Como reconhecer a verdade e quem pode realmente expressar a verdade

08 de Agosto de 2021

Palavras de Deus relevantes:

O Próprio Deus é vida e a verdade, e Sua vida e verdade coexistem. Aqueles que são incapazes de ganhar a verdade jamais ganharão vida. Sem a orientação, o apoio e a provisão da verdade, você ganhará apenas a letra e a doutrina e, além disso, morte. A vida de Deus está sempre presente, e Sua verdade e vida coexistem. Se você não consegue achar a fonte de verdade, não ganhará o alimento de vida; se você não pode ganhar a provisão de vida, certamente não terá verdade alguma e, assim, para além de imaginações e noções, a totalidade do seu corpo será nada além de carne — sua carne fétida. Saiba que as palavras de livros não contam como vida, os registros da história não podem ser celebrados como a verdade, e as regras do passado não podem servir como relato das palavras faladas atualmente por Deus. Só o que é expressado por Deus quando Ele vem para a terra e vive entre os homens é a verdade, vida, vontade de Deus e Seu atual modo de operar.

Extraído de ‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Por ser a exigência que Deus faz ao homem e a obra realizada pessoalmente por Deus, ela é chamada de “aforismo da vida”. Não é um aforismo resumido de alguma coisa nem uma citação famosa de uma grande personalidade. Em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas; não são algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado “o mais alto de todos os aforismos da vida”.

Extraído de ‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

A verdade vem do mundo do homem, mas a verdade entre os homens é transmitida por Cristo. Ela origina-se em Cristo, isto é, no Próprio Deus, e isso não é algo de que o homem seja capaz. No entanto, Cristo somente provê a verdade — Ele não vem para decidir se o homem terá sucesso em sua busca da verdade. Sendo assim, segue-se que o sucesso ou o fracasso quanto à verdade é atribuível apenas à busca do homem. O sucesso ou o fracasso do homem quanto à verdade nunca teve nada a ver com Cristo, pois é, em vez disso, determinado por sua busca. O destino do homem e seu sucesso ou fracasso não podem ser atribuídos à cabeça de Deus, de forma que o Próprio Deus seja forçado a arcar com ele, porque essa questão não compete ao Próprio Deus, mas está diretamente relacionada com o dever que as criaturas de Deus devem cumprir.

Extraído de ‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”

A verdade não é uma fórmula nem é uma lei. Ela não está morta — ela é a própria vida, é uma coisa viva, é a regra que um ser criado deve seguir na vida e a regra que um humano deve ter na vida. Isso é algo que você deve compreender o máximo possível por meio da experiência. Não importa a qual estágio você já chegou em sua experiência, você é inseparável da palavra de Deus ou da verdade, e o que você entende do caráter de Deus e o que você sabe daquilo que Deus tem e é, tudo isso está expresso nas palavras de Deus; elas estão inextricavelmente ligadas à verdade. O caráter de Deus e aquilo que Ele tem e é são, em si mesmos, a verdade; a verdade é uma manifestação autêntica do caráter de Deus e daquilo que Ele tem e é. Isso torna concreto aquilo que Ele tem e é e faz uma declaração clara sobre aquilo que Ele tem e é; diz a você mais diretamente o que Deus gosta, o que Ele não gosta, o que Ele quer que você faça e o que Ele não permite que você faça, quais pessoas Ele despreza e em quais pessoas Ele Se deleita. Por trás das verdades que Deus expressa, as pessoas podem ver Seu prazer, raiva, tristeza e felicidade, bem como a Sua essência — essa é a revelação do Seu caráter.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III’ em “A Palavra manifesta em carne”

A verdade é a realidade de todas as coisas positivas. Ela pode ser a vida do homem e a direção em que viaja; ela pode levá-lo a se livrar de seu caráter corrupto, a vir a temer a Deus e evitar o mal, a se tornar alguém que obedece a Deus e um ser criado qualificado, alguém que Deus ama e que recebe o Seu favor. Dada a sua preciosidade, qual atitude e perspectiva devem ser assumidas ao contemplar as palavras de Deus e a verdade? É um tanto óbvio: para aqueles que realmente acreditam em Deus e têm um coração de reverência por Ele, Suas palavras são sua força vital. O homem deve prezar as palavras de Deus, comer e beber delas, desfrutá-las e aceitá-las como a sua vida, como a direção na qual ele segue o seu caminho, como sua pronta ajuda e provisão; o homem deve viver, praticar e experimentar de acordo com as declarações e os requerimentos da verdade e se submeter às suas exigências a ele, a cada uma das declarações e exigências que a verdade concede a ele, em vez de sujeitá-la a estudo, análise, especulação e dúvida. Visto que a verdade é a pronta ajuda do homem, sua pronta provisão e pode ser sua vida, o homem deve tratar a verdade como a coisa mais preciosa, pois ele deve confiar na verdade para viver, para vir a satisfazer as exigências de Deus, temendo a Ele e evitando o mal, e para encontrar em seu dia a dia a senda para praticar, compreendendo os princípios da prática e alcançando submissão a Deus. O homem deve confiar também na verdade para se livrar de seu caráter corrupto, para se tornar alguém que é salvo e um ser criado qualificado.

Extraído de ‘Eles odeiam a verdade, violam descaradamente os princípios e ignoram os arranjos da casa de Deus (VII)’ em “Expondo os anticristos”

O Próprio Deus possui verdade, e Ele é a fonte de verdade. Toda coisa positiva e toda verdade vêm Dele. Ele pode julgar a correção e a incorreção de todas as coisas e de todos os eventos; Ele pode julgar as coisas que já aconteceram, as que estão acontecendo agora e as coisas futuras, ainda desconhecidas pelo homem. Ele é o único juiz que pode julgar a correção e a incorreção de todas as coisas, e isso significa que a correção e a incorreção de todas as coisas só podem ser julgadas por Ele. Ele conhece as regras para todas as coisas. Essa é a personificação da verdade, o que significa que Ele Próprio possui a essência da verdade. Se o homem entendesse a verdade e alcançasse a perfeição, ele teria qualquer coisa a ver com a personificação da verdade? Quando o homem é aperfeiçoado, ele tem um julgamento preciso de tudo o que Deus faz agora e das coisas que Ele exige, e ele tem uma maneira precisa de praticar; o homem também entende a vontade de Deus e sabe distinguir o certo do errado. No entanto, existem algumas coisas que o homem não pode alcançar, coisas que ele só pode saber depois que Deus lhe fala delas — o homem não pode saber coisas ainda desconhecidas, coisas que Deus ainda não lhe disse, e o homem não pode fazer previsões. Além disso, mesmo que o homem obtivesse a verdade de Deus, possuísse a verdade-realidade e conhecesse a essência de muitas verdades e tivesse a capacidade de distinguir o certo do errado, ele não teria a capacidade de controlar e governar todas as coisas. Essa é a diferença. Seres criados só podem obter a verdade da fonte da verdade. Eles podem obter a verdade do homem? O homem é a verdade? O homem pode prover a verdade? Ele não pode, e essa é a diferença. Você só pode receber a verdade, não a provê-la — você pode ser chamado de personificação da verdade? Qual é, exatamente, a essência da personificação da verdade? É a fonte que fornece a verdade, a fonte de governança e soberania sobre todas as coisas, e é também as normas e regras pelas quais todas as coisas e todos os eventos são julgados. Esta é a personificação da verdade.

Extraído de ‘Eles queriam que os outros obedecessem apenas a eles, não à verdade nem a Deus (III)’ em “Expondo os anticristos”

As palavras de Deus são as palavras de Deus; as palavras de Deus são verdade. Elas são o fundamento e a lei pela qual a humanidade deve existir, e os chamados princípios que se originam com a humanidade são condenados por Deus. Elas não obtêm aprovação Dele, e menos ainda são a origem ou a base de Suas declarações. Deus expressa Seu caráter e Sua essência através de Suas palavras. Todas as palavras trazidas pela expressão de Deus são verdade, pois Ele tem a essência de Deus e Ele é a realidade de todas as coisas positivas. O fato de as palavras de Deus serem verdade nunca se altera, não importa como essa humanidade corrupta as posicione ou as defina, nem como as veja ou as entenda. Não importa quantas palavras de Deus tenham sido ditas, e não importa quanto essa humanidade corrupta e pecaminosa as condene e rejeite, permanece um fato que não pode ser alterado: mesmo nessas circunstâncias, as chamadas cultura e tradições que a humanidade valoriza não podem se tornar coisas positivas, nem se tornar a verdade. Isso é inalterável. A cultura tradicional e o modo de existência da humanidade não se tornarão verdade por causa das mudanças ou passagem do tempo, e nem as palavras de Deus se tornarão as palavras do homem devido à condenação ou esquecimento da humanidade. Essa essência nunca mudará; a verdade é sempre a verdade. Que fato existe nisso? Todos os ditos que são resumidos pela humanidade se originam em Satanás — são imaginações e noções humanas, até mesmo decorrentes das paixões humanas, e nada têm a ver com coisas positivas. As palavras de Deus, por outro lado, são expressões da essência e status de Deus. Por que razão Ele expressa essas palavras? Por que digo que são verdade? A razão é que Deus governa todas as leis, princípios, raízes, essências, realidades e mistérios de todas as coisas, e elas são apreendidas em Sua mão, e somente Deus conhece suas origens e quais verdadeiramente são suas raízes. Portanto, apenas as definições de todas as coisas mencionadas nas palavras de Deus são mais precisas, e os requisitos para a humanidade que há nas palavras de Deus são o único padrão para a humanidade — o único critério pelo qual a humanidade deve existir. No entanto, as leis pelas quais a humanidade existe derivam, em um aspecto, de uma violação do fato do domínio de Deus sobre todas as coisas, e em outro aspecto, de uma violação do fato da soberania de Deus sobre as leis de todas as coisas. Elas vêm da imaginação e das noções do homem, e também vêm de Satanás. Que tipo de papel Satanás desempenha? Primeiro, Satanás imita a verdade; segundo, destrói, perturba e atropela todos os princípios e leis da criação de todas as coisas por Deus. Assim, as coisas que vêm de Satanás correspondem exatamente à sua essência e estão cheias das intenções, tentações e disfarces perversos de Satanás, bem como da ambição imutável de Satanás. Elas nunca se tornarão verdade, independentemente de a humanidade corrupta poder discerni-las, independentemente do grau ao qual a humanidade corrupta as aceite e independentemente da longevidade da época em que a humanidade corrupta as admira, as adora e as prega, e independentemente também de quantas pessoas as admiram, adoram e pregam. Elas nunca se tornarão verdade, e sempre permanecerão coisas negativas, pois sua essência, origem e raiz é Satanás, o Satanás que é o inimigo de Deus e está em inimizade com a verdade. Quando não há verdade com a qual contrastá-las, elas podem fingir que são boas e positivas, mas quando a verdade é usada para dissecá-las e expô-las, elas não ficam sem vulnerabilidades. Elas não podem ficar firmes e são coisas rapidamente condenadas, expostas e deixadas de lado. A verdade que Deus expressa está exatamente de acordo com as necessidades da humanidade normal da humanidade, que Deus criou, enquanto aquilo que Satanás dá ao homem está em exata violação dessas necessidades. Ela torna uma pessoa normal anormal, imoderada, tacanha, arrogante, tola, má, dura, cruel e, acima de tudo, insuportavelmente arrogante. A certa altura, essa pessoa fica mentalmente perturbada, sem saber mais quem é. Elas se recusam a ser pessoas normais, mas devem agir como seres humanos não normais; elas se recusam a ser pessoas comuns, mas insistem em se tornar seres humanos superiores — e assim a humanidade das pessoas é distorcida, e assim seus instintos são distorcidos. A verdade torna as pessoas mais capazes de viver instintivamente, de acordo com os princípios e leis da humanidade normal e todos os princípios que Deus ditou, enquanto esses chamados ditos e leis de Satanás são precisamente aquilo que leva as pessoas a violar seus instintos e tentar escapar das leis que Deus decretou e ditou, e até a abandonar o caminho da humanidade normal, fazendo coisas imoderadas que as pessoas com humanidade normal não deveriam fazer e sobre as quais não deveriam pensar.

Extraído de ‘Eles só cumprem seu dever para se distinguir e alimentar seus próprios interesses e ambições; eles nunca levam em consideração os interesses da casa de Deus e até traem esses interesses em troca de glória pessoal (I)’ em “Expondo os anticristos”

A verdade é a vida do Próprio Deus; ela representa o Seu caráter, Sua essência e tudo Nele. Se você disser que ter um pouco de experiência significa possuir a verdade, então você pode representar o caráter de Deus? Você pode ter certa experiência ou certa luz em relação a determinado aspecto ou faceta de uma verdade, mas não pode suprir os outros com ela para sempre, portanto essa luz que você ganhou não é a verdade; é apenas determinado ponto que as pessoas podem alcançar. É simplesmente a experiência adequada e a compreensão adequada que uma pessoa deveria possuir: alguma experiência real e conhecimento da verdade. Essa luz, esse esclarecimento e entendimento experiencial nunca podem substituir a verdade; mesmo se todas as pessoas tiverem experimentado completamente essa verdade e reunirem todo o seu entendimento experiencial, isso ainda não seria capaz de tomar o lugar dessa única verdade. Como foi dito no passado: “Eu resumo isso em uma máxima para o mundo humano: entre os homens, não há nenhum que Me ame”. Essa é uma afirmação da verdade; é a verdadeira essência da vida. Essa é a mais profunda das coisas; essa é uma expressão do Próprio Deus. Você pode continuar experimentando-a e, se experimentá-la por três anos, você terá um entendimento superficial dela; se experimentá-la por sete ou oito anos, ganhará ainda mais entendimento dela — mas qualquer entendimento que ganhar nunca será capaz de substituir aquela única afirmação da verdade. Outra pessoa, após experimentá-la por dois anos, poderia ganhar um pequeno entendimento, e depois um entendimento ligeiramente mais profundo após experimentá-la por dez anos, e depois um entendimento mais além após experimentá-la pela vida toda — mas se vocês dois combinarem o entendimento que ganharam, mesmo assim — não importa quanto entendimento, quanta experiência, quantas percepções, quanta luz ou quantos exemplos vocês dois possuírem — tudo isso ainda não pode substituir aquela única afirmação da verdade. Em outras palavras, a vida do homem sempre será a vida do homem, e não importa o quanto seu entendimento poderia concordar com a verdade, com as intenções de Deus e Suas exigências, ele nunca será capaz de ser um substituto da verdade. Dizer que as pessoas ganharam a verdade significa que possuem certa realidade, que ganharam certo entendimento da verdade, que alcançaram alguma entrada real nas palavras de Deus, que tiveram certa experiência real com elas e que estão na trilha certa em sua fé em Deus. Apenas uma afirmação de Deus é suficiente para uma pessoa experimentar por uma vida inteira; mesmo se fossem experimentá-la por várias vidas ou mesmo vários milênios, as pessoas ainda não seriam capazes de experimentar uma única verdade de forma completa e total. Se as pessoas simplesmente compreenderam algumas palavras superficiais, mas alegam ter ganhado a verdade, isso não seria um absurdo completo e absoluto?

Extraído de ‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Minhas palavras são a verdade eterna e imutável. Eu sou o suprimento de vida para o homem e o único guia para a humanidade. O valor e o significado das Minhas palavras não são determinados por serem ou não reconhecidos ou aceitos pela humanidade, mas pela essência das palavras em si. Mesmo que nem uma única pessoa nesta terra possa receber Minhas palavras, o valor de Minhas palavras e seu auxílio à humanidade são inestimáveis para qualquer homem. Portanto, quando enfrentado pelas várias pessoas que se rebelam contra as Minhas palavras, refutam-nas ou são completamente desdenhosas delas, Minha posição é apenas esta: que o tempo e os fatos sejam Minha testemunha e mostrem que Minhas palavras são a verdade, o caminho e a vida. Que mostrem que tudo que Eu disse é certo, é aquilo com que o homem deve se prover e, além do mais, aquilo que o homem deveria aceitar. Eu permitirei que todos aqueles que Me seguem conheçam este fato: aqueles que não podem aceitar Minhas palavras plenamente, aqueles que não podem praticar Minhas palavras, aqueles que não podem encontrar um motivo em Minhas palavras e aqueles que não podem receber salvação por causa das Minhas palavras são aqueles que foram condenados pelas Minhas palavras e, além do mais, perderam Minha salvação, e Minha vara nunca se afastará deles.

Extraído de ‘Vocês precisam considerar seus feitos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Desta vez, Deus vem para operar não em um corpo espiritual, mas em um corpo muito comum. Além disso, não somente é o corpo da segunda encarnação de Deus, como também é o corpo por meio do qual Deus retorna à carne. É uma carne muito comum. Você não consegue ver nada que O faça Se destacar dos outros, mas pode ganhar Dele verdades jamais ouvidas. Esta carne insignificante é o que incorpora todas as palavras da verdade que vem de Deus, que assume a obra de Deus nos últimos dias e expressa todo o caráter de Deus para que o homem entenda. Você não deseja imensamente ver o Deus no céu? Não deseja imensamente entender o Deus no céu? Não deseja imensamente ver o destino da humanidade? Ele lhe contará todos esses segredos — segredos que nenhum homem tem sido capaz de lhe contar, e Ele lhe contará também as verdades que você não entende. Ele é a sua porta para o reino e seu guia para a nova era. Uma carne tão comum comporta muitos mistérios insondáveis. Seus feitos podem ser inescrutáveis para você, mas todo o objetivo da obra que Ele faz é suficientemente bastante para permitir que você veja que Ele não é, como as pessoas creem, uma simples carne. Pois Ele representa a vontade de Deus e o cuidado demonstrado por Deus para com a humanidade nos últimos dias. Embora você não possa ouvir Suas palavras que parecem abalar céus e terra, embora não possa ver os olhos Dele como uma chama de fogo e embora não consiga receber a disciplina de Sua vara de ferro, mesmo assim, você pode ouvir de Suas palavras que Deus está irado e saber que Deus está demonstrando compaixão pela humanidade; você pode ver o caráter justo de Deus e Sua sabedoria e, mais ainda, perceber como Deus é solícito para com toda a humanidade. A obra de Deus nos últimos dias é para permitir que o homem veja o Deus no céu vivendo entre os homens na terra e capacitar o homem para que conheça, obedeça, reverencie e ame a Deus. É por isso que Ele voltou à carne pela segunda vez. Embora o que o homem veja hoje seja um Deus que é igual a um homem, um Deus com um nariz e dois olhos e um Deus pouco notável, no final, Deus mostrará a vocês que, se este homem não existisse, o céu e a terra sofreriam uma tremenda mudança; se este homem não existisse, os céus se escureceriam, a terra afundaria no caos e a humanidade toda viveria em meio a fome e pragas. Ele mostrará a vocês que, se Deus encarnado não viesse para salvá-los nos últimos dias, então, Deus teria, há muito tempo, destruído toda humanidade no inferno; se esta carne não existisse, vocês seriam arquipecadores para sempre e seriam sempre cadáveres. Vocês deveriam saber que, se esta carne não existisse, toda a humanidade enfrentaria uma inelutável calamidade e acharia impossível escapar da ainda mais severa punição que Deus infligirá à humanidade nos últimos dias. Se esta carne comum não tivesse nascido, vocês todos estariam em um estado em que implorariam pela vida sem ser capazes de viver e orariam pedindo a morte sem poder morrer; se essa carne não existisse, vocês não seriam capazes de ganhar a verdade e se colocar diante do trono de Deus hoje. Em vez disso, seriam punidos por Deus devido a seus pecados atrozes. Vocês sabiam que, se não fosse pela volta de Deus à carne, ninguém teria uma chance de salvação? Que, se não fosse pela vinda desta carne, Deus teria há muito tempo dado fim à era antiga? Assim sendo, vocês ainda conseguem rejeitar a segunda encarnação de Deus? Já que vocês podem tirar tantos benefícios deste homem comum, então por que não O aceitariam de bom grado?

Extraído de ‘Você sabia? Deus fez uma grande coisa entre os homens’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado