Pergunta 4: Com relação ao que você acabou de compartilhar sobre os falsos cristos que usam uma má interpretação da Bíblia e exibem sinais e prodígios para enganar as pessoas, agora tenho algum discernimento sobre esse aspecto. Mas ainda tenho uma pergunta que quero fazer. Alguns falsos cristos afirmam que o Espírito de Deus desceu sobre eles. Eles se fazem passar pelo Senhor Jesus que retornou e enganam algumas pessoas. Como podemos distinguir isso?

Resposta: Isso é bem fácil. Cristo é Deus na carne, o Espírito de Deus materializado como carne. Não é que o Espírito de Deus desceu sobre Ele posteriormente. Cristo nasceu assim, Ele é Cristo desde o momento em que nasceu. Ele nasceu o Cristo e será para sempre o Cristo. Se alguém não nasceu assim, então ele nunca o será. Assim como o Senhor Jesus foi Cristo desde o nascimento, e não apenas após o Espírito Santo descer sobre Ele. Quando o Senhor Jesus foi batizado, o Espírito Santo desceu sobre Ele como uma pomba. E eis que uma voz dos céus dizia: “Este é o Meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:17). Esse é o testemunho do Espírito Santo, para que as pessoas saibam que o Senhor Jesus é o Próprio Deus. A partir daquele momento, o Senhor Jesus começou a cumprir oficialmente Seu ministério para a Era da Graça. Deus Todo-Poderoso encarnado nos últimos dias expressa verdades para testemunhar que Ele é o Cristo, a carne encarnada de Deus. A essência de Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Portanto, quando Cristo vem para realizar Sua Obra, Ele certamente expressará verdades, enquanto que aqueles falsos cristos que proclamam que o Espírito de Deus desceu sobre eles não podem expressar quaisquer verdades. Isso é suficiente para provar que são espíritos malignos imitando Cristo para enganarem as pessoas. Portanto, esses falsos cristos que mentem dizendo que o Espírito de Deus desceu sobre eles são, na verdade, todos possuídos por espíritos malignos.Esta é a questão. Assim como Deus Todo-Poderoso diz: “Há alguns que estão possuídos por espíritos malignos e clamam vociferantemente: ‘Eu sou Deus!’. Mas, no fim, eles são revelados, porque estão errados no que representam. Eles representam Satanás e o Espírito Santo não lhes presta atenção. Por mais alto que você se exalte ou por mais forte que você grite, você ainda é um ser criado que pertence a Satanás. […] Você não pode gerar novas sendas ou representar o Espírito. Você não pode expressar a obra do Espírito ou as palavras que Ele profere. Você é incapaz de fazer a obra do Próprio Deus, e a do Espírito, também não. A sabedoria, a maravilha e a insondabilidade de Deus e a plenitude do caráter pelo qual Deus castiga o homem — todas essas estão além de sua capacidade de expressar. Portanto, seria inútil tentar afirmar ser Deus; você teria apenas o nome, mas nada da substância. O Próprio Deus veio, mas ninguém O reconhece, mesmo assim Ele continua em Sua obra e a faz representando o Espírito. […] Ele é a carne encarnada do Espírito de Deus; Ele representa o Espírito e é aprovado por Ele. Se você é incapaz de abrir caminho para uma nova era ou de fazer terminar a era antiga, ou de introduzir uma nova era ou de fazer uma nova obra, então você não pode ser chamado de Deus!” (‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Alguém não é Cristo só porque afirma ser. Se não pode expressar todas as verdades para julgar e salvar a humanidade, se não pode realizar a obra de julgamento dos últimos dias, ou começar uma nova era e terminar uma era antiga, então não importa o quanto ele se autointitule como Cristo, ele ainda é um impostor. Cristo encarnado dos últimos dias – Deus Todo-Poderoso, expressa todas as verdades para julgar e purificar o homem, realiza a obra de julgamento começando pela casa de Deus, terminando a Era da Graça e começando a Era do Reino. As palavras de Deus Todo-Poderoso são expressões do caráter de Deus e do que Deus tem e é. É a realidade da vida com a qual toda a humanidade deveria estar equipada. Pode resolver todos os problemas da resistência e traição do homem corrupto contra Deus. Para entendermos a obra de Deus e Seu caráter e essência, isso é de extrema importância e muito precioso. Deus Todo-Poderoso revelou todos os mistérios do plano de gerenciamento de 6.000 anos de Deus, e a história e a essência da obra de três estágios de Deus, assim como expôs como Satanás corrompe a humanidade e como Deus, passo a passo, salva a humanidade, bem como a necessidade e o significado da obra de julgamento de Deus dos últimos dias, como a humanidade pode resolver sua natureza pecaminosa e se libertar da influência de Satanás para alcançar a salvação. Como se tornar alguém que realiza a vontade do Pai celestial, que o tipo de pessoa Deus salva e que tipo Ele elimina. O tipo de pessoa que pode ser trazida ao reino dos céus e como separar o bem e o mal. Como Deus determina o fim de cada tipo de pessoa, e assim por diante. Todas as verdades e mistérios que envolvem a salvação e a perfeição do homem foram revelados por Deus Todo-Poderoso à humanidade. Isso cumpre a profecia do Senhor Jesus: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por Si Mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16:12-13). A obra de Deus Todo-Poderoso é a obra da Era do Reino e a obra que encerra este mundo sombrio e maligno. A obra realizada por Deus Todo-Poderoso e as verdades que Ele expressou provam completamente que Deus Todo-Poderoso é o Cristo dos últimos dias, a segunda vinda do Senhor Jesus.

Extraído do roteiro do filme Quem é Ele que voltou

Anterior: Pergunta 3: Você testificou que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou e que Ele expressou muitas palavras. Mas na Coreia do Sul há algumas pessoas que fingem o retorno do Senhor Jesus. Elas também disseram algumas palavras e também escreveram alguns livros. Algumas também ganharam seguidores. Eu gostaria de ouvir o que você pensa sobre como distinguir as palavras desses falsos cristos.

Próximo: Pergunta 1: Nós cremos que o Senhor Jesus retorna principalmente para arrebatar os que creem Nele. Não é possível que Ele faça a obra de julgamento nos últimos dias para criar vencedores. Deus levantou o irmão Lin e o usou. Ele nos levou a ser renovados, transformados, conformados e glorificados para nos tornarmos vencedores. Quando o Senhor retornar, nossa Igreja Local será a primeira a ser arrebatada. Você testificou que somente Deus é capaz de criar vencedores. Eu quero perguntar: se pautarmos nossa busca no caminho conduzido pelo irmão Lin, não podemos ser transformados em vencedores?

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo Whatsapp