Meu pastor ficou entre mim e o reino de Deus

22 de Fevereiro de 2022

Por Ruan Wenshan, Vietnã

Em novembro de 2020, um irmão me convidou para participar de uma reunião on-line. Pensei que, na minha igreja, eu sempre ouvia os mesmos sermões antigos, que não forneciam sustento espiritual, e que um pastor estrangeiro talvez fosse melhor num culto on-line. Concordei, com alegria. Ao longo de alguns dias de comunhão, aprendi que o Senhor Jesus tinha retornado e que Ele está expressando verdades e fazendo a obra de julgamento dos últimos dias. Ele veio para purificar e salvar o homem, para que possamos escapar dos laços do pecado, e fazer de nós pessoas que se submetem e adoram a Deus de verdade e levar-nos para o reino de Deus. Os sermões eram maravilhosos e sobre temas que eu nunca tinha ouvido antes, contendo muito esclarecimento novo que realmente me nutria. Compartilhei tudo isso com um irmão que era um parente distante, mas, para minha surpresa, ele não só se recusou a ouvir, como contou tudo para o meu pastor.

O pastor mandou três líderes da igreja para a minha casa para descobrir mais sobre minhas reuniões on-line, a qual denominação pertenciam e de onde era o pastor. Eu lhes disse: “Isso não é uma denominação. O Senhor Jesus retornou e está fazendo a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus. Li muitas das palavras de Deus Todo-Poderoso. Ele nos fala claramente sobre a raiz da pecaminosidade do homem, sobre como escapar do pecado e como ser purificado, e a comunhão dos irmãos também é muito esclarecedora”. Mas os líderes disseram: “Não importa quão bons sejam os sermões. Qualquer notícia sobre o retorno do Senhor é falsa, pois a Bíblia diz: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). O Senhor Jesus nos disse claramente que falsos cristos apareceriam nos últimos dias, portanto, qualquer fé que alega que o Senhor retornou é falsa. Como pôde dar ouvidos a eles?”. Quando disseram isso, pensei que o Senhor Jesus dissera isso para que tivéssemos discernimento sobre falsos cristos, não para que nos protegêssemos a ponto de não acolher o retorno do Senhor. Nas reuniões on-line, o irmão Chen da Igreja de Deus Todo-Poderoso tinha compartilhado verdades sobre discernir falsos cristos e algumas das palavras de Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso diz: “Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria uma fraude produzida pelos espíritos malignos que imita Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. O estágio da obra de Jesus já foi concluída, e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. A obra de Deus é irreconciliável com as noções do homem; por exemplo, o Antigo Testamento predisse a vinda de um Messias, e o resultado dessa profecia foi a vinda de Jesus. Isso já tendo acontecido, seria errado se outro Messias viesse novamente. Jesus já veio uma vez, e seria errado se Jesus viesse novamente desta vez. Existe um nome para cada era, e cada nome contém a caracterização daquela era. Nas noções do homem, Deus deve sempre mostrar sinais e maravilhas, deve sempre curar os doentes e expulsar demônios e deve ser sempre ser igual a Jesus. Mas desta vez, Deus não é nada assim. Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas e ainda expulsasse demônios e curasse os doentes — se Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesus — então Deus estaria repetindo a mesma obra, e a obra de Jesus não teria significado nem valor. Assim, Deus realiza um estágio de obra em cada era. Uma vez que cada estágio de Sua obra foi concluída, logo ele é imitado por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus adota um método diferente. Uma vez que Deus completou um estágio de Sua obra, ele é imitado por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês” (‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”). Sua comunhão me ajudou a ver que, quando o Senhor Jesus disse: “Hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios”, Ele estava-nos dizendo que os falsos cristos enganam as pessoas usando sinais e maravilhas. Portanto, qualquer um que mostra sinais e maravilhas e se chama de Deus deve ser um falso cristo, um espírito maligno. Pois Deus é sempre novo, nunca velho, e Ele nunca repete a Sua obra. Quando o Senhor retornar, Ele não fará a mesma obra, como na Era da Graça. Deus Todo-Poderoso não mostra sinais e maravilhas nos últimos dias, mas expressa verdades para fazer a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus, para purificar e salvar o homem. Deus Todo-Poderoso expressou muitas verdades — Ele é Cristo, o Senhor Jesus retornado. Então retruquei, dizendo: “O Senhor Jesus disse isso para que discerníssemos os falsos cristos. Cristo é Aquele que pode expressar a verdade e fazer a obra da salvação, mas os falsos cristos são espíritos malignos e não podem expressar a verdade. Eles só imitam a obra passada de Deus e mostram uns sinais e maravilhas simples para enganar as pessoas. O Senhor Jesus disse que retornaria e nos instruiu a ficar alertas e esperar. Certamente haverá pessoas que anunciarão Seu retorno, então, se vocês alegarem que tudo isso é falso, vocês não acabarão condenando o retorno do Senhor?”. Eles não souberam responder, então só me ameaçaram, dizendo que, se eu continuasse participando dessas reuniões on-line, minha família não receberia nenhuma ajuda deles. No Vietnã, pedimos as orações do nosso pastor por coisas grandes e pequenas. Se alguém morre, ou ocorre outro evento vital, os pastores sempre ajudam. Se eles não vêm, nenhuma outra pessoa vem para ajudar. Por isso, fiquei um pouco preocupado quando disseram que não ajudariam mais. Como lidaríamos com nossos assuntos de família? Na época, eu não tinha certeza absoluta da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Eu sabia que o clero da igreja estava errado, mas eles ainda tinham um impacto sobre mim, porque eu não entendia muita verdade. Além disso, eu temia ter que lidar com os problemas da vida sem a ajuda do pastor. Mas então pensei que, por meio dessas reuniões, eu tinha visto que todas as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade, que todas elas vêm de Deus. Achei plausível que Ele fosse o Senhor Jesus retornado. E se eu ouvisse os líderes e perdesse a salvação do Senhor nos últimos dias? Eu estava num dilema; não sabia se devia concordar e parar de participar das reuniões on-line.

Eu podia ver como eles estavam tensos. Se eu continuasse participando das reuniões e ouvindo os sermões da Igreja de Deus Todo-Poderoso, eu sabia que eles não desistiriam. Pensei que poderia fingir que concordava e participar em segredo depois que fossem embora, então lhes disse que deixaria de participar dessas reuniões. Mas eles não se contentaram com isso. Insistiram que eu deletasse as informações de contato de pessoas que criam em Deus Todo-Poderoso. Eu não queria, por isso fiquei protelando de propósito, pensando que eles iriam embora se eu me negasse a lhes entregar meu celular. Mas então minha esposa insistiu para que os ouvisse, porque eles estavam fazendo isso por amor. Pensei que, se realmente me amavam, eles deveriam me guiar a investigar a obra de Deus dos últimos dias. Em vez disso, julgaram e condenaram a nova obra de Deus e me impediram de ler as palavras de Deus Todo-Poderoso. Eles não receavam arruinar minha chance de acolher o Senhor? Isso era amor? Estava ficando tarde, mas eles não queriam ir embora; insistiam que eu lhes entregasse meu celular. Finalmente, sem outra opção, eu entreguei, e eles apagaram todo o grupo de irmãos da Igreja de Deus Todo-Poderoso e bloquearam todos eles. E me advertiram de que, se eu os contrariasse e continuasse ouvindo os sermões, eles me expulsariam da igreja. Isso me assustou. Se eu continuasse participando das reuniões e algo acontecesse com a minha família, o que faríamos sem o apoio e a ajuda da igreja? Se minha esposa brigasse comigo por causa disso e saísse de casa, como ficariam nossos filhos? Eu me senti péssimo quando pensei nisso, então me forcei a dizer: “Não participarei mais”. Um dos líderes sorriu e disse: “É isso aí. Continue participando dos cultos da nossa igreja”.

Depois de sair do grupo on-line, não tive escolha senão voltar para a igreja antiga. Na igreja, o pastor sempre falava sobre graça ou ofertas, ou escolhia algum versículo qualquer do qual falar. Ele sempre dizia as mesmas coisas, sem nenhum esclarecimento novo. Às vezes, quando não sabia o que dizer, ele contava uma piada. Isso não era nada benéfico para a minha vida, e alguns crentes até cochilavam durante o culto. E o pastor só orava pelos crentes que faziam ofertas maiores; ignorava aqueles que não tinham como dar muito, e não orava por eles. Ao ver isso, pensei na comunhão dos irmãos nas reuniões on-line. Eles diziam que o mundo religioso é sombrio e que, com Deus fazendo obra nova, o Espírito Santo não está operando nas igrejas da Era da Graça. Sem a obra do Espírito Santo, os sermões dos pastores são secos e repetitivos e não provêm para as pessoas. Refletindo sobre isso, eu sabia, em meu coração, que a igreja não tinha a obra do Espírito Santo. Nossa igreja sempre tivera tanto entusiasmo, mas agora mal conseguíamos nos arrastar até os cultos. Lembrei-me de quanta luz continha a comunhão dos membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso, como aquilo me nutria. Eu tinha ouvido os sermões do pastor por tantos anos, mas ainda não tinha clareza sobre o plano de salvação de Deus, como Ele operava nas Eras da Lei e da Graça, quais eram os frutos de Sua obra ou como Deus julga as pessoas nos últimos dias. Eu só sabia que precisava de fé. Desde que ouvi sobre as palavras de Deus Todo-Poderoso, aprendi sobre todos os mistérios da obra de Deus, e minha comunhão com os outros me ajudou a entender melhor a obra de Deus. Vi que a Igreja de Deus Todo-Poderoso realmente tinha a obra do Espírito Santo e que todas as palavras de Deus Todo-Poderoso eram a verdade. Eu podia ver que era muito plausível que Deus Todo-Poderoso fosse o Senhor Jesus retornado. Lembrando-me de tudo que eu tinha ganhado com as reuniões on-line, meu coração se aqueceu. Pensei comigo que sabia que Deus tinha retornado para fazer obra nova. Se não participasse daquelas reuniões para investigar, eu poderia perder minha chance de ser salvo. Eu queria muito me juntar aos irmãos para mais reuniões, mas eu não podia, pois os líderes tinham apagado todos os contatos. Meu espírito estava faminto, e eu sentia que tinha perdido a coisa mais valiosa da Terra. Eu me sentia péssimo, vazio, e sofria. Orava todos os dias, pedindo que Deus me mostrasse uma saída. E, graças a Deus, Ele ouviu minhas orações. Não demorou, e uma irmã de Laos e outro irmão do Facebook entraram em contato comigo. Eles me disseram que, durante aqueles poucos dias sem contato, estiveram muito preocupados comigo, e tentaram me encontrar. Isso me comoveu muito, e agradeci a Deus. Eu podia sentir o amor de Deus e que Ele realmente faz de tudo pela nossa salvação, que Ele nunca nos abandona! Preocupados de que eu poderia estar me sentindo negativo e fraco, eles me enviaram algumas das palavras de Deus Todo-Poderoso. Uma passagem realmente me impactou. Deus Todo-Poderoso diz: “Deus faz sua obra, Deus cuida de uma pessoa, olha para essa pessoa, e, enquanto isso, Satanás segue cada um de Seus passos. A quem quer que Deus favoreça, Satanás também observa, seguindo atrás dele. Se Deus quer essa pessoa, Satanás faz tudo em seu poder para obstruir Deus, usando vários artifícios malignos para tentar, interromper e destruir a obra que Deus faz, tudo isso com intuito de atingir seu objetivo oculto. Qual é esse objetivo? Ele não quer que Deus ganhe ninguém; todos aqueles que Deus quer, ele os quer para si mesmo, quer ocupá-los, controlá-los, para comandá-los para que eles o adorem, para que se juntem a ele para cometer atos malignos. Não é esse o motivo sinistro de Satanás? […] Ao guerrear contra Deus e ficar andando atrás Dele, o objetivo de Satanás é demolir toda a obra que Deus quer realizar, para ocupar e controlar aqueles a quem Deus quer ganhar, para extinguir completamente aqueles a quem Deus quer ganhar. Se eles não são extintos, então eles se juntam às posses de Satanás para serem usados por ele — esse é seu objetivo” (‘O Próprio Deus, o Único IV’ em “A Palavra manifesta em carne”). A irmã comungou que as palavras de Deus nos mostram que, embora haja pessoas que nos perturbem e bloqueiem nosso caminho, o que realmente existe por trás disso é uma batalha entre Deus e Satanás. Deus está operando para nos salvar, enquanto Satanás usa todo tipo de pessoas para nos oprimir e bloquear para que neguemos e traiamos Deus e percamos a salvação de Deus dos últimos dias. Essa é a intenção sinistra de Satanás. É então que devemos nos levantar e discernir essas pessoas e coisas, e escolher nossa senda de fé. Já que ouvimos a voz de Deus, devemos seguir seus passos de perto. É o único jeito de permanecer firme no caminho verdadeiro. A comunhão dela me esclareceu. Os líderes não queriam que eu participasse das reuniões on-line e apagaram os contatos de todos, supostamente para impedir que eu fosse enganado, e isso parecia vir de um lugar de amor e assistência. Na verdade, estavam obstruindo meu caminho e me impedindo de acolher o Senhor, tentando me arrastar de volta para o mundo religioso para que eu perdesse a salvação de Deus dos últimos dias. As perturbações do clero revelaram também como minha fé era fraca, como eu era instável. Eu dei meu celular para o clero e permiti que cortassem meu contato com os outros e voltei direto para a igreja antiga. Eu estava vivendo em escuridão, incapaz de ganhar o menor sustento espiritual. Eu quase segui o pastor e desisti do caminho verdadeiro — foi assustador! Eu não podia me render a Satanás mais uma vez. Resolvi continuar lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, não importava o que o clero fizesse. Depois disso, um irmão me mandou alguns vídeos com testemunhos sobre coisas como irmãos perseguidos pelo governo chinês e sobre como eles deram testemunho em meio a torturas terríveis. Essa é a fé verdadeira. Em comparação, eu simplesmente cedi à primeira perturbação do clero. Eu ainda tinha muito pela frente! Eu sabia que devia confiar em Deus para passar por tudo isso e que devia permanecer forte, por mais que a minha família me rejeitasse ou o clero me oprimisse. Resolvi continuar assistindo a sermões e reuniões on-line.

Mais tarde, o clero fez muitas outras coisas para me impedir de participar de reuniões on-line. Até mentiram para mim, dizendo: “Fomos estabelecidos por Deus para vigiar Suas ovelhas, então somos pessoalmente responsáveis por você. É por isso que devemos ficar de olho em suas reuniões on-line. Deletamos aqueles contatos para o seu bem. Se não vigiarmos as ovelhas de Deus, o Senhor nos julgará quando retornar”. Eu me lembrei de algo que um irmão disse, numa reunião on-line, sobre o clero ser nomeado por Deus. Ele disse: “Existem palavras de Deus para servir como base para qualquer um que foi nomeado por Ele. Na Era da Lei, quando Deus Jeová estabeleceu Moisés para os israelitas, Ele disse a Moisés: ‘Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: Quando houveres tirado do Egito o meu povo, servireis a Deus neste monte’ (Êxodo 3:12). Na Era da Graça, como prova de designar Pedro como pastor das igrejas, o Senhor Jesus disse: ‘Pois também Eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a Minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela; dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus’ (Mateus 16:18-19). ‘Pastoreia as Minhas ovelhas’ (João 21:16). Podemos ver Que Deus dá testemunho pessoal daqueles que Ele estabelece e usa. Eles têm as palavras de Deus como prova. Sem isso, tem, ao menos, que haver prova da obra do Espírito Santo. O clero tem palavras de Deus para provar que foi estabelecido por Ele? E quanto à obra do Espírito Santo?”. Isso me deu certa confiança. Eu sabia que Deus não disse que Ele estabeleceu o clero, e que, embora Paulo tenha dito que “o Espírito Santo vos constituiu bispos”, As palavras de Paulo não eram as palavras de Deus, portanto não podem ser usadas como base. Essa alegação não resistia aos fatos! E eu tinha percebido recentemente Que o clero não tinha o esclarecimento do Espírito Santo em seus sermões. Eles não compartilhavam a vontade de Deus nem nos levavam a colocar as palavras do Senhor em prática. Eles careciam totalmente da obra do Espírito Santo. Isso mostrava que eles não eram nomeados por Deus, mas pelo homem. Em minha fé, eu devia ouvir as palavras de Deus e O seguir, e não ouvir ou seguir homens. Vendo que eu não respondia, o pastor se enfureceu e me repreendeu: “Qualquer um que queira compartilhar um evangelho deve primeiro passar por nós. Sem nossa aprovação, é um caminho falso. Você não deve ouvi-lo!”. Eu retruquei: “Deus é o Criador, e Ele faz Sua própria obra. Ele não precisa da aprovação dos humanos. O Senhor retornou. Nós ouvimos a voz de Deus e O seguimos. Por que precisaríamos da aprovação de vocês?”. Eu achei que eles eram muito convencidos, muito arrogantes! Recusar-se a ouvir as palavras de Deus Todo-Poderoso ou a investigar Sua obra, e simplesmente julgar, era igual à atitude dos fariseus em relação à obra do Senhor Jesus. Eles não tinham a menor reverência por Deus e não tinham amor pela verdade.

Depois disso, mentiram para a minha esposa, dizendo-lhe que eu tinha sido desviado para um caminho falso. Ela não tinha discernimento sobre eles, então, sempre que eu participava de uma reunião on-line, ela ficava furiosa e dizia que estávamos em sendas diferentes, que ela se divorciaria de mim se eu continuasse com essas reuniões. Eu estava me sentindo muito fraco e péssimo na época. Achava que, se cedesse e parasse de participar das reuniões, eu perderia a salvação de Deus. Mas se eu continuasse participando, ela se divorciaria de mim, e então o que seria dos nossos filhos pequenos? Orei a Deus em minha impotência: “Deus, por favor, fortalece a minha fé. Ajuda-me a superar essas provações e guia-me na senda à minha frente”. Então me lembrei de algo que o Senhor Jesus disse: “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a Mim não é digno de Mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a Mim não é digno de Mim” (Mateus 10:37). As palavras de Deus me mostraram que meu amor por minha esposa e meus filhos era maior do que meu amor por Deus, que eu não era digno Dele. Em silêncio, decidi que, mesmo que minha esposa se divorciasse de mim, eu continuaria seguindo Deus Todo-Poderoso. Quando minha esposa tentou me impedir depois disso, ela não teve efeito algum sobre mim.

Mais tarde, o pastor envolveu meu sogro nas tentativas de me afastar das reuniões. Meu sogro bebia muito e não ia à igreja com frequência, mas o pastor o convidou para um culto e mentiu, dizendo-lhe que, depois de crer em Deus Todo-Poderoso, eles quebrarão suas pernas, se você tentar sair da igreja. Quando ouviu o pai dizer isso, minha esposa voltou para casa e começou a gritar comigo. Eu lhe disse que não tinha fundamento o que o clero tinha dito. Ninguém no mundo inteiro teve as pernas quebradas por não aceitar a obra de Deus dos últimos dias. Era um boato inventado pelo governo comunista chinês, que é um governo opressivo, contrário a Deus. Uma vez, um pastor me disse que outro pastor estava trazendo algumas Bíblias dos Estados Unidos e a polícia as confiscou na fronteira chinesa. O Partido Comunista não permite fé em Deus. Agora que o Senhor retornou e apareceu na China, eles estão caçando e perseguindo os crentes em Deus Todo-Poderoso. Como podemos acreditar no que diz um governo ateu e contrário a Deus? Eu tinha participado de reuniões on-line e lido muitas das palavras de Deus Todo-Poderoso, que são ricas e abundantes, e revelam os mistérios da obra de Deus, a corrupção do homem e sua natureza pecaminosa, para que possamos conhecer a nós mesmos etc. Quanto mais eu lia essas coisas, mais esclarecido eu me sentia e mais achava que essa era a voz de Deus. Eu lhe disse que eu tinha certeza de que Deus Todo-Poderoso era o Senhor Jesus retornado. O Senhor Jesus retornou, e nós devemos acompanhar os passos de Deus. Por que eu voltaria para a igreja antiga? Minha esposa não teve mais nada a dizer, mas assim que participava dos cultos e ouvia os boatos do pastor, ela discutia comigo quando chegava em casa. Antes, eu sempre imaginava o clero como pessoas que amavam a Deus e tinham amor também por mim, mas desde que descobriram que eu buscava a nova obra de Deus, eles faziam de tudo para obstruir o meu caminho, tentando me arrastar de volta para a sua religião. Finalmente vi quem são de verdade. E me lembrei das palavras do Senhor Jesus amaldiçoando os fariseus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o tornais duas vezes mais filho do inferno do que vós” (Mateus 23:15). Os fariseus atraíam as pessoas para a religião deles para controlá-las, e quando o Senhor Jesus veio, eles viram que Sua obra e palavras tinham poder e autoridade, mas se agarraram às Escrituras literais e não buscaram a verdade, temendo que seu sustento estaria em perigo se as pessoas seguissem Jesus. Então espalharam boatos difamando e condenando o Senhor Jesus e, no fim, crucificaram-No. Os pastores de hoje não são exatamente iguais aos fariseus? Eles também estão prendendo crentes em suas igrejas, mantendo-os sob seu controle, não permitindo que ouçam a voz de Deus e acolham o Senhor. Isso é maligno! Isso me lembrou de uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso que vi numa reunião. Deus Todo-Poderoso diz: “Existem aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas e a recitam o dia inteiro, mas nem um deles entende o propósito da obra de Deus. Nem um deles é capaz de conhecer Deus; menos ainda pode qualquer um deles estar de acordo com a vontade de Deus. Todos eles são pessoas inúteis e vis, cada uma se empinando para repreender a Deus. Eles intencionalmente se opõem a Deus mesmo quando carregam o estandarte Dele. Afirmando ter fé em Deus, ainda comem a carne e bebem o sangue do homem. Todas as pessoas assim são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que deliberadamente se interpõem aos que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que impedem os que buscam a Deus. Elas podem parecer ter uma ‘constituição robusta’, mas como os seus seguidores podem saber que não passam de anticristos que levam as pessoas a ficarem contra Deus? Como os seus seguidores podem saber que esses anticristos são diabos vivos dedicados a devorar as almas humanas?” (‘Todos os que não conhecem a Deus são pessoas que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus mostram o rosto verdadeiro do clero, contrário a Deus. Deus veio nos últimos dias para salvar o homem, e o clero não só se recusa a buscar e investigar, como até luta contra Ele e O condena, espalhando boatos e mentiras, blindando as igrejas, impedindo que os crentes busquem o caminho verdadeiro. Eles não acolhem o Senhor nem entram no reino de Deus, e estão nos impedindo de aceitar a salvação de Deus, arruinando nossa chance de entrar no reino. São os demônios mencionados nas palavras de Deus, que comem a carne do homem e bebem seu sangue, são os monstros que afastam as pessoas do caminho verdadeiro.

Eles me expulsaram da igreja porque eu não queria segui-los. Os líderes me disseram que não me ajudariam se eu enfrentasse algum problema. Então eu realmente vi que esse clero não ama a verdade nem ouve a voz de Deus. Não são ovelhas de Deus. Segui-los em minha fé seria como ser o cego guiando os cegos, e todos nós seríamos arruinados. Sinto-me tão afortunado por ter sido libertado desses pastores falsos e por ter encontrado os passos de Deus.

Li mais das palavras de Deus Todo-Poderoso nos dias seguintes e ouvi mais testemunhos dos irmãos. Também me senti espiritualmente sustentado e edificado, mais do que nunca, em meus dez anos de fé. Senti que ter nascido nos últimos dias e ser capaz de acolher o retorno do Senhor era uma bênção tremenda! Eu queria compartilhar essa notícia maravilhosa com mais pessoas que ainda não tinham vindo para diante de Deus, mas o clero me advertiu a não compartilhar o evangelho com os outros membros da igreja ou eu seria denunciado às autoridades e seria preso. Eu disse: “Vocês não têm medo de ir contra Deus?”. Um deles, um tal de senhor Zhao, respondeu friamente: “Se essa realmente for a obra de Deus, então seremos os fariseus, desta vez, e que Deus nos puna por gerações”. Ao dizer isso, eles não estão indo contra Deus conscientemente e ofendendo o Seu caráter? Sua arrogância e total falta de temor de Deus me mostrou de modo ainda mais claro que eles odeiam a verdade e são inimigos de Deus. Ao agir contra Deus desse jeito, eles acabarão sendo punidos por Deus como os fariseus!

Eu ganhei um discernimento muito claro sobre eles depois disso. Eles não podiam mais obstruir o meu caminho, e eu estava mais determinado a seguir Deus Todo-Poderoso. Agora, assumi um dever na Igreja de Deus Todo-Poderoso. Minha esposa ficou curiosa quando viu como eu estava firme na minha fé e começou a investigar por conta própria. Ela também aceitou a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias após ler Suas palavras e agora está compartilhando o evangelho. Sou grato pela salvação de Deus Todo-Poderoso e quero dar tudo de mim, cumprindo meu dever e retribuindo o amor de Deus.

O alarme dos últimos dias já tocou e grandes desastres já começaram. Você quer dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e ter a chance de receber a proteção de Deus com sua família?

Conteúdo relacionado

Quem são os fariseus de hoje?

Por Jingmo, Malásia Em meus 22 anos como cristã, eu era responsável sobretudo pelas finanças da igreja e pela escola dominical. Em maio de...

Conecte-se conosco no Messenger