3. Crendo em Deus, você deve estabelecer um relacionamento normal com Ele

Palavras de Deus relevantes:

Ao acreditar em Deus, você deve pelo menos resolver a questão de ter um relacionamento normal com Ele. Se você não tiver um relacionamento normal com Deus, a importância de crer Nele está perdida. O estabelecimento de um relacionamento normal com Deus é inteiramente alcançável com um coração que é quieto na presença de Deus. Ter um relacionamento normal com Deus significa ser capaz de não duvidar nem negar nenhuma obra Sua e ser capaz de se submeter a Sua obra. Significa ter as intenções corretas na presença de Deus, não fazendo planos para você mesmo, e considerar primeiro os interesses da família de Deus em todas as coisas; significa aceitar as observações de Deus e obedecer aos arranjos de Deus. Você deve ser capaz de aquietar seu coração na presença de Deus em tudo que você fizer. Mesmo se você não entender a vontade Dele, ainda assim você deve cumprir seus deveres e responsabilidades com o máximo de sua habilidade. Uma vez que a vontade de Deus tenha sido revelada a você, aja de acordo com ela, e não será tarde demais. Quando seu relacionamento com Ele tiver se tornado normal, então você também terá relacionamentos normais com as pessoas. Tudo é edificado no fundamento das palavras de Deus. Coma e beba as palavras de Deus, depois coloque as exigências de Deus em prática, corrija seus pontos de vista e evite fazer qualquer coisa que resista a Deus ou que perturbe a igreja. Não faça nada que não beneficie a vida dos irmãos e irmãs, não diga nada que não ajude as outras pessoas e não faça nada vergonhoso. Seja justo e honroso em tudo o que fizer e certifique-se de que todas as suas ações são apresentáveis diante de Deus. Embora a carne possa às vezes ser fraca, você deve ser capaz de colocar os interesses da família de Deus em primeiro lugar, sem cobiça por lucro pessoal, e você deve ser capaz de agir justamente. Se conseguir praticar dessa maneira, então seu relacionamento com Deus será normal.

Extraído de ‘Como está seu relacionamento com Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em tudo o que fizer, você deve examinar se suas intenções são corretas. Se você é capaz de agir segundo as exigências de Deus, então seu relacionamento com Ele é normal. Esse é o padrão mínimo. Examine suas intenções e, se você descobrir que surgiram intenções incorretas, seja capaz de dar as costas para elas e agir segundo as palavras de Deus; assim, você se tornará alguém correto diante de Deus, o que demonstra que seu relacionamento com Ele é normal e que tudo aquilo que você faz é em prol de Deus, e não de si mesmo. Em tudo o que fizer ou disser, seja capaz de acertar seu coração e ser justo em suas ações, e não seja guiado pelas suas emoções, nem aja de acordo com a própria vontade. Esses são os princípios pelos quais os crentes em Deus devem se conduzir. As pequenas coisas podem revelar as intenções e a estatura de uma pessoa, e, assim, para que uma pessoa entre na senda de ser aperfeiçoada por Deus, ela deve primeiro consertar suas intenções e seu relacionamento com Ele. Somente quando seu relacionamento com Deus for normal é que você poderá ser aperfeiçoado por Ele; somente então o tratamento, a poda, a disciplina e o refinamento de Deus poderão atingir o efeito pretendido em você. Isso quer dizer que, se os seres humanos forem capazes de manter Deus em seu coração e não buscarem ganhar ou pensar em seu próprio prospecto (num sentido carnal), mas, antes, carregarem o fardo de entrar na vida, fizerem o seu melhor para buscar verdade e se submeterem à obra de Deus — se você consegue fazer isso, então os objetivos que você busca serão corretos e seu relacionamento com Deus se tornará normal. Corrigir seu relacionamento com Deus pode ser chamado de o primeiro passo de entrada na sua jornada espiritual. Embora o destino do homem esteja nas mãos de Deus e seja por Ele predestinado, e não possa ser modificado pelo homem, se você pode ou não ser aperfeiçoado por Deus ou ganho por Ele depende de o seu relacionamento com Deus ser normal ou não. Talvez existam partes de você que sejam fracas ou desobedientes — mas, desde que suas opiniões e suas intenções sejam corretas, e, desde que o seu relacionamento com Deus seja correto e normal, então você está qualificado para ser aperfeiçoado por Deus. Se você não tiver o relacionamento correto com Deus e agir em favor da carne, ou de sua família, então, não importa quão arduamente você trabalhe, será tudo em vão. Se o seu relacionamento com Deus for normal, então tudo mais se encaixará no lugar. Deus não olha para mais nada, mas somente olha se os pontos de vista de sua crença em Deus estão corretos: em quem você acredita, em prol de quem e por que acredita. Se você consegue enxergar essas coisas claramente e praticar com suas opiniões bem dispostas, então você progredirá em sua vida, e você também terá entrada garantida na trilha certa. Se seu relacionamento com Deus não for normal e os pontos de vista de sua crença em Deus estiverem distorcidos, então tudo mais é em vão, e não importa com que força você acredite, você não receberá nada. Somente depois que o seu relacionamento com Deus se tornar normal, você receberá louvor Dele quando abandonar a carne, orar, sofrer, suportar, submeter-se, ajudar seus irmãos e irmãs, despender mais de si mesmo por Deus, e assim por diante.

Extraído de ‘Como está seu relacionamento com Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

A maneira com a qual as pessoas creem em Deus, amam a Deus e satisfazem a Deus é tocando o Espírito de Deus com seu coração e obtendo, assim, Sua satisfação, e usando seu coração para entrar em contato com as palavras de Deus e, assim, serem movidas pelo Espírito de Deus. Se deseja atingir uma vida espiritual normal e estabelecer um relacionamento normal com Deus, então você deve primeiro entregar seu coração a Ele. Somente depois que aquietar seu coração diante Dele e derramar todo o seu coração em Deus, você gradualmente será capaz de desenvolver uma vida espiritual normal. Se, na crença das pessoas em Deus, elas não entregam seu coração a Deus e se o coração delas não está Nele e se elas não tratam o Seu fardo como sendo delas, tudo que fazem é um ato de enganar a Deus, um ato típico de pessoas religiosas, e não pode receber o elogio de Deus. Deus nada pode ganhar desse tipo de pessoa; esse tipo de pessoa só pode servir como contraste à obra de Deus, como uma decoração na casa de Deus, algo supérfluo e inútil. Deus não faz uso desse tipo de pessoa. Nesse tipo de pessoa, não só inexiste oportunidade para a obra do Espírito Santo, como não há qualquer valor em aperfeiçoá-la. Esse tipo de pessoa é, na verdade, um cadáver ambulante. Pessoas assim não têm nada que possa ser usado pelo Espírito Santo; ao contrário, todas elas foram apropriadas por Satanás e profundamente corrompidas por ele. Deus eliminará essas pessoas. Atualmente, quando faz uso das pessoas, o Espírito Santo não somente emprega aquelas partes delas que são desejáveis a fim de fazer com que as coisas sejam feitas, Ele também aperfeiçoa e transforma suas partes indesejáveis. Se o seu coração puder ser derramado em Deus e permanecer sereno diante Dele, então você terá a oportunidade e as qualificações para ser usado pelo Espírito Santo, para receber o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo e, mais ainda, você terá a oportunidade de que o Espírito Santo compense as suas deficiências. Quando entrega seu coração a Deus, no lado positivo, você pode alcançar uma entrada mais profunda e um plano mais elevado de percepção; no lado negativo, você terá mais compreensão das próprias falhas e deficiências, estará mais ansioso por buscar satisfazer a vontade de Deus e não será passivo, mas entrará ativamente. Assim, você se tornará uma pessoa correta.

Extraído de ‘É muito importante estabelecer um relacionamento normal com Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se você quer ter um relacionamento normal com Deus, então seu coração precisa voltar-se para Ele. Com isso como fundamento, você também terá um relacionamento normal com outras pessoas. Se você não tiver um relacionamento normal com Deus, então não importa o que faça para manter seus relacionamentos com outras pessoas e quanto se empenhe no trabalho ou quanta energia empregue, tudo isso simplesmente pertencerá a uma filosofia humana para viver. Você está mantendo a sua posição entre as pessoas por meio de uma perspectiva humana e uma filosofia humana para que as pessoas o elogiem, mas não está seguindo a palavra de Deus para estabelecer relacionamentos normais com as pessoas. Se você não se concentrar nos seus relacionamentos com as pessoas, mas mantiver um relacionamento normal com Deus, se estiver disposto a entregar seu coração a Ele e aprender a obedecê-Lo, então naturalmente seus relacionamentos com todas as pessoas se tornarão normais. Dessa maneira, esses relacionamentos não são estabelecidos na carne, e sim no fundamento do amor de Deus. Quase não há interações carnais, mas no espírito há comunhão, amor mútuo, conforto mútuo e provisão de um para o outro. Isso tudo é feito sobre o fundamento de um coração que satisfaz a Deus. Esses relacionamentos não são mantidos confiando-se em uma filosofia humana para viver, mas são formados muito naturalmente por carregar um fardo por Deus. Não requer esforço humano. Você só precisa praticar de acordo com a palavra-princípio de Deus. Você está disposto a atender à vontade de Deus? Está disposto a ser uma pessoa que é “sem razão” diante de Deus? Está disposto a entregar totalmente seu coração a Deus e a desconsiderar sua posição entre as pessoas? De todas as pessoas com quem você tem contato, com quais delas você tem os melhores relacionamentos? Com quais delas você tem os piores relacionamentos? Seus relacionamentos com as pessoas são normais? Você trata todas as pessoas igualmente? Seus relacionamentos com os outros são mantidos segundo a sua filosofia para viver ou são construídos sobre o fundamento do amor de Deus? Quando uma pessoa não entrega seu coração a Deus, seu espírito se torna obtuso, entorpecido e inconsciente. Esse tipo de pessoa nunca entenderá as palavras de Deus e nunca terá um relacionamento normal com Ele; o caráter desse tipo de pessoa nunca será mudado. Mudar o caráter de alguém é o processo de essa pessoa entregar seu coração totalmente a Deus e de receber esclarecimento e iluminação das Suas palavras. A obra de Deus pode permitir que uma pessoa entre ativamente, bem como capacitá-la a eliminar seus aspectos negativos após ganhar conhecimento sobre eles. Quando você alcançar o ponto de entregar seu coração a Deus, então será capaz de perceber todo movimento sutil dentro de seu espírito e conhecerá todo esclarecimento e toda iluminação recebidos de Deus. Agarre-se a isso e, gradualmente, você entrará na senda de ser aperfeiçoado pelo Espírito Santo. Quanto mais sereno seu coração puder estar diante de Deus, mais sensível e delicado seu espírito será, e tanto mais seu espírito será capaz de perceber como o Espírito Santo o move, e então seu relacionamento com Deus se tornará cada vez mais normal. Um relacionamento normal entre as pessoas é estabelecido sobre o fundamento de entregar seu coração a Deus, e não por meio de esforço humano. Sem Deus no coração, os relacionamentos interpessoais são meramente relacionamentos da carne. Não são normais, mas, em vez disso, são um abandono à luxúria — são relacionamentos que Deus detesta, que odeia. Se você diz que seu espírito foi movido, mas sempre quer ter comunhão com pessoas de quem gosta, com aqueles por quem tem alta estima, e se outra pessoa estiver buscando, mas você não gosta dela e até mantém um preconceito contra ela e não quer se envolver com ela, isso é mais uma prova de que você está sujeito a suas emoções e não tem nada de um relacionamento normal com Deus. Você está tentando enganar a Deus e encobrir a própria fealdade. Mesmo que consiga compartilhar algum entendimento, se você tiver intenções erradas, então tudo que faz é bom somente segundo padrões humanos. Deus não o elogiará — você está agindo segundo a carne, não segundo o fardo de Deus. Se você for capaz de aquietar seu coração diante de Deus e de ter interações normais com todas as pessoas que amam a Deus, só então estará apto para o uso de Deus. Desse modo, independentemente de como você se associar aos outros, não será segundo uma filosofia para viver, mas será diante de Deus, vivendo de uma maneira que é atenciosa ao Seu fardo.

Extraído de ‘É muito importante estabelecer um relacionamento normal com Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Leia cada declaração de Deus e as coloque em prática assim que você as entender. Talvez tenha havido ocasiões em que sua carne foi fraca, ou você foi rebelde, ou resistia; não importa como você se comportava no passado, isso é de pouca consequência, e não pode impedir que sua vida amadureça hoje. Se você puder ter um relacionamento normal com Deus hoje, há esperança. Se houver mudança em você a cada vez que ler as palavras de Deus, e os outros possam dizer que sua vida mudou para melhor, isso mostra que seu relacionamento com Deus é normal agora, que ele foi corrigido. Deus não trata as pessoas de acordo com suas transgressões. Quando você tiver entendido e se tornado consciente, desde que seja capaz de parar de se rebelar e de resistir, então Deus ainda terá misericórdia de você. Quando você tiver o entendimento e a determinação de buscar ser aperfeiçoado por Deus, então seu estado na presença de Deus se tornará normal. Não importa o que você faz, considere o seguinte quando o fizer: o que Deus pensará se eu fizer isso? Isso beneficiará meus irmãos e irmãs? Será benéfico para a obra na casa de Deus? Seja em oração, comunhão, fala, trabalho ou em contato com os outros, examine suas intenções e verifique se seu relacionamento com Deus é normal. Se você não puder discernir os próprios pensamentos e intenções, isso significa que lhe falta discriminação, o que prova que você entende muito pouco da verdade. Se você for capaz de entender claramente tudo o que Deus faz, e puder perceber os eventos através das lentes das Suas palavras, ficando do Seu lado, então seus pontos de vista terão se tornado corretos. Portanto, estabelecer um bom relacionamento com Deus é da maior importância para qualquer um que creia em Deus; todo mundo deveria considerar isso como uma tarefa de superior importância e o maior evento em sua vida. Tudo o que você faz é medido pelo fato de você ter ou não um relacionamento normal com Deus. Se seu relacionamento com Deus é normal e se suas intenções são corretas, então aja. Para manter um relacionamento normal com Deus, você não deve ter medo de sofrer perdas em seus interesses pessoais; você não pode permitir que Satanás prevaleça, não pode permitir que Satanás o agarre com firmeza, nem permitir que Satanás faça de você um objeto de escárnio. Ter tais intenções é um sinal de que seu relacionamento com Deus é normal — não em prol da carne, mas, antes, para a paz de espírito, para ganhar a obra do Espírito Santo e para satisfazer a vontade de Deus. Para entrar no estado correto, você deve estabelecer um bom relacionamento com Deus e corrigir os pontos de vista de sua crença em Deus. Isso é assim para que Deus possa ganhar você, para que Ele possa manifestar os frutos das palavras Dele em você e esclarecer e iluminar você ainda mais. Dessa forma, você terá entrado na maneira correta. Continue a comer e beber as palavras de Deus de hoje, entre na maneira atual de operar do Espírito Santo, aja de acordo com as exigências de Deus de hoje, não observe métodos ultrapassados de prática, não se apegue às velhas maneiras de fazer as coisas e entre na maneira de hoje de operar tão logo seja possível. Assim, seu relacionamento com Deus se tornará completamente normal, e você terá embarcado na trilha certa da crença em Deus.

Extraído de ‘Como está seu relacionamento com Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 2. Na busca pelo verdadeiro caminho, você deve ter razão

Próximo: 4. A decência santa que os crentes em Deus devem possuir

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

3. As diferenças entre as palavras de Deus ditas por profetas e as palavras expressas por Deus encarnado

Mesmo as profecias feitas pelos profetas não poderiam ter alcançado esse resultado. Os profetas falaram apenas profecias, falaram do que aconteceria no futuro, mas não da obra que Deus desejava fazer naquele tempo. Nem falavam para conduzir o homem em sua vida, nem para conferir verdades ao homem nem revelar mistérios ao homem, e, muito menos, para conceder vida. Das palavras ditas neste estágio, há profecia e verdade, mas principalmente elas servem para dar vida ao homem. No presente, as palavras são diferentes das profecias dos profetas. Este é um estágio da obra para a vida do homem, para mudar o caráter de vida do homem, e não em benefício de falar profecia.

8. Como Deus encerra a era sombria do império de Satanás nos últimos dias

Quando enfrentado pelos vários homens que se rebelam contra as Minhas palavras, refutam-nas ou são completamente desdenhosos delas, Minha posição é apenas esta: que o tempo e os fatos sejam Minha testemunha e mostrem que Minhas palavras são a verdade, o caminho e a vida. Que elas mostrem que tudo que Eu disse é certo, é aquilo com que o homem deve se prover e, além do mais, aquilo que o homem deveria aceitar. Vou permitir que todos aqueles que Me seguem conheçam este fato: aqueles que não podem aceitar Minhas palavras por inteiro, aqueles que não podem praticar Minhas palavras, aqueles que não podem encontrar um motivo em Minhas palavras e aqueles que não podem receber salvação por causa das Minhas palavras são aqueles que foram condenados por Minhas palavras e, além do mais, perderam Minha salvação e Minha vara nunca se afastará deles.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro