Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Na verdade, existem princípios para fazer ofertas a Deus

93

Por Li Hui

Devido a alguns problemas em casa, em 1997 comecei a acreditar no Senhor Jesus. Depois, por meio da prática das palavras do Senhor, as brigas em casa cessaram. O Senhor salvou minha família, me salvou de minha dor e me deu esperança na vida.

Na verdade, existem princípios para fazer ofertas a Deus

Eu me lembro da primeira vez em que fui a uma reunião em uma igreja. O pastor leu o capítulo 12, versículos 1 a 8 do Evangelho de João, e pregou sobre Maria ungindo o Senhor Jesus com óleo perfumado e também sobre a oferta feita pela viúva pobre. Fiquei muito emocionado ao ouvir essas histórias. O pastor nos disse: “Irmãos e irmãs, em nossa crença no Senhor, devemos ser como Maria e a viúva pobre e devemos fazer mais ofertas ao Senhor. A viúva pobre ofereceu ao Senhor o dinheiro que tinha para sobreviver e Maria usou um pote de nardo muito valioso para ungir o Senhor. Isso significa que Maria pegou a coisa melhor e mais valiosa que possuía e a ofereceu ao Senhor, e é esse tipo de ação que o Senhor considera mais aceitável e louvável. Portanto, quanto mais dinheiro oferecermos, mais tesouros acumularemos no céu. As pessoas que fazem isso são especialmente abençoadas pelo Senhor e somente pessoas assim podem receber cem vezes mais nesta vida e ganhar a vida eterna no próximo mundo…” Depois da reunião, vi muitos irmãos e irmãs se aproximarem da caixa de ofertas e depositarem dinheiro nela e pensei: “O Senhor Jesus morreu pregado na cruz para que a humanidade pudesse ser redimida, e agora Ele me salvou da minha dor, por isso devo fazer mais ofertas ao Senhor para retribuir Seu amor. De agora em diante, serei como a viúva pobre e Maria e amarei o Senhor oferecendo meu dinheiro. Ao fazer isso, o Senhor ficará contente e o pastor também gostará de mim”.

A partir de então, pratiquei de acordo com o que o pastor havia pregado e usei o dinheiro que normalmente pouparia especialmente como uma oferta ao Senhor.

Eu me lembro, pouco depois de eu ter começado a acreditar no Senhor, que era Natal. Na véspera de Natal, fui à igreja e fiz uma oferta de 500 yuans, que era todo o dinheiro que eu conseguira economizar em comida e despesas. Um pastor que viera de outra igreja me viu oferecendo tanto dinheiro, me abençoou alegremente e orou ao Senhor para que me concedesse grandes bênçãos. Vendo quão feliz o pastor ficara com minha oferta, pensei: “Já que o pastor ficou tão feliz com minha oferta, o Senhor certamente a aceitará!” Ao pensar no Senhor aceitando minha oferta, senti uma doçura incomparável dentro do coração. Nos dias seguintes, ofereci dinheiro ainda mais assiduamente; contanto que eu tivesse um pouco de dinheiro nas mãos, eu o oferecia, e continuei fazendo ofertas sem falhar. O pastor da igreja também me elogiou e muitas vezes orou para que eu fosse abençoado. Durante esse tempo, vivi constantemente dentro de minhas próprias concepções e imaginações, acreditando que, desde que eu oferecesse bastante dinheiro, o pastor ficaria contente, o Senhor Jesus certamente me louvaria e eu seria alguém que agradava sobremaneira ao Senhor.

Mais tarde, porém, os pastores e presbíteros ficaram com ciúmes uns dos outros, discutiram e se dividiram em sua luta por posição e ofertas, o que afundou a igreja num caos, e eu não conseguia perceber nenhuma paz e alegria da presença do Espírito Santo. Ao testemunhar aquele espetáculo, não pude deixar de me sentir amargamente desapontado, e deixei a Igreja Três Autonomias e procurei outras denominações em busca dos passos do Senhor. Fui à Igreja Justificação pela Fé, às Igrejas Locais e a outras denominações, mas independentemente de qual igreja eu procurasse, percebi que as circunstâncias eram praticamente as mesmas. Além disso, eu sempre ouvia os pastores pregarem a doutrina de fazer mais ofertas, pedindo aos crentes para fazerem mais ofertas para que pudessem obter mais das bênçãos do Senhor, e assim eu sempre fazia ofertas às igrejas sem falhar. Eu via que os pastores e presbíteros sempre gostavam de pessoas que faziam ofertas e estavam sempre dispostos a orar por bênçãos para aqueles que faziam ofertas constantes, por isso eu acreditava que as ações dos pastores eram corretas.

Em 2012, uma irmã me repassou o evangelho do reino de Deus Todo-Poderoso. Por meio de busca e investigação, determinei que Deus Todo-Poderoso era de fato o Senhor Jesus retornado, e então comecei a viver a vida da igreja. Pensei: “Acreditei no Senhor todos esses anos e sempre fiz ofertas. Agora, finalmente, recebo com alegria o retorno do Senhor e quero mais ainda fazer muitas ofertas e assim retribuir o amor de Deus.” Mas descobri que a Igreja de Deus Todo-Poderoso não tinha caixas de ofertas e pensei: “Por que os pastores e presbíteros religiosos sempre pregam a doutrina de fazer ofertas, enquanto os responsáveis pela Igreja de Deus Todo-Poderoso não estão preocupados com esse assunto?” Embora eu tivesse algumas ideias próprias, vendo todos os irmãos e irmãs vivendo uma vida piedosa, todos se dedicando e se despendendo para divulgar o evangelho e dar testemunho de Deus e preparando boas ações, eu me senti muito comovido e ainda queria oferecer algum dinheiro para preparar boas ações.

Certa vez vi a irmã Yang da igreja divulgando o evangelho exaustivamente, então peguei 300 yuans e dei a ela como uma expressão de apoio ao trabalho do evangelho, e também fiz uma oferta a Deus do dinheiro que eu havia economizado. Inesperadamente, a irmã Yang me disse com toda seriedade: “Irmã Li, tudo o que fazemos na Igreja de Deus Todo-Poderoso tem um princípio por trás, incluindo a oferta de dinheiro. Eu não posso simplesmente pegar seu dinheiro”.

Ao ouvi-la dizer isso, fiquei um tanto confusa e pensei: “Fazer ofertas a Deus é perfeitamente justificado. Os crentes no Senhor sempre fizeram ofertas na religião. Que princípios são necessários?” E então eu disse: “Durante minha crença no Senhor, frequentei reuniões em outras igrejas e seus pastores frequentemente pregavam a doutrina de fazer ofertas e pediam aos irmãos e irmãs que ofertassem dinheiro. Eu também fiz ofertas frequentemente. Mas eu nunca ouvi pastor algum pregar sobre quaisquer princípios relativos à oferta de dinheiro. Há alguma diferença entre a Igreja de Deus Todo-Poderoso e outras denominações em relação a oferecer dinheiro?”

A irmã Yang disse cordialmente: “É apropriado que façamos ofertas a Deus, e é o dever que nós, seres criados, devemos cumprir. Mas há princípios para fazer ofertas e, mais ainda, há verdades a serem buscadas. Vejamos primeiramente os princípios da igreja para ofertar dinheiro: ‘Todos os que creem em Deus sabem muito claramente que a obra Dele exige a coordenação de pessoas e exige líderes e obreiros de todos os níveis da igreja para suprir, regar e guiar o povo escolhido de Deus na manutenção da obra Dele. A expansão do evangelho divino do reino exige que o povo escolhido de Deus esteja muito ocupado e se despenda; além disso, os vários livros da palavra de Deus e da comunicação de verdades usados pelo povo escolhido de Deus exigem impressão e distribuição. Assim, a obra de salvação divina paga um preço para cada um dentre o povo escolhido de Deus que recebe a Sua obra, e todas essas despesas são sustentadas pelas ofertas que o povo escolhido de Deus faz a Ele. Como resultado, Deus tem expectativas para todo o Seu povo escolhido; ofertar a Ele é dever e obrigação dos seres criados, e despender-se por Deus é a responsabilidade que eles devem cumprir. Isso é justificado e obrigatório. Todos devem oferecer a sua parte à obra de Deus, independentemente de como cada pessoa entende essa questão. Alguns insistem em fazer uma oferta de 10%, enquanto outros contribuem de maneiras diferentes. Contanto que a oferta seja voluntária, Deus a aceitará alegremente. A casa de Deus só especifica que aqueles que tenham crido Nele por menos de um ano sejam temporariamente isentos de prover quaisquer ofertas; embora das pessoas pobres não se exija que provejam oferta alguma, elas podem ofertar de acordo com a sua fé. A igreja não aceitará ofertas que possam levar a litígios familiares. Aqueles que fizerem oferta em dinheiro devem orar várias vezes e, somente depois de terem certeza de que estão totalmente dispostos e certos de que nunca terão qualquer arrependimento, devem ser autorizados a fazer suas ofertas. […] Os princípios para se fazer ofertas são: você deve conhecer a obra de Deus, pode-se ver que chegou a um real entendimento das verdades por meio de sua fé em Deus, sabe como viver como ser humano, anda na senda da obtenção da salvação, sente que está em dívida com Deus por Seu amor e que deve cumprir seus deveres como homem, de forma que sua consciência ficará tranquila. Se fizer, então, ofertas nesse momento, você deve estar totalmente disposto, enquanto ao mesmo tempo, irá sentir prazer e conforto porque tem consciência e razão. Se alguém crê em Deus há muitos anos, mas não sente que busca a verdade nem que alcançará a salvação, então não há necessidade de fazer nenhuma oferta, pois não estará totalmente disposto mesmo se as fizer. […] A igreja não permite que ninguém peça que outros façam ofertas por meio de pregação ou por qualquer outra razão. Todos os que são ávidos para falar sobre ofertas têm segundas intenções. A questão de ofertar depende da consciência e da razão de cada indivíduo, bem como do entendimento que se tem das verdades’” (de ‘Princípios para estabelecer uma igreja e gerenciar a vida da igreja’ em “Anais selecionados dos arranjos de trabalho da Igreja de Deus Todo-Poderoso”).

Na verdade, existem princípios para fazer ofertas a Deus

Em seguida, a irmã Yang comungou: “Irmã Li, de acordo com os princípios para fazer ofertas, embora ofertar nossas posses seja um dever e uma obrigação que cada um de nós deve cumprir, isso deve ser praticado de acordo com nossa compreensão da verdade e nossa disposição de fazê-lo. A razão é que Deus não quer que ofertemos dinheiro externamente, e não ocorre que Ele abençoa quem oferta mais. O que Deus quer é nosso coração, não nossos impulsos momentâneos ou entusiasmo temporário. Se, porque compreendemos Sua vontade e experimentamos Sua salvação, quisermos retribuir o amor de Deus, orar e buscar muitas vezes e fazer ofertas voluntariamente e de bom grado sem a intenção de receber as bênçãos de Deus, então esse é o único tipo de oferta que Ele aceitará. Se não buscarmos Sua vontade, mas apenas ofertarmos muito dinheiro sem realmente estarmos dispostos a fazê-lo, então um dia nos arrependeremos, e Deus não aceita esse tipo de oferta. Portanto, a casa de Deus exige que, se as pessoas não compreendem a verdade e não estão realmente dispostas a fazer ofertas, então não devem fazer ofertas, pois Deus não obriga as pessoas a fazerem nada que seja contrário à sua vontade. Você acaba de entrar na igreja e, no momento, ainda não compreende muitas verdades. Você deve se concentrar em ler as palavras de Deus com diligência e, depois de compreender a verdade, poderá fazer ofertas de acordo com os princípios da verdade. Somente quando fizermos as coisas dessa maneira é que Deus se lembrará disso. Além disso, dentro da Igreja de Deus Todo-Poderoso, ninguém, não importa quem seja, pode usar pretexto algum para pedir que as pessoas façam ofertas. Se o fizerem, são pessoas que estão nutrindo intenções erradas e serão tratadas, disciplinadas e advertidas. Os líderes e obreiros que persistirem em pedir ofertas às pessoas serão substituídos. Além disso, o dinheiro ofertado por irmãos e irmãs é uma oferta feita a Deus, não a uma pessoa em particular, e ninguém pode aceitar para si uma oferta feita por irmãos e irmãs nem tomar a liberdade de usá-la para si mesmo. Se alguém roubar secretamente qualquer oferta, essa pessoa é um Judas e, em circunstâncias graves, será expulsa da igreja.”

Fiquei impressionada e disse: “A Igreja de Deus Todo-Poderoso é realmente diferente da religião. Para fazer uma oferta, é preciso compreender a verdade, e há todos esses princípios e estipulações. Isso é algo que só pode ser feito por pessoas que têm Deus no coração e que temem a Ele, e é algo que eu nunca vi na religião. Recordando o tempo que passei na religião, os pastores simplesmente não se importavam se éramos crentes novos ou veteranos, nem se compreendíamos a verdade ou não. Ficavam apenas insistindo que os irmãos e irmãs fizessem ofertas, dizendo que Deus tinha grande prazer em receber ofertas das pessoas e que somente aqueles que ofertavam muito eram considerados dignos de Seu louvor. Os pastores que pregavam dessa maneira desviaram todos nós e nos fizeram pensar erroneamente que, quanto mais ofertássemos, mais bênçãos receberíamos. Portanto, para agradar aos pastores e ganhar o louvor de Deus, muitos irmãos e irmãs acabavam ofertando seu dinheiro, e mal percebíamos que todo o dinheiro ofertado era desviado para todo tipo de coisas pelos pastores e presbíteros. Era um truque tão sujo aplicado pelos pastores — não é igual a quando Judas roubou as ofertas? As consequências de fazer isso são tão sérias! Hoje, a Igreja de Deus Todo-Poderoso não permite que seus membros peçam às pessoas que façam ofertas, e há também princípios para fazer ofertas. A igreja pede que as pessoas primeiramente compreendam a verdade e depois permite que façam ofertas. Se alguém se atrever a se apropriar indevidamente das ofertas ou a desperdiçá-las, sofrerá uma punição de acordo com a situação. A Igreja de Deus Todo-Poderoso é verdadeiramente imparcial e justa, e a verdade está no poder! Irmã Yang, já estou convicta de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado, e minha oferta é feita de bom grado, então, por favor, aceite-a!”

A irmã Yang disse cordialmente: “Irmã Li, se nossas ofertas são feitas com sinceridade, ainda assim temos de praticar a oração várias vezes de acordo com os princípios, pois somente quando tivermos certeza de que não nos arrependeremos e de que nossas ações são puras é que a oferta poderá ser aceita. Além disso, não posso aceitar seu dinheiro pessoalmente, pois há também princípios para aceitar dinheiro. Vejamos o que dizem os princípios: ‘Nenhum líder, obreiro ou evangelista da igreja deve aceitar sozinho ofertas feitas diretamente por irmãos e irmãs. Deve haver pelo menos duas pessoas para aceitar a oferta em conjunto, e um recibo deve ser dado ao irmão ou irmã que fez a oferta como prova de que o dinheiro foi transferido para a casa de Deus. Todas as transações que envolvem transferir dinheiro para a um alto escalão da igreja devem ser feitas por duas pessoas juntas. O dinheiro não deve ser transportado por apenas uma pessoa…’ (‘Princípios administrativos para gerir e usar o dinheiro da casa de Deus’ em “Anais selecionados dos arranjos de trabalho da Igreja de Deus Todo-Poderoso”). Irmã Li, Deus nos conhece como a palma de Sua mão. Ele sabe que fomos corrompidos tão profundamente por Satanás, que todos nós temos naturezas gananciosas e que nosso desejo por dinheiro é particularmente forte. Portanto, a igreja estipula que, quando uma oferta de dinheiro é feita, ela deve ser recebida por duas pessoas para que uma possa supervisionar a outra — isso é Deus nos protegendo! No momento estou sozinha, e isso não está de acordo com o princípio de aceitar uma oferta. Daqui a alguns dias, eu e a pessoa responsável voltaremos para recebê-la juntos — somente a prática de acordo com os princípios é merecedora do louvor de Deus”.

Ao ouvir a irmã falar, eu disse: “Tudo bem. Eu nunca imaginei que a Igreja de Deus Todo-Poderoso tivesse tantos princípios e exigências estritas sobre a simples oferta de dinheiro. É realmente tão diferente do mundo da religião e tão diferente de qualquer departamento ou organização encontrados na sociedade! Percebo que as exigências da casa de Deus existem para proteger as pessoas e que a verdade está de fato no poder dentro da Igreja de Deus Todo-Poderoso”.

A irmã Yang ficou muito comovida e disse: “Isso mesmo! Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias para realizar Sua obra e Ele expressa milhões de palavras. Todas essas palavras são a verdade, elas revelam às pessoas todas as verdades de que elas precisam para alcançar a salvação, e elas permitem que as pessoas tenham os princípios da verdade em cada ato e ação e vivam uma verdadeira semelhança humana. Deus Todo-Poderoso diz: ‘Primeiro, por causa do seu destino, vocês devem buscar ser aprovados por Deus. Ou seja, já que reconhecem que pertencem à casa de Deus, vocês deveriam então trazer paz de espírito a Deus e satisfazer-Lhe em todas as coisas. Em outras palavras, você tem que ser probo em suas ações e se conformar à verdade nelas. Se isso está além de sua habilidade, então você será detestado e rejeitado por Deus e desprezado por todo homem. Uma vez que tenha se enquadrado nesse predicamento, você não poderá então pertencer à casa de Deus. Isso é o que significa não ser aprovado por Deus’ (de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”). A partir das palavras de Deus, percebemos que devemos buscar a verdade em todos as questões e tratá-las de acordo com princípios em nossa crença em Deus, e essa é a condição para conquistar Sua aprovação. Devemos cumprir todas as exigências que Deus nos faz, pois somente assim poderemos ganhar Sua proteção. Portanto, Deus exige que aceitemos a verdade e a pratiquemos em nossa crença Nele e tratemos todas as questões de acordo com os princípios da verdade, pois somente ao fazer isso é que estaremos de acordo com Sua vontade e ganharemos Seu louvor. Caso contrário, seremos detestados e rejeitados por Deus e desprezados por todas as outras pessoas. Irmã Li, todas as verdades expressas por Deus Todo-Poderoso são o que precisamos, e desde que você leia as palavras de Deus Todo-Poderoso, você compreenderá ainda mais os princípios da verdade”.

Na verdade, existem princípios para fazer ofertas a Deus

Depois de ouvir a comunhão da irmã Yang, pensei novamente no tempo que passei acreditando no Senhor na religião. Cada igreja tinha sua própria caixa de ofertas, e os pastores frequentemente pregavam sermões para fazer com que as pessoas ofertassem dinheiro, e quem ofertasse mais era altamente estimado pelos pastores. Para ofertar dinheiro, bastava depositá-lo na caixa de ofertas; simplesmente não havia princípios para fazer ofertas, muito menos pedíamos qualquer recibo, e assim a maior parte do dinheiro ofertado acabava sendo embolsada pelos pastores e presbíteros. Mas a Igreja de Deus Todo-Poderoso é diferente. Seja para fazer uma oferta ou receber dinheiro, há princípios a seguir, e isso realmente expandiu meu conhecimento e ampliou meus horizontes. Quando a irmã Yang recusou minha oferta, não entendi. Mas agora, depois de ter lido os princípios de ofertar dinheiro e ouvido sua comunhão sobre as palavras de Deus, compreendo que a irmã Yang estava agindo de acordo com os princípios da verdade e agindo inteiramente de acordo com a vontade de Deus. O mundo inteiro está agora tão corrompido por Satanás que alcançou o auge das trevas e do mal; o ditado “Cada um por si e o demônio fica por último” tornou-se o lema das pessoas na vida, todos adoram dinheiro, e todos os lugares estão saturados com a troca de dinheiro e poder. Cada grupo pensa em maneiras de ganhar dinheiro, e até mesmo doações a fundos de auxílio para áreas atingidas por desastres são desviadas por funcionários gananciosos que abusam de sua autoridade. Mas agora vejo que somente a Igreja de Deus Todo-Poderoso é uma terra pura. O Próprio Deus Todo-Poderoso expressa a verdade para prover as pessoas, para que possam buscar e compreender a verdade ao cumprir seus deveres, agir de acordo com os princípios da verdade e assim ganhar a verdade, obter a vida e viver uma verdadeira semelhança humana — essa é de fato a obra do verdadeiro Deus! Desejo sinceramente seguir essa senda da fé em Deus e buscar a verdade para que eu possa lidar com questões de acordo com princípios e alcançar a salvação de Deus Todo-Poderoso.

Conteúdo Relacionado