Agora sei discernir o Cristo verdadeiro dos falsos

01 de Setembro de 2020

Deus Todo-Poderoso diz: “Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos aqueles que personificam Cristo cairão porque, embora aleguem ser Cristo, nada possuem da substância de Cristo. E por isso Eu digo que a autenticidade de Cristo não pode ser definida pelo homem, mas é respondida e decidida pelo Próprio Deus. Desse modo, se você deseja verdadeiramente buscar o caminho de vida, deve primeiro reconhecer que é vindo para a terra que Ele concede o caminho de vida ao homem e que Ele faz isso durante os últimos dias. Isso não é o passado, isso está acontecendo hoje” (‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”). Deus diz isso tão bem. Ele nos ensina o princípio para discernir o Cristo verdadeiro dos falsos cristos em poucas palavras: eles conseguem expressar a verdade e fazer a obra para salvar o homem ou não? Esse é o princípio-chave. Na minha fé anterior, pastores e presbíteros sempre nos alertavam sobre cristos falsos, mas nunca explicavam o princípio de como discernir. Eles condenavam todos os testemunhos da vinda do Senhor como falsos e nos instruíam a não nos envolvermos com isso. Então, quando ouvi que o Senhor tinha retornado, não ousei investigar. Quase rejeitei Cristo dos últimos dias e perdi a chance de acolher o Senhor.

Quando comecei a crer em Jesus, em 1996, sempre que algo ocorria, eu orava a Ele e, assim, conseguia superar muitos problemas. Ter o Senhor comigo era maravilhoso, e eu sentia paz e alegria. Alguns anos depois, percebi que o clero não tinha nada de novo a dizer e que não havia luz em seus sermões. Cada vez menos pessoas vinham aos cultos e algumas até cochilavam durante o sermão. Eu não recebia nada e não sentia nenhuma alegria espiritual. Eu não queria mais ir, mas me sentia culpada, assim me obrigava a ir.

Numa reunião, o presbítero Xu disse: “O Senhor Jesus nos alertou: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). As profecias do retorno do Senhor basicamente se cumpriram, e, em breve, Ele virá nos buscar, mas aparecerão também falsos cristos para nos enganar. Devemos estar alertas e não aceitar nenhuma notícia de que o Senhor retornou. A Relâmpago do Oriente está testificando que o Senhor retornou e está fazendo obra nova, e muitos crentes de várias igrejas a aceitaram. Até pregadores de longa data foram roubados pela Relâmpago do Oriente. Vocês são imaturos na vida, então fiquem longe de estranhos para não serem enganados pela Relâmpago do Oriente”.

Quando ouvi que a Relâmpago do Oriente estava dizendo que o Senhor tinha retornado e que muitos pregadores a tinham aceitado, fiquei perplexa e pensei: “Esses pregadores entendem a Bíblia e sabem no que creem. Aceitar a Relâmpago do Oriente não é coisa simples para eles. Poderia existir verdade a ser buscada na Relâmpago do Oriente? Tenho ansiado pela vinda o Senhor por anos. Se Ele realmente retornou e eu não buscar nem investigar, o que farei se Ele me abandonar?” Mas eu pensava no que o presbítero Xu tinha dito, que falsos cristos aparecerão nos últimos dias. Eu não podia ser enganada! Eu estava num dilema e não sabia o que fazer, então orei em meu coração: “Devo ouvir a Relâmpago do Oriente se alguém dessa igreja pregar a mim? Senhor Jesus, por favor, ilumina-me e guia-me”. Então, me lembrei disto na Bíblia: “porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei. De modo que com plena confiança digamos: O Senhor é quem me ajuda, não temerei; que me fará o homem?” (Hebreus 13:5-6). De imediato, senti paz no coração. Com o Senhor ao meu lado, não havia nada a temer. Contanto que eu orasse ao Senhor, ele me orientaria para discernir falsos cristos. Ouvir não faria mal nenhum.

Certo dia, numa reunião, o presbítero Xu voltou a falar sobre ter cuidado com a Relâmpago do Oriente, ressaltando sem parar como cristos falsos enganam as pessoas, instruindo-nos a ficar longe de estranhos. Então, a irmã Qian disse: “Presbítero Xu, por que está dizendo que devemos ficar longe de estranhos? Você sempre diz que o Senhor virá nos buscar em breve, que Ele já está com o pé na porta. A Relâmpago do Oriente testifica que Ele retornou e está expressando a verdade. Não é a vontade do Senhor que os ouçamos e investiguemos isso? A Bíblia diz: ‘Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo’ (Romanos 10:17). “A fim de determinar se a Relâmpago do Oriente é o retorno do Senhor, primeiro devemos ouvir seus sermões. Se não ouvirmos e nos afastarmos deles, como saberemos se a Relâmpago do Oriente é verdadeira ou não? Se realmente for o retorno do Senhor, você não estaria nos impedindo de nos voltar para o Senhor?” Então, a irmã Zong disse: “O Senhor Jesus disse: ‘Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á’ (Mateus 7:7). O Senhor quer que oremos e busquemos mais as coisas que não entendemos. Contanto que busquemos de coração aberto, Ele nos ouvirá e nos guiará”. “Ouvimos o evangelho do retorno do Senhor, mas não estamos investigando nem buscando a vontade do Senhor em oração. Isso contraria Seus ensinos, como, então, poderíamos acolhê-Lo?

As duas irmãs deixaram o presbítero Xu sem palavras, e ele não teve desculpas. O que as irmãs disseram estava certo. Deveríamos investigar pessoalmente a Relâmpago do Oriente. Também fiquei surpresa. A irmã Zong sempre foi muito tímida e raramente se manifestava, mas ela tinha encontrado a coragem de discutir com o presbítero. Ela também tinha evidências bíblicas sólidas que ninguém podia refutar. Foi incrível! Como as ideias e percepções daquelas irmãs tinham ficado tão boas? Elas tinham aceitado a Relâmpago do Oriente? A vinda do Senhor era um assunto muito importante. Eu precisava ter clareza, então decidi perguntar a elas.

No dia seguinte, perguntei à irmã Zong se ela tinha aceitado a Relâmpago do Oriente. Ela confirmou e disse: “O Senhor retornou como Deus Todo-Poderoso. Ele expressa todas as verdades que nos purificam e nos salvam e faz a obra de julgamento para desarraigar nossa natureza pecaminosa e purificar nossa corrupção e para nos salvar do pecado de uma vez por todas”. Quando a ouvi dizer isso, senti que precisava ouvir o que a Relâmpago do Oriente tinha a dizer. Ela arranjou para que eu recebesse comunhão da Igreja de Deus Todo-Poderoso.

Quando o dia chegou, contei sobre todas as minhas confusões ao irmão da Igreja de Deus Todo-Poderoso. “O Senhor Jesus disse: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). O presbítero Xu diz que falsos cristos aparecerão nos últimos dias quando o Senhor retornar, que todas as notícias da vinda do Senhor são falsas e que não devemos investigar nenhuma delas. Não acredito que proteger-se tanto seja a vontade do Senhor. E se não investigarmos e não O acolhermos, e o Senhor nos abandonar? Mas também tenho medo de ser enganada. Quando alguém prega o retorno do Senhor, o que devemos fazer? Realmente quero entender isso”.

O irmão sorriu e disse: “Todos nós temos medo de nos desviar e ser enganados por falsos cristos. É normal ter essa preocupação. Mas de que serve o medo? O medo pode resolver nossos problemas? “Para entender isso e saber o que fazer, devemos entender a vontade do Senhor por trás de Suas palavras. Ele disse essas palavras para que pudéssemos discernir falsos cristos e não fôssemos enganados. Ele não as disse para que rejeitássemos tudo, incluindo o retorno do Senhor. Ele não diz apenas que falsos cristos aparecerão nos últimos dias, mas também como podemos discerni-los. O Senhor disse: “Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mateus 24:24). As palavras do Senhor são claras. Falsos cristos confiam em sinais e prodígios para enganar as pessoas. Agora que conhecemos as características dos falsos cristos, basta sermos cautelosos, e não seremos enganados. Tirar esse versículo do contexto e interpretar erroneamente as palavras do Senhor, condenando toda notícia sobre a vinda do Senhor como falsa, sem investigar, não é negar e condenar o retorno do Senhor?”

Isso me deixou chocada. “Isso é verdade, não é?”, pensei. “O Senhor predisse a vinda Dele, mas tiramos esse versículo do contexto, condenando toda notícia de Seu retorno como falsa. Estivemos condenando o retorno do Senhor!”

O irmão continuou sua comunhão: “O Senhor Jesus nos disse: ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!’ (Mateus 25:6). ‘Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo’ (Apocalipse 3:20).” “Podemos ver que, quando o Senhor retornar, algumas pessoas ouvirão Sua voz primeiro e depois pregarão e testificarão sobre ela. Isso é o Senhor batendo à nossa porta”. “Se ouvirmos o que os pastores dizem e excluirmos qualquer um que testifique que o Senhor retornou e não abrirmos nossos olhos e ouvidos, poderemos ouvir Sua voz e acolhê-Lo? Isso não seria dar um tiro no próprio pé?”

Enquanto ouvia, pensei que aquilo que ele dizia estava de acordo com a Bíblia e a vontade do Senhor. O caso era que o Senhor estava nos dizendo que falsos cristos enganam as pessoas exibindo sinais e prodígios, que deveríamos discerni-los, mas não ser passivos e nos proteger contra todos. As palavras do Senhor eram tão claras, como eu não tinha enxergado isso antes? O pastor e os presbíteros leram esses versículos tantas vezes, mas além de não só não mencionar esse princípio, também distorceram esse versículo e interpretaram a Bíblia erroneamente, dizendo que toda notícia do retorno do Senhor era falsa. Agora, parecia que não entendiam nada da Bíblia. Mesmo assim, nos mandavam manter distância de estranhos e não nos deixavam buscar o evangelho do retorno do Senhor. Se Ele realmente tinha retornado, eu não O estava excluindo? Isso é tão perigoso!

Então o irmão pegou um livro e disse: “Leiamos as palavras de Deus Todo-Poderoso para entender melhor como os falsos cristos enganam as pessoas. Deus Todo-Poderoso diz: ‘Se agora aparecesse alguém capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar milagres e se essa pessoa afirmasse que ela é Jesus que veio, então isso seria a fraude dos espíritos malignos e sua imitação de Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. A etapa da obra de Jesus já foi concluída e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. […] Nas concepções do homem, Deus deve sempre realizar milagres, curar os doentes, expulsar os demônios e sempre ser igual a Jesus, mas desta vez Deus não é nada assim. Se, nos últimos dias, Deus ainda realizasse milagres, expulsasse demônios e curasse os doentesse Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesusentão Deus estaria repetindo a mesma obra, e a obra de Jesus não teria significado ou valor. Assim, Deus realiza uma etapa de obra em cada era. Uma vez que cada etapa de Sua obra foi concluída, logo é imitada por espíritos malignos e quando Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus muda Seu método. Uma vez que Deus completou uma etapa de Sua obra, ela é imitada por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês’” (‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Quando terminou, o irmão disse: “Deus é sempre novo e nunca velho, e Ele nunca repete Sua obra. Na Era da Lei, Deus emitiu as leis e os mandamentos para guiar a vida do homem na terra e ensinar a ele como adorá-Lo. Quando o Senhor Jesus veio na Era da Graça, Ele não fez a mesma obra. Fez a obra de redenção sobre o fundamento da obra da Era da Lei. Ele falou do caminho do arrependimento, curou os enfermos e expulsou demônios e mostrou sinais e prodígios. Por fim, foi crucificado como oferta pelo pecado, assim redimindo a humanidade do pecado”. “Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias para fazer a obra do julgamento, a começar pela casa de Deus, sobre o fundamento da obra de redenção de Jesus. Ele expressa todas as verdades que purificam e salvam o homem, desarraigando as causas do pecado, que são nossos caracteres e natureza satânicos, para que sejamos purificados do pecado de uma vez por todas e sejamos levados ao Seu reino”. “Isso mostra que a obra de Deus sempre avança e que Ele continua expressando a verdade e operando para salvar o homem com base em suas necessidades. Se o Senhor viesse nos últimos dias e fizesse de novo a obra da Era da Graça, curando os enfermos e expulsando demônios, a obra de Deus não avançaria, e a obra do Senhor Jesus perderia o sentido. É por isso que, quando Ele voltar nos últimos dias, ele não mostrará sinais e prodígios, não curará os enfermos nem expulsará demônios. Se alguém mostrar sinais e prodígios, fingindo ser o Senhor retornado, com certeza são falsos cristos tentando enganar as pessoas”. “Falsos cristos são diabos e espíritos malignos que fingem ser Cristo. Eles não podem expressar a verdade, muito menos fazer a obra de salvar o homem. Tudo que podem fazer é andar atrás de Deus, imitando Sua obra, e mostrar prodígios simples para enganar as pessoas”. “Mas os prodígios cheios da autoridade de Deus que o Senhor Jesus mostrou, como ressuscitar os mortos, alimentar os cinco mil e acalmar o vento e o mar, isso não pode ser feito por falsos cristos”. “Quando conhecemos a obra de Deus e sabemos discernir a essência e as táticas enganosas dos cristos falsos, não somos enganados por eles”.

Após ouvir as palavras de Deus Todo-Poderoso, entendi um pouco sobre a verdade de discernir falsos cristos. Deus é sempre novo e nunca velho e nunca repete Sua obra. A obra de redenção do Senhor Jesus foi completada, então, quando Ele retornar, não fará a mesma obra de novo. Falsos cristos não podem expressar a verdade nem fazer a obra de Deus. Tudo que podem fazer é imitar a obra passada de Deus e enganar as pessoas com sinais e prodígios simples. O Senhor disse: ‘Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios’, e agora entendo o que Ele quis dizer.

O irmão continuou: “Deus Todo-Poderoso é muito claro sobre a verdade de como discernir o Cristo verdadeiro dos falsos cristos e nos mostra o princípio chave para distingui-los. Acima de tudo, devemos entender o que é a encarnação e conhecer a essência de Cristo. Quando conhecermos Cristo, discerniremos naturalmente os falsos cristos”. Então o irmão leu algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso. “Aquele que é Deus encarnado há de possuir a essência de Deus, e Aquele que é Deus encarnado há de possuir a expressão de Deus. Uma vez que Deus Se torna carne, Ele há de levar adiante a obra que intenciona fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele há de expressar o que Ele é e de ser capaz de trazer a verdade ao homem, de conceder-lhe vida e de lhe indicar o caminho. A carne que não contém a essência de Deus decididamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Se o homem pretende inquirir se é a carne de Deus em pessoa, então ele deve corroborar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele profere. O que quer dizer que, para corroborar se é ou não a carne de Deus em pessoa, e se é ou não o verdadeiro caminho, deve-se discriminar-se com base em Sua essência. E assim, ao determinar se é a carne do Deus em pessoa, a chave está em Sua essência (Sua obra, Suas declarações, Seu caráter e muitos outros aspectos), em vez de na aparência exterior” (‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos aqueles que personificam Cristo cairão porque, embora aleguem ser Cristo, nada possuem da substância de Cristo. E por isso Eu digo que a autenticidade de Cristo não pode ser definida pelo homem, mas é respondida e decidida pelo Próprio Deus” (‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Então, o irmão disse: “Podemos ver claramente nas palavras de Deus Todo-Poderoso que Cristo é Deus encarnado, que Ele é Deus do céu revestido de carne como o Filho do homem, vindo para operar entre os homens. Cristo possui tanto humanidade normal como divindade completa. Ele pode parecer comum, mas a essência Dele é divina. É por isso que Ele pode expressar a verdade, falar com a voz de Deus, salvar a humanidade e expressar o caráter de Deus e o que Ele tem e é. Cristo pode sempre expressar a verdade para sustentar e guiar as pessoas e mostrar-lhes a senda da prática. Isso é determinado pela essência de Cristo”. “Para saber se alguém é Cristo ou não, devemos determinar isso com base em suas palavras, obra e caráter. O Senhor Jesus foi a encarnação de Deus. Ele iniciou a Era da Graça e encerrou a Era da Lei. Ele expressou a verdade e concedeu ao homem o caminho do arrependimento, expressou o caráter amoroso e misericordioso de Deus e foi crucificado para fazer Sua obra de redenção. Sua obra e palavras nos mostram que Ele supriu o que o espírito das pessoas necessitava e deu às pessoas uma senda para a nova era. Ele lhes ensinou a confessar e se arrepender, a amar o próximo, a ser tolerante e paciente, a perdoar setenta vezes sete, a amar a Deus de todo coração e de toda a mente e assim por diante. Sentimos paz e alegria quando oramos ao Senhor. Quando confessamos e nos arrependemos a Ele, nossos pecados são perdoados. Quando agimos segundo Suas palavras, Ele nos elogia e abençoa. Suas palavras, Sua obra e o caráter que expressa nos mostram que Ele é Cristo, o Redentor da humanidade. Agora, Deus Todo-Poderoso veio para fazer a obra do julgamento, a começar pela casa de Deus. Ele expressa todas as verdades que purificam e salvam o homem, e Ele iniciou a Era do Reino e encerrou a Era da Graça”. “Deus Todo-Poderoso expressa a verdade e revela os mistérios de Seu plano de gestão para salvar o homem, o propósito de Seus três estágios de obra e os mistérios de Seus nomes e encarnações. Também a diferença entre a obra de Deus e o trabalho do homem, entre a obra do Espírito Santo e o trabalho de espíritos malignos, entre o Cristo verdadeiro e os falsos cristos e muito mais. Ele revela a raiz das trevas e da maldade do mundo, a natureza satânica do homem que resiste a Deus e nossos diversos estados corruptos. Ele expõe os caracteres corruptos no homem, tais como arrogância, egoísmo, engano, maldade e ganância. Ele também nos mostra a senda para sermos purificados e para que verdades devemos praticar nossa entrada, por exemplo, como ser honestos, como obedecer, amar e reverenciar a Deus, como servir de acordo com a vontade de Deus, como nos livrar dos caracteres corruptos e muito mais”. “Por meio do julgamento das palavras de Deus, os escolhidos de Deus entendem algumas verdades. Eles veem como foram corrompidos por Satanás e reconhecem o caráter justo e a essência santa de Deus. Então começam a reverenciar a Deus e a praticar Suas palavras e se livrar de seus caracteres corruptos, e, aos poucos, seu caráter de vida muda. O fato de Deus Todo-Poderoso expressar a verdade, fazer a obra de julgamento e expressar Seu caráter justo e majestoso prova que Ele é Deus encarnado, Cristo dos últimos dias. Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado!” “Falsos cristos são possuídos por espíritos malignos e são, na verdade, espíritos malignos. Eles não podem iniciar uma nova era e encerrar uma antiga. Não podem expressar as palavras de Deus nem revelar os mistérios da obra de gestão de Deus. Não podem fazer a obra de julgar, purificar e mudar o homem. Só podem imitar parte da obra passada de Deus e mostrar alguns simples prodígios. Eles interpretam a Bíblia erroneamente e falam doutrinas espúrias ou dizem coisas que agradam às noções carnais do homem para enganar as pessoas. As pessoas que lhes dão ouvidos acabam num beco sem saída e não recebem nada. Se sentem mais sombrias por dentro até serem levadas por Satanás e espíritos malignos”.

Então, a irmã Zong disse: “Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Cristo pode expressar a verdade, sustentar a vida das pessoas e mostrar o caminho”. “Falsos cristos são espíritos malignos que não podem expressar a verdade nem sustentar a vida das pessoas, e não podem mostrar o caminho às pessoas. Tudo que podem fazer é mostrar prodígios e dizer coisas que atendam às noções das pessoas para enganá-las. Nas palavras de Deus, temos uma senda para discernir o Cristo verdadeiro dos falsos cristos, e não precisamos ter medo de ser desviados por ninguém”.

Com base nas palavras de Deus Todo-Poderoso, ambos comunicaram com muita clareza sobre o que é Cristo e como discernir falsos cristos. Meu coração se encheu de luz. Para determinar se alguém é Cristo e o Senhor retornado, a chave é analisar sua essência, ver se ele pode expressar a verdade e as palavras de Deus e fazer a obra de salvar o homem. Isso é crucial. Somente alguém que pode expressar a verdade e fazer a obra de salvar o homem é Deus encarnado. Somente alguém que pode fazer a obra de julgamento para purificar e salvar o homem é Cristo dos últimos dias. Aquele que não consegue expressar a verdade ou fazer a obra de Deus, que se autodenomina Cristo ou Deus, é um falso cristo, uma falsificação que vem para enganar as pessoas. É um jeito muito simples e preciso para discernir o Cristo verdadeiro dos falsos cristos! Se Deus Todo-Poderoso não tivesse revelado essas verdades e mistérios, eu nunca os teria conhecido, por mais que lesse a Bíblia ou ouvisse os pastores.

O irmão continuou: “O Senhor Jesus disse: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por Si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras’ (João 16:12-13).” “O Espírito da verdade veio como Deus Todo-Poderoso na carne. Ele revela todas as verdades e mistérios necessários para o homem alcançar salvação, e é só por meio de Suas palavras que podemos entender a verdade e ter a senda certa para praticar”. O irmão comunicou muito mais depois disso. Eu nunca tinha ouvido nada disso em meus anos de fé. Entendi mais naquele dia do que em todos os anos crendo no Senhor. Não surpreende que as pessoas dizem que os sermões da Relâmpago do Oriente são tão bons. Tudo vinha das palavras de Deus Todo-Poderoso! Perguntei ao irmão: “Quando custa A Palavra manifesta em carne?” Eu gostaria de comprar uma cópia e ler pessoalmente”. Ele sorriu e disse: “É de graça. Deus disse: ‘A quem tiver sede, de graça lhe darei a beber da fonte da água da vida’ (Apocalipse 21:6).” “Deus ama o homem e, para salvar o homem do império de Satanás de uma vez por todas, Ele nos dá livremente. Enquanto quisermos buscar a verdade, Ele nos concede Suas palavras gratuitamente”. Fiquei tão comovida. Só Deus poderia nos amar e prover a nós de modo tão altruísta. Então, o irmão me deu uma cópia de A Palavra manifesta em carne.

Depois disso, li avidamente as palavras de Deus Todo-Poderoso todos os dias. Quanto mais lia, mais recebia delas e as prezava. Senti as palavras de Deus entrarem em meu coração. Confusões que tive em minha fé havia muito tempo foram resolvidas. Fiquei encantada e emocionada. Percebi que todos aqueles bons crentes que tinham aceitado a Relâmpago do Oriente tinham visto a verdade e ouvido a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso e O reconheceram como Deus encarnado, como o Senhor Jesus retornado, e então seguiram a obra de Deus dos últimos dias sem hesitação. Todos eles são as virgens sábias! Eu tinha sido enganada pelas noções e pelas bobagens ditadas pelo pastor e presbíteros da minha igreja, crendo que qualquer notícia da vinda do Senhor era falsa e não ousando investigá-la. Quase perdi a chance de acolher o Senhor. Fui tão estúpida! Mas Deus não me abandonou. Por meio das comunhões dos irmãos e irmãs, Ele me mostrou como discernir falsos cristos, então ouvi Sua voz, me convenci em relação à obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e acompanhei o Cordeiro. Eu agradeço a Deus por Sua salvação para mim!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Ouça! Quem é este que fala?

Por Zhou Li, China Para uma pregadora da igreja, não existe nada mais doloroso do que o empobrecimento espiritual e não ter o que pregar....

Eu vi o pergaminho aberto

Quando aceitei o Senhor, descobri a origem de tudo e a fonte da corrupção humana lendo a Bíblia. Aprendi como Deus Jeová emitiu a lei e os...