Pergunta 1: A Bíblia diz: “Pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” (Romanos 10:10). Nós já fomos salvos por meio de nossa fé em Jesus. Uma vez salvos, somos eternamente salvos. Quando o Senhor chegar, definitivamente seremos capazes de entrar no reino dos céus.

Resposta: Uma vez que estamos salvos, estamos sempre salvos e podemos entrar no reino dos céus. Essa é concepção do homem. Isso não está de acordo com as palavras de Deus. O Senhor Jesus nunca disse que as pessoas entrariam no reino dos céus apenas salvas pela fé. Mas O Senhor Jesus disse que somente aqueles que fazem a vontade do Pai Celestial entrarão no reino dos céus. Somente as palavras do Senhor Jesus têm autoridade e são a verdade. Concepções e imaginações do homem não são a verdade. Não são critérios para entrar no reino dos céus. Sobre a “salvação pela fé” de que falamos, essa “salvação” se refere apenas a ter seus pecados perdoados, não a ser condenado à morte pela lei. Isso não significa que a pessoa que foi “salva” percorra o caminho de Deus, tenha sido liberta do pecado e tenha se tornado santa. Isso não significa que ela possa entrar no reino dos céus. Embora tenhamos sido perdoados do pecado pela fé, nossos pecados ainda permanecem. Ainda podemos pecar e resistir a Deus. Vivemos em um ciclo de pecar e confessar nossos pecados. Como pessoas assim podem entrar no reino dos céus? A Bíblia diz: “E a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hebreus 12:14). Se disser que os pecadores frequentes podem entrar no reino dos céus, isso não está de acordo com os fatos. Ousa dizer que aqueles homens impuros e corruptos, que pecam com frequência, vivem no reino dos céus? Você já viu uma pessoa má e impura entrando no reino dos céus? O Senhor é justo e santo. O Senhor permitiria que pecadores frequentes entrassem no reino dos céus? O Senhor Jesus uma vez disse: “Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado. Ora, o escravo não fica para sempre na casa; o filho fica para sempre” (João 8:34-35). Portanto, podemos ver que aqueles que não se libertaram do pecado não entram no reino dos céus. Se o que vocês dizem é verdade, e quem ganha a salvação pela fé entra no reino dos céus, então por que o Senhor Jesus disse isto? “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”? Por que Ele disse que separaria os bodes das ovelhas e o trigo do joio? Portanto, “aqueles que são salvos pela fé entrarão no reino dos céus” não pode ser verdade! Essa crença é diretamente contradita pelas palavras do Senhor Jesus!

Extraído do roteiro do filme Memórias pungentes

Anterior: Pergunta 7: Hoje nós cremos no Senhor Jesus; nós sofremos e nos sacrificamos para difundir o nome do Senhor, renunciando a todo o resto. Estamos fazendo a vontade do Pai Celestial. Isso significa que já fomos santificados. Quando o Senhor chegar, Ele definitivamente nos arrebatará ao reino dos céus.

Próximo: Pergunta 2: É dito na Bíblia: “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica; Quem os condenará?” (Romanos 8:33-34). Isso prova que a crucificação do Senhor Jesus na cruz nos perdoa de todo pecado. O Senhor não nos vê mais como pecadores. Quem pode nos acusar agora?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro