidade?”.

Àquela altura, outro diácono disse: “O padre ressaltou repetidas vezes que não devemos ler o livro da Relâmpago do Oriente porque seus ensinos são muito altivos e muitas ovelhas boas, ovelhas líderes de todas as denominações se converteram à Relâmpago do Oriente após lerem esse livro. É por isso que não devemos ler o livro da Relâmpago do Oriente nem ouvir sua pregação. É para que não sejamos desviados”. Então, o que eu lhes disse foi: “Eu costumava pensar igual a vocês. Com medo de ser enganado, eu não ouvia, lia nem tinha contato com nada sobre o retorno do Senhor, mas então alguém compartilhou o evangelho comigo. Li as palavras de Deus Todo-Poderoso e vi que isso era a abordagem errada. Deus Todo-Poderoso diz: ‘A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados. Eu os advirto a trilhar a senda da fé em Deus com cuidado. Não tirem conclusões precipitadas; e mais, não sejam casuais e imprudentes em sua crença em Deus. Vocês devem saber que, no mínimo, aqueles que acreditam em Deus devem ser humildes e reverentes. Aqueles que ouviram a verdade e ainda assim desdenham dela são tolos e ignorantes. Aqueles que ouviram a verdade e ainda assim negligentemente tiram conclusões precipitadas ou a condenam estão tomados de arrogância. Ninguém que crê em Jesus está qualificado a amaldiçoar ou condenar outros. Todos vocês devem ser pessoas com razão e que aceitem a verdade. […] Talvez, tendo lido apenas algumas sentenças, certas pessoas condenem cegamente estas palavras, dizendo: “Isso nada mais é do que algum esclarecimento do Espírito Santo” ou “Esse é um falso cristo vindo para enganar as pessoas”. Aqueles que dizem tais coisas foram cegados pela ignorância! Você entende muito pouco da obra e da sabedoria de Deus, e Eu o aconselho a começar novamente do zero! Vocês não devem condenar cegamente as palavras expressas por Deus por causa da aparição de falsos cristos durante os últimos dias e não devem ser pessoas que blasfemem contra o Espírito Santo por temer o engano. Não seria uma grande pena?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus, Deus terá feito novo céu e nova terra”). As palavras de Deus me ensinaram que não devemos fazer suposições cegas sobre algo tão importante quando o retorno do Senhor. No passado, quando o Senhor Jesus veio para operar, Ele expressou tantas verdades e realizou muitos sinais e maravilhas, mas os fariseus não buscaram nem investigaram isso nem ouviram Seus ensinamentos. Eles resistiram a Ele e O condenaram loucamente. Como resultado, ofenderam o caráter de Deus e acabaram amaldiçoados e punidos por Deus. Nos últimos dias, se não tivermos um coração de busca sobre acolher o Senhor, mas só julgarmos e condenarmos cegamente, é provável que acabemos na senda dos fariseus contra Deus. Deus diz que devemos ser pessoas modestas e sensatas que desejam buscar a verdade. Se não buscarmos, mas, sem pensar, ouvirmos os padres e não acolhermos o Senhor com base nas palavras Dele, acabaremos resistindo a Deus e sendo punidos”. Irritado, um diácono respondeu: “O catolicismo é o único caminho verdadeiro. Não precisamos de nada além da Bíblia para a nossa fé no Senhor”. Meu pai se meteu na conversa com um olhar sério: “Todos temem que você esteja sendo enganado. E nós temos sido uma família católica por gerações. Como isso poderia ser errado? Por que está sendo tão desobediente?”. Eu lhe disse: “Não há nada de errado em acreditar no Senhor, mas agora Ele está fazendo obra nova. Seremos deixados de lado se não a acompanharmos. Acompanhar a obra nova de Deus é nossa única chance de entrar no reino dos céus”. Mas não importava o que eu dissesse, tudo caía em ouvidos surdos. Percebi que, embora eles tivessem status e conhecimento bíblico, eles não tinham nenhum entendimento da voz de Deus nem o desejo de buscar. Não fiz questão de dizer mais. Quando viram que eu era resoluto em minha fé em Deus Todo-Poderoso, eles saíram enfurecidos da casa.

Achei que não me incomodariam mais, mas, para a minha surpresa, um diácono mais velho do nosso vilarejo jogou lenha na fogueira dizendo aos meus pais que minha esposa e eu estávamos na senda errada e os instruiu a pensar num jeito de devolver-nos ao rebanho. Minha mãe o ouviu e então me aconselhou: “Você e sua esposa acreditam em Deus Todo-Poderoso agora. Os padres conhecem a Bíblia melhor do que vocês, por que então eles não se converteram? Desistam dessa fé”. Ela continuou falando e então começou a chorar. Por mais que eu comungasse, minha mãe não queria ouvir. Depois disso, ela continuou nos visitando em nossa casa, chorando. Uma vez, por volta da meia-noite, fui acordado por uma batida à porta. Quando abri, vi minha mãe chorando e gritando: “Desde que vocês começaram a crer em Deus Todo-Poderoso, eu não tenho conseguido dormir nada. Eu criei você durante todos esses anos — por que você não me ouve? Ouça-me e volte para a igreja…”. Eu lhe disse: “Na igreja católica, nós acreditávamos no Senhor Jesus, e agora acreditamos no retorno do Senhor Jesus. É o mesmo Deus. A obra de redenção do Senhor Jesus só era para perdoar nossos pecados, não para nos livrar da nossa natureza pecaminosa. Sua obra não nos salvou completamente do pecado. O Senhor Jesus retornou nos últimos dias como Deus Todo-Poderoso. Ele está expressando verdades e fazendo a obra de julgamento com base na obra de redenção do Senhor para purificar e salvar o homem plenamente. Aceitar a obra de Deus dos últimos dias é nossa única chance de sermos purificados, salvos plenamente e de entrarmos no reino de Deus. Eu acompanhei os passos do Cordeiro e encontrei a senda para o reino dos céus. Não voltarei para a igreja”. Mas minha mãe não queria ouvir. Quando percebeu que, não importava o que dissesse, eu permaneceria firme em minha fé em Deus Todo-Poderoso, ela começou a soluçar. Quando a vi sofrendo tanto, eu me senti péssimo. Meus pais e eu sempre tínhamos sido muito próximos, mas agora eles não conseguiam me entender, e os diáconos estavam me oprimindo e assediando. Com essa senda de fé sendo tão difícil, como eu deveria seguir nela? Então me lembrei de algo que Deus Todo-Poderoso disse: “Não fique desanimado, não seja fraco, e Eu esclarecerei as coisas a você. A estrada para o reino não é tão fácil; nada é assim simples! Vocês querem que as bênçãos venham a vocês facilmente, não querem? Hoje, todos terão provações amargas para enfrentar. Sem tais provações, o coração amoroso que vocês têm por Mim não se tornará mais forte e vocês não terão um amor verdadeiro por Mim. Mesmo se essas provações consistirem simplesmente de circunstâncias menores, todos devem passar por elas; só a dificuldade das provações é que variará de uma pessoa para outra. […] Aqueles que compartilham do Meu amargor certamente compartilharão da Minha doçura. Essa é a Minha promessa e a Minha bênção para vocês(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Declarações de Cristo no princípio, Capítulo 41”). As palavras de Deus me envergonharam. Eu esperava que crer em Deus seria fácil, que eu poderia ser salvo sem sofrimento, mas não é essa a realidade. A senda do reino dos céus não é fácil, experimentamos todos os tipos de opressão, provações, tribulações e sofrimento. Mas Deus usará essas situações desafiadoras para aperfeiçoar nossa fé e nosso amor por Deus. Lembrei-me dos discípulos que seguiram o Senhor Jesus muito tempo atrás. Eles não tinham ouvido tantas verdades, mas, quando confrontados com opressão e adversidade, eles conseguiram manter sua fé no Senhor. Eu tinha a sorte de acolher o Senhor retornado, de ler as verdades expressadas por Deus nos últimos dias e de encontrar a senda para a salvação plena. Eu não podia desistir do caminho verdadeiro só por causa da minha mãe e perder minha chance de ganhar a verdade e a vida.

Depois disso, minha mãe continuou chorando na minha frente o tempo todo e dizia que ela romperia os laços comigo se eu continuasse crendo em Deus Todo-Poderoso e que seguiríamos caminhos separados. Para dizer a verdade, vê-la assim foi muito doloroso para mim. Criar-me não tinha sido fácil para ela. Ela foi tão amorosa comigo, sempre cuidando de mim e se preocupando muito comigo. Ela já tinha 66 anos de idade e a saúde dela não era boa. Eu não só não estava sendo um bom filho, mas estava lhe causando tanta angústia o tempo todo. Se ela adoecesse, minha consciência não suportaria. Eu estava sentindo alguma fraqueza e achei que devia muito a ela. Eu me abri com meus irmãos sobre meu estado, e eles leram uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso para mim: “Você deve sofrer dificuldades pela verdade, deve se entregar à verdade, deve suportar humilhação pela verdade e, para ganhar mais da verdade, você deve passar por mais sofrimento. É isso que você deveria fazer. Você não deve jogar a verdade fora em favor de uma vida familiar pacífica nem deve perder a dignidade e integridade da sua vida por causa de um prazer momentâneo. Você deveria buscar tudo que é belo e bom e buscar uma senda na vida que seja mais significativa(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento”). Eu sabia claramente que as palavras de Deus são a verdade e que eu devia desistir de tudo pela minha busca, mas eu estava sendo impedido pela emoção. Quando vi as lágrimas e a tristeza da minha mãe, eu achei que, como o filho dela, permitir que ela ficasse tão triste era ser um filho ruim. Mas, na verdade, embora minha mãe tivesse me criado, ela me amasse e cuidasse de mim, e eu devesse ser filial e cuidar dela na nossa vida doméstica, minha vida me foi dada por Deus, e só Deus podia me salvar. Eu tinha a sorte de ouvir a voz de Deus agora, de ser agraciado por Deus nos últimos dias e de ter essa chance de ser salvo. Eu não podia desistir do caminho verdadeiro e trair a Deus por causa de uma briga na família. O Senhor Jesus também disse: “Se alguém vier a Mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser Meu discípulo(Lucas 14:26).

Mais tarde, li outra passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso. “Em cada passo da obra que Deus faz no interior das pessoas, externamente ela parece consistir em interações entre pessoas, como se nascida de arranjos humanos ou de interferência humana. Mas nos bastidores, cada passo da obra e tudo o que acontece é uma aposta feita por Satanás diante de Deus e requer que as pessoas permaneçam firmes em seu testemunho a Deus. Veja quando Jó foi provado, por exemplo: nos bastidores, Satanás estava fazendo uma aposta com Deus, e o que aconteceu a Jó foram os feitos dos homens e a interferência dos homens. Por trás de cada passo da obra que Deus faz em vocês está a aposta de Satanás com Deuspor trás disso tudo há uma batalha(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus”). Depois de ler essa passagem, percebi que, por fora, parecia que minha mãe estava me obstruindo, mas por trás disso estavam as interrupções e manipulações de Satanás. Satanás estava me atacando por meio dos meus afetos e minha piedade filial, para me levar a trair a Deus e perder minha chance de ser salvo. Eu tinha compartilhado comunhão com ela tantas vezes sobre a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, porém, ela nunca a buscou nem investigou. Ela só adulava status e poder e ouvia o padre e os diáconos. Ela estava péssima agora porque ela carecia de discernimento e acreditava cegamente no que os outros diziam. Não era por causa da minha fé. Essa percepção foi muito libertadora e vi claramente como Satanás era vil e maligno. A obra de Deus salva as pessoas, mas Satanás faz de tudo para afastar as pessoas de Deus, para que elas O traiam. Eu não podia cair nos truques dele, mas devia permanecer firme no testemunho.

Mais tarde, fui para a casa de um amigo da igreja para compartilhar o evangelho, mas o padre estava lá. Quando me viu, ele agarrou firme nos meus braços e me disse sombriamente: “Você ainda prega a Relâmpago do Oriente. Se você não se arrepender, eu levarei você até a polícia”. Eu não recuei. Então, ele disse falsamente: “Eu tenho pensado em treiná-lo para uma posição importante. Eu queria que você administrasse todas as igrejas na nossa região do Norte. Nunca imaginei que você passaria para a Relâmpago do Oriente. Que decepção! Se você voltar agora, ainda pensarei em fazê-lo chefe dos diáconos. Se você não cair em si, eu expulsarei você da igreja imediatamente e instruirei os outros paroquianos a romperem laços com você. Todos os seus esforços, tudo que você fez terá sido em vão”. Quando ele disse isso, eu pensei: ele nunca falou sobre me cultivar antes, por que então ele faria isso agora que aceitei a obra de Deus dos últimos dias? Isso não era Satanás usando o padre para me tentar? O padre queria me subornar com status para que eu traísse a Deus. Esse era o truque de Satanás. Se eu desistisse do caminho verdadeiro e traísse a Deus por uma posição, eu perderia minha chance de ser salvo e de entrar no reino dos céus. Então, ter posição seria totalmente irrelevante e, no fim, eu seria expulso e punido. Eu disse tudo isso ao padre, o que o deixou muito irritado. Incapaz de refutar minhas palavras, ele começou a me enxotar: “Saia daqui e pare de pregar por aí, senão eu o denunciarei à polícia”. Ele me empurrou para fora enquanto falava. A caminho de casa, eu pensei: como padre, por não investigar algo tão importante como o retorno do Senhor e assumir a liderança na condenação, na resistência e no impedimento dos crentes de investigarem, e até me ameaçar com prisão, ele não podia ser um crente verdadeiro. Mais tarde, quando minha mãe viu como estávamos firmes em nossa fé, ela parou de obstruir nosso caminho e nos disse que ela tinha feito tudo isso porque um diácono a tinha instruído a fazer isso. Eu fiquei furioso. Lembrei-me da condenação dos fariseus pelo Senhor: “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Fechais ao homem o reino dos céus, pois vós mesmos não entrais; e aqueles que querem entrar não deixais entrar. […] Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis os mares e as terras para fazer um prosélito; e, depois de fazê-lo, fazeis dele o filho do inferno duas vezes pior do que vós mesmos(Mateus 23:13, 15). Há também uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso. “Existem aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas e a recitam o dia inteiro, mas nem um deles entende o propósito da obra de Deus. Nem um deles é capaz de conhecer Deus; menos ainda pode qualquer um deles estar de acordo com a vontade de Deus. Todos eles são pessoas inúteis e vis, cada uma se empinando para repreender a Deus. Eles intencionalmente se opõem a Deus mesmo quando carregam o estandarte Dele. Afirmando ter fé em Deus, ainda comem a carne e bebem o sangue do homem. Todas as pessoas assim são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que deliberadamente se interpõem aos que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que impedem os que buscam a Deus. Elas podem parecer ter uma ‘constituição robusta’, mas como os seus seguidores podem saber que não passam de anticristos que levam as pessoas a ficarem contra Deus? Como os seus seguidores podem saber que esses anticristos são diabos vivos dedicados a devorar as almas humanas?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Todos os que não conhecem a Deus são pessoas que se opõem a Deus”). As revelações das palavras de Deus me mostraram que os líderes de hoje no mundo religioso são iguais aos fariseus. Eles são anticristos que odeiam a verdade e fazem de Deus seu inimigo. Antes, os fariseus inventavam loucamente todos os tipos de boatos, lutaram contra o Senhor Jesus e O condenaram e enganaram e impediram os fiéis de O seguir. Fizeram isso para preservar seu status e sua fonte de renda. Agora, os líderes no mundo religioso veem que tudo que Deus Todo-Poderoso expressa é a verdade, e assim que crentes verdadeiros a leem, eles reconhecem a voz de Deus. Eles temem que todos sigam a Deus e parem de adulá-los e sustentá-los. Eles não hesitam em interpretar a Escritura erroneamente apenas para proteger seu status e sustento e espalham falácias, dizendo que todas as notícias da vinda do Senhor são falsas, que qualquer pregação sobre Deus vindo na carne é falsa, para que os crentes não ouçam, não acreditem nem tenham contato com aqueles que pregam a vinda do Senhor. Assim que alguém aceita a nova obra de Deus, eles fazem de tudo para impedi-los, e até entregam aqueles que compartilham o evangelho ao regime satânico. Esses líderes religiosos não só não querem acolher o Senhor pessoalmente, eles mantêm os crentes firmemente sob seu controle para que todos os sigam resistindo a Deus, caiam em desastre e sejam punidos. Eles são tão sinistros e maliciosos. São os anticristos dos últimos dias expostos por Deus e eles merecem a condenação de Deus! Depois disso, por mais que me assediassem ou impedissem, eu permaneci forte em minha fé e continuei compartilhando o evangelho.

Durante todo aquele tempo em que fui impedido em minha fé, eu pude sentir o amor de Deus. As palavras de Deus me guiaram e me permitiram superar as tentações e interrupções de Satanás vez após vez. Também vi claramente como os padres e diáconos, esses líderes religiosos, são anticristos contrários a Deus, como são pedras de tropeço que impedem as pessoas de entrar no reino. Eu os rejeitei de coração, firme em minha fé de seguir Deus Todo-Poderoso. Graças a Deus!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Meu debate com os pastores

Por Jiemeng, Índia Em janeiro de 2019, um amigo me deu testemunho da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Eu li as palavras de...

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Messenger