Como explicam o caso Zhaoyuan de Shandong, em 28 de maio, que chocou o país e o mundo? O caso foi julgado num tribunal aberto! Depois do caso Zhaoyuan de Shandong, o governo intensificou a repressão contra as igrejas domésticas, usando até forças policiais armadas para reprimir a Igreja de Deus Todo-Poderoso e realizando uma operação de busca e prisão contra membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Embora as pessoas tenham levantado muitas dúvidas sobre o caso Zhaoyuan de Shandong, acreditando ter sido um caso falso, fabricado pelo Partido Comunista Chinês para fazer a população apoiar a repressão à Igreja de Deus Todo-Poderoso, a mídia chinesa relatou publicamente o caso, independentemente de eles serem verdadeiros ou falsos. Isso gerou impactos em vários países do mundo. Não importa o quanto neguem o caso Zhaoyuan de Shandong, muitas pessoas ainda acreditam no Partido Comunista. Então quero ouvir o que vocês dois pensam deste caso.

21 de Fevereiro de 2021

Resposta: Por quanto tempo o partido poderá enganar o mundo com este caso que eles inventaram? Isso conseguirá salvar o inevitável destino fatal do Partido Comunista? O caso Zhaoyuan de Shandong teve impactos consideráveis no país e no exterior naquela época. Também enganou muitas pessoas ignorantes. Mas será que as nuvens negras podem bloquear o sol para sempre? As asas de um corvo podem bloquear a glória do sol? A falsidade é passageira. Mentiras são sempre mentiras, nunca se tornarão verdades. Há muitos anos, o Partido Comunista Chinês vem ficando famoso, corrupto e maligno por suas mentiras e fraudes. O partido é infame aqui e no exterior. Acha que as fraudes e as mentiras vão salvar o Partido Comunista Chinês? Cada vez mais pessoas no mundo inteiro enxergam a essência desse partido. Ninguém mais acredita nele. Como ele é um partido notoriamente ateu e um grupo satânico perverso, dos mais sinistros e resistentes a Deus no mundo, os tribunais do Partido Comunista Chinês são os tribunais de Satanás. Pode haver equidade e justiça nos casos julgados por esses tribunais? O Partido Comunista Chinês é uma ditadura e uma tirania monopartidária. Não há poder judicial independente na China. Os juízes não têm autonomia. Todos recebem ordens do governo chinês e lidam com os casos segundo as intenções do governo. É um fato bem conhecido. Os casos julgados pelos tribunais do Partido Comunista Chinês estão fadados a uma distorção absurda dos fatos e a uma inversão de valores. Ao envolver-se em lutas e domínio político durante tantos anos, o Partido depende de manobras para gerar opiniões públicas. É muito hábil nesta arte! Quando o caso Zhaoyuan de Shandong foi julgado no tribunal do Partido Comunista Chinês, cada um dos réus afirmou claramente em juízo, “Nunca tive contato com a Igreja de Deus Todo-Poderoso”. “O que o Estado destrói é o ‘Deus Todo-Poderoso’ em que Zhao Weishan acredita, não o ‘Deus Todo-Poderoso’ que acreditamos”. Os próprios réus negaram pertencer à Igreja de Deus Todo-Poderoso, e a Igreja não os conhecia. Por que o juiz do Partido Comunista Chinês não se baseou nos fatos? Na ausência de provas, por que o juiz insistiu em ligar esses suspeitos à Igreja de Deus Todo-Poderoso? Não era o enredo de uma armação? Não foi fraude e mentira? Agora, ninguém mais acredita na propaganda do Partido Comunista Chinês nem nas mentiras do partido. Você, que trabalhou no sistema Comunista por tantos anos, certamente vê essas coisas melhor do que eu. Sempre que vai reprimir violentamente crenças religiosas, movimentos por direitos democráticos, protestos étnicos etc., o Partido Comunista Chinês fabrica um caso falso e, de modo arbitrário, gera opiniões públicas para incitar o povo, seguido por uma repressão sangrenta. Veja o exemplo do movimento estudantil ‘4 de Junho’, que começou a defender a integridade contra a corrupção, pela democracia e a liberdade. O Partido Comunista Chinês instruiu algumas pessoas não identificadas a agirem como estudantes e se infiltrarem no grupo para brigar, bater, queimar, derrubar veículos militares e criar o caos. Isso marcou o movimento estudantil como “contrarrevolucionário”, com a intenção de incitar tumultos, e deu ao Partido uma desculpa para reprimir o grupo. O partido então deflagrou uma sangrenta repressão contra esses estudantes. Alguns milhares deles foram baleados e atropelados por tanques. Foi assim que o Partido Comunista Chinês encenou o incidente sangrento da Praça da Paz Celestial, que estarreceu o povo chinês e chocou o mundo! Foi assim também que o Partido Comunista Chinês reprimiu os protestos em massa no Tibete. O governo do partido infiltrou pessoas na multidão que protestava, para que provocassem incêndios criminosos, assassinatos, roubos e saques. Em seguida, mobilizou o exército para massacrar os manifestantes sob o pretexto de reprimir a insurreição tibetana. São fatos suficientes para provar que, fabricar mentiras, distorcer fatos e armar manobras, seguidas de repressão violenta são os meios habituais do Partido Comunista Chinês para erradicar divergências. O caso Zhaoyuan em Shandong foi a base para o sentimento público que permitiu a repressão e perseguição brutais do Partido Comunista Chinês à Igreja de Deus Todo-Poderoso. É mais um grande crime de perseguição religiosa cometido pelo Partido Comunista Chinês. Você é um funcionário dentro do sistema do Partido, deve saber melhor que nós como o governo age!

Extraído do roteiro do filme Reeducação vermelha em casa

Próximo: Vocês alegam que Deus Todo-Poderoso é Deus dos últimos dias aqui na Terra. E dizem que a sua fé veio de querer buscar a verdade, o caminho certo na vida. Contudo, pela minha experiência, muitos dos seguidores de Deus Todo-Poderoso são como missionários de Jesus, que pregam o evangelho e dão testemunho de Deus, não hesitando em abandonar suas famílias e profissões e dando seus corpos e almas a Deus. Entre eles estão muitos jovens que escolheram não se casar, tudo em troca de seguir a Cristo dos últimos dias. Por vocês terem deixado tudo para trás para pregar o evangelho, cada vez mais pessoas acreditam em Deus. Digamos que todo mundo se voltasse para Deus, quem ainda seguiria o Partido Comunista? Quem acreditaria no Partido? É por isso que o governo reprime e prende os fiéis. Percebem onde está o problema? É por causa dessa crença de vocês que muitos foram capturados e enviados à prisão e muitos fugiram de suas casas. Muitos casais se divorciaram e muitos filhos ficaram sem os pais. Muitos idosos ficaram sem ninguém para cuidar deles. A crença de vocês em Deus está fazendo suas próprias famílias sofrerem. O que vocês estão querendo alcançar? Este é o caminho certo a que vocês foram conduzidos? A cultura tradicional chinesa valoriza extremamente a piedade filial. Diz o ditado: “A piedade filial acima de tudo”. Confúcio disse: “Enquanto seus pais estiverem vivos, não viaje para muito longe”. O respeito aos pais é o alicerce da conduta humana. Seguir a Deus da forma que vocês fazem, não sendo capazes sequer de cuidar das pessoas que lhes deram a vida e o alimento, como isso pode ser o caminho certo a se seguir? Ouço com frequência as pessoas afirmarem que os crentes são as melhores pessoas. Isso não é mentira. Mas todos vocês adoram a Deus e O tem acima de tudo, o que enfurece o Partido Comunista, enche-os de ódio. Vocês saem por aí pregando o evangelho, mas não conseguem cuidar das suas próprias famílias. Como isso pode ser considerado uma boa conduta? Isso não mostra que sua fé conduz vocês a um desvio durante a caminhada? Agindo assim, vocês não estão destruindo a harmonia e o equilíbrio na nossa sociedade? Eu os aconselho a não insisitirem no erro. Vocês deveriam renunciar a sua fé, voltar para casa, reencontrar seus familiares, cuidar deles e viver uma vida normal. É o dever de vocês como filhos e como pais. Isso é o que o homem devia fazer, isso é o prático.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.