Vocês dão testemunho de que as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso em A Palavra manifesta em carne são declarações da própria boca de Deus, mas cremos que são as palavras de alguém que foi iluminado pelo Espírito Santo. Portanto, o que eu gostaria de buscar é: qual é exatamente a diferença entre as palavras expressas por Deus encarnado e as palavras ditas por alguém com o esclarecimento do Espírito Santo?

21 de Fevereiro de 2021

Resposta:

Tudo que Deus Todo-Poderoso expressa é a verdade, e A Palavra manifesta em carne é, de fato, a declaração de Deus Todo-Poderoso, que é a segunda vinda do Senhor Jesus. Todos que têm um coração e um espírito a aceitarão incondicionalmente ao verem Sua palavra, a reconhecerão como a voz de Deus e se curvarão diante de Deus. No entanto, ainda existem algumas pessoas que acreditam que as palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso nos últimos dias são meramente palavras escritas por um homem inspirado pelo Espírito Santo e não acreditam que são realmente a palavra de Deus. Isso mostra que a nossa crença em Deus não significa necessariamente conhecer Deus, que somos incapazes de distinguir a palavra de Deus das palavras do homem e que, além disso, não conseguimos distinguir claramente palavras que se conformam à verdade da verdade em si. Existe, de fato, uma diferença muito distinta entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. A palavra de Deus é verdade, e ninguém pode negar isso, mas, no melhor dos casos, as palavras do homem meramente se conformam à verdade. Se fôssemos comparar as palavras do homem que se conformam à verdade com a palavra de Deus, será que realmente não haveria nenhuma diferença? Será que realmente não conseguiríamos ver a diferença? É possível dizer que alguém possui a verdade se ele experimentou a palavra de Deus e tem conhecimento de Sua palavra? Se alguém professa palavras que estão de acordo com a verdade, isso significa que ele expressa a verdade? Os santos de eras passadas disseram muitas coisas que se conformam à verdade; aquelas palavras podem ser discutidas em termos iguais com a verdade expressada por Deus? Aqueles que genuinamente entendem e reconhecem a verdade podem ver que existe uma diferença muito significativa entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. Apenas aqueles que não entendem a verdade ou que não a reconhecem misturam as duas. Se quisermos distinguir entre a verdade e as palavras que se conformam à verdade, devemos entender exatamente o que é a verdade. Nós que temos fé no Senhor lemos muitas de Suas palavras, reconhecemos aquele poder e autoridade de Suas palavras e também somos capazes de sentir que apenas a palavra do Senhor é a verdade. Jamais experimentaremos plenamente a verdade, e não importa quanta experiência ou entendimento da verdade tivermos, jamais ousaríamos dizer que possuímos plenamente a verdade ou que temos um entendimento verdadeiro de Deus. Dentro da comunidade religiosa, existem muitos pastores e presbíteros que ousam interpretar a Bíblia, mas não ousam interpretar a palavra de Deus como bem desejam. Nenhum homem ousa dizer que entende a palavra de Deus, e ninguém ousa dizer que entende a verdade. Isso mostra que a substância da verdade é incrivelmente profunda e que ela só pode ser expressada por Deus. Quando o homem experimenta a obra de Deus, ele só pode alcançar certa quantidade de entendimento da verdade, entrar em parte de suas realidades e dizer algumas poucas coisas que se conformam à verdade, que é o máximo que podemos esperar. No entanto, ele jamais pode possuir ou expressar a verdade. Isso é um fato. Em eras passadas, os santos disseram muitas coisas que se conformam à verdade, nas nenhum deles ousaria dizer que aquelas palavras são a verdade. O que, então, é a verdade exatamente? A verdade é expressada por Deus, e apenas Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Tudo que Deus diz é a verdade, tudo que Deus diz representa Seu caráter e tudo que Ele é e tem, e Suas palavras estão cheias de Sua onipotência e sabedoria. Deus usou Suas palavras para criar os céus, a terra e todas as coisas, e Deus usa Suas palavras para Sua obra para a salvação da humanidade; através das palavras de Deus, todas as coisas são alcançadas. Pessoas que experimentaram a obra de Deus são capazes de ver a força e a onipotência das palavras de Deus, o que prova que apenas Deus pode expressar a verdade. A força da verdade e sua natureza eterna são insondáveis para a humanidade, apenas a verdade é eterna e coexiste com Deus. Ela é eterna e imutável. Se a humanidade ganhar a verdade como vida, ela terá alcançado a vida eterna. O significado de Deus conceder verdade ao homem para que o homem possa ganhar a verdade como vida é muito profundo. É como diz Deus Todo-Poderoso: “Na linguagem do homem, a verdade é a verdadeira essência da humanidade. O homem nunca será capaz de experimentar plenamente a verdade. Ele deveria viver pela verdade. Uma verdade que pode sustentar toda a existência da humanidade por muitos milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus; ela representa o Seu caráter, Sua essência e tudo Nele” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Por ser a exigência que Deus faz ao homem e a obra realizada pessoalmente por Deus, ela é chamada de ‘aforismo da vida’. Não é um aforismo resumido de alguma coisa nem uma citação famosa de uma grande personalidade. Em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas; não são algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado ‘o mais alto de todos os aforismos da vida’” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A verdade vem do mundo do homem, mas a verdade entre os homens é transmitida por Cristo. Ela origina-se em Cristo, isto é, no Próprio Deus, e isso não é algo de que o homem seja capaz” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Por que não é possível dizer que as palavras do homem que se conformam à verdade são a verdade? Porque as palavras do homem que se conformam à verdade representam meramente sua experiência e seu conhecimento da verdade e são o resultado da obra do Espírito Santo. O Espírito Santo opera para esclarecer e levar as pessoas para um entendimento gradual da verdade e para a entrada em suas realidades, de acordo com a estatura espiritual atual das pessoas naquele momento. Sempre que o Espírito Santo esclarece as pessoas, Ele lhes concede apenas um entendimento parcial da luz da verdade e apenas um pouco do conhecimento da realidade da verdade. O Espírito Santo jamais forneceria a substância plena da verdade ao homem em um único passo, porque o homem não pode alcançá-la e não seria capaz de experimentá-la. O que o homem diz que se conforma à verdade é um entendimento e uma experiência muito superficiais e limitados da verdade e está muito longe da substância da verdade. Isso está muito abaixo do padrão da verdade, por isso não é possível dizer que seja a verdade. Mesmo que aquilo que o homem diz seja inspirado pelo esclarecimento e pela iluminação do Espírito Santo e se conforme completamente à verdade, isso serve apenas para a edificação e para o benefício do homem, mas não pode ser a vida do homem, enquanto a verdade pode ser a vida eterna do homem, pois o homem jamais pode experimentar plenamente a substância da verdade e jamais pode viver plenamente a imagem da verdade. O homem só pode viver uma parte pequena da imagem da verdade, o que é, de fato, bastante bom. A verdade pode ser a vida do homem para sempre e pode lhe dar a vida eterna, mas quando a humanidade professa palavras que se conformam à verdade, isso é apenas uma maneira temporária de ajudar em sua edificação, e seu efeito só dura por certo tempo, portanto, tais palavras não podem ser a vida eterna do homem. Essa é a diferença substancial entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. Isso nos mostra que, mesmo que a fala do homem seja esclarecida pelo Espírito Santo e mesmo que ela se conforme à verdade, não podemos dizer que ela seja a verdade. Isso é factual, e aqueles que têm experiência de vida são capazes de aprender e sentir isso.

Extraído de “Respostas a perguntas relacionadas ao roteiro”

Se quisermos diferenciar entre a fala do homem que se conforma à verdade e as palavras expressadas por Deus na carne, devemos primeiro ter clareza de que Deus possui substância divina de Deus e que o homem possui substância humana. A palavra de Deus é uma revelação da vida de Deus e uma expressão do caráter de Deus, enquanto as palavras do homem revelam a substância humana. Apenas as expressões diretas do Espírito Santo são a verdade, e apenas essas expressões são a palavra de Deus, pois a substância da vida de Deus é única e não é possuída por nenhum homem. No entanto, as pessoas usadas por Deus e as pessoas que têm a obra do Espírito Santo podem falar palavras que se conformam à verdade e que podem edificar outros. Isso vem do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo e também da experiência do homem e do seu entendimento da verdade na palavra de Deus. No entanto, isso não é uma expressão direta do Espírito Santo, portanto, não é a palavra de Deus.

Deus Todo-Poderoso diz: “A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Por ser a exigência que Deus faz ao homem e a obra realizada pessoalmente por Deus, ela é chamada de ‘aforismo da vida’. Não é um aforismo resumido de alguma coisa nem uma citação famosa de uma grande personalidade. Em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas; não são algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado ‘o mais alto de todos os aforismos da vida’” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Aquilo que é expresso diretamente por Deus é a verdade. Qualquer coisa que surge da iluminação do Espírito Santo apenas se conforma à verdade, pois o Espírito Santo ilumina as pessoas com base em sua estatura e não expressa a verdade diretamente ao homem. Isso é algo que você deve entender. E quando se baseiam nas palavras da verdade, as pessoas ganham percepções e conhecimento com a experiência, e tais percepções e conhecimento contam como verdade? No máximo, é um pouco de conhecimento da verdade. As palavras iluminadas pelo Espírito Santo não representam as palavras de Deus, não representam a verdade, e não pertencem a ela; são apenas um pouco do conhecimento da verdade, e um pouco da iluminação do Espírito Santo. […] Todos experimentam a verdade, mas cada um o faz em circunstâncias diferentes, e todos ganham algo diferente. No entanto, mesmo que seu conhecimento fosse igual, eles ainda seriam incapazes de articular somente uma verdade. Essa é a profundidade da verdade! Por que se diz que as coisas que você ganhou e o seu conhecimento não podem representar a verdade? Você comunica seu conhecimento com os outros, e leva apenas dois ou três dias de contemplação para que eles o tenham experimentado completamente. Mas as pessoas podem passar uma vida inteira e ainda assim não experimentar totalmente a verdade; mesmo se o que cada pessoa experimentou fosse combinado, a verdade ainda não seria totalmente experimentada. Portanto, pode-se ver que a verdade é extraordinariamente profunda. Ela não pode ser totalmente articulada com palavras. Na linguagem do homem, a verdade é a verdadeira essência da humanidade. O homem nunca será capaz de experimentar plenamente a verdade. Ele deveria viver pela verdade. Uma verdade que pode sustentar toda a existência da humanidade por muitos milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus; ela representa o Seu caráter, Sua essência e tudo Nele. Se você disser que ter um pouco de experiência significa possuir a verdade, então você pode representar o caráter de Deus? Você pode ter certa experiência ou certa luz em relação a determinado aspecto ou faceta de uma verdade, mas não pode suprir os outros com ela para sempre, portanto essa luz que você ganhou não é a verdade; é apenas determinado ponto que as pessoas podem alcançar. É simplesmente a experiência adequada e a compreensão adequada que uma pessoa deveria possuir: alguma experiência real e conhecimento da verdade. Essa luz, esse esclarecimento e entendimento experiencial nunca podem substituir a verdade; mesmo se todas as pessoas tiverem experimentado completamente essa verdade e reunirem todo o seu entendimento experiencial, isso ainda não seria capaz de tomar o lugar dessa única verdade. […] O que quero dizer com isso? Quero dizer que a vida do homem sempre será a vida do homem, e não importa o quanto seu entendimento poderia concordar com a verdade, com as intenções de Deus e Suas exigências, ele nunca será capaz de ser um substituto da verdade. Dizer que as pessoas ganharam a verdade significa que possuem certa realidade, que ganharam certo entendimento da verdade, que alcançaram alguma entrada real nas palavras de Deus, que tiveram certa experiência real com elas e que estão na trilha certa em sua fé em Deus. Apenas uma afirmação de Deus é suficiente para uma pessoa experimentar por uma vida inteira; mesmo se fossem experimentá-la por várias vidas ou mesmo vários milênios, as pessoas ainda não seriam capazes de experimentar uma única verdade de forma completa e total” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

No que diz respeito à diferença entre as palavras do homem que se conformam à verdade e a palavra de Deus, as palavras de Deus Todo-Poderoso fornecem uma explicação muito clara: verdade vem de Deus, é expressada através de Cristo e é, também, uma expressão direta do Espírito Santo, e tudo que Deus diz é a verdade. A verdade é a própria vida do Próprio Deus, é uma expressão do caráter justo de Deus, é uma revelação de tudo que Deus tem e é, é a realidade de coisas positivas e representa a substância da própria vida de Deus. No entanto, as pessoas usadas por Deus e as pessoas que têm a obra do Espírito Santo podem falar palavras que se conformam à verdade. Isso vem do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo e, também, da experiência do homem e do seu entendimento da verdade na palavra de Deus. Essas palavras que se conformam à verdade representam a experiência e o entendimento do homem. São a realidade da verdade na qual o homem conseguiu entrar e são um resultado da obra de Deus. Não importa quão profundo ou raso seja o entendimento da verdade pelo homem ou quão bem ele conheça Deus, tudo que é dito pela humanidade revela a substância de sua vida humana. Visto que as palavras ditas pelo homem que se conformam à verdade estão tão distantes da profundeza da substância da verdade, aquilo que o homem diz não pode ser chamado a verdade. Existem diferenças inerentes e substanciais entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. A palavra de Deus é verdade, é a substância da vida de Deus, de modo que a palavra de Deus é eterna e imutável. É exatamente como o Senhor Jesus disse: “Passará o céu e a terra, mas as Minhas palavras jamais passarão” (Lucas 21:33). Deus Todo-Poderoso também diz: “Minhas palavras são a verdade eterna e imutável” (‘Vocês precisam considerar seus feitos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Isso é bem semelhante aos Dez Mandamentos promulgados por Deus na Era da Lei: mesmo que milhares de anos tenham passado, a humanidade de hoje ainda os segue, pois a palavra de Deus é verdade, é a realidade de coisas positivas, ela é capaz de resistir ao teste do tempo e permanecerá por toda a eternidade. No entanto, visto que as palavras do homem não são a verdade, elas não permanecerão para sempre. A progressão da história humana nos mostra que, seja na área de pesquisa científica e lei ou em teorias sociológicas, é uma questão de tempo para que as palavras do homem sejam derrubadas ou abandonadas ou se tornem antiquadas num piscar dos olhos. Mesmo que as palavras que o homem diz se conformem à verdade, elas só podem ser úteis para nós, prover para nós e sustentar-nos numa base temporária. Não podem ser a nossa vida. Por que dizemos que as palavras do homem não podem ser a vida do homem? Porque, mesmo que a palavra do homem se conforme à verdade, ela é meramente a experiência do homem e seu entendimento da palavra de Deus e está muito distante da substância da verdade e de forma alguma pode representar a verdade, tampouco pode ter o efeito de ser a vida do homem como pode a verdade; ela só pode nos ajudar temporariamente e prover edificação e apoio, é por isso que a palavra do homem que se conforma à verdade não é a verdade e não pode ser a vida do homem. Como, então, apenas as palavras de Deus podem ser a vida do homem? Visto que a palavra de Deus é verdade e é a realidade de coisas positivas, nós humanos jamais poderemos experimentá-la plenamente, e cada verdade é inesgotável para a humanidade. Mesmo que experimentássemos a eternidade, não ousaríamos dizer que possuímos ou ganhamos plenamente a verdade. Isso é um fato. Além do mais, a verdade pode purificar, salvar e aperfeiçoar a humanidade. Confiando na verdade para viver, podemos viver a semelhança de um homem verdadeiro, viver a imagem da verdade e assim vir a conhecer Deus, submeter-nos a Deus, adorar a Deus e ser compatíveis com Deus, o que era a intenção de Deus quando Ele criou a humanidade. É como diz a Bíblia: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança” (Gênesis 1:26). A intenção de Deus ao criar a humanidade não era apenas providenciar um corpo físico para a humanidade, mas era, primariamente, conceder nova vida à humanidade. Essa nova vida é a palavra de Deus, que é a verdade. Quando a verdade se torna nossa vida, quando ela se torna a realidade da nossa vida, que é quando vivemos a imagem da verdade, e vivemos a semelhança de um homem verdadeiro, então cumprimos a intenção de Deus ao criar a humanidade. Portanto, dizemos que apenas a palavra de Deus e apenas a verdade podem ser a vida eterna do homem. Mesmo que as pessoas usadas por Deus tenham alguma experiência e algum entendimento da palavra de Deus e sejam capazes de dizer algumas coisas que se conformam à verdade, isso é um efeito da obra do Espírito Santo. É a salvação e o aperfeiçoamento do homem por Deus. As palavras das pessoas usadas por Deus que se conformam à verdade ou seu entendimento verdadeiro de Deus não significam que elas possuem a substância da verdade, tampouco representam que elas possuem a vida de Deus. Em vez disso, mostra apenas que elas ganharam verdade e que essa verdade se tornou a realidade de sua vida, pois o homem não é a verdade e não ousaria dizer que ele realmente possui a verdade. Portanto, independentemente de quanto as palavras do homem se conformem à verdade ou o quanto elas possam nos edificar, não podemos dizer que elas são a verdade, e, além disso, não são a palavra de Deus.

Extraído de “Perguntas e respostas essenciais sobre o evangelho do reino”

Se queremos saber por que as palavras alinhadas com a verdade, faladas por homens usados por Deus, não são a verdade, precisamos primeiro deixar claro o que realmente é a “verdade”. Através de toda a história, ninguém tem realmente sabido o que é a verdade. Quando o Senhor Jesus veio a este mundo na Era da Graça, Ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida” (João 14:6). Mas ainda ninguém compreende o real significado da “verdade.” Apenas quando Cristo dos últimos dias — Deus Todo-Poderoso vier, os mistérios da “verdade” serão totalmente revelados à humanidade.

Vamos dar uma olhada no que Deus Todo-Poderoso diz sobre isso. “A verdade vem do mundo do homem, mas a verdade entre os homens é transmitida por Cristo. Ela origina-se em Cristo, isto é, no Próprio Deus, e isso não é algo de que o homem seja capaz” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Por ser a exigência que Deus faz ao homem e a obra realizada pessoalmente por Deus, ela é chamada de ‘aforismo da vida’. Não é um aforismo resumido de alguma coisa nem uma citação famosa de uma grande personalidade. Em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas; não são algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado ‘o mais alto de todos os aforismos da vida’” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Na linguagem do homem, a verdade é a verdadeira essência da humanidade. O homem nunca será capaz de experimentar plenamente a verdade. Ele deveria viver pela verdade. Uma verdade que pode sustentar toda a existência da humanidade por muitos milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus; ela representa o Seu caráter, Sua essência e tudo Nele” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

Pelas palavras de Deus Todo-Poderoso podemos ver: A verdade vem de Deus, e vem da expressão de Cristo. Isso quer dizer que todas as palavras expressadas por Deus são a verdade. Isso porque a verdade é a essência da vida de Deus, o caráter de Deus e o que Ele tem e é, e a realidade de todas as coisas positivas. A verdade é eterna e nunca mudará. As palavras de Deus têm autoridade e poder. Elas podem purificar, salvar e aperfeiçoar o homem, e podem ser a vida eterna do homem. Assim, todas as palavras expressadas por Deus são a verdade. A obra de Deus, as revelações e os decretos de Deus, são tudo a verdade. Aquilo que Deus decreta e as regras que estabelece para que o homem obedeça, e tudo que Ele requer e ordena ao homem que viva, são a realidade de todas as coisas positivas, a verdade. E assim, existe verdade a ser buscada em cada palavra que Deus profere. Deus tem expressado muitas verdades em cada estágio de Sua obra. A vida preciosa que Deus concede a nós está dentro dessas verdades.

Tudo que Deus expressa durante a obra de Suas duas encarnações é a verdade. É como as palavras do Senhor Jesus expressadas na Era da Graça. Suas palavras permitiram que a humanidade visse o caráter de Deus, Seu amor e Sua essência de santidade. Tudo isso são as verdades preciosas para que conheçamos a Deus. O amor, a misericórdia, a tolerância e o perdão do Senhor Jesus para com a humanidade, assim como quando o Senhor Jesus pede ao homem que ame a Deus com todo seu coração, alma e mente, que ame o próximo como a si mesmo, que seja a luz do mundo e o sal da terra. Essas são todas coisas positivas. São a verdade, e também a realidade da vida que devemos possuir. Cristo dos últimos dias, Deus Todo-Poderoso, veio e expressa toda a verdade de julgar, purificar e aperfeiçoar a homem. Todas essas verdades são a realidade da vida que o homem precisa possuir na Era do reino. Cristo dos últimos dias nos revela o caráter de Deus de justiça, majestade, ira e a intolerância à ofensa. Ele revela o mistério do plano de gestão de Deus para salvar a humanidade, o mistério dos três estágios da obra de Deus, a verdade interior e a essência de cada estágio de Sua obra, bem como o mistério de Sua encarnação. Ele revela como Deus faz a obra de julgamento nos últimos dias, e o que é o reino de Cristo. Ele explica como Deus revela o fim de cada tipo de pessoa, e como Ele recompensa o bom e pune o mau. Ele revela o significado da justiça de Deus, o significado da santidade de Deus e qual é o significado simbólico de Seu caráter, Seu prazer, raiva, tristeza e alegria. Ele revela o que é justo e o que mau, o que é positivo e o que é negativo, e a essência e os fatos da corrupção do homem por Satanás. Deus Todo-Poderoso mostra ao homem como temer a Deus e evitar o mal, qual é a verdadeira vida humana, como viver uma vida significativa, entre outros. Deus Todo-Poderoso tem nos revelado todas essas verdades e mistérios para que venhamos a conhecer e entender, e assim reverenciaremos a Deus e evitaremos o mal, obedeceremos e adoraremos a Deus. A verdade de Deus Todo-Poderoso é o caminho da vida eterna que a humanidade deveria possuir. Aqueles que aceitam todas as verdades de Deus e vivem segundo elas obterão a vida eterna. Enquanto aqueles que se recusam a aceitar qualquer verdade perecerão. Assim, todas as verdades que Deus Todo-Poderoso expressa nos últimos dias são a obra de Deus de encerrar uma era e levar adiante uma nova era nos últimos dias. Os homens usados por Deus são os que Ele salva e aperfeiçoa. O dever deles na obra de Deus é cooperar com a obra de Deus e conduzir Seus escolhidos. Então, as palavras deles que estão em conformidade com a verdade são o resultado da obra do Espírito Santo. Embora elas sejam benéficas para nós, não podemos chamá-las de “a verdade”, tomá-las como a palavra de Deus. Isso porque as palavras do homem vêm de seu conhecimento e experiência da verdade, elas representam o ponto de vista, as ideias e o entendimento humanos, e será inevitável que sejam diluídas pelas impurezas humanas. Além disso, a experiência e o conhecimento do homem sobre a verdade são limitados. Não importa o quanto ele entre na realidade da verdade, ainda não se pode dizer que ele personifica a essência da verdade, nem que ele vive a verdade completa. Então, mesmo que ele tenha vivido alguma realidade limitada da verdade, o que ele expressa são meramente palavras em conformidade com a verdade e não devem ser igualadas à verdade. Somente as palavras de Deus encarnado são a verdade. Somente Deus possui a essência da verdade e só Ele é a verdade. Não importa por quantos anos tenhamos acreditado em Deus, somos sempre crianças diante Dele. Não podemos viver a imagem de Deus. Então, as palavras dos homens usados por Deus, ou dos homens que têm a obra do Espírito Santo, só podem ser consideradas como palavras em harmonia com a verdade. Não podemos dizer que são a verdade. Esse fato não pode ser negado por ninguém. Quando chamamos as palavras do homem de verdade, estamos nos opondo a Deus e O blasfemando!

Extraído de “Perguntas e respostas essenciais sobre o evangelho do reino”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado