Ouvindo a voz de Deus e acolhendo o Senhor

28 de Julho de 2020

Deus Todo-Poderoso diz: “Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Esse será o tempo do fim do plano de gestão de Deus e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que ‘o Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo’ estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca” (A Palavra manifesta em carne). As palavras de Deus revelam que o maior erro cometido pelos crentes ao acolherem o Senhor é agarrar-se à Escritura literal e esperar que Ele venha numa nuvem como imaginam. Mesmo quando ouvem que Ele retornou, que está expressando verdades e fazendo a obra de julgamento nos últimos dias, eles não buscam nem tentam ouvir a voz de Deus. Ninguém imagina que, quando as pessoas virem o Senhor Jesus descer numa nuvem, a obra de Deus de purificar e salvar a humanidade já estará feita. Eles serão punidos, gemendo e rangendo os dentes. Agarrar-se a noções sem buscar a verdade é perigoso! Presa em minhas noções e imaginações, quase perdi minha chance de acolher o Senhor.

Eu era pregadora numa igreja doméstica. Em 1996, eu me senti espiritualmente seca e vazia, então quis ouvir outros sermões. Certa vez, ouvi alguém dizer que a Relâmpago do Oriente estava testemunhando que o Senhor Jesus tinha retornado na carne, que Ele estava expressando verdades e fazendo a obra de julgamento dos últimos dias, e muitos irmãos e irmãs já tinham se unido à Relâmpago do Oriente. Fiquei perplexa e pensei: “O Senhor retornou? Como é possível? A Bíblia diz: Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir’ (Atos 1:11). O Senhor deveria retornar numa nuvem em Seu corpo espiritual ressurreto e aparecer abertamente. Já que não vimos nada semelhante, como alguém pode dizer que Ele voltou? A parte sobre a obra de julgamento de Deus na carne é ainda menos crível”. Assim, nunca dei ouvidos aos sermões da Relâmpago do Oriente.

Certo dia, o irmão Wang, da nossa igreja, convidou vários outros pregadores. Disse que os sermões deles tinham a iluminação do Espírito Santo e que poderíamos aprender algo. Fiquei animada e convidei outros irmãos e irmãs. Na reunião, aquelas duas irmãs integraram a Bíblia em sua comunhão sobre o significado da obra de Deus nas Eras da Lei e da Graça e o mistério dos nomes de Deus. Falaram sobre como vivemos num ciclo vicioso de pecar e confessar, como somos imundos, corruptos e indignos de ver o Senhor. Também disseram que a Bíblia profetiza que o Senhor julgaria e purificaria a humanidade nos últimos dias para resolver nossa natureza pecaminosa. É a única forma de ficarmos livres do pecado e sermos dignos do reino dos céus. É como disse o Senhor Jesus: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:12-13). E há também isto: “Pois Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:47-48). A comunhão das irmãs era cheia de luz. Nunca tinha ouvido algo assim em meus dez anos de fé. Precisava ouvir mais, então convidei as irmãs para minha casa para ouvir mais comunhão. Certa noite, uma irmã falou das palavras de Deus “O ressoar dos sete trovões: profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo”. Ela testificou que o Senhor Jesus tinha retornado como Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias. Quando ouvi as palavras de Deus mencionarem “Os raios brilham diretamente do Oriente para o Ocidente”, percebi que era a Relâmpago do Oriente. Fiquei chocada e decepcionada. Como isso era possível? Eu não tinha ouvido sermões tão iluminadores por anos. Estava encantada, pensando que tinha achado a obra do Espírito Santo e finalmente poderia ganhar o sustento da água viva. Mas era a Relâmpago do Oriente! As Escrituras dizem que o Senhor retornará em Sua forma espiritual e nos levará para o céu. Como podiam dizer que o Senhor tinha retornado na carne? Não queria ouvir mais uma palavra. Se deixasse que me desviassem, meus anos de fé teriam sido em vão. Eu as queria fora dali. Mas ao longo das duas semanas com elas, eu as vi viverem uma humanidade boa. Era inverno, fazia muito frio e tinha passado da meia-noite. Expulsá-las seria muito desumano. Por um momento, vivi um dilema. Era como um cabo-de-guerra interior — não sabia qual era a vontade de Deus. Inventei uma desculpa para ir até meu quarto, onde me ajoelhei diante do Senhor em oração: “Ó, Senhor, há luz na comunhão dessas irmãs, mas tenho medo de ser enganada. Estou tão perdida. Não sei o que fazer. Senhor, por favor, guia-me”. Depois de orar, lembrei que o Senhor Jesus nos ensina a tratar as pessoas com amor. Expulsá-las não estaria alinhado com a vontade do Senhor. Assim, permiti que ficassem.

Não consegui me acalmar na frente das duas irmãs. Era demais para mim. Eu sabia que sua comunhão era iluminada e vinha da obra do Espírito Santo, mas sua comunhão de que Deus tinha retornado na carne era contrária às minhas noções. Lembrei que eu poderia simplesmente perguntá-las. Então perguntei: “Vocês testificam que o Senhor Jesus retornou na carne. Não posso aceitar isso. A Bíblia diz claramente: Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir’ (Atos 1:11). Foi o corpo espiritual do Senhor Jesus que foi arrebatado após Sua ressurreição, então deveria ser seu corpo espiritual que volta numa nuvem quando Ele retornar. Como podem dizer que Ele retornou na carne?”

A irmã Li respondeu com paciência: “Existem várias profecias bíblicas sobre o retorno do Senhor na carne. O Senhor Jesus disse: ‘Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem’ (Mateus 24:27). ‘Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem’ (Lucas 12:40). ‘Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’ (Lucas 17:24-25). As palavras do Senhor mencionam ‘o Filho do homem’ e a ‘vinda do Filho do homem’. O Filho do homem’ significa aquele que nasceu do homem e possui humanidade normal. Se estivesse em sua forma espiritual, Ele não seria chamado ‘o Filho do homem’. Deus Jeová estava em forma espiritual, não podia ser chamado ‘o Filho do homem’. Anjos são espíritos. Não podem ser chamados ‘o Filho do homem’. O Senhor Jesus foi chamado Cristo, o Filho do homem, porque era o Espírito de Deus que se tornou carne e era o Filho do homem que possuía humanidade normal”. “Então, quando o Senhor Jesus disse ‘a vinda do Filho do homem’ e ‘o Filho do homem vem’, isso era uma referência ao retorno do Senhor na carne nos últimos dias”.

Então, a irmã Zhou disse: “O Senhor Jesus ‘profetizou Seu próprio retorno: Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’. Deus apareceu e realiza Sua obra na carne como o Filho do homem nos últimos dias. As pessoas não O reconhecem como Cristo e o tratam como pessoa comum. Aqueles que não amam a verdade nem buscam ouvir a voz de Deus resistem e negam a Cristo. O regime de Satanás e o mundo religioso também se unem para condenar, difamar e rejeitar Cristo. Isso cumpre a profecia do Senhor: ‘Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’. Se o Senhor viesse em Sua forma espiritual nos últimos dias, aparecendo numa nuvem em toda a glória, todos se prostrariam diante Dele, ninguém se oporia a Ele. Como, então, essa profecia se cumpriria?”

Isso me ajudou a entender que, se o Senhor aparecesse em Sua forma espiritual nos últimos dias, todos se prostrariam no chão e ninguém iria contra Ele. Então, esta profecia: “Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração”, não poderia ser cumprida. Pensei sobre como a Relâmpago do Oriente testifica que o Senhor Jesus retornou, e o mundo religioso e o governo do PC Chinês estão fazendo de tudo para resistir e condená-la. Isso não cumpre a profecia do Senhor de que será rejeitado por esta geração? Deus Todo-Poderoso poderia realmente ser o Senhor Jesus retornado? Mas ainda havia algumas coisas que eu não entendia. A Bíblia realmente profetiza a vinda do Filho do homem, mas o Senhor disse também: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele” (Apocalipse 1:7). Perguntei-me: “Isso não é uma contradição?” Eu lhes falei da minha confusão

e a irmã Li compartilhou esta comunhão: “O Senhor é fiel. Cada uma de Suas palavras se cumprirá. É só uma questão de tempo. Há muitas profecias bíblicas sobre o retorno do Senhor. Além de Ele vir numa nuvem, há também profecias que dizem que Ele se tornará carne e virá em segredo. Por exemplo, o Senhor disse: ‘Eis que venho como ladrão’ (Apocalipse 16:15). ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!’ (Mateus 25:6). ‘Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai’ (Mateus 24:36). Quando o Senhor disse: ‘como ladrão’, ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito’ e ‘ninguém sabe’, Ele estava falando sobre retornar em segredo. O Senhor vem de duas maneiras diferentes nos últimos dias. Ele encarna em segredo como o Filho do homem e também vem abertamente numa nuvem. Isto é, primeiro Ele vem na carne em segredo para expressar a verdade e julgar e purificar a humanidade e para formar um grupo de vencedores antes dos desastres. Quando terminar Sua obra de salvar a humanidade em segredo, os desastres virão, e Ele recompensará os bons e punirá os maus. Somente então Deus virá abertamente numa nuvem, revelando-Se a todas as nações e povos. É quando a profecia do Senhor vindo abertamente será cumprida”. “Todos que aceitam a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso, que são purificados de seus caracteres corruptos, serão protegidos por Deus e salvos dos desastres. Entrarão no reino de Deus”. “Mas aqueles que rejeitarem a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, que se opõem e a condenam, serão punidos nos desastres, gemendo e rangendo os dentes. Isso cumprirá esta profecia em Apocalipse: Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele’ (Apocalipse 1:7). Então, ela leu uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Esse será o tempo do fim do plano de gestão de Deus e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade” (A Palavra manifesta em carne).

De repente, meus olhos se abriram. Vi que o retorno do Senhor acontece em fases. Primeiro, Ele se torna carne e fala e opera em segredo, depois, vem abertamente numa nuvem, aparecendo a todos. Vi que eu estivera limitando a vinda do Senhor à última forma por causa das minhas noções e imaginações. Isso era errado. Eu não podia continuar insistindo nisso. Lembrei-me destas palavras do Senhor Jesus: “Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á” (Mateus 7:8). Confrontada com o retorno do Senhor, eu deveria ter um coração temente a Deus e buscar seriamente, para poder satisfazer a vontade de Deus. Caso contrário, eu seria eliminada pelo Senhor! Então perguntei a elas: “Já que, primeiro, o Senhor se torna carne para operar em segredo, como podemos ter certeza de que Deus Todo-Poderoso é Deus na carne, Cristo dos últimos dias?

A irmã Li respondeu muito feliz: “Por milênios, ninguém entendeu esse mistério, essa verdade sobre o que é a encarnação e como podemos conhecer Deus na carne”. “Agora, Deus Todo-Poderoso nos revelou todos esses mistérios e verdades. Então, ela leu algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso. “O significado de encarnação é que Deus aparece na carne, e Ele vem para trabalhar entre os homens de Sua criação na imagem de uma carne. Assim, para Deus Se encarnar, Ele precisa primeiro ser carne, carne com humanidade normal; esse é o pré-requisito mais básico. De fato, a implicação da encarnação de Deus é que Deus vive e opera na carne, Deus, em Sua essência, Se torna carne, Se torna um homem.” “Encarnação significa que o Espírito de Deus Se torna carne, isto é, Deus Se torna carne; a obra que Ele faz na carne é a obra do Espírito, que é realizada na carne, expressa pela carne. Ninguém, exceto a carne de Deus, pode cumprir o ministério do Deus encarnado; isto é, somente a carne encarnada de Deus, essa humanidade normale ninguém maispode expressar a obra divina.” “O Deus encarnado é chamado de Cristo e Cristo é a carne vestida pelo Espírito de Deus. Essa carne é diferente de qualquer homem que é da carne. Essa diferença existe porque Cristo não é de carne e sangue, mas é a encarnação do Espírito. Ele tem tanto uma humanidade normal como uma divindade completa. Sua divindade não é possuída por nenhum homem. Sua humanidade normal sustenta todas as Suas atividades normais na carne, enquanto Sua divindade realiza a obra do Próprio Deus.” “Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a substância de Deus, e Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a expressão de Deus. Já que Deus Se torna carne, Ele levará adiante a obra que precisa fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele expressará o que Ele é e será capaz de trazer a verdade ao homem, conceder vida ao homem e mostrar o caminho ao homem. Carne que não contém a substância de Deus certamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Para investigar se é a carne encarnada de Deus, o homem deve determinar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele fala. O que quer dizer, se é ou não a carne encarnada de Deus, se é ou não o verdadeiro caminho deve ser julgado pela Sua substância. E assim, ao determinar se é a carne do Deus encarnado, a chave é prestar atenção na Sua substância (Sua obra, Suas palavras, Seu caráter e muito mais), em vez de na aparência exterior. Se o homem olha apenas a Sua aparência exterior e ignora a Sua substância, então isso mostra a ignorância e a ingenuidade do homem” (A Palavra manifesta em carne).

A irmã Li continuou sua comunhão. “Cristo é Deus na carne. É o Espírito de Deus revestido em carne que se tornou uma pessoa normal, aparecendo, operando e professando palavras entre os homens. Deus encarnado se parece com uma pessoa comum, nem altiva nem sobrenatural. Ele tem toda a razão, pensamentos e emoções de uma pessoa normal e Ele interage com as pessoas de maneira muito real. A diferença é que, além da humanidade normal, Ele também possui uma essência divina, que as pessoas não têm. Cristo pode fazer a obra de Deus. Ele pode encerrar uma era e iniciar uma nova. Sua essência é a verdade, o caminho e a vida”. “Ele pode expressar a verdade em qualquer lugar, a qualquer hora. Guiar, sustentar e resolver nossos problemas. Pode nos dar uma senda de prática. Cristo pode também revelar mistérios, expressar o caráter de Deus, o que Ele tem e é e Sua onipotência e sabedoria. As palavras de Cristo podem realizar tudo. Não existe humano que possa fazer isso”. “O Senhor Jesus se parecia com um homem comum, mas Ele tinha uma essência divina. Sua aparição e obra iniciou a Era da Graça e encerrou a Era da Lei. Ele expressou a verdade, nos deu o caminho do arrependimento e perdoou nossos pecados. Ele era tolerante e paciente e nos instruiu a perdoar setenta vezes sete vezes. Ele manifestou o caráter de amabilidade e misericórdia de Deus. Também mostrou muitos sinais e maravilhas enquanto operava, como curar os cegos, fazer os coxos andar, acalmar o mar com uma palavra, ressuscitar os mortos, alimentar cinco mil com cinco pães e dois peixes, e muito mais. Isso revelou a autoridade e o poder de Deus. A obra e as palavras do Senhor Jesus e o caráter que expressou eram prova adequada de que Ele era Deus na carne”. “Somente Deus pode expressar a verdade, encerrar uma era velha e iniciar uma nova, expressar o caráter de Deus e a sabedoria de Sua obra. Além de Deus, ninguém pode expressar a verdade, o que Deus tem e é ou assumir a obra de Deus. É assim que podemos determinar se Ele é Deus na carne, Cristo dos últimos dias. O mais importante é buscar e investigar a obra e as palavras de Cristo. Se Ele expressar a verdade e o caráter de Deus, se Ele fizer a obra de Deus, então Ele é Deus na carne. É Cristo”.

Por meio da comunicação dela, entendi melhor que Deus na carne pode expressar a verdade e fazer a obra de Deus. Essa é a realidade disso.

A irmã Zhou continuou: “Quando confirmamos se Deus Todo-Poderoso é Deus na carne, não podemos apenas olhar aparências. Devemos estar certos de Suas palavras, Sua obra e do caráter que Ele expressa. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso está fazendo a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus, sobre o fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus. Ele encerrou a Era da Graça e iniciou a Era do Reino. Deus Todo-Poderoso expressou milhões de palavras. Ele revelou o mistério do plano de gerenciamento de seis mil anos de Deus, o mistério da encarnação de Deus e a história verdadeira da Bíblia. Ele revelou como Satanás corrompe a humanidade, como Deus a salva, como Deus faz a obra de julgar e purificar as pessoas nos últimos dias, como ele separa as pessoas segundo sua espécie e determina o fim e o destino das pessoas, e muito mais. Deus Todo-Poderoso expressa Seu caráter, que é principalmente justo, julgando e expondo nossa natureza satânica de nos opor a Deus e nossos caracteres corruptos. Ele nos mostra a senda para nos livrar do mal e nos purificar”. A irmã também compartilhou sua própria experiência de ser julgada e castigada pelas palavras de Deus. Ela disse: “Eu não via como eu era arrogante, egoísta e astuta até ser julgada, castigada, testada, refinada, tratada e podada por meio das palavras de Deus. Eu tinha fé e me despendia por Deus, mas ainda pecava e resistia a Deus o tempo todo por causa da minha natureza satânica corrupta. Por exemplo, eu adorava me exibir e que as pessoas me admirassem. Eu repreendia os outros e os obrigava a fazer o que eu dizia. Estava sempre mentindo e enganando para proteger meus interesses. A lista continua. Por meio do julgamento e castigo das palavras de Deus, percebi que o caráter justo Dele não tolera ofensa, e comecei a temê-Lo em meu coração. Comecei a odiar a mim mesma e a praticar a verdade para resolver minha natureza satânica. Houve alguma mudança gradual em meu caráter corrupto. As conquistas da obra e das palavras de Deus Todo-Poderoso não bastam para ter certeza de que Ele é Deus encarnado, Cristo dos últimos dias?”

A comunhão da irmã iluminou meu coração. Vi que a chave para confirmar a aparição do Filho do homem e que ele é Cristo na carne é ver se Ele pode expressar as palavras e o caráter de Deus e se Ele pode realizar a obra de encerrar uma era antiga e iniciar uma nova. Deus Todo-Poderoso expressou muitas verdades e está fazendo a obra para julgar e purificar a humanidade. Iniciou a Era do Reino e encerrou a Era da Graça. Certamente isso significa que Ele é Cristo, o retorno do Senhor! Nunca entendi a verdade antes. Eu só esperava cegamente que o Senhor viesse numa nuvem em Sua forma espiritual. Eu não buscava ou investigava quando ouvia que Ele já tinha retornado. Quase perdi minha chance de me reunir com o Senhor. Como eu era tola!

Depois disso, devorei as palavras de Deus Todo-Poderoso com muita fome. Aprendi muitas verdades e mistérios que nunca tinha entendido antes e adquiri certeza absoluta de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado! Compartilhei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias com mais de cem irmãos e irmãs na minha rede. Quando leram as palavras Dele e ouviram Sua voz, eles choraram de comoção, se voltaram para Deus Todo-Poderoso e aceitaram Sua obra dos últimos dias, e participaram do banquete do Cordeiro!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Estou reunida com o Senhor

Deus Todo-Poderoso diz: “Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela...

Eu vi o pergaminho aberto

Quando aceitei o Senhor, descobri a origem de tudo e a fonte da corrupção humana lendo a Bíblia. Aprendi como Deus Jeová emitiu a lei e os...

Desvendando o mistério do “julgamento”

Louvado seja o Senhor! Recebi muito mesmo por meio da comunicação das irmãs. Mesmo que ainda tenha que experimentar o julgamento e castigo de Deus, por meio da comunhão com elas e da leitura de Testemunhos de experiências sobre a entrada na vida, senti que o julgamento e castigo de Deus realmente é capaz de mudar as pessoas.