Seguindo os passos do Cordeiro

28 de Julho de 2020

Se o homem crê em Deus, deve seguir de perto as pegadas de Deus, passo a passo; deve ‘seguir o Cordeiro aonde quer que Ele vá’. Somente essas pessoas buscam o caminho verdadeiro, somente elas conhecem a obra do Espírito Santo. As pessoas que obedecem servilmente a letras e doutrinas são aquelas que foram eliminadas pela obra do Espírito Santo. A cada nova era, Deus iniciará uma nova obra, e em cada era haverá um novo começo entre os homens. Se o homem simplesmente adere às verdades de que ‘Jeová é Deus’ e ‘Jesus é Cristo’, que são verdades que se aplicam somente a uma única era, nunca conseguirá acompanhar a obra do Espírito Santo e será sempre incapaz de ganhar a obra do Espírito Santo. Somente aqueles que seguem as pegadas do Cordeiro até o fim podem ganhar a bênção final” (‘Os crentes devem seguir de perto os passos de Deus’ em “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). As palavras de Deus mostram como é crítico seguir de perto os passos Dele e acompanhar a obra do Espírito Santo. Eu nunca entendia esse aspecto da verdade, mas só me agarrava às minhas noções e imaginações, pensando que, se fosse fiel ao nome do Senhor Jesus e ao Seu caminho, eu seria levado para o céu quando Ele voltasse. Por isso não busquei nem investiguei a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Cheguei muito perto de perder minha chance de acolher o Senhor.

Certo dia, em agosto de 2012, eu estava relaxando em nossa cama depois do jantar, enquanto minha esposa estava na outra ponta ouvindo música. Eu podia ouvir uma melodia cativante vindo dos fones dela. Por curiosidade, perguntei: “O que está ouvindo?” Sorrindo, ela disse: “Hinos da Igreja de Deus Todo-Poderoso”. Eu me sentei e perguntei em voz alta: “Você acredita em Deus Todo-Poderoso? Não está traindo o Senhor Jesus?” Áspera, ela respondeu: “Não fale sobre o que não entende! O Senhor Jesus retornou. Ele encerrou a Era da Graça, iniciou a Era do Reino e está fazendo uma obra nova. Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou, então minha fé Nele não é trair o Senhor. É acompanhar os passos do Cordeiro. É como diz a Bíblia: ‘Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá’ (Apocalipse 14:4). Pense um pouco, quando o Senhor Jesus apareceu e operou, muitos deixaram o templo e aceitaram Sua obra. Você diria que eles traíram Deus Jeová? Eles não só não traíram Deus Jeová, mas acompanharam os passos de Deus e foram agraciados com a salvação do Senhor”. “Foram os sumos sacerdotes, escribas e fariseus que se agarravam às leis nas Escrituras e resistiam e condenavam o Senhor Jesus, pensando que eram devotos de Deus Jeová, que acabaram amaldiçoados e punidos por Deus. Não está ciente disso?” Naquele momento, eu não soube como refutar o que ela disse, e só respondi com raiva: “O Senhor nos deu tanta graça. Devemos permanecer fiéis ao Seu nome e caminho, seja como for. Não podemos ser tão ingratos!” E com isso, saí emburrado do quarto. Num esforço de impedi-la, contei à nossa filha o ocorrido, e ela ficou do meu lado. Quando minha esposa foi a uma reunião naquele dia, nossa filha foi e fez uma cena para impedir a reunião. Quando soube disso depois do trabalho, eu lhe disse: “Você foi ótima hoje. Continue assim. Fique de olho em sua mãe quando estou trabalhando. Precisamos encontrar um jeito de fazê-la voltar a seguir o Senhor Jesus”. Mas, alguns dias depois, as férias da nossa filha terminaram, e ela voltou à escola. Temendo que minha esposa fosse a mais reuniões, convenci nosso filho de dez anos, com uma mesada, a vigiá-la e não deixá-la ir para uma reunião quando ele voltasse da escola. Ele me informava aonde ela tinha ido todos os dias depois que eu ia trabalhar. Comecei a relaxar um pouco quando soube que ela só tinha ido trabalhar nos últimos dias. Mas algo que realmente me surpreendeu foi que ela não saía mais pra jogar baralho de noite. Em vez disso, arrumava a casa e até terminava o trabalho no campo. Fiquei perplexo. Ela sempre jogava baralho e negligenciava a casa, e nunca consegui fazê-la parar. Ela até orava e confessava ao Senhor, mas nunca mudava. Por que tinha mudado de repente? Eu não sabia o que estava acontecendo.

Certa vez, acordei no meio da noite e vi um feixe de luz na cortina. Eu não sabia de onde vinha aquela luz. Quando fui ver, vi que vinha de debaixo da coberta dela. Achei estranho e me perguntei: “O que ela está fazendo?” Com cuidado, saí da cama e fui até o outro lado e olhei por debaixo dos lençóis. Ela estava lendo um livro com uma lanterna. Pensei: “Ela não desistiu de sua fé em Deus Todo-Poderoso? Nunca imaginei que ainda estaria lendo esse livro. O que tem nele que a leva a se entocar entre os lençóis para lê-lo? E por mais que eu me oponha a isso, por que ela insiste em crer?” Aquilo não fazia sentido para mim. Lembrei-me de como eu não podia fazer nada quanto a ela gostar tanto de jogar que até negligenciava a casa. “Por que essa mudança repentina?” me perguntei. “Foi esse livro que a transformou?” Tentei entender, então pensei: “Preciso descobrir o que está escrito nele”. Certo dia, quando minha esposa saiu depois do café, lembrei-me do livro. Vasculhei cada armário e gaveta, procurei por toda parte, mas não encontrei nada. De repente, lembrei que ela poderia ter escondido entre as roupas. E foi assim que o encontrei. Quando o tirei do guarda-roupas, vi um livro grosso de capa dura: A Palavra manifesta em carne. Eu o abri e me senti atraído de imediato pelo título de um de seus capítulos. “Deus preside o destino de toda a humanidade”. Li o capítulo do início ao fim, e uma passagem me comoveu profundamente. “Eu exorto as pessoas de todas as nações, de todos os países e até da indústria a ouvir a voz de Deus, a observar a obra de Deus, a atentar ao destino da humanidade, fazendo assim com que Deus seja o mais sagrado, o mais honroso, o mais elevado e o único objeto de adoração dentre a humanidade e permitindo que a humanidade toda viva sob a bênção de Deus, como os descendentes de Abraão viveram sob a promessa de Jeová e como Adão e Eva, que originalmente foram criados por Deus, viveram no jardim do Éden. A obra de Deus é como ondas poderosas que se levantam. Ninguém pode detê-Lo, ninguém pode interromper Seus passos. Só aqueles que ouvem atentamente Suas palavras, os que O procuram e têm sede Dele é que podem seguir Seus passos e receber Sua promessa. Aqueles que não o fazem estarão sujeitos a um desastre esmagador e a uma punição merecida” (‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”). Pensei: “Essas palavras têm tanta autoridade e são tão poderosas. Nenhum ser humano poderia ter professado isso! São estas as palavras do Espírito Santo? Minha esposa disse que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou, que crer Nele é acompanhar os passos do Cordeiro. Se for verdade, obstruir seu caminho seria resistir a Deus”. “Isso não me tornaria igual aos fariseus de dois mil anos atrás?” “Os fariseus se agarraram à lei e não aceitaram a obra do Senhor Jesus. Resistiram e O condenaram insanamente, acabaram sendo cúmplices em Sua crucificação e foram amaldiçoados por Deus.” Perguntei-me: “Se Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que retornou, eu não estaria cometendo aquele mesmo pecado terrível de me opor à nova obra de Deus?” “As consequências seriam inimagináveis!” Então, lembrei que o livro dizia: “Só aqueles que ouvem atentamente Suas palavras, os que O procuram e têm sede Dele é que podem seguir Seus passos e receber Sua promessa”. Pensei: “Não posso continuar julgando e condenando cegamente a obra de Deus Todo-Poderoso. Devo ler esse livro com cuidado e realmente investigá-lo”.

A partir daquele dia, eu lia A Palavra manifesta em carne sempre que minha esposa saía de casa. Certa vez, ela me disse que precisava fazer hora extra naquele dia, então encerrei meu trabalho duas horas mais cedo e corri para casa para ter mais tempo para ler. Vi que no livro dizia: “Todo o Meu plano de gerenciamento, o plano de gerenciamento de seis mil anos, consiste em três etapas, ou três eras: a Era da Lei do início, a Era da Graça (que também é a Era da Redenção) e a Era do Reino dos últimos dias. Minha obra nessas três eras difere em conteúdo de acordo com a natureza de cada uma, mas em cada estágio essa obra beneficia as necessidades do homemou, para ser mais preciso, é feita de acordo com as artimanhas que Satanás emprega na guerra que Eu travo contra ele. O propósito da Minha obra é derrotar Satanás, tornar manifestas Minha sabedoria e onipotência, expor todas as artimanhas de Satanás e, assim, salvar a raça humana inteira, que vive sob o império de Satanás”. “A obra que está sendo feita no presente tem movido adiante a obra da Era da Graça; isto é, a obra que está totalmente sob o plano de gestão de seis mil anos tem se movido adiante. Apesar de a Era da Graça ter terminado, a obra de Deus tem feito progresso. Por que Eu digo repetidamente que este estágio da obra é construído sobre a Era da Graça e a Era da Lei? Isto significa que a obra deste dia é uma continuação da obra feita na Era da Graça e é um avanço sobre o que foi feito na Era da Lei. Os três estágios são muito bem interconectados, e cada elo na corrente está firmemente atado ao próximo. Por que Eu também digo que este estágio da obra é construído sobre o que foi feito por Jesus? Supondo que este estágio não foi construído sobre o que foi feito por Jesus, outra crucificação teria que ocorrer neste estágio, e a obra redentora do estágio anterior teria que ser toda feita novamente. Isto seria sem sentido. Por isso, não é que a obra esteja completamente terminada, mas que a era se moveu adiante, e o nível da obra foi elevado ainda mais alto do que antes. Pode-se dizer que este estágio da obra foi construído sobre o fundamento da Era da Lei e sobre a rocha da obra de Jesus. A obra é construída estágio por estágio, e este estágio não é um novo começo. Somente a combinação dos três estágios da obra pode ser considerada o plano de gestão de seis mil anos” (“A Palavra manifesta em carne”). Quando li isso, perguntei-me se minha esposa poderia estar certa: A obra de Deus Todo-Poderoso estava sendo feita sobre o fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus? Ela realmente tinha avançado a obra da Era da Graça? O livro me encheu de curiosidade e anseio. Aproveitei cada chance para lê-lo em segredo.

Teve uma passagem que li certo dia, “Você só sabe que Jesus descerá durante os últimos dias, mas como exatamente Ele descerá? Um pecador como vocês, que acaba de ser redimido, e não foi mudado ou aperfeiçoado por Deus, pode ser segundo o coração de Deus? Para você, você que ainda é do seu antigo eu, é verdade que você foi salvo por Jesus, e que você não é contado como pecador por causa da salvação de Deus, mas isso não prova que você não é pecador e não é impuro. Como você pode ser santo se não foi mudado? Internamente, você é assolado por impurezas, é egoísta e ignóbil, mas ainda deseja descer com Jesusquem dera você ter tanta sorte! Você pulou uma etapa em sua crença em Deus: você foi meramente redimido, mas não foi mudado. Para você ser segundo o coração de Deus, Deus deve fazer pessoalmente a obra de mudar e limpar você; se você é apenas redimido, será incapaz de alcançar a santidade. Dessa forma, você não será qualificado para compartilhar as boas bênçãos de Deus, pois você perdeu um passo na obra de Deus de gerenciar o homem, que é o importante passo de mudar e aperfeiçoar. Assim, você, um pecador que acaba de ser redimido, é incapaz de herdar diretamente a herança de Deus” (“A Palavra manifesta em carne”). Isso me pareceu muito prático. Pensei em como, ao longo dos meus anos de fé, eu sempre confessava e depois pecava de novo. Não conseguia deixar de mentir e enganar. Eu não tinha escapado das amarras do pecado. Eu não podia ter certeza de que entraria no reino dos céus assim. Pensei: “E se realmente for como este livro diz? E se eu ainda estiver perdendo um passo na minha fé, se só aceitar a redenção do Senhor Jesus não bastar?” Quanto mais refletia, mais sentia que o livro continha a verdade e que nenhum homem poderia ter dito aquelas coisas. Perguntei-me se poderia mesmo ser de Deus, se poderia ser a Sua voz. Esse pensamento realmente me encorajou. Continuei lendo, devorando-o com fome.

Mais tarde, minha esposa percebeu que eu não me opunha mais tanto à sua fé em Deus Todo-Poderoso. Ela parou de ler o livro escondida de mim e, às vezes, até lia partes em voz alta para mim. Certo dia, quando voltei do trabalho, ela estava lendo as palavras de Deus e quando me viu entrar, ela disse feliz: “Li Zhong, venha ler as palavras de Deus Todo-Poderoso. A Palavra manifesta em carne é a declaração de Deus nos últimos dias. Ela revela todos os mistérios e verdades que nunca entendemos em nossa fé. Que tal eu ler algumas passagens para você?” Pensei: “Ando lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso faz um tempo, talvez tenha até lido tanto quanto você”. Não, eu estava envergonhado na época. Como não me opus, ela pegou o livro e começou a ler. “Embora Jesus tenha feito muita obra entre os homens, Ele apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelo pecado dos homens; Ele não livrou o homem de todo o seu caráter corrupto. Salvar o homem plenamente da influência de Satanás não exigiu apenas que Jesus tomasse os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu que Deus fizesse uma obra maior para livrar o homem completamente de seu caráter, que foi corrompido por Satanás. E assim, depois que os pecados do homem foram perdoados, Deus voltou para a carne para guiar o homem até a nova era e começou a obra do castigo e julgamento, e essa obra tem trazido o homem a um reino superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio desfrutará de uma verdade maior e receberá bênçãos maiores. Eles viverão verdadeiramente na luz e ganharão a verdade, o caminho e a vida” “Por meio dessa obra de julgamento e castigo, o homem conhecerá por completo a substância imunda e corrupta dentro de si mesmo, e ele poderá mudar completamente e se tornar limpo. Só assim o homem pode se tornar digno de retornar diante do trono de Deus. Toda a obra feita neste dia é para que o homem possa ser limpo e mudado; através do julgamento e castigo pela palavra, bem como por meio do refinamento, o homem pode remover sua corrupção e ser purificado. Em vez de considerar este estágio da obra como sendo o da salvação, seria mais apropriado dizer que é a obra de purificação”. “Da obra de Jeová à obra de Jesus e da obra de Jesus àquela deste estágio atual, esses três estágios abrangem de forma contínua toda a gama da gestão de Deus, e são todos obra de um só Espírito. Desde a criação do mundo, Deus sempre esteve trabalhando na gestão da humanidade. Ele é o Princípio e o Fim, Ele é o Primeiro e o Último, e Ele é Aquele que inicia uma era e Aquele que encerra a era. Os três estágios da obra, em diferentes eras e diferentes locais, são inequivocamente a obra de um só Espírito. Todos aqueles que separam esses três estágios estão em oposição a Deus. Agora, cabe a você entender que toda a obra, desde o primeiro estágio até hoje, é a obra de um só Deus, a obra de um só Espírito. Disso não pode haver dúvidas” (“A Palavra manifesta em carne”). Quando minha esposa terminou a leitura, pedi que ela a explicasse em detalhes. Um pouco surpresa, ela comunicou comigo: “Você sempre dizia que crer em Deus Todo-Poderoso era trair o Senhor Jesus. Na verdade, Jeová, o Senhor Jesus e Deus Todo-Poderoso são o mesmo Deus. Deus faz uma obra diferente em eras diferentes”. “Na Era da Lei, Deus Jeová emitiu as leis e os mandamentos para guiar os primeiros humanos em sua vida na terra. Assim, as pessoas souberam o que era pecado e como deveriam adorar a Deus. Mas no fim da Era da Lei, ninguém conseguia mais observar a lei. Pecavam cada vez mais e corriam perigo de serem condenados e mortos sob a lei. Na Era da Graça, Deus Se tornou carne pessoalmente para salvar a humanidade, e assim realizou a obra da redenção. Ele expressou Seu caráter de misericórdia e amor, derramando graça sobre a humanidade. No fim, foi pregado na cruz como oferta pelo pecado para a humanidade. Quando pecávamos, só precisávamos vir para diante do Senhor, confessar, nos arrepender e éramos absolvidos.” “Mas o Senhor Jesus só nos remiu de nossos pecados. Nossa natureza pecaminosa ainda não está resolvida. Ainda não conseguimos parar de mentir e cometer pecados. Somos arrogantes, egoístas, astutos, gananciosos e adoramos nos exibir. Até crentes que se despendem, fazem algum sacrifício e sofrem um pouco fazem isso pelas bênçãos do reino dos céus. É uma transação. Em face de grandes tribulações e provações ou de uma calamidade real, culpamos o Senhor ou até O negamos e O traímos. Quando a obra de Deus não está alinhada com nossas noções, julgamos, condenamos e nos opomos a Ele arbitrariamente. Deus é santo, então, como nós, que pecamos e nos opomos constantemente a Deus, poderíamos estar aptos a entrar no reino dos céus?” “Foi por isso que o Senhor Jesus prometeu voltar e fazer a obra de julgamento nos últimos dias. Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias, expressando verdades para fazer a obra de julgamento a começar pela casa de Deus, sobre o fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus. Ele veio para nos purificar de nossos caracteres corruptos, para resolver nossa natureza pecaminosa. Assim podemos ser libertos do pecado e ser completamente salvos.” “Isso cumpre as profecias do Senhor Jesus: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:12-13). “Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48). Mesmo que Deus faça uma obra diferente em eras diferentes sob nomes diferentes, tudo é obra feita por um único Deus.” “Seus três estágios de obra, a Era da Lei, a Era da Graça e a Era do Reino são, cada um, mais altos e mais profundos que o anterior. Cada estágio da obra se ergue sobre a anterior, cada um vinculado ao seguinte. Somente esses três estágios juntos podem salvar a humanidade de uma vez por todas.” “É por isso que eu aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso não é trair o Senhor Jesus, mas é seguir os passos da obra de Deus e acolher o Senhor.”

Depois da comunhão dela, assistimos a um vídeo da leitura das palavras de Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Já fui conhecido como Jeová. Também já fui chamado de Messias, e as pessoas uma vez Me chamaram de Jesus, o Salvador, porque elas Me amavam e respeitavam. Mas hoje não sou o Jeová ou o Jesus que as pessoas conheceram nos tempos passados; sou o Deus que voltou nos últimos dias, o Deus que irá colocar fim a esta era. Sou o Próprio Deus que Se ergue da extremidade da terra, repleto de todo o Meu caráter e pleno de autoridade, honra e glória. As pessoas nunca se envolveram Comigo, nunca Me conheceram e sempre foram ignorantes do Meu caráter. Desde a criação do mundo até hoje, nem uma só pessoa Me viu. Este é o Deus que aparece ao homem durante os últimos dias, mas que está oculto entre os homens. Ele reside entre os homens, verdadeiro e real, como o sol que arde e o fogo que flameja, cheio de poder e transbordante de autoridade. Não há uma única pessoa ou coisa que não vá ser julgada por Minhas palavras, e nem uma única pessoa ou coisa que não irá ser purificada pelo fogo ardente. Por fim, todas as nações serão abençoadas por causa de Minhas palavras, e também esmagadas em pedaços por causa de Minhas palavras. Assim, todas as pessoas durante os últimos dias irão ver que Eu sou o Salvador que voltou, Eu sou o Deus Todo-Poderoso que conquista toda a humanidade, e uma vez Eu fui a oferta pelo pecado para o homem, mas nos últimos dias, Eu também Me torno as chamas do sol que queima todas as coisas, bem como o Sol da justiça que revela todas as coisas. Tal é a Minha obra dos últimos dias. Eu assumi este nome e possuo deste caráter para que todas as pessoas possam ver que Eu sou um Deus justo, e sou o sol que arde e o fogo que flameja. Assim é para que todos possam Me adorar, o único Deus verdadeiro, e assim é para que possam ver Minha verdadeira face: não sou apenas o Deus dos israelitas e não sou apenas o Redentor; Eu sou o Deus de todas as criaturas no céu, na terra e no mar” (“A Palavra manifesta em carne”). Meu coração se iluminou depois de assistir a isso. Vi que Jeová, o Senhor Jesus e Deus Todo-Poderoso são um único Deus, que tem feito obras diferentes em eras diferentes. A obra de Deus Jeová na Era da Lei era emitir a lei, a obra do Senhor Jesus na Era da Graça era para remir toda a humanidade, e, agora, a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias é expressar a verdade e fazer a obra de julgar e purificar o homem. Esses três estágios de obra são a obra de Deus para salvar a humanidade ao longo das eras diferentes, de acordo com as necessidades da humanidade. Adquiri a certeza em meu coração de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado e que seguir Deus Todo-Poderoso é acompanhar os passos do Cordeiro. Fiquei muito animado e disse à minha esposa: “Sua fé em Deus Todo-Poderoso não é trair o Senhor Jesus, é acompanhar a nova obra de Deus!”

Foi então que finalmente eu disse a ela: “A verdade é que estive lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso já por um tempo”. Um pouco surpresa, ela disse: “Desde quando? Eu não fazia ideia!” Eu não respondi diretamente, mas baixei a cabeça e disse em voz baixa: “Quando você começou a crer em Deus Todo-Poderoso, eu não só obstruí seu caminho, mas fiz com que nossos filhos fizessem o mesmo e vigiassem você. Eu me arrependo disso agora! Fazer aquilo era resistir a Deus e ir contra Ele. Mas Deus teve misericórdia de mim, guiando-me para ler as palavras Dele. Agora, tenho certeza de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus, cujo retorno temos aguardado. Ele é o único Deus verdadeiro!” “Quero oficialmente aceitar Deus Todo-Poderoso.” Eu transbordava de emoção naquela noite. Vim para diante de Deus em oração, clamando o nome de Deus Todo-Poderoso: “Obrigado, Deus, por me escolher e permitir que eu siga Teus passos e participe do banquete nupcial do Cordeiro!”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Um tipo diferente de amor

Chengxin, Brasil Por uma oportunidade casual, eu vim da China para o Brasil em 2011. Logo que cheguei, meus olhos brilhavam de curiosidade...

Voltei para casa (parte 1)

Por Chu Keen Pong, Malásia Tive fé no Senhor por mais de uma década, servi na igreja por dois anos e depois deixei minha igreja para...