Pergunta 4: Você diz que as palavras no livro “A Palavra manifesta em carne” são a nova palavra de Deus! Mas o Apocalipse claramente afirma: “Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro” (Apocalipse 22:18). Vocês não estão fazendo adição à Bíblia?

Resposta: “não acrescentareis à palavra, nem diminuireis dela” como nas escrituras. Você acha que estamos acrescentando à Bíblia. Pois bem, nos permitam explorar essa questão. Irmãos e irmãs, as palavras de João foram: “Se alguém lhes acrescentar alguma coisa”, mas ele não disse “se alguém acrescentar alguma coisa à Bíblia”. Além disso, quando João disse estas palavras, o Novo Testamento não existia. O Novo Testamento foi formado por volta do ano trezentos depois de Cristo. O Livro de Apocalipse foi formado mais de noventa anos depois de Cristo. Foi um registro das visões de João na ilha de Patmos. Claramente, o que João disse se refere apenas ao Livro de Apocalipse, não se aplicando a toda a Bíblia. Portanto, “não acrescentar coisas” não significa que não haverá mais nova obra e palavras de Deus no futuro. Na época, o que João viu foi só uma visão, e não era a realidade da obra de Deus dos últimos dias. A obra e a palavra de Deus Todo-Poderoso não são acréscimos ao Livro de Apocalipse mas o cumprimento das profecias do Apocalipse. Vamos dar uma olhada em duas passagens da Bíblia. Apocalipse, capítulo dois, versículo dezessete. Está escrito: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ao que vencer darei do maná escondido, […]” Essa parte das escrituras diz: “o que o Espírito diz às igrejas” e “do maná escondido”. Isso se refere às palavras expressas por Deus Todo-Poderoso dos últimos dias! E tem Apocalipse, capítulo cinco, versículos de um a cinco. Vamos ler o que diz: “Vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, bem selado com sete selos. Vi também um anjo forte, clamando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de romper os seus selos? E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele. E eu chorava muito, porque não fora achado ninguém digno de abrir o livro nem de olhar para ele. E disse-me um dentre os anciãos: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos.” Todos achávamos que este livro estava se referindo à Bíblia. Mas esta parte das escrituras diz que este livro não foi visto por ninguém. Significa que esse livro não é a Bíblia. As escrituras dizem: “Vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, bem selado com sete selos” (Apocalipse 5:1). Isso mostra que o conteúdo desse livro não foi registrado no Livro do Apocalipse. Esse versículo nos diz que apenas Cristo dos últimos dias é digno de abrir esse livro e romper os sete selos.

João também não escreveu as declarações dos sete trovões, que foram mencionadas em Apocalipse. Isso mostra que precisamos esperar que Deus venha nos últimos dias para nos revelar esses mistérios. Se usarmos a justificativa de "não acrescentar nada" para restringir a obra e a palavra de Deus, então como esse livro poderá ser aberto? Como poderão as profecias do Apocalipse ser cumpridas? Deus Todo-Poderoso já veio, rompendo os sete selos e o livro, revelando todos os mistérios que as pessoas durante eras não entendiam. São as declarações dos sete trovões e as palavras do Espírito Santo às igrejas. Isso é real! Vamos ler outra passagem da palavra de Deus Todo-Poderoso! “Quando você terminar de ler este livro, quando você tiver experimentado cada passo da obra do Deus encarnado na Era do Reino, você sentirá que as esperanças de muitos anos foram finalmente realizadas. Você sentirá que somente agora viu verdadeiramente Deus face a face, somente agora você olhou para o rosto de Deus, ouviu a declaração pessoal de Deus, apreciou a sabedoria da obra de Deus, e realmente sentiu quão real e poderoso é Deus. Você sentirá que ganhou muitas coisas que os antepassados nunca viram ou possuíram. Até aqui, você saberá claramente o que é acreditar em Deus, e o que é ser conforme o coração de Deus. Claro, se você se apegar às visões do passado, e rejeitar ou negar o fato da segunda encarnação de Deus, então você permanecerá de mãos vazias e não vai adquirir nada, e finalmente será culpado de opor-se a Deus. Aqueles que obedecem à verdade e se submetem à obra de Deus virão sob o nome do segundo Deus encarnado – o Todo-Poderoso. Eles serão capazes de aceitar a orientação pessoal de Deus, e vão adquirir uma verdade superior e em maior quantidade e receber a verdadeira vida humana. Eles irão contemplar a visão que os antepassados jamais viram: “E voltei-me para ver quem falava comigo. E, ao voltar-me, vi sete candeeiros de ouro, e no meio dos candeeiros um semelhante a filho de homem, vestido de uma roupa talar, e cingido à altura do peito com um cinto de ouro; e a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve; e os seus olhos como chama de fogo; e os seus pés, semelhantes a latão reluzente que fora refinado numa fornalha; e a sua voz como a voz de muitas águas. Tinha ele na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois gumes; e o seu rosto era como o sol, quando resplandece na sua força” (Apocalipse 1:12-16). Esta visão é a expressão do completo caráter de Deus e tal expressão de Seu caráter completo é também a expressão da obra de Deus quando Ele se torna carne desta vez. "Nas torrentes dos castigos e julgamentos, o Filho do homem expressa Seu caráter inerente ao falar de palavras, permitindo a todos aqueles que aceitam Seu castigo e julgamento para ver o rosto verdadeiro do filho do homem, rosto este que é uma descrição fiel do rosto do Filho do homem visto por João” (de ‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”).

do roteiro do filme Divulgue o mistério da Bíblia

Anterior: Pergunta 3: O Próprio Senhor Jesus disse que a Bíblia é Seu testemunho. É por isso que nossa crença no Senhor deve se basear na Bíblia. A Bíblia é a nossa única senda para conhecer o Senhor.

Próximo: Pergunta 5: Paulo disse em 2 Timóteo 3:16: “Toda Escritura é divinamente inspirada […]” Isso mostra que tudo na Bíblia é a palavra de Deus. Mas, na verdade, há pessoas que dizem que nem tudo na Bíblia é a palavra de Deus. Isso não é negar a Bíblia e enganar as pessoas?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro