A maioria das pessoas acredita: Deus é misericordioso e amoroso. Deus quer salvar a todos. Ele não quer deixar ninguém para trás. Se for esse o caso, por que você espalha o evangelho seletivamente?

25 de Março de 2021

Versos da Bíblia para referência:

“Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos” (Mateus 22:14).

“O reino dos céus é semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. […] por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro. […] assim será no fim do mundo. Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a iniquidade, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro e ranger de dentes. […] Igualmente, o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que apanhou toda espécie de peixes. E, quando cheia, puxaram-na para a praia; e, sentando-se, puseram os bons em cestos; os ruins, porém, lançaram fora. Assim será no fim do mundo: sairão os anjos, e separarão os maus dentre os justos, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro e ranger de dentes” (Mateus 13:24-25, 30, 40-42, 47-50).

Palavras de Deus relevantes:

Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas, por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for recuperar Seu testemunho e recuperar aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos e deve reivindicá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são, sobretudo, os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa. Deus salva aqueles que podem vir à vida, que conseguem enxergar a salvação de Deus, que podem ser leais a Deus e que estão dispostos a buscar a Deus. Ele salva aqueles que acreditam na encarnação de Deus e na Sua aparição. Algumas pessoas podem vir à vida, e algumas não podem; isso depende da natureza delas poder ser salva ou não. Muitas pessoas têm ouvido muitas palavras de Deus, mas não entendem a vontade de Deus e ainda são incapazes de colocá-las em prática. Tais pessoas são incapazes de viver qualquer verdade e também interferem deliberadamente na obra de Deus. São incapazes de fazer qualquer trabalho por Deus, não conseguem dedicar nada a Ele e também gastam o dinheiro da igreja em segredo e comem na casa de Deus de graça. Essas pessoas estão mortas e não serão salvas. Deus salva todos aqueles que estão em meio à Sua obra, mas há uma porção de pessoas que não pode receber Sua salvação; apenas um pequeno número pode receber Sua salvação. Isso acontece porque a maioria das pessoas foi corrompida muito profundamente, se tornou morta e está além do alcance da salvação; essas pessoas foram totalmente exploradas por Satanás e são maliciosas demais em sua natureza. Aquela minoria de pessoas também é incapaz de obedecer a Deus plenamente. Não são as pessoas que têm sido absolutamente fiéis a Deus desde o começo ou que têm tido o amor máximo por Deus desde o começo; antes, tornaram-se obedientes a Deus por causa de Sua obra de conquista, elas veem Deus por causa de Seu amor supremo, há mudanças em seu caráter por causa do caráter justo de Deus e elas passam a conhecer Deus por causa de Sua obra, Sua obra que é ao mesmo tempo prática e normal. Sem essa obra de Deus, por mais que essas pessoas sejam boas, elas ainda seriam de Satanás, ainda seriam da morte e ainda estariam mortas. O fato de que, hoje, essas pessoas podem receber a salvação de Deus deve-se puramente à sua disposição de cooperar com Deus.

Extraído de ‘Você é alguém que veio para a vida?’ em “A Palavra manifesta em carne

Há diferentes tipos de pessoas, e elas são diferenciadas pelo tipo de espírito que possuem. Algumas pessoas têm espírito humano e são aquelas que Deus predestinou para seleção. Algumas não têm espírito humano; são demônios que entraram sorrateiros. Estas, que não foram predestinadas e escolhidas por Deus, não podem ser salvas mesmo tendo entrado, e, no fim, serão levadas por demônios. Se as pessoas podem aceitar o trabalho de Deus e, depois que aceitaram, qual senda percorrem e se podem se transformar, tudo isso depende do espírito e da natureza em seu interior. Algumas pessoas não conseguem evitar perder-se no caminho; seu espírito determina que elas sejam a pessoa que são, e elas não conseguem mudar. Em algumas delas, o Espírito Santo não opera, porque elas não trilham a senda correta; se, contudo, elas dessem uma guinada, o Espírito Santo poderia operar. Se elas não o fizerem, estará tudo acabado para elas. Todo tipo de situação existe, mas, seja qual for o caso, Deus é justo em como trata cada pessoa.

Extraído de ‘Como conhecer o caráter justo de Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

Na Era da Graça, foi dito que Deus quer que cada pessoa seja salva e não quer que ninguém sofra perdição. Tais são a atitude e o sentimento de Deus para salvar a humanidade, que foi corrompida por Satanás. É o desejo de Deus, mas, de fato, muitas pessoas não aceitam a graça de Deus; elas pertencem a Satanás e não serão salvas. Essas palavras mostram a atitude de Deus para com toda a humanidade: Seu amor é ilimitado, é incomparavelmente vasto, é poderoso. Mas para aqueles que detestam a verdade, Ele não está disposto a dar livremente Seu amor e salvação, nem jamais o fará. Essa é a atitude de Deus. Detestar a verdade equivale a quê? A se colocar contra Deus? A ser abertamente hostil a Deus? É o mesmo que dizer abertamente a Deus: “Não gosto de ouvir o que Tu tens a dizer. Se eu não gosto, não é a verdade e não o tomarei como verdade. Só será a verdade quando eu a reconhecer e gostar dela”. Quando você tem essa atitude em relação à verdade, isso não é ser abertamente hostil a Deus? Se você é abertamente hostil a Deus, Deus salvará você? Não. Essa é a verdadeira razão da ira de Deus. A substância do tipo de pessoa que detesta a verdade é uma de hostilidade a Deus. Deus não trata as pessoas dessa substância como pessoas; Ele as trata como inimigas, como demônios, e nunca as salvará. Essa é a manifestação da ira de Deus.

Extraído de ‘Entender a verdade é crucial para cumprir corretamente o seu dever’ em “Registros das falas de Cristo”

A salvação da humanidade por parte de Deus é uma salvação daqueles que amam a verdade, uma salvação da parte dela com vontade e resolução, e a parte dela que é o seu anseio pela verdade e pela justiça em seu coração. A determinação de uma pessoa é a parte dela em seu coração que anseia por justiça, bondade e verdade e que possui consciência. Deus salva essa parte das pessoas, e, através disso, Ele muda o caráter corrupto delas, de modo que possam entender e ganhar a verdade, de modo que a corrupção delas seja purificada e o seu caráter de vida possa ser transformado. Se você não tem essas coisas dentro de você, você não pode ser salvo. Se, dentro de você, não existe amor pela verdade nem aspiração por justiça e luz; se, sempre que encontrar o mal, você não tem nem a vontade de descartar as coisas malignas nem a resolução de suportar adversidade; se, além disso, a sua consciência está entorpecida; se sua capacidade de receber a verdade também está entorpecida e você não está sintonizado com a verdade e os eventos que surgem; e se você não for capaz de discernir em todos os assuntos e for incapaz de lidar com as coisas ou de resolvê-las, então não há como ser salvo. Tal pessoa não tem nada que a recomende, nada com que valha a pena trabalhar. Sua consciência está entorpecida, sua mente está confusa e ela não ama a verdade nem anseia pela justiça no fundo de seu coração, e, não importa o quão clara ou transparentemente Deus fale da verdade, ela não reage, como se já estivesse morta. Não acabou para ela? Uma pessoa em quem ainda reste um suspiro pode ser salva por respiração artificial, mas se ela já morreu e sua alma partiu, a respiração artificial nada fará. Se, sempre que você se deparar com um problema, você recuar dele e tentar evitá-lo, isso significa que você não deu testemunho; assim você nunca pode ser salvo e está completamente condenado.

Extraído de ‘Pessoas confusas não podem ser salvas’ em “Registros das falas de Cristo”

Aqueles que pensam somente em sua carne e desfrutam de conforto; aqueles que parecem acreditar, mas que não creem de verdade; aqueles que se engajam em curandeirismo e feitiçaria; aqueles que são promíscuos, esfarrapados e maltrapilhos; aqueles que roubam sacrifícios a Jeová e Suas posses; os que amam subornos; os que sonham ociosamente em subir ao céu; aqueles que são arrogantes e convencidos, que lutam apenas pela fama e fortuna pessoais; aqueles que espalham palavras impertinentes; aqueles que blasfemam contra o Próprio Deus; aqueles que não fazem nada além de tecer julgamentos contra o Próprio Deus e difamá-Lo; aqueles que formam grupos e buscam a independência; aqueles que se exaltam acima de Deus; aqueles homens e mulheres jovens, de meia-idade e mais velhos, frívolos, que estão enredados em licenciosidade; aqueles homens e mulheres que desfrutam de fama e fortuna pessoais e buscam status pessoal entre os outros; aquelas pessoas não arrependidas que estão presas no pecado — não estão eles, todos eles, fora da salvação? A licenciosidade, a pecaminosidade, o curandeirismo, a feitiçaria, a profanidade, as palavras impertinentes, tudo isso corre livre entre vocês; a verdade e as palavras de vida são pisoteadas no meio de vocês, e a linguagem santa é profanada entre vocês. Vocês, gentios, inchados de imundície e desobediência! Qual será o desfecho final de vocês? Como podem os que amam a carne, os que cometem feitiçaria da carne e os que estão enredados em pecado licencioso ter a audácia de continuar vivendo? Você não sabe que pessoas tais como vocês são vermes que estão fora da salvação? O que qualifica você para exigir isso e aquilo? Até hoje, não houve a menor mudança naqueles que não amam a verdade e só amam a carne — como tais pessoas podem ser salvas? Aqueles que não amam o caminho da vida, que não exaltam a Deus nem dão testemunho Dele, que tramam em prol do próprio status, que se louvam — não são ainda os mesmos, até hoje? Qual é o valor em salvá-los? Se você pode ser salvo não depende do tamanho de sua senioridade nem de quantos anos você tem trabalhado e muito menos depende de quantas credenciais você acumulou. Ao contrário, depende de sua busca ter frutificado. Você deve saber que aqueles que são salvos são as “árvores” que dão fruto, não as árvores com folhagem exuberante e flores abundantes que, no entanto, não geram fruto. Mesmo que você tenha passado muitos anos vagueando pelas ruas, o que isso importa? Onde está o seu testemunho? Sua reverência a Deus é muito menor que seu amor por si mesmo e seus desejos luxuriosos — esse tipo de pessoa não é um degenerado? Como pode ele ser um exemplo e modelo para a salvação? Sua natureza é incorrigível, você é rebelde demais, você está fora da salvação! Tais pessoas não são as que serão eliminadas? O tempo em que Minha obra estiver terminada não é o tempo da chegada de seu último dia? Eu fiz tanta obra e proferi tantas palavras entre vocês — quanto disso entrou verdadeiramente em seus ouvidos? A quanto disso você jamais obedeceu? Quando Minha obra terminar, esse será o tempo em que você parará de se opor a Mim, em que você parará de ficar contra Mim. Enquanto Eu opero, vocês agem contra Mim constantemente; vocês nunca acatam as Minhas palavras. Eu faço a Minha obra, e você faz o seu “trabalho”, fazendo o seu reinozinho próprio. Vocês não passam de uma matilha de raposas e cães, fazendo tudo em oposição a Mim! Estão constantemente tentando trazer aqueles que lhes oferecem seu amor exclusivo para dentro de seu abraço — onde está a reverência de vocês? Tudo que fazem é enganoso! Vocês não têm obediência nem reverência e tudo que fazem é enganoso e blasfemo! Tais pessoas podem ser salvas? Homens que são sexualmente imorais e lascivos sempre querem atrair meretrizes namoradeiras para si, para o próprio desfrute. Sem dúvida, Eu não salvarei tais demônios sexualmente imorais. Eu odeio vocês, demônios imundos, e a sua lascívia e coquetice os lançará no inferno. O que vocês têm a dizer sobre si mesmos? Vocês, demônios imundos e espíritos malignos, são repulsivos! São nojentos! Como um lixo desses poderia ser salvo? Aqueles que estão enredados no pecado ainda podem ser salvos?

Extraído de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.