Deus fez outras declarações fora da Bíblia?

01 de Setembro de 2020

Deus Todo-Poderoso diz: “Se você deseja ver a obra da Era da Lei e como os israelitas seguiram o caminho de Jeová, deve ler o Antigo Testamento; se deseja entender a obra da Era da Graça, deve ler o Novo Testamento. Mas, como você vê a obra dos últimos dias? Você deve aceitar a liderança do Deus de hoje e entrar na obra de hoje, pois esta é a nova obra, e ninguém a registrou anteriormente na Bíblia. Hoje, Deus encarnou e selecionou outros escolhidos na China. Deus opera nessas pessoas, Ele continua a partir de Sua obra na terra, continua a partir da obra da Era da Graça. A obra de hoje é um caminho que o homem nunca trilhou, e que ninguém jamais viu. É obra que nunca foi feita antesé a mais recente obra de Deus na terra. Assim, uma obra que nunca foi feita antes não é história, porque agora é agora, e ainda não se tornou o passado. As pessoas não sabem que Deus fez uma obra maior e mais recente na terra e fora de Israel, e que já foi além do escopo de Israel, além das previsões dos profetas, uma obra nova e maravilhosa fora das profecias, obra mais nova além de Israel, obra que as pessoas não podem perceber nem imaginar. Como a Bíblia poderia conter registros explícitos de tal obra? Quem poderia ter registrado cada pedacinho da obra de hoje, sem omissão, antecipadamente? Quem poderia registrar essa obra mais poderosa e mais sábia, que desafia as convenções, contida no velho livro mofado? A obra de hoje não é história e, como tal, se você deseja seguir o novo caminho de hoje deve se separar da Bíblia, deve ir além dos livros de profecia ou de história contidos na Bíblia. Só então você será capaz de percorrer o novo caminho corretamente, e só então você poderá entrar no novo reino e na nova obra” (‘A respeito da Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus Todo-Poderoso me mostraram que a Bíblia é só um registro das palavras e da obra de Deus nas Eras da Lei e da Graça, mas não de Suas palavras e obra nos últimos dias. Se ficarmos presos à Bíblia e não buscarmos o que o Espírito Santo diz às igrejas nos últimos dias, não conseguiremos seguir o Cordeiro e receber o retorno do Senhor. A verdade é crucial para que sejamos capazes de receber o Senhor.

Um dia, em janeiro de 2018, conheci a irmã Xie e a irmã Chen na internet. Elas tinham uma percepção singular sobre a Bíblia. As comunhões delas eram muito práticas e cheias de luz. Elas me contaram as causas da desolação das igrejas, como ser uma virgem prudente e receber o Senhor, porque os fariseus resistiram ao Senhor Jesus, a obra que Deus realizará nos últimos dias conforme profetizado no Apocalipse, e muito mais. Elas comunicaram comigo por vários dias, e aprendi muito mais com elas do que em 10 anos ouvindo meu pastor. Tudo parecia muito novo, e fiquei maravilhada com a capacidade que tinham de obter tanta luz da Bíblia. Comecei a participar das reuniões delas para aprender mais verdades e mistérios, e conhecer melhor o Senhor.

Em uma dessas reuniões, a irmã Xie me disse com alegria: “Tenho uma ótima notícia! O Senhor retornou e está expressando a verdade e realizando a obra de julgamento nos últimos dias”. Fiquei animada ao ouvir isso, mas achei um pouco difícil de acreditar, por isso, perguntei: “É verdade?” A irmã Chen disse: “Sim, é verdade. O Senhor retornou como Deus Todo-Poderoso. Ele está declarando palavras e realizando a obra de julgamento”. De repente, me lembrei de uma postagem que tinha visto no Facebook dizendo que a Relâmpago do Oriente está testemunhando que o Senhor retornou para falar e realizar a obra de julgamento, e que a pregação dela vai além da Bíblia. Logo me fechei e perguntei à irmã Chen: “Você acredita na Relâmpago do Oriente?” Ela disse com franqueza: “Sim”. Fiquei um pouco perturbada e pensei em como os pastores e presbíteros sempre diziam que todas as palavras e a obra de Deus estão na Bíblia, que a fé no Senhor deve ser baseada na Bíblia, e que nos afastar dela é heresia. O que aquelas irmãs estavam pregando ia além da Bíblia. Será que elas não se desviaram do caminho do Senhor? Então, eu disse: “O que vocês pregam é diferente do que meu pastor e os presbíteros pregam. Acho que não posso mais me encontrar com vocês”. E então, encerrei a conexão abruptamente. Mas a notícia do retorno do Senhor continuou em minha mente por muito tempo. Eu pensava em como as comunhões das irmãs eram práticas e esclarecedoras. Eu entendi muito sobre os mistérios da Bíblia e sobre a vontade de Deus. Perguntei-me: “Será que a Relâmpago do Oriente é de Deus? Se eu não ouvir e perder a chance de receber o Senhor, será muito tarde para me arrepender”. Mas quando pensava no que o clero dizia, eu ficava com medo de me desviar. Meu coração parecia estar dividido ao meio, por isso, orei com sinceridade ao Senhor, pedindo a Ele que me guiasse para fazer a escolha certa.

Eu teria outra conversa pela internet com as irmãs na manhã seguinte. Pensando em como elas eram sempre amorosas e pacientes, imaginei que seria rude da minha parte não avisá-las que eu não participaria. Por isso, me conectei como sempre, e logo que acessei, falei: “Suas comunhões são muito esclarecedoras e o que vocês leram para mim é muito prático. Mas vocês dizem que o Senhor Jesus retornou e que está realizando uma nova obra e expressando novas palavras. Isso vai além da Bíblia e se desvia do caminho do Senhor. Os pastores e presbíteros dizem que as palavras e a obra de Deus estão todas na Bíblia. Como podem existir novas palavras de Deus fora da Bíblia?”

A irmã Xie disse, com paciência: “Os pastores e presbíteros sempre dizem que as palavras e a obra de Deus estão todas na Bíblia, e não podem ser encontradas em outro lugar. Mas essa visão está de acordo com os fatos e com as palavras de Deus? O Senhor Jesus disse isso alguma vez? O Espírito Santo disse isso? Se não tem base nas palavras de Deus ou na verdade, então essa visão é apenas uma das noções humanas e não tem fundamento. Pessoas que conhecem bem a Bíblia sabem que, aqueles que compilaram o Antigo Testamento deixaram coisas de fora, então algumas das palavras de Deus Jeová ditas aos profetas não foram registradas no Antigo Testamento. As profecias de Esdras, por exemplo, não foram incluídas na Bíblia, este é um fato conhecido. Quando o Senhor Jesus operou, Ele não disse apenas as palavras registradas nos quatro evangelhos, que eram limitadas. O próprio Evangelho de João diz: ‘E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem’ (João 21:25). Se formos pela visão dos pastores e presbíteros, não estaríamos negando e condenando as palavras de Deus que não foram registradas na Bíblia? Além disso, o Senhor Jesus profetizou claramente: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade’ (João 16:12-13). Também foi profetizado várias vezes em Apocalipse: ‘Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas’ (Apocalipse Capítulos 2-3). Existe o pergaminho que será aberto pelo Cordeiro e os estrondos dos sete trovões. Essas palavras nos dizem que quando o Senhor retornar nos últimos dias, Ele fará mais declarações, e essas declarações não podem estar registradas na Bíblia antecipadamente. Se as palavras de Deus só podem ser encontradas na Bíblia, como essas profecias serão cumpridas? Deus é o Criador, a fonte de águas vivas que fluem sem parar. Como ele poderia ter dito apenas essas limitadas palavras que foram registradas na Bíblia? O clero diz que a obra e as palavras de Deus estão todas na Bíblia e não podem ser encontradas em nenhum outro lugar, mas isso não nega e condena a obra e as palavras do Senhor Jesus que retornou?”

Depois de ouvir a comunhão dela, pensei: “Sim, o Senhor profetizou que voltaria e diria mais palavras, e essas palavras teriam de estar além do que está na Bíblia”. Mas o pensamento de me afastar da Bíblia me incomodou e pensei: “Os pastores e os presbíteros dizem que nos afastar da Bíblia é heresia. E se eu me perder na minha fé? Creio no Senhor há tanto tempo e sempre li a Bíblia. Cristãos de todo o mundo baseiam sua fé na Bíblia. A Bíblia é o pilar da nossa fé. Como podemos nos afastar dela e ainda crer no Senhor?” Fiquei em silêncio com esse pensamento.

Vendo que eu não dizia uma palavra, a irmã Chen não continuou sua comunhão. Depois que desconectamos, Ela me enviou um clipe chamado “Deus opera de acordo com a Bíblia?”, do filme gospel chamado “Deixar a Bíblia”, e me pediu para assistir. Eu abri o link e assisti à personagem principal, Wang Yue, comunicando com um pastor. Aquilo me atraiu de imediato. Ela falou: “Você acabou de dizer que Deus não realizaria Sua obra de salvação fora da Bíblia, e que tudo que vai além da Bíblia é heresia. Então, tenho uma pergunta: O que veio primeiro, a Bíblia ou a obra de Deus? Deus criou todas as coisas no princípio. Ele inundou o mundo e queimou Sodoma e Gomorra. O AntigoTestamento existia quando Ele fez essas coisas? O Novo Testamento existia quando o Senhor Jesus veio trabalhar na Era da Graça?” Ela continuou: “Tanto o Antigo quanto o Novo Testamentos foram compilados com base nos registros que as pessoas fizeram da obra que Deus terminara. Deus não opera de acordo com a Bíblia e Ele não se limita a Ela, pois Ele opera conforme Seu próprio plano de gestão e as necessidades da humanidade. Não podemos, portanto, limitar a obra de Deus à Bíblia ou utilizá-la para delimitar a obra de Deus, pois Ele tem o direito de realizar Sua própria obra”. Meu coração se iluminou com a comunhão da irmã Wang. Pensei: “O Novo Testamento não existia quando o Senhor Jesus veio para trabalhar, e o Antigo Testamento não existia quando Deus criou todas as coisas e estabeleceu as leis. Não há como negar! Como não pensei nisso antes?”

A comunhão do vídeo continuou: “Se dissermos que tudo fora da Bíblia é heresia, não condenaremos todas as palavras e obras de Deus através da história? Quando o Senhor Jesus trabalhou, Ele não o fez de acordo com o Antigo Testamento. Ele pregou o caminho do arrependimento, curou os enfermos, expulsou demônios, não guardou o sábado, perdoou as pessoas setenta vezes sete e muito mais. Nada disso estava no Antigo Testamento. Os fariseus, sumos sacerdotes e escribas usaram essas coisas contra o Senhor e condenaram Sua obra como heresia. Eles acreditavam em Deus, mas O desafiaram”.

A irmã, então, leu duas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso diz: “Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e que não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que ela documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Pauloesses não são registros históricos?” “Durante a época de Jesus, Ele liderou os judeus e todos os que O seguiram de acordo com a obra do Espírito Santo Nele, à época. Ele não utilizou a Bíblia como a base do que Ele fez, mas falou de acordo com Sua obra; Ele não prestou atenção ao que a Bíblia dizia, nem procurou na Bíblia uma senda para liderar Seus seguidores. Do momento em que iniciou sua obra, Ele espalhou o caminho do arrependimentouma palavra que nunca foi mencionada nas profecias do Antigo Testamento. Não apenas Ele não agiu de acordo com a Bíblia, mas também liderou uma nova senda e fez uma nova obra. Ele nunca fez referência à Bíblia ao pregar. Durante a Era da Lei, ninguém jamais tinha sido capaz de realizar Seus milagres de curar os enfermos e expulsar demônios. Assim, também, Sua obra, Seus ensinamentos e a autoridade e poder de Suas palavras estavam além de qualquer homem durante a Era da Lei. Jesus simplesmente fez Sua mais nova obra, e embora muitas pessoas O condenassem utilizando a Bíbliae utilizaram até mesmo o Antigo Testamento para crucificá-LoSua obra ultrapassou o Antigo Testamento; se assim não fosse, por que as pessoas O pregaram na cruz? Não foi porque nada havia no Antigo Testamento a respeito de Seus ensinamentos e Sua capacidade de curar os doentes e expulsar os demônios? Sua obra foi feita para liderar uma nova senda, não para deliberadamente começar uma briga contra a Bíblia ou dispensar o Antigo Testamento intencionalmente. Ele simplesmente veio para realizar Seu ministério, trazer a nova obra àqueles que O desejavam e procuravam… Para as pessoas, parecia que Sua obra não tinha base, e uma boa parte dela estava em desacordo com os registros do Antigo Testamento. Isso não foi um erro do homem? A doutrina precisa ser aplicada à obra de Deus? E Deus deve operar de acordo com as profecias dos profetas? Afinal, o que é maior: Deus ou a Bíblia? Por que Deus deve operar de acordo com a Bíblia? Será que Deus não tem o direito de ir além da Bíblia? Deus não pode Se afastar da Bíblia e fazer outra obra? Por que Jesus e Seus discípulos não guardavam o sábado? Se fosse para Ele guardar o sábado e praticar de acordo com os mandamentos do Antigo Testamento, por que Jesus não guardou o sábado depois que veio, mas, em vez disso, lavou os pés, cobriu a cabeça, partiu o pão e bebeu vinho? Tudo isso não está ausente dos mandamentos do Antigo Testamento? Se Jesus honrava o Antigo Testamento, por que Ele rompeu com essas doutrinas? Você deve saber qual veio primeiro, Deus ou a Bíblia!” (‘A respeito da Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A irmã Wang continuou: “A Bíblia é só um registro dos dois estágios da obra de Deus nas Eras da Lei e da Graça. É um testemunho dos dois estágios da obra de Deus em que Ele guiou e redimiu a humanidade, depois de criar todas as coisas e criar o homem. Ela não pode representar toda a obra de Deus para salvar a humanidade. A obra de Deus está sempre avançando. Deus começa uma nova era e realiza uma nova obra nos últimos dias. Ele fornece mais verdades ao homem que nos permitem nos livrar do pecado de uma vez por todas, assim podemos ser limpos, totalmente salvos e entrar no reino Dele. Portanto, Deus não guia o homem com base em Sua antiga obra registrada na Bíblia, e Ele não repetiria a obra que já realizou. Deus é o Senhor da criação e da Bíblia. Ele tem o direito de ir além da Bíblia e de realizar uma nova obra de acordo com Seu plano de gestão. É por isso que a frase: ‘As palavras e a obra de Deus estão todas na Bíblia e se afastar dela é heresia’, é uma afirmação insustentável que blasfema contra Deus e O delimita. Qualquer pessoa que diga isso não conhece a obra de Deus e resiste a Ele”. A irmã continuou: “Deus opera de acordo com Seu próprio plano, não de acordo com a Bíblia. O Senhor Jesus pregou o caminho do arrependimento, expulsou demônios e curou os doentes. Ele não guardou o sábado e ensinou as pessoas a sempre perdoar. Tudo isso não foi além do Antigo Testamento? Ele até quebrou as leis do Antigo Testamento. Isso também não foi obra de Deus?” Eu tive fé no Senhor por muitos anos e sempre acreditei e me apeguei ao que o clero dizia, que “As palavras e a obra de Deus estão todas na Bíblia e se afastar dela é heresia”. Eu não estava condenando a obra de Deus? Agora vejo o quanto eu era tola e confusa!

Depois disso, sempre que tinha tempo, eu assistia a filmes e vídeos gospel produzidos pela Igreja de Deus Todo Poderoso no YouTube. Um dia, cliquei em um clipe chamado: Qual é a relação entre Deus e a Bíblia? As palavras de Deus naquele clipe me tocaram profundamente. Deus Todo-Poderoso diz: “Desde que existe a Bíblia, a crença das pessoas no Senhor tem sido a crença na Bíblia. Em vez de dizer que as pessoas acreditam no Senhor, é melhor dizer que acreditam na Bíblia; em vez de dizer que começaram a ler a Bíblia, é melhor dizer que começaram a acreditar na Bíblia; e em vez de dizer que retornaram ao Senhor, seria melhor dizer que retornaram à Bíblia. Dessa forma, as pessoas adoram a Bíblia como se fosse Deus, como se fosse sua força vital, e perdê-la seria o mesmo que perder sua vida. As pessoas veem a Bíblia tão elevada quanto Deus, e há até aqueles que a veem mais elevada que Deus. Se as pessoas estão sem a obra do Espírito Santo, se não conseguem sentir Deus, podem continuar vivendo, mas, assim que perdem a Bíblia ou os famosos capítulos e dizeres da Bíblia, é como se tivessem perdido a vida”. “Eles acreditam em Minha existência apenas no escopo da Bíblia. Para eles, Sou o mesmo que a Bíblia; sem a Bíblia Eu não existo e sem Mim não há Bíblia. Eles não prestam atenção em Minha existência nem nas Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras e muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja previsto pelas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada às Escrituras. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia, e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Tais pessoas não são os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Antigo Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? Não era que eles não buscavam o caminho da compatibilidade com a verdade? Eram obcecados por toda e qualquer palavra das Escrituras, sem, no entanto, prestar atenção na Minha vontade, nas etapas e nos métodos da Minha obra. Eles não eram pessoas que buscavam a verdade, mas pessoas que se agarravam rigorosamente às palavras; não eram pessoas que acreditavam em Deus, mas gente que acreditava na Bíblia. Eram, em essência, os cães de guarda da Bíblia” (‘Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois de assistir ao clipe, percebi que conhecer bem a Bíblia não é o mesmo que conhecer e obedecer verdadeiramente a Deus. Os fariseus judeus eram grandes conhecedores das Escrituras, mas, ainda assim, crucificaram o Senhor Jesus. Isso mostra que entender a Bíblia não significa entender a Deus, e, só porque alguém se apega à Bíblia, não significa que essa pessoa segue o caminho do Senhor. Percebi que, embora tivesse lido a Bíblia por anos e soubesse um pouco sobre ela, eu não conhecia em nada o Senhor. Eu acreditava erroneamente que a Bíblia representava o Senhor, que a fé na Bíblia era fé Nele, que se apegar à Bíblia é o mesmo que se apegar ao caminho do Senhor. Quando a irmã Xie testemunhou que Deus tinha se manifestado e estava trabalhando nos últimos dias, não ousei investigar. E, mais tarde, após ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, ainda achei difícil aceitar, apesar de saber em meu coração que as palavras Dele são a verdade e a voz de Deus, simplesmente, porque elas não estavam registradas na Bíblia. Eu cultuava e me apegava à Bíblia e me recusava a aceitar a nova obra e as novas declarações de Deus. Em que eu era diferente daqueles fariseus que resistiram ao Senhor Jesus? Esse pensamento me assustou. “Preciso abandonar minhas noções”, pensei. “Preciso ler mais das palavras de Deus Todo-Poderoso”.

Na reunião seguinte, contei às irmãs sobre o que eu tinha ganhado e entendido depois de assistir aos filmes gospel. Elas ficaram contentíssimas e leram uma passagem das palavras de Deus para mim. “Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela qual o homem ganhará vida e a única senda pela qual o homem há de conhecer Deus e ser aprovado por Deus. Se você não busca o caminho de vida providenciado por Cristo dos últimos dias, jamais ganhará a aprovação de Jesus e nunca estará qualificado para adentrar a porta do reino dos céus, pois é tanto um fantoche quanto um prisioneiro da história. As pessoas controladas por regulamentos, por letras, e agrilhoadas pela história jamais serão capazes de ganhar vida e de ganhar o caminho perpétuo de vida. Isso porque tudo o que elas têm é água turva à qual se agarraram por milhares de anos em vez da água da vida que flui do trono” (‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Então a irmã Xie começou a comunicar, dizendo: “Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso encerra a Era da Graça e começa a Era do Reino. Ele expressa a verdade e realiza a obra de julgamento começando pela casa de Deus para limpar e salvar a humanidade de uma vez por todas. Deus Todo-Poderoso já proferiu milhões de palavras. A maioria delas pode ser encontrada em A Palavra manifesta em carne, a Bíblia da Era do Reino. Ele revelou importantes mistérios da Bíblia, como as virgens prudentes recebendo o Senhor, o que é ser arrebatado, os vencedores sendo formados antes dos desastres, os mistérios da obra de gestão de Deus e os três estágios de Sua obra. Também as relações entre os três estágios da obra de Deus, os resultados dessas obras, os mistérios da encarnação e do julgamento nos últimos dias, a verdade sobre a Bíblia e muito mais. Deus Todo-Poderoso também revela Seu caráter justo e majestoso que não tolera ofensa. Ele expõe e julga a corrupção da humanidade por Satanás, disseca a causa primária da resistência e desobediência das pessoas a Deus, e nos diz quais são Suas exigências e Suas vontades para o homem. Isso inclui o que é a verdadeira fé em Deus, o que significa obedecer a Deus, temer a Deus e dar testemunho Dele, como praticar a verdade e ser honesto, como viver uma vida com significado e muito mais. As palavras de Deus Todo-Poderoso são abundantes e contém tudo de que precisamos. Essas verdades são o caminho para a vida eterna que Deus dá ao homem nos últimos dias. Elas podem nos limpar e nos transformar, nos livrar do pecado, nos salvar completamente e nos guiar para o reino de Deus”.

A comunhão da irmã deixou tudo claro. Deus Todo-Poderoso expressa muitas verdades, Ele é realmente a fonte eterna de águas vivas! Eu soube em meu coração que as palavras de Deus Todo-Poderoso são a voz de Deus e que Ele é o Senhor Jesus que retornou. Eu havia acreditado em Deus todos aqueles anos, mas nunca realmente O conheci, em vez disso, acreditei no que o pastor e os presbíteros diziam. Eu limitei as declarações e a obra de Deus à Bíblia e me recusei a aceitar o evangelho do reino de Deus. Mas Deus não me abandonou, e usou as irmãs para pregar o evangelho a mim muitas vezes. Tive muita sorte por ouvir a voz de Deus, receber o retorno do Senhor, e desfrutar do sustento das águas vivas que fluem do trono. Essa foi a graça de Deus para mim. Sou muito grata a Deus Todo-Poderoso!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado