Aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias por quase um ano. Eu li muitas palavras Dele e afirmei que as palavras de Deus Todo-Poderoso são verdadeiras. Eu agora entendo que apenas experimentando e praticando as palavras de Deus, nossos caracteres corruptos podem ser rejeitados e nossa vida pode crescer gradualmente. No entanto, na maioria das vezes, sou incapaz de praticar as palavras de Deus. Estou ansioso com isso. Como posso resolver isso?

25 de Março de 2021

Palavras de Deus relevantes:

A busca da vida não é algo que se pode apressar; o crescimento da vida não acontece em apenas um dia ou dois. A obra de Deus é normal e prática, e há um processo a que ela se submete necessariamente. O Jesus encarnado levou trinta e três anos e meio para completar a Sua obra de crucificação — o que dizer de purificar o homem e transformar a sua vida, obra da máxima dificuldade? Também não é tarefa fácil criar um homem normal que manifesta Deus. Isso vale particularmente para as pessoas que nasceram na nação do grande dragão vermelho, que são de calibre inferior e exigem um tempo longo da palavra e da obra de Deus. Portanto, não fique impaciente para ver os resultados. Você tem de ser proativo no comer e beber das palavras de Deus e dedicar mais esforço às palavras de Deus. Quando tiver terminado de ler Suas palavras, você deve ser capaz de colocá-las em prática de verdade, crescendo em conhecimento, percepção, discernimento e sabedoria nas palavras de Deus. Dessa forma, você vai mudar sem perceber. Se você for capaz de tomar como seu princípio o comer e beber das palavras de Deus, lendo-as, vindo a conhecê-las, vivenciando-as e as praticando, você chegará à maturidade sem perceber. Há aqueles que dizem que são incapazes de colocar as palavras de Deus em prática, mesmo depois de lê-las. Qual é a sua pressa? Quando alcançar uma certa estatura, você será capaz de colocar Suas palavras em prática. Uma criança de quatro ou cinco anos diria que é incapaz de apoiar ou honrar seus pais? Você deveria ser capaz de saber que altura a sua estatura atual tem. Coloque em prática o que você é capaz de colocar em prática, e evite ser alguém que interrompe a gestão de Deus. Apenas coma e beba das palavras de Deus e tome isso como o seu princípio de agora em diante. Não se preocupe, por enquanto, se Deus pode completar você. Não se aprofunde nisso ainda. Apenas coma e beba das palavras de Deus conforme elas chegam a você, e Deus certamente tornará você completo. No entanto, há um princípio pelo qual você deve comer e beber de Suas palavras. Não o faça cegamente. Ao comer e beber das palavras de Deus, por um lado, busque as palavras que você deve passar a conhecer — isto é, aquelas que se relacionam às visões — e, por outro lado, busque aquilo que você deveria pôr em prática real — no que você deve entrar. Um aspecto tem a ver com o conhecimento, e o outro, com entrar. Tendo compreendido ambos — quando tiver compreendido o que deveria saber e o que deveria praticar — você vai saber como comer e beber das palavras de Deus.

Extraído de ‘A Era do Reino é a Era da Palavra’ em “A Palavra manifesta em carne

Quando as palavras de Deus surgirem, você deveria imediatamente recebê-las e delas comer e beber. Não importa o quanto entenda, o único ponto de vista ao qual você deve se apegar é comer e beber, conhecer e praticar Suas palavras. Isso é algo que você deveria ser capaz de fazer. Não importa o quão grande sua estatura possa se tornar; simplesmente se concentre em comer e beber de Suas palavras. É com isso que o homem deveria cooperar. Sua vida espiritual é principalmente tentar entrar na realidade do comer e beber das palavras de Deus e colocá-las em prática. Não compete a você concentrar-se em qualquer outra coisa. Os líderes de igrejas deveriam ser capazes de orientar todos os seus irmãos e irmãs para que saibam como comer e beber as palavras de Deus. Essa é a responsabilidade de cada um dos líderes de igreja. Sejam jovens ou velhos, todos deveriam considerar o comer e beber das palavras de Deus como tendo grande importância e deveriam ter Suas palavras no coração. Entrar nessa realidade significa entrar na Era do Reino. Hoje, a maioria das pessoas acha que não pode viver sem comer e beber das palavras de Deus, e acha que Suas palavras são frescas independentemente do tempo. Isso significa que elas estão começando a se colocar na trilha certa. Deus usa palavras para fazer Sua obra e prover para o homem. Quando todos ansiarem pelas palavras de Deus e delas tiverem sede, a humanidade há de entrar no mundo de Suas palavras.

Extraído de ‘A Era do Reino é a Era da Palavra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Qualquer que seja o aspecto da realidade da verdade que tenha ouvido, se você se comparar a ele, se você implementar essas palavras na própria vida e as incorporar em sua prática, então você definitivamente ganhará algo e estará fadado a mudar. Se simplesmente encher sua barriga com essas palavras e memorizá-las em sua mente, então você nunca mudará. Enquanto ouve os sermões, você deve ponderar o seguinte: “A que tipo de estado essas palavras se referem? A que aspecto da essência elas se referem? A que assuntos devo aplicar esse aspecto da verdade? Sempre que eu faço algo relacionado a esse aspecto da verdade, estou agindo de acordo com ele? E quando estou colocando isso em prática, meu estado está de acordo com essas palavras? Se não, devo buscar comunhão ou esperar?” Vocês praticam dessa maneira em sua vida? Se não o fazem, então suas vidas estão sem Deus e sem a verdade. Vocês vivem de acordo com letras e doutrinas ou de acordo com seus próprios interesses, confiança e entusiasmo. Aqueles que não possuem a verdade como realidade são os que não têm realidade, e as pessoas que não têm as palavras de Deus como realidade são as que não entraram em Suas palavras. Vocês entendem o que eu estou dizendo? É melhor entendam, mas independentemente de qual seja o seu entendimento delas e de quanto você compreendeu do que ouviu, o crucial é que você seja capaz de introduzir em sua vida o que compreendeu e colocar isso em prática. Só então sua estatura poderá crescer e só então ocorrerão mudanças em seu caráter.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo”

O problema comum que existe em todas as pessoas é que elas entendem a verdade, mas não a colocam em prática. Isso é porque, por um lado, elas não estão dispostas a pagar o preço e, por outro, porque seu discernimento é inadequado demais; elas são incapazes de ver muitas das dificuldades do dia a dia pelo que são e não sabem como praticar adequadamente. Porque as experiências das pessoas são superficiais demais, seu calibre é pobre demais, e o grau em que compreendem a verdade é limitado, elas não têm como resolver as dificuldades que encontram em sua vida diária. Elas acreditam em Deus apenas em palavra e são incapazes de trazer Deus para o seu dia a dia. Isto é, Deus é Deus, vida é vida, e é como se as pessoas não tivessem relação alguma com Deus em sua vida. Isso é o que todo mundo pensa. Acreditando em Deus assim, as pessoas não serão, na verdade, ganhas nem aperfeiçoadas por Ele. Na verdade, não é que a palavra de Deus não obteve expressão completa, mas, sim, que a capacidade das pessoas de receber Sua palavra é simplesmente inadequada demais. Pode-se dizer que quase ninguém age de acordo com as intenções originais de Deus; antes, sua fé em Deus está de acordo com as próprias intenções, as noções religiosas que sustentavam no passado e o jeito próprio de fazer as coisas. Poucos são aqueles que passam por uma transformação após aceitarem a palavra de Deus e começam a agir de acordo com a Sua vontade. Em vez disso, persistem em suas crenças equivocadas. Quando as pessoas começam a acreditar em Deus, elas o fazem com base nas regras convencionais da religião e vivem e interagem com os outros baseando-se inteiramente em sua própria filosofia de vida. Pode-se dizer que esse é o caso de nove em cada dez pessoas. Há muito poucos que formulam outro plano e viram uma nova página depois que começam a acreditar em Deus. A humanidade não tem considerado a palavra de Deus como verdade, ou, tomando-a como verdade, não a tem colocado em prática.

Extraído de ‘Já que crê em Deus, você deve viver para a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Ao crer em Deus, se as pessoas desejam transformação de seu caráter, elas não devem se separar da vida real. Na vida real, você deve conhecer a si mesmo, renunciar a si mesmo, praticar a verdade e também aprender os princípios, bom senso e regras de conduta própria em todas as coisas antes de ser capaz de alcançar uma transformação gradual. Se você se concentrar apenas no conhecimento teórico e viver apenas em meio a cerimônias religiosas sem entrar profundamente na realidade, sem entrar na vida real, você nunca entrará na realidade, você nunca conhecerá a si mesmo, a verdade ou a Deus, e você será para sempre cego e ignorante. A obra de Deus de salvar as pessoas não é permitir que elas vivam vidas humanas normais depois de um curto período, nem é transformar suas noções e doutrinas errôneas. Antes, Seu propósito é mudar o caráter antigo das pessoas, mudar todo o seu antigo jeito de viver, e mudar todos os seus modos de pensar e sua perspectiva mental ultrapassados. Concentrar-se apenas na vida da igreja não mudará os velhos hábitos de vida das pessoas nem os velhos modos como viveram por muito tempo. Não importa o que aconteça, as pessoas não devem se desligar da vida real. Deus pede que as pessoas vivam a humanidade normal na vida real, não apenas na vida da igreja; que vivam a verdade na vida real, não apenas na vida da igreja; e que realizem suas funções na vida real, não apenas na vida da igreja. Para entrar na realidade, é preciso direcionar tudo para a vida real. Se, ao acreditar em Deus, as pessoas não puderem chegar a se conhecer por meio da entrada na vida real, se não puderem viver a humanidade normal na vida real, então elas se tornarão fracassos. Todos aqueles que desobedecem a Deus não podem entrar na vida real. Todas são pessoas que falam de humanidade, mas vivem a natureza de demônios. Todas são pessoas que falam da verdade, mas, ao invés disso, vivem doutrinas. Os que são incapazes de viver a verdade na vida real são os que acreditam em Deus, mas são detestados e rejeitados por Ele. Você tem de praticar sua entrada na vida real, conhecer suas próprias deficiências, desobediência e ignorância, e conhecer sua humanidade anormal e suas fraquezas. Dessa forma, seu conhecimento será integrado à sua condição e dificuldades reais. Somente esse tipo de conhecimento é real e pode permitir que você realmente compreenda sua própria condição e alcance a transformação de caráter.

Extraído de ‘Discutindo a vida da igreja e a vida real’ em “A Palavra manifesta em carne”

Desde que as pessoas começaram a crer em Deus, elas têm abrigado muitas intenções incorretas. Quando não está colocando a verdade em prática, você sente que todas as suas intenções estão corretas, mas quando algo acontece com você, verá que há muitas intenções incorretas dentro de você. Assim, quando Deus aperfeiçoa as pessoas, Ele faz com que elas percebam que existem muitas noções dentro delas que estão obstruindo seu conhecimento de Deus. Quando você reconhece que suas intenções estão erradas, se você consegue parar de praticar de acordo com suas noções e intenções e consegue dar testemunho de Deus e permanecer firme em sua posição em tudo o que acontece com você, isso prova que você se rebelou contra a carne. Quando você se rebelar contra a carne, inevitavelmente, haverá uma batalha dentro de você. Satanás tentará fazer com que as pessoas o sigam, tentará e fará com que elas sigam as noções da carne e defendam os interesses da carne — mas as palavras de Deus esclarecerão e iluminarão as pessoas por dentro, e, neste momento, dependerá de você se você seguirá a Deus ou a Satanás. Deus pede que as pessoas coloquem a verdade em prática, principalmente, para lidar com as coisas no interior delas, para lidar com seus pensamentos e noções que não são segundo o coração de Deus. O Espírito Santo toca as pessoas no coração delas e as esclarece e ilumina. Assim, por trás de tudo que acontece, há uma batalha: toda vez que as pessoas colocam a verdade em prática ou praticam o amor a Deus, há uma grande batalha, e embora tudo pareça bem com sua carne, no fundo do coração, uma batalha de vida ou morte está sendo travada — e somente após essa intensa batalha, depois de muita reflexão, a vitória ou a derrota podem ser decididas. Não se sabe se é para rir ou chorar. Muitas das intenções dentro das pessoas estão erradas, ou muito da obra de Deus vai contra as noções delas, e quando as pessoas colocam a verdade em prática, uma grande batalha é travada nos bastidores. Tendo colocado essa verdade em prática, nos bastidores, as pessoas terão derramado incontáveis lágrimas de tristeza antes de finalmente decidirem satisfazer a Deus. É por causa dessa batalha que as pessoas enfrentam sofrimento e refinamento; isso é sofrimento verdadeiro. Quando a batalha vier sobre você, se conseguir realmente ficar do lado de Deus, você conseguirá satisfazer a Deus. Quando se pratica a verdade, é inevitável que se sofra por dentro; se, quando colocam a verdade em prática, tudo dentro das pessoas estivesse certo, elas não precisariam ser aperfeiçoadas por Deus, não haveria batalha, e elas não sofreriam. É por causa das muitas coisas que há dentro das pessoas que elas não são aptas para serem usadas por Deus, e visto que há muito do caráter rebelde da carne, que as pessoas precisam aprender a lição de se rebelar contra a carne com mais profundidade. Isso é o que Deus chama de sofrimento pelo qual Ele pediu que o homem passasse com Ele. Quando você encontra dificuldades, apresse-se e ore a Deus: “Ó Deus! Desejo Te satisfazer, desejo suportar as adversidades finais para satisfazer o Teu coração e, independente de quão grandes sejam os contratempos que eu encontre, ainda assim devo satisfazer a Ti. Mesmo que tenha que desistir de toda a minha vida, ainda assim devo satisfazer a Ti!” Com esta resolução, quando orar deste modo, você conseguirá permanecer firme em seu testemunho. Toda vez que elas colocam a verdade em prática, toda vez que passam por refinamento, toda vez que são testadas e toda vez que a obra de Deus vem sobre eles, as pessoas devem suportar dor extrema. Tudo isso é um teste para as pessoas, e no interior de todas elas há uma batalha. Esse é o preço real que elas pagam. Ler mais das palavras de Deus e ocupar-se mais é uma parte desse preço. É o que as pessoas devem fazer, é sua obrigação e responsabilidade que devem cumprir, mas as pessoas devem deixar de lado aquilo que, no interior delas, precisa ser posto de lado. Se você não fizer isso, então, não importa quão grande seja seu sofrimento externo e o quanto você se ocupe, tudo será em vão! O que quer dizer que apenas as mudanças internas podem determinar se o seu sofrimento externo é valioso. Quando seu caráter interno tiver mudado e você tiver colocado a verdade em prática, então todo o seu sofrimento externo receberá a aprovação de Deus; se não houver mudança em seu caráter interno, não importa o quanto sofra ou o quanto se ocupe externamente, não haverá a aprovação de Deus — e a adversidade que não é confirmada por Deus é em vão. Assim, se o preço que você pagou é aprovado por Deus é determinado por se houve ou não uma mudança em você, se você colocou ou não a verdade em prática e se você se rebelou contra suas próprias intenções e noções para alcançar a satisfação da vontade, do conhecimento e da lealdade a Deus.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você deve saber que tudo que acontece com você é uma grande provação e é o momento em que Deus precisa que você dê testemunho. Embora possam parecer irrelevantes por fora, quando essas coisas acontecem, elas mostram se você ama a Deus ou não. Se você O ama, será capaz de permanecer firme em seu testemunho a Ele, e se você não coloca o amor a Ele em prática, isso mostra que você é alguém que não coloca a verdade em prática, que está sem a verdade e sem vida, e que é palha! Tudo o que acontece com as pessoas acontece quando Deus precisa que elas permaneçam firmes em seu testemunho Dele. Mesmo que nada muito grande esteja acontecendo com você atualmente e você não dê um grande testemunho, cada detalhe de sua vida diária é uma questão de testemunho a Deus. Se você pode ganhar a admiração de seus irmãos e irmãs, de seus familiares e de todos ao seu redor; se, um dia, os incrédulos vierem e admirarem tudo o que você fizer e virem que tudo o que Deus faz é maravilhoso, então você terá dado testemunho. Embora você não tenha percepção e seu calibre seja baixo, por meio do aperfeiçoamento de Deus em você, você é capaz de satisfazê-Lo e de estar atento à Sua vontade, mostrando aos outros que grande obra Ele tem feito em pessoas dos mais baixos calibres. Quando as pessoas vêm a conhecer a Deus e se tornam vencedoras diante de Satanás, leais a Deus em grande medida, então, ninguém tem mais força de caráter do que esse grupo de pessoas, e esse é o maior testemunho. Embora você seja incapaz de fazer um grande trabalho, você é capaz de satisfazer a Deus. Outros não conseguem deixar de lado suas noções, mas você consegue; outros não conseguem dar testemunho de Deus durante suas experiências reais, mas você consegue usar sua estatura real e suas ações para retribuir o amor de Deus e dar um testemunho retumbante Dele. Apenas isso conta como amar realmente a Deus. Se você é incapaz disso, então você não dá testemunho entre seus familiares, entre seus irmãos e irmãs nem perante as pessoas do mundo. Se você não conseguir dar testemunho diante de Satanás, Satanás rirá de você, o tratará como uma piada, como um brinquedo, fará você de bobo com frequência e levará você à loucura. No futuro, grandes provações poderão afligir você — mas hoje, se você amar a Deus com um coração verdadeiro e não se importar com o tamanho das provações à frente, independentemente do que acontecer com você, você conseguirá permanecer firme em seu testemunho, conseguirá satisfazer a Deus; seu coração será consolado e você não terá medo, não importa quão grande seja a provação que encontrar no futuro. Vocês não conseguem ver o que acontecerá no futuro; vocês só podem satisfazer a Deus nas circunstâncias de hoje. Vocês são incapazes de fazer qualquer grande trabalho e devem se concentrar em satisfazer a Deus experimentando Suas palavras na vida real e dando um testemunho forte e retumbante que envergonhe a Satanás. Embora sua carne permaneça insatisfeita e tenha sofrido, você terá satisfeito a Deus e envergonhado a Satanás. Se você sempre praticar dessa maneira, Deus abrirá uma senda diante de você. Quando, um dia, uma grande provação vier, outros cairão, mas você ainda conseguirá se manter firme: por causa do preço que pagou, Deus o protegerá para que você permaneça firme e não caia. Se, geralmente, você consegue praticar a verdade e satisfazer a Deus com um coração que verdadeiramente O ama, então Deus certamente o protegerá durante as provações futuras. Embora você seja tolo, de baixa estatura e de calibre pequeno, Deus não o discriminará. Depende se suas intenções estão certas. Hoje, você consegue satisfazer a Deus: está atento ao mais ínfimo detalhe, satisfaz a Deus em todas as coisas, tem um coração que ama verdadeiramente a Deus, dá seu verdadeiro coração a Deus e, embora haja algumas coisas que você não consegue entender, vem diante de Deus para retificar suas intenções e buscar a vontade de Deus e faz tudo o que é necessário para satisfazer a Deus. Talvez seus irmãos e irmãs abandonarão você, mas seu coração estará satisfazendo a Deus e você não cobiçará os prazeres da carne. Se você sempre praticar dessa maneira, estará protegido quando grandes provações vierem.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em suma, tomar a senda de Pedro na fé de alguém significa caminhar na senda da busca da verdade, a qual também é a senda de conseguir se conhecer verdadeiramente e mudar seu caráter. Só ao caminhar na senda de Pedro a pessoa estará na senda de ser aperfeiçoada por Deus. Deve-se estar certo de como, exatamente, caminhar na senda de Pedro e também de como colocá-la em prática. Primeiro, é preciso deixar de lado as próprias intenções da pessoa, as buscas inadequadas e até a família e todas as coisas da própria carne. É preciso ser devotado de todo o coração; isto é, é preciso devotar-se completamente à palavra de Deus, manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. Foi o que Pedro fez após ver Jesus e é somente praticando dessa maneira que alguém pode alcançar os melhores resultados. Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. Quando lia Suas palavras, Pedro não estava focado em entender as doutrinas, muito menos em obter conhecimento teológico; em vez disso, concentrava-se em compreender a verdade e captar a vontade de Deus, bem como alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus. Ao vivenciar as centenas de provações de Deus, Pedro examinou rigorosamente a si mesmo, comparando-se com cada palavra do julgamento de Deus em relação ao homem, com cada palavra da revelação de Deus ao homem, com cada palavra de Suas demandas ao homem, e se esforçou para sondar o significado daquelas palavras. Com determinação, ele tentou ponderar e memorizar cada palavra que Jesus lhe dissera e alcançou resultados muito bons. Através dessa maneira de praticar, ele foi capaz de alcançar um entendimento de si mesmo a partir das palavras de Deus, e não só veio a entender os vários estados corruptos do homem, como também veio a entender a essência, a natureza e as várias deficiências do homem. Isso é o que significa entender verdadeiramente a si mesmo. Das palavras de Deus, Pedro não só alcançou um entendimento verdadeiro de si mesmo, mas, das coisas expressas nas palavras de Deus — o caráter justo de Deus, o que Ele tem e é, a vontade de Deus para Sua obra, Suas exigências à humanidade —, dessas palavras, ele veio a conhecer Deus completamente. Ele veio a conhecer o caráter de Deus e a Sua essência; ele veio a conhecer e entender o que Deus tem e é, bem como a amabilidade de Deus e as exigências de Deus ao homem. Embora Deus não falasse tanto naquele tempo quanto fala hoje, resultados nesses aspectos, todavia, foram alcançados em Pedro. Isso foi algo raro e precioso. Pedro passou por centenas de provações, mas não sofreu em vão. Ele não só veio a entender a si mesmo a partir das palavras e da obra de Deus, como também veio a conhecer Deus. Além disso, ele se concentrou sobretudo nas exigências de Deus para com a humanidade sob Suas palavras. Em quaisquer que fossem os aspectos que o homem deveria satisfazer a Deus para estar alinhado com a Sua vontade, Pedro foi capaz de dedicar um grande esforço nesses aspectos e alcançar total clareza; isso foi extremamente benéfico em relação à sua entrada. Independentemente do que Deus falasse, contanto que aquelas palavras pudessem se tornar a sua vida e pertencessem à verdade, Pedro frequentemente era capaz de esculpi-las em seu coração para refletir sobre elas e apreciá-las. Após ouvir as palavras de Jesus, ele foi capaz de levá-las a sério, o que mostra que ele estava concentrado sobretudo nas palavras de Deus e verdadeiramente alcançou os resultados no fim. Ou seja, de livre vontade ele foi capaz de pôr as palavras de Deus em prática, de praticar a verdade e alinhar-se com a vontade de Deus perfeitamente, de agir inteiramente de acordo com a intenção de Deus e de desistir de suas opiniões e imaginações pessoais. Dessa forma, Pedro entrou na realidade das palavras de Deus. O serviço de Pedro veio alinhar-se à vontade de Deus basicamente por ele ter feito isso.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

O que é a mudança de caráter?

Palavras de Deus relevantes: A que se refere uma transformação no caráter? Isso acontece quando um amante da verdade, enquanto experimenta...