Uma história de pregar a um pastor

15 de Dezembro de 2022

Por Li Zhi, China

Uma noite em abril deste ano, um líder me disse que um pastor com mais de cinquenta anos de fé, queria investigar a obra de Deus dos últimos dias — era o pastor Cao, do vilarejo de Caojia. Eu deveria procurá-lo e dar testemunho. O líder me contou que o pastor Cao tinha pregado em muitos países, que ele não tinha renunciado a Deus nem quando foi preso pelo Partido Comunista Chinês por causa da sua fé e que ele realmente acreditava no Senhor. Quando ouvi tudo isso, eu me lembrei dos muitos pastores e presbíteros que tinha conhecido ao pregar o evangelho. A maioria se agarrava às palavras da Bíblia e a noções religiosas. Para eles, era difícil reconhecer a voz de Deus e aceitar a verdade. E eles valorizavam muito o seu status e sua renda. Alguns ouviam as palavras de Deus Todo-Poderoso e admitiam que eram a verdade, mas não aceitavam Deus Todo-Poderoso. Esse velho pastor realmente conseguiria aceitar a verdade? Ou ele se agarraria teimosamente às suas noções religiosas como os outros? Eu também estava bastante nervosa — eu tinha cumprido outro dever por alguns anos e não tinha espalhado o evangelho por algum tempo. Agora, de repente, eu devia enfrentar esse pastor velho, cheio de conhecimento bíblico e noções religiosas. Se eu não comungasse a verdade claramente e não resolvesse suas noções religiosas, eu não falharia no dever? Então lembrei-me das palavras de Deus: “A fé das pessoas é exigida quando algo não pode ser visto a olho nu, e sua fé é exigida quando você não consegue abrir mão de suas próprias noções. Quando você não tem clareza a respeito da obra de Deus, o que é exigido de você é ter fé e assumir uma posição firme e dar testemunho(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento”). “O Espírito Santo opera segundo este princípio: por meio da cooperação das pessoas, por meio de sua ativa oração, busca e aproximação com Deus, resultados podem ser alcançados, e elas podem ser esclarecidas e iluminadas pelo Espírito Santo. Não é o caso em que o Espírito Santo age unilateralmente, ou em que o homem age unilateralmente. Ambos são indispensáveis, e quanto mais as pessoas cooperam e quanto mais perseguem a realização dos padrões das exigências de Deus, maior é a obra do Espírito Santo(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Como conhecer a realidade”). É verdade. O encontro com esse receptor potencial do evangelho era um arranjo de Deus. Embora tivesse falhado ao compartilhar o evangelho com pastores e presbíteros no passado, eu não podia simplesmente rotular todos eles como incapazes de aceitar a obra de Deus dos últimos dias. Eu devia ter fé em Deus e pagar um preço cooperando. As ovelhas de Deus ouvem a Sua voz — desde que ele ansiasse pela verdade e quisesse investigar o caminho verdadeiro, meu dever era testificar a ele da obra de Deus dos últimos dias. Se houvesse um pingo de esperança, eu não poderia desistir. Minha responsabilidade era confiar em Deus e comungar com amor e paciência — assim eu não teria dívidas nem arrependimentos. Esses pensamentos finalmente me deram fé.

Quando vi o pastor Cao, perguntei o que ele pensava sobre o retorno do Senhor. Solenemente, ele me disse: “Há mais de vinte anos, algumas pessoas pregaram o evangelho a mim várias vezes. Elas testificaram que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado, que Ele expressa a verdade e faz a obra de julgamento nos últimos dias. Disseram que a Bíblia registrava as palavras e a obra anterior de Deus — agora o Senhor Jesus tinha retornado e expressado palavras novas, e que, só se lesse as novas palavras de Deus Todo-Poderoso e as aceitasse, eu poderia entender a verdade e ser salvo por Deus. Quando ouvi isso, não consegui aceitar — Paulo disse claramente: ‘Toda Escritura é divinamente inspirada’ (2 Timóteo 3:16). Isso significava que a Bíblia é a palavra de Deus, o cânone cristão, que não podia ser negada. Os céus e a terra passarão, mas a palavra de Deus permanecerá. Portanto, os cristãos devem sempre ler a Bíblia e aderir a ela. Eu tinha certeza de que elas estavam erradas e não queria ouvir mais de sua comunhão”. Eu lhe disse: “Pastor Cao, entendo por que você pensa isso. A maioria no mundo religioso decide que todas as palavras na Bíblia são as palavras de Deus com base no que Paulo disse. Mas essa afirmação realmente está alinhada com os fatos?”. O pastor Cao respondeu: “É claro que sim”. Eu lhe disse: “Quanto à pergunta se toda a Bíblia é a palavra de Deus, a resposta exata nos foi dada há muito tempo pelas palavras de Deus Todo-Poderoso. Que tal lermos essas palavras agora?”. Com uma expressão solene, ele hesitou antes de concordar: “Já que estamos aqui, por que não?”. Então compartilhamos as palavras de Deus Todo-Poderoso com ele.

Deus Todo-Poderoso diz: “Hoje, as pessoas acreditam que a Bíblia é Deus e que Deus é a Bíblia. Então, também acreditam que todas as palavras da Bíblia foram as únicas palavras que Deus proferiu e que todas elas foram ditas por Deus. Aqueles que creem em Deus pensam até que embora todos os sessenta e seis livros do Antigo e Novo Testamentos tenham sido escritos por pessoas, todos foram inspirados por Deus e são um registro das declarações do Espírito Santo. Esta é a compreensão errônea do homem, e não corresponde inteiramente aos fatos. Na verdade, à parte dos livros de profecia, a maior parte do Antigo Testamento é um registro histórico. Algumas das epístolas do Novo Testamento vêm das experiências das pessoas, enquanto algumas vêm da iluminação do Espírito Santo; as epístolas paulinas, por exemplo, surgiram do trabalho de um homem, todas resultaram da iluminação do Espírito Santo e foram escritas para as igrejas, eram palavras de exortação e encorajamento para os irmãos das igrejas. Não eram palavras ditas pelo Espírito Santo; Paulo não podia falar em nome do Espírito Santo, nem era ele um profeta, muito menos teve as visões que João contemplou. Suas epístolas foram escritas para as igrejas de Éfeso, Filadélfia, Galácia e outras. E, assim, as epístolas paulinas do Novo Testamento são epístolas que Paulo escreveu para as igrejas, e não inspirações do Espírito Santo, nem são declarações diretas do Espírito Santo. Elas são apenas palavras de exortação, conforto e encorajamento que ele escreveu para as igrejas durante o decurso de seu trabalho. Então, também são um registro de grande parte do trabalho de Paulo na época. Elas foram escritas para todos que são irmãos e irmãs no Senhor, para que os irmãos e irmãs das igrejas daquela época seguissem seus conselhos e respeitassem o caminho de arrependimento do Senhor Jesus(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A respeito da Bíblia (3)”). “Nem tudo contido na Bíblia é um registro das palavras pronunciadas pessoalmente por Deus. A Bíblia simplesmente documenta os dois estágios prévios da obra de Deus, dos quais uma parte é um registro das previsões dos profetas, enquanto a outra registra as experiências e conhecimentos escritos por pessoas empregadas por Deus ao longo das eras. Experiências humanas estão contaminadas com opiniões e conhecimentos humanos, e isso é algo que é inevitável. Em muitos dos livros da Bíblia, há noções e preconceitos humanos e a compreensão absurda dos humanos. É claro que a maioria das palavras resulta da iluminação e esclarecimento do Espírito Santo e são compreensões corretas — mas ainda assim, não se pode dizer que são expressões inteiramente corretas da verdade. Seus pontos de vista sobre certas coisas não passam de conhecimento derivado da experiência pessoal ou da iluminação pelo Espírito Santo. As previsões dos profetas foram instruídas pessoalmente por Deus: as profecias do tipo das de Isaías, Daniel, Esdras, Jeremias e Ezequiel vieram da instrução direta do Espírito Santo; essas pessoas eram videntes, haviam recebido o Espírito de profecia, e todas eram profetas do Antigo Testamento. Durante a Era da Lei, essas pessoas, que haviam recebido as inspirações de Jeová, proferiram muitas profecias que foram instruídas diretamente por Jeová(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A respeito da Bíblia (3)”).

Enquanto líamos as palavras de Deus, o pastor Cao ouvia com atenção, concordando de vez em quando. Depois disso, eu comuniquei-lhe: “As palavras de Deus Todo-Poderoso são muito claras — a Bíblia simplesmente documenta os dois estágios anteriores da obra de Deus. Com exceção das palavras de Deus Jeová e do Senhor Jesus e das palavras comunicadas pelos profetas, o resto é registro histórico e experiência humana. A Bíblia não contém só as palavras de Deus, mas também as do homem e de Satanás. Devemos distinguir entre elas e não as confundir. O Antigo Testamento, por exemplo, registra as profecias de profetas como Isaías, Elias ou Ezequiel. Antes de suas palavras, sempre lemos algo como: ‘Assim diz Jeová’ ou ‘Disse Jeová a’ — provando que eles estavam transmitindo diretamente as palavras de Deus. As epístolas, porém, são experiência humana, registros humanos. As cartas às igrejas, como as de Paulo, eram sua experiência e seu entendimento. Na época, quando os irmãos recebiam as cartas de Paulo, eles diziam: ‘Chegou uma carta de Paulo’. Eles nunca teriam dito: ‘Chegaram as palavras de Deus’, certo? Então não podemos dizer que as epístolas são as palavras de Deus. Tomar as palavras do homem e de Satanás na Bíblia e alegar que são palavras de Deus, isso não é blasfêmia? Isso significa que essa crença de que ‘toda a Bíblia é inspirada por Deus e é toda a palavra de Deus’ é fundamentalmente incorreta”.

Quando terminei, ele estava perplexo. Animado, ele me disse: “Lembro-me de como meu professor de teologia me dizia que tudo na Bíblia é inteiramente inspirado por Deus e que ela é a palavra de Deus. É o que temos afirmado durante todos esses anos. Paulo poderia estar errado em relação a isso?”. Quando ouvi isso, meu coração deu um salto. Vi que ele vinha concordando o tempo todo e achei que ele tinha entendido, mas ele não tinha entendido nada. Será que o pastor Cao era igual aos outros líderes religiosos, incapaz de entender as palavras de Deus? Mas então pensei: “Esse pastor velho tem se agarrado a noções religiosas por décadas — será que as pode renunciar tão facilmente? Preciso comungar com paciência”. Eu continuei: “Por ora, deixemos de lado se Paulo estava certo ou não. Vejamos os fatos. Pastor Cao, você deve saber como a Bíblia foi composta. Paulo escreveu 2 Timóteo quantos anos após o Senhor?”. Sem hesitar, ele disse que foi depois de mais de sessenta anos. “E o Novo Testamento foi composto quantos anos após o Senhor?”. Ele disse que foi mais de trezentos anos depois. Então eu disse: “Agora pense — quando Paulo escreveu 2 Timóteo, o Novo Testamento já existia?”. Perplexo, ele disse: “Não”. Eu continuei: “Então, as palavras de Paulo ‘Toda Escritura é divinamente inspirada’ incluem o Novo Testamento?”. Ele arregalou os olhos e disse: “Entendo. As palavras de Paulo não poderiam ter incluído o Novo Testamento. Graças ao Senhor! Como não pensei nisso antes? Em todos esses anos de fé, sempre acreditamos que ‘Toda Escritura é divinamente inspirada e é Sua palavra’ e pregamos isso por toda parte. Nunca questionamos a verdade dessa afirmação. Por meio desta comunhão, entendo agora — a Bíblia não é inteiramente palavra de Deus e preciso corrigir minha noção de décadas. Graças a Deus!”. Quando vi que a noção do pastor Cao estava resolvida, fiquei mais confiante para lhe pregar o evangelho.

Então lhe comuniquei: “Deus Se tornou carne para fazer sua obra de julgamento nos últimos dias, expressando milhões de palavras da verdade — revelando não só os mistérios da Bíblia, mas também os mistérios de Seu plano de gerenciamento de seis mil anos, como os mistérios dos três estágios da Sua obra, dos Seus nomes e da Sua encarnação. Deus Todo-Poderoso também revelou a verdade da corrupção do homem por Satanás, a natureza satânica do homem de resistir a Deus e vários caracteres satânicos e apontou para nós o caminho para escaparmos do pecado e sermos salvos por Ele. Essas verdades expressadas por Deus Todo-Poderoso são as palavras do Espírito Santo às igrejas, o caminho da vida eterna dado à humanidade por Deus nos últimos dias e o único jeito de ser salvo e entrar no reino de Deus”. Ele aceitou isso, mas ainda tinha noções sobre Deus Se tornar carne nos últimos dias como uma mulher. Ele me disse: “Irmã, agora posso aceitar a obra de julgamento e purificação de Deus Todo-Poderoso, mas como você pode testificar que o Senhor Jesus Se tornou carne como mulher? Da última vez que Ele veio, Ele era um homem — e a Bíblia fala Dele frequentemente como o ‘Filho’ — portanto, Ele deveria ser Homem quando retornasse. Como poderia ser mulher? Isso é inconcebível para mim. Você poderia comunicar mais sobre isso?”. Eu disse: “Por milhares de anos, todos os crentes têm achado que, já que o Senhor Jesus veio como um homem, Ele certamente retornaria como homem, certamente não como mulher. No entanto, Deus Todo-Poderoso tornou-Se carne como uma mulher nos últimos dias — muitos não conseguem aceitar isso. Mas devemos entender que, quanto mais noções as pessoas têm sobre algo, mais verdade pode ser encontrada ali. Na Bíblia, quando o retorno do Senhor Jesus é profetizado, ela sempre menciona ‘o Filho do homem’, ‘a vinda do Filho do homem’, ‘virá o Filho do homem’ e ‘o Filho do homem no Seu dia’. O que significa esse ‘Filho do homem’? Quando é mencionado, significa uma pessoa nascida de humanos com humanidade normal — não importa se seja homem ou mulher. Por que, então, o Senhor Jesus sempre ressaltou essa frase: ‘Filho do homem’? Ele estava nos dizendo que, nos últimos dias, Deus retornaria encarnado, como o Filho do homem, para Se manifestar e operar. Mas o Senhor nunca disse se o Filho do homem nos últimos dias seria homem ou mulher. Como, então, as pessoas podem decidir isso? Todos nós conhecemos Gênesis, capítulo 1, versículo 27: ‘Criou, pois, Deus o homem à Sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou’. Aqui podemos ver que, no início, Deus criou o homem e a mulher à Sua imagem. Se definirmos Deus como homem, como, então, podemos explicar que Deus também criou a mulher à Sua imagem? Portanto, não podemos delimitar Deus com base em nossas noções e imaginações”. Então, eu li para o pastor Cao algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso.

Deus Todo-Poderoso diz: “Cada estágio da obra feita por Deus tem seu próprio significado prático. No passado, quando Jesus veio, Ele veio em forma masculina, mas quando Deus vem desta vez, Sua forma é feminina. A partir disso, você pode ver que a criação tanto dos homens quanto das mulheres por Deus pode ser de uso em Sua obra e, para Ele, não há distinção de gênero. Quando o Seu Espírito vem, Ele pode assumir qualquer tipo de carne que quiser, e tal carne pode representá-Lo; seja homem ou mulher, ela pode representar a Deus, contanto que seja a Sua carne em pessoa. Se Jesus tivesse aparecido como mulher quando Ele veio, em outras palavras, se uma menina, não um menino, tivesse sido concebida pelo Espírito Santo, aquele estágio da obra teria sido completado da mesma maneira. Se isso tivesse sido o caso, então o estágio atual da obra teria que ser completado por um homem em vez disso, porém, a obra teria sido completada da mesma maneira. A obra feita em cada estágio tem seu significado; nenhum estágio da obra é repetido nem conflita com o outro(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “As duas encarnações completam o significado da encarnação”). “Em gênero, um é masculino e o outro feminino, completando, assim, o significado da encarnação de Deus e dissipando as noções do homem sobre Deus: Deus pode Se tornar tanto masculino quanto feminino e, em essência, o Deus encarnado é sem gênero. Ele fez tanto o homem como a mulher e, para Ele, não há divisão de gênero(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A essência da carne habitada por Deus”). “Se Ele fosse encarnado apenas como um varão, as pessoas O definiriam como homem, como o Deus dos homens, e nunca acreditariam Nele como o Deus das mulheres. Os homens acreditariam que Deus pertence ao mesmo gênero deles, que Deus é o cabeça dos homens. E as mulheres? Isso é injusto; não é um tratamento preferencial? Se esse fosse o caso, então todos a quem Deus salvou seriam homens como Ele e não haveria salvação para as mulheres. Quando criou a humanidade, Deus criou Adão e criou Eva. Ele não criou apenas Adão, mas criou os dois, homem e mulher, à Sua imagem. Deus não é só o Deus dos homens: também é o Deus das mulheres(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A visão da obra de Deus (3)”).

Continuei comungando: “Todos nós sabemos que, no início, Deus criou o homem e a mulher à Sua imagem. Portanto, é lógico que Deus pode Se tornar carne como homem, mas também como mulher. Se Deus encarnado viesse duas vezes como homem, os humanos poderiam delimitá-Lo e acreditar que Ele só pode Se tornar carne como homem, não como mulher — que Ele só é o Deus dos homens, não o Deus das mulheres — isso não é um grande equívoco sobre Ele? Isso significaria uma discriminação eterna contra as mulheres. Seria muito injusto com as mulheres. Deus é justo. Assim, Ele encarnou primeiro como um homem e, nos últimos dias, como uma mulher. Isso é muito significativo. Isso mostra perfeitamente o caráter justo de Deus e que Ele trata homens e mulheres da mesma forma. Isso completou o significado de Sua criação do homem e da mulher. Na verdade, não importa se Deus encarna como homem ou mulher. Contanto que essa pessoa consiga expressar a verdade e fazer a obra de salvar a humanidade, ela pode representar Deus e é o Próprio Deus encarnado. Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias. Ele está expressando todas as verdades que purificam e salvam o homem, fazendo Sua obra de julgamento nos últimos dias, inaugurando a Era do Reino e encerrando a Era da Graça. Isso prova conclusivamente que Deus Todo-Poderoso é Deus encarnado e o Senhor Jesus retornado”.

Àquela altura, o pastor Cao me disse com muita seriedade: “Irmã, tudo que você disse é sensato, e não consigo refutá-lo. Mas ainda há algo que não consigo entender. Em Gênesis 3:16, Deus diz: ‘E o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará’. E 1 Coríntios 11:3 diz: ‘o homem é a cabeça da mulher’. Esses textos nos mostram que a mulher é a fonte de corrupção e está sujeita ao domínio do homem. Como, então, o Senhor poderia voltar como mulher?”. Quando ouvi isso, eu pensei: “Li tantas palavras de Deus para você e comuniquei-lhe muitas coisas, mas você continua delimitando Deus como homem e não consegue aceitar Sua encarnação como mulher. Parece que você não consegue deixar de lado suas noções tão facilmente”. Mas então pensei: “As noções dele se devem a desvios em seu entendimento das escrituras. Se ele entender a verdade, essas noções serão eliminadas”. Eu lhe disse: “Pastor Cao, Deus Todo-Poderoso falou claramente sobre esse assunto. Vejamos o que Ele diz”.

Deus Todo-Poderoso diz: “Em tempos passados, quando se dizia que o homem era a cabeça da mulher, isso se referia a Adão e Eva, que tinham sido enganados pela serpentenão ao homem e à mulher como tinham sido criados por Jeová no início. Evidentemente, a mulher deve obedecer e amar seu marido, e o marido deve aprender a alimentar e sustentar a sua família. Essas são as leis e os decretos estabelecidos por Jeová aos quais a humanidade deve obedecer durante sua vida na terra. Jeová disse à mulher: ‘E o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará’. Ele falou assim somente para que a humanidade (isto é, tanto o homem como a mulher) pudessem viver vidas normais sob o domínio de Jeová e para que a vida da humanidade pudesse ter uma estrutura e não saísse da ordem certa. Portanto, Jeová fez regras apropriadas para como o homem e a mulher deveriam agir, embora isso tenha sido somente em relação a todos os seres criados que vivem na terra e não tivesse nenhuma relação com a carne de Deus em pessoa. Como Deus poderia ser igual aos Seus seres criados? Suas palavras se dirigiam somente à humanidade da Sua criação; foi para que a humanidade vivesse vidas normais que Ele estabeleceu regras para o homem e a mulher. No princípio, quando Jeová criou a humanidade, Ele fez dois tipos de seres humanos: homem e mulher; e, assim, existe a divisão entre homem e mulher em Suas carnes em pessoa. Ele não decidiu Sua obra com base nas palavras que Ele falou a Adão e Eva. As duas vezes em que Ele Se tornou carne foram determinadas inteiramente de acordo com o Seu raciocínio no momento em que Ele criou a humanidade pela primeira vez; isto é, Ele completou a obra das Suas duas encarnações com base no homem e na mulher, antes de serem corrompidos. […] Quando Jeová Se tornou carne duas vezes, o gênero da Sua carne foi relacionado ao homem e à mulher que não tinham sido enganados pela serpente; foi de acordo com o homem e a mulher que não tinham sido enganados pela serpente que Ele Se tornou carne duas vezes. Não pense que a masculinidade de Jesus foi a mesma de Adão, que foi enganado pela serpente. As duas não apresentam nenhuma relação, eles são homens de duas naturezas diferentes. Com certeza, não pode ser que a masculinidade de Jesus prove que Ele é somente a cabeça de todas as mulheres, mas não de todos os homens? Ele não é o Rei de todos os judeus (incluindo os homens e as mulheres)? Ele é o Próprio Deus, não somente a cabeça das mulheres, mas a cabeça dos homens também. Ele é o Senhor de todas as criaturas e cabeça de todas as criaturas. Como você poderia determinar que a masculinidade de Jesus fosse o símbolo da cabeça das mulheres? Não seria uma blasfêmia? Jesus é um homem que não foi corrompido. Ele é Deus; Ele é Cristo; Ele é o Senhor. Como Ele poderia ser um homem como Adão, que foi corrompido? Jesus é a carne vestida pelo mais santo Espírito de Deus. Como você poderia dizer que Ele é um Deus que possui a masculinidade de Adão? Nesse caso, toda a obra de Deus não estaria errada? Teria Jeová incorporado dentro de Jesus a masculinidade de Adão, que foi enganado pela serpente? A encarnação do tempo atual não é outro exemplo da obra de Deus encarnado, que é diferente de Jesus em gênero, mas semelhante a Ele em natureza? Você ainda ousa dizer que Deus encarnado não poderia ser mulher porque a mulher foi a primeira a ser enganada pela serpente? Você ainda ousa dizer que, visto que a mulher é a mais impura e a fonte da corrupção da humanidade, é impossível que Deus Se tornasse carne como uma mulher? Você ousa persistir em dizer que ‘a mulher sempre obedecerá ao homem e nunca poderá manifestar ou diretamente representar a Deus’?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “As duas encarnações completam o significado da encarnação”).

Eu continuei: “As palavras de Deus Todo-Poderoso nos mostram que, quando Deus disse à mulher: ‘E o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará’, isso era a Sua exigência e Sua restrição para a humanidade corrupta, para que a humanidade corrupta vivesse sob o domínio de Deus Jeová de forma ordeira. Essa exigência nada tem a ver com Deus encarnado. É como no Antigo Testamento, quando Deus Jeová ordenou que o homem observasse o sábado. Era isso que Deus exigia do homem — o homem não podia exigir isso do Senhor Jesus. É como disse o Senhor Jesus: ‘O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Pelo que o Filho do homem até do sábado é Senhor(Marcos 2:27-28). Assim, embora a Bíblia diga: ‘E o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará(Gênesis 3:16), ‘O homem é a cabeça da mulher’ (1 Coríntios 11:3), essas coisas nada têm a ver com Deus encarnado. Não importa se Deus encarna como homem ou mulher, é sempre carne vestida por Seu Espírito e é sempre o Próprio Deus. Se o homem usar essas palavras para delimitar Deus como homem, incapaz de Se tornar mulher, e negar Deus encarnado nos últimos dias, isso não seria colocar Deus encarnado na mesma categoria do homem corrupto? Isso não seria blasfêmia contra Deus?”. Depois de me ouvir, o pastor ficou perplexo. Com voz séria, ele disse: “Irmã, já que o Senhor veio na carne, Ele teve que nascer humano e ser de um sexo. Não consigo aceitar prontamente que Ele Se encarnou como mulher dessa vez. Preciso orar e pedir que o Senhor me esclareça”. Quando o pastor disse isso, fiquei um pouco angustiada e perplexa. Eu tinha comungado tanto — por que ele não conseguia renunciar a essa noção? O que estava acontecendo aqui? Ele não conseguia entender a palavra de Deus? Ele não era uma das ovelhas de Deus? Eu deveria continuar conversando com ele? Que lições eu deveria aprender com isso? Em meu coração, orei a Deus.

Depois disso, lembrei-me das palavras de Deus: “Ao propagar o evangelho, você deve cumprir sua responsabilidade e lidar seriamente com todos a quem você o propaga. Deus salva as pessoas na maior medida possível, e você deve considerar a vontade de Deus, não deve ignorar descuidadamente qualquer um que esteja buscando e considerando o caminho verdadeiro. […] Algumas pessoas que consideram o caminho verdadeiro são capazes de entender e são de calibre ótimo, mas são arrogantes e hipócritas, agarram-se firmemente às noções religiosas, então a verdade deve ser comungada com elas para ajudar a resolver isso. Vocês só devem desistir se elas não aceitarem a verdade, independentemente da forma como se relacionam com elas, pois terão feito tudo que podem e devem fazer(A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Divulgar o evangelho é o dever a que todos os crentes estão moralmente obrigados”). As palavras de Deus aquietaram meu coração angustiado. Deus exige que sejamos amorosos e pacientes com receptores potenciais do evangelho. Não importa se eles aceitem o evangelho no fim, teremos feito tudo que podíamos fazer. Percebi que eu ainda não tinha feito de tudo ao compartilhar o evangelho com o pastor Cao. Eu não tinha cumprido as exigências de Deus. Quando o vi se agarrando à Bíblia, ainda incapaz de mudar de opinião, eu achei que ele nunca aceitaria a verdade. Ele tinha tido noções sobre a encarnação de Deus como mulher e não tinha entendido minha comunhão imediatamente, então perdi a paciência de novo. Eu tinha um preconceito contra o pastor Cao, achando que pastores não conseguiam reconhecer a voz de Deus com facilidade. Quando teve uma noção que não pôde ser superada, eu o delimitei e até quis desistir dele. Pensei em como Deus fez esforços meticulosos para salvar a humanidade corrupta e em como Ele expressou tantas palavras para nos nutrir. Para nos ajudar a entender a verdade, Ele comunga conosco, explica cada verdade por dentro e por fora. Ele fala em histórias e metáforas e sob todos os ângulos para fornecer clareza e detalhes suficientes. Vi que o amor de Deus pela humanidade e o que Ele despendeu por nós é tão grande que não pode ser expresso em palavras. Mas em meu dever de espalhar o evangelho, eu fugi da dificuldade e quis desistir do pastor Cao. Onde estava meu coração amoroso? Como eu podia cumprir meu dever desse jeito? Embora o pastor Cao não tivesse se convencido de imediato, eu não podia ser impaciente. Devia tratá-lo com amor, e se ele não entendesse, eu deveria gastar mais tempo em comunhão, orar e confiar em Deus e pedir que Ele esclarecesse o pastor.

Pensando nisso, continuei comungando com o pastor Cao. “Quando acreditamos em Deus Todo-Poderoso, acreditamos na verdade que Ele expressou. Não importa se a encarnação de Deus seja homem ou mulher, contanto que Ele expresse a verdade e consiga purificar e salvar a humanidade, Ele é o Próprio Deus, e nós devemos acreditar Nele e aceitá-Lo. Deus Todo-Poderoso tem operado por mais de trinta anos, expressando milhões de palavras. Ele expressou todas as verdades que livrarão a humanidade do pecado e nos levarão à salvação de Deus. Muitos que ansiaram pela aparição de Deus de todas as religiões e denominações reconheceram a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso e se voltaram para Ele. Todas essas pessoas são as virgens sábias. Elas experimentaram o julgamento e castigo das palavras de Deus, viram a verdade da corrupção delas, se arrependeram e se desprezaram. Quando perceberam que o caráter justo de Deus não tolera ofensa, elas vieram a temer a Deus e se arrependeram de verdade, e, aos poucos, seus caracteres corruptos mudaram. Deus Todo-Poderoso formou um grupo de vencedores antes dos desastres — eles são as primícias profetizadas em Apocalipse. As palavras de Deus Todo-Poderoso e os testemunhos do povo escolhido de Deus em triunfo sobre Satanás foram publicados on-line há muito tempo, testificando a toda a humanidade que o Salvador retornou. Mais e mais pessoas de todas as nações estão investigando o caminho verdadeiro. A obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias encerra o plano de gerenciamento de seis mil anos de Deus para salvar a humanidade, salvando-nos completamente do domínio de Satanás. Tudo que foi realizado pela obra de Deus Todo-Poderoso prova que Deus Todo-Poderoso é o Deus encarnado, ou seja, o Senhor Jesus retornado. Isso significa que determinar se Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado não é algo que pode ser feito só com base no sexo. Ele pode expressar a verdade e fazer a obra de salvar a humanidade? Essa é a chave”. A essa altura, o pastor Cao disse solenemente: “Irmã, consigo entender sua comunhão. Se alguém consegue expressar a verdade e realizar a obra de salvação, então, não importa se ele seja homem ou mulher, ele é Deus encarnado. Agora, meu coração se iluminou!”.

Depois disso, o pastor Cao leu muitas outras das palavras de Deus Todo-Poderoso, suas noções foram resolvidas e ele aceitou a obra de Deus dos últimos dias.

Por meio dessa experiência ao compartilhar o evangelho, vi que toda a obra de Deus é feita pelo Próprio Deus. Não importa se seja um pastor ou presbítero, não importam seu conhecimento bíblico, sua formação teológica nem suas noções religiosas, todos eles são impotentes diante da verdade. Contanto que consigam entender as palavras de Deus e sejam um pouco receptivos e estejam dispostos a buscar a verdade, todos eles podem encontrar respostas nas palavras de Deus e serão conquistados por elas no fim. Quando compartilhei o evangelho com o pastor Cao, eu achava que pastores e presbíteros teriam dificuldades de aceitar a verdade, por isso eu tinha um preconceito contra o pastor Cao. Ao compartilhar o evangelho com ele, vendo que ele se agarrava a noções, eu determinei que ele não conseguia entender a voz de Deus e quase desisti dele. Felizmente, as palavras de Deus me guiaram e eu pude entender a mim mesma e completar o meu dever.

Mais tarde, li uma passagem das palavras de Deus que explicaram como lidar com receptores potenciais do evangelho que têm noções. “Se uma pessoa que considera o caminho verdadeiro fizer uma pergunta repetidamente, como você deveria responder? Você não deveria se importar em gastar tempo e esforço para respondê-la, e deveria encontrar um jeito de se comunicar claramente a respeito da pergunta dela, até que ela entenda e não pergunte mais sobre isso. Você então terá cumprido sua responsabilidade, e seu coração estará isento de culpa. Mais importante, você estará livre de culpa para com Deus nessa questão, porque esse dever, essa responsabilidade, foi confiado a você por Deus. Quando tudo o que você faz for feito diante de Deus, voltado para Deus, quando tudo for feito de acordo com a palavra de Deus, de acordo com o princípio da verdade, então sua prática estará completamente de acordo com a verdade e com as exigências de Deus. Dessa forma, tudo que você faz e diz beneficiará as pessoas, e elas aprovarão e facilmente aceitarão isso(A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Divulgar o evangelho é o dever a que todos os crentes estão moralmente obrigados”). As palavras de Deus me mostraram que, independentemente de seus problemas ou noções religiosas, se aqueles que investigam o caminho verdadeiro têm humanidade boa, anseiam pela verdade e conseguem entender as palavras de Deus, nós não deveríamos ter preconceitos nem os delimitar arbitrariamente, muito menos devemos desistir deles. Em vez disso, deveríamos praticar as palavras de Deus: “Você não deveria se importar em gastar tempo e esforço para respondê-la, e deveria encontrar um jeito de se comunicar claramente a respeito da pergunta dela,” comunicando-lhes a verdade que entendemos da melhor forma possível até a nossa consciência estiver limpa. Isso também é minha responsabilidade como um ser criado. No futuro, não importa que receptor potencial do evangelho eu encontre, se ele tiver humanidade boa e entender as palavras de Deus, estarei disposta a fazer o meu melhor para comungar a verdade e dar testemunho de Deus, para que aqueles que anseiam pela aparição de Deus possam retornar para Ele o quanto antes e acolher o retorno do Senhor. Graças a Deus!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Messenger