Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Um tipo diferente de amor

119

Chengxin, Brasil

Por uma oportunidade casual, eu vim da China para o Brasil em 2011. Logo que cheguei, meus olhos brilhavam de curiosidade diante das novas experiências, e eu tinha boas expectativas em relação ao futuro. Mas depois de pouco tempo, esse sentimento novo foi rapidamente substituído pela solidão e a dor de me encontrar em uma terra distante. Todos os dias eu voltava para casa sozinho, comia só, olhava para as paredes ao meu redor sem ninguém para conversar, e me sentia especialmente solitário em meu coração, muitas vezes chorando só. Quando senti mais dor e desamparo, o Senhor Jesus me levou a uma reunião por meio de um amigo. Pela leitura da palavra do Senhor, cantando hinos e orando em reuniões, meu coração solitário recebeu a consolação Dele. Aprendi com a Bíblia que os céus, a terra e todas as coisas foram criadas por Deus, e que o homem também é criação Dele. O Senhor Jesus foi crucificado para a redenção da humanidade, Ele nos redimiu do pecado e é o único Redentor da humanidade. Diante da salvação do Senhor, que é maior que tudo, senti-me profundamente comovido e decidido a segui-Lo pelo resto da minha vida. Por isso, fui batizado no Dia de Ação de Graças para me tornar um cristão não apenas no nome, mas na realidade. Como eu gostava de cantar hinos, especialmente aqueles em louvor a Deus, depois que fui batizado, tomei a iniciativa de me juntar ao coral e trabalhar com eles. Pela orientação e bênçãos de Deus, eu vivia em paz e feliz. Toda vez que ia a uma reunião ou louvava a Deus em adoração, sentia-me inundado de energia.

Mas o tempo bom não dura para sempre e, quando entrei nas fileiras do ministério da igreja, aos poucos percebi que, mesmo aparentando preocupação e cuidado uns com os outros e parecendo harmoniosos, os irmãos e irmãs da igreja buscavam seus interesses pessoais em seus discursos e atos. Eles não queriam sofrer nenhuma perda pessoal enquanto trabalhavam no ministério da igreja, e muitas vezes fofocavam sobre quem estava fazendo mais e quem estava fazendo menos. Até o pastor era extremamente esnobe. Ele tratava as pessoas com base na quantia de suas doações e, quando pregava, sempre falava sobre doações. Toda vez que ele ia a uma reunião, a coisa a que dava mais ênfase era se as pessoas davam ou não doações e quanto tinham doado. Ele não queria ouvir nada sobre a vida dos irmãos e irmãs. Falava sobre o amor, mas não mostrou uma única ação genuína. Quando os irmãos e irmãs tinham dificuldades, o pastor não os ajudava, mas o que deixava as pessoas ainda mais indignadas era que ele ainda as criticava e menosprezava os irmãos e irmãs impotentes e sem dinheiro. Quando vi esse ambiente da igreja, fiquei desapontado, mas também confuso: como a igreja mudou a ponto de não ser mais diferente da humanidade? Lentamente, perdi o amor e a fé que tivera antes e, no domingo, quando ia à igreja, sentia-me muito menos revigorado. Eu nem queria cantar. Toda semana, eu ficava do lado de fora tomando café ou tirava uma soneca rápida sentado durante a missa. Quando o sermão acabava, eu jogava minha doação e saía. Havia sempre um sentimento de tristeza ou desamparo em meu coração.

Um domingo, em agosto de 2016, conheci a irmã Li Min, que veio da América do Norte e era colega de classe das irmãs Gao Xiaoying e Liu Fang. Todas elas acreditavam no Senhor. Nós começamos a conversar enquanto estávamos sentados no gramado. Conversamos muito e chegamos ao assunto do ambiente eclesial, e contei tudo o que vi na igreja. Depois que a irmã Li Min ouviu o que eu falei, ela assentiu e disse: “Hoje em dia, não apenas sua igreja ficou assim, mas todo o mundo religioso perdeu a obra do Espírito Santo. Eles caíram na escuridão e na desolação. O Senhor Jesus profetizou uma vez: ‘e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará’ (Mateus 24:12). Já é o período dos últimos dias, e a anarquia está crescendo cada vez mais na religião. Os pastores e presbíteros não cumprem os mandamentos do Senhor Jesus, não trilham o caminho Dele e acham que não tem problema viver assim em pecado. Todos nós sabemos que o florescimento da igreja é o fruto obtido pela obra do Espírito Santo. Hoje, Deus já realizou uma nova obra, e a obra do Espírito Santo foi transmitida a um grupo de pessoas que aceitam e obedecem à nova obra de Deus. Os pastores e presbíteros da religião não levam os crentes a buscar e investigar a obra de Deus nos últimos dias, mas resistem e condenam a nova obra Dele, disseminando todos os tipos de rumores e equívocos para impedir que as pessoas retornem para Deus. Eles encaram o ódio e a rejeição de Deus, de modo que todo o mundo religioso está sem a bênção Dele, perdeu completamente a obra do Espírito Santo, e foi deixado de lado e eliminado pelo Senhor. Então, a religião se torna cada vez mais desolada e sombria. É como no tempo em que o Senhor Jesus se encarnou para realizar a obra. A obra do Senhor Jesus inaugurou a Era da Graça e pôs fim à Era da Lei. E porque aquelas pessoas que seguiram o Senhor Jesus aceitaram e obedeceram à nova obra de Deus, elas ganharam a obra do Espírito Santo, enquanto, ao contrário, o Espírito Santo não operou entre aquelas pessoas que não aceitaram o Senhor Jesus e ainda permaneceram no templo. Assim, o templo, que uma vez foi preenchido com a glorificação de Deus e onde os crentes O adoravam, tornou-se um lugar para fazer negócios e um covil de ladrões. Isso quer dizer que a razão para a desolação da igreja, sob um aspecto, é causada pelos pastores e presbíteros que não aderem aos mandamentos de Deus, nem cumprem a palavra Dele, e praticam atos malignos. Sob outro aspecto, a desolação é trazida por Deus estar realizando uma nova obra, pela obra do Espírito Santo que se transformou e por pessoas que não alcançaram os passos de Deus. No entanto, a vontade de Deus está presente na desolação da igreja e há uma verdade que pode ser encontrada nela. Através da desolação da igreja, Deus compeliu todos aqueles que creem Nele com o coração verdadeiro e que têm sede da verdade a deixar a religião para trás, para que possam buscar a obra do Espírito Santo, alcançar os passos de Deus e entrar na presença Dele para obter Sua obra e salvação atuais”.

Ouvindo o que a irmã Li comungava, assenti e disse: “O que você disse está correto. Com certeza é assim. Eu nunca fui capaz de entender esse problema, pois a igreja era originalmente um lugar para adorar a Deus, mas não há mais diferença entre a igreja e a sociedade em geral. Além disso, não há nova luz no que os pastores pregam, nem qualquer prazer em ouvi-los, e as pessoas agora vivem nas trevas. Acontece que ainda não alcançamos a nova obra de Deus, então, o que devemos fazer para que isso aconteça?” A irmã Li disse: “O Senhor Jesus há muito retornou. Nos últimos dias, Deus está encarnado como homem para expressar a verdade sob o nome de Deus Todo-Poderoso. Ele realizou um estágio da obra de julgar e purificar a humanidade. Temos que alcançar a obra de Deus nos últimos dias e aceitar o julgamento da palavra Dele, e, então, poderemos obter a obra do Espírito Santo”. Quando ouvi que o Senhor Jesus já havia retornado para realizar um estágio da obra de julgamento, fiquei espantado. Pensei: “O julgamento não é para punir uma pessoa depois que ela é condenada? Deus vem nos últimos dias para julgar aquelas pessoas que não creem Nele e nós que cremos no Senhor Jesus já fomos absolvidos de nossos pecados e fomos agraciados com a salvação. Não precisamos receber o julgamento de Deus, pois quando o Senhor vier, Ele nos elevará diretamente ao reino celestial. Como Ele pôde vir para nos julgar?” Com ​​esse pensamento, criei minha própria opinião. Naquele momento, a irmã Liu Fang disse: “Irmão, eu já estou investigando a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias há uma semana com a irmã Gao. Nós reconhecemos que a palavra de Deus Todo-Poderoso é a voz de Deus. Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que retornou. Leia a palavra de Deus Todo-Poderoso e você entenderá. A razão pela qual o Senhor Jesus voltou para realizar a obra de julgamento é que, embora nós, que cremos no Senhor, estejamos perdoados de nossos pecados, ainda vivemos o tempo todo em meio ao pecado, do qual não podemos nos libertar. Não há como nos libertarmos da escravidão e do controle do pecado, e, de fato, realmente precisamos de Deus para expressar a verdade para nos julgar e nos purificar e erradicar nossa natureza pecaminosa e nosso caráter satânico corrupto. A obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias é uma nova e notável obra construída sobre o fundamento da obra redentora do Senhor Jesus. Ela purifica e salva completamente os homens através do julgamento da palavra e leva as pessoas a um lugar maravilhoso”. Depois disso, elas comungaram mais algumas verdades comigo pacientemente. Mas não importava o que elas dissessem, eu simplesmente não conseguia aceitar que o Senhor estava voltando para julgar aqueles que acreditavam Nele. Ao mesmo tempo em que eu estava em conflito, também estava com a mente perplexa: as irmãs Gao e Liu eram crentes muito piedosas, e todos reconheciam a crença e o amor que elas tinham pelo Senhor, então como podiam acreditar que o Senhor Jesus estava voltando para julgar a nós que acreditamos Nele e que Ele não nos elevaria diretamente ao reino dos céus? Será que havia algum mistério da verdade que eu não conhecia?

Como eu estava pensando, a irmã Li Min pegou um livro e disse para mim com seriedade: “Irmão, o Senhor Jesus disse: ‘Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus’ (Mateus 5:3). Não saia tirando conclusões, certo? Vamos primeiro ver se a palavra de Deus Todo-Poderoso é a voz de Deus, se ela pode prover vida para nós, e se ela pode nos purificar e nos salvar. Assim, saberemos se Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. As ovelhas de Deus escutarão a voz de Deus, então vamos ler Sua palavra juntos!” Eu estava um pouco relutante em meu coração e não respondi à pergunta dela. As três irmãs ficaram um pouco tristes ao ver minha atitude. De repente, a irmã Liu sugeriu: “Primeiro vamos orar e depois ler um pouco mais da palavra de Deus!” Depois que ela disse isso, as três irmãs começaram a orar e eu tive que acompanhá-las. Ainda assim, enquanto orava, mal consegui acalmar meu coração. Mesmo que eu não pudesse ouvir sobre o que as irmãs estavam orando, fiquei comovido com a vivacidade delas. Elas tratavam Deus com uma atitude de sinceridade e procuraram a vontade Dele em tudo. Elas esperavam que eu investigasse a obra de Deus nos últimos dias e isso também veio do amor de Deus por mim. Depois da oração, a irmã Li me entregou um livro e disse com sinceridade: “A maioria das perguntas desse livro, Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro, existe entre pessoas de todas as denominações. Para cada pergunta, passagens relacionadas são escolhidas da palavra de Deus para explicá-la. Vá em frente e dê uma olhada”. Eu não queria levar o livro, mas vendo como elas eram sinceras, olhei novamente para a irmã Gao e a irmã Liu, e o quanto elas esperavam que eu investigasse e buscasse. Eu pensava no quanto era realmente importante receber a vinda do Senhor e que eu não deveria tratar o assunto com descuido. Com isso, aceitei o livro e disse: “Tudo bem, estou disposto a aceitar este livro. Vamos parar por aqui hoje. Vou ler o livro primeiro e depois conversaremos”.

Depois que voltei para casa, coloquei o livro de lado e meus pensamentos estavam todos embaralhados. Pensei sobre o que a irmã Li Min tinha comungado e tive a sensação de que tudo era claro e distinto. Cada frase que ela disse era um fato, mas o que eu não conseguia entender era: por que o Senhor realizaria um estágio da obra de julgamento após Seu retorno? Depois de contemplar com cuidado, eu ainda não entendia. Mas em relação à segunda vinda do Senhor, como eu já tinha ouvido a respeito, não podia criar minhas próprias regras cegamente e me sentar resignado com o meu destino. Pensei que seria também uma boa ideia dar uma olhada no livro e ver pontos de vista diferentes. Assim, passei seis dias lendo todo o livro. Vi que Deus Todo-Poderoso revelou muitas verdades e mistérios de que eu nunca tinha ouvido falar. Isso me permitiu obter grande provisão, e também, quando li as palavras de Deus Todo-Poderoso, senti que havia muitas coisas que foram ditas no mesmo tom do Senhor Jesus. Havia autoridade e poder como se fosse a voz de Deus falando. Então, depois que terminei de ler o livro, eu queria entender ainda mais o que estava por trás da obra de julgamento feita por Deus Todo-Poderoso. Decidi encontrar a irmã Gao para pedir esclarecimentos.

No dia seguinte, fui à casa da irmã Gao e encontrei alguns de seus amigos. Todos eles aceitaram a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e estavam reunidos comungando uns com os outros. Nós nos cumprimentamos e a irmã Li Min foi direto ao ponto me perguntando: “Irmão, que noções você ainda mantém? Quais aspectos da obra de Deus nos últimos dias você ainda quer entender? Nós podemos comungar juntos”. Eu disse: “Você mencionou que a igreja ficou desolada porque a obra do Espírito Santo está avançando nos últimos dias. Eu posso aceitar isso, mas nós que cremos no Senhor já tivemos nossos pecados absolvidos, e Ele não nos vê como pecadores. Por que Deus quer realizar mais um estágio da obra de julgamento? Não podemos ser levados para o reino celestial sem passar por essa etapa? Quando Deus julga alguém, essa pessoa não é considerada pecadora? Não devem ser todas punidas? Como elas podem ainda ser levadas para o reino celestial?” A irmã Li Min disse: “No que diz respeito às noções da maioria das pessoas, o Senhor retornou para julgar os incrédulos, que não acreditavam em Deus. Como Deus julgou as pessoas, elas foram tidas como pecaminosas e punidas, e aqueles que acreditavam Nele tiveram seus pecados absolvidos. Assim, elas creem que o Senhor retornará para levá-las diretamente ao reino celestial, não para julgá-los. Por isso, recusam-se a aceitar a obra de julgamento de Deus nos últimos dias. Isso é interpretar de modo totalmente equivocado a vontade de Deus e demonstra que a pessoa não conhece a obra Dele. Na verdade, a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias – de expressar a verdade e de julgar e purificar o homem – é para elevar os crentes ao reino celestial. Todos nós sabemos que a Bíblia diz: ‘Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus’ (1 Pedro 4:17). Essa profecia nos fala claramente que a obra de julgamento de Deus nos últimos dias começa primeiro pela casa de Deus. Isto é, começa com aquelas pessoas que acreditam em Deus de coração e aceitam a obra Dele nos últimos dias. Então, nós consideramos errada a noção de que crer no Senhor Jesus significa que alguém não precisa aceitar a obra de julgamento de Deus. Nos últimos dias, Deus usa Suas palavras para julgar todos aqueles que se colocam diante de Seu trono, e purifica e salva essas pessoas. Antes da calamidade, Ele reúne um grupo de vencedores e, depois, quando ela cair sobre o mundo, Ele recompensará os bons e punirá os maus. É assim que a obra de julgamento de Deus nos últimos dias acontece. Ninguém é capaz de escapar da obra de julgamento de Deus nos últimos dias, mas quanto àquelas pessoas que aceitam e obedecem ao julgamento de Deus, elas são purificadas, salvas e aperfeiçoadas. Aqueles que recusam e resistem à obra de julgamento de Deus nos últimos dias, embora possam se esconder do julgamento da palavra Dele, não podem escapar da catástrofe no final. Isso é um fato! A razão pela qual Deus quer nos julgar nos últimos dias é dita muito claramente na palavra de Deus Todo-Poderoso. Vamos ler juntos uma seção da Sua palavra. Deus Todo-Poderoso diz: ‘Você só sabe que Jesus descerá durante os últimos dias, mas como exatamente Ele descerá? Um pecador como você, que acaba de ser redimido, e não foi mudado ou aperfeiçoado por Deus, pode ser segundo o coração de Deus? Para você, você que ainda é do seu antigo eu, é verdade que você foi salvo por Jesus, e que você não é contado como pecador por causa da salvação de Deus, mas isso não prova que você não é pecador e não é impuro. Como você pode ser santo se não foi mudado? Internamente, você é assolado por impurezas, é egoísta e ignóbil, mas ainda deseja descer com Jesus – quem dera você ter tanta sorte! Você pulou uma etapa em sua crença em Deus: você foi meramente redimido, mas não foi mudado. Para você ser segundo o coração de Deus, Deus deve fazer pessoalmente a obra de mudar e limpar você; se você é apenas redimido, será incapaz de alcançar a santidade. Dessa forma, você não será qualificado para compartilhar as boas bênçãos de Deus, pois você perdeu um passo na obra de Deus de gerenciar o homem, que é o importante passo de mudar e aperfeiçoar. Assim, você, um pecador que acaba de ser redimido, é incapaz de herdar diretamente a herança de Deus’ (de ‘Sobre denominações e identidade’ em “A Palavra manifesta em carne”). Compreendemos pela palavra de Deus que crendo no Senhor Jesus nossos pecados são meramente perdoados. Isso não significa que não pecamos nem que somos sem pecado. Na realidade, todos nós vivemos no ciclo vicioso de cometer e depois confessar nosso pecado, e ainda precisamos que Deus expresse Sua palavra para nos julgar e purificar. Quando estivermos limpos, estaremos qualificados para ser elevados ao reino celestial. Está registrado na Bíblia: ‘portanto santificai-vos, e sede santos, porque eu sou santo’ (Levítico 11:44). ‘a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor’ (Hebreus 12:14). Deus é puro e santo. Pessoas contaminadas e corruptas não podem ver o rosto de Deus e não estão aptas para entrar no reino de Deus. A obra da redenção realizada pelo Senhor Jesus apenas nos absolveu de nossos pecados, mas não nos isentou de nosso caráter corrupto e natureza pecaminosa. Portanto, nossa arrogância, presunção, engano e astúcia, egoísmo e desprezo, mal e ganância, aversão à verdade, amor à injustiça e outros caracteres satânicos corruptos ainda permanecem. Esses caracteres corruptos são precisamente a fonte que nos leva a pecar e a resistir a Deus. Se elas não são eliminadas, muitas vezes pecamos, competimos por fama e riqueza, temos ciúmes e conflitos, mentimos e enganamos, nos exaltamos, damos testemunho de nós mesmos e muito mais. Especialmente quando a obra de Deus não se adequa com nossas noções, nós ainda confiamos em nossos conceitos e imaginações ao julgar, negar e acusar a Deus e resistir à Sua obra. Como pessoas assim, que resistem a Deus, podem ser elevadas ao reino celestial? Deus expressa a verdade e realiza a obra de julgamento nos últimos dias, e Seu objetivo ao fazê-lo é purificar os caracteres satânicos corruptos que mantemos dentro de nós, bem como realizar nosso sonho de sermos levados ao reino celestial. Quando aceitamos o julgamento de Deus e nos libertamos de nosso caráter corrupto, alcançamos a purificação e a transformação. Assim, estaremos qualificados para herdar a promessa de Deus e sermos levados por Ele para o reino celestial”.

Depois de ouvir o que a irmã comungou e a palavra de Deus Todo-Poderoso, pensei: depois que alguém começa a crer no Senhor, o fato de que seus pecados são perdoados não significa que a pessoa não cometa pecado. Isso é mesmo verdade! Olhando para os membros da igreja, desde os pastores e presbíteros até os membros comuns, inclusive eu, todos estão vivendo em estado de pecado durante o dia e confessando à noite, e ninguém escapou da escravidão e do controle do pecado. Parece que as pessoas certamente serão incapazes de ver o rosto do Senhor sem passar pelo julgamento e purificação da palavra de Deus! Quando formulado assim, vemos que é absolutamente necessário que Deus venha e realize um estágio da obra de julgamento e purificação do homem! No passado, acreditei que se alguém tivesse fé no Senhor Jesus, essa pessoa não teria que ser julgada. Pensava que, quando o Senhor viesse, Ele julgaria aquelas pessoas que não creram Nele. Agora entendo que essa noção não está de acordo com a vontade de Deus, e que é uma crença errônea. Então, a Irmã Gao passou para mim um vídeo com canto e dança da Igreja de Deus Todo-Poderoso, chamado A alegria na boa terra de Canaã: “Voltei para a família de Deus, animada e feliz. Estou honrada em conhecer o Deus verdadeiro, entreguei-Lhe meu coração. Mesmo passando pelo Vale das Lágrimas, vi a beleza de Deus. Meu amor por Deus cresce dia a dia, Deus é a fonte da minha alegria. Encantada pela beleza de Deus, meu coração está ligado a Ele. Nunca amarei Deus o bastante, canções de louvor jorram no meu coração […]”. A música toda foi alegre, comovente e muito inspiradora. Eu vi que o rosto de todos os irmãos e irmãs no vídeo estava cheio de felicidade, e era impossível não cantar junto. Nós começamos a dançar junto com a música e nosso coração ficou realmente comovido. Vi que os irmãos e irmãs que tinham a provisão da palavra de Deus eram abençoados e alegres. Embora tivessem passado pelo julgamento e castigo de Deus, eles não se preocupavam, mas estavam libertos, livres, alegres e felizes. Pensei em como minha própria fé e entusiasmo na religião desapareceram. Tudo o que eu vi foi a desolação e a escuridão da igreja, mas os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso estavam cheios da obra do Espírito Santo. Eles comungavam sobre a verdade com iluminação e louvavam a Deus com vigor. Eles estavam dando testemunho de Deus com grande entusiasmo e energia. Os dois mundos pareciam muito diferentes quando comparados. Naquele momento, eu me senti como um órfão à deriva que havia voltado para casa e estava aproveitando o calor do abraço de uma mãe. Pensei: existe realmente a verdade para ser buscada aqui. Devo ouvir bem o que os irmãos e irmãs comungam sobre a verdade da obra de julgamento de Deus nos últimos dias, para que eu não perca a chance de ser elevado ao reino celestial quando o Senhor voltar.

Depois disso, a irmã Li leu para nós mais duas passagens da palavra de Deus: “Por meio de que a perfeição de Deus é realizada pelo homem? Por meio de Seu caráter justo. O caráter de Deus consiste principalmente em justiça, ira, majestade, julgamento e maldição, e Seu aperfeiçoar do homem é principalmente através do julgamento. Algumas pessoas não entendem e perguntam por que Deus só é capaz de tornar o homem perfeito através do julgamento e da maldição. Eles dizem que se Deus amaldiçoasse o homem, ele não morreria? Se Deus julgasse o homem, ele não seria condenado? Então, como ele ainda pode ser aperfeiçoado? Tais são as palavras das pessoas que não conhecem a obra de Deus. O que Deus amaldiçoa é a desobediência do homem e o que Ele julga são os pecados do homem. Embora Ele fale com severidade e sem a menor sensibilidade, Ele revela tudo o que está dentro do homem e, através dessas palavras severas, Ele revela o que é essencial dentro do homem, e ainda por meio desse julgamento, Ele proporciona ao homem um profundo conhecimento da essência da carne e, assim, o homem se submete à obediência diante de Deus. A carne do homem é do pecado e de Satanás, ela é desobediente e objeto do castigo de Deus — e assim, para permitir que o homem se conheça, as palavras do julgamento de Deus devem vir sobre ele e deve ser empregado todo tipo de refinamento; só então a obra de Deus pode ser eficaz” (de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). “O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconhece e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Tais efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A irmã Li comungou conosco, dizendo: “Depois que fomos corrompidos por Satanás, todos vivíamos sob a dominação dele e nos tornamos degenerados que resistiam a Deus. Com base na substância justa e santa de Deus, todos nós fomos alvos da maldição e destruição Dele, mas não é a vontade de Deus destruir a humanidade, mas, sim, salvá-la. Então, a fim de resgatar as pessoas da dominação de Satanás, Deus expressa a palavra nos últimos dias e realiza a obra de julgar e purificar o homem. A obra do juízo é, na verdade, Deus usando Sua palavra para expor as palavras, ações, natureza e essência das pessoas, que são contrárias e resistem a Ele. É fazer com que as pessoas conheçam a essência e a verdadeira condição de sua corrupção e reconheçam o caráter justo e santo de Deus, a fim de alcançar um ponto de autodepreciação e de verdadeiro arrependimento e transformação. É para se libertar do caráter satânico corrupto e ser obtido por Deus. Dessa maneira, as pessoas receberão a salvação. Somente através do julgamento e castigo da palavra de Deus somos capazes de ver que estamos cheios de corrupção. Em todos os momentos e lugares, exibimos o caráter corrupto de egoísmo, arrogância, traição e ganância. Estamos cheios de noções e imaginações, desejos extravagantes e exigências sem razão para com Deus. Não temos qualquer consciência ou razão, nem lealdade ou obediência. Quanto mais aceitamos o julgamento de Deus, mais reconhecemos quão profundamente estamos corrompidos e que, de fato, não temos humanidade. Começamos a sentir nojo de nós mesmos e a nos odiar em nosso coração. Quanto mais aceitarmos o julgamento de Deus, mais veremos a santidade e a justiça Dele, e mais nossos corações O reverenciarão. Estaremos dispostos a ir contra nossos desejos carnais e viver de acordo com a palavra de Deus. Posteriormente, uma transformação ocorrerá em nossas perspectivas sobre as coisas e nossa natureza corrupta, e começaremos a viver como um homem real. Provar o julgamento e o castigo de Deus é uma salvação e um amor enormes. Sem o julgamento e o castigo de Deus, todos nós seríamos destruídos”.

Fiquei muito comovido quando a irmã comungou sobre esse ponto, e vi o quão grande e verdadeiro é o amor de Deus. Ele é o Deus que ama a humanidade! Fui eu que entendi mal a boa intenção de Deus em salvar as pessoas. Eu pensava que Ele julgava as pessoas para determinar sua culpa e puni-las, mas nunca pensei que o fato de Deus expressar Sua palavra e julgar as pessoas nos últimos dias era um amor ainda mais verdadeiro, nem que era uma salvação ainda maior para nós! Graças a Deus Todo-Poderoso! Através da leitura da palavra de Deus Todo-Poderoso e do que as irmãs comungaram, adquiri alguma compreensão da obra de julgamento de Deus e eliminei minhas noções erradas sobre Ele. Cheguei à firme crença de que Deus Todo-Poderoso não é outro senão o Senhor Jesus, que retornou, e me dispus a aceitar a obra de julgamento de Deus. Eu emergi da névoa, e meu rosto irradiava um sorriso alegre. A irmã Li disse com alegria: “Graças a Deus por liderar você. Tudo isso é o fruto obtido através da palavra de Deus. Isso nos permite ver que, antes de compreender a verdade, embora tenhamos noções sobre Deus e Sua obra, basta procurarmos e aceitarmos a verdade e ouvirmos a palavra de Deus para entender a verdade e ter conhecimento da obra de Deus, e nossas noções e imaginações serão dissipadas como nuvens ou fumaça. Então, poderemos compreender a vontade de Deus e não O entenderemos mal novamente”. Eu assenti com alegria e agradeci a Deus por Sua salvação.

Depois de aceitar a obra de Deus nos últimos dias, instalei um aplicativo de mensagens no meu telefone para que a irmã Gao e os outros irmãos pudessem compartilhar comigo alguns filmes gospel, videoclipes e hinos da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Quando eu vi o filme chamado Do trono flui a água da vida, fiquei muito impactado. A situação desoladora da igreja do filme era como a nossa própria, e o filme mostrou as origens dessa desolação com perfeita clareza. Como a obra de Deus havia se transformado e Ele não estava mais operando dentro das igrejas, as pessoas que se recusavam a aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias estavam famintas. Aquelas que aceitaram a palavra de Deus Todo-Poderoso alcançaram a provisão da água da vida de Deus e não tinham mais sede. Elas atingiram a bênção de viver face a face com Deus. Quando assisti ao filme Esperando, não pude deixar de suspirar. O velho pastor do filme acreditou no Senhor toda a sua vida e achava que sua obra tinha mérito. Ele estava apenas esperando que o Senhor viesse para que pudesse ser elevado. Mas ele se apegou à crença de que, quando o Senhor vier, Ele descerá sobre uma nuvem e lhe dará a revelação em primeiro lugar. Por causa dessa teimosia, ele resistiu e recusou a obra de Deus nos últimos dias, por isso, no final, ele estava olhando para o céu, esperando por uma nuvem e morrendo com pesar. Essa amarga lição fez as pessoas pensarem profundamente! Ao mesmo tempo, regozijei-me em meu coração e agradeci a Deus Todo-Poderoso por me salvar, um filho rebelde que só buscava obter bênçãos Dele, mas relutava em aceitar Seu julgamento e purificação. Ele me levou diante do Seu trono para obter Sua salvação nos últimos dias.

Agora eu entrei na vida na Igreja de Deus Todo-Poderoso e, experimentando verdadeiramente o julgamento e o castigo da palavra Dele, comecei lentamente a perceber o modo real e prático com que Deus realiza a obra de julgamento. Quando Ele disseca a natureza traiçoeira dos seres humanos, sinto que não tenho mentiras em meu discurso e não admito a situação real revelada nas palavras de Deus. No entanto, quando me deparo com Deus dando-me um ambiente prático para revelar as coisas, involuntariamente deixo escapar mentiras para proteger o meu interesse próprio e minha vaidade. Além disso, tenho traição e engano em meu coração e também muitos segredos que não quero tornar públicos. Isso me fez ver que tudo que a palavra de Deus revela é a verdade e a situação real, a natureza e a essência do homem. Só então fiquei convencido da palavra de Deus e tive um desejo urgente de buscar a verdade e transformar minha própria natureza traiçoeira. Depois dessa experiência, percebi que, se não fosse pelo julgamento e pelo castigo práticos de Deus, nunca teria conhecido minha natureza traiçoeira. Eu também não teria sido capaz de realizar a verdade para ganhar transformação em meu próprio caráter traiçoeiro. O julgamento e o castigo de Deus foram de fato purificação e salvação para mim e eram um tipo diferente de amor. Quero valorizar bem esse tipo especial de amor e aceitar o julgamento e castigo de Deus. Eu quero me transformar logo para ser uma pessoa que satisfaz a Deus. Toda honra e glória sejam dadas a Deus!

Conteúdo Relacionado