Pergunta 1: Eu estudei a Bíblia por mais de 20 anos. Estou certo de que não há palavra de Deus fora da Bíblia. Toda a palavra de Deus está na Bíblia. Qualquer coisa que viole ou vá além da Bíblia é heresia e falácia!

Resposta: “Não existe palavra de Deus fora da Bíblia, tudo o que excede a Bíblia é heresia”, todo mundo que estudou a Bíblia conhece o processo pelo qual a Bíblia foi formada. Devido às disputas e omissões dos editores da época, uma parte da palavra transmitida por profetas acabou não sendo registrada no Antigo Testamento. É um fato abertamente aceito. Assim, como você pode dizer que a obra e palavra de Deus não existem fora da Bíblia? As profecias omitidas dos profetas não são a palavra de Deus? Mesmo no Novo Testamento, o Senhor Jesus disse mais do que está registrado. João, capítulo vinte e um, versículo vinte e cinco diz: “E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem.” Isso atesta que a obra e a palavra do Senhor Jesus não foram todas registradas no Novo Testamento. Portanto, dizer que “não existe obra ou palavra de Deus fora da Bíblia” não está de acordo com os fatos. Também devemos saber que, tanto o Antigo Testamento quanto o Novo Testamento foram registrados e compilados pelo homem após Deus completou uma fase de Sua obra. No começo, a Bíblia era só o Antigo Testamento. A obra e a palavra do Senhor Jesus excediam o Antigo Testamento. Se acharmos que tudo o que excede a Bíblia é heresia, não teríamos condenado o Senhor Jesus? Irmãos e irmãs, através destes fatos, nós podemos concluir que os dizeres “não existe palavra ou obra de Deus fora da Bíblia” e “tudo aquilo que excede a Bíblia é heresia” são errôneos!

Sobre esse aspecto da verdade, vamos dar uma olhada no que diz a palavra de Deus Todo-Poderoso: “Durante a época de Jesus, Ele liderou os judeus e todos os que O seguiram de acordo com a obra do Espírito Santo Nele, à época. Ele não utilizou a Bíblia como a base do que Ele fez, mas falou de acordo com Sua obra; Ele não prestou atenção ao que a Bíblia dizia, nem procurou na Bíblia uma senda para liderar Seus seguidores. Do momento em que iniciou sua obra, Ele espalhou o caminho do arrependimento — uma palavra que nunca foi mencionada nas profecias do Antigo Testamento. Não apenas Ele não agiu de acordo com a Bíblia, mas também liderou uma nova senda e fez uma nova obra. Ele nunca fez referência à Bíblia ao pregar. Durante a Era da Lei, ninguém jamais tinha sido capaz de realizar Seus milagres de curar os enfermos e expulsar demônios. Assim, também, Sua obra, Seus ensinamentos e a autoridade e poder de Suas palavras estavam além de qualquer homem durante a Era da Lei. Jesus simplesmente fez Sua mais nova obra, e embora muitas pessoas O condenassem utilizando a Bíblia — e utilizaram até mesmo o Antigo Testamento para crucificá-Lo — Sua obra ultrapassou o Antigo Testamento; se assim não fosse, por que as pessoas O pregaram na cruz? Não foi porque nada havia no Antigo Testamento a respeito de Seus ensinamentos e Sua capacidade de curar os doentes e expulsar os demônios? […] Para as pessoas, parecia que Sua obra não tinha base, e uma boa parte dela estava em desacordo com os registros do Antigo Testamento. Isso não foi um erro do homem? A doutrina precisa ser aplicada à obra de Deus? E Deus deve operar de acordo com as profecias dos profetas? Afinal, o que é maior: Deus ou a Bíblia? Por que Deus deve operar de acordo com a Bíblia? Será que Deus não tem o direito de ir além da Bíblia? Deus não pode Se afastar da Bíblia e fazer outra obra? Por que Jesus e Seus discípulos não guardavam o sábado? Se fosse para Ele guardar o sábado e praticar de acordo com os mandamentos do Antigo Testamento, por que Jesus não guardou o sábado depois que veio, mas, em vez disso, lavou os pés, cobriu a cabeça, partiu o pão e bebeu vinho? Tudo isso não está ausente dos mandamentos do Antigo Testamento? Se Jesus honrava o Antigo Testamento, por que Ele rompeu com essas doutrinas? Você deve saber qual veio primeiro, Deus ou a Bíblia! Sendo o Senhor do sábado, Ele não poderia também ser o Senhor da Bíblia?” (‘A respeito da Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”). Por muitos anos, acreditamos que “o que excede a Bíblia é heresia”. E hoje, lendo a palavra de Deus Todo-Poderoso, entendemos que a obra de Deus nunca se baseou na Bíblia ou em suas referências. Ele não busca na Bíblia o caminho para liderar Seus seguidores. Ele só concede às pessoas um novo caminho e faz nova obra. Irmãos e irmãs, Deus é o Governante de todas as coisas. Ele não é só o Senhor do Sábado, também é o Senhor da Bíblia. Deus pode realizar sua própria obra e realizar nova obra conforme precisamos. Portanto, “Não existe palavra e a obra de Deus fora da Bíblia” e “tudo o que excede a Bíblia é heresia” são ditos que não se sustentam.

A Bíblia é um registro de dois estágios anteriores da obra de Deus. O Antigo Testamento é um registro da obra de Deus Jeová em Israel, nos tempos da Era da Lei. É a obra da Era da Lei do qual nós costumamos falar. O Novo Testamento é um registro da obra do Senhor Jesus na Era da Graça, a obra de Deus na Era da Graça da qual costumamos falar. A obra de Deus da Era da Lei não tinha base na Bíblia, e a obra de Deus na Era da Graça também não tinha base na Bíblia. Nada da obra de Deus foi realizado com base na Bíblia. Tudo bem usar a Bíblia como base para medir a obra do homem, sua pregação e seu serviço, porém, é mais apropriado medir com base de haver ou não a iluminação do Espírito Santo. Se sempre usarmos a Bíblia para medir e definir a obra de Deus, nos tornaremos pessoas que resistem à obra de Deus. Assim como os fariseus resistiram ao Senhor Jesus. Eles se apegaram, teimosamente, às escrituras na época, e por meio delas, mediram a obra do Senhor Jesus. Quando viram que a obra do Senhor Jesus excedeu o Antigo Testamento, eles insanamente condenaram e blasfemaram. E justamente eles, que resistiram a obra de Deus, é que foram condenados por Ele. Até quando vamos continuar a negar esses fatos?

Extraído do roteiro do filme Divulgue o mistério da Bíblia

Anterior: Pergunta 2: O nome de Deus em cada era não pode representar a totalidade de Deus. Então, qual é o significado de Seu nome em cada era?

Próximo: Pergunta 2: As verdades da Bíblia já estão completas. Ter a Bíblia é suficiente para nossa crença em Deus. Nós não precisamos de novas palavras!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo Whatsapp