Abrindo a porta do meu coração e acolhendo o retorno do Senhor

16 de Agosto de 2018

Por Yongyuan, EUA

Em novembro de 1982, nossa família inteira emigrou para os EUA. Como nossa família havia sido fiel ao Senhor desde a geração do meu avô, ao chegar aos Estados Unidos, encontramos rapidamente uma igreja chinesa em Chinatown, Nova York para assistir à missa. Não perdemos uma única missa desde que começamos a frequentar a igreja, e minha mãe e minha irmã mais velha se dedicavam especialmente à leitura das escrituras sempre que tinham tempo de buscar a benção do Senhor. Naquela época, o padre costumava dizer: “Quando o Senhor vier, Ele julgará as pessoas publicamente e as dividirá em categorias: as que realmente se arrependerem,confessarem e tiverem boa fé Nele poderão ir para o céu; as que cometerem pecados, mas não graves, sofrerão o tormento do purgatório, mas ainda poderão ser salvas e ascender ao céu; as que não crerem no Senhor ou cometerem pecados que são graves demais sofrerão a punição do inferno.” Essas palavras ficaram fortemente marcadas em meu coração. Eles me fizeram crer sinceramente no Senhor, e mesmo quando estava muito ocupada no trabalho, eu nunca deixava de ir à missa.

Logo já estávamos em 2014. Um dia, um paroquiano me disse inesperadamente: “Sua irmã mais velha crê agora em Deus Todo-Poderoso…” E ele disse várias outras coisas, caluniando e condenando Deus Todo-Poderoso e a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ao ouvir essa notícia inesperada, fiquei muito ansiosa e muito preocupada que minha irmã tivesse se desviado. A notícia de que minha irmã havia aceitado a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias se espalhou rapidamente por toda a igreja. O padre me exortou a manter distância de minha irmã, e vários outros membros da igreja também disseram coisas caluniosas e acusatórias contra Deus Todo-Poderoso na minha frente. O padre e os paroquianos “me ajudaram” tantas vezes que comecei a acreditar em suas palavras e decidi que minha irmã havia se desviado. Eu disse ao padre e aos paroquianos que não escutaria mais minha irmã e que, se tivesse a oportunidade, tentaria trazê-la de volta ao rebanho para que ela pudesse se arrepender ao Senhor. Liguei para meus irmãos ao chegar em casa, e eles me apoiaram. Juntos, tentamos convencer minha irmã, mas ela não só continuou a crer firmemente em Deus Todo-Poderoso, como também nos deu testemunho de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor retornado. Ela começou a tentar nos convencer a aceitar a obra de Deus nos últimos dias para que não perdêssemos a oportunidade de alcançar a salvação de Deus. Mas meu coração já estava tomado pelas ideias negativas instiladas em mim pelo padre e pelos paroquianos. Independentemente do que minha irmã comungasse comigo ou do que ela desse testemunho, eu simplesmente não lhe dava ouvidos.

Depois, minha mãe e eu tivemos várias discussões com minha irmã devido à sua crença em Deus Todo-Poderoso. Mesmo assim, não importava o que minha irmã dissesse, eu continuava acreditando no padre e nos boatos que havia lido na internet e nunca ousei buscar ou investigar a obra e as palavras de Deus Todo-Poderoso. Toda discussão que tínhamos terminava sem consenso, mas descobri que minha mãe estava aos poucos começando a concordar com o que minha irmã comungava e dava testemunho. Na verdade, ela acabou formando uma “frente unida” com minha irmã e aceitando a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Quando vi que minha mãe também passara a crer em Deus Todo-Poderoso, fiquei ainda mais preocupada. Se o padre e os paroquianos realmente tivessem razão e algo de ruim acontecesse com nossa família, o que eu faria? Desesperada, procurei a irmã Qianhe, que tinha uma boa relação tanto comigo quanto com minha irmã. Consegui que ela tentasse convencer minha mãe e minha irmã. O que eu nunca esperava é que essa irmã não só não conseguisse convencer minha irmã e mãe, como também passasse a crer em Deus Todo-Poderoso. Havia algo que eu não entendia: o comportamento dessa irmã era íntegro e ela buscava com entusiasmo, então como era possível que não fosse capaz de convencer alguém, mas viesse ela mesma a crer em Deus Todo-Poderoso? A palavra de Deus Todo-Poderoso tinha de fato tanto poder assim? A palavra de Deus Todo-Poderoso podia realmente fornecer vida ao homem? No entanto, quando pensei nas palavras do padre e dos paroquianos atacando Deus Todo-Poderoso, bem como nas que eu havia visto na internet, resistindo e acusando a Igreja de Deus Todo-Poderoso, senti novamente medo em meu coração e não quis mais ter contato com elas. Depois disso, eu raramente visitava minha mãe. Ocasionalmente eu fazia uma visita breve e ia embora rapidamente. Eu me recusava a ouvir o que minha irmã e minha mãe comungavam. E assim, essa “guerra fria” entre mim e minha mãe e irmã prosseguiu por um ano e meio.

Um dia, em março de 2016, eu soube que alguns membros importantes da igreja haviam tentado convencer minha irmã, então fui ver se ela havia mudado ou não. Quando eu a vi, perguntei o que ela estava pensando. Minha irmã me disse: “Eu segui os passos do Cordeiro e confirmei que o caminho de Deus Todo-Poderoso é a verdade. Deus Todo-Poderoso é o Senhor retornado, e eu não me afastarei Dele de maneira alguma”. O olhar firme de minha irmã e sua resposta categórica e contundente fizeram meu coração vacilar e despertaram minha curiosidade. Pensei: minha irmã é a crente de nossa família que busca com mais fervor, e a irmã Qianhe também é uma pessoa na igreja que busca assiduamente e tem discernimento. Minha mãe também sempre teve fé firme no Senhor. Agora todas acreditavam em Deus Todo-Poderoso, e sua fé crescera ainda mais depois que passaram a seguir a Ele. Falavam com maior conhecimento, e ninguém conseguia abalá-las nem contradizê-las. Que poder poderia permitir que tivessem tanta fé diante da oposição de tantas pessoas? Poderia a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias realmente ser o verdadeiro caminho? Poderia Deus Todo-Poderoso realmente ser o Senhor retornado? Pensando bem, minha irmã, a irmã Qianhe e minha mãe haviam aceitado a obra de Deus Todo-Poderoso há quase dois anos, mas quando vi que tudo em suas vidas continuava exatamente como antes, percebi que o alarmismo e as táticas ameaçadoras do padre e o que eu havia lido na internet não haviam se concretizado no caso delas… Quando pensei nisso, meu coração se abrandou um pouco e tive vontade de investigar as palavras e a obra de Deus Todo-Poderoso. Compartilhei meus pensamentos com minha irmã. Ela reagiu de maneira positiva e me convidou à casa da minha mãe para ouvir as irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso comungar sobre a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias.

Abrindo a porta do meu coração e acolhendo o retorno do Senhor

No fim de semana, fui até a casa da minha mãe. Minha irmã, a irmã Qianhe e uma irmã da Igreja de Deus Todo-Poderoso, chamada Zhang Xiao, estavam todas lá. A irmã Qianhe ficou especialmente feliz em saber que eu queria buscar e investigar. Ela comungou comigo: “Nos últimos dias, o Senhor veio principalmente para expressar a palavra e realizar a obra de julgar e purificar as pessoas a fim de nos salvar da escravidão do pecado. No momento, as pessoas na Era da Graça estão vivendo um ciclo de cometer e depois confessar pecados. Apesar de persistirmos em assistir à missa e ler as escrituras, bem como em nos confessar ao padre, continuamos mentindo, enganando e vivendo em nossos caracteres corruptos como arrogância, ganância e egoísmo. Mesmo contra nossa vontade, pecamos contra Deus e resistimos a Ele, e não há ninguém que seja capaz de se libertar da escravidão dessa natureza pecaminosa, nem ninguém capaz de alcançar a pureza confiando em confissão e arrependimento. Portanto, ainda temos de aceitar a obra de julgamento e purificação das pessoas que o Senhor retornou para realizar nos últimos dias. Somente assim podemos nos libertar completamente da escravidão do pecado, ser purificados e transformados e alcançar a salvação de Deus.” Perplexa por ter ouvido isso, perguntei: “O sacerdote costumava dizer: ‘Se as pessoas cometerem pecados menores, quando o Senhor vier novamente para julgar publicamente a humanidade, depois de concluído seu sofrimento no purgatório, elas poderão ascender ao céu. Os que cometerem pecados grandes irão diretamente ao inferno para serem punidos’. Mas como você pode dizer que a obra de julgamento que Deus retornou para realizar é a purificação e salvação das pessoas?” A irmã Qianhe disse: “Eu também costumava acreditar nas palavras do padre. Eu tinha as mesmas noções que você sobre como Deus retornará para realizar a obra de julgamento, mas pensando nisso agora, o que o padre disse está realmente de acordo com a Bíblia? É baseado na palavra do Senhor? O Senhor Jesus disse alguma coisa sobre purgatório? Ele disse alguma coisa sobre as pessoas que cometem pecados menores poderem ascender ao céu depois de concluírem seu sofrimento no purgatório e que somente as que cometerem pecados grandes é que irão para o inferno? Claro que não! Então, de onde vêm essas palavras? Elas obviamente vêm das noções e imaginações das pessoas e são especulações e conjecturas do homem. Não estão de maneira alguma de acordo com as palavras de Deus nem com a realidade de Sua obra. De que nos serve persistir nisto?” Assenti em silêncio depois de ouvir a comunhão da irmã Qianhe. Ela continuou: “No momento, estamos repletos de pecado, e não há ninguém que seja puro. Baseado no que o padre disse, quando o Senhor retornar para julgar publicamente todos os povos, aqueles que cometerem pecados menores irão para o purgatório, enquanto aqueles que cometerem pecados grandes irão para o inferno. Nesse caso, todos nós não teríamos de ser condenados e sofrer o castigo de ir para o inferno? A obra de Deus de salvar a humanidade não seria em vão? O retorno do Senhor teria algum sentido?” O que a irmã comungou tocou meu coração, e eu pensei: É verdade, mesmo crendo no Senhor, tudo o que fazemos é cometer pecados e confessá-los o dia todo, e ninguém é puro. De fato, ninguém está apto a ver a Deus, e se Ele veio para julgar, condenar e punir abertamente as pessoas, então todos terão de ir para o inferno. Ninguém poderia alcançar a salvação… Foi só então que percebi quão impraticáveis são as palavras: “Quando o Senhor retornar para julgar abertamente todas as pessoas, os que cometerem pecados grandes irão diretamente ao inferno, enquanto os que cometerem