Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

História nº 1. Uma semente, a terra, uma árvore, a luz do sol, as aves cantantes e o homem

15

Uma pequena semente caiu na terra. Depois que uma chuva forte passou, a semente desenvolveu um broto delicado e suas raízes se aprofundavam lentamente no solo. Com o tempo, o broto cresceu, desafiando ventos cruéis e chuva intensa, observando a mudança das estações conforme a lua aumentava e diminuía. No verão, a terra trazia água de presente para que o broto pudesse suportar o calor escaldante. E por causa da terra o broto não sentia o calor e assim sobreviveu à quentura do verão. Quando o inverno chegou, a terra envolveu o broto em seu abraço cálido e eles se apegaram um ao outro firmemente. E por causa da calidez da terra o broto sobreviveu ao frio intenso, passando incólume pelas tempestades e nevadas invernais da estação. Abrigado pela terra, o broto cresceu forte e ficou feliz. Ficou mais alto e orgulhoso do cuidado abnegado que a terra fornecia. O broto crescia alegremente. Cantava quando a chuva caía e dançava e balançava quando o vento soprava. E, assim, o broto e a terra dependem um do outro …

Uma semente

Os anos se passaram e agora o broto era uma árvore grandiosa. Tinha desenvolvido galhos robustos revestidos de inúmeras folhas e permanecia forte sobre a terra. As raízes da árvore escavaram a terra como tinham feito antes, mas agora mergulhavam com profundidade no solo. O que antes protegia o broto agora era a fundação da árvore poderosa.

Um raio da luz do sol brilhou sobre a árvore e o tronco balançou. A árvore estendeu seus galhos ao longe e sorveu a luz profundamente. A terra abaixo respirou ao ritmo da árvore e se sentiu renovada. Naquele momento, uma brisa fresca soprou entre os galhos e a árvore tremeu de deleite, explodindo de energia. E assim a árvore e a luz do sol dependem uma da outra …

uma árvore

As pessoas sentavam-se à sombra fresca da árvore e se deleitavam com a brisa revigorante e perfumada. O ar limpava corações e pulmões e purificava o sangue delas. As pessoas não se sentiam mais cansadas nem sobrecarregadas. E assim as pessoas e a árvore dependem umas das outras …

Um bando de aves cantantes gorjeava enquanto pousava nos galhos da árvore. Talvez estivessem fugindo de algum inimigo, talvez estivessem chocando e criando seus filhotes, ou pode ser que estivessem apenas descansando um pouco. E assim as aves e a árvore dependem umas das outras …

As raízes da árvore, retorcidas e emaranhadas, penetraram profundamente na terra. Seu tronco abrigava a terra do vento e da chuva, e ela estendia os galhos compridos e protegia a terra abaixo dela, e a árvore fazia isso porque a terra é a sua mãe. Elas vivem juntas, dependem uma da outra e nunca habitarão separadas …

a luz do sol

Tudo que acabei de citar são coisas que vocês já viram, como as sementes, vocês sabem disso, certo? Uma semente se transformando em árvore pode não ser um processo que vocês vejam em detalhes, mas sabem que é fato, certo? Vocês conhecem a terra e a luz do sol. A imagem de pássaros cantando em uma árvore é uma coisa que todas as pessoas veem, certo? (Sim.) E as pessoas se refrescando à sombra de uma árvore, vocês todos viram isso, certo? (Vimos, sim.) Então, que sentimento vocês têm quando veem todos esses exemplos em uma imagem? (Harmonia.) Todos os exemplos que há nessa imagem vêm de Deus? (Sim.) Como vêm de Deus, Deus conhece o valor e o significado desses vários exemplos que coexistem na terra. Quando criou todas as coisas, Deus tinha um plano para cada item, e cada coisa que Ele criou mostra Suas intenções e Ele infunde a vida nelas. Ele criou o ambiente de vida para a humanidade, o qual é apresentado na história que acabamos de ouvir. Ela tratou da interdependência que a semente e a terra têm; a terra nutre a semente e a semente está ligada à terra. A relação entre essas duas foi predeterminada por Deus desde o início, certo? (Sim.) A árvore, a luz do sol, as aves cantantes e o homem nessa imagem são um exemplo do ambiente de vida que Deus criou para a humanidade? (Sim.) Antes de tudo, a árvore pode se separar da terra? (Não.) A árvore pode ficar sem a luz do sol? (Não.) Então, qual foi o propósito de Deus em criar a árvore? Podemos dizer que foi apenas para a terra? Podemos dizer que foi só para as aves cantantes? Podemos dizer que foi só para as pessoas? (Não.) Qual é a relação entre elas? A relação entre elas é a de interdependência, já que não podem ser separadas. Isso quer dizer que a terra, a árvore, a luz do sol, as aves cantantes e as pessoas contam umas com as outras para a existência e nutrem umas às outras. A árvore protege a terra enquanto a terra alimenta a árvore; a luz do sol provê à árvore, enquanto a árvore produz ar puro a partir da luz do sol e ajuda a aliviar a terra do calor do sol. No fim, quem se beneficia disso? A humanidade se beneficia, certo? E esse é um dos princípios por trás do motivo de Deus criar o ambiente de vida para a humanidade e um dos propósitos básicos para tal. Embora seja um quadro simples, podemos ver a sabedoria de Deus e Suas intenções. A humanidade não pode viver sem a terra, sem as árvores nem sem as aves cantantes e a luz do sol, certo? Mesmo sendo uma história, é um microcosmo da criação de Deus do universo e da Sua concessão do ambiente de vida para o homem.

Uma semente, a terra, uma árvore, a luz do sol, as aves cantantes e o homem

Deus criou os céus, a terra e todas as coisas para a humanidade, assim como criou o ambiente de vida. Primeiro, o ponto principal que examinamos na história são as relações interconectadas e a interdependência de todas as coisas. Sob esse princípio, o ambiente de vida para a humanidade é protegido, ele sobrevive e continua; por causa da existência desse ambiente de vida, a humanidade pode prosperar e se reproduzir. Na cena, vimos a árvore, a terra, a luz do sol, as aves cantantes e as pessoas. Deus também estava lá? As pessoas podem não ver, certo? Mas podem ver as regras das relações interconectadas entre as coisas da cena; é através dessas regras que as pessoas podem ver que Deus existe e que é o Governante. Deus usa esses princípios e regras para preservar a vida e a existência de todas as coisas. É desse modo que Ele provê a todas as coisas e provê à humanidade. Essa história tem alguma conexão com o tema que acabamos de discutir? De modo superficial, parece que não há nenhuma, mas, na realidade, as regras que Deus criou como o Criador e Seu domínio sobre todas as coisas estão fortemente conectados com o fato de Ele ser a fonte de vida para todas as coisas e eles estão inextricavelmente ligados. Certo? (Sim.) Vocês aprenderam um pouco de alguma coisa, certo?

Deus é o Mestre das regras que controlam o universo, Ele controla as regras que governam a sobrevivência de todas as coisas, e também controla o universo e todas as coisas de tal forma que eles consigam conviver; Ele faz isso para que não sejam extintos nem desapareçam, de modo que a humanidade possa continuar existindo, para que o homem possa viver em tal ambiente através da liderança de Deus. Essas regras que governam todas as coisas estão sob o domínio de Deus e a humanidade não pode intervir e não pode mudá-las; apenas o Próprio Deus conhece essas regras e só Ele Próprio as gerencia. Quando as árvores vão brotar, quando vai chover, quanto de água e de nutrientes a terra vai fornecer às plantas, em que estação as folhas vão cair, em que estação as árvores vão dar frutos, quanta energia a luz do sol vai oferecer às árvores, o que as árvores vão exalar da energia que recebem da luz do sol – essas são todas as coisas que Deus já havia arranjado quando criou o universo e são leis que não podem ser violadas pelo homem. As coisas criadas por Deus – sejam elas vivas ou que pareçam não vivas para as pessoas – estão todas nas mãos de Deus e sob Seu domínio. Nenhum homem pode mudar nem violar essa regra. Quer dizer, quando criou todas as coisas, Deus formulou como estas deveriam ser. A árvore não poderia assentar raízes, brotar e crescer sem a terra. Se não tivesse árvores, a terra secaria. Não é assim? Além disso, a árvore é a casa das aves cantantes, é um lugar onde elas se abrigam do vento. Estaria tudo certo se a árvore ficasse sem a luz do sol? (Não estaria.) Se tivesse apenas a terra, a árvore não produziria. Tudo isso é para a humanidade e para a sobrevivência da humanidade. O homem recebe ar puro da árvore e vive na terra protegido por ela. O homem não pode viver sem a luz do sol, o homem não pode viver sem todos os diversos seres vivos. Embora as relações entre essas coisas sejam complexas, você precisa lembrar que Deus criou as regras que governam todas as coisas de modo que elas possam existir de uma maneira interconectada e interdependente; cada simples coisa que Ele criou tem valor e significado. Se criasse alguma coisa sem significado, Deus a deixaria desaparecer. Esse é um dos métodos que Ele usou na provisão de todas as coisas. A que se refere “prover” nessa história? Deus sai e rega a árvore todos os dias? A árvore precisa da ajuda de Deus para respirar? (Não.) “Prover” nesse caso se refere à gestão de Deus de todas as coisas após a criação; tudo de que Ele precisava eram regras para manter as coisas funcionando tranquilamente. A árvore cresceu inteiramente por si mesma ao ser plantada na terra. As condições para ela crescer foram todas criadas por Deus. Ele criou a luz do sol, a água, o solo, o ar e o ambiente ao redor, o vento, a geada, a neve, a chuva e as quatro estações; essas são as condições de que a árvore precisa para crescer, essas são as coisas que Deus preparou. Então, Deus é a fonte desse ambiente de vida? (Sim.) Deus tem que sair todos os dias e contar cada folha das árvores? Não há necessidade, certo? Deus também não precisa ajudar a árvore a respirar. Deus também não precisa acordar a luz do sol todos os dias dizendo: “Agora é hora de brilhar sobre as árvores”. Ele não precisa fazer isso. A luz do sol brilha por si própria conforme prescrito pelas regras; quando for preciso, a árvore absorve a luz do sol, e quando a luz do sol não é necessária a árvore ainda vive dentro das regras. Vocês podem ser incapazes de explicar esse fenômeno com clareza, mas é um fato que cada um pode ver e confirmar. Tudo que você precisa fazer é reconhecer que as regras para a existência de todas as coisas vêm de Deus e saber que o crescimento e a sobrevivência delas estão sob o domínio de Deus. Vocês entendem, certo?