Nós aceitamos a obra de Deus dos últimos dias, mas como experimentamos o julgamento e o castigo de Deus de modo que possamos receber a verdade e a vida, livrar-nos de nossa natureza pecaminosa e alcançar a salvação para entrar no reino dos céus?

10 de Dezembro de 2018

Resposta: Como experimentar o julgamento e o castigo de Deus para receber a verdade e a vida, livrar-se da natureza pecaminosa para alcançar salvação e entrar no reino dos céus… A pergunta que levantou é muito importante, pois diz respeito às principais questões de nosso desfecho e destino. Para buscar esse aspecto da verdade, primeiro devemos ler algumas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso:

A fé verdadeira em Deus significa o seguinte: com base na crença de que Deus é soberano sobre todas as coisas, a pessoa experimenta Suas palavras e Sua obra, expurga seu caráter corrupto, satisfaz a vontade de Deus e vem a conhecer Deus. Somente uma jornada desse tipo pode ser chamada de ‘fé em Deus” (‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O processo de falar hoje é precisamente o processo de conquistar. E exatamente como as pessoas deveriam cooperar? Ao saber como comer e beber essas palavras e alcançar um entendimento delas. Quanto a como as pessoas são conquistadas, isso não é algo que elas possam fazer por si mesmas. Tudo que você pode fazer é, por comer e beber essas palavras, passar a conhecer sua corrupção e imundície, sua rebeldia e sua injustiça e prostrar-se diante de Deus. Se, após captar a vontade de Deus, você for capaz de colocá-la em prática, e se tiver visões e for capaz de submeter-se completamente a essas palavras e não fazer quaisquer escolhas por si mesmo, então você terá sido conquistado — e o terá sido como um resultado dessas palavras” (‘A verdade interna da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. […] Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. […] alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus” (‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”).

Como crentes, primeiro precisamos entender o que significa crer em Deus. Crer em Deus significa vivenciar a obra de Deus e Sua palavra, entender a verdade e viver a realidade da verdade. Esse é o processo de se crer em Deus. A obra de Deus nos últimos dias é julgar através de Sua palavra. Então, se quisermos que nosso caráter corrupto seja limpo para alcançar a salvação, primeiro devemos nos esforçar na palavra de Deus e genuinamente comer e beber as palavras de Deus, e aceitar o julgamento de Deus e as revelações em Sua palavra. Não importa o quanto a palavra de Deus fira o coração, o quanto seja dura ou nos faça sofrer, primeiro, estejam certos de que Sua palavra é toda a verdade, e a realidade da vida na qual devemos entrar. Cada declaração da palavra de Deus é para nos limpar e nos mudar, para nos fazer largar nosso caráter corrupto e alcançar a salvação, e mais ainda, para que entendamos a verdade para alcançar o conhecimento de Deus. Então devemos aceitar o julgamento e o castigo, a poda e o tratamento da palavra de Deus conosco. Se quisermos receber a verdade na palavra de Deus, devemos ser capazes de sofrer por aceitar e obedecer à Sua palavra e a verdade. Devemos procurar pela verdade na palavra de Deus, sondar Sua vontade, refletir e conhecer a nós mesmos, refletir sobre a palavra de Deus para conhecer nossa própria arrogância, dissimulação, egoísmo e indignidade, como negociamos com Deus, tiramos vantagem Dele, como O enganamos, brincamos com a verdade, e outras caracteres satânicas, bem como as diversas impurezas em nossa crença em Deus e intenções para recebermos bênçãos. Assim, aos poucos podemos conhecer a verdade de nossa corrupção e a essência de nossa natureza. Após entendermos mais sobre a verdade, nosso conhecimento de Deus se aprofundará aos poucos, e naturalmente saberemos que tipo de pessoa Deus gosta e desgosta, que tipo de pessoa ele salvaria ou eliminaria, que tipo ele usaria, que tipo de pessoa ele abençoaria. Uma vez que enxergamos essas coisas, começaremos a entender o caráter de Deus. Esses são os resultados de se vivenciar o julgamento e o castigo da palavra de Deus. Todos que procuram a verdade prestam atenção em vivenciar o julgamento e o castigo da palavra de Deus, prestam atenção em procurar a verdade em tudo, em praticar a palavra de Deus e a obedecer-Lhe. Eles poderão entender a verdade e participar da realidade aos poucos, por vivenciarem a palavra de Deus, e alcançar a salvação e ser aperfeiçoados. Quanto aos que não amam a verdade, embora possam reconhecer a manifestação e a obra de Deus a partir da verdade expressada por Ele, eles acham que podem alcançar a salvação contanto que abandonem tudo por Deus e cumpram seu dever. No final, eles ainda não podem receber a verdade e a vida após acreditarem em Deus por anos. Eles entendem algumas palavras, cartas e doutrinas, mas acham que conhecem a verdade e alcançaram a realidade. Estão mentindo para si mesmos e certamente serão eliminados por Deus. Como vivenciamos a obra de Deus para alcançar a salvação? Vamos ler outras passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso.

Deus Todo-Poderoso diz: “A vida de uma pessoa não pode crescer simplesmente por ler a palavra de Deus, mas somente quando Sua palavra é posta em prática. Se a sua crença é que entender a palavra de Deus é tudo o que é necessário para se ter vida e estatura, então sua compreensão está distorcida. A verdadeira compreensão da palavra de Deus ocorre quando você pratica a verdade, e você deve entender que ‘somente por praticar a verdade ela poderá alguma vez ser entendida’” (‘Quando compreender a verdade, você deve colocá-la em prática’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Pedro procurou satisfazer Deus em tudo, e procurou obedecer a tudo o que viesse de Deus. Sem a mais ligeira queixa, ele pôde aceitar castigo e julgamento, bem como refinamento, tribulação e carência em sua vida, e nada disso conseguiu mudar seu amor a Deus. Não era esse o máximo amor a Deus? Não era esse o cumprimento do dever de uma criatura de Deus? Quer no castigo, no julgamento ou na tribulação; você é sempre capaz de alcançar a obediência até a morte, e isso é o que uma criatura de Deus deve alcançar, esta é a pureza do amor a Deus. Se o homem pode conseguir tanto assim, ele é uma criatura de Deus qualificada, e não há nada que melhor satisfaça o desejo do Criador” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Se o que você busca é a verdade, se o que põe em prática é a verdade e se o que obtém é uma mudança em seu caráter, então a senda que você trilha é a correta. Se o que você busca são as bênçãos da carne, o que põe em prática é a verdade de suas próprias noções e se não há mudança alguma em seu caráter, se você não é nada obediente a Deus na carne e ainda vive na incerteza, o que você busca seguramente o levará ao inferno, pois a sua senda é a senda do fracasso. Ser tornado perfeito ou eliminado depende da sua própria busca, o que também é dizer que o sucesso ou o fracasso depende da senda percorrida pelo homem” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Se alguém pode satisfazer a Deus ao cumprir seu dever, tem princípios em suas palavras e ações e pode entrar em todos os aspectos da verdade-realidade, então essa é uma pessoa que é aperfeiçoada por Deus. Pode-se dizer que a obra e as palavras de Deus foram totalmente eficazes para tal pessoa, que as palavras de Deus se tornaram sua vida, que ela obteve a verdade e é capaz de viver de acordo com as palavras de Deus. Depois disso, a natureza de sua carne — isto é, o próprio fundamento da sua existência original — irá se desestruturar e desmoronar. Após possuir as palavras de Deus como sua vida, a pessoa se tornará uma nova pessoa. Se as palavras de Deus se tornam a sua vida, se a visão da obra de Deus, Suas exigências à humanidade, Suas revelações aos humanos e os padrões para uma vida verdadeira que Deus exige que ela atenda tornam-se a sua vida, se ela vive de acordo com essas palavras e verdades, então ela é aperfeiçoada pelas palavras de Deus. Tal pessoa é renascida e tornada uma nova pessoa através das palavras de Deus” (‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”).

Deus Todo-Poderoso diz: “A vida de uma pessoa não pode crescer simplesmente por ler a palavra de Deus, mas somente quando Sua palavra é posta em prática”. Esta linha é a verdade. É muito prática. Os crentes que não praticam e vivenciam a palavra de Deus não podem receber a verdade. Um pessoa sem a verdade é uma pessoa sem vida. Deus Todo-Poderoso deu testemunho de como Pedro buscou a verdade para ser aperfeiçoado. Pedro foi uma pessoa que buscou a verdade. Ele não só procurou como amar Deus, mas também prestou atenção em mudar seu caráter. A manifestação primária é que ele pôde obedecer ao julgamento e ao castigo de Deus, e aceitar as provações e o refinamento. Mesmo que o Senhor o entregasse a Satanás, ele ainda poderia ser obediente até a morte. Ele foi crucificado de cabeça para baixo pelo Senhor, fornecendo um belo e ressoante testemunho. Pedro depositou atenção e cuidado especial em crer em Deus, amando e obedecendo a Deus diligentemente. Ele prestou atenção não só em como pregar e trabalhar, mas em praticar a verdade e participar da realidade. Por isso Pedro foi, por fim, aperfeiçoado por Deus e recebeu a aprovação de Deus. Segundo o testemunho de Pedro, nós, fiéis, devemos buscar a verdade se quisermos alcançar a salvação, e prestar atenção em nos empenhar na palavra de Deus, em procurar a verdade e em sondar Suas intenções, praticando a verdade e participando da realidade. Por buscar assim, nos tornaremos cada vez mais esclarecidos sobre a verdade, e teremos cada vez mais caminhos para praticá-la. Antes que percebamos, teremos entrado na realidade da verdade. Se estamos satisfeitos só em entender doutrinas, então não podemos praticar a verdade e entrar na realidade. Conhecer doutrinas não significa que conhecemos a verdade. Só o entendimento da verdade nos habilita a conhecer a Deus e a nós mesmos, e nos arrepender de verdade Mas não é assim com conhecer doutrinas. Aqueles que conhecem mais doutrinas ficarão mais arrogantes e convencidos. E nunca nconhecerão a Deus ou a si mesmos. Quando se trata de vivenciar a obra de Deus dos últimos dias, os que não amam a verdade evitarão o julgamento e o castigo da palavra de Deus naturalmente, e se afastarão mais ainda Dele, ainda mais quando virem que a palavra de Deus fere o coração ou é severo. Como tais pessoas poderiam receber a verdade? Pessoas que genuinamente amam a verdade estão dispostas a suportar tanto sofrimento quanto for necessário para receber a verdade. Elas obedecem quando sofrem do julgamento da palavra de Deus. Também mantêm-se firmes quando enfrentam provações e refinamentos. Mesmo que suas famílias sejam separadas, que sejam aprisionadas, que tenham que desistir de suas vidas, elas suportam e testemunham por Deus. Tais pessoas certamente podem obter a verdade e receber a aprovação de Deus após vivenciarem a obra de Deus!

Extraído do roteiro do filme Cântico da vitória

Anterior: Há muitos anos acreditamos no Senhor Embora possamos pregar, trabalhar pelo Senhor, e sofrer muito, ainda assim somos capazes de mentir, iludir e enganar. Todos os dias, falamos em nossa defesa. Frequentemente somos arrogantes, caprichosos, ostentamos e somos condescendentes com os outros. Vivemos em uma situação de pecado e arrependimento, incapazes de escapar da ligação com a carne. Sem falar em vivenciar e praticar a palavra do Senhor. Não temos vivido nenhuma realidade da palavra do Senhor. Em nosso caso, podemos de alguma forma ser levados ao reino dos céus? Algumas pessoas dizem, que não importa o quanto pequemos ou estejamos ligados à carne, o Senhor nos vê como puros. Elas se guiam pela palavra de Paulo: “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados” (1 Coríntios 15:52). e assumem que o Senhor mudará instantaneamente nossa forma quando Ele vier para nos levar ao reino dos céus. Algumas pessoas acreditam que quem recebe a salvação pela fé, mas continua pecando, fica desqualificada para entrar no reino dos céus. Isso baseia-se principalmente na palavra de Deus: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” (Mateus 7:21). “[…] sereis pois santos, porque eu sou santo” (Levítico 11:45). São dois pontos de vista conflitantes e nenhum consegue dizer de forma clara, por favor, falem conosco.

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Entre em contato conosco pelo Whatsapp