Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Sinais da volta de Jesus apareceram: como o Senhor virá?

56

Queridos irmãos e irmãs:

Olá, todos vocês. Estou muito feliz em vê-los aqui. Primeiro, demos graças a Deus por preparar essa oportunidade para nós, e que Deus nos guie e opere entre nós.

Irmãos e irmãs, após a ressurreição e ascensão do nosso Senhor Jesus, todos nós que cremos no Senhor ansiamos que Ele retorne em breve a fim de realizar nossos desejos de muitos anos e para que possamos receber Sua promessa e desfrutar Suas bênçãos. Especialmente nos últimos dias, nosso desejo de ver o retorno do Senhor é ainda mais urgente. Agora as profecias do retorno do Senhor já foram basicamente cumpridas, e todos nós temos visto ou ouvido das frequentes ocorrências de todos os tipos de desastres em todas as nações do mundo. Além disso, eles não têm precedentes históricos, e desastres estão ocorrendo por toda parte, como enchentes, secas, terremotos, pragas e guerras. O estado do mundo também está em crise, e há guerras e ataques terroristas frequentes. Além do mais, os sermões dos pastores e presbíteros na igreja nada mais são do que chavões obsoletos sem qualquer luz nova. Muitos crentes ouvem esses sermões e não sentem qualquer prazer, e desolação toma o lugar de fé e amor. Isso não é precisamente a situação em que a profecia do Senhor deve se cumprir? O Senhor Jesus disse: “Da figueira, pois, aprendei a parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão. Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas” (Marcos 13:28-29). Todos nós sabemos que essa passagem se refere à reemergência de Israel. Israel reemergiu várias décadas atrás, a figueira tem produzido folhas tenras, e as profecias do retorno do Senhor Jesus basicamente se cumpriram. Irmãos e irmãs, já que essas profecias basicamente já se cumpriram, por que, então, não vimos o Senhor Jesus descer numa nuvem branca? É possível que Ele tenha esquecido a promessa que fez dois mil anos atrás? Certamente não, pois Deus é fiel, e Suas palavras são fiéis e confiáveis; quando Ele professa uma palavra, ela necessariamente se cumprirá de acordo com Seus planos e com a promessa que Ele fez ao homem. Como está registrado na Bíblia: “Aquele que há de vir virá, e não tardará” (Hebreus 10:37). Na verdade, o Senhor Jesus encarnou há muito tempo e desceu secretamente em nosso meio de acordo com Sua promessa, e agora Ele realiza uma nova obra. Mas alguns irmãos e irmãs acreditam que está claramente registrado na Bíblia: “Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). Acreditam que, já que o Senhor ressurgiu e ascendeu para o Céu numa nuvem branca, quando Ele retornar, Ele certamente descerá numa nuvem branca no céu e todos poderão vê-Lo. E então perguntam: como podemos dizer que o Senhor já encarnou e desceu em segredo? E, perguntam, se este for o caso, como se cumprirá a profecia de que o Senhor descerá numa nuvem branca? É sobre esta questão que comunicaremos agora.

De fato, o Senhor nos prometeu que Ele desceria numa nuvem, e isso é certo. Mas existem muitas passagens na Bíblia que profetizam o retorno do Senhor. Através de um estudo cuidadoso da Bíblia, é fácil ver que as profecias referentes ao retorno do Senhor Jesus nos últimos dias apresentam duas partes principais. Uma parte contém profecias relacionadas à descida do Senhor em segredo, e a outra parte contém profecias relacionadas à descida do Senhor numa nuvem e ao Senhor se revelando abertamente. Vejamos primeiro algumas profecias que dizem respeito à vinda do Senhor em segredo. Por favor, abrem a Bíblia no versículo 15 do capítulo 16 do livro de Apocalipse: “Eis que venho como ladrão”. Leiamos agora o versículo 3 no capítulo 3: “Se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei”. E temos também o evangelho de Mateus, capítulo 24, versículo 44, que diz: “Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem”. Estes são apenas alguns exemplos. Irmãos e irmãs, as palavras “como ladrão” e “hora em que não penseis” escritas nessas passagens estão dizendo que, quando o Senhor retornar, Ele descerá em segredo e virá em silêncio. “Filho do homem” certamente se refere a alguém que nasce do homem e a uma carne que possui humanidade normal. Certamente, o Espírito não pode ser chamado o Filho do homem; apenas a carne de Deus encarnado pode ser chamado Filho do homem que, como o Senhor Jesus, é carne nascida de homem, sendo tangível e visível. Com base nessas profecias, podemos, então, afirmar que o Senhor Jesus tem retornado ao descer em segredo como o Filho do homem encarnado para realizar Suas obras e aparecer entre a humanidade.

Vejamos agora as profecias referentes ao Senhor descendo numa nuvem e aparecendo abertamente. Irmãos e irmãs, por favor, abram sua Bíblia no versículo 7 do capítulo 1 de Apocalipse: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém”. E Mateus, capítulo 24, versículo 30, diz: “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória”. Essas duas passagens das Escrituras nos mostram que, quando cada olho vê o Senhor vindo com nuvens, as pessoas não se regozijam e se sentem felizes, em vez disso, todas as tribos se lamentarão. Irmãos e irmãs, todos nós ansiamos pelo retorno do Senhor Jesus, mas por que as pessoas se lamentam quando Ele retorna? Já tendo pregado sobre essa questão, confio que todos nós entendemos isso. Já que a obra de Deus encarnado para salvar o homem em segredo terminou, aqueles que se recusaram a aceitar a obra de Deus enquanto Sua encarnação operava em segredo e que O julgaram e condenaram e resistiram a Ele veem que aquele que eles condenaram e resistiram é, de fato, o Senhor Jesus retornado, por isso, batem no peito e açoitam as costas, eles choram e rangem os dentes, e assim se manifesta na terra uma visão de todas as tribos que se lamentam. Portanto, o momento em que vemos o Senhor aparecendo abertamente numa nuvem é o tempo em que Deus recompensará os bons e punirá os ímpios.

Agora, a esta altura, certamente haverá alguns irmãos e irmãs que perguntarão: “Então as profecias referentes ao retorno do Senhor são que Deus encarnará como o Filho do homem e virá em segredo e que Ele descerá abertamente numa nuvem – isso não é uma contradição? Como essas profecias poderão se cumprir?” Na verdade, essas profecias realmente parecem contradizer uma à outra, mas não é o que acontece, pois a sabedoria de Deus está envolvida aqui. Esses dois tipos de profecias nos mostram que a obra de Deus possui planos e estágios; primeiro, Deus encarna e opera em segredo para salvar a humanidade e, quando sua obra estiver completa, Deus se revelará abertamente a todos os povos e nações, e esse momento é quando Ele recompensará os bons e punirá os ímpios. Para que todos possam entender isso melhor, leiamos uma passagem da Bíblia. Por favor, abram a Bíblia em Lucas, capítulo 17, versículos 26 a 30. Eu lerei para vocês: “Como aconteceu nos dias de Noé, assim também será nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e os destruiu a todos. Como também da mesma forma aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os destruiu a todos; assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar”. Irmãos e irmãs, a descrição dessa passagem do estado da humanidade no dia da aparição do Filho do homem é exatamente igual ao estado da humanidade quando Noé e Ló estavam vivos. Como todos sabemos, antes da chegada do dilúvio, Deus falou a Noé em segredo sobre o dilúvio que destruiria o mundo, e Ele ordenou que Noé construísse a arca. Enquanto Noé estava construindo a arca, ele compartilhou a palavra sobre o dilúvio que destruiria o mundo com os outros. Mas já que as pessoas daquele tempo não tinham testemunhado esse fato com seus próprios olhos, elas não acreditaram em Noé, e elas o atacaram e o ridicularizaram, dizendo que ele estava louco. Mas quando viram o dilúvio chegar, que era o dia da punição do homem por Deus, todos ficaram perplexos e odiaram a si mesmos por não terem acreditado no evangelho que Noé tinha pregado. Mas, àquela altura, já era tarde demais. O tempo em que Ló viveu era igual. Antes de fogo e enxofre caírem do céu, Deus falou à Ló em segredo por meio de dois anjos sobre a destruição iminente de Sodoma e Gomorra e, após Ló entender isso, ele compartilhou essa notícia com seus genros. Mas já que não tinham visto esse fato com seus próprios olhos, eles não acreditaram em Ló. E quando fogo e enxofre caíram do céu, eles se arrependeram de seus atos e odiaram a si mesmos por não acreditarem naquilo que Ló tinha lhes contado. Irmãos e irmãs, os dias de Noé e Ló nos mostram que, quando Deus opera em segredo, Ele o faz para salvar a humanidade, e quando Seus alertas se realizam, a punição de Deus vem sobre a humanidade. É também assim que são os dias da vinda do Filho do homem. Nos últimos dias, Deus mais uma vez se veste em carne e vem em segredo portando Seu caráter inerente e todo que Ele é, Ele encarna como o Filho do homem e expressa Suas palavras para conquistar, aperfeiçoar e ganhar um grupo de pessoas, usando ao mesmo tempo esse grupo de pessoas para pregar Sua salvação dos últimos dias. Durante esse período, não veremos o espetáculo do Senhor aparecendo abertamente numa nuvem. Quando Deus completar um grupo de vencedores e a obra da vinda secreta do Deus encarnado estiver concluída, grandes desastres cairão imediatamente, e Deus aparecerá abertamente para punir os ímpios e recompensar os bons, e Ele separará cada pessoa segundo a sua espécie. Em outras palavras, o estágio secreto da obra de Deus Todo-Poderoso é para salvar e aperfeiçoar aqueles que aceitam a verdade, e quando Ele aparecer abertamente, Ele punirá aqueles que não aceitam a verdade. Todos que buscam a verdade em humildade e que são capazes de aceitar a verdade aceitarão a obra de salvação de Deus dos últimos dias durante o período da obra secreta de Deus, eles retornarão para diante do trono de Deus, e Deus fará deles vencedores. Mas aqueles que não aceitam a verdade e que, durante o período da obra secreta de Deus, confiam em sua própria natureza arrogante e presunçosa e que cegamente condenam e resistem à obra de Deus, ao ponto de até atacar e blasfemar contra Deus, Deus os classificará entre os ímpios, e aquilo que os espera será a punição justa de Deus.

Irmãos e irmãs, já vimos que as profecias na Bíblia sobre o retorno do Senhor basicamente se cumpriram. Deus Todo-Poderoso é Jesus retornado; ele é o Cordeiro que abre o pergaminho como profetizado em Apocalipse, e Ele é verdadeiramente Aquele que temos ansiado por tanto tempo. Muito tempo atrás, ele abriu os sete selos e abriu o pergaminho, e Ele revelou ao homem todos os mistérios que ninguém, ao longo de todas as eras, jamais entendeu. A obra da vinda secreta de Deus Todo-Poderoso está agora prestes a ser encerrada, e em breve ele aparecerá abertamente – logo a obra de Deus alcançará sua conclusão gloriosa. Se pudermos buscar, estudar e aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias de forma positiva e proativa e acompanhar o ritmo dos passos do Cordeiro, então ainda há uma chance de sermos salvos e aperfeiçoados por Deus. Se formos incapazes de aceitar a obra de salvação de Deus Todo-Poderoso, então, quando vermos o Senhor descer numa nuvem branca, será tarde demais para nos arrependermos. Leiamos agora as palavras de Deus Todo-Poderoso e ouvir Suas palavras de alerta! Deus Todo-Poderoso diz: “Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Será o anúncio do fim do plano de gestão de Deus, e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que “o Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo” estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca. Eles são obstinados demais, confiantes demais em si mesmos, arrogantes demais. Como tais degenerados poderiam ser recompensados por Jesus? A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Conteúdo Relacionado