O que é possessão demoníaca? Quais são as manifestações de possessão demoníaca?

08 de Outubro de 2018

Palavras de Deus relevantes:

Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria uma fraude produzida pelos espíritos malignos que imita Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. O estágio da obra de Jesus já foi concluída, e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. A obra de Deus é irreconciliável com as noções do homem; por exemplo, o Antigo Testamento predisse a vinda de um Messias, e o resultado dessa profecia foi a vinda de Jesus. Isso já tendo acontecido, seria errado se outro Messias viesse novamente. Jesus já veio uma vez, e seria errado se Jesus viesse novamente desta vez. Existe um nome para cada era, e cada nome contém a caracterização daquela era. Nas noções do homem, Deus deve sempre mostrar sinais e maravilhas, deve sempre curar os doentes e expulsar demônios e deve ser sempre ser igual a Jesus. Mas desta vez, Deus não é nada assim. Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas e ainda expulsasse demônios e curasse os doentes — se Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesus — então Deus estaria repetindo a mesma obra, e a obra de Jesus não teria significado nem valor. Assim, Deus realiza um estágio de obra em cada era. Uma vez que cada estágio de Sua obra foi concluída, logo ele é imitado por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus adota um método diferente. Uma vez que Deus completou um estágio de Sua obra, ele é imitado por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês.

Extraído de ‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne

Há alguns que estão possuídos por espíritos malignos e clamam vociferantemente: “Eu sou Deus!”. Mas, no fim, eles são revelados, porque estão errados no que representam. Eles representam Satanás e o Espírito Santo não lhes presta atenção. Por mais alto que você se exalte ou por mais forte que você grite, você ainda é um ser criado que pertence a Satanás. Eu nunca grito: “Eu sou Deus, Eu sou o amado Filho de Deus!”. Mas a obra que Eu realizo é a obra de Deus. Preciso gritar? Não há necessidade de exaltação. Deus faz a Sua obra Ele Mesmo e não necessita que o homem Lhe confira um status ou título honorífico: Sua obra representa Sua identidade e status. Antes de Seu batismo, Jesus não era o Próprio Deus? Não era a carne encarnada de Deus? Não é certo que não se pode dizer que Ele só Se tornou o único Filho de Deus depois que testificaram Dele? Já não havia um homem com o nome de Jesus muito antes que Ele começasse a Sua obra? Você não pode gerar novas sendas ou representar o Espírito. Você não pode expressar a obra do Espírito ou as palavras que Ele profere. Você é incapaz de fazer a obra do Próprio Deus, e a do Espírito, também não. A sabedoria, a maravilha e a insondabilidade de Deus e a plenitude do caráter pelo qual Deus castiga o homem — todas essas estão além de sua capacidade de expressar. Portanto, seria inútil tentar afirmar ser Deus; você teria apenas o nome, mas nada da substância. O Próprio Deus veio, mas ninguém O reconhece, mesmo assim Ele continua em Sua obra e a faz representando o Espírito. Se você O chama de homem, Deus, o Senhor ou Cristo, ou O chama de irmã, não importa. Mas a obra que Ele faz é a do Espírito e representa a obra do Próprio Deus. Ele não Se importa com o nome pelo qual o homem O chama. Pode o nome determinar Sua obra? Independentemente do que você O chame, no que se refere a Deus, Ele é a carne encarnada do Espírito de Deus; Ele representa o Espírito e é aprovado por Ele. Se você é incapaz de abrir caminho para uma nova era ou de fazer terminar a era antiga, ou de introduzir uma nova era ou de fazer uma nova obra, então você não pode ser chamado de Deus!

Extraído de ‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Existem algumas pessoas que, quando não surge nenhum problema, são bem normais, que falam e conversam de forma bastante normal, que parecem normais e que não fazem nada ruim. Mas quando as palavras de Deus são lidas em reuniões, quando a verdade é comunicada, de repente, elas começam a se comportar de modo anormal. Algumas não suportam ouvir, outras ficam sonolentas, dizem que não estão se sentindo bem e que não desejam mais ouvir. Elas ficam completamente sem consciência — o que de fato está acontecendo aqui? Elas foram possuídas por um espírito maligno. Por que, quando foram possuídas por um espírito maligno, elas ficam dizendo estas palavras: “Não quero ouvir”? Às vezes, as pessoas não conseguem entender o que está acontecendo aqui, mas é absolutamente claro para um espírito maligno. Esse é o espírito dentro de anticristos. Você lhes pergunta por que são tão relutantes em relação à verdade, e elas dizem que não o são e se recusam firmemente a reconhecer isso. Mas em seu coração, elas sabem que não amam a verdade. Quando não estão lendo as palavras de Deus, parecem normais ao se envolverem com outras. Não se sabe o que está no interior delas. Quando tentam ler as palavras de Deus, saem as palavras “Não quero ouvir”; sua natureza foi exposta, e isso é o que elas são. As palavras de Deus as provocaram, as revelaram ou as atingiram onde dói? Nada disso. O que acontece é que, quando todos estão lendo as palavras de Deus, elas dizem que não querem ouvir. Elas não são perversas? (Sim.) O que significa ser perverso? Significa ser muito relutante em relação a algo sem razão discernível e ser muito relutante em relação a coisas positivas sem nem mesmo saber por quê. Elas realmente querem dizer: “Assim que ouço as palavras de Deus, essas palavras saem; assim que ouço testemunho de Deus, sinto-me hostil e nem mesmo sei por quê. Quando vejo alguém que busca a verdade ou que ama a verdade, quero desafiá-lo, sempre quero repreendê-lo, fazer algo prejudicial a ele por suas costas, quero matá-lo”. Ao dizerem isso, elas são perversas. Na verdade, desde o início, anticristos nunca tiveram o espírito de uma pessoa normal e nunca tiveram humanidade normal — isso é o que está realmente acontecendo.

Extraído de ‘Para líderes e obreiros, escolher uma senda é de extrema importância (5)’ em “Registros das falas de Cristo”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

As pessoas possuídas por demônios são aquelas que foram invadidas e controladas por espíritos malignos. As principais maneiras em que isso se manifesta em tais pessoas é ter transtornos psicológicos ou, às vezes, instabilidade mental, até mesmo ao ponto de perderem completamente todo senso normal de razão. Tais pessoas creem em Deus, mas são incapazes de aceitar a verdade e só podem agir como servos de Satanás exercendo um papel que gera perturbações e interrupções. Como resultado, a despeito de crerem em Deus, não podem ser salvas e devem ser expulsas. Pessoas que são possuídas por espíritos malignos se expressam primariamente das dez maneiras seguintes:

1. Qualquer um que personifica Deus ou Cristo é possuído por um espírito maligno.

2. Qualquer um que personifica o espírito de um anjo é possuído por um espírito maligno.

3. Qualquer um que alega ser outra encarnação de Deus é possuído por um espírito maligno.

4. Qualquer um que reivindida palavras expressadas por Deus como suas próprias ou que exige que outros trarem suas próprias palavras como as de Deus é possuído por um espírito maligno.

5. Qualquer um que personifica o homem usado pelo Espírito Santo e exige que as pessoas o sigam e obedeçam é possuído por um espírito maligno.

6. Qualquer um que frequentemente fala em línguas, interpreta línguas, consegue ver qualquer tipo de visão sobrenatural ou frequentemente ouve vozes que o ordenam a agir é possuído por espírito maligno.

7. Qualquer um que alega ser capaz de ouvir sobrenaturalmente espíritos falarem em sua cabeça, que frequentemente ouve as vozes de espíritos ou vê fantasmas e que visivelmente perdeu as faculdades da razão é possuído por um espírito maligno.

8. Qualquer um que perde as faculdades mentais de uma humanidade normal, que frequentemente fala palavras diabólicas, que fala consigo mesmo, que fala em termos insanos é possuído por um espírito maligno.

9. Qualquer um que, por vezes, parece ficar insano, que ocasionalmente cai em transe ou que ocasionalmente é maníaco e não consegue se comunicar normalmente com os outros é possuído por um espírito maligno.

10. Qualquer um que costuma se expressar normalmente, mas pode ser provocado a surtos de insanidade a cada poucos meses ou a cada ano ou dois e parece ser idêntico a pessoas possuídas por demônios e que, às vezes, ainda é normal é possuído por um espírito maligno. (Se alguém teve episódios de insanidade muitos anos atrás, mas nunca mais teve um episódio desde então é uma pessoa que não é mais possuída por um espírito maligno.)

Pessoas que são possuídas por demônios e são completamente ocupadas e controladas por Satanás, pertencem a ele e são amaldiçoadas.

Extraído de “Arranjos de trabalho”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado