Devemos ouvir a palavra de Deus quando investigamos o caminho verdadeiro

06 de Julho de 2020

De Su Xing, China

Conteúdos
Acreditar na condenação pelo PCC é acreditar nas palavras de Satanás
É correto acreditar o que os pastores e presbíteros dizem quando investigamos o caminho verdadeiro e não ouvir a palavra de Deus?
Devemos ouvir a voz de Deus ao investigarmos o caminho verdadeiro

A pandemia tem continuado a se espalhar ao longo dos meses recentes, e os números de casos e óbitos confirmados não param de aumentar. Desastres como enxames de insetos, enchentes e incêndios abundam no mundo inteiro, e paira a ameaça de guerra. Muitos cristãos se conscientizaram de que o Senhor já retornou e agora estão buscando Sua aparição. Hoje em dia, apenas a Igreja de Deus Todo-Poderoso testifica que o Senhor retornou, e muitos estão agora buscando e investigando a aparição e a obra de Deus Todo-Poderoso. Um número crescente de pessoas está adquirindo a certeza de que, após ouvir as palavras de Deus Todo-Poderoso, elas são a voz de Deus e então aceita a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Existem, porém, algumas pessoas que, quando veem a obra de Deus Todo-Poderoso sendo difamada e condenada pelo governo do Partido Comunista Chinês e pelos pastores e presbíteros do mundo religioso, decidem segui-los. Não acreditam que esse é o caminho verdadeiro e não ousam buscar ou investigá-lo. Embora devamos ser cautelosos ao investigar o caminho verdadeiro, elevar as palavras do governo do PCC e dos pastores e presbíteros como padrão para determinar se algo é o caminho verdadeiro ou caminho falso está alinhado com a verdade? Quem, exatamente, devemos ouvir quando investigamos o caminho verdadeiro para que possamos acolher o retorno do Senhor? Comunicaremos e exploraremos essas questões aqui.

Acreditar na condenação pelo PCC é acreditar nas palavras de Satanás

Todos nós sabemos que o governo do PCC é um governa ateísta. Desde que veio ao poder, o PCC tem promovido o ateísmo, o materialismo e o evolucionismo. Sempre negou a existência de Deus e defendeu falácias satânicas como “Nunca houve um Salvador”, “O destino de uma pessoa está em suas próprias mãos”, e “O homem pode criar uma pátria agradável com suas próprias mãos”. O PCC também tem condenado abertamente o cristianismo como um “xie jiao” e a Bíblia como um livro “xie jiao”. Demoliu um grande número de igrejas, queimou inúmeras cópias da Bíblia e prendeu e perseguiu cristãos e católicos aleatoriamente. Sua perseguição frenética ao cristianismo e catolicismo mostra que o PCC despreza ao extremo Deus e a verdade. Como um regime satânico que resiste a Deus poderia reconhecer a aparição e obra de Deus? O PCC simplesmente se recusa a reconhecer que existe algo como o caminho verdadeiro, muito menos reconhece que existe um Deus. Quando, então, se trata de determinar se um caminho é o caminho verdadeiro ou não, qual é a diferença entre acreditar nos rumores e nas mentiras do PCC e acreditar nas palavras do diabo Satanás?

Além do mais, todos nós sabemos que o caminho verdadeiro tem sido sujeito a perseguição desde tempos imemoriais. Todos os regimes satânicos odeiam Deus e a verdade ao máximo, e quanto mais algo é de Deus, mais frenética é sua resistência a isso. É por isso que, sempre que Deus vem para realizar a Sua obra, Ele é inevitavelmente perseguido e condenado pelo regime satânico – isso é um fato inegável. Quando o Senhor Jesus proferiu Seus sermões e fez Sua obra tantos anos atrás, os sumos sacerdotes e os fariseus da fé judaica conspiraram com as autoridades romanas para pregar Jesus na cruz. Poderíamos então negar o fato de que o Senhor Jesus é Cristo por causa da condenação, da perseguição, das mentiras e da difamação pelo regime dominante? Semelhantemente, Deus retornou agora para fazer a Sua obra, e o PCC tem intensificado sua louca condenação e blasfêmia contra a aparição e obra de Deus. Ele prende e persegue cristãos aleatoriamente e usa mídias online tanto no âmbito doméstico quanto no exterior para espalhar suas mentiras que difamam a obra de Deus e iludem aqueles que não conhecem a verdade. Ele faz isso porque tem medo, porque teme que Deus tenha aparecido e esteja operando para salvar a humanidade e que toda a humanidade aceite a verdade e volte para Deus. Teme ainda mais que as palavras de Deus venham a se concretizar na terra, que Seu reino apareça na terra e que, então, toda a humanidade rejeite o PCC. É por isso que o governo chinês reprime freneticamente e persegue cruelmente a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Essa é a razão fundamental pela qual ele difama e condena a obra de Deus. Se realmente tivermos discernimento, então devemos determinar o que é o caminho verdadeiro de acordo com aquilo ao que esse regime satânico mais se opõe e o que ele mais odeia. Em contrapartida, se desistíssemos de investigar a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias porque o governo chinês se opõe a ela e a condena, realmente seríamos grandes tolos.

É correto acreditar o que os pastores e presbíteros dizem quando investigamos o caminho verdadeiro e não ouvir a palavra de Deus?

Algumas pessoas pensam que o governo do PCC sempre tem resistido a Deus e que nada que ele publica online é confiável, mas que pastores e presbíteros, por sua vez, são versados na Bíblia e a entendem e que, por isso, não há como errar em ouvi-los ao investigar o caminho verdadeiro. Mas alguma vez já consideramos o seguinte: alguém versado na Bíblia pode demonstrar que ele entende a verdade? Isso pode demonstrar que ele conhece a Deus? Pensando nos sumo sacerdotes, escribas e fariseus da fé judaica, eles também eram versados nas Escrituras e com frequência expunham as Escrituras para os outros. Mas quando o Senhor Jesus apareceu e realizou a Sua obra, eles O reconheceram como o Messias? Eles reconheceram Suas palavras como sendo a verdade, a voz de Deus? Eles não só não reconheceram o Senhor, mas, para em prol de suas posições e de seu sustento, ostentaram o significado literal das Escrituras contra o Senhor e inventaram rumores sobre Ele e o desacreditaram. Eles O perseguiram e blasfemaram contra Ele furiosamente e finalmente conspiraram com as autoridades romanas para crucificar o Senhor Jesus. Esses fatos demonstram amplamente que, só porque alguém é versado na Bíblia e a expõe com frequência, isso não significa que ele entende a verdade, muito menos que conhece a Deus. Isso era algo que os fiéis judeus daquela época não entendiam completamente, e eles não tinham discernimento quando se tratava dos fariseus. No que dizia respeito a acolher o Senhor, eles acreditavam cegamente naquilo que seus líderes religiosos diziam e, embora alguns soubessem bem que as palavras e a obra do Senhor Jesus possuíam autoridade e poder, mesmo assim acreditaram nos rumores e na calúnia espalhada pelos fariseus religiosos. Por isso, foram enganados e acompanharam seus líderes religiosos na condenação e rejeição do Senhor Jesus. Eles não só não receberam a salvação do Senhor, mas também foram punidos por Deus.

Da mesma forma, embora os pastores e presbíteros de hoje sejam versados na Bíblia, isso não demonstra que eles entendem a verdade ou conhecem a Deus. Normalmente, a maior parte daquilo que pregam é conhecimento bíblico e teoria teológica; muito raramente eles pregam ou dão testemunho das palavras do Senhor Jesus. Seu conhecimento bíblico e sua teoria teológica não pode prover sustento para a vida das pessoas e, não importa o quanto saibam, isso de forma alguma mostra que eles entendem a verdade ou conhecem o Senhor. O que precisamos agora acima de tudo é entender algumas verdades, como, por exemplo, por que o mundo religioso está tão desolado, como resolver a causa principal da desolação da igreja, como procurar os passos de Deus, como acolher o Senhor, como cumprir a vontade de Deus e obedecer ao Senhor, como se livrar das amarras e dos grilhões do pecado e ser purificado para se tornar compatível com Cristo e assim por diante. Os pastores e presbíteros nunca pregaram verdades como essas porque eles não as entendem. Se eles entendessem a verdade, os crentes seriam regados e sustentados. Quando os próprios pastores e presbíteros não entendem a verdade nem conhecem o Senhor, como eles podem nos levar a acolher o retorno do Senhor? A Bíblia diz: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele servirás” (Mateus 4:10). “Este povo honra-Me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de Mim. Mas em vão Me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homem” (Mateus 15:8-9). “Maldito o varão que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração de Jeová!” (Jeremias 17:5). O Senhor nos aconselha que devemos exaltar Deus como grande em nossa fé e adorar a Deus com um coração verdadeiro. Não devemos abrigar outras pessoas em nosso coração nem acreditar facilmente o que outras pessoas dizem, caso contrário o Senhor jamais nos elogiará, não importa como O sigamos. Na nossa fé em Deus, se acreditarmos cegamente nos pastores e presbíteros quando se trata da questão importante de investigar o caminho verdadeiro e se permitirmos que eles arranjem nosso destino e destinação, que tipo de problema é esse? Isso é acreditar em Deus ou é acreditar em pessoas? Quando investigamos o caminho verdadeiro, devemos ouvir o que Deus diz ou o que os pastores e presbíteros dizem? Se, quando investigarmos o caminho verdadeiro, não tivermos opiniões próprias, mas apenas acreditarmos cegamente nas palavras de outros, não estaremos deixando de assumir responsabilidade por nossa própria vida? Estaríamos então propensos a cometer os mesmos erros cometidos pelos judeus comuns muitos anos atrás e seríamos abandonados e eliminados pelo Senhor!

Devemos ouvir a voz de Deus ao investigarmos o caminho verdadeiro

Devemos ter nossas próprias opiniões quando se trata de investigar o caminho verdadeiro e não acreditar cegamente naquilo que pastores, presbíteros ou o governo chinês dizem. Devemos praticar de acordo com as palavras do Senhor, pois somente então seremos capaz de saudar a aparição do Senhor. O Senhor Jesus disse: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo” (Apocalipse 3:20). “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem” (João 10:27). Os capítulos 2 e 3 do livro de Apocalipse profetizam múltiplas vezes: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. As palavras de Deus Todo-Poderoso dizem: “Uma vez que estamos buscando as pegadas de Deus, cabe a nós buscar a vontade de Deus, as palavras de Deus, Suas declarações — pois onde quer que haja novas palavras ditas por Deus, a voz de Deus está ali, e onde quer que haja passos de Deus, os feitos de Deus estão ali. Onde quer que haja a expressão de Deus, ali Deus aparece, e onde quer que Deus apareça, ali existem o caminho, a verdade e a vida. Na busca pelas pegadas de Deus, vocês ignoraram as palavras de que ‘Deus é o caminho, a verdade e a vida’. Assim, mesmo quando recebem a verdade, muitas pessoas não acreditam que tenham encontrado as pegadas de Deus e muito menos reconhecem a aparição de Deus. Que grave erro!” (A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A aparição de Deus inaugurou uma nova era”). Isso nos mostra que Deus professa mais palavras quando Ele retorna nos últimos dias, e devemos ser virgens sábias que se concentram em ouvir a voz de Deus. As virgens sábias têm calibre e são espiritualmente perceptivas; são capazes de reconhecer a partir das declarações de Cristo que essas palavras são a verdade, o caminho e a vida e, assim, são capazes de reconhecer a voz de Deus e acolher Sua aparição. Quando o Senhor Jesus apareceu e fez Sua obra na Era da Graça, por exemplo, Ele expressou o caminho de “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus” (Mateus 4:17). Pedro, João e todos os outros discípulos que seguiam o Senhor Jesus reconheceram o Senhor através da voz de Deus. Podiam ouvir que aquilo que o Senhor Jesus expressava era a verdade, assim abandonaram seus pais e lares sem hesitação para seguir o Senhor, e eles foram pessoalmente regados e pastoreados por Ele. Durante o tempo em que seguiram o Senhor, eles foram assediados e obstruídos de todas as formas pelos fariseus e foram difamados e condenados pelas autoridades romanas. No entanto, eles só ouviram as palavras de Deus e Lhe obedeceram, recusando-se a serem perturbados ou enganados pelo poder dominante ou pelos fariseus religiosos. Após reconhecerem Cristo, eles O seguiram até o fim, eles oraram a Ele e experimentaram Suas palavras. Aos poucos, amadureceram na vida e vieram a ter algum conhecimento de Deus. Os fiéis judeus, porém, que eram rígidos, ignorantes e teimosos, embora tivessem ouvido a autoridade e o poder nas palavras do Senhor Jesus e soubessem que nenhum ser humano poderia dizer tais coisas, eles mesmo assim não conseguiram acreditar Nele ou segui-Lo. Eles tombaram ao primeiro sinal de serem assediados e enganados pelos fariseus; eles acreditavam em Deus, mas não conseguiam ouvir Suas palavras, eles não tinham discernimento nem opiniões próprias e chegaram até a ficar do lado de Satanás para resistir a Deus. No fim, tais pessoas só puderam ser abandonadas e eliminadas por Deus, caindo no inferno para serem punidas por toda a eternidade. Por isso, quando investigamos o caminho verdadeiro, não devemos acreditar cegamente naquilo que outras pessoas dizem, mas devemos nos concentrar em ouvir a voz de Deus e em reconhecer que Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Isso é de suma importância.

O evangelho de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias se estende agora por todo o universo, e o livro das palavras essenciais expressadas por Deus Todo Poderoso – “A Palavra manifesta em carne” – tem sido traduzido para mais de vinte línguas e está disponível na internet para que toda a humanidade busque e investigue. Deus Todo-Poderoso expressa todas as verdades para salvar a humanidade, tais como o que é fé verdadeira em Deus, o que são submissão a Deus e amor por Deus, como temer a Deus e evitar o mal, como ser compatível com Cristo, como viver uma vida com sentido e outras mais. Pessoas de todas as nações do mundo inteiro que têm ansiado pela aparição de Deus, reconheceram a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso. Elas se tornaram certas de que essas palavras são as verdades que Deus expressa para purificar e salvar o homem e, uma após a outra, têm retornado para a casa de Deus. Não importa como os pastores e presbíteros tentem barrar seu caminho ou que tipo de calúnia e blasfêmia o governo chinês espalhe, elas seguem a Deus inabalavelmente. Essas pessoas são as virgens sábias, aquelas que foram arrebatadas para diante do trono de Deus, aquelas que têm a chance de serem purificadas e aperfeiçoadas por Deus e de serem transformadas em vencedores por Ele nos últimos dias. Então há aqueles que veem que as palavras que Deus Todo-Poderoso expressa são a verdade, que são a voz de Deus, mas que são enganados e restringidos após ouvirem as interdições feitas por pastores e presbíteros e não ousam investigar a obra de Deus. Eles chegam até a duvidar do caminho verdadeiro e da obra de Deus – é assim que virgens sábias se comportam? Deus poderia falar uma centena de palavras, e eles seriam incapazes de acreditar nelas totalmente, mas quando alguém da humanidade corrompida diz uma única palavra, eles a aceitam de todo coração – não são eles as virgens tolas? Quando investigam o caminho verdadeiro, as virgens tolas não ouvem a voz de Deus, mas ouvem em vez disso a voz do homem. Elas são constantemente assediadas e enganadas por Satanás e, no fim, elas serão devoradas por Satanás. Perderão a salvação de Deus, serão abandonadas e eliminadas por Deus e serão levadas pelos desastres. Isso cumpre com precisão estas palavras da Bíblia: “O Meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento” (Oséias 4:6) e “Os insensatos, por falta de entendimento, morrem” (Provérbios 10:21).

Agora, a obra de Deus Todo-Poderoso logo chegará ao fim. Queremos ser como Pedro, ser pessoas que ouvem a voz de Deus e acolhem o Senhor? Ou queremos ser como os fiéis judeus, seguindo cegamente o que pastores, presbíteros e o regime satânico dizem, e assim perder a salvação de Deus? Se escolhermos ouvir as palavras de Deus ou as palavras do homem ao investigarmos o caminho verdadeiro, isso decidirá nosso destino e nosso desfecho final! É como diz Deus Todo-Poderoso: “A obra de Deus é como uma onda poderosa que se levanta. Ninguém pode detê-Lo, ninguém pode interromper Sua marcha. Só aqueles que ouvem atentamente Suas palavras, os que O procuram e têm sede Dele é que podem seguir Seus passos e receber Sua promessa. Aqueles que não o fazem estarão sujeitos a um desastre esmagador e a uma punição merecida” (A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Deus preside o destino de toda a humanidade”).

Nota do editor: Se você tiver quaisquer perguntas ou algum problema, por favor, entre em contato conosco através do bate-papo ao vivo, e assim poderemos explorar e discutir juntos.

O alarme dos últimos dias já tocou e grandes desastres já começaram. Você quer dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e ter a chance de receber a proteção de Deus com sua família?

Conteúdo relacionado

O que são as virgens sábias e o que são as virgens tolas

Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a substância divina, e Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a expressão de Deus. Já que Deus Se torna carne, Ele levará adiante a obra que precisa fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele expressará o que Ele é e será capaz de trazer a verdade ao homem, conceder vida ao homem e mostrar o caminho ao homem. Carne que não contém a substância de Deus certamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Para investigar se é a carne encarnada de Deus, o homem deve determinar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele fala. O que quer dizer, se é ou não a carne encarnada de Deus, se é ou não o verdadeiro caminho deve ser julgado pela Sua substância. E assim, ao determinar[a] se é a carne do Deus encarnado, a chave é prestar atenção na Sua substância (Sua obra, Suas palavras, Seu caráter e muito mais), em vez de na aparência exterior. Se o homem olha apenas a Sua aparência exterior e ignora a Sua substância, então isso mostra a ignorância e a ingenuidade do homem.

Entre em contato conosco pelo WhatsApp