Como denunciei um anticristo

26 de Outubro de 2022

Por Wenjing, China

Alguns anos atrás, voltei para a minha igreja local para cumprir o meu dever. Quando ouvi a líder Zhang Xin dizer que a diaconisa de rega era Xiao Liu, fiquei perplexa. Eu sabia que Xiao Liu costumava semear discórdia e oprimir e punir as pessoas, e, para ganhar poder na igreja, ela e alguns malfeitores atacavam líderes e obreiros como falsos, causando caos na igreja. Na época, os irmãos a identificaram como uma malfeitora com base em seu comportamento e estavam preparando tudo para excluí-la. Por que, agora, ela era diaconisa de rega? Perguntei a Zhang Xin, que disse que Xiao Liu tinha mudado, agora, e suportava um fardo no dever, e que eu devia vê-la com amor a partir de uma perspectiva de crescimento. Embora tivesse algumas dúvidas, eu tinha acabado de voltar, por isso não sabia o que tinha acontecido e achei que, como líder, Zhang Xin não violaria os princípios ao escolher pessoas, por isso não insisti. Zhang Xin mencionou, também, que a irmã Fang, que tinha sido parceira dele no passado, não tinha cumprido um dever nem participado de reuniões desde sua dispensa, por isso deveria ser excluída, e Zhang Xin pediu que eu fornecesse exemplos do comportamento perverso da irmã Fang. Isso levantou as minhas suspeitas. A irmã Fang simplesmente não assumiu um fardo em seu dever. Ela era uma falsa líder que não fazia trabalho prático. Mas após ser dispensada, ela continuou pregando o evangelho, cuidou dos assuntos gerais e não cometeu o mal. Por que ela estava sendo excluída? Quanto mais pensava sobre isso, mas dúvidas eu tinha. Lembrei-me de que, quando contatei Zhang Xin no passado, seu desejo de vingança era forte. Uma vez, a irmã Fang relatou aos líderes superiores que Zhang Xin cumpria seu dever sem assumir um fardo. Seria o caso de que ela guardava rancor por causa desse incidente e queria se vingar da irmã Fang? Nesse caso, Zhang Xin estaria punindo a irmã Fang, e isso era cometer o mal! Mas percebi também que eu não sabia nada sobre o comportamento recente da irmã Fang, por isso não podia ter certeza de que Zhang Xin tinha um problema. Decidi esperar até ter certeza.

Mais tarde, eu soube que Zhang Xin tinha distorcido os fatos e julgado a irmã Fang durante uma reunião, e quando uma irmã a refutou, ela condenou essa irmã e a irmã Fang por formar panelinha para atacar a liderança e arranjou que essa irmã fosse isolada. Outra irmã disse que a irmã Fang tratava os outros com amor. Então Zhang Xin mentiu, dizendo que a segurança dessa irmã estava em risco e a isolou em casa por três meses. Havia outra irmã, que era responsável pelos assuntos gerais, que Zhang Xin impediu de cumprir o dever só porque ela deu um conselho a Zhang Xin. Eu também fiquei chocada. Como Zhang Xin podia não ter nenhum temor de Deus? Ela fazia tantas coisas más para oprimir as pessoas. E aqueles que ela oprimia eram pessoas que buscavam a verdade na igreja. Certamente havia um problema com Zhang Xin. Procurei a irmã Li, que regava os recém-convertidos, para comungar e discernir o problema. A irmã Li me disse: “Xiao Liu não mostra nenhum arrependimento. Ela ainda discute e se defende em toda reunião; causa interrupção na vida de igreja. Quando a irmã Fang era a líder, ela investigou o comportamento maligno de Xiao Liu, por isso Xiao Liu diz que quer se vingar da irmã Fang”. Fiquei furiosa. Zhang Xin disse que Xiao Liu tinha se arrependido. Ela estava tolerando uma malfeitora que perturbava a igreja. Isso não era uma manifestação de liderança falsa? Mas pensei também que Zhang Xin era líder havia pouco tempo e que eu não a tinha ajudado com comunhão. Decidi primeiro apontar esses problemas para ela. Eu disse a Zhang Xin que ela tinha violado os princípios ao impedir que essas irmãs cumprissem seu dever. Inesperadamente, ela gritou comigo: “Algumas pessoas se recusam a me obedecer e falam mal de mim pelas costas! Sei exatamente quem tem opiniões sobre mim. Se não quiserem me obedecer, denuncie isso aos líderes superiores! Tudo que faço é justo e correto. Não tenho medo de ninguém que diz coisas a meu respeito”. Mas sua reação cruel me assustou. Agora, ela sempre tinha a última palavra na igreja e oprimia e punia todos que não lhe obedeciam. Ela não passava de uma tirana. Eu apontei um problema, e ela foi tão cruel que eu temia que, se continuasse apontando as coisas e a expusesse, ela me proibiria de cumprir meu dever. Minha vida não sofreria se isso acontecesse? Quando pensei nisso, parei de apontar os problemas dela. Quando voltei para casa, eu me senti muito culpada. Uma malfeitora estava perturbando a igreja, e os irmãos estavam sendo oprimidos. Em vez de lidar com o assunto, Zhang Xin estava oprimindo as pessoas, e quando apontei o problema dela, ela não aceitou. Eu sabia que devia relatar essa situação aos líderes superiores. Depois disso, procurei a irmã Li. Discutimos os princípios para escrever uma carta de denúncia e nos preparamos para denunciar Zhang Xin. Mas quando terminamos de anotar os comportamentos malignos de Zhang Xin e nos preparamos para enviar a carta, eu hesitei de novo. Se Zhang Xin ficasse sabendo da nossa carta de denúncia, o que faríamos se ela inventasse uma acusação, nos incriminasse, e nós fôssemos excluídas? Como eu poderia ser salva se fosse excluída? Pensando nisso, não entreguei a carta por muito tempo. Mas ao ver o caos na igreja, eu me senti péssima por não o relatar.

Uma noite em que eu fui à casa da irmã Li, Zhang Xin apareceu de repente e acusou a irmã Li de expô-la na igreja. Quando vi a atitude cruel dela, fiquei furiosa. Ela era tirânica demais. Ela estava correndo solta na igreja, mas proibia que os outros a expusessem. As pessoas não tinham nem o direito de falar, e a igreja inteira estava sob o controle dela. Eu tinha que defender a justiça e expor Zhang Xin para proteger o trabalho da igreja. Mas ao ver como ela era arrogante, como ela não ouvia ninguém e tinha um desejo tão forte de se vingar, achei que, se eu a provocasse, eu poderia ser a próxima a ser punida por ela. Ela poderia até inventar alguma acusação para me excluir. Eu estava num dilema, então clamei a Deus para que Ele me desse coragem e confiança. Lembrei-me da palavra de Deus: “Toda igreja tem pessoas que lhe causam problemas ou se intrometem na obra de Deus. Todas essas pessoas são Satanases que se infiltram disfarçados na casa de Deus. […] Essas pessoas promovem desordem na igreja, espalhando sua negatividade, dando vazão à morte, agindo como lhes apraz, dizendo o que bem entendem, e ninguém ousa pará-las. Elas transbordam do caráter de Satanás. Mal causam uma perturbação, e logo um ar de morte entra na igreja. Aqueles dentro da igreja que praticam a verdade são desdenhados, incapazes de dar tudo de si, enquanto lá dentro aqueles que perturbam a igreja e espalham morte correm em desordeme, além disso, a maioria das pessoas os segue. Tais igrejas são governadas por Satanás, pura e simplesmente; o diabo é o seu rei. Se não se levantarem e rejeitarem os demônios principais, os congregados, também, irão à ruína, mais cedo ou mais tarde. De agora em diante, medidas precisam ser tomadas contra tais igrejas. Se aqueles que são capazes de praticar um pouco da verdade não buscarem, então essa igreja será eliminada. Se uma igreja não tiver ninguém que esteja disposto a praticar a verdade e ninguém que possa ser testemunha de Deus, então essa igreja deve ser completamente isolada e suas conexões com outras igrejas precisam ser rompidas. Isso é chamado de ‘enterrar a morte’; é isso que significa desdenhar Satanás” (A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Um alerta para aqueles que não praticam a verdade”). A palavra de Deus me deu força e coragem, e não tive mais medo. O caráter justo de Deus não tolera ofensa, e para aqueles malfeitores e anticristos extremos, Deus só tem ódio e nojo! Mesmo que detenham poder e corram soltos na igreja por um tempo, no fim, eles serão revelados e excluídos. As palavras de Deus são muito claras. Quando os perversos e os anticristos detêm poder na igreja, se ninguém pratica a verdade, essas pessoas toleram as forças malignas que correm soltas na igreja. Tal igreja é governada por Satanás, e se os membros não se arrependerem, eles serão abandonados e excluídos por Deus. Eu estava abalada. Zhang Xin era uma tirana na igreja, que atacava e punia os irmãos, mas, para proteger a mim mesma, eu não me mexi para expor e impedir isso, e permiti que ela e Xiao Liu cometessem o mal e perturbassem o trabalho da igreja. Eu também estava do lado de Satanás e resistindo a Deus. Eu tinha parte no mal delas. Quando percebi isso, encontrei coragem para expor Zhang Xin por proteger a malfeitora e usar sua posição para punir os outros e trilhar a senda do anticristo. Quando soube disso, Zhang Xin ficou sem palavras. Ela mudou o tema imediatamente, concordou em aceitar a irmã Fang de volta na igreja e depois foi embora.

Depois disso, algumas passagens das palavras de Deus me deram algum discernimento e consegui ver a essência de Zhang Xin com mais clareza. As palavras de Deus dizem: “Uma das características mais óbvias da essência de um anticristo é que ele é como um déspota comandando sua ditadura: ele não ouve ninguém, despreza todos, e, independentemente dos pontos fortes das pessoas ou do que digam e façam ou dos insights e opiniões que cada uma tenha, eles não prestam atenção; é como se ninguém estivesse qualificado a trabalhar com eles ou a participar em qualquer coisa que façam. Esse é o tipo de caráter de um anticristo. Algumas pessoas dizem que isso é ter uma humanidade pobrecomo poderia ser somente humanidade pobre comum? Isso é inteiramente um caráter satânico; esse tipo de caráter extremamente feroz. Por que digo que seu caráter é extremamente feroz? Os anticristos pensam nos interesses da casa de Deus e da igreja como inteiramente seus, como propriedade pessoal que deveria ser administrada completamente por eles, sem a interferência de nenhuma outra pessoa. As únicas coisas em que pensam quando fazem o trabalho da igreja são os próprios interesses, seu status e sua imagem. Não permitem que ninguém prejudique seus interesses, muito menos permitem que qualquer um que tenha calibre e seja capaz de falar de suas experiências e testemunho ameace seu status e seu prestígio. E assim tentam minar e excluir como competidores aqueles que conseguem falar de experiências e testemunho, como também aqueles que conseguem comungar a verdade e prover para os escolhidos de Deus, e tentam desesperadamente isolá-los de todos os outros, sujar o nome deles e derrubá-los. Só então os anticristos ficarão em paz. […] Eles estão considerando os interesses da casa de Deus? Não. Eles estão pensando em quê? Eles só pensam em como se agarrar ao status. Embora saibam que são incapazes de fazer trabalho real, eles não cultivam nem promovem pessoas de bom calibre que buscam a verdade; as únicas que eles promovem são as pessoas que os bajulam, pessoas que são aptas em idolatrar os outros, que os elogiam e admiram, no coração, pessoas que tem todo um jeitinho, que não têm entendimento da verdade e são incapazes de diferenciação. Os anticristos promovem essas pessoas ao seu lado para que os sirvam, e elas os acompanham para onde quer que vão e passam cada dia fazendo o que mandam, o que dá aos anticristos poder na igreja, e significa que muitas pessoas se aproximam deles e os seguem, e ninguém ousa condená-los. Todas essas pessoas que os anticristos cultivam são pessoas que não buscam a verdade. A maioria delas não entende questões espirituais e não conhece nada além de obediência a regras. Elas gostam de seguir tendências e as autoridades. São do tipo que é encorajado por ter um mestre poderosoum bando de patetas. Os próprios anticristos se estabelecem como os chefões dessas pessoas, preparando-as para que façam o eles que mandam. Toda vez que um anticristo está no poder numa igreja, ele sempre recruta patetas e pentelhos como seus ajudantes, ao mesmo tempo que exclui e oprime aquelas pessoas com calibre que conseguem entender e praticar a verdade, que conseguem assumir trabalhoe especialmente aqueles líderes e obreiros que são capazes de trabalho prático” (A Palavra, vol. 4: Expondo os anticristos, “Item Oito: Eles gostariam que os outros obedecessem apenas a eles, não à verdade nem a Deus (parte 1)”). “Quem são as pessoas que um anticristo vê como dissidentes? No mínimo, são aquelas que não levam o anticristo a sério como líder; são aquelas que não o admiram nem adoram, que o tratam como uma pessoa comum. Esse é um tipo. Há também aquelas que amam a verdade, buscam a verdade, buscam uma mudança em seu caráter e buscam o amor a Deus; elas seguem uma estrada diferente da do anticristo, e são dissidentes aos olhos do anticristo. Além disso, qualquer um que ousa oferecer ao anticristo as suas sugestões e ousa expô-lo, ou cujas opiniões são diferentes das dele, é visto como um dissidente. E existe ainda outro tipo: aqueles que são iguais ao anticristo em termos de calibre e habilidade, cuja capacidade de fala e ação é semelhante à dele, ou que ele vê como superiores a ele e que são capazes de identificá-lo. Para um anticristo, isso passa dos limites, é uma ameaça ao seu status. Tais pessoas são os maiores dissidentes do anticristo. O anticristo não ousa negligenciar tais pessoas nem afrouxar em relação a elas, nem um pouco. Ele as considera um espinho em seu lado e fica vigilante e em guarda contra elas a todo momento. Ele as evita em tudo que faz. Quando o anticristo vê que um dissidente vai identificá-lo e expô-lo, ele é tomado por um pânico todo especial; ele fica desesperado para excluir e atacar tal dissidente, de modo que não fica satisfeito até ter removido esse dissidente da igreja. Com tal mentalidade e um coração cheio dessas coisas, de que tipos de coisas ele é capaz? Ele trataria esses irmãos e irmãs como inimigos, e pensaria em jeitos de derrubá-los e de se livrar deles? Ele certamente faria isso. O fato de ele poder fazer tal coisa não é o mais maligno de todos os feitos? Não é uma ofensa contra o caráter de Deus?” (A Palavra, vol. 4: Expondo os anticristos, “Item Dois: Eles atacam e excluem dissidentes”). A natureza dos anticristos é muito sinistra e cruel. Para monopolizar poder e criar um reino independente, eles promovem aqueles que querem ter como sua mão direita, e se alguém aponta suas deficiências, os expõe ou ameaça seu status, eles veem tal pessoa como espinho em seu lado, a atacam e excluem de todas as formas, e até a excluem da igreja. A essência dos anticristos é a dos malfeitores. Eles estão fartos da verdade e não têm consciência nem razão e, por mais que punam os outros, eles não sentem remorso. Quanto ao comportamento de Zhang Xin, como líder, ela não defendia o trabalho da igreja e usava seu poder para cultivar comparsas para controlar a igreja e atacar e excluir dissidentes. Xiao Liu era uma malfeitora e devia ser excluída, mas, visto que ela defendia Zhang Xin, esta a promoveu e inventou várias razões para absolvê-la. Mas quando a irmã Fang apontou os problemas dela, ela guardou rancor. Quando a irmã Fang foi dispensada, Zhang Xin viu sua chance de se vingar e fez de tudo para expurgar a irmã Fang da igreja. Quando várias irmãs não a seguiram em condenar a irmã Fang, ela as oprimiu e puniu. Zhang Xin era sinistra e cruel, ela punia todos que ameaçavam seu status e não lhe obedeciam, e era uma tirana que corria solta na igreja, que não sentia remorso algum. Ela era um autêntico anticristo. Quando discernimos Zhang Xin, entregamos a carta de denúncia.

Não demorou, e Zhang Xin se vingou de nós. Zhang Xin me isolou em casa, dizendo que eu estava em perigo, e já que as irmãs Li e Yuan tinham discernimento de Zhang Xin, ela também isolou as duas em casa. Depois de um tempo, Zhang Xin incriminou a irmã Li e eu por lutar pela liderança, por causar caos na igreja e por ser malfeitoras, e depois pediu que os irmãos nos rejeitassem. Alguns irmãos deram ouvidos às palavras de Zhang Xin sem discernimento e me ignoravam friamente quando me viam na estrada. Quando isso aconteceu, eu me senti magoada e injustiçada. Por que, após praticar a verdade, nós estávamos sendo oprimidas, punidas e incriminadas pelas forças do mal, e por que Zhang Xin podia prosperar na igreja apesar de cometer o mal? Por que os irmãos nos entenderam errado e nos rejeitaram? Eu estava sofrendo, não sabia como trilhar minha senda no futuro e estava presa em negatividade. Nas reuniões, nesses dias, quando as irmãs discerniam o comportamento de Zhang Xin, eu não queria abrir a boca. Pensava: “Eu agi para expor Zhang Xin, mas fui oprimida, fui acusada pelos meus irmãos por querer ser líder. Agora fui isolada e oprimida. Quem me defenderá? Esqueça, não quero mais me preocupar com os assuntos da igreja”. Eu estava muito fraca e em profunda escuridão espiritual. Em meu tormento, eu me ajoelhei diante de Deus muitas vezes e, com lágrimas nos olhos, disse a Deus: “Deus! Estou sofrendo neste ambiente. Por que estou sendo oprimida e rejeitada por praticar a verdade para proteger os interesses da igreja? Deus, por favor, guia-me para que eu entenda a Tua vontade”.

Mais tarde, li na palavra de Deus: “Em face de problemas da vida real, como você deveria conhecer e entender a autoridade de Deus e Sua soberania? Quando enfrenta esses problemas e não sabe entender, manejar e vivenciá-los, que atitude você deveria adotar para mostrar sua vontade e desejo de se submeter, a realidade de sua submissão ao governo e aos arranjos de Deus? Primeiro, você deve aprender a esperar; depois, você deve aprender a buscar; em seguida, você deve aprender a submeter-se. ‘Esperar’ significa esperar o tempo de Deus, aguardar as pessoas, os eventos e as coisas que Ele arranjou para você, esperando que Sua vontade paulatinamente se revele a você. ‘Buscar’ significa observar e compreender as intenções ponderadas de Deus para você, por meio das pessoas, dos eventos e das coisas que Ele dispôs, entender a verdade por meio deles, compreender o que os seres humanos devem realizar e os caminhos em que eles devem se manter, compreender quais resultados Deus pretende alcançar nos humanos e quais realizações Ele pretende atingir neles. ‘Submeter-se’, claro, refere-se a aceitar as pessoas, os eventos e as coisas que Deus orquestrou, aceitar Sua soberania e, mediante ela, vir a saber como o Criador dita o destino do homem, como Ele provê ao homem a Sua vida, como Ele trabalha a verdade no homem” (A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “O Próprio Deus, o Único III”). Depois de contemplar a palavra de Deus, de repente, entendi que, quando acontecem coisas que não consigo ver claramente, eu devo ter uma atitude de submissão, aprender a buscar a vontade de Deus e esperar que as coisas aconteçam no tempo de Deus. Percebi que, quando entregamos a carta de denúncia, os líderes superiores tiveram que seguir um processo. Até tratarem dela, Zhang Xin continuaria cometendo o mal e atacando e excluindo os dissidentes, o que era ela revelando sua natureza de malfeitora. Nesse período, nós devíamos ser pacientes e esperar. Essa era uma parte necessária do processo. Mas eu não tinha coragem para obedecer e esperar, e eu não buscava aprender lições nesse ambiente. Quando vi que Zhan Xin não tinha sido tratada, e eu fui oprimida e condenada no lugar dela, eu entendi errado e me queixei de Deus, achando que Deus era injusto, e até fiquei decepcionada com Deus. Eu fui tão insensata!

Depois disso, orei a Deus sobre o meu estado e pedi que Ele me guiasse pra conhecer Seu caráter justo. Então, li esta passagem da palavra de Deus: “Como as pessoas conhecem e compreendem o caráter justo de Deus? Quando os justos recebem Suas bênçãos e quando os malvados são amaldiçoados por Eleeles entendem que estes são exemplos da justiça de Deus. Deus recompensa o bem e pune o mal, e Ele recompensa cada homem de acordo com seus feitos. Isso está correto, mas, atualmente, há alguns eventos que não estão de acordo com as noções do homem, a saber, que aqueles que acreditam em Deus e O adoram são mortos, ou experimentam Suas maldições, ou nunca foram abençoados nem reconhecidos por Ele; não importa quanto O adoram, Ele os ignora. Deus não abençoa os perversos nem os pune, entretanto são ricos e têm muitos filhos, e tudo vai bem para eles; são bem-sucedidos em tudo. Isso é a justiça de Deus? Algumas pessoas dizem: ‘Nós adoramos a Deus, mas ainda não recebemos bênçãos Dele, enquanto pessoas perversas, que não adoram a Deus e até resistem a Ele, estão vivendo melhor e com prosperidade maior do que nós. Deus não é justo!’. O que isso lhes mostra? Eu acabei de dar-lhes dois exemplos. Qual fala da justiça de Deus? Algumas pessoas dizem: ‘Ambos são manifestações da justiça de Deus!’. Por que dizem isso? Há princípios nas ações de Deus — só que as pessoas não conseguem vê-los claramente e, sendo incapazes de vê-los claramente, elas não podem dizer que Deus não é justo. O homem só consegue ver o que está na superfície; ele não consegue enxergar as coisas como são. Portanto, o que Deus faz é justo, não importa quão pouco isso se conforme às noções e imaginações do homem. Há muitas pessoas que resmungam constantemente que Deus não é justo. Isso é porque elas não entendem a situação como ela é. É fácil alguém cometer erros quando ele sempre vê as coisas à luz de suas noções e imaginações. O conhecimento das pessoas existe entre seus pensamentos e pontos de vista, ou dentro de suas perspectivas sobre o bem e o mal, sobre o certo e o errado, ou sobre a lógica. Quando alguém vê as coisas a partir de tais perspectivas, é fácil que ele entenda Deus errado e ocasione noções, e que essa pessoa resista a Ele e se queixe Dele” (A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Parte 3”). “O que você diria: quando Deus destrói Satanás, isso é uma expressão da justiça Dele? (Sim.) E se ele permitisse que Satanás permanecesse? Você não ousa dizer, não é? A essência de Deus é justiça. Apesar de não ser fácil compreender o que Ele faz, tudo que faz é justo; as pessoas simplesmente não entendem. Quando Deus entregou Pedro a Satanás, como Pedro respondeu? ‘A humanidade é incapaz de sondar o que fazes, mas tudo que fazes contém a Tua boa vontade; há justiça em tudo isso. Como posso não expressar louvor por Tua sabedoria e Teus feitos?’. Agora você deveria ver que a razão pela qual Deus não destrói Satanás no tempo de Sua salvação do homem é que os humanos possam ver claramente como Satanás os corrompeu e a extensão em que ele os corrompeu, e como Deus os purifica e os salva. No fim, quando as pessoas tiverem entendido a verdade, e visto claramente o semblante odioso de Satanás, e contemplado o pecado monstruoso de serem corrompidas por Satanás, Deus destruirá Satanás, mostrando-lhes a Sua justiça. Qualquer que for a hora em que Deus destruir Satanás, o caráter e a sabedoria de Deus estarão nisso. Tudo que Deus faz é justo. Embora possa ser insondável para os humanos, eles não deveriam julgar a seu bel-prazer. Se algo que Ele faz parecer insensato aos humanos ou se eles tiverem quaisquer noções sobre isso, e isso os levar a dizer que Ele não é justo, eles estarão sendo muito insensatos. Você vê que Pedro achava algumas coisas incompreensíveis, mas tinha certeza de que a sabedoria de Deus estava presente e que a boa vontade de Deus estava nessas coisas. Os humanos não conseguem sondar tudo; há muitas coisas que eles não conseguem compreender” (A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Parte 3”). Ao contemplar a palavra de Deus, percebi que, em minhas noções, eu acreditava que justiça significa equidade e sensatez. Uma malfeitora e um anticristo interromperam o trabalho da igreja, e, já que protegemos os interesses da igreja, agindo para expor e denunciar isso, Deus deveria ter nos guardado, protegido e não permitido que fôssemos oprimidas, e a malfeitora e o anticristo deveriam ter sido expulsos imediatamente. Eu achava que isso era a justiça de Deus. Quando vi que, depois de escrevermos a carta de denúncia, a malfeitora e o anticristo não foram tratados, continuaram em posições altas na igreja e nos isolaram e condenaram, comecei a duvidar da justiça de Deus e até cheguei a perguntar onde estava a justiça de Deus. Eu fui tão arrogante! Pensei em como, quando Pedro foi testado, ele passou por um refinamento doloroso. Embora não conseguisse sondar o que Deus estava fazendo, ele acreditou que Deus era justo, não importava o que Ele fizesse, e que a sabedoria de Deus estava naquilo. Foi por isso que ele pôde obedecer a Deus, e, no fim, teve o maior amor por Deus, obedeceu até a morte e produziu um testemunho lindo. Eu não entendia a verdade, mas com base naquilo que via diante de mim, eu avaliei a justiça de Deus a partir de um ponto de vista transacional. Quando Deus fazia as coisas como eu queria e me beneficiava, eu achava que Deus era justo, e conseguia louvar a Deus. Quando era oprimida por um anticristo e meu futuro e destino eram afetados, eu perdia a fé em Deus e até duvidava da justiça de Deus e negava que a verdade e a justiça governam na casa de Deus. Eu avaliava a justiça de Deus com base em meus benefícios pessoais. Isso era absurdo. Deus é o Criador, a essência de Deus é a justiça, e Deus odeia o mal, o que é determinado por Sua essência. Embora a igreja não expulsasse a malfeitora e o anticristo por ora, isso não significava que Deus não desprezava suas ações, não significava que Deus não desprezava o mal e não significava que a verdade não governa na igreja. Havia a sabedoria e as boas intenções de Deus naquilo que acontecia. Eu só não entendia. Eu devia ser sensata, permanecer no lugar de um ser criado, submeter-me aos arranjos soberanos de Deus, orar a Deus para buscar e esperar por Seu esclarecimento e orientação. Quando percebi isso, meu coração se iluminou e meus equívocos sobre Deus desapareceram. Percebi também que alguns irmãos na igreja ainda não discerniam Zhang Xin. Aos poucos, por meio dessas circunstâncias, todos viriam a ver a essência de Zhang Xin claramente. Deviam discerni-la antes de poderem rejeitá-la. Esse ambiente era muito benéfico para desenvolver discernimento. Quando entendi isso, eu orei a Deus para dizer que eu queria me submeter aos arranjos de Deus e aprender lições nesse ambiente.

Mais tarde, li na palavra de Deus: “Se você deseja ser salvo, não somente você deve ultrapassar o obstáculo do grande dragão vermelho, e não somente deve ser capaz de discernir o grande dragão vermelho, enxergar além da fachada de seu semblante abominável e renunciar totalmente a eleexiste também o obstáculo dos anticristos que você deve ultrapassar. Na igreja, um anticristo não é só o inimigo de Deus, mas também o inimigo do povo escolhido de Deus. Se você não consegue identificar um anticristo, você é propenso a ser enganado e conquistado, a trilhar a senda do anticristo e a ser amaldiçoado e punido por Deus. Se isso acontecer, sua fé em Deus terá falhado completamente. O que as pessoas devem possuir para receber salvação? Em primeiro lugar, devem entender muitas verdades e ser capazes de identificar a essência, o caráter e a senda de um anticristo. Esse é o único jeito de garantir que não adorem nem sigam pessoas ao crerem em Deus, e é o único jeito de seguir a Deus até o fim. Só pessoas que são capazes de identificar um anticristo podem realmente crer em Deus, segui-Lo e dar testemunho Dele. Identificar um anticristo não é simples e requer a capacidade de ver claramente a sua essência e de enxergar as tramas, os truques e os objetivos por trás de tudo que ele faz. Desse jeito, você não será enganado nem controlado por ele, e consegue permanecer firme, buscando a verdade com segurança, e ser firme na senda de buscar a verdade e alcançar salvação. Se você não consegue identificar um anticristo, então se pode dizer que você está em grande perigo, e é suscetível a ser enganado e capturado por um anticristo e a vir a viver sob a influência de Satanás. […] Então, se você quiser chegar aonde a salvação possa ser concedida a você, o primeiro teste no qual deverá passar é aquele de ser capaz de enxergar Satanás, e você também deve ter a coragem de se levantar e expor e abandonar Satanás. Onde, então, está Satanás? Satanás está ao seu lado e em toda a sua volta; ele pode até estar vivendo dentro do seu coração. Se você estiver vivendo dentro do caráter de Satanás, pode-se dizer que você pertence a Satanás. Você não pode ver nem tocar o Satanás e os espíritos malignos do reino espiritual, mas o Satanás e os diabos vivos que existem na vida prática estão por toda parte. Qualquer pessoa que está farta da verdade é maligna, e qualquer líder ou obreiro que não aceita a verdade é um anticristo ou um falso líder. Tais pessoas não são satãs e diabos vivos? Essas pessoas podem ser justamente aquelas que você adora e admira; podem ser as pessoas que lideram você ou as pessoas que você admirou, em quem confiou e se apoiou, por quem teve esperança no coração. Na verdade, porém, elas são barreiras que obstruem seu caminho e o impedem de buscar a verdade e obter salvação; são falsos líderes e anticristos. Elas podem assumir o controle sobre sua vida e a senda que você trilha, e podem arruinar sua chance de receber salvação. Se não as identificar e enxergar, então, a qualquer momento, você pode ser enganado, capturado e levado por elas. Por isso, você se encontra em grande perigo. Se você não consegue se livrar desse perigo, você é a vítima sacrificial de Satanás. Em todo caso, pessoas que são enganadas e controladas e se tornam seguidoras de um anticristo jamais podem alcançar salvação. Visto que não amam nem buscam a verdade, elas podem ser enganadas e seguir um anticristo. Esse é o resultado inevitável” (A Palavra, vol. 4: Expondo os anticristos, “Item Três: Eles excluem e atacam aqueles que buscam a verdade”). Depois de contemplar as palavras de Deus, entendi a Sua vontade. Deus permite que malfeitores e anticristos apareçam na igreja, e Sua sabedoria está nisso. Deus usa sua interrupção e enganação para dar discernimento às pessoas, para que elas possam se libertar da influência sombria de Satanás e alcançar salvação. Zhang Xin me oprimiu e puniu, e os irmãos me entenderam errado e me rejeitaram. Embora isso me causasse algum sofrimento, durante esse processo, eu vi como os anticristos enganam e prejudicam as pessoas, ganhei conhecimento e discernimento, e vi que Zhang Xin era um anticristo que odeia a verdade e é hostil a Deus. Então não me senti mais constrangida nem controlada por ela e aprendi com os fracassos dela e evitei trilhar a senda errada. Tudo isso não eram o amor e a salvação de Deus? Quanto mais refletia sobre isso, mais eu percebia que Deus é justo e sábio, e mais me arrependia de não conhecer a justiça de Deus. Eu era oprimida por um anticristo e jogava toda a culpa pela injustiça em Deus e entendia Deus errado e me queixava Dele. Eu era tão rebelde. Quando percebi isso, me senti endividada com Deus e quis me arrepender. Expor falsos líderes e anticristos é um ato bom e justo e era minha responsabilidade e obrigação. Se os malfeitores pudessem ser expostos e excluídos e os irmãos pudessem ter uma boa vida de igreja, mesmo que os meus irmãos me entendessem errado ou eu fosse excluída pelo anticristo, eu não teria arrependimentos. Lembrei-me de outra passagem da palavra de Deus: “Os homens ímpios sempre serão perversos e não escaparão do dia da punição. Os homens bons sempre serão bons e serão revelados quando a obra chegar ao fim. Nenhum dos ímpios será considerado justo, e nenhum dos justos será considerado perverso. Eu permitiria que algum homem fosse injustamente acusado?” (A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus”). As palavras de Deus são muito claras. Deus é justo, Ele tem misericórdia e salvação para aqueles que realmente O amam, e Ele amaldiçoa e pune os malfeitores e anticristos, o que é determinado pelo caráter justo de Deus. Se eu sou salva ou não, isso cabe a Deus, não aos anticristos. Embora a igreja fosse controlada pelos anticristos e nós fôssemos oprimidas, isso era temporário. Deus vê tudo, o Espírito Santo revela tudo, e, mais cedo ou mais tarde, o anticristo seria revelado e excluído. Naqueles dias, eu ponderei muito sobre a palavra de Deus e, aos poucos, senti libertação no coração e ganhei confiança na obra de Deus.

Um dia, os líderes superiores arranjaram duas irmãs para resolver o caos na nossa igreja. Ficamos muito animadas e agradecemos a Deus sem parar. Inesperadamente, após denunciarmos o comportamento maligno de Zhang Xin, ela só foi dispensada por ser uma falsa líder. Embora todos retomássemos a vida de igreja, eu me senti incomodada. A humanidade de Zhang Xin era maligna. Ela punia e oprimia pessoas por status e atraía e defendia os perversos. E ela não aceitava a verdade e se recusava a se arrepender. Ela não era uma falsa líder, era um autêntico anticristo. Mas então pensei: “Se eu mencionar isso, os irmãos dirão que estou me recusando a me esquecer dos problemas deles? Esqueça, não me importo. Em todo caso, ela não pode fazer nada contra mim agora”. Com isso em mente, decidi não mencionar mais isso. Durante meus devocionais, li na palavra de Deus que os anticristos nunca se arrependem. Eu sabia que Zhang Xin era um anticristo, e se não fosse excluída, ela certamente perturbaria a vida de igreja e criaria caos se tivesse outra chance, e, então, os irmãos voltariam a sofrer. Eu tinha que agir e expor Zhang Xin. Não podia mais me proteger. Na palavra de Deus, eu li: “Quando a verdade se tornar vida em você, quando você observar alguém que blasfema contra Deus, que não tem temor de Deus e que é descuidado e superficial ao cumprir o seu dever, ou que interrompe e interfere no trabalho da igreja, você responderá de acordo com os princípios da verdade e será capaz de identificá-lo e expô-lo conforme necessário. Se a verdade não se tornar sua vida e você ainda viver em seu caráter satânico, quando descobrir pessoas perversas e diabos que causam interrupções e perturbações no trabalho da casa de Deus, você fará vista grossa e se fingirá de surdo; você as ignorará sem ser repreendido por sua consciência. Você até achará que qualquer um que cause perturbações no trabalho da igreja não tem nada a ver com você. Não importa quanto o trabalho da igreja e os interesses da casa de Deus sofram, você não se importa, não intervém nem se sente culpadoo que faz de você alguém que não tem consciência nem senso, um incrédulo, um servidor. Você come o que é de Deus, bebe o que é de Deus e desfruta tudo o que vem de Deus, mas acha que qualquer dano aos interesses da casa de Deus não está relacionado a você — o que faz de você um traidor que morde a mão que o alimenta. Se você não protege os interesses da casa de Deus, você é mesmo humano? Isso é um demônio que se insinuou na igreja. Você finge acreditar em Deus, finge ser um escolhido e quer se aproveitar da casa de Deus. Você não vive a vida de um ser humano e é claramente um dos incrédulos. Se você for alguém que realmente acredita em Deus, mesmo que ainda tenha que ganhar a verdade e a vida, no mínimo, você falará e agirá ao lado de Deus; no mínimo, você não ficará parado ao ver que os interesses da casa de Deus estão sendo comprometidos. Quando tiver o desejo de fazer vista grossa, você se sentirá culpado e incomodado e dirá para si mesmo: ‘Eu não posso ficar sentado aqui e não fazer nada, devo me levantar e dizer algo, devo assumir a responsabilidade, devo revelar esse comportamento maligno, devo impedir isso, para que os interesses da casa de Deus não sejam prejudicados e a vida de igreja não seja perturbada’. Se a verdade se tornou sua vida, você não somente terá essa coragem e determinação e será capaz de entender completamente a questão, mas também cumprirá a responsabilidade que tem para com a obra de Deus e com os interesses de Sua casa, e assim seu dever será cumprido” (A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Só aqueles que realmente se submetem a Deus têm um coração que O teme”). Depois de ler as palavras de Deus, percebi que era por meio da orientação de Deus que eu tinha algum discernimento dos feitos malignos de Zhang Xin e Xiao Liu. Se eu não agisse e as expusesse, eu não teria consciência e não protegeria o trabalho da igreja. Eu não podia mais ser egoísta e desprezível por não expor Zhang Xin. Lembrei-me de um decreto administrativo: “Faça tudo que seja benéfico à obra de Deus e nada que seja prejudicial aos interesses da obra de Deus. Defenda o nome de Deus, o testemunho de Deus e a obra de Deus” (A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido de Deus na Era do Reino”). Eu entendi melhor as exigências de Deus. Como membro da igreja, no que diz respeito ao trabalho da igreja, eu tinha a responsabilidade de me impor e protegê-lo. Mais tarde, os líderes superiores vieram analisar a situação. Eu relatei os maus comportamentos de Zhang Xin e Xiao Liu, e os líderes superiores investigaram de novo para verificar tudo. Numa reunião, por meio da comunhão da verdade sobre o discernimento de anticristos, todos os irmãos desenvolveram discernimento. Um após o outro, eles expuseram e relataram os feitos malignos de Zhang Xin e Xiao Liu. Foi determinado que Zhang Xin era um autêntico anticristo, e ela foi excluída da igreja. Xiao Liu, após se recusar a se arrepender por seus males excessivos, foi excluída por ser cúmplice de um anticristo. Alguns irmãos enganados por Zhang Xin caíram em si, e todos eles rejeitaram Zhang Xin e pararam de segui-la. Depois disso, a vida de igreja voltou ao normal. Embora houvesse reviravoltas na minha denúncia desse anticristo, por meio da opressão desse anticristo, eu ganhei algum discernimento de anticristos, ganhei alguma percepção e ganhei alguma experiência e conhecimento prático do caráter justo de Deus, e minha fé em Deus cresceu ainda mais.

O alarme dos últimos dias já tocou e grandes desastres já começaram. Você quer dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e ter a chance de receber a proteção de Deus com sua família?

Conteúdo relacionado

Depois da morte do meu filho

Por Wang Li, China Um dia, em junho de 2014, minha filha me ligou inesperadamente e disse que meu filho tinha levado um choque elétrico...

Minha escolha

Em março de 2012, minha mãe compartilhou o evangelho de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias comigo. Comecei a ler as palavras de Deus todos...

Entre em contato conosco pelo WhatsApp