pecados menores irão ao purgatório, e depois de concluírem seu sofrimento ascenderão ao céu.” Isso não condiz de maneira alguma com a intenção de Deus de salvar o homem. A irmã Qianhe então disse: “Quanto à obra de julgamento de Deus nos últimos dias, vamos dar uma olhada em como ela é descrita na palavra de Deus Todo-Poderoso! Deus Todo-Poderoso diz: ‘Deus não veio para matar nem para destruir, mas para julgar, amaldiçoar, castigar e salvar. Antes da conclusão de Seu plano de gestão de 6.000 anos — antes de Ele expor o fim de cada categoria de homens — a obra de Deus na Terra é para o bem da salvação, é toda para tornar aqueles que O amam totalmente completos e trazê-los para a submissão ao Seu domínio. Não importa como Deus salva pessoas, tudo é feito levando-as a se libertar de sua velha natureza satânica; isto é, Deus as salva fazendo com que elas busquem a vida. Se não buscarem a vida, elas não terão como aceitar a salvação de Deus. A salvação é obra do Próprio Deus, e a busca de vida é algo que todo homem deve possuir para aceitar a salvação’ (de ‘Vocês devem pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus para a salvação do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda no longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus’” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois de ler a palavra de Deus, a irmã Zhang Xiao comungou: “A palavra de Deus Todo-Poderoso esclarece precisamente o significado da obra de julgamento nos últimos dias, a natureza exata do julgamento e o efeito da obra de julgamento entre os homens. A obra de julgamento de Deus não é matar e punir pessoas, como em nossas noções e imaginações. Em vez disso, essa obra faz uso da palavra para expor os pensamentos, palavras e ações das pessoas, para extirpar a natureza satânica e corrupta profundamente enraizada que resiste a Deus. Ela nos permite conhecer a verdade de nossa corrupção por Satanás. Ao mesmo tempo, nos permite conhecer o caráter justo e santo de Deus. Quando obtemos uma compreensão dessas coisas, começamos a nos odiar, e isso produz verdadeiro arrependimento e um coração verdadeiramente reverente a Deus. No julgamento da palavra de Deus, podemos melhor compreender e ganhar a verdade. Seremos naturalmente capazes de viver confiando na verdade, e, assim, quaisquer coisas satânicas que tenhamos dentro de nós serão gradualmente eliminadas. Seremos capazes de estar em harmonia com Deus e, a partir desse momento, não mais nos oporemos ou resistiremos a Ele. Seremos capazes de verdadeiramente obedecer a Deus, e somente isso significa alcançar a salvação. Depois de termos sido corrompidos por Satanás, não temos mais semelhança humana e perdemos a consciência e o senso que as pessoas normais deveriam ter. Seu lugar é tomado por caracteres satânicos como arrogância, hipocrisia, egoísmo e astúcia, que nos preenchem. Nossas atitudes e noções em relação às coisas também não são compatíveis com Deus. Por exemplo: quando confrontados com a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, todos nós teremos nosso próprio entendimento e nos apegaremos aos nossos próprios pontos de vista, independentemente de haver fundamento na palavra de Deus. Não buscaremos a vontade de Deus, mas acreditaremos cegamente que nossa maneira de pensar é correta. Quando a obra de Deus não concordar com nossas noções e imaginações, faremos nossos próprios julgamentos sobre Deus e iremos negar, atacar e acusar a Ele. Isso é causado por nossa natureza arrogante. Com tal natureza satânica, é fácil demais resistirmos a Deus, por isso precisamos urgentemente que Ele realize um estágio da obra de julgamento e purifique e mude nosso caráter satânico. Sem isso, ninguém se libertará da corrupção nem receberá a salvação”.

Depois de ouvir a palavra de Deus Todo-Poderoso e o que a irmã comungou, meu coração subitamente ganhou clareza e sentiu que essas palavras foram muito bem proferidas. Embora houvesse algumas coisas que eu não compreendesse, essas palavras me fizeram sentir que a obra de Deus é extremamente sábia e que o Senhor realmente ama muito o homem. No passado, quando se tratava da vinda de Deus para julgar as pessoas, eu achava que elas iriam para o inferno ou sofreriam o tormento do purgatório. Na verdade, a obra de julgamento de Deus não é o que imaginávamos, mas, ao invés disso, trata-se de Ele vir encarnado para expressar a verdade e realizar a obra de julgamento de maneira prática. Dessa forma, Ele purifica e salva as pessoas! A obra de julgamento de Deus é assaz repleta de significado. É exatamente o que a humanidade corrupta precisa!

Quando eu estava ouvindo tudo isso com grande interesse, meu marido ligou de repente para dizer que queria usar o carro. Minha mãe percebeu que eu passaria a escutar a palavra. Quando eu estava prestes a sair, ela me deu um livro chamado O Pergaminho aberto pelo Cordeiro e disse que as palavras nele eram a voz do Próprio Deus. Ela me disse também que, quando eu retornasse, deveria ler a palavra de Deus Todo-Poderoso. Depois que voltei para casa, eu lia o livro sempre que tinha tempo. Por meio da leitura da palavra de Deus Todo-Poderoso, compreendi muitas verdades e ganhei muito conhecimento. Ao mesmo tempo, também senti distintamente Deus observando as profundezas do coração do homem. Cada palavra de Deus Todo-Poderoso tocou diretamente meu coração, revelando minha natureza interna corrupta. Por vezes eu via como a palavra de Deus revela nossa corrupção e sentia que Deus tem um desprezo particular por nossa corrupção. É como se Deus estivesse zangado conosco, e meu coração entorpecido e insensível se comovia imediatamente. Eu tinha reverência por Deus em meu coração e não era mais a mesma pessoa de antes, quando cometia pecados sem temor. Por meio de muitas experiências e da iluminação e orientação das palavras de Deus, vi que a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso poderia de fato salvar as pessoas do pecado e permitir que se libertassem dele. Quão prática é a obra de Deus! Quando relembrei como eu havia resistido à obra de Deus nos últimos dias ao longo dos últimos dois anos, senti muito remorso e odiei a mim mesma. Eu fora tão tola e ignorante por não buscar entender nem investigar um assunto tão grande quanto a segunda vinda do Senhor, mas, ao invés disso, escutei cegamente aqueles rumores, excluí o Senhor e condenei e resisti a Deus. Quase perdi a salvação do Senhor nos últimos dias. Como eu pude ter sido tão cega? Vi claramente que a calúnia, julgamentos e blasfêmia contra Deus Todo-Poderoso e a difamação da Igreja do Deus Todo-Poderoso não passavam de falsidades de Satanás. Esses são truques usados ​​ por Satanás especialmente para confundir, enganar e impedir que as pessoas aceitem a obra de Deus nos últimos dias. Eu nunca mais acreditaria nas falsidades de Satanás. Independentemente do que eu encontrasse ou ouvisse no futuro, eu sempre julgaria o certo e o errado de acordo com a palavra de Deus e com a realidade. Nunca mais escutaria as mentiras e enganos de Satanás, que é a única maneira de alguém estar de acordo com a vontade de Deus. Com isso em mente, agradeci sinceramente a Deus Todo-Poderoso pela misericórdia e salvação que Ele me deu. Deus não desistiu de me salvar por causa da minha rebelião e resistência, mas continuou a arranjar para que as pessoas divulgassem o evangelho a mim e me trouxessem de volta à casa de Deus. Quão grande é o amor de Deus! Toda vez que ouço a letra do vídeo musical “Canção do apego sincero”, que diz: “Existe Um que é Deus encarnado. Tudo o que Ele diz e o que Ele faz, é a verdade. Amo Sua justiça e Sua sabedoria. Vê-Lo, tê-Lo, é verdadeiramente uma bênção”, meu coração fica particularmente comovido e inspirado. Sinto-me afortunada por dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e por encontrar a palavra de Deus diretamente. Que grande fortuna é receber isso!

Mais tarde, participei da vida da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Os irmãos e irmãs cantavam hinos e dançavam para louvar juntos a Deus. Eles liam a palavra de Deus, e se qualquer corrupção fosse revelada, eles abriam totalmente seus corações e comungavam aquilo. Todos discutiam seu conhecimento e experiência da palavra de Deus Todo-Poderoso e buscavam uma senda para entrar e percorrer. Esse tipo de vida na igreja me fez sentir especialmente liberada e provida. Eu percebi verdadeiramente que somente uma igreja em que o Espírito Santo está operando poderia ser a casa de Deus. Esse é o lugar onde eu pertenço. Agora eu estava inteiramente convencida de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor retornado. Eu decidi seguir Deus Todo-Poderoso até o fim!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado