Entrada na vida 5

Palavras diárias de Deus Trecho 520

Durante o tempo em que seguiu Jesus, Pedro formou muitas opiniões sobre Ele e sempre O julgou de sua própria perspectiva. Embora Pedro tivesse certo grau de entendimento do Espírito, seu entendimento era um tanto obscuro, motivo pelo qual disse: “Eu devo seguir aquele que é enviado pelo Pai celestial. Devo reconhecer aquele que é escolhido pelo Espírito Santo”. Ele não entendia as coisas que Jesus fazia e carecia de clareza sobre elas. Depois de segui-Lo por algum tempo, Pedro ficou mais interessado no que Ele fazia e dizia, e no Próprio Jesus. Ele sentiu que Jesus inspirava ao mesmo tempo afeição e respeito; ele gostava de se associar a Ele e de estar ao Seu lado, e ouvir as palavras de Jesus lhe proporcionava suprimento e ajuda. Durante o tempo em que seguiu Jesus, Pedro observou e guardou em seu coração tudo sobre a vida Dele: Suas ações, palavras, movimentos e expressões. Ele ganhou uma compreensão profunda de que Jesus não era como os homens comuns. Conquanto Sua aparência humana fosse excessivamente normal, Ele era cheio de amor, compaixão e tolerância para com os homens. Tudo o que Ele fazia ou dizia era de grande ajuda para os outros, e Pedro viu e ganhou de Jesus coisas que ele nunca tinha visto ou tido antes. Ele viu que, embora Jesus não tivesse uma grande estatura nem uma humanidade incomum, Ele tinha um ar verdadeiramente extraordinário e incomum. Embora Pedro não o pudesse explicar totalmente, ele podia ver que Jesus agia diferentemente de todos os demais, pois as coisas que Ele fazia eram muito diferentes daquelas dos homens normais. Em seu tempo em contato com Jesus, Pedro também percebeu que Seu caráter era diferente do caráter do homem comum. Ele sempre agia com constância e nunca com pressa, nunca exagerava nem subestimava uma questão, e conduzia Sua vida de um modo que revelava um caráter que era ao mesmo tempo normal e admirável. Nas conversas, Jesus falava de forma clara e graciosa, sempre se comunicando de maneira animada e ainda assim serena — e nunca perdeu Sua dignidade enquanto executava Sua obra. Pedro via que Jesus, por vezes, ficava taciturno, enquanto em outras ocasiões falava incessantemente. Às vezes, Ele ficava tão feliz que parecia uma pomba saltitante e alegre, e em outras ficava tão triste que não falava de modo algum, parecendo tomado de tristeza, como se fosse uma mãe fatigada e abatida. Às vezes, Ele ficava cheio de raiva, como um soldado valente correndo para matar um inimigo ou, em algumas ocasiões, até parecia um leão rugindo. Às vezes, Ele ria; em outras, orava e chorava. Não importando como Jesus agia, Pedro chegou a ter um amor e um respeito sem limites por Ele. O riso de Jesus o enchia de alegria, Seu sofrimento o lançava na tristeza, Sua raiva o assustava, ao passo que Sua misericórdia, Seu perdão e as exigências estritas que Ele fazia às pessoas o levaram a amar Jesus verdadeiramente e a desenvolver uma reverência e um anseio autênticos por Ele. É claro que só tendo vivido ao lado de Jesus por alguns anos é que Pedro foi gradualmente percebendo tudo isso.

Extraído de ‘Como Pedro conheceu Jesus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 521

Houve um clímax nas experiências de Pedro, quando o seu corpo foi quase totalmente quebrado, mas Jesus ainda assim lhe proporcionou um encorajamento interior. E, uma vez, Jesus apareceu a ele. Quando Pedro estava em um sofrimento tremendo e sentiu que seu coração estava partido, Jesus o instruiu: “Tu estavas Comigo na terra, e Eu estava aqui contigo. E embora antes estivéssemos juntos no céu, isso é, afinal de contas, do mundo espiritual. Agora Eu voltei para o mundo espiritual, e tu estás na terra. Pois Eu não sou da terra, e embora tu também não sejas da terra, tens de cumprir tua função na terra. Como tu és um servo, tu deves cumprir tua obrigação”. Ouvir que poderia voltar para o lado de Deus confortou Pedro. Naquela ocasião, Pedro estava em tal agonia que quase ficou de cama; ele sentiu remorso a ponto de dizer: “Eu sou tão corrupto que não sou capaz de satisfazer a Deus”. Jesus apareceu a ele e disse: “Pedro, é possível que tenhas te esquecido da resolução que uma vez fizeste diante de Mim? Tu te esqueceste realmente de tudo o que Eu disse? Tu te esqueceste da resolução que fizeste para Mim?” Vendo que era Jesus, Pedro levantou-se da cama, e Jesus então o confortou: “Eu não sou da terra, Eu já te disse — isso tens de entender, mas te esqueceste de algo que Eu te disse? ‘Tu também não és da terra, não és do mundo.’ Neste momento, há uma obra que tu precisas fazer; tu não podes ficar triste assim, não podes sofrer assim. Apesar de os homens e Deus não poderem coexistir no mesmo mundo, Eu tenho a Minha obra e tu tens a tua e, um dia, quando a tua obra estiver terminada, estaremos juntos em um reino, e Eu te conduzirei para estar Comigo para sempre”. Pedro se sentiu confortado e tranquilizado ao ouvir estas palavras. Ele soube que aquele sofrimento era algo que ele tinha de suportar e experimentar, e dali em diante foi inspirado. Jesus apareceu a ele, de modo especial, em cada momento-chave, dando a ele iluminação e orientação especiais, e operou muita obra nele. E o que Pedro mais lamentava? Não muito depois de Pedro ter dito: “Tu és o Filho do Deus vivo”, Jesus lhe fez outra pergunta (apesar de não estar registrada na Bíblia desse modo). Jesus lhe perguntou: “Pedro! Tu alguma vez Me amaste?” Pedro entendeu o que Ele queria dizer e disse: “Senhor! Uma vez eu amei o Pai no céu, mas admito que nunca Te amei”. Jesus então disse: “Se as pessoas não amam o Pai no céu, como podem amar o Filho na terra? E se as pessoas não amam o Filho enviado por Deus o Pai, como podem amar o Pai no céu? Se as pessoas verdadeiramente amam o Filho na terra, então, elas amam verdadeiramente o Pai no céu”. Quando Pedro ouviu essas palavras, ele percebeu o que vinha faltando a ele. Ele sempre sentiu remorso a ponto de chorar sobre suas palavras, “Uma vez eu amei o Pai no céu, mas eu nunca Te amei”. Depois da ressurreição e da ascensão de Jesus, ele sentiu ainda mais remorso e pesar em relação a essas palavras. Ao recordar suas obras passadas e sua estatura presente, costumava vir diante de Jesus em oração, sempre sentindo remorso e uma dívida por não ter satisfeito a vontade de Deus e por não estar à altura dos padrões de Deus. Essas questões se tornaram seu maior fardo. Ele disse: “Um dia dedicarei a Ti tudo o que tenho e tudo o que sou; eu Te darei tudo o que for de mais valioso”. Ele disse: “Deus! Eu tenho somente uma fé e somente um amor. Minha vida não vale nada, e meu corpo não vale nada. Eu tenho somente uma fé e somente um amor. Eu tenho fé em Ti na minha mente e amor por Ti em meu coração; essas duas coisas somente eu tenho para dar-Te, e nada mais”. Pedro foi grandemente encorajado pelas palavras de Jesus, porque antes que Jesus fosse crucificado, Ele tinha dito a Pedro: “Eu não sou deste mundo, e tu também não és deste mundo”. Mais tarde, quando Pedro alcançou um ponto de grande sofrimento, Jesus o lembrou: “Pedro, tu te esqueceste? Eu não sou do mundo, e foi somente para a Minha obra que Eu parti mais cedo. Tu também não és do mundo, já realmente te esqueceste? Eu te disse duas vezes, tu não te lembras?” Ao ouvir isso, Pedro disse: “Eu não me esqueci!” Jesus então disse: “Tu, uma vez, passaste um tempo feliz reunido a Mim no céu e um período ao Meu lado. Tu sentes a Minha falta, e Eu sinto a tua. Apesar de as criaturas não serem dignas de menção aos Meus olhos, como posso Eu deixar de amar alguém que é inocente e adorável? Tu te esqueceste da Minha promessa? Tu tens de aceitar a Minha comissão na terra; tu tens de cumprir a tarefa que Eu confiei a ti. Um dia, Eu certamente te conduzirei para estar ao Meu lado”. Depois de ouvir isto, Pedro ficou ainda mais encorajado, e recebeu uma inspiração ainda maior, de tal modo que, quando estava na cruz, ele foi capaz de dizer: “Deus! Não consigo Te amar o suficiente! Mesmo que Tu me peças para morrer, ainda assim não consigo Te amar o suficiente! Para onde quer que Tu envies a minha alma, caso Tu cumpras as Tuas promessas passadas ou não, o que quer que Tu faças em seguida, eu Te amo e creio em Ti”. Ele se agarrou na sua fé e no amor verdadeiro.

Extraído de ‘Como Pedro conheceu Jesus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 522

Agora você deveria ser capaz de ver claramente a senda exata que Pedro tomou. Se você consegue ver claramente a senda de Pedro, então estará seguro sobre a obra que está sendo feita hoje, assim você não reclamará nem será passivo, tampouco ansiará por algo. Você deveria experimentar o estado de humor de Pedro daquela época: ele estava afligido por tristeza; ele não mais pedia por um futuro ou por quaisquer bênçãos. Não buscava o lucro, a felicidade, a fama ou a fortuna do mundo, mas somente viver a vida mais significativa possível, que era pagar de volta o amor de Deus e dedicar o que ele considerava mais completamente precioso para Deus. Então, ele estaria satisfeito em seu coração. Ele frequentemente orava a Jesus com estas palavras: “Senhor Jesus Cristo, eu Te amei uma vez, mas eu não Te amei de verdade. Apesar de eu ter dito que eu tinha fé em Ti, eu nunca Te amei com um coração verdadeiro. Eu somente Te admirava, Te adorava, sentia falta de Ti, mas nunca Te amei, nem tive uma fé verdadeira em Ti”. Ele sempre orava para fazer sua resolução, e era constantemente encorajado pelas palavras de Jesus e extraía motivação delas. Mais tarde, depois de um período de experiência, Jesus o testou, provocando-o para que ansiasse por Ele ainda mais. Ele disse: “Senhor Jesus Cristo! Como eu sinto saudades de Ti, e anseio olhar para Ti. Eu careço de muita coisa e não posso compensar o Teu amor. Eu imploro que Tu me leves embora em breve. Quando terás necessidade de mim? Quando me levarás embora? Quando irei, mais uma vez, olhar a Tua face? Eu não desejo viver mais neste corpo, continuar a me corromper, nem desejo me rebelar ainda mais. Estou pronto a dedicar tudo o que tenho a Ti assim que puder e não tenho desejo de entristecer-Te mais ainda”. Era assim que ele orava, mas ele não sabia, na época, o que Jesus aperfeiçoaria nele. Durante a agonia de sua prova, Jesus apareceu a ele novamente e disse: “Pedro, desejo te aperfeiçoar de modo que tu te tornes um pedaço de fruta, algo que seja a cristalização do Meu aperfeiçoamento de ti, e do qual Eu vou usufruir. Tu podes, de fato, testemunhar para Mim? Tu já fizeste o que Eu pedi que fizesses? Tu já viveste as palavras que Eu falei? Uma vez tu Me amaste, mas apesar de teres Me Amado, tu tens Me vivido? O que fizeste por Mim? Tu reconheces que és indigno do Meu amor, mas o que fizeste por Mim?” Pedro viu que ele não tinha feito nada para Jesus e se lembrou de seu juramento anterior de dar sua vida para Deus. E, então, ele não mais reclamou, e suas orações daí em diante ficaram muito melhores. Ele orou, dizendo: “Senhor Jesus Cristo! Uma vez eu Te deixei, e Tu também uma vez me deixaste. Passamos um tempo separados e um tempo juntos na companhia um do outro. Contudo, Tu me amas mais que qualquer outra coisa. Eu me rebelei repetidamente contra Ti e repetidamente Te entristeci. Como posso me esquecer dessas coisas? Eu sempre tenho tido em mente e nunca me esqueço da obra que Tu tens feito em mim e o que me tens confiado. Eu tenho feito tudo que posso pela obra que Tu tens feito em mim. Tu sabes o que eu posso fazer, e Tu sabes mais ainda o papel que posso desempenhar. Desejo me submeter a Tuas orquestrações e dedicarei tudo que tenho a Ti. Só Tu sabes o que eu posso fazer para Ti. Apesar de Satanás ter me enganado tanto e de eu ter me rebelado contra Ti, creio que Tu não Te lembras de mim por causa daquelas transgressões, que Tu não me tratas com base nelas. Desejo dedicar minha vida inteira a Ti. Não peço nada nem tenho outras esperanças ou planos; eu somente desejo agir de acordo com a Tua intenção e fazer a Tua vontade. Beberei do Teu cálice amargo e estou ao Teu inteiro dispor”.

Vocês têm de ter clareza sobre a senda que estão trilhando; vocês têm de ter clareza sobre a senda que tomarão no futuro, o que é que Deus aperfeiçoará, e o que tem sido confiado a vocês. Um dia, talvez, vocês serão testados, e quando esse tempo chegar, se vocês forem capazes de extrair inspiração das experiências de Pedro, isso mostrará que vocês estão, de fato, trilhando a senda de Pedro. Pedro foi elogiado por Deus por sua fé e amor verdadeiros e por sua lealdade a Deus. E foi por sua honestidade e anseio por Deus em seu coração que Deus o fez perfeito. Se você verdadeiramente tiver o mesmo amor e fé de Pedro, então Jesus certamente o fará perfeito.

Extraído de ‘Como Pedro conheceu Jesus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 523

Quando estava sendo castigado por Deus, Pedro orou: “Ó Deus! Minha carne é desobediente e, por isso, Tu me castigas e me julgas. Regozijo em Teu castigo e julgamento, e, mesmo que não me queiras, em Teu julgamento contemplo Teu caráter santo e justo. Sinto contentamento quando me julgas para que os outros possam contemplar Teu caráter justo em Teu julgamento. Se isso puder expressar o Teu caráter e permitir que o Teu caráter justo seja visto por todas as criaturas, e se puder tornar o meu amor por Ti mais puro, para que eu possa alcançar a semelhança de alguém que é justo, então Teu julgamento é bom, pois tal é Tua vontade graciosa. Sei que ainda há muita coisa rebelde dentro de mim e que ainda não estou apto para comparecer diante de Ti. Desejo que me julgues ainda mais, seja por meio de um ambiente hostil, seja por meio de grandes tribulações; independentemente do que fizeres, para mim é precioso. Teu amor é tão profundo, e estou disposto a entregar-me à Tua mercê sem a menor queixa”. Esse é o conhecimento de Pedro após ter experimentado a obra de Deus, e também é um testemunho do seu amor por Deus. Hoje vocês já foram conquistados — mas como essa conquista se expressa em vocês? Algumas pessoas dizem: “Minha conquista é a suprema graça e exaltação de Deus. Somente agora percebo que a vida do homem é oca e sem significado. O homem passa sua vida com pressa, gerando e criando uma geração após a outra de filhos, e acaba ficando sem nada. Hoje, só depois de ter sido conquistado por Deus, tenho visto que não há valor em viver desse jeito; realmente é uma vida sem sentido. Dá no mesmo morrer e acabar com isso!” Tais pessoas que foram conquistadas podem ser ganhas por Deus? Elas poderão vir a ser exemplos e modelos? Pessoas como essas são uma lição em passividade; não têm aspirações e não se esforçam para melhorar a si mesmas. Mesmo que contem entre as que foram conquistadas, essas pessoas passivas são incapazes de ser aperfeiçoadas. Perto do final de sua vida, depois de ter sido aperfeiçoado, Pedro disse: “Ó Deus! Se vivesse mais alguns anos, eu desejaria alcançar um amor mais puro e mais profundo por Ti”. Quando estava prestes a ser pregado na cruz, ele orou em seu coração: “Ó Deus! Teu tempo chegou agora; chegou o tempo que Tu preparaste para mim. Devo ser crucificado por Ti, devo dar esse testemunho de Ti e espero que meu amor seja capaz de satisfazer Tuas exigências e que ele possa se tornar mais puro. Hoje, poder morrer por Ti e ser pregado na cruz por Ti é algo reconfortante e tranquilizador para mim, porque nada é mais gratificante para mim do que poder ser crucificado por Ti e satisfazer Teus desejos, e ser capaz de dar a mim mesmo a Ti, de oferecer minha vida a Ti. Ó Deus! És tão amável! Se me permitisses viver, eu estaria ainda mais disposto a Te amar. Vou Te amar enquanto eu viver. Desejo amar-Te mais profundamente. Tu me julgas, me castigas e me pões à prova porque não sou justo e porque pequei. E Teu caráter justo se torna mais visível para mim. Isso é uma bênção para mim porque me torna capaz de Te amar mais profundamente, e estou disposto a Te amar desse modo mesmo que Tu não me ames. Estou disposto a contemplar Teu caráter justo, porque isso me torna mais capaz de viver uma vida com sentido. Sinto que agora minha vida tem mais sentido porque estou sendo crucificado por Tua causa e é significativo morrer por Ti. Ainda assim, não me sinto satisfeito, porque conheço muito pouco de Ti, sei que não consigo satisfazer completamente Teus desejos e o que retribuí a Ti não foi o bastante. Na minha vida, tenho sido incapaz de me devolver inteiro a Ti; estou longe disso. Quando olho para trás neste momento, sinto-me tão endividado Contigo e só tenho este momento para compensar todos os meus erros e todo o amor não retribuído a Ti”.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 524

O homem deve buscar viver uma vida com sentido e não deveria se contentar com suas circunstâncias atuais. Para viver a imagem de Pedro, ele precisa possuir o conhecimento e as experiências de Pedro. O homem deve buscar coisas que são mais elevadas e mais profundas. Ele deve buscar um amor mais profundo e mais puro por Deus e uma vida que tenha valor e sentido. Somente isso é vida; somente então o homem será igual a Pedro. Você deve concentrar-se em ser proativo para com sua entrada no lado positivo e não deve permitir de modo submisso que você retroceda em função de algum alívio momentâneo enquanto ignora verdades mais profundas, mais específicas e mais práticas. Seu amor tem de ser prático e você deve encontrar maneiras de libertar-se dessa vida depravada e despreocupada, que não se diferencia da vida de um animal. Você deve viver uma vida com sentido, uma vida de valor, e não deve enganar a si mesmo nem tratar sua vida como um brinquedo com que se brinque. Para quem aspira amar a Deus não existem verdades inalcançáveis nem justiça pela qual não possa se manter firme. Como você deve viver sua vida? Como deve amar a Deus e usar esse amor para satisfazer Seu desejo? Não existe assunto mais importante do que esse para a sua vida. Acima de tudo, você deve ter tais aspirações e perseverança, e não pode ser como aqueles que não têm espinha dorsal, que são fracotes. Você deve aprender a experimentar uma vida com sentido e experimentar verdades com sentido, e não deve tratar a si mesmo de modo superficial dessa maneira. Sua vida passará sem que você se dê conta; depois, você terá outra oportunidade de amar a Deus? O homem pode amar a Deus depois que estiver morto? Você deve ter as mesmas aspirações e a mesma consciência que Pedro; sua vida deve ter sentido e você não dever brincar consigo mesmo. Como um ser humano e como uma pessoa que busca a Deus, você deve ser capaz de considerar cuidadosamente como trata a sua vida, como deve se oferecer a Deus, como deve ter uma fé em Deus mais significativa e, já que você ama a Deus, você deveria amá-Lo de modo mais puro, mais belo e melhor. Hoje, você não pode se contentar apenas com a maneira como é conquistado, mas deve considerar também a senda que tomará no futuro. Você deve ter aspirações e a coragem de ser aperfeiçoado e não deve sempre pensar que é incapaz. A verdade tem seus favoritos? A verdade pode se opor às pessoas deliberadamente? Se você buscar a verdade, isso pode sobrecarregá-lo? Se você assumir uma posição firme pela justiça, isso o derrubará? Se verdadeiramente for sua aspiração buscar a vida, a vida pode escapar de você? Se você estiver sem a verdade, isso não é porque a verdade o ignora, mas porque você se mantém afastado da verdade; se você não conseguir se manter firme pela justiça, não é por que há algo de errado com a justiça, mas porque você acredita que ela não está alinhada com os fatos; se você não ganhou vida depois de buscá-la por muitos anos, isso não é porque a vida não tem consciência de você, mas porque você não tem consciência da vida e afugentou a vida; se você vive na luz e tem sido incapaz de ganhar a luz, não é porque a luz é incapaz de iluminar você, mas porque você não deu qualquer atenção à existência da luz, e, assim, a luz silenciosamente se afastou de você. Se você não buscar, só resta dizer que você é lixo sem valor, não tem coragem na sua vida e não tem espírito para resistir às forças das trevas. Você é fraco demais! Você é incapaz de escapar das forças de Satanás que o estão sitiando e apenas está disposto a levar esse tipo de vida segura e protegida e morrer na ignorância. O que você deve alcançar é sua busca por ser conquistado; esse é seu dever moral. Se você estiver contente por ter sido conquistado, você expulsa a existência da luz. Você deve sofrer dificuldades pela verdade, deve se entregar à verdade, deve suportar humilhação pela verdade e, para ganhar mais da verdade, você deve passar por mais sofrimento. É isso que você deve fazer. Você não deve jogar a verdade fora em favor de uma vida familiar pacífica nem deve perder a dignidade e integridade da sua vida por causa de um prazer momentâneo. Você deve buscar tudo que é belo e bom e buscar uma senda na vida que seja mais significativa. Se você levar uma vida tão vulgar e não buscar quaisquer objetivos, você não desperdiça a vida? O que você pode ganhar com uma vida assim? Você deve abandonar todos os prazeres da carne em favor da verdade e não deve jogar fora todas as verdades em favor de um pouco de prazer. Pessoas assim não têm integridade nem dignidade; sua existência não faz sentido!

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 525

Deus castiga e julga o homem porque Sua obra exige isso e, ademais, porque o homem precisa disso. O homem precisa ser castigado e julgado; somente então ele pode alcançar o amor a Deus. Hoje vocês foram cabalmente convencidos, mas quando se deparam com o menor revés, vocês estão encrencados; a estatura de vocês ainda é pequena demais, e vocês ainda precisam experimentar mais desse castigo e julgamento para alcançar um conhecimento mais profundo. Hoje, vocês têm alguma reverência por Deus, temem a Deus e sabem que Ele é o verdadeiro Deus, mas não têm um grande amor por Ele e muito menos alcançaram um amor puro; o conhecimento de vocês é superficial demais, e sua estatura ainda é insuficiente. Quando vocês verdadeiramente encontram um ambiente, vocês ainda não deram testemunho, uma parte pequena demais de sua entrada é proativa, e vocês não têm ideia de como praticar. A maioria das pessoas é passiva e inativa; ela ama a Deus apenas secretamente em seu coração, mas não tem nenhum caminho da prática, nem têm clareza sobre quais são seus objetivos. Aquelas que foram aperfeiçoadas não só possuem a humanidade normal, mas também estão possuídas por verdades que excedem as medidas da consciência e estão acima dos padrões da consciência; elas não só usam sua consciência para retribuir o amor de Deus, mas, mais do que isso, elas conheceram Deus e viram que Deus é amável e digno do amor do homem, e que, em Deus, há tanta coisa para ser amada que o homem não pode senão amá-Lo! O amor a Deus daqueles que foram aperfeiçoados visa satisfazer suas próprias aspirações pessoais. Seu amor é espontâneo, um amor que não pede nada em troca e que não é uma transação. Eles amam a Deus unicamente por causa do seu conhecimento Dele. Tais pessoas não se importam se Deus lhes concede graças ou não, elas se contentam com nada além de satisfazer a Deus. Não fazem barganhas com Deus nem medem seu amor a Deus pela consciência: “Tu tens me dado, e, assim, eu Te retribuo com meu amor; se Tu não me deres, não tenho nada para retribuir a Ti”. Aqueles que foram aperfeiçoados sempre creem que: “Deus é o Criador e que Ele realiza Sua obra em nós. Já que eu tenho essa oportunidade, condição e qualificação para ser aperfeiçoado, minha busca deveria ser a de viver uma vida com sentido, e eu devo satisfazê-Lo”. É exatamente igual ao que Pedro experimentou: quando estava na maior fraqueza, ele orou a Deus e disse: “Ó Deus! Tu sabes que, independentemente de tempo e lugar, eu sempre me lembro de Ti. Tu sabes que, não importa quando nem onde, eu quero Te amar, mas minha estatura é pequena demais, sou fraco e impotente demais, meu amor é limitado demais e minha sinceridade para contigo é escassa demais. Em comparação com o Teu amor, eu simplesmente não sou apto para viver. Só desejo que minha vida não seja em vão e que eu não só possa retribuir Teu amor, mas, além disso, também dedicar a Ti tudo que tenho. Se eu puder Te satisfazer, então, como criatura, terei paz de espírito e não pedirei mais nada. Embora eu seja fraco e impotente agora, não esquecerei Tuas exortações nem esquecerei o Teu amor. Agora nada estou fazendo além de retribuir o Teu amor. Ó Deus, sinto-me horrível! Como posso devolver a Ti o amor que está no meu coração? Como posso fazer tudo o que puder e ser capaz de cumprir Teus desejos e como posso ser capaz de oferecer a Ti tudo que tenho? Tu conheces a fraqueza do homem; como posso ser digno do Teu amor? Ó Deus! Tu sabes que tenho pouca estatura e que meu amor é escasso demais. Como posso fazer o melhor que puder nesse tipo de ambiente? Eu sei que devo retribuir Teu amor; eu sei que devo dar a Ti tudo que tenho, mas hoje minha estatura é baixa demais. Peço que me dês força e confiança, para que eu seja mais capaz de possuir um amor puro para dedicar a Ti e mais capaz de dedicar a Ti tudo que tenho; não só serei mais capaz de retribuir Teu amor, mas eu também serei mais capaz de experimentar Teu castigo, julgamento e provações e até as maldições mais severas. Tu tens me permitido contemplar o Teu amor, e sou incapaz de não Te amar, e, embora eu esteja fraco e impotente hoje, como eu poderia Te esquecer? Teu amor, castigo e julgamento fizeram com que eu Te conhecesse, ainda que eu também me sinta incapaz de cumprir Teu amor, pois Tu és tão grande. Como posso dedicar tudo que tenho ao Criador?” Esse foi o pedido de Pedro, ainda que sua estatura fosse demasiado inadequada. Naquele momento, ele sentiu como se uma faca estivesse sendo revirada em seu coração. Estava em agonia; ele não sabia o que fazer nessas condições. Contudo, ele continuou a orar: “Ó Deus! O homem possui uma estatura infantil, sua consciência é débil, e a única coisa que eu posso alcançar é retribuir Teu amor. Hoje, não sei como satisfazer Teus desejos e só desejo fazer tudo o que posso, dar tudo que tenho e dedicar a Ti tudo que tenho. Independentemente do Teu julgamento, independentemente do Teu castigo, independentemente do que me concedes, independentemente do que tiras de mim, livra-me da mais leve queixa contra Ti. Muitas vezes, quando me castigaste e julgaste, murmurei comigo mim mesmo e fui incapaz de obter a pureza ou de cumprir Teus desejos. Minha retribuição pelo Teu amor nasceu da obrigação e, neste momento, eu me odeio ainda mais”. Foi por buscar um amor a Deus mais puro que Pedro orou desse modo. Ele estava buscando, suplicando e, além disso, recriminando a si mesmo e confessando seus pecados a Deus. Ele se sentiu em dívida com Deus e sentiu ódio por si mesmo, mas também ficou um tanto triste e passivo. Ele sempre se sentiu assim, como se não fosse bom o bastante para os desejos de Deus e incapaz de dar o seu melhor. Nessas condições, Pedro ainda buscou a fé de Jó. Ele viu como tinha sido grande a fé de Jó, pois Jó tinha visto que tudo que ele tinha lhe fora concedido por Deus e era natural que Deus tirasse tudo dele, que Deus daria para quem Ele quisesse — tal era o caráter justo de Deus. Jó não teve queixas e ainda conseguiu louvar a Deus. Pedro também conhecia a si mesmo e orou em seu coração: “Hoje, eu não devo me contentar com retribuir Teu amor usando minha consciência, por maior que seja o amor que eu devolva a Ti, porque meus pensamentos são corrompidos demais e porque sou incapaz de ver-Te como o Criador. Porque ainda não estou apto para Te amar, devo cultivar a capacidade de dedicar a Ti tudo que tenho, o que eu farei de boa vontade. Devo conhecer tudo o que fizeste, não tenho escolha, devo contemplar Teu amor, ser capaz de dizer Teus louvores e exaltar Teu santo nome, de modo que Tu possas ganhar grande glória por meio de mim. Estou disposto a não vacilar nesse testemunho a Ti. Ó Deus! Teu amor é tão precioso e belo; como poderia desejar viver nas mãos do maligno? Não fui criado por Ti? Como poderia eu viver sob o império de Satanás? Eu preferiria que todo o meu ser vivesse em meio ao Teu castigo. Não estou disposto a viver sob o império do maligno. Se eu puder ser purificado e devotar tudo que sou a Ti, estou disposto a oferecer meu corpo e minha alma ao Teu julgamento e castigo, porque detesto Satanás e não estou disposto a viver sob seu império. Por meio do meu julgamento por Ti, Tu demonstras o Teu caráter justo; sinto-me feliz e não tenho a menor queixa. Se eu for capaz de cumprir o dever de criatura, estou disposto que minha vida inteira seja acompanhada pelo Teu julgamento, por meio do qual chegarei a conhecer o Teu caráter justo e me livrarei da influência do maligno”. Pedro sempre orou assim, sempre almejou assim e alcançou, relativamente falando, um reino elevado. Ele não só foi capaz de retribuir o amor de Deus, mas, o que é ainda mais importante, também cumpriu seu dever como criatura. Ele não só não foi acusado por sua consciência, mas também foi capaz de transcender os padrões da consciência. Suas orações continuaram a subir até a presença de Deus, de tal maneira que suas aspirações se tornaram cada vez mais elevadas e seu amor por Deus cresceu continuamente. Embora tenha sofrido dor agonizante, ele não se esqueceu de amar a Deus e ainda buscou obter a capacidade de compreender a vontade de Deus. Em suas orações ele professou as seguintes palavras: “Nada realizei além de retribuir o Teu amor. Não dei testemunho de Ti diante de Satanás, não me libertei da influência de Satanás e ainda vivo na carne. Desejo usar meu amor para derrotar Satanás, envergonhá-lo e, desse modo, satisfazer Teu desejo. Quero dar meu todo a Ti, não quero dar nem a menor porção de mim a Satanás, porque Satanás é Teu inimigo”. Quanto mais ele buscava nessa direção, mais ele era movido e tanto elevado se tornou seu conhecimento desses assuntos. Sem se dar conta, ele veio a saber de que deveria se libertar da influência de Satanás e devolver-se completamente a Deus. Tal foi o reino que ele alcançou. Ele estava transcendendo a influência de Satanás, libertando-se dos prazeres e deleites da carne e estava disposto a experimentar mais profundamente tanto o castigo quanto o julgamento de Deus. Ele disse: “Mesmo vivendo em meio ao Teu castigo e em meio ao Teu julgamento, independentemente das dificuldades daí decorrentes, ainda assim não estou disposto a viver sob o império de Satanás, ainda assim não estou disposto a sofrer a trapaça de Satanás. Alegro-me por viver em meio às Tuas maldições e estou aflito por viver em meio às bênçãos de Satanás. Eu Te amo por viver em meio ao Teu julgamento, e isso me traz grande alegria. Teu castigo e julgamento são justos e santos; são para purificar-me e, ainda mais, são para salvar-me. Preferiria passar toda a minha vida em meio ao Teu julgamento para que pudesse estar sob Teus cuidados. Não estou disposto a viver sob o império de Satanás por um momento sequer; desejo ser purificado por Ti; mesmo se eu sofrer dificuldades, não estou disposto a ser explorado e enganado por Satanás. Eu, esta criatura, deveria ser usado por Ti, possuído por Ti, julgado por Ti e castigado por Ti. Eu deveria até ser amaldiçoado por Ti. Meu coração se regozija quando Te dispões a abençoar-me, pois vi o Teu amor. Tu és o Criador e eu sou criatura: não devo Te trair e viver sob o império de Satanás nem devo ser explorado por Satanás. Devo ser Teu cavalo ou Teu boi, em vez de viver para Satanás. Eu preferiria viver em meio ao Teu castigo, sem bem-aventurança física, e isso me traria prazer mesmo que perdesse a Tua graça. Mesmo que Tua graça não esteja comigo, eu aprecio ser castigado e julgado por Ti; essa é Tua melhor bênção, Tua maior graça. Embora Tu sejas sempre majestoso e estejas irado comigo, sou incapaz de Te deixar, e ainda não consigo Te amar o suficiente. Prefiro viver em Tua casa, prefiro ser amaldiçoado, castigado e golpeado por Ti, mas não estou disposto a viver sob o império de Satanás nem estou disposto a correr e me ocupar unicamente com a carne, e muito menos estou disposto a viver para carne”. O amor de Pedro era um amor puro. Essa é a experiência de ser aperfeiçoado e é o reino mais alto de ser aperfeiçoado; não existe vida que tenha mais sentido do que esta. Ele aceitou o castigo e julgamento de Deus, deu valor ao caráter justo de Deus, e não havia nada mais precioso do que isso a respeito de Pedro. Ele disse: “Satanás me proporciona alegrias materiais, mas eu não lhes dou valor. O castigo e julgamento de Deus vêm sobre mim — nisso sou agraciado, nisso encontro prazer e nisso sou abençoado. Se não fosse pelo julgamento de Deus, eu jamais amaria Deus e ainda viveria sob o império de Satanás, ainda seria controlado e comandado por ele. Se assim fosse, eu nunca me tornaria um ser humano real, pois seria incapaz de satisfazer a Deus e não me teria dedicado integralmente a Deus. Mesmo que Deus não me abençoe, deixando-me sem consolo interior, como se um fogo ardesse dentro de mim, sem paz e alegria, e mesmo que o castigo e a disciplina de Deus nunca se afastem de mim, no castigo e julgamento de Deus sou capaz de contemplar Seu caráter justo. Eu me deleito nisso; não há coisa mais valiosa ou significativa na vida. Mesmo que Sua proteção e Seu cuidado tenham se transformado em castigo, julgamento, maldições e golpes implacáveis, ainda assim me alegro nessas coisas, porque elas podem melhor me purificar e me mudar, podem me aproximar de Deus, podem me tornar mais capaz de amar a Deus e podem tornar meu amor por Deus mais puro. Isso me torna capaz de cumprir meu dever de criatura e me leva diante de Deus e para longe da influência de Satanás, de modo que não continuo a servir a Satanás. Só ficarei plenamente satisfeito quando não viver sob o império de Satanás e for capaz de dedicar a Deus tudo que tenho e tudo que posso fazer, sem reter nada para mim. São o castigo e julgamento de Deus que me salvaram, e minha vida é inseparável do castigo e julgamento de Deus. Minha vida na terra está sob o império de Satanás e, se não fossem o cuidado e a proteção do castigo e julgamento de Deus, eu sempre teria vivido sob o império de Satanás e, além disso, eu não teria tido a oportunidade nem os meios de viver uma vida com sentido. Somente se o castigo e o julgamento de Deus jamais me deixarem, serei capaz de ser purificado por Deus. Somente mediante as duras palavras e o caráter justo de Deus, bem como mediante o julgamento majestoso de Deus, ganhei a proteção suprema e vim a viver na luz e ganhei as bênçãos de Deus. Ser capaz de ser purificado, e livrar-me de Satanás, e viver sob o domínio de Deus — esta é a maior bênção na minha vida hoje”. Esse é o reino mais alto experimentado por Pedro.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 526

O homem vive em meio à carne, o que significa que ele vive em um inferno humano, e, sem o julgamento e castigo de Deus, o homem é tão imundo quanto Satanás. Como o homem poderia ser santo? Pedro acreditava que o castigo e o julgamento por Deus eram a melhor proteção e a maior graça do homem. Somente através do castigo e julgamento de Deus o homem poderia despertar e odiar a carne, odiar Satanás. A disciplina estrita de Deus liberta o homem da influência de Satanás, o livra do seu próprio mundinho e lhe permite viver na luz da presença de Deus. Não há melhor salvação do que castigo e julgamento! Pedro orou: “Ó Deus! Enquanto Tu me castigares e julgares, saberei que não me abandonaste. Mesmo que não me dês alegria ou paz e me faças viver em sofrimento e me inflijas incontáveis castigos, enquanto não me deixares, meu coração estará tranquilo. Hoje, Teu castigo e julgamento tornaram-se minha melhor proteção e minha maior bênção. A graça que me dás me protege. A graça que Tu me concedes hoje é a manifestação de Teu caráter justo, e é castigo e julgamento; além disso, é uma provação e, mais do que isso, é uma vida de sofrimento”. Pedro foi capaz de deixar de lado os prazeres da carne e buscar um amor mais profundo e uma proteção maior, porque tinha ganho tanto pelo castigo e julgamento de Deus. Se o homem desejar ser purificado em sua vida e obter mudanças em seu caráter, se desejar viver uma vida com sentido e cumprir seu dever como criatura, ele precisará aceitar o castigo e o julgamento de Deus e não poderá permitir que a disciplina de Deus e os golpes de Deus se afastem dele, para que ele possa se livrar da manipulação e influência de Satanás e viver na luz de Deus. Saiba que o castigo e o julgamento de Deus são a luz, a luz da salvação do homem, e que não há maior bênção, graça ou proteção para ele. O homem vive sob a influência de Satanás e existe na carne; se não for purificado e não receber a proteção de Deus, o homem ficará cada vez mais depravado. Se quiser amar a Deus, ele deve ser purificado e salvo. Pedro orou: “Deus, quando Tu me tratas com amabilidade fico encantado e sinto consolo; quando Tu me castigas, sinto consolo e alegria ainda maiores. Embora eu seja fraco e suporte sofrimento indescritível, embora haja lágrimas e tristeza, Tu sabes que essa tristeza se deve à minha desobediência e à minha fraqueza. Choro porque não consigo satisfazer Teus desejos, fico triste e arrependido por ser insuficiente para as Tuas exigências, mas estou disposto a alcançar esse reino, estou disposto a fazer tudo que puder para Te satisfazer. Teu castigo me trouxe proteção e me deu a melhor salvação; Teu julgamento eclipsa Tua tolerância e paciência. Sem Teu castigo e julgamento, eu não desfrutaria Tua misericórdia e amabilidade. Hoje, vejo ainda melhor que Teu amor transcendeu os céus e se elevou acima de todas as coias. Teu amor não é só misericórdia e amabilidade; é mais do que isso: é castigo e julgamento. Teu castigo e julgamento me proporcionaram tanto. Sem Teu castigo e julgamento, nenhuma pessoa sequer seria purificada e nenhuma pessoa sequer seria capaz de experimentar o amor do Criador. Embora eu tenha suportado centenas de provações e tribulações e até tenha chegado à beira da morte, elas permitiram que eu Te conhecesse de fato e ganhasse a salvação suprema. Se Teu castigo, Teu julgamento e Tua disciplina fossem afastados de mim, eu viveria em trevas, sob o império de Satanás. Que benefícios traz a carne humana? Se Teu castigo e julgamento me deixassem, seria como se Teu Espírito me tivesse abandonado, como se Tu não estivesses mais comigo. Se assim fosse, como eu poderia continuar vivendo? Se me deres enfermidade e tirares minha liberdade, posso continuar vivendo, mas se Teu castigo e julgamento me deixarem em algum momento, eu não terei como continuar vivendo. Se eu estivesse sem Teu castigo e julgamento, eu teria perdido Teu amor, um amor que é profundo demais para que eu o expresse com palavras. Sem Teu amor, eu viveria sob o império de Satanás e seria incapaz de ver Tua face gloriosa. Como eu poderia continuar vivendo? Eu não poderia suportar tal escuridão, tal vida. Ter-Te comigo é como ver-Te; então, como eu poderia deixar-Te? Eu Te imploro, eu Te suplico que não tires de mim meu maior consolo, mesmo que sejam apenas poucas palavras de reafirmação. Tenho desfrutado Teu amor e hoje não posso mais ficar afastado de Ti; como eu poderia não Te amar? Derramei muitas lágrimas de tristeza por causa do Teu amor, mas sempre senti que uma vida como esta tem mais sentido, é mais capaz de me enriquecer, mais capaz de me mudar e mais capaz de permitir que eu alcance a verdade que deveria ser possuída pelas criaturas”.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 527

O homem vive sua vida inteira sob o império de Satanás, e não há uma pessoa sequer que possa se libertar da influência de Satanás por si mesma. Todos vivem em um mundo imundo, em corrupção e vazio, sem o menor sentido ou valor; vivem vidas despreocupadas para a carne, para a luxúria e para Satanás. Sua existência não possui o menor valor. O homem é incapaz de encontrar a verdade que o libertará da influência de Satanás. Embora o homem creia em Deus e leia a Bíblia, não sabe como se livrar do controle da influência de Satanás. No decurso das eras, pouquíssimas pessoas descobriram esse segredo, pouquíssimas o entenderam. Assim, mesmo que deteste Satanás e deteste a carne, o homem não sabe como se livrar da influência ardilosa de Satanás. Hoje, vocês não estão ainda sob o império de Satanás? Vocês não se arrependem de seus atos desobedientes e muito menos se sentem imundos e desobedientes. Mesmo depois de se oporem a Deus, vocês ainda têm paz de espírito e se sentem muito tranquilos. A sua tranquilidade não é porque você é corrupto? Essa paz de espírito não advém da sua desobediência? O homem vive em um inferno humano; ele vive sob a sombria influência de Satanás; por toda a terra, espíritos vivem juntos com o homem, usurpando sua carne. Na terra, você não vive em um belo paraíso. O lugar em que você está é o reino do diabo, um inferno humano, um submundo. Se não for purificado, o homem é da imundície; se não for protegido e cuidado por Deus, ele ainda é cativo de Satanás; se não for julgado e castigado, não terá meios de escapar da opressão da influência sombria de Satanás. O caráter corrupto que você demonstra e o comportamento desobediente que você vive são prova suficiente de que ainda está vivendo sob o império de Satanás. Se sua mente e seus pensamentos não foram purificados e seu caráter não foi julgado e castigado, todo o seu ser ainda é controlado pelo império de Satanás, sua mente é controlada por Satanás, seus pensamentos são manipulados por Satanás, e todo o seu ser é controlado pelas mãos de Satanás. Você sabe o quanto está distante, agora, dos padrões de Pedro? Você tem esse calibre? Quanto você sabe do castigo e do julgamento de hoje? Quanto você possui daquilo que Pedro veio a conhecer? Se, hoje, você é incapaz de saber, será capaz de alcançar esse conhecimento no futuro? Alguém tão preguiçoso e covarde como você simplesmente é incapaz de conhecer o castigo e o julgamento. Se você buscar a paz da carne e os prazeres da carne, não terá meios de ser purificado e, no fim, você será devolvido a Satanás, pois o que você vive é Satanás e é a carne. Do jeito que as coisas estão hoje, muitas pessoas não buscam a vida, o que significa que elas não se preocupam em ser purificadas nem em entrar numa experiência mais profunda de vida. Assim sendo, como poderiam ser aperfeiçoadas? Aqueles que não buscam a vida não têm oportunidade de ser aperfeiçoados, e aqueles que não buscam o conhecimento de Deus, que não buscam mudanças em seu caráter, são incapazes de escapar da influência sombria de Satanás. Não são sérios em relação ao seu conhecimento de Deus e em relação à sua entrada em mudanças de seu caráter, a exemplo daquelas que acreditam em religião, que meramente seguem a cerimônia e frequentam cultos regulares. Isso não é um desperdício de tempo? Se, em sua fé em Deus, o homem não levar a sério os assuntos da vida, não buscar entrada na verdade, não buscar mudanças no seu caráter, muito menos buscar um conhecimento da obra de Deus, ele não poderá ser aperfeiçoado. Se você quiser ser aperfeiçoado, então deve entender a obra de Deus. Em particular, você deve entender o significado do Seu castigo e julgamento e por que essa obra é realizada no homem. Você é capaz de aceitar isso? Durante um castigo desse tipo, você é capaz de alcançar as mesmas experiências e conhecimento que Pedro? Se você buscar conhecimento de Deus e da obra do Espírito Santo e se buscar mudanças em seu caráter, você terá a oportunidade de ser aperfeiçoado.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 528

Para aqueles que hão de ser aperfeiçoados, essa etapa da obra de ser conquistado é indispensável; só depois de ser conquistado, o homem poderá experimentar a obra de ser aperfeiçoado. Não há muito valor em apenas desempenhar o papel de ser conquistado, o que não o deixará apto a ser usado por Deus. Você não terá meios de exercer sua parte na difusão do evangelho porque não busca a vida e não busca mudança e a renovação em si mesmo, não tendo, portanto, experiência real de vida. Durante essa obra passo a passo, você já atuou como servidor e como contraste, mas se, no final das contas, não buscar ser Pedro e sua busca não estiver de acordo com a senda pela qual Pedro foi aperfeiçoado, então, naturalmente, você não experimentará mudanças em seu caráter. Se você for alguém que busca ser aperfeiçoado, então terá dado testemunho, e dirá: “Nessa obra passo a passo de Deus, aceitei a obra de Deus de castigo e de julgamento, e, apesar de ter suportado grande sofrimento, fiquei sabendo como Deus torna o homem perfeito, ganhei a obra feita por Deus, tive o conhecimento da justiça de Deus, e Seu castigo me salvou. Seu caráter justo veio sobre mim e me trouxe bênçãos e graça; são o Seu julgamento e castigo que me protegem e purificam. Se eu não tivesse sido castigado e julgado por Deus e se as palavras duras de Deus não tivessem caído sobre mim, eu não poderia ter conhecido Deus e tampouco poderia ter sido salvo. Hoje, eu vejo: como criatura não só se desfruta de todas as coisas feitas pelo Criador, mas, o que é ainda mais importante, todas as criaturas deveriam desfrutar do caráter justo de Deus e de Seu julgamento justo, porque o caráter de Deus é digno de ser desfrutado pelo homem. Como criatura que foi corrompida por Satanás, deve-se desfrutar o caráter justo de Deus. Em Seu caráter justo há castigo e julgamento, mas, além disso, há muito amor. Embora eu seja incapaz de ganhar completamente o amor de Deus hoje, tive a grande sorte de vê-lo, e nisso fui abençoado”. Essa é a senda pela qual andam os que experimentam ser aperfeiçoados, e esse é o conhecimento do qual estão falando. Tais pessoas são iguais a Pedro; elas têm as mesmas experiências como Pedro. Essas pessoas também são aquelas que ganharam vida, que possuem a verdade. Quando elas vivenciarem até o fim, durante o julgamento de Deus, elas certamente se livrarão completamente da influência de Satanás e serão ganhas por Deus.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 529

Adão e Eva, criados por Deus no início, eram pessoas santas, o que significa, enquanto estivam no Jardim do Éden, eram santos, imaculados de imundície. Eles também foram fiéis a Jeová e nada sabiam da traição a Jeová. Isso porque estavam livres da perturbação causada pela influência de Satanás, estavam sem o veneno de Satanás e eram os seres mais puros de todo o gênero humano. Eles viviam no Jardim do Éden, não contaminados por nenhuma imundície, não possuídos pela carne em reverência a Jeová. Mais tarde, quando foram tentados por Satanás, eles tinham o veneno da serpente e o desejo de trair Jeová, e viviam sob a influência de Satanás. No início, eles eram santos e reverentes a Jeová; somente nesse estado eles eram humanos. Mais tarde, depois de terem sido tentados por Satanás, eles comeram o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal e viviam sob a influência de Satanás. Eles foram gradativamente corrompidos por Satanás e perderam a imagem original do homem. No início, o homem tinha o sopro de Jeová, não era nem minimamente desobediente e não tinha maldade no seu coração. Naquele tempo, o homem era verdadeiramente humano. Depois de corrompido por Satanás, o homem se tornou uma besta. Seus pensamentos se encheram de maldade e imundície, desprovidos de bondade e santidade. Acaso isso não é o próprio Satanás? Você já experimentou muito da obra de Deus, mas não mudou nem foi purificado. Ainda vive sob o império de Satanás e ainda não se submete a Deus. Isso é alguém que foi conquistado, mas não aperfeiçoado. E por que se diz que uma pessoa assim ainda não foi aperfeiçoada? É porque essa pessoa não busca vida nem conhecimento da obra de Deus e nada cobiça além dos prazeres da carne e do conforto momentâneo. Em consequência, não há mudanças em seu caráter de vida, e ela não recuperou a aparência original do homem como foi criado por Deus. Essas pessoas são cadáveres ambulantes, são os mortos sem espírito! As que não buscam um conhecimento de questões espirituais, que não buscam santidade e que não buscam viver a verdade, que se contentam apenas com ser conquistadas no aspecto negativo e não podem viver segundo as palavras de Deus e tornar-se humanos santos — essas são pessoas que não foram salvas. Pois, sem a verdade, o homem é incapaz de permanecer firme durante as provações de Deus; somente os que conseguirem permanecer firmes durante as provações de Deus são os que foram salvos. O que Eu quero são pessoas como Pedro, pessoas que buscam ser aperfeiçoadas. A verdade de hoje é dada aos que anseiam e buscam por ela. Essa salvação é concedida aos que anseiam ser salvos por Deus, e não pretende apenas ser ganha por vocês. Seu propósito é que vocês possam ser ganhos por Deus; vocês ganham Deus para que Deus possa ganhar vocês. Hoje falei estas palavras para vocês e vocês as ouviram, e vocês deveriam praticar de acordo com essas palavras. No final, o tempo em que vocês puserem essas palavras em prática será o momento em que Eu terei ganho vocês através dessas palavras; ao mesmo tempo, vocês também terão ganho essas palavras, e isso quer dizer que vocês terão ganho essa salvação suprema. Depois que tiverem sido limpos, vocês terão se tornado seres humanos reais. Se você for incapaz de viver a verdade ou de viver a semelhança de alguém que foi aperfeiçoado, então se pode dizer que você não é humano, mas um cadáver ambulante, uma besta, porque está sem a verdade, o que quer dizer que você está sem o sopro de Jeová e, assim, é uma pessoa morta que não tem espírito! Embora seja possível dar testemunho depois de ser conquistado, o que você ganha é apenas uma pequena salvação e ainda não se tornou um ser vivo possuído de um espírito. Embora você tenha experimentado castigo e julgamento, seu caráter não foi renovado ou mudado em decorrência disso; você ainda é seu velho eu, ainda pertence a Satanás e não é alguém que foi purificado. Só aquelas pessoas que foram aperfeiçoadas têm valor, e só essas ganharam a verdadeira vida.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 530

Hoje, há pessoas que buscam ser usadas por Deus, mas, após serem conquistadas, elas não podem ser usadas diretamente. Quanto às palavras ditas hoje, se, quando Deus usa pessoas, você ainda for incapaz de cumpri-las, então você não foi aperfeiçoado. Em outras palavras, a chegada do fim do período em que o homem é aperfeiçoado determinará se ele será eliminado ou usado por Deus. Aqueles que foram conquistados não passam de exemplos de passividade e negatividade; eles são exemplos e modelos, mas não passam de contrapontos. Somente quando o caráter de vida do homem tiver mudado e ele tiver alcançado mudanças interiores e exteriores, ele terá sido totalmente completado. Hoje, o que você quer: ser conquistado ou ser aperfeiçoado? Qual você deseja alcançar? Você preencheu as condições para ser aperfeiçoado? Quais condições ainda lhe faltam? Como você deve se equipar e como poderia compensar suas deficiências? Como você deveria entrar na senda para ser aperfeiçoado? Como você deveria se submeter completamente? Você pede para ser aperfeiçoado, então você busca a santidade? Você é uma pessoa que busca experimentar castigo e julgamento para que possa ser purificado? Você busca ser purificado, então está disposto a aceitar castigo e julgamento? Você pede para conhecer Deus, mas será que tem conhecimento do Seu castigo e julgamento? Hoje, a maior parte da obra que Ele realiza em você consiste de castigo e julgamento; qual é seu conhecimento dessa obra que realizada em você? O castigo e julgamento que você experimentou purificaram você? Eles mudaram você? Eles tiveram algum efeito sobre você? Você está cansado de tanto da obra de hoje — maldições, julgamentos e revelações — ou você sente que essas coisas são de grande benefício para você? Você ama a Deus, mas por que você O ama? Você ama a Deus porque recebeu um pouco de graça? Ou ama a Deus depois de ter ganho paz e alegria? Ou ama a Deus depois de ter sido purificado por Seu castigo e julgamento? O que, exatamente, faz você amar a Deus? Quais foram as condições que Pedro preencheu para ser aperfeiçoado? Depois de ser aperfeiçoado, qual foi a maneira decisiva em que isso se expressou? Ele amou o Senhor Jesus porque ansiava por Ele ou porque não podia vê-Lo ou porque tinha sido repreendido? Ou ele amou o Senhor Jesus ainda mais porque tinha aceito o sofrimento das tribulações, tinha conhecido sua própria imundície e desobediência, tinha conhecido a santidade do Senhor? O seu amor por Deus havia se tornado mais puro por causa do castigo e do julgamento de Deus ou por alguma outra razão? Qual é a razão? Você ama a Deus por causa da graça de Deus e porque hoje Ele lhe deu alguma minúscula bênção. Isso é amor verdadeiro? Como você deve amar a Deus? Você deve aceitar Seu castigo e julgamento, e, após contemplar Seu caráter justo, ser capaz de amá-Lo de verdade, de tal maneira que você esteja plenamente convicto e tenha conhecimento Dele? A exemplo de Pedro, você pode dizer que não consegue amar a Deus o suficiente? O que você busca é ser conquistado após o castigo e julgamento ou é ser purificado, protegido e cuidado após o castigo e julgamento? Qual dessas você busca? Sua vida tem sentido ou é sem propósito e sem valor? Você quer a carne ou quer a verdade? Você deseja o julgamento ou o conforto? Após experimentar tanta coisa da obra de Deus e após ter contemplado a santidade e a justiça de Deus, como você deve buscar? Como você deve andar por essa senda? Como você deve pôr em prática seu amor por Deus? O castigo e o julgamento de Deus tiveram algum efeito sobre você? Se você tem ou não um conhecimento do castigo e do julgamento de Deus depende do que você vive e da medida do seu amor por Deus! Seus lábios dizem que você ama a Deus, mas o que você vive é o velho caráter corrupto; você não tem temor de Deus, e muito menos tem consciência. Tais pessoas amam a Deus? Tais pessoas são leais a Deus? Elas são do tipo que aceita o castigo e o julgamento de Deus? Você diz que ama a Deus e crê Nele, mas você não abre mão de suas noções. No seu trabalho, na sua entrada, nas palavras que você fala e na sua vida, não há nenhuma manifestação do seu amor por Deus e tampouco há reverência a Deus. Esse seria alguém que ganhou castigo e julgamento? Alguém assim poderia ser Pedro? Aqueles que são como Pedro teriam apenas o conhecimento, mas não o viver? Hoje, qual é a condição para que um homem viva uma vida real? As preces de Pedro não passaram de palavras ditas da boca para fora? Não foram palavras que vieram do fundo do seu coração? Pedro teria apenas orado, mas não teria posto em prática a verdade? Em função de quem se dá a sua busca? Como você deveria fazer com que receba proteção e purificação durante o castigo e o julgamento de Deus? Acaso o castigo e o julgamento de Deus não são benéficos para o homem? Todo julgamento é punição? Seria possível que somente paz e alegria, somente bênçãos materiais e conforto momentâneo são benéficos para a vida do homem? O homem pode ser purificado se viver em um ambiente agradável e confortável sem uma vida de julgamento? Se o homem quiser mudar e ser purificado, como ele deveria aceitar ser aperfeiçoado? Qual a senda que você deve escolher hoje?

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 531

À menção de Pedro, as pessoas falam coisas boas sem fim sobre ele. Imediatamente se lembram das três vezes em que ele negou a Deus, como ele testou Deus prestando serviço a Satanás, como ele acabou sendo crucificado de cabeça para baixo por Deus e assim por diante. Agora Me concentrarei em descrever para vocês como Pedro Me conheceu e qual foi seu desfecho final. Pedro era de bom calibre, mas suas circunstâncias não eram iguais às de Paulo: seus pais Me perseguiram, eram demônios que tinham sido possuídos por Satanás e, como resultado, não ensinaram nada de Deus a Pedro. Pedro era esperto, dotado e idolatrado por seus pais desde a infância. No entanto, como adulto, ele se tornou inimigo deles porque nunca parou de buscar o conhecimento de Mim e, subsequentemente, voltou as costas para eles. Isso porque, acima de tudo, ele acreditava que o céu e a terra e todas as coisas estão nas mãos do Todo-Poderoso e que todas as coisas positivas vêm de Deus e são emitidas diretamente por Ele, sem serem processadas por Satanás. A distinção oposta dos pais de Pedro deu a ele um conhecimento maior de Minha amabilidade e misericórdia, aumentando assim seu desejo de Me buscar. Ele se concentrou não só em comer e beber as Minhas palavras, mas, ainda mais, em entender a Minha vontade e sempre foi vigilante em seu coração. Como resultado, ele sempre foi sensível em seu espírito e, daí, ele era segundo o Meu próprio coração em tudo que fazia. Ele manteve um foco constante nas falhas das pessoas no passado para se encorajar, temia profundamente se emaranhar no fracasso. Assim, ele também se concentrou em assimilar a fé e o amor de todos que, no decorrer das eras, tinham amado a Deus. Desse modo — não só nos aspectos negativos, mas, o que é bem mais importante, também nos aspectos positivos — ele cresceu mais rapidamente, de tal modo que seu conhecimento se tornou o maior de todos na Minha presença. Não é, portanto, difícil imaginar como ele colocou tudo o que tinha em Minhas mãos, como ele até abriu mão de decisões sobre comida, roupa, sono e local de moradia e, em vez disso, desfrutou das Minhas riquezas com base em Me satisfazer em todas as coisas. Eu o submeti a incontáveis provações — provações, é claro, que o deixaram semimorto — mas em meio a essas centenas de provações, ele nunca perdeu a fé em Mim nem se decepcionou Comigo. Mesmo quando Eu disse que o tinha abandonado, ele não desanimou e continuou a Me amar de um jeito prático e de acordo com os princípios de prática do passado. Eu lhe disse que Eu não o elogiaria mesmo que Me amasse, que, no fim, Eu o lançaria nas mãos de Satanás. Mas em meio a essas provações, provações essas que não sobrevieram à sua carne, mas eram de palavras, ele ainda assim orou a Mim e disse: “Ó Deus! Entre o céu e a terra e todas as coisas, existe algum humano, alguma criatura ou alguma coisa que não esteja em Tuas mãos, nas mãos do Todo-Poderoso? Quando és misericordioso para comigo, meu coração se regozija grandemente com Tua misericórdia. Quando Tu me julgas, por mais indigno que eu possa ser, ganho um senso maior da insondabilidade dos Teus feitos, porque Tu és cheio de autoridade e sabedoria. Embora minha carne sofra adversidade, meu espírito é confortado. Como eu poderia não dar louvores à Tua sabedoria e Teus feitos? Mesmo que eu morresse depois de Te conhecer, como eu poderia não fazê-lo com alegria e felicidade? Todo-Poderoso! Realmente não desejas permitir que eu Te veja? Sou realmente inapto para receber Teu julgamento? É possível que haja algo dentro de mim que Tu não desejas ver?”. Durante tais provações, embora Pedro não tenha sido capaz de entender a Minha vontade de modo preciso, era evidente que se sentia orgulhoso e honrado por ser usado por Mim (embora tenha recebido Meu julgamento, para que a humanidade visse Minha majestade e ira) e que ele não se desesperou com essas provações. Por causa de sua lealdade diante de Mim e porque Eu o abençoei, ele foi um exemplo e modelo para o homem por milhares de anos. Não é exatamente isso que vocês deveriam imitar? Pensem muito e intensamente sobre por que Eu apresentei um relato tão extenso a respeito de Pedro; esses devem ser os princípios segundo os quais vocês agem.

Extraído de ‘Capítulo 6’ das Palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 532

Pedro seguiu Jesus por vários anos e viu muito Nele que não havia nas outras pessoas. Após segui-Lo por um ano, Pedro foi escolhido por Jesus entre os doze discípulos. (Claro que Jesus não falou isso em voz alta, e as outras pessoas não estavam absolutamente cientes disso.) Na vida, Pedro se avaliava segundo tudo o que Jesus fazia. Mais notavelmente, as mensagens que Jesus pregava ficaram gravadas em seu coração. Ele era completamente dedicado e leal a Jesus, e nunca fez nenhuma queixa contra Ele. Como resultado, tornou-se o fiel companheiro de Jesus em todos os lugares aonde Ele ia. Pedro observava os ensinamentos de Jesus, Suas gentis palavras, o que Ele tomava como Seu alimento, Suas roupas, Seu abrigo e como Ele viajava. Emulava Jesus em todos os aspectos. Não era hipócrita, mas rejeitou tudo que era antiquado, seguindo o exemplo de Jesus tanto em palavra como em ações. Foi então que Pedro sentiu que os céus e a terra e todas as coisas estavam nas mãos do Todo-Poderoso e que, por essa razão, ele não tinha escolha própria. Pedro também assimilou tudo o que Jesus era e usou isso como um exemplo. A vida de Jesus mostrava que Ele não era hipócrita no que fazia; em vez de Se gabar de Si Mesmo, Ele comovia as pessoas com amor. Várias coisas mostravam o que Jesus era, e, por essa razão, Pedro emulava tudo a respeito Dele. As experiências de Pedro lhe davam um crescente sentido da beleza de Jesus, e ele dizia coisas como: “Procurei o Todo-Poderoso por todo o universo e vi as maravilhas dos céus e da terra e de todas as coisas e, assim, ganhei um profundo senso da beleza do Todo-Poderoso. No entanto, nunca tive amor genuíno em meu coração, e nunca tinha visto a beleza do Todo-Poderoso com meus olhos. Hoje, aos olhos do Todo-Poderoso, fui visto favoravelmente por Ele e finalmente senti a amabilidade de Deus. Finalmente descobri que não é apenas o fato de Deus ter criado todas as coisas que faz a humanidade amá-Lo; em minha vida diária, encontrei Sua amabilidade ilimitada. Como ela poderia ser limitada ao que pode ser visto neste momento?”. Com o passar do tempo, muito do que era amável também emergiu em Pedro. Ele se tornou muito obediente a Jesus e, claro, também sofreu muitos contratempos. Quando Jesus o levou para pregar em vários locais, Pedro sempre se humilhou e ouviu os sermões de Jesus. Ele nunca se tornou arrogante por causa de seus anos seguindo Jesus. Depois que foi informado por Jesus de que o motivo pelo qual Ele havia vindo era para ser crucificado para que pudesse terminar Sua obra, Pedro frequentemente sentia angústia em seu coração e chorava sozinho em segredo. Mesmo assim, aquele dia “infeliz” finalmente chegou. Depois que Jesus foi preso, Pedro chorou sozinho em seu barco de pesca e fez muitas orações por isso. Mas em seu coração, sabia que essa era a vontade de Deus Pai e que ninguém era capaz de mudá-la. Ele permaneceu angustiado e em lágrimas apenas por causa do seu amor. Isso é uma fraqueza humana, é claro. Assim, quando soube que Jesus seria pregado na cruz, ele perguntou a Jesus: “Depois que fores embora, Tu voltarás para estar entre nós e nos vigiar? Ainda poderemos ver-Te?”. Embora essas palavras fossem muito ingênuas e cheias de noções humanas, Jesus conhecia a amargura do sofrimento de Pedro, por isso, por meio de Seu amor, teve consideração pela fraqueza de Pedro: “Pedro, tenho amado você. Você sabe disso? Embora não haja razão por trás daquilo que você diz, o Pai prometeu que, depois da Minha ressurreição, Eu aparecerei a pessoas por quarenta dias. Você não acredita que Meu Espírito concederá graça a vocês frequentemente?”. Embora se sentisse um pouco consolado por isso, Pedro ainda sentia que algo estava faltando, e assim, depois de ressuscitar, Jesus apareceu a ele abertamente pela primeira vez. A fim de evitar que Pedro continuasse se agarrando a suas noções, porém, Jesus recusou a generosa refeição que Pedro havia preparado para Ele e desapareceu num piscar de olhos. Foi nesse momento que Pedro finalmente teve um entendimento mais profundo do Senhor Jesus e O amou ainda mais. Depois de Sua ressurreição, Jesus apareceu a Pedro com frequência. Apareceu a Pedro mais três vezes depois que os quarenta dias se completaram e Ele ascendeu ao céu. Cada aparição se deu exatamente quando a obra do Espírito Santo estava prestes a ser concluída e nova obra estava prestes a ser iniciada.

Durante toda a sua vida, Pedro ganhou a vida pescando, mas, mais do que isso, vivia para pregar. Em seus últimos anos, escreveu a primeira e a segunda epístolas de Pedro, e também várias cartas para a igreja da Filadélfia da época. As pessoas desse período foram profundamente tocadas por ele. Em vez de repreender as pessoas usando as próprias credenciais, ele lhes provia um suprimento adequado de vida. Nunca esqueceu os ensinamentos de Jesus antes de Ele partir e foi inspirado por eles durante toda a sua vida. Enquanto seguia Jesus, ele resolveu retribuir o amor do Senhor com sua morte e seguir Seu exemplo em todas as coisas. Jesus concordou com isso, assim, quando Pedro tinha 53 anos de idade (mais de 20 anos depois da partida de Jesus), Jesus apareceu a ele para ajudá-lo a cumprir sua ambição. Nos sete anos seguintes, Pedro passou sua vida conhecendo a si mesmo. Um dia, no final desses sete anos, foi crucificado de cabeça para baixo, o que levou sua vida extraordinária a um fim.

Extraído de ‘Sobre a vida de Pedro’ das Interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 533

O que é a influência das trevas? Essa chamada “influência das trevas” é a influência do engano, da corrupção, das amarras e do controle de Satanás sobre as pessoas; a influência de Satanás é uma influência que tem uma aura de morte. Todos os que vivem sob o império de Satanás estão fadados a perecer.

Como você pode fugir da influência das trevas depois de ganhar fé em Deus? Uma vez que tenha orado a Deus com sinceridade, você volve seu coração a Ele completamente, ponto em que seu coração é movido pelo Espírito de Deus. Você se torna disposto a entregar-se completamente a Ele e, nesse momento, terá fugido da influência das trevas. Se tudo que o homem faz é o que agrada a Deus e está alinhado com Suas exigências, então ele é alguém que vive dentro das palavras de Deus e sob Seu cuidado e proteção. Se as pessoas não podem praticar as palavras de Deus, se estão sempre tentando enganá-Lo, agindo de maneira superficial para com Ele e não acreditando em Sua existência — então todas essas pessoas estão vivendo sob a influência das trevas. Homens que não receberam a salvação de Deus estão vivendo sob o império de Satanás; isto é, todos eles vivem sob a influência das trevas. Aqueles que não creem em Deus estão vivendo sob o império de Satanás. Mesmo aqueles que creem na existência de Deus podem não estar necessariamente vivendo em Sua luz, pois aqueles que Nele creem podem não estar de fato vivendo dentro de Suas palavras nem ser capazes de submeter-se a Deus. O homem está limitado a crer em Deus e, por não ter conhecimento de Deus, ele ainda está vivendo dentro das antigas regras, entre palavras mortas, com uma vida que é sombria e incerta, tampouco plenamente purificada por Deus nem completamente ganha por Ele. Portanto, é desnecessário dizer que aqueles que não creem em Deus estão vivendo sob a influência das trevas, mas até aqueles que creem mesmo em Deus ainda podem estar sob sua influência, pois eles carecem da obra do Espírito Santo. Aqueles que não receberam a graça ou a misericórdia de Deus e aqueles que não podem ver a obra do Espírito Santo estão todos vivendo sob a influência das trevas; e, na maior parte do tempo, são pessoas que simplesmente desfrutam da graça de Deus, mas não O conhecem. Se um homem crê em Deus, mas passa a maior parte da vida vivendo sob a influência das trevas, então a existência desse homem perdeu seu significado — e que necessidade há de mencionar pessoas que não creem que Deus existe?

Todos aqueles que não podem aceitar a obra de Deus, ou os que aceitam a obra de Deus, mas são incapazes de satisfazer Suas demandas, são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Somente aqueles que buscam a verdade e são capazes de satisfazer as demandas de Deus receberão bênçãos Dele e somente eles fugirão da influência das trevas. Aqueles que não foram libertados, que são sempre controlados por certas coisas e que são incapazes de entregar seu coração a Deus são pessoas sob o cativeiro de Satanás que vivem dentro de uma aura de morte. Aqueles que são infiéis a seus deveres, que são infiéis à comissão de Deus e que deixam de desempenhar suas funções na igreja são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Aqueles que deliberadamente perturbam a vida da igreja, que intencionalmente semeiam discórdia entre seus irmãos e irmãs ou que formam grupos exclusivos são pessoas que vivem mais profundamente ainda sob a influência das trevas, no cativeiro de Satanás. Aqueles que têm uma relação anormal com Deus, que sempre têm desejos extravagantes, que sempre querem ganhar uma vantagem e que nunca buscam transformação em seu caráter são pessoas que vivem sob a influência das trevas. Aqueles que são sempre desleixados e nunca sérios em sua prática da verdade e que não procuram satisfazer a vontade de Deus, buscando, em vez disso, apenas satisfazer a própria carne, também são pessoas que estão vivendo sob a influência das trevas, envoltos pela morte. Aqueles que se envolvem em desonestidade e engodo quando trabalham para Deus, que lidam com Deus de maneira superficial, que enganam a Deus e que sempre fazem planos por si mesmos são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Todos aqueles que não podem amar a Deus com sinceridade, que não buscam a verdade e que não se concentram em transformar seu caráter são pessoas vivendo sob a influência das trevas.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 534

Se deseja ser louvado por Deus, então você precisa primeiro fugir da influência tenebrosa de Satanás, abrindo seu coração para Deus e volvendo-o a Ele completamente. Deus louvaria as coisas que você está fazendo agora? Já volveu seu coração para Deus? As coisas que você fez foram o que Deus exige de você? Elas estão alinhadas com a verdade? Examine-se em todos os momentos e concentre-se no comer e beber das palavras de Deus; exponha seu coração diante Dele, ame-O com sinceridade e despenda-se devotadamente a Deus. Pessoas que fazem isso certamente receberão o elogio de Deus.

Todos aqueles que creem em Deus, mas não buscam a verdade, não têm como fugir da influência de Satanás. Todos aqueles que não vivem sua vida com honestidade, que se comportam de uma maneira na frente dos outros e de outra maneira por trás, que têm a aparência de humildade, paciência e amor embora sua essência seja insidiosa, astuta e sem lealdade a Deus — tais pessoas são representantes típicos daqueles que vivem sob a influência das trevas; elas são da laia da serpente. Aqueles que sempre só creem em Deus para o benefício próprio, que são hipócritas e soberbos, que se exibem e que protegem o próprio status são pessoas que amam Satanás e se opõem à verdade. Essas pessoas resistem a Deus e pertencem inteiramente a Satanás. Aqueles que não estão atentos aos fardos de Deus, que não servem a Deus de todo o coração, que estão sempre preocupados com os interesses próprios e os interesses de sua família, que são incapazes de abandonar tudo para se despenderem por Deus e que nunca vivem por Suas palavras são pessoas fora de Suas palavras. Tais pessoas não podem receber o elogio de Deus.

Quando Deus criou os homens, era para que pudessem desfrutar de Sua abundância e amá-Lo genuinamente; dessa forma, os homens viveriam em Sua luz. Hoje, quanto a todos aqueles que não podem amar a Deus, não estão atentos aos Seus fardos, são incapazes de entregar seu coração plenamente a Ele, não são capazes de tomar Seu coração como se fosse deles e não podem carregar os fardos de Deus como se fossem deles — a luz de Deus não brilha sobre nenhum de tais homens e eles, portanto, estão todos vivendo sob a influência das trevas. Eles estão em uma senda que é diametralmente oposta à vontade de Deus e não há um pingo de verdade em qualquer coisa que fazem. Eles estão chafurdando na lama com Satanás; são pessoas que vivem sob a influência das trevas. Se você pode comer e beber as palavras de Deus com frequência e estar atento à Sua vontade e pôr Suas palavras em prática, então você pertence a Deus e é uma pessoa que vive dentro de Suas palavras. Você está disposto a fugir do império de Satanás e viver na luz de Deus? Se viver dentro das palavras de Deus, então o Espírito Santo terá a oportunidade de realizar Sua obra; se viver sob a influência de Satanás, então o Espírito Santo não terá tal oportunidade. A obra que o Espírito Santo realiza nos homens, a luz que Ele brilha sobre eles e a confiança que Ele lhes confere dura apenas um momento; se as pessoas não forem cuidadosas e não prestarem atenção, então a obra do Espírito Santo passará por elas. Se os homens viverem dentro das palavras de Deus, então o Espírito Santo estará com eles e realizará a obra neles. Se os homens não vivem dentro das palavras de Deus, então eles vivem nas amarras de Satanás. Se os homens vivem com um caráter corrupto, então não têm a presença nem a obra do Espírito Santo. Se você vive dentro dos limites das palavras de Deus e se vive no estado que Deus exige, então você é alguém que pertence a Ele, e Sua obra será realizada em você; se você não estiver vivendo dentro dos limites das exigências de Deus, mas, em vez disso, estiver vivendo sob o império de Satanás, então decididamente está vivendo dentro da corrupção de Satanás. Só vivendo dentro das palavras de Deus e entregando seu coração a Ele você pode satisfazer Suas exigências; você precisa fazer como Deus diz, tornando Suas declarações o fundamento de sua existência e a realidade de sua vida; só então você pertencerá a Deus. Se você praticar realmente de acordo com a vontade de Deus, Ele realizará a obra em você, e você viverá então sob Suas bênçãos, na luz de Seu semblante; compreenderá a obra que o Espírito Santo realiza e sentirá a alegria da presença de Deus.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 535

Para fugir da influência das trevas, você precisa primeiro ser leal a Deus e ansiar de coração por buscar a verdade; só então você pode ter um estado correto. Viver em um estado correto é o pré-requisito para fugir da influência das trevas. Não ter um estado correto é não ser leal a Deus e não estar ansioso de coração por buscar a verdade; e fugir da influência das trevas está fora de questão. Minhas palavras são a base da fuga do homem das influências tenebrosas e as pessoas que não podem praticar de acordo com as Minhas palavras não serão capazes de fugir das amarras da influência das trevas. Viver em um estado correto é viver sob a orientação das palavras de Deus, viver em um estado de lealdade a Deus, viver em um estado de buscar a verdade, viver na realidade de despender-se sinceramente pela causa de Deus e viver em um estado de amar a Deus genuinamente. Aqueles que vivem nesses estados e dentro dessa realidade se transformarão lentamente conforme entrarem na profundidade da verdade e se transformarão conforme a obra prossegue mais fundo; e, no fim, certamente se tornarão pessoas que são ganhas por Deus e que amam a Deus genuinamente. Aqueles que fugiram da influência das trevas podem gradualmente certificar-se da vontade de Deus e gradualmente passar a entendê-la, tornando-se, no fim, confidentes de Deus. Eles não só não abrigam noções sobre Deus e não se rebelam contra Ele, mas também detestam ainda mais aquelas noções e rebeliões que se apossaram deles antes, e o amor genuíno por Deus surge em seu coração. Pessoas que são incapazes de fugir da influência das trevas estão todas completamente ocupadas com a carne e repletas de rebelião; o coração delas está cheio de noções humanas e filosofias para viver, bem como de intenções e deliberações próprias. O que Deus exige é o amor singular do homem; o que Ele exige é que o homem seja ocupado por Suas palavras e por um coração repleto de amor por Ele. Viver dentro das palavras de Deus, buscar dentro de Suas palavras aquilo que deveriam buscar, amar a Deus por Suas palavras, correr por Suas palavras, viver por Suas palavras — essas são as metas que o homem deveria se esforçar para alcançar. Tudo precisa ser construído sobre as palavras de Deus; só então o homem será capaz de satisfazer as exigências de Deus. Se o homem não está equipado com as palavras de Deus, então não passa de uma larva possuída por Satanás! Pondere isto: quanto da palavra de Deus se enraizou dentro de você? Em quais coisas você está vivendo de acordo com Suas palavras? Em quais coisas não tem vivido de acordo com elas? Se as palavras de Deus não se apoderaram completamente de você, então o que exatamente ocupa o seu coração? Em sua vida cotidiana, você está sendo controlado por Satanás ou está sendo ocupado pelas palavras de Deus? Suas palavras são o fundamento sobre o qual suas orações são baseadas? Você saiu do seu estado negativo através do esclarecimento das palavras de Deus? Tomar as palavras de Deus como o fundamento da sua existência — é nisso que todos deveriam entrar. Se Suas palavras não estão presentes na sua vida, então você está vivendo sob a influência das trevas, você está se rebelando contra Deus, está resistindo a Ele e está desonrando Seu nome. A crença de tais pessoas em Deus é pura travessura e perturbação. Quanto da sua vida foi vivida de acordo com Suas palavras? Quanto da sua vida não foi vivida de acordo com Suas palavras? Quanto do que a palavra de Deus exigiu de você foi cumprido em você? Quanto foi perdido em você? Você observou tais coisas atentamente?

Fugir da influência das trevas exige tanto a obra do Espírito Santo quanto a cooperação dedicada do homem. Por que Eu digo que o homem não está trilha certa? Pessoas que estão na trilha certa podem primeiro entregar seu coração a Deus. Essa é uma tarefa que leva um tempo muito longo para se entrar, pois a humanidade sempre viveu sob a influência das trevas e esteve sob o cativeiro de Satanás por milhares de anos. Portanto, essa entrada não pode ser alcançada em um mero dia ou dois. Eu levantei essa questão hoje para que os homens possam ganhar uma compreensão do próprio estado; uma vez que o homem possa discernir o que a influência das trevas é e o que significa viver na luz, então a entrada se torna muito mais fácil. É por isso que você precisa saber o que a influência de Satanás é antes de poder fugir dela; só depois disso você terá como se livrar dela. Quanto ao que fazer daí em diante, esse é um assunto próprio dos humanos. Entre em tudo de um aspecto positivo e nunca espere passivamente. Só dessa maneira você pode ser ganho por Deus.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 536

Cada uma das palavras de Deus atinge um de nossos pontos letais e nos deixa feridos e cheios de terror. Ele expõe nossas noções, imaginações e nosso caráter corrupto. Desde tudo o que dizemos e fazemos até cada um de nossos pensamentos e ideias, nossa natureza-essência é revelada por Suas palavras, colocando-nos num estado de medo e tremor e sem lugar para escondermos nossa vergonha. Ele nos diz tudo sobre cada uma das nossas ações, objetivos e intenções, e até mesmo sobre o caráter corrupto que nós mesmos nunca descobrimos, fazendo-nos sentir completamente expostos e até mesmo plenamente convencidos. Ele nos julga por nossa oposição a Ele, nos castiga por nossas blasfêmias e condenação a Ele, e nos faz sentir que, aos Seus olhos, não temos um único aspecto que nos possa remir, que somos o Satanás vivo. Nossas esperanças são frustradas, não mais nos atrevemos a fazer quaisquer exigências insensatas ou a nutrir qualquer esperança Nele, e até mesmo nossos sonhos desaparecem da noite para o dia. Esse é um fato que nenhum de nós pode imaginar e que nenhum de nós pode aceitar. Dentro de um instante, perdemos nosso equilíbrio interior e não sabemos como continuar na estrada à frente ou como continuar em nossas crenças. Parece que nossa fé voltou à estaca zero e que nunca nos encontramos com o Senhor Jesus nem O conhecemos. Tudo diante de nossos olhos nos deixa perplexos e nos faz vacilar, indecisos. Ficamos desanimados, desapontados, e no fundo do coração há raiva e desgraça irreprimíveis. Tentamos desabafar, encontrar uma saída e, além disso, tentamos continuar esperando por nosso Salvador Jesus para podermos derramar nosso coração para Ele. Embora haja momentos em que, por fora, parecemos estar equilibrados, nem arrogantes nem humildes, em nosso coração somos afligidos por um sentimento de perda que jamais sentimos antes. Embora às vezes pareçamos excepcionalmente calmos por fora, nossa mente é agitada por tormentos, como um mar tempestuoso. Seu julgamento e castigo nos despojaram de todas as nossas esperanças e sonhos, pondo um fim aos nossos desejos extravagantes e deixando-nos pouco dispostos a acreditar que Ele é nosso Salvador, capaz de nos salvar. Seu julgamento e castigo abriram um abismo tão profundo entre nós e Ele que ninguém está sequer disposto a tentar atravessá-lo. Seu julgamento e castigo são a primeira vez que sofremos tamanho revés e tamanha humilhação em nossa vida. Seu julgamento e castigo nos permitiram apreciar verdadeiramente a honra de Deus e Sua intolerância da ofensa do homem, em comparação com a qual somos extremamente inferiores e impuros. Seu julgamento e castigo nos fizeram perceber, pela primeira vez, quão arrogantes e pomposos somos e como o homem nunca será igual a Deus nem estará no mesmo nível de Deus. Seu julgamento e castigo nos fizeram desejar não viver mais em tal caráter corrupto, livrar-nos desta natureza-essência o mais rápido possível, e não sermos mais repugnantes e detestáveis para Ele. Seu julgamento e castigo nos deixaram felizes em obedecer a Suas palavras, sem mais nos rebelar contra Suas orquestrações e arranjos. Seu julgamento e castigo nos deram, mais uma vez, o desejo de sobreviver, e nos fizeram felizes em aceitá-Lo como nosso Salvador… Saímos da obra de conquista, saímos do inferno e do vale da sombra da morte… Deus Todo-Poderoso nos ganhou, ganhou este grupo de pessoas! Ele triunfou sobre Satanás e derrotou todos os Seus inimigos!

Extraído de ‘Contemplando a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 537

Somente quando você tiver se livrado de seus caracteres corruptos e alcançado o viver de uma humanidade normal você será aperfeiçoado. Embora seja incapaz de profetizar e de falar de quaisquer mistérios, você estará vivendo e revelando a imagem de um humano. Deus criou o homem, mas depois o homem foi corrompido por Satanás, de tal modo que as pessoas se tornaram “homens mortos”. Assim, depois de ter mudado, você não será mais como esses “homens mortos”. São as palavras de Deus que reavivam o espírito das pessoas e as fazem renascer, e quando o espírito das pessoas renascer, elas terão vindo à vida. Quando falo de “homens mortos”, refiro-Me aos cadáveres que não têm espírito, às pessoas cujo espírito morreu dentro delas. Quando a centelha da vida é acesa no espírito das pessoas, elas vêm à vida. Os santos que foram mencionados antes se referem a pessoas que vieram à vida, àquelas que estavam sob a influência de Satanás, mas que o derrotaram. O povo escolhido da China suportou a perseguição cruel e desumana e a trapaça do grande dragão vermelho, o que o deixou mentalmente devastado e sem um pingo de coragem para viver. Assim, o despertar do seu espírito deve começar com sua substância: pouco a pouco, em sua substância, o seu espírito deve ser despertado. Quando, um dia, ele voltar à vida, não haverá mais obstruções, e tudo prosseguirá sem dificuldades. No presente, isso continua inalcançável. A maioria das pessoas vive de uma maneira que cria muitas correntes mortais; essas pessoas estão envoltas em uma aura de morte e carecem de tanta coisa. As palavras de algumas pessoas carregam a morte, suas ações carregam a morte e quase tudo que elas geram pela maneira como vivem consiste em morte. Se, hoje, as pessoas derem testemunho de Deus em público, então elas fracassarão nessa tarefa, porque elas ainda precisam vir plenamente à vida, e há mortos demais entre vocês. Hoje, algumas pessoas perguntam por que Deus não mostra alguns sinais e maravilhas para espalhar com rapidez Sua obra entre os gentios. Os mortos não podem dar testemunho de Deus; isso é algo que só os vivos podem fazer e, no entanto, a maioria das pessoas hoje são “homens mortos”; pessoas demais vivem sob um manto da morte, sob a influência de Satanás, e são incapazes de ganhar a vitória. Sendo assim, como poderiam dar testemunho de Deus? Como poderiam espalhar a obra do evangelho?

Todos que vivem sob a influência das trevas são aqueles que vivem em meio à morte, são aqueles que estão possuídas por Satanás. Sem serem salvas por Deus e julgadas e castigadas por Deus, as pessoas são incapazes de escapar da influência da morte; não podem se tornar vivas. Esses “homens mortos” não podem dar testemunho de Deus nem podem ser usados por Deus e muito menos entrar no reino. Deus quer o testemunho dos vivos, não dos mortos, e Ele exige que os vivos, não os mortos, trabalhem para Ele. “Os mortos” são aqueles que se opõem a Deus e se rebelam contra Ele; são aqueles entorpecidos em espírito que não compreendem as palavras de Deus; são aqueles que não colocam a verdade em prática e não têm a menor lealdade a Deus e são aqueles que vivem sob o império de Satanás e são explorados por Satanás. Os mortos se manifestam colocando-se em oposição à verdade, rebelando-se contra Deus e sendo baixos, desprezíveis, maliciosos, embrutecidos, enganadores e insidiosos. Mesmo que tais pessoas comam e bebam as palavras de Deus, elas são incapazes de viver as palavras de Deus; embora estejam vivas, são apenas cadáveres que andam e respiram. Os mortos são totalmente incapazes de satisfazer a Deus, menos ainda de ser completamente obedientes a Ele. Só conseguem enganá-Lo, blasfemar contra Ele e traí-Lo, e tudo que eles geram pela maneira como vivem revela a natureza de Satanás. Se as pessoas desejam se tornar seres vivos, dar testemunho de Deus e ser aprovadas por Deus, então devem aceitar a salvação de Deus; devem se submeter de bom grado a Seu julgamento e castigo, aceitar de bom grado a poda e o tratamento por Deus. Só então elas serão capazes de colocar em prática todas as verdades exigidas por Deus, só então ganharão a salvação de Deus e realmente se tornarão seres vivos. Os vivos são salvos por Deus; foram julgados e castigados por Deus, estão dispostos a se devotar e ficam felizes em oferecer sua vida por Deus, e de bom grado dedicariam sua vida inteira a Deus. Apenas quando os vivos dão testemunho de Deus é que Satanás pode ser envergonhado; apenas os vivos podem espalhar a obra do evangelho de Deus, apenas os vivos são segundo o coração de Deus e apenas os vivos são pessoas reais. Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas, por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for recuperar Seu testemunho e recuperar aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos e deve reivindicá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são, sobretudo, os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa. Deus salva aqueles que podem vir à vida, que conseguem enxergar a salvação de Deus, que podem ser leais a Deus e que estão dispostos a buscar a Deus. Ele salva aqueles que acreditam na encarnação de Deus e na Sua aparição. Algumas pessoas podem vir à vida, e algumas não podem; isso depende da natureza delas poder ser salva ou não. Muitas pessoas têm ouvido muitas palavras de Deus, mas não entendem a vontade de Deus e ainda são incapazes de colocá-las em prática. Tais pessoas são incapazes de viver qualquer verdade e também interferem deliberadamente na obra de Deus. São incapazes de fazer qualquer trabalho por Deus, não conseguem dedicar nada a Ele e também gastam o dinheiro da igreja em segredo e comem na casa de Deus de graça. Essas pessoas estão mortas e não serão salvas. Deus salva todos aqueles que estão em meio à Sua obra, mas há uma porção de pessoas que não pode receber Sua salvação; apenas um pequeno número pode receber Sua salvação. Isso acontece porque a maioria das pessoas foi corrompida muito profundamente, se tornou morta e está além do alcance da salvação; essas pessoas foram totalmente exploradas por Satanás e são maliciosas demais em sua natureza. Aquela minoria de pessoas também é incapaz de obedecer a Deus plenamente. Não são as pessoas que têm sido absolutamente fiéis a Deus desde o começo ou que têm tido o amor máximo por Deus desde o começo; antes, tornaram-se obedientes a Deus por causa de Sua obra de conquista, elas veem Deus por causa de Seu amor supremo, há mudanças em seu caráter por causa do caráter justo de Deus e elas passam a conhecer Deus por causa de Sua obra, Sua obra que é ao mesmo tempo prática e normal. Sem essa obra de Deus, por mais que essas pessoas sejam boas, elas ainda seriam de Satanás, ainda seriam da morte e ainda estariam mortas. O fato de que, hoje, essas pessoas podem receber a salvação de Deus deve-se puramente à sua disposição de cooperar com Deus.

Por causa de sua lealdade a Deus, os vivos serão ganhos por Deus e viverão em meio às Suas promessas; e por causa de sua oposição a Deus, os mortos serão detestados e rejeitados por Deus e viverão em meio a Sua punição e Suas maldições. Tal é o caráter justo de Deus, que é imutável por qualquer homem. Por causa da própria busca, as pessoas recebem a aprovação de Deus e vivem na luz; por causa de seus esquemas astutos, as pessoas são amaldiçoadas por Deus e descem para a punição; por causa de seus atos malignos, as pessoas são punidas por Deus; e por causa de seu anseio e lealdade, as pessoas recebem as bênçãos de Deus. Deus é justo: Ele abençoa os vivos e amaldiçoa os mortos, de modo que eles estão sempre em meio à morte e nunca viverão na luz de Deus. Deus levará os vivos para o Seu reino e para as Suas bênçãos, para que estejam com Ele para sempre. Quanto aos mortos, Ele os golpeará e entregará à