Na Bíblia diz: “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação” (Romanos 13:1-2). Após anos de crença, deveria entender o que essa passagem significa. Afinal de contas, a Bíblia foi inspirada por Deus. Acredito que nós, crentes, devemos obedecer aos que estão no poder. É assim que vejo essa questão. O Partido Comunista é um partido revolucionário. Se você o desobedecer, sua vida estará acabada. Desafiar as autoridades na China não leva a lugar algum. Aqui na China, você precisa se juntar à Igreja das Três Autonomias se quiser crer em Deus. Simplesmente não existe outra saída. Por outro lado, independente do que buscamos ao acreditar no Senhor, não queremos todos apenas viver em paz e com qualidade? Nós, da Igreja das Três Autonomias, somos prudentes. Damos glória a Deus e somos patriotas. Não ofendemos as autoridades, muito menos traímos a Bíblia. Nós adoramos o Senhor abertamente na igreja. Nenhum de nós precisa se esconder ou viver com medo. É o melhor dos dois mundos, não concorda?

21 de Fevereiro de 2021

Resposta: Pelo visto a sua interpretação das palavras de Paulo é diferente da nossa interpretação. Desde que comecei a crer em Deus, tenho sido perseguida pelo governo e de fato não entendo o trecho “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores”. Creio que as palavras de Paulo não refletem o que o Senhor Jesus quis dizer, porque o Senhor Jesus nunca disse nada a respeito a se sujeitar aos superiores. Nem o Espírito Santo disse. Crer no Senhor deveria significar obedecer à palavra do Senhor. A palavra do homem não deve ser tomada como a verdade e a palavra de Deus. Depois de anos de oração e procura, eu finalmente vi que o Partido Comunista Chinês é um grupo maligno. Obedecer ao Partido Comunista é trair a Deus. Todos nós sabemos que o Partido Comunista é ateísta, e que nega e resiste a Deus descaradamente desde que assumiu o poder. O Partido Comunista chama o Cristianismo de seita e a Bíblia de livro de seita, e confisca e queima muitas, além de prender e perseguir os cristãos. Cristãos foram espancados até ficarem aleijados ou até a morte, e famílias foram destruídas. O Partido os persegue em outros continentes, utilizando-se de ferramentas econômicas e políticas para extraditar cristãos que fugiram para outras nações. Não é possível contabilizar os crimes cometidos pelo Partido Comunista contra cristãos. Deus pode permitir que Seu povo escolhido obedeça a um regime maligno e ultrajante, que se opõe a Deus de forma tão descarada e perversa? Se obedecermos ao Partido Comunista, não estaríamos do lado de Satanás? Já que ele resiste a Deus e profana Seu nome, e tenta nos impedir de crer em Deus, ele é inimigo de Deus. Obedecer ao Partido Comunista não é o mesmo que trair a Deus? Muitos cristãos de gerações passadas foram perseguidos e martirizados por seguirem o Senhor e testemunharem por Ele. Eles obedeceram àqueles que estavam no poder? O martírio deles foi uma punição por resistirem ao poder então vigente? Paulo ousaria condenar os mártires do Senhor? Eu acredito que não. Então qual foi a base das palavras de Paulo? É possível que Paulo não tenha percebido que muitos dos que estavam no poder eram resistentes a Deus? É por isso que as palavras de Paulo despertam dúvidas. Duvido também quando Paulo diz que “Toda Escritura é divinamente inspirada”, porque nem o Senhor Jesus nem o Espírito Santo disseram tal coisa. Eu suspeito que muitas das palavras de Paulo refletem a intenção do homem. Por isso não as aceito como sendo a verdade. Eu só obedeço à palavra de Deus, e sigo o caminho de acordo com Sua palavra. Com relação às palavras do homem, incluindo os apóstolos, elas servem só como referência. Eu as aceitaria apenas se elas estiverem de acordo com a verdade e a palavra de Deus. Caso contrário, eu não aceitaria. Esse é meu ponto de vista.

É muito difícil e perigoso acreditar em Deus na China. Mas resolvermos seguir as palavras de Paulo, obedecer ao Partido e entrar para Igreja das Três Autonomias, estaríamos seguros, mas será que receberíamos as aprovações do Senhor? Será que entraríamos no reino dos céus? Acho que não. O Senhor Jesus disse: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram” (Mateus 7:13-14). “O cálice que eu bebo, haveis de bebê-lo, e no batismo em que eu sou batizado, haveis de ser batizados” (Marcos 10:39). “E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á” (Mateus 10:38-39). Essas palavras nos mostram claramente que devemos seguir pelo caminho estreiro que irá nos levar para a vida eterna. O Senhor Jesus também disse: “E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim” (Mateus 10:38). Seguir as palavras de Paulo e obedecer às autoridades é seguir pela porta estreita, pelo caminho apertado? É carregar a cruz ao seguir o Senhor? Se obedecermos a quem está no poder e é controlado pelo Partido Comunista diabólico, não estaremos nos tornando traidores de Deus? E aí quem sobrará para divulgar o evangelho e seguir a vontade de Deus? Como você espera receber as provações de Deus, se escolheu acreditar desta maneira? A Igreja das Três Autonomias é uma invenção do Partido Comunista, e é totalmente controlada pelo governo. Ela não fala da verdade pura na Bíblia, e nem do amor e obediência a Deus. Ela só fala em patriotismo, ganhar dinheiro e obter benefícios. Para mim, isso é prova de que é uma igreja falsa, uma cúmplice do Partido na repressão às igrejas domésticas e no monitoramento das suas atividades. Ela até ajuda o governo a perseguir e prender irmãos que testemunham por Deus. É um instrumento de aliança de Satanás. Quando os fiéis da Igreja das Três Autonomias obedecem ao governo, eles estão obedecendo a Deus ou obedecendo a Satanás? Deus pode dar louvores às marionetes que servem a Satanás? Os covardes que vivem sob o domínio de Satanás poderão entrar no reino do céu? E agora, o Senhor Jesus retornou. Ele é o Deus Todo-Poderoso encarnado que professa a verdade e realiza a obra de julgamento para purificar, salvar e aperfeiçoar o homem, e levá-lo ao reino de Deus. Na aparição e obra de Deus nos últimos dias, os crentes serão testados, e assim eles serão revelados conforme a profecia do Senhor Jesus: “Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. […] Então, estando dois homens no campo, será levado um e deixado outro; estando duas mulheres a trabalhar no moinho, será levada uma e deixada a outra” (Mateus 24:37, 40-41). A aparição e obra de Deus Todo-Poderoso revela todas as pessoas. O joio e o trigo, os bons servos e os maus servos, os que amam a verdade e os que odeiam a verdade. Todos têm sido revelados pela obra de Deus nos últimos dias. Chegou a hora de determinar o destino do homem. Se o homem viver de forma indigna por medo da coerção e perseguição do Partido Comunista, sem receber a obra de Deus Todo-Poderoso, qual será o resultado? Ele receberá os louvores do Senhor?

Extraído do roteiro do filme A conversa

Anterior: O Partido Comunista Chinês é um partido revolucionário. Ele acredita na mentira e na violência, ou seja, no poder por meio da violência! Na lógica do partido, “uma mentira se tornará verdade se for repetida dez mil vezes”. Não importa quantas pessoas duvidem, neguem ou não acreditem na palavra dele, o Partido Comunista Chinês não se importa nem um pouco, e continua a mentir e enganar como sempre. Contanto que os efeitos imediatos e seus objetivos possam ser alcançados, o partido não se preocupa com os prejuízos! Se as pessoas se rebelarem contra ele e marcharem em protesto, o partido usará tanques e metralhadoras para resolver tudo. Quando necessário, usará as bombas atômicas e mísseis para combater forças hostis. O Partido Comunista Chinês pode recorrer a qualquer meio para manter seu domínio. Assim que o caso Zhaoyuan de Shandong foi anunciado publicamente, o Partido Comunista Chinês iniciou a implantação maciça de unidades policiais armadas para reprimir e prender cristãos a todo custo. Quem poderia detê-lo? Quem ousou resistir? Mesmo quando os estrangeiros conseguem ver a fraude do Partido Comunista Chinês, o que eles poderiam fazer? O partido tem muitas formas de enfrentar a reprovação das forças democráticas ocidentais. Ele resolve tudo com dinheiro. Como diz o ditado, “quem recebe um presente vende sua liberdade”. Agora, cada vez menos países estão condenando o Partido Comunista Chinês. As forças hostis ao partido têm medo de se manifestar. Não importa o que você diga, o Partido Comunista Chinês ainda é capaz de manter seu domínio. Enquanto o Partido Comunista se mantiver no poder, vocês, que acreditam em Deus, nunca podem esperar ser livres! A manifestação e a obra de Deus na China definitivamente serão detestadas e banidas pelo partido. Independente de o Partido Comunista Chinês atingir ou não o objetivo de estabelecer um domínio ateísta na China, ele nunca vai parar de prender e reprimir vocês! Percebi isso claramente há muito tempo. É por isso que me oponho vigorosamente à sua crença em Deus Todo-Poderoso. Tudo isso é pelo seu bem, não entendem?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado