Sobre a volta do Senhor, a quem devemos ouvir?

04 de Setembro de 2020

Qual é a chave para receber a vinda do Senhor? O Senhor Jesus disse: “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz” (João 10:27). “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” (Mateus 25:6). O Apocalipse profetizou: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo” (Apocalipse 3:20). “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Apocalipse 2:7). Essas profecias mostram que ouvir a voz de Deus é a chave para receber o Senhor. Ouvir a voz de Deus é o único caminho. Mas muitos crentes acham que, já que o clero conhece a Bíblia e a explicam o tempo todo, eles deveriam ser os guardiões de algo assim tão importante! Então, quando ouvem o testemunho de que o Senhor voltou, eles não investigam. E, quando veem que as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade, eles continuam ignorando. Essas pessoas acreditam em Deus ou no clero? Quem devemos ouvir sobre a vinda do Senhor? Devemos ouvir a voz de Deus ou dos nossos pastores? Eu nunca entendi isso na minha fé antes, só ouvia meu pastor cegamente e quase perdi a chance de receber a volta do Senhor.

Em junho de 2017, eu conheci a irmã Liu e o irmão Duan, da Alemanha, no Facebook. Por meio da nossa comunicação, eu vi que eles eram modestos e confiáveis, com um entendimento puro da Bíblia e comunhões esclarecedoras. Eu ganhei muito. Tivemos algumas reuniões, e aprendi muitas verdades que eu nunca tinha entendido antes, como o que é a verdadeira fé e o verdadeiro arrependimento, o que é seguir e submeter-se a Deus, o que é seguir e submeter-se às pessoas, a essência e a raiz dos fariseus resistirem ao Senhor Jesus, como ouvir a voz de Deus e receber o Senhor, e muito mais. Eu senti que ganhei muito sustento com isso, e meu coração foi iluminado. Eu gostei daquelas reuniões. Em uma delas, o irmão Duan leu alguns versículos da Bíblia: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:24-25). Ele disse que nos últimos dias, o Senhor encarna de novo como Filho do homem para vir e trabalhar, e que essa profecia foi cumprida há algum tempo. Ele disse: “O Senhor retornou como Deus Todo-Poderoso encarnado, e Ele está expressando verdades e fazendo a obra de julgamento a começar pela casa de Deus. Deus Todo-Poderoso expressou todas as verdades que purificam e salvam a humanidade, que é como uma grande luz brilhando desde o Oriente, e que esse é o ‘relâmpago’ do Oriente” da Bíblia. Fiquei meio chocada ao ouvir aquilo e pensei: “O Senhor Jesus já voltou?” Então me lembrei de que o clero disse que só a Relâmpago do Oriente testemunha que Deus retornou encarnado e que não devemos acreditar, porque só o Senhor Jesus é Cristo. Eu fiquei realmente inquieta depois disso e não consegui me concentrar na comunhão do irmão Duan. Eu pensei: “O pastor e os presbíteros servem o Senhor e conhecem bem a Bíblia. Eles devem saber tudo sobre isso, que é tão importante! Então vou perguntar a eles primeiro”.

Fui à igreja e perguntei ao pastor naquele domingo, e ele disse: “Existe valor no que os crentes em Deus Todo-Poderoso pregam, mas eles testemunham que o Senhor voltou como Deus Todo-Poderoso encarnado. Isso não é possível. Só o Senhor Jesus foi Deus encarnado, então eles acreditam num ser humano. A igreja deles é oprimida pelo governo do Partido Comunista, e acreditar na Relâmpago do Oriente seria uma traição ao Senhor Jesus”. Ouvir isso me causou uma onda de medo. Eu pensei que, se fosse assim mesmo, a irmã Liu e o irmão Duan estavam se desviando do Senhor. Comecei a criar dúvidas sobre eles e me pus na defensiva. Eu não queria mais me encontrar com eles. Mas eu hesitei quando pensei no testemunho deles de que o Senhor Jesus tinha retornado. Se fosse verdade, e eu não investigasse, o Senhor não me excluiria? Mas então, se Deus Todo-Poderoso fosse Deus encarnado, por que o pastor não aceitava e ainda dizia que eles acreditam numa pessoa? Eu achava que o pastor conhecia a Bíblia e entendia mais do que eu, então eu deveria me afastar deles para evitar me perder. Mas, depois que fui pra casa, eu me senti bastanteinquieta e apreensiva. Eu fiquei péssima e desanimada. Então orei ao Senhor: “Ó, Senhor. Eu ouvi o pastor hoje e agora comecei a duvidar da irmã Liu e do irmão Duan. Tenho medo de investigar mais a Relâmpago do Oriente. Senhor, eu aguardo o Seu retorno, mas tenho medo de tomar a senda errada e traí-Lo. Não sei mesmo o que devo fazer. Ilumine-me e guie-me, para que eu saiba o que é o certo”.

Aos poucos, fui ganhando uma sensação de paz após minha oração, e uma coisa que a irmã Liu comunicou uma vez me veio à cabeça: “Deus é essencial na nossa fé, e todas as coisas devem ser baseadas nas palavras de Deus, especialmente se for algo tão importante quanto investigar o verdadeiro caminho”. Se só ouvirmos as pessoas sobre tudo, vamos acreditar e seguir pessoas, e assim nos desviar do caminho do Senhor. Comecei a refletir sobre mim mesma. Quando ouvi que o Senhor tinha retornado, não busquei a vontade do Senhor primeiro nem vi o que as palavras do Senhor dizem sobre isso, nem se aquilo vinha de Deus. Em vez disso, eu adorei o pastor e o ouvi. Essa não é a vontade do Senhor. Em todas as reuniões que tive com os membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso, a comunhão deles era esclarecedora e de acordo com a Bíblia, e as explicações deles sobre a vontade de Deus eram bem claras. Em poucas reuniões, entendi muitas verdades que eu não conhecia antes e senti que eu tinha me aproximado de Deus e que a minha fé tinha crescido. Aquilo claramente vinha de Deus e tinha a obra do Espírito Santo. Mas eu não vi se a Igreja tinha a obra do Espírito Santo ou o sustento da verdade. Eu só concluí que o pastor conhecia bem a Bíblia, então acreditei nele, que o Senhor não tinha retornado. Eu estava certa de que a Igreja de Deus Todo-Poderoso tinha a verdade e a obra do Espírito Santo, mas ainda assim, não investiguei. Isso não era ter fé no pastor? Como aquilo era acreditar em Deus ou segui-Lo? Eu pensei em quando o Senhor Jesus apareceu e trabalhou. Os sumos sacerdotes, os escribas e os fariseus que serviam a Deus no templo conheciam as Escrituras e as leis de trás pra frente, mas não reconheceram o Senhor Jesus como o Messias. Em vez disso, se opuseram insanamente e O condenaram, e tramaram que O crucificassem. Eu percebi que ser bom conhecedor da Bíblia não era a mesma coisa que conhecer a Deus. Se eu ouvisse cegamente o pastor, estaria indo contra a vontade de Deus, e poderia até me opor a Ele! Eu decidi continuar indo às reuniões com a irmã Liu e o irmão Duan. E, se eu decidisse que Deus Todo-Poderoso era o Senhor que retornou, eu O aceitaria e O seguiria.

Na reunião seguinte, compartilhei minhas dúvidas com eles. O irmão Duan disse: “Há alguma base no que o seu pastor disse, que a Igreja de Deus Todo-Poderoso acredita em uma pessoa? Ele leu as palavras de Deus Todo-Poderoso ou examinou Sua obra? Ele não tem medo de resistir a Deus ao condenar a Igreja assim? Os fariseus julgaram o Senhor Jesus como sendo uma pessoa comum. Eles não ouviram as verdades que Ele expressou, só se opuseram ferozmente e O condenaram. Conspiraram para que Ele fosse crucificado, e foram punidos por Deus. Os membros do clero de hoje não conferem se as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade, se são mesmo a voz de Deus, mas só O negam e O condenam. Não é o mesmo erro que os fariseus cometeram? Se Deus Todo-Poderoso é realmente Deus encarnado, se ele é o Senhor Jesus que retornou, isso não é determinado pela aprovação do mundo religioso ou do governo. Temos que ver se as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade e se Ele realiza a obra de Deus. Essa é a chave”. Para explicar melhor a encarnação, o irmão Duan leu algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso para mim. “O significado de encarnação é que Deus aparece na carne, e Ele vem para trabalhar entre os homens de Sua criação na imagem de uma carne. Assim, para Deus Se encarnar, Ele precisa primeiro ser carne, carne com humanidade normal; esse é o pré-requisito mais básico. De fato, a implicação da encarnação de Deus é que Deus vive e opera na carne, Deus, em Sua essência, Se torna carne, Se torna um homem.” “Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem.” “Aquele que é Deus encarnado há de possuir a essência de Deus, e Aquele que é Deus encarnado há de possuir a expressão de Deus. Uma vez que Deus Se torna carne, Ele há de levar adiante a obra que intenciona fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele há de expressar o que Ele é e de ser capaz de trazer a verdade ao homem, de conceder-lhe vida e de lhe indicar o caminho. A carne que não contém a essência de Deus decididamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Se o homem pretende inquirir se é a carne de Deus em pessoa, então ele deve corroborar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele profere. O que quer dizer que, para corroborar se é ou não a carne de Deus em pessoa, e se é ou não o verdadeiro caminho, deve-se discriminar-se com base em Sua essência. E assim, ao determinar se é a carne do Deus em pessoa, a chave está em Sua essência (Sua obra, Suas declarações, Seu caráter e muitos outros aspectos), em vez de na aparência exterior. Se o homem examina apenas a Sua aparência exterior e, como resultado ignora a Sua essência, isso demonstra que o homem é inculto e ignorante” (A Palavra manifesta em carne).

O irmão Duan então começou a comunicar: “Deus encarnado é o Espírito de Deus revestido de carne. Ele é uma pessoa comum, falando e trabalhando na Terra para salvar a humanidade. Deus encarnado parece alguém normal, muito comum. Ele possui humanidade normal, come e se veste como qualquer pessoa, e tem emoções de um ser humano normal. Porém, Sua essência é divina. Ele pode expressar a verdade para nutrir o homem em qualquer tempo e lugar. Ele faz a obra do próprio Deus e expressa o caráter de Deus e o que Deus tem e é. Nenhum ser criado poderia fazer isso. Igual ao Senhor Jesus, que parecia uma pessoa comum, mas expressava a verdade e trazia o caminho do arrependimento. Ele perdoou os pecados do homem e expressou os caracteres de Deus de piedade e amor. Ele curou os doentes, expulsou demônios e realizou sinais e prodígios, como alimentar 5 mil com cinco pães e dois peixes, acalmar os mares com uma só palavra, ressuscitar os mortos, e muito mais. Ele mostrou o poder e a autoridade de Deus. No final, ele foi pregado na cruz, completando Sua obra de redimir a humanidade do pecado. Podemos ver pela obra e pelas palavras do Senhor, e pelos caracteres que Ele expressou, que Ele era Deus encarnado. Ele era Cristo. Deus se tornou carne mais uma vez nos últimos dias como Deus Todo-Poderoso. Como o Senhor Jesus, Ele parece uma pessoa normal por fora. Ele vive entre os seres humanos e não é nada sobrenatural, mas Deus Todo-Poderoso expressa todas as verdades que limpam e salvam a humanidade. Ele faz a obra de julgamento de Deus dos últimos dias, para purificar e salvar completamente a humanidade do pecado e nos levar ao reino de Deus. As palavras de Deus Todo-Poderoso desvendam todos os mistérios do plano de gestão de Deus para salvar o homem. Isso inclui a verdade dos três estágios da obra de Deus na Era da Lei, da Graça e do Reino e o que elas alcançam. Os mistérios dos nomes de Deus e Sua encarnação, o significado do julgamento de Deus nos últimos dias, como Deus termina uma era e separa as pessoas de acordo com seu tipo, o desfecho de diferentes pessoas, como o reino de Cristo vai ser realizado na Terra e muito mais. Deus Todo-Poderoso também revelou a verdade da nossa corrupção por Satanás e a nossa natureza satânica de resistir a Deus, para que possamos ver nossa própria arrogância, engano, egoísmo e outros caracteres satânicos. Ele também revelou a nós o caráter justo de Deus, que não pode ser ofendido, e nos mostrou a senda específica para mudar nosso caráter e muito mais. Quem, além de Deus, poderia expressar a verdade e revelar os mistérios de seu plano de gestão? Quem mais poderia fazer a obra de julgamento para limpar e salvar a humanidade? Quem mais poderia revelar o caráter justo de Deus, que não pode ser ofendido? E quem mais poderia determinar o desfecho das pessoas? Só Deus encarnado pode realizar esse tipo de obra prática para a salvação da humanidade. A obra e as palavras de Deus Todo-Poderoso são realizadas sobre a base da obra de redenção do Senhor. É um estágio mais novo e mais elevado da obra. Isso cumpre totalmente as profecias do Senhor: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade’ (João 16:12-13). ‘Pois Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia’ (João 12:47-48). As verdades expressas por Deus Todo-Poderoso, Sua obra de julgamento e os caracteres que Ele exibe provam que Deus Todo-Poderoso é Deus encarnado, que Ele é o Senhor Jesus que retornou. Ele é o Cristo dos últimos dias. Não podemos nos levar pela aparência ao determinar se Ele é Cristo. O essencial é se Ele expressa a verdade, se ele pode redimir e salvar a humanidade”.

A comunhão do irmão Duan foi muito animadora para mim. A encarnação é Deus no céu revestido da carne de uma pessoa comum. Ele parece qualquer outra pessoa. Mas ele tem a essência de Deus e pode expressar a verdade e fazer a própria obra de Deus. Nenhum ser humano poderia fazer isso. Isso me fez pensar nesse versículo da Bíblia: “Assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus” (1 Coríntios 2:11). Mas quem, além de Deus encarnado, poderia explicar tão claramente os mistérios da encarnação? Sem ler as verdades de Deus Todo-Poderoso, olhando por fora, poderia-se confundir Cristo com uma pessoa normal, e então rejeitar e se opor a Deus!

Então a irmã Liu compartilhou sua comunhão. Ela disse: “A aparição e obra de Deus Todo-Poderoso cumprem totalmente as profecias da Bíblia. Ele é o Senhor Jesus que retornou. Muitos crentes sinceros de várias denominações leram as palavras de Deus Todo-Poderoso e viram que elas são a verdade e a voz de Deus, e se voltaram para Deus Todo-Poderoso. A obra e as palavras Dele abalaram todo o mundo religioso. Membros do clero com certeza já ouviram falar delas, então por que não investigam e leem as palavras de Deus Todo-Poderoso? Por que eles insistem em resistir a ela? Os fariseus sabiam que o Senhor Jesus curava os doentes, expulsava demônios, pregava o caminho do arrependimento, e que isso vinha de Deus. Mas, conscientemente, eles O negavam, dizendo: ‘Ele era um nazareno, filho de um carpinteiro’. Eles se opuseram insanamente e O condenaram, tramaram com o governo romano para crucificá-Lo. Eles negaram e condenaram Cristo, e foram Seus inimigos. Eles eram anticristos expostos pela obra de Deus. Deus Todo-Poderoso apareceu nos últimos dias, e agora pastores e presbíteros sabem que Ele expressa verdades para realizar a obra de julgamento. Eles não só se recusam a investigar, como espalham boatos para negar e condenar Deus Todo-Poderoso. Nas igrejas, eles espalham boatos e mentiras do PC Chinês, difamando a Igreja de Deus Todo-Poderoso, e juntam forças com o partido ateu para se opor a Ele. Como eles são diferentes dos fariseus, que se opuseram ao Senhor Jesus? A Bíblia diz: ‘Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador e o anticristo’ (2 João 1:7). ‘Todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus; mas é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e agora já está no mundo’ (1 João 4:3). O clero nega Cristo, condenando Cristo dos últimos dias e resistindo a Deus com teimosia. Eles não são os anticristos expostos pela obra de Deus nos últimos dias?”

Minhas dúvidas finalmente foram esclarecidas pela comunhão da irmã Liu. Eu percebi que os membros do clero não sabiam nada sobre Cristo ou sobre encarnação. Eles acreditam no Senhor Jesus, mas não conhecem Sua essência nem um pouco. O Senhor Jesus retornou para trabalhar encarnado, expressando muitas verdades, mas eles não investigam nem O reconhecem. Eles O condenam e se opõem a Ele levianamente. São inimigos de Deus! Eu sabia que não podia mais segui-los. Tinha que aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso e acompanhar o ritmo dos passos de Deus. Eu estava decidida a seguir Deus Todo-Poderoso, independentemente do que o meu pastor fizesse.

Meu pastor descobriu sobre a minha fé em Deus Todo-Poderoso pouco tempo depois. Imediatamente, ele ficou com raiva, me repreendendo por acreditar em Deus Todo-Poderoso. Ele disse que eu estava acreditando numa pessoa, que aquilo era errado, e fez meu marido tentar mudar a minha opinião. Meu marido não tinha discernimento sobre as mentiras do pastor, então começou a atrapalhar a minha fé. Ele parecia outra pessoa. Ele perdia a cabeça e atirava as coisas pela casa quando descobria que eu ia às reuniões. Ele até negligenciou os negócios da família, tentando me forçar a desistir da minha fé. Isso foi muito dolorido. A esposa do pastor estava tentando me impedir também. Ela ficava na nossa casa por horas, e eu não conseguia ler as palavras de Deus, porque tinha que fazer companhia a ela. Eu não conseguia nem fazer os deveres domésticos. Era tudo muito inquietante para mim.

As ações do pastor me deixaram louca. Ele não investigava a volta do Senhor Jesus e tentava me enganar com mentiras, para que eu não aceitasse o caminho verdadeiro. Ele até usou o meu marido para me atrapalhar, e assim eu perdesse a salvação de Deus. Que detestável! Eu pensava no Senhor Jesus expondo e condenando os fariseus: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). Eu sentia que os pastores e presbíteros do mundo moderno eram assim. Eles não ouvem a voz de Deus nem recebem o Senhor, e espalham mentiras para atrapalhar aqueles que querem receber o Senhor e entrar no reino de Deus. Eles querem que vamos para o inferno e sejamos punidos com eles, que sejamos enterrados com eles. Eles são pedras de tropeço na senda para o reino. São anticristos devoradores de almas e demônios! Assim como Deus Todo-Poderoso diz: “Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nem um é capaz de conhecer Deus; além disso, nem um está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem ‘carne robusta’, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?” (“A Palavra manifesta em carne”). Enxerguei através da essência hipócrita e de ódio à verdade do pastor e fiquei ainda mais motivada para seguir Deus Todo-Poderoso. Eu sempre idolatrei os pastores, e nunca tinha imaginado que essas pessoas, que conheciam a Bíblia e serviam a Deus, na verdade eram anticristos que odeiam a verdade, que impedem a entrada dos crentes no reino de Deus. Se não fosse por Deus Todo-Poderoso aparecer e trabalhar encarnado, expor esses servos e anticristos escondidos nas igrejas, o pastor teria me arruinado sem eu nem saber. Foi pela graça e salvação de Deus que eu aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias!

Depois disso, confiei em Deus e passei a dar testemunho, e meu marido parou de me impedir. Agora eu vou às reuniões com os irmãos e irmãs e cumpro meu dever na igreja. Estou cheia de paz e alegria! Graças a Deus Todo-Poderoso!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

O Senhor apareceu no Leste

Por Qiu Zhen, China Certo dia, minha irmã mais nova me ligou para me informar que ela tinha retornado do Norte e que tinha algo importante...