Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O segredo guardado dentro do meu coração

3

Wuzhi Cidade de Linyi, Província de Shandong

Na primavera de 2006 eu fui dispensado do meu cargo como líder e enviado de volta,porque era considerado um homem que dizia sim com muita frequência. Logo quando voltei, eu mergulhei em uma provação de tormento e agonia. Nunca imaginei que após tantos anos de liderança, as coisas desmoronariam por eu ser um homem que sempre dizia sim. Pensei que esse seria o meu fim. Todos que me conheciam saberiam da minha falha e eu seria visto como um mau exemplo na igreja. Como eu poderia encarar os outros depois de tudo isso? Quanto mais pensava, mais negativo eu ficava, até alcançar o momento de perder a fé na buscar da verdade. No entanto, quando eu pensei em todos os sacrifícios e investimentos que fiz ao longo dos últimos anos, não consegui desistir, e pensei: “Se eu me anulasse completamente e aceitasse a falha, isso não faria todos os meus esforços se tornarem em vão? As pessoas não pensariam ainda menos de mim? Eu não posso deixar isso acontecer! Eu preciso me defender e não deixar os outros olharem de cima para baixo para mim. Agora, não importa o quanto precise tentar, quantas coisas erradas venha a sofrer, eu preciso me preparar — não posso desistir no meio do caminho! Se eu me lembrar das lições da falha e focar em buscar a verdade, talvez um dia possa me tornar um líder novamente”. Com esses pensamentos em mente, todo o pessimismo e tristeza sumiram e eu senti uma energia renovada em minha busca.

A partir daquele momento, passei muitas horas todos os dias, ativamente sorvendo a palavra de Deus a fim de me equipar com a verdade, enquanto eu refletia e ganhava compreensão das minhas transgressões do passado. Eu escrevi inúmeros artigos detalhando minha experiência de vida, assim como sermões. Um tempo depois, quando eu vi que dois dos meus artigos tinham sido selecionados, senti ainda mais fé em minha busca. Eu pensei comigo mesmo: apenas continue trabalhando e daqui a pouco o sonho se tornará uma realidade. Dessa forma, eu continuei a minha busca e me senti confortado em saber que a minha condição havia retornado mais ou menos ao “normal”.

Certo dia, durante o cultivo espiritual, eu fui conduzido a uma certa passagem da palavra de Deus: “Se é para se entenderem, as pessoas devem entender seus verdadeiros estados; o mais importante no entendimento do próprio estado é ter uma compreensão dos próprios pensamentos e ideias. Em cada período de tempo, os pensamentos das pessoas foram controlados por uma coisa maior; se você conseguir se apossar de seus pensamentos, pode conseguir se apossar da coisa por trás deles” (de ‘Pessoas que sempre têm exigências para com Deus são as menos razoáveis’ em “Registros das falas de Cristo”). Pensando a respeito da palavra de Deus, eu de repente me fiz a pergunta: O que domina os meus pensamentos agora? O que reside por detrás de todos meus pensamentos? Eu comecei a cuidadosamente refletir a respeito do meu pensar e, com a direção de Deus, percebi que desde o momento em que fui substituído, os meus pensamentos foram dominados pelo desejo de que “eu preciso resgatar a minha reputação e posição de antes e me defender. Eu não posso ser menosprezado por outros”. Esse pensamento havia sido como um pilar espiritual, me permitindo perseverar durante a provação do meu próprio desespero, me dando a força para buscar o meu objetivo. Com esse pensamento em mente, eu havia permanecido “firme e sem me mover” diante do constante ataque de “insultos e humilhação”. Nesse momento, eu percebi que a minha busca era impura, cheia de desejo, o que não era nem um pouco positivo.

Olhando para trás, eu vejo que Deus me expôs para me permitir refletir sobre mim mesmo e entender a minha própria natureza satânica, a fim de que eu pudesse ser firme e focado em minha busca da verdade, expulsando o mal e o pecado e recebendo a salvação de Deus. Porém, eu certamente não agradeci a Deus pelo Seu dom da salvação, nem me odiei pelos males que eu havia cometido. Além disso, eu nem mesmo me repreendi ou me senti arrependido por ter falhado em viver de acordo com as esperanças de Deus. Ao invés disso, levado pela natureza arrogante de que “eu devo prevalecer a qualquer custo”, me entreguei a esquematizar esse plano, pensando apenas no dia em que me ergueria novamente, seria ungido como um líder, e ganharia a reputação que eu tinha perdido completamente. Efetivamente, eu esperava reconstruir a minha imagem para que os outros a admirassem e adorassem. Eu era arrogante ao extremo e não tinha nem um pouco de reverência nem temor a Deus em meu coração. Eu não havia desobedecido às orquestrações e aos arranjos de Deus? Eu não estava me colocando em oposição a Deus? Refletindo sobre meu estado anterior, fiquei todo arrepiado. Nunca imaginei que tamanha ambição estava por detrás dos meus pensamentos. Não é à toa que Deus disse: “se você conseguir se apossar de seus pensamentos, pode conseguir se apossar da coisa por trás deles”. Com certeza. No passado, eu enxergava os meus pensamentos como noções passageiras e nunca parei para analisá-los e entendê-los. Somente agora eu compreendo que entender o seu próprio pensamento e analisar ativamente as coisas que estão profundamente dentro do coração são de grande importância para entender a sua natureza interior.

Graças a Deus por esse esclarecimento, que me livrou da cegueira. Se não fosse isso, eu ainda estaria com a visão tapada por minha própria falsidade — caminhando com uma ambição cega em direção à minha destruição iminente. Foi algo incrivelmente assustador! No processo, eu também percebi que ao me substituir, Deus estava me protegendo e me dando a salvação. Para alguém com tamanha arrogância e ambição, se não passasse pela provação da disciplina e do julgamento de Deus, eu certamente me tornaria um anticristo, trazendo para mim a minha própria destruição. Deus amado, eu faço um juramento para abandonar todas as coisas erradas, me desviando da minha arrogância e ambição, e obedecer todo o Seu mandamento. Eu buscarei a verdade com fervor, cumprirei toda a minha obra e viverei como uma pessoa real e verdadeira para confortar o Teu coração.

Conteúdo Relacionado

  • Inveja, a doença crônica espiritual

    Uma irmã e eu estávamos fazendo dupla para revisar artigos juntas. À medida que nos encontrávamos, percebi que não importava se era para cantar, dançar, receber a palavra de Deus ou comunicar a verdade, ela era melhor do que eu em todos os aspectos.

  • Depois de perder o meu status

    Todas as vezes que eu via ou ouvia falar de alguém que havia sido substituído e se sentia mal, fraco ou aborrecido e não queria mais seguir adiante, eu desprezava essa pessoa.

  • Uma cura para a arrogância

    Zhang Yitao Província de Henan “Ó Deus! Teu julgamento é tão real, cheio de justiça e santidade. Tuas revelações sobre a verdade da corrupção da hu…

  • O único modo para evitar o desastre

    Chaotuo Cidade de Xiaogan, Província de Hubei Desde que ocorreu o terremoto de Sichuan de 12 de maio, eu temo e me preocupo com a possibilidade de …