As consequências de alguém se sujeitar ao engano e ao controle dos fariseus e anticristos do mundo religioso e se ele pode ser salvo por Deus

04 de Outubro de 2018

Palavras de Deus relevantes:

Quais são as condições que uma pessoa deve cumprir para receber a salvação? Em primeiro lugar, deve possuir a habilidade de identificar anticristos satânicos; deve ter esse aspecto da verdade. Apenas se possuir esse aspecto da verdade ela pode crer genuinamente em Deus e se abster de adorar ou seguir o homem; somente pessoas que conseguem identificar anticristos têm a habilidade de crer verdadeiramente em Deus, de segui-Lo e dar testemunho Dele. A fim de identificar anticristos, as pessoas devem aprender primeiro a ver pessoas e coisas com clareza e entendimento completos; devem ser capazes de perceber a essência dos anticristos e devem enxergar todas as suas conspirações, truques, motivações interiores e objetivos. Se consegue fazer isso, você consegue permanecer firme. Se você quiser obter salvação, então o primeiro teste pelo qual deve passar é aprender a derrotar Satanás e a vencer e triunfar sobre forças hostis e a interferência do mundo externo. Uma vez que você possui estatura e verdade suficiente para perseverar até o fim numa batalha contra as forças de Satanás e as derrotar, então — e somente então — você pode buscar a verdade continuamente, e somente então pode pisar firmemente e sem contratempo na senda de buscar a verdade e receber salvação. Se você não conseguir passar nesse teste, então pode-se dizer que está em grande perigo, e é suscetível a ser capturado por um anticristo e a vir a viver sob a influência de Satanás. É possível que, atualmente, existam alguns entre vocês que impedem e fazem tropeçar as pessoas que estão buscando a verdade, e são inimigos dessas pessoas. Vocês aceitam isso? Existem aqueles que não ousam encarar esse fato nem ousam aceitá-lo como fato. Na verdade, essas coisas realmente existem na igreja. Se você não passar nesse teste — o teste dos anticristos — e, em vez disso, for golpeado por eles e contra-atacado, empurrado para o grupo B ou expulso, então, no fim das contas, sua pequena vida miserável não resistirá por muito tempo e murchará; você deixará de ter fé em Deus e O abandonará, dizendo: “Deus nem é justo; onde está Deus? Não há justiça nem luz neste mundo, e não existe tal coisa como a salvação da humanidade por Deus. Podemos igualmente passar nossos dias indo trabalhar e ganhando dinheiro!”. Você nega a Deus e não acredita mais que Ele existe; qualquer esperança de que você obterá salvação se foi completamente. Então, se você quiser chegar aonde a salvação possa ser concedida a você, o primeiro teste no qual deverá passar é aquele de ser capaz de enxergar Satanás, e você também deve ter a coragem de se levantar e expor e abandonar Satanás. Onde, então, está Satanás? Satanás está ao seu lado e em toda a sua volta; ele pode até estar vivendo dentro do seu coração. Se você estiver vivendo dentro do caráter de Satanás, pode-se dizer que você pertence a Satanás. Você não pode ver nem tocar o Satanás do reino espiritual, mas o Satanás que existe na vida prática está por toda parte. Qualquer pessoa que detesta a verdade é maligna, e qualquer líder ou obreiro que não aceita a verdade é um anticristo e uma pessoa maligna. Tais pessoas não são satãs vivos? Essas pessoas podem ser justamente aquelas que você adora e admira; podem ser as pessoas que lideram você ou as pessoas que você tem ansiado, admirado, em quem você tem confiado e se apoiado em seu coração. Na verdade, porém, elas são barreiras que obstruem seu caminho e o impedem de obter salvação; são anticristos. Elas podem assumir o controle sobre sua vida e a senda que você trilha, e podem arruinar sua chance de receber salvação. Se não as identificar e enxergar, então, a qualquer momento, você pode cair em suas armadilhas ou ser capturado e levado por elas. Por isso, você se encontra em grande perigo. Existem muitos que conseguem escapar desse perigo? Vocês escaparam? Existem aqueles que se chamam buscadores da verdade e dizem que não temem os anticristos — isso não é mera fanfarronice? Quando você encontra um anticristo mostrando os dentes e brandindo as garras, pobre em humanidade e cometendo o mal, você tem certeza de reconhecê-lo. Mas se houver um anticristo que parece um tanto devoto e se conforma às noções das pessoas, cuja humanidade é excelente, cuja fala e ação são muito delicadas, meigas e atenciosas, você não será capaz de enxergá-lo — mas seu comportamento, pensamentos e opiniões, como também suas maneiras de fazer as coisas e até mesmo seus modos de entender a verdade serão capazes de afetar você. Qual é a extensão de seu efeito? Ele pode afetar seu jeito de agir, a senda que você trilha e sua atitude em relação a Deus; no fim, ele se tornará seu ídolo e ocupará um lugar em seu coração, e você não será capaz de se livrar dele. Quando você é influenciado em tal medida, sua esperança de salvação pode se tornar bem remota. Se Deus e a verdade operassem em você em tal medida, isso seria bem-vindo e uma coisa boa, mas ser controlado em tal medida por uma pessoa corrompida por Satanás ou pela laia de Satanás — isso seria um desastre ou uma bênção para você? Seria um desastre para você e de forma alguma seria uma bênção. Embora ele possa lhe oferecer uma senda temporária ou temporariamente prover para você, ajudá-lo, edificá-lo e assim por diante, e embora isso pareça ser muito benéfico para você, assim que ele ocupa determinado lugar em seu coração e consegue controlar e orquestrar seus pensamentos e suas visões, de modo que até consegue orquestrar sua direção adiante, você está encrencado — você estará sob o controle de Satanás. Existem aqueles que dizem, sobre um anticristo: “Ele não é Satanás! É uma pessoa espiritual que busca a verdade!”. Essa afirmação é válida? A orientação, ajuda e provisão que qualquer pessoa que realmente busca a verdade lhe dá — a influência ou o benefício que ela lhe traz — leva você para diante de Deus para que você possa buscar Suas palavras e a verdade, e você vem para diante de Deus e aprende a confiar Nele e a buscá-Lo, e seu relacionamento com Ele se torna cada vez mais próximo. Por outro lado, se é seu relacionamento com essa pessoa que se torna cada vez mais próximo, o que acontece? A senda que você está trilhando agora é invertida, e você segue a direção errada. Quais são as consequências disso? Tendo sido levado para diante do homem, você estará muito distante de Deus e, assim que Deus fizer algo que não beneficia o ídolo que você adora, você se revoltará imediatamente. Essa é uma ocorrência comum. Quando algum líder é substituído ou, em alguns casos, expulso, seus seguidores o seguem e deixam de acreditar. Essa não é uma ocorrência comum? Como é que deixam de acreditar? Eles dizem: “Se meu líder não pode ser salvo, que esperança tenho eu?”. Isso não é uma fala confusa? Como podem dizer tal coisa? Seu líder os enganou. Qual é a consequência de serem enganados? É que já estão sob o controle de seu líder. Eles aceitam integralmente cada palavra e ação de seu líder, cada feito e movimento e qualquer opinião que seu líder defende, e os usam como seus padrões e exemplos e os veem como verdade suprema. Portanto, não toleram ninguém que diga que as palavras, ações ou opiniões de seu líder estão erradas ou qualquer coisa negativa sobre ele, ou que o condene e forme conclusões sobre ele. Assim que o líder é expulso ou demitido, aqueles que ele controla vão com ele, inabaláveis em sua convicção, e nada pode convencê-los a voltar. Eles não estão sob o controle desse líder? Somente sob seu controle você lutaria por justiça em nome dele ou compartilharia suas ansiedades, seus pensamentos, suas lágrimas e tristezas, chegando até a deixar de reconhecer Deus. O objetivo dele é ser seu Senhor, seu Deus, a coisa da qual você depende, para que você lhe obedeça e o siga com submissão no fundo do seu coração, e adote uma atitude de rejeição em relação a Deus. Você verá o anticristo como Deus e terá feito dele o seu Senhor e Deus. Para você, Deus será nada — esse é o desfecho. Não adianta você dizer que não está preocupado em ser enganado por um anticristo e que não teme segui-lo, pois, se a senda que você trilha estiver errada, no fim das contas, esse será o desfecho inevitável. Você não pode escapar e não pode mudar esse fato. Conforme você segue a senda que escolheu, aos poucos, esse desfecho vem à tona e se mostra; isso é inevitável.

Extraído de ‘Eles excluem e atacam aqueles que buscam a verdade’ em “Expondo os anticristos”

Vocês devem discernir os anticristos. Se nunca leva isso a sério, você não tem como saber em que tipo de situação você pode ser desviado por eles e você pode até estar seguindo os anticristos numa névoa de confusão sem nem mesmo saber o que está acontecendo. Quando começou a segui-los, você não percebeu que havia algo errado; e talvez você até pense que o que o anticristo está dizendo é correto. Sem perceber, você foi desviado. Uma vez que foi enganado, Deus não o quer mais. Normalmente, algumas pessoas parecem estar indo bem e só são conquistadas temporariamente por um anticristo, de modo que, em algum momento, a igreja consegue reconquistá-las, advertindo-as e comungando com elas. No entanto, algumas pessoas nunca voltam, não importa que tipo de comunhão recebam; em vez disso, estão determinadas a seguir o anticristo. Isso não é ser arruinado? Por que elas não voltam, simplesmente? É porque Deus não faz acontecer. Algumas pessoas dizem, muito bem-intencionadas: “Ah, mas ele é uma pessoa tão legal. Ele acredita em Deus há anos, e sacrificou e despendeu tanto. Ele é realmente uma pessoa correta e tem sido muito devoto em seu dever; além disso, sua fé em Deus é tremenda. É um crente verdadeiro”. É assim que parece na superfície, com base nas boas intenções das pessoas, mas você não consegue ver o íntimo do coração dessa pessoa. Não consegue ver que tipo de pessoa ela realmente é, qual é a sua essência. Além disso, você pode tentar salvá-la por bondade do seu coração, mas não importa como você comungue, ela não volta, e você não sabe qual é a razão por trás disso. Na verdade, é que Deus não a quer mais. Por que Deus não a quer mais? Existe uma razão supremamente óbvia e facilmente observável para isso. Alguns anticristos são muito claramente espíritos malignos, enquanto outros anticristos não chegam ao ponto de se apresentarem como espíritos malignos, de modo que não podem ser definidos como tais. Quanto aos anticristos que são claramente espíritos malignos, uma vez que outra pessoa os segue, Deus ainda aceitaria essa pessoa, levando em conta a essência e o caráter de Deus? Deus é santo, e Ele é um Deus ciumento — Ele rejeita aqueles que seguiram espíritos malignos. Mesmo que, na superfície, essa pessoa lhe pareça ser boa, Deus não está olhando para esse aspecto. O que é ser “ciumento”? O que “ciumento” significa aqui? Se a palavra em si não for clara, vejam se conseguem entender Minha explicação. Desde o momento em que uma pessoa é selecionada por Deus até o momento em que ela determina que Deus é a verdade, que Ele é justiça, sabedoria e onipotência, que Ele é o único — uma vez que ela entende tudo isso, ela ganha um entendimento básico, no fundo do coração, do caráter e da essência de Deus e também daquilo que Ele tem e é. Esse entendimento básico se torna, então, sua fé e se torna aquilo que a impulsiona a seguir a Deus, despendendo-se por Deus e cumprindo seu dever. Essa é sua estatura, certo? (Sim.) Essas coisas já se enraizaram em sua vida, e nunca mais ela negará a Deus. Mas se ela não tiver conhecimento verdadeiro de Cristo ou do Deus prático, talvez ela ainda venha a adorar e seguir um anticristo. Esse tipo de pessoa ainda está em perigo. Ela ainda pode dar as costas para Cristo na carne para seguir um anticristo maligno; isso seria negar abertamente a Cristo e cortar os laços com Deus. O subtexto disso é: “Eu não Te seguirei mais, mas estou seguindo Satanás. Eu amo Satanás e desejo servi-lo; quero seguir Satanás, não importa como ele me trate, como ele me arruíne, me pisoteie e me corrompa, estou mais do que disposto. Não importa quão justo e quão santo Tu és, eu não quero mais seguir-Te. Não quero seguir-Te a despeito do fato de Tu seres Deus”. E ela vai embora, desse jeito, seguindo alguém que nada tem a ver com ela, alguém que é um inimigo de Deus ou até mesmo um espírito maligno. Deus ainda iria querer esse tipo de pessoa? Seria razoável Deus rejeitá-la? Seria perfeitamente razoável. Todas as pessoas com senso comum sabem que Deus é um Deus ciumento, que Ele é santo, mas você entende a situação real por trás disso? O que estou dizendo aqui não é correto? (É, sim.) Se for correto, então o fato de Deus desistir dessa pessoa contaria como crueldade da parte Dele? Deus age com base em princípios — se você sabe quem Deus é, mas não quer segui-Lo, e sabe quem Satanás é e, ainda assim, quer segui-lo, Eu não insistirei. Deixarei que você siga Satanás para sempre e não pedirei que volte; desistirei de você. Que tipo de caráter é esse da parte de Deus? É obstinação? Ele está agindo com base em emoções ou está sendo digno? Isso não é dignidade nem obstinação, mas parte do “ciúme” de Deus. Isto é, se você, como um ser criado, fica feliz em se tornar depravado, o que Deus pode dizer? Se você deseja se tornar depravado, essa é sua escolha pessoal — no fim das contas, você terá que suportar as consequências e só poderá culpar a si mesmo. Os princípios de Deus para lidar com as pessoas são imutáveis, então, se você está feliz com a depravação, seu fim inevitável é ser punido. Não importa há quantos anos você segue a Deus; se você deseja ser depravado, Deus não o ajudará em sua escolha nem o obrigará. Você mesmo está disposto a seguir Satanás, a ser enganado e manchado por Satanás, e, portanto, no fim, você terá de suportar as consequências.

Extraído de ‘Eles são malignos, insidiosos e enganosos (II)’ em “Expondo os anticristos”

Não importa quantas pessoas acreditam em Deus, assim que sua crença é definida por Deus como sendo a de uma religião ou um grupo, Ele já determinou que elas não podem ser salvas. Por que digo isso? Num bando ou numa multidão de pessoas que estão sem a obra e a orientação de Deus, e que não O adoram de forma alguma, quem elas adoram? Quem elas seguem? Na forma e no nome, elas seguem uma pessoa, mas a quem elas seguem essencialmente? Em seu coração, elas reconhecem Deus, mas, na prática, estão sujeitas à manipulação, aos arranjos e ao controle humano. Elas seguem Satanás, o diabo; seguem as forças que são hostis a Deus, que são inimigas Dele. Deus salvaria um bando de pessoas como essas? (Não.) Por que não? Elas são capazes de se arrepender? (Não.) Elas brandem a bandeira da fé, executam empreendimentos humanos e conduzem o próprio gerenciamento, e vão contra o plano de gerenciamento de Deus para a salvação da humanidade. Seu desfecho final é serem detestadas e rejeitadas por Deus; Ele jamais poderia salvar essas pessoas, elas jamais poderiam se arrepender, já foram capturadas por Satanás — estão inteiramente nas mãos de Satanás. Em sua fé, a quantidade de anos em que você tem crido em Deus importa quanto a você ser louvado ou não por Ele? Os rituais e as regras que você respeita importam? Deus observa os métodos de prática das pessoas? Ele observa quantas são essas pessoas? Ele selecionou uma porção da humanidade; como Ele avalia se elas podem e deveriam ser salvas? Ele baseia Sua decisão nas sendas que essas pessoas trilham. Na Era da Graça, embora as verdades que Deus dizia às pessoas fossem menos numerosas do que as de hoje, e não tão específicas, ainda assim Ele podia aperfeiçoar as pessoas, na época, e a salvação ainda era possível. E assim, para as pessoas desta era, que ouviram muitas verdades e vieram a entender a vontade de Deus, se são incapazes de seguir o caminho Dele e incapazes de trilhar a senda da salvação, qual será seu desfecho final? Seu desfecho final será o mesmo que o de quem acredita no cristianismo e no judaísmo; não haverá diferença. Esse é o caráter justo de Deus! Não importam quantos sermões a pessoa ouviu ou quantas verdades entendeu, se no fim ela ainda segue pessoas e Satanás, e no fim ainda é incapaz de seguir o caminho de Deus e incapaz de temer a Deus e evitar o mal, pessoas como esta serão detestadas e rejeitadas por Deus. Ao que tudo indica, essas pessoas que são detestadas e rejeitadas por Deus podem falar muito sobre letras e doutrinas, e talvez tenham entendido muitas verdades, mas ainda são incapazes de adorar a Deus; são incapazes de temer a Deus e evitar o mal, e são incapazes da total submissão a Deus. Aos olhos de Deus, Ele as define como parte de uma religião, como apenas um grupo de humanos — um bando de humanos — e como local de morada para Satanás. Elas são lembradas coletivamente como o bando de Satanás e são completamente desprezadas por Deus.

Extraído de ‘Somente vivendo diante de Deus o tempo todo você pode trilhar a senda da salvação’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Por que o Senhor Jesus amaldiçoou os fariseus e qual era a essência dos fariseus

Eles condenaram e blasfemaram contra o Senhor Jesus Cristo. A essência de sua resistência e blasfêmia contra Deus era inteiramente a mesma que a essência de Satanás e a resistência e blasfêmia do diabo contra Deus. Eles não apenas representavam humanos corruptos, porém mais ainda, eram a personificação de Satanás. Eram um canal para Satanás entre a humanidade, e eram os cúmplices e mensageiros de Satanás. A essência da sua blasfêmia e sua difamação do Senhor Jesus Cristo era a luta que travavam com Deus pelo prestígio, sua disputa com Deus, seus intermináveis testes de Deus.

Por que se diz que pastores e presbítereos religiosos estão todos trilhando a senda dos fariseus e qual é a essência deles

Basta olhar para os líderes de cada denominação — são todos arrogantes e hipócritas, eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com a própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para trazer as pessoas para si mesmos e enganá-las. Teoricamente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrarem alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: “Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé”. A fé dessas pessoas tem de passar por um ser humano; isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?

A razão verdadeira por trás da opressão e perseguição selvagem da Igreja de Deus Todo-Poderoso pelo PC Chinês

Pastores e líderes do mundo religioso, por exemplo, confiam em seus dons e posições para realizar sua obra. As pessoas que os seguem por muito tempo serão infectadas por seus dons e influenciadas por parte do que eles são. Eles se concentram nos dons, habilidades e conhecimento das pessoas e dão atenção a algumas coisas sobrenaturais e a várias doutrinas irrealistas profundas (essas doutrinas profundas são obviamente inatingíveis). Não se concentram na mudança de caráter das pessoas, mas sim no treinamento das habilidades de pregar e operar delas, aprimorando o conhecimento das pessoas e ricas doutrinas religiosas. Não se concentram em até que ponto o caráter das pessoas é mudado ou até que ponto as pessoas entendem a verdade. Não se preocupam com a substância das pessoas, muito menos tentam conhecer os estados normais e anormais delas. Não contestam nem revelam as noções das pessoas, muito menos corrigem as deficiências ou corrupções delas. A maioria daqueles que os seguem servem através de seus dons naturais e o que eles expressam é conhecimento e verdade religiosa vaga, que estão desconectados da realidade e são totalmente incapazes de dar vida às pessoas.

Se pastores e presbíteros religiosos são realmente instituídos por Deus e se obedecer a pastores e presbíteros é obedecer e seguir a Deus

Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias.