Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Voltando para casa

4

Por Muyi, Coreia do Sul

O grande amor de Deus é gratuitamente concedido ao homem, envolve o homem; o homem é ingênuo e inocente, desimpedido e despreocupado, vivendo alegremente sob os olhos de Deus; […] Mas se você é uma pessoa com consciência, com humanidade, então se sentiria diferente. Você sentiria calor, você sentiria cuidado e amado, e sentiria felicidade” (de ‘Quão importante é o amor de Deus pelo homem’ em “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). Toda vez que eu começo a cantar esse hino da palavra de Deus, é difícil controlar as emoções que ele desperta. O motivo é que, no passado, evitei a Deus e me rebelei contra ele. Eu era igual a um cordeiro perdido, incapaz de encontrar a senda para casa, e foi o amor imperturbável de Deus que me conduziu de volta à Sua casa. Nesse artigo desejo compartilhar com meus irmãos e irmãs no Senhor, bem como com amigos que ainda não se voltaram a Deus, minha experiência de retornar à casa de Deus.

Quando criança, eu vivia amedrontada porque meus pais estavam sempre brigando. Depois que me formei no ensino médio, minha mãe começou a acreditar no Senhor Jesus por influência de um vizinho e eu entrei para a igreja junto com ela. Daquele momento em diante, eu soube que Deus é o Senhor de todos os seres criados e que, para redimir a humanidade do pecado, o Próprio Deus encarnado foi crucificado para se tornar uma oferta pelo pecado para o homem — tamanho é Seu amor pelo homem! Inspirada pelo amor do Senhor, resolvi crer Nele sinceramente e recompensá-Lo por Seu amor, e assim encontrei orientação e propósito na vida. Depois disso, frequentei vários encontros, li as Escrituras e louvei ao Senhor e, com o tempo, comecei a me sentir feliz. Em particular, quando li na Bíblia que nos últimos dias o Senhor retornaria sobre uma nuvem e nos acolheria no reino dos céus, meu coração se encheu ainda mais de esperança. Além disso, o pastor frequentemente comentava este versículo das Escrituras: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). Eu me convenci mais ainda de que o Senhor Jesus desceria sobre uma nuvem branca para nos acolher em nosso lar celestial!

Em 2005, conheci um rapaz coreano com quem comecei a namorar e fui com ele para a Coreia. Devido à barreira do idioma, tentei encontrar uma igreja de expatriados chineses, mas não consegui achar nenhuma e, portanto, meu espírito se enfraqueceu cada vez mais. Sem saber, comecei a me distanciar de Deus. Nós nos casamos, mas como a diferença cultural era grande demais, não conseguimos conviver e logo nos divorciamos. Esse revés no meu casamento foi um grande choque para mim espiritualmente e me causou muita dor. Além disso, vivendo num país estrangeiro sem amigos ou família, eu me senti ainda mais solitária. Só me restava orar silenciosamente a Deus e relatar a Ele o sofrimento em meu coração. Pedi a Deus que me conduzisse a uma igreja chinesa para que eu pudesse retornar à casa de Deus.

Um ano depois encontrei um ministério chinês em uma igreja presbiteriana e fiquei extremamente feliz. Finalmente pude louvar a Deus na igreja novamente. Mas o que me decepcionou foi que, sempre que havia um encontro, os pastores apenas liam passagens das Escrituras para nós e comentavam um pouco sobre o significado literal das palavras. Seus sermões eram totalmente desprovidos de luz ou qualquer coisa que pudesse ser desfrutada. Eles não supriam nada para nossas vidas e os encontros viraram uma mera formalidade. Durante os encontros, algumas pessoas sussurravam entre si, outras jogavam videogame no celular, outras dormiam, outras estavam ali apenas atrás de alguém para namorar e algumas pessoas até se abraçavam. Pensei: “A igreja é um templo, um lugar para reverenciar a Deus. Nós a frequentemos para participar de encontros, mas ninguém tem um coração minimamente temente a Deus. Deus deve estar tão enojado com o que vê! O Senhor não abandonaria um lugar tão sórdido como este?”. Mas os pastores e pregadores agiam como se nada estivesse acontecendo e não davam a mínima atenção a tudo aquilo.

Vivendo nesse imenso caldeirão maligno que é o mundo, gradativamente comecei a adquirir hábitos dissolutos e frequentemente saía para beber com amigos nas minhas horas de folga, nunca me comportando como um crente em Deus. Porém, sempre que meu coração começava a se distanciar do Senhor, Suas palavras surgiam em minha mente: “Ora, havendo o espírito imundo saido do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então diz: Voltarei para minha casa, donde saí. E, chegando, acha-a desocupada, varrida e adornada. Então vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entretanto, habitam ali; e o último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro” (Mateus 12:43-45). As palavras do Senhor me contiveram e protegeram, e me impediram de me afastar demais de Deus ou de ir longe demais, por medo de irritar o Senhor e fazer com que Ele ficasse enojado comigo. Eu temia ser abandonada pelo Senhor e cair nas mãos do espírito imundo.

No Natal de 2016, para elevar os ânimos, a igreja convenceu um grupo de irmãos e irmãs talentosos a apresentar um espetáculo. Uma irmã que eu nunca tinha visto cantou para nós uma canção em louvor a Deus: “A cena pintada na Bíblia, ‘A ordem de Deus a Adão’, nos toca e nos conforta. Embora a imagem mostre Deus a sós com o homem, a relação entre os dois é tão próxima que nos faz sentir encanto e afeição. I O amor de Deus envolve o homem sem exigir. Inocente e puro, o homem não tem preocupações a o prender, vive alegre sob o olhar de Deus, que cuida do homem, que está nas asas de Deus. Tudo o que o homem diz e faz está ligado a Deus, não se separa. II Desde o início em que Deus criou a humanidade, a cuida com amor. Mas que cuidado é esse? É pra que Ele proteja e vigie o homem. E do homem, Deus espera confiança e obediência. Essa foi a primeira coisa que Deus esperou da raça humana. III Com essa primeira esperança, disse estas palavras: ‘De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.’ Estas simples palavras representam a vontade de Deus, mostram que preocupar-se com o homem já estava em Seu coração. IV Com estas simples palavras, é possível ver dentro do coração de Deus. Há amor no coração? Não há cuidado e zelo? Tudo pode ser sentido e tocado. Se você consegue ter consciência e humanidade, irá sentir calor, amor e cuidado, se sentirá abençoado com felicidade. V Ao ter este sentimento, como será? Você vai se apegar a Ele? E o amor reverente crescerá em seu coração? Seu coração se aproximará Dele? Daí vemos quão importante o amor de Deus é para o homem. Mas muito mais importante é que o homem sinta e compreenda o amor de Deus” (de ‘Quão importante é o amor de Deus pelo homem’ em “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”).

Quão importante é o amor de Deus pelo homem

A cada palavra do hino, meu coração batia cada vez mais acelerado e meus olhos não paravam de verter lágrimas de emoção. Senti como se estivesse naquela bela imagem acompanhada por Deus, amada por Ele e desfrutando todas as coisas que Ele concede à criação. O ar, a luz, a água e assim por diante — tudo transbordava com o amor de Deus! Eu estava desfrutando tudo que Deus havia nos concedido, mas meu coração havia se afastado de Deus e isso deve ter causado grande tristeza a Ele. Em particular, senti que as palavras “Se você é uma pessoa com consciência, com humanidade, então se sentiria diferente. Você sentiria calor, você sentiria cuidado e amado, e sentiria felicidade”, eram Deus clamando ao meu coração e espírito. Em 2007, quando não foi mais possível continuar morando com meu marido e eu não tinha para onde ir, Deus arranjou para mim o Centro Coreano de Direitos Humanos de Mulheres Migrantes. Eles me deram comida e abrigo de graça e acharam um advogado para mim. Cuidaram dos trâmites legais do meu divórcio, sem custo algum. Quando chegou a hora de solicitar a naturalização, Deus fez com que um ministro da igreja presbiteriana concordasse em ser meu avalista. Normalmente, os coreanos raramente se dispõem a avalizar alguém, ainda mais porque eu era estrangeira e, além disso, só havia frequentado aquela igreja específica três ou quatro vezes. Eu sabia que tudo aquilo foi possível graças à ajuda oculta de Deus. Havia também o fato de que estrangeiros que solicitam naturalização precisam ter bens imóveis no valor de 30 milhões de wons, mas eu mal tinha 3 milhões. O Departamento de Imigração me pediu um comprovante de emprego para demonstrar que eu era capaz de me sustentar, e eles não criaram nenhuma dificuldade para mim… Deus sempre produziu milagres para mim quando eu mais precisei e foi tudo uma demonstração de Sua soberania! O amor de Deus é vasto e profundo, e ainda assim eu era extremamente rebelde. Eu já havia me esquecido de Deus há muito tempo e partido Seu coração. Esse hino de louvor tocou meu espírito e eu decidi recuperar minha fé e nunca mais cair em depravação e causar tristeza a Deus.

Em 19 de fevereiro de 2017, minha cabeça e olhos começaram a doer terrivelmente. Fui ao hospital, mas o tratamento que recebi não surtiu efeito. A irmã Li, que era da nossa igreja, me apresentou a uma de suas amigas que conhecia a medicina tradicional chinesa e disse que o tratamento levaria apenas uma semana para fazer efeito. Fui junto com ela para ser tratada e naquele dia conhecemos um irmão de sobrenome Jin, amigo da pessoa que conhecia medicina chinesa. Eu não esperava encontrar um irmão no Senhor, e pensei que devia ter sido arranjado por Deus. Comecei a conversar sobre a Bíblia com o irmão Jin, que leu para nós a parábola bíblica das dez virgens. Ele me perguntou: “Irmã, você está ansiosa pelo retorno do Senhor?”. Eu disse: “É claro que sim!”. O irmão disse: “Então, como o Senhor retornará?”. Eu disse sem hesitar: “As Escrituras dizem que Ele descerá sobre uma nuvem!”. O irmão disse: “Quer saber de uma coisa? O Senhor já retornou”. Fiquei surpresa ao ouvir aquilo e disse: “Marcos capítulo 13, versículo 32, diz: ‘Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai’. Ninguém sabe quando o Senhor virá. Você está dizendo que o Senhor já retornou, mas como você poderia saber?”. O irmão Jin não me deu uma resposta direta, mas, em vez disso, localizou algumas profecias na Bíblia sobre o retorno do Senhor. Lucas 12:40 diz: “Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem”. Lucas 17:24-26 diz: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração. Como aconteceu nos dias de Noé, assim também será nos dias do Filho do homem”. Apocalipse 3:20 diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo”. João 10:27 diz: “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem”.

Quando terminou de ler, o irmão Jin disse: “O Senhor nos pede que fiquemos vigilantes porque ninguém sabe o dia em que Ele virá. Mas, de acordo com as profecias, quando o Senhor retornar, será na forma do Filho do homem. O Filho do homem é Deus tornado homem, ou seja, Deus encarnando na carne. Embora não saibamos a hora exata em que o Senhor virá, nós O reconheceremos por Sua voz. A razão disso é que as ovelhas de Deus ouvirão a Sua voz, e quando a ouvirem, elas O seguirão…” Pensei então em meu pastor, que havia dito que qualquer pessoa que testificasse que o Senhor Jesus havia retornado na carne era um embusteiro. Não suportei mais ouvir o que o irmão Jin estava dizendo, então enviei uma mensagem de texto ao pastor dizendo: “Alguém está me dizendo que o Senhor retornou encarnado. A que igreja pertence?”. O pastor respondeu, dizendo: “Pertence ao Relâmpago do Oriente.” Ele me disse para ir embora imediatamente e não ter mais contato com aquelas pessoas. Ele também queria que eu nunca lesse os livros deles e depois me enviou alguns sermões sobre como me proteger de heresia. Eu achava qualquer coisa que o pastor dissesse devia ser correto, então decidi não mais ouvir comunhões deles e simplesmente ignorá-los.

Para minha surpresa, na tarde do dia 20, o irmão Jin e sua irmã mais nova vieram ao local onde eu estava em tratamento e ele me falou bastante sobre a obra do retorno do Senhor. Porém, como naquela manhã eu havia acabado de receber a notícia da morte de minha mãe, e também tinha certas dúvidas sobre o que eles estavam pregando, simplesmente não consegui ouvir nada do que eles falavam. Isso continuou por três dias e parecia que o irmão Jin não havia desistido de pregar o evangelho para mim. Mas devido ao meu estado agitado, eu pedi a ele que me deixasse em paz. Eu disse: “Pare com isso. Se você continuar falando comigo e não for embora, então irei eu!” O irmão Jin viu que eu realmente não estava ouvindo e não teve outra opção a não ser ir embora. Pensei que o irmão Jin não tentaria voltar, mas, para minha surpresa, no dia seguinte ele trouxe junto alguém chamado irmão Cheng e continuou a pregar o evangelho para mim. Pensei: “Por que ele insiste nisso?”. O máximo que pude fazer para manter as aparências foi aturar aquilo, mas não entrei em discussão com eles. Embora eu os tratasse com frieza, o irmão Cheng continuou falando pacientemente comigo. Ele disse: “O Senhor já retornou encarnado ao mundo e está realizando a obra de julgamento e castigo”. Vendo quão paciente e carinhoso ele era e que não se incomodava em ficar pregando para mim, pensei: “As pessoas em nossa igreja são fracas. Sua fé e seu amor esfriaram. Por que será que a fé e o amor das pessoas que creem no Relâmpago do Oriente são tão grandes? Que poder será esse que sustenta sua perseverança em espalhar o evangelho para mim? Se não fosse a obra do Espírito Santo, eles nunca seriam capazes de fazer isso com suas próprias forças!”.

Nessa época havia outro irmão de sobrenome Yang que, assim como eu, estava investigando a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Enquanto minha atitude era sempre negligente e distraída, o irmão Yang era sincero em sua investigação da Igreja de Deus Todo-Poderoso. O irmão Yang disse que havia rejeitado o evangelho de Deus Todo-Poderoso no passado, quando as pessoas o haviam pregado a ele, mas que o fato de ouvir sobre o evangelho novamente hoje devia ser uma oportunidade concedida por Deus, e assim ele havia se animado para investigá-lo. O irmão Yang percebeu que eu só estava interessada em ouvir as palavras do pastor e que não estava buscando com a mente aberta. Ele encontrou uma passagem para mim, que era Mateus 5: 3-6: “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. […] Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos”. Depois de ler a palavra do Senhor, pensei: “Por que não consigo me acalmar na presença do Senhor e buscar a verdade? Se por ventura o Senhor realmente retornou e eu não ouvir nem investigar as pregações deles, não serei deixada para trás? Eu deveria abrir um pouco mais a mente e não chegar a conclusões cegamente, com base em minhas imaginações.” Justamente quando decidi acalmar meu coração e investigar sinceramente, um pregador de minha igreja me ligou de repente e perguntou se eu ainda estava com as pessoas da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Eu disse que estava e o pregador novamente me lembrou de que eu deveria cessar o contato com eles. A advertência do pregador fez com que eu abandonasse minhas ideias recentes sobre investigar a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Pensei: “O pastor e o pregador compreendem a Bíblia bem melhor do que eu e não reconhecem que o Senhor retornou. Minha compreensão da Bíblia é muito limitada e não tenho discernimento, então é melhor ouvir o que o pastor e o pregador dizem”. Quando desliguei o telefone, eu disse ao irmão Cheng: “Se o irmão Yang quiser investigar, vocês dois podem continuar com suas discussões. Não vou mais escutar”. Assim, mais uma vez rejeitei abruptamente a salvação de Deus.

Voltei ao trabalho depois de uma semana de tratamento. Devido ao falecimento de minha mãe, meu coração estava repleto de tristeza e angústia e eu não conseguia parar de pensar nela. Todos os dias, ao voltar do trabalho, eu olhava uma foto da minha mãe e falava com ela. Certo dia, pensei de repente: “Sou crente no Senhor e sempre que enfrento alguma dificuldade ou fraqueza, posso contar essas coisas a Ele”. Depois disso, sempre que eu me deparava com dificuldades, eu vinha na presença do Senhor e orava a Ele, pedindo que me consolasse. No entanto, por mais que eu orasse, nunca me sentia comovida por dentro. Às vezes eu adormecia enquanto orava. Naquela época eu vivia o tempo todo num estado de grande ansiedade, tanto assim que o menor barulho atrás de mim me causava um medo indescritível. Em meu medo e desamparo, orei sinceramente ao Senhor: “Ó Senhor! Meu coração está envolto em trevas e estou tremendo de medo. Será que eu cometi algum erro? Ó Senhor! Nos últimos dias as pessoas têm me dito que Tu retornaste como Deus Todo-Poderoso. Ó Senhor! Se Tu realmente retornaste e és o Deus Todo-Poderoso sobre o qual me falaram, peço que marques um horário e prepares circunstâncias apropriadas para o irmão Yang me ligar ou enviar uma mensagem de texto. Quando eles voltarem, não importa o que digam, meu coração aceitará Tua nova obra e palavras obediente e ansiosamente. Se não for Tua obra e a mensagem que eles estão pregando para mim for falsa e enganosa, por favor, bloqueia o caminho deles e não permitas que eles voltem nunca mais”.

Surpreendentemente, depois de eu ter orado dessa maneira, Deus fez exatamente o que eu havia pedido. O irmão Yang de fato me ligou e eu contei a ele tudo o que havia se passado nos últimos dias. O irmão Yang disse que meu coração estava envolto em trevas porque eu havia rejeitado a obra de Deus dos últimos dias e me rebelado contra Ele. Ele tinha esperanças de que eu continuasse a investigar a obra de Deus dos últimos dias e dessa vez não rejeitei sua sugestão.

Logo depois, o irmão Yang me enviou um filme do evangelho. Uma frase dos diálogos desse filme me fez despertar: “Como cremos em Deus, devemos ouvir Deus, não as pessoas”. “É isso mesmo!”, pensei. “Eu creio em Deus, portanto é a palavra de Deus que devo ouvir! Mas quando o irmão Jin e o irmão Cheng me falaram da obra de Deus nos últimos dias, eu continuei perguntando a opinião do pastor. Eu segui as recomendações do pastor e do pregador e não quis investigar seriamente a nova obra de Deus Todo-Poderoso nem ouvir a palavra de Deus. Eu acreditava no Senhor, mas não orei nem busquei a partir do Senhor, e, em vez disso, confiei cegamente no que o pastor e o pregador me diziam. Como fui estúpida! A Bíblia diz: ‘Importa antes obedecer a Deus que aos homens’ (Atos 5:29). Eu acreditei no Senhor, mas não obedeci a Ele. Em vez disso, obedeci às pessoas; isso não fez de mim alguém que crê nos homens e os segue? Isso não significa resistir e trair ao Senhor? Se Deus Todo-Poderoso for o Senhor Jesus retornado, e eu me rebelei contra Ele e resisti a Ele dessa maneira, me recusando a aceitar Deus Todo-Poderoso, não tenho sido então uma idiota cega, excluindo o Senhor?” Pensando nisso, me arrependi do fundo do coração e meus olhos se encheram de lágrimas.

Vim novamente diante do Senhor e orei: “Senhor Jesus Cristo! Alguém pregou o evangelho dizendo que Tu já retornaste encarnado e que és o Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias. Não consigo ter certeza disso, mas estou disposta a vir diante de Ti para buscar e pedir que Tu me ilumines, para que eu possa reconhecer Tua voz. Se Tu de fato retornaste e és Deus Todo-Poderoso, desejo me arrepender diante de Ti e aceitar Tua obra e salvação. Peço que Tu me conduzas de volta à Tua presença”. Depois de orar, senti um tipo de alegria e um sentimento de consolo que não conseguia expressar em palavras. Era algo que eu não sentia há muito tempo e eu soube que o Senhor ouvira minhas preces, que Ele estava me confortando e que aquilo era uma prova concedida a mim por Deus. Eu quis ir imediatamente à Igreja de Deus Todo-Poderoso para investigá-la, mas pensei que decerto havia ofendido os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso e por isso me senti envergonhada de ir à igreja deles.

Em meio a esse dilema, o irmão Yang me ligou para perguntar se eu tinha tempo e disse que tinha esperança de que eu pudesse continuar a investigar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Eu contei a ele sobre as minhas dúvidas. O irmão Yang disse: “Não há problema, nós, crentes em Deus, somos todos uma só família e isso não incomoda os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso”. Quando ouvi o irmão Yang dizer isso, eu soube que era Deus mostrando compreensão da minha estatura imatura, e assim, no dia seguinte, fui à Igreja de Deus Todo-Poderoso com o irmão Yang.

Igreja de Deus Todo-Poderoso

Os irmãos e irmãs ficaram felizes em ver que eu havia encontrado o caminho de volta à senda. Eles deram testemunho formal a mim de que o Senhor Jesus havia retornado para expressar a verdade e realizar a obra de julgamento nos últimos dias, a começar pela casa de Deus. Eles também comunicaram comigo o significado da obra de Deus encarnado nos últimos dias, bem como a importância da encarnação para a salvação da humanidade. Depois disso, li as palavras de Deus que dizem: “Eu lhes digo: aqueles que creem em Deus por causa dos sinais são certamente a categoria que sofrerá a destruição. Aqueles que são incapazes de aceitar as palavras de Jesus que voltou à carne são certamente a progênie do inferno, os descendentes do arcanjo, a categoria que será sujeita à destruição eterna. Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Será o anúncio do fim do plano de gestão de Deus, e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que “o Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo” estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca. Eles são obstinados demais, confiantes demais em si mesmos, arrogantes demais. Como tais degenerados poderiam ser recompensados por Jesus? A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois de ler a palavra de Deus, pensei cuidadosamente sobre as verdades que meus irmãos e irmãs tinham comunicado para mim e do qual haviam dado testemunha. Compreendi que há duas maneiras em que o Senhor retorna nos últimos dias: o advento oculto e a vinda do Senhor aberta a todos. Agora, a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso incarnado, a começar pela casa de Deus, é de fato a obra do advento oculto do Senhor. Como o Deus encarnado retornou entre os homens, Sua aparência é a de uma pessoa comum e ninguém é capaz de dizer que Ele é Deus apenas olhando para Ele. Ninguém sabe Sua verdadeira identidade e isso é mantido em segredo. Somente aqueles que forem capazes de distinguir a voz de Deus reconhecerão, aceitarão e seguirão a Ele. É exatamente como o Senhor Jesus disse: “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem” (João 10:27). Os que não reconhecerem a voz de Deus certamente tratarão o Deus encarnado como uma pessoa comum. Eles negarão, resistirão e se recusarão a seguir a Ele, como fizeram os fariseus judeus em sua época. Eles viram o Senhor Jesus, mas não conheciam Sua identidade e O condenaram cegamente. A época atual é a etapa da obra oculta de Deus de salvar a humanidade. Deus Todo-Poderoso expressa a palavra para julgar, purificar e aperfeiçoar as pessoas. Antes dos desastres, Ele transformará um grupo de pessoas em vencedores, e quando esse grupo de vencedores for completado, a obra de Deus encarnado do advento oculto chegará ao fim. Quando os desastres começarem, Deus recompensará o bem e castigará o mal, e Ele se manifestará abertamente a todas as nações e povos. Nesse momento, as profecias de que o Senhor virá abertamente serão cumpridas, como diz na Bíblia: “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória” (Mateus 24:30). “Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele” (Apocalipse 1:7). É por isso que todos os familiares da terra lamentarão quando o Senhor descer sobre uma nuvem. Nesse momento, meu coração subitamente se encheu de luz e eu percebi que a obra do advento oculto do Senhor é uma grande salvação para nós. Só poderemos ser purificados e alcançar a salvação de Deus aceitando o julgamento de Sua palavra durante o advento oculto do Senhor. Se não aceitarmos a obra de julgamento de Deus agora, então, quando Ele vier abertamente nas nuvens, teremos nos tornado aqueles que resistiram ao Senhor e certamente choraremos e rangeremos os dentes. A essas alturas, nosso arrependimento chegará tarde demais, pois Deus Todo-Poderoso diz: “O juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade”.

Graças a Deus Todo-Poderoso! A palavra de Deus desvela todos os mistérios e elucida claramente a verdade em todos os aspectos — meus olhos se abriram e, a partir de então, eu me convenci de coração e pela palavra. Nos dias seguintes, frequentei regularmente a igreja para ler as palavras expressas por Deus nos últimos dias ao lado dos irmãos e irmãs. Ouvimos hinos e assistimos a videoclipes, vídeos de recitações da palavra de Deus e filmes do evangelho, todos produzidos pelos irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Eu sentia que ganhava algo novo a cada encontro e me sentia incomparavelmente feliz. Nos filmes do evangelho, em especial, os irmãos e irmãs comunicavam sobre todos os assuntos de modo tão minucioso e claro que todas as dúvidas e confusões que eu tinha em minha crença no Senhor por tantos anos foram aos poucos sendo resolvidas. Vi que a Igreja de Deus Todo-Poderoso tem de fato a obra do Espírito Santo e que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado! O que me deixou ainda mais empolgada foi que no terceiro dia após meu ingresso na igreja, eu vi a irmã que havia apresentado no palco a música de louvor no Natal de 2016. Ela também havia aceitado a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Agradeci sinceramente a Deus, pois foi Sua orientação e iluminação que nos conduziram a acompanhar os passos do Cordeiro, que nos conduziram do deserto à boa terra de Canaã e de volta à casa de Deus, e que nos conduziram a desfrutar a abundância e suprimento das palavras de vida de Deus junto com Ele!

Eu acho que foi devido a uma bondade especial de Deus que eu pude retornar à casa de Deus. Considerando minha natureza rebelde, como eu poderia ter acolhido a volta do Senhor sem a liderança e a orientação de Deus ou a paciência dos irmãos e irmãs em comunicar para mim Sua palavra? O amor de Deus por mim é realmente tão grande que acho impossível descrever! Quero apenas cantar meu louvor a Deus por meio de hinos e resolutamente seguir a Deus Todo-Poderoso!

Conteúdo Relacionado