A Igreja de Deus Todo-Poderoso testifica que o Senhor Jesus voltou, e você propaga o evangelho a pessoas de todas as religiões e denominações. Muitos que creem verdadeiramente no Senhor deixaram suas igrejas e começaram a crer em Deus Todo-Poderoso — você não está roubando ovelhas de outras igrejas?

21 de Fevereiro de 2021

Versos da Bíblia para referência:

“Assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto” (Ezequiel 34:10).

“Porque assim diz o Jeová Deus: Eis que eu, eu mesmo, procurarei as Minhas ovelhas, e as buscarei. Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as Minhas ovelhas. Livrá-las-ei de todos os lugares por onde foram espalhadas, no dia de nuvens e de escuridão” (Ezequiel 34:11-12).

“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; a essas também me importa conduzir, e elas ouvirão a minha voz; e haverá um rebanho e um pastor” (João 10:16).

“As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem” (João 10:27).

Palavras de Deus relevantes:

Temos pregado o evangelho repetidamente para muitos líderes dentro de círculos religiosos, mas, não importa como comunicamos a verdade a eles, eles não a aceitaram. Por quê? Porque a arrogância se tornou natural para eles, e Deus não tem um lugar no coração deles! Algumas pessoas poderiam dizer: “As pessoas sob a liderança de certos pastores no mundo religioso de fato têm bastante motivação; é como se Deus estivesse no meio deles!”. Você considera ter entusiasmo o mesmo que ter motivação? Independentemente de quão elevados os sermões daqueles pastores possam soar, eles conhecem Deus? Se de fato reverenciassem Deus no fundo do coração, eles fariam as pessoas segui-los e exaltá-los? Monopolizariam os outros? Ousariam impedir que os outros busquem a verdade e investiguem o caminho verdadeiro? Se acreditam que o rebanho de Deus é mesmo deles, e que todo o rebanho deveria ouvi-los, então, não é esse o caso de se considerarem eles mesmos como Deus? Tais pessoas são ainda piores que os fariseus. Elas não são anticristos? Portanto, essa natureza arrogante que têm pode controlá-los para que façam coisas que traem a Deus.

Extraído de ‘Uma natureza arrogante é a raiz da resistência do homem a Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

A comunhão do homem para referência:

Todos aqueles que creem no Senhor sabem que os crentes pertencem a Deus; de forma alguma pertencem a qualquer denominação nem aos líderes, pastores ou presbíteros de qualquer denominação. Não importa que igreja frequentem para reuniões ou atividades e não importa quais pastores e presbíteros as liderem, todas as pessoas que acreditam em Deus são Suas ovelhas – e as ovelhas de Deus obedecem à voz de Deus. É exatamente como o Senhor Jesus disse: “Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem” (João 10:14). Muitos pastores e presbíteros costumam se referir às pessoas em sua igreja como ovelhas deles, mas isso é um erro grave. Como os crentes de Deus poderiam pertencer a essas pessoas? Se alguém ousa reivindicar posse de um rebanho, tal pessoa não está simplesmente competindo com Deus por aquele rebanho e pelo povo escolhido de Deus? Qual é a diferença entre tal pessoa e os lavradores perversos dos quais o Senhor Jesus falou na Bíblia? Na Era da Graça, o Senhor Jesus espalhou o caminho do arrependimento ao povo judeu, que então acreditou em Deus. Ele também enviou discípulos e apóstolos por toda a terra da Judeia para compartilhar o evangelho do reino dos céus e para salvar das restrições e dos grilhões de regras e regulamentos os humanos que viviam sob a lei. Isso era o amor e a salvação de Deus para o homem. No entanto, os sumos sacerdotes, escribas e fariseus do judaísmo denunciaram e resistiram ao Senhor Jesus e impediram outros de aceitá-Lo, sofrendo, por fim, a condenação e a punição de Deus. Agora o Senhor Jesus retornou: Ele é Deus Todo-Poderoso. As ovelhas de Deus ouvem Sua voz. Se os pastores e presbíteros não só não entregarem os rebanhos do Senhor, mas forem tão longe a ponto de se apropriar deles, então nada mais são do que servos perversos. Eles sofrerão a condenação e punição de Deus como os sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus.

Hoje, a aparição e obra de Deus Todo-Poderoso cumpriram uma profecia bíblica: “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). Muitas irmãs e irmãos de diversas denominações que amam a verdade e anseiam pela aparição de Deus ouviram Sua voz e aceitaram a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, retornando, um após o outro, para diante do Seu trono. Essas são as ovelhas de Deus que obedecem à Sua voz. Quando o Senhor Jesus retornou, Ele apareceu primeiro àqueles que estavam esperando por Ele e enviou pessoas para os círculos religiosos para espalhar a obra de Deus dos últimos dias, para que aqueles que ansiavam por Seu retorno ouvissem Sua voz e retornassem para Ele. Isso não era uma coisa natural? No entanto, alguns pastores e presbíteros do mundo religioso não só não devolveram as ovelhas de Deus a Ele, como contra-atacaram com acusações infundadas e selaram suas igrejas sob o pretexto de proteger seus rebanhos. Eles não permitem que os crentes busquem nem investiguem o caminho verdadeiro, em vez disso condenam continuamente a Igreja de Deus Todo-Poderoso e a acusam de roubar suas ovelhas. Reivindicam descaradamente as ovelhas de Deus como as suas próprias, e isso expõe completamente sua ambição e seu desejo de enjaular e controlar as pessoas. Eles controlam rigidamente os crentes e reivindicam as ovelhas de Deus com o objetivo de fazer com que aqueles crentes continuem a segui-los e adorá-los. Tais líderes não são exatamente como aqueles servos perversos que se apoderam do rebanho do qual o Senhor Jesus falou? Não são anticristos que resistem a Deus e disputam Sua posição? Isso lembra a chegada do Senhor Jesus para operar: vendo que muitos dos judeus estavam seguindo Ele, os sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus ficaram com inveja e medo, temendo que, se todos os crentes seguissem o Senhor Jesus, eles não conseguiriam manter sua posição e seu sustento. Eles então condenaram o Senhor Jesus exatamente da mesma forma para impedir que as pessoas aceitassem Sua obra. Era exatamente como está escrito na Bíblia: “Então os principais sacerdotes e os fariseus reuniram o sinédrio e diziam: Que faremos? porquanto este homem vem operando muitos sinais. Se O deixarmos assim, todos crerão Nele, e virão os romanos, e nos tirarão tanto o nosso lugar como a nossa nação. […] Desde aquele dia, pois, tomavam conselho para O matarem” (João 11:47-48, 53). Os sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus viam os judeus como sua propriedade pessoal e mantinham um controle rigoroso sobre as ovelhas de Deus. Quando Deus veio para operar e recuperar aquelas ovelhas, os líderes lutaram contra Ele pelo controle sobre elas. Esses sumos sacerdotes, escribas e fariseus não se voltaram para Deus nem permitiram que os judeus O seguissem. O Senhor Jesus os repreendeu, dizendo: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). O caráter justo de Deus não tolerará as ofensas das pessoas! Enquanto os sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus competiam com Deus por Seu povo escolhido, resistindo e condenando a Deus, isso enfureceu o caráter de Deus, e eles sofreram Suas maldições e Sua punição. A nação de Israel foi extinta por quase dois mil anos, muitos judeus foram mortos, e, em massa, foram levados a cantos distantes da terra. Se os pastores e presbíteros do mundo religioso de hoje continuarem a reivindicar posse das ovelhas de Deus e impedi-las de se voltarem para Deus, então tudo que aguarda esses líderes é a punição justa de Deus!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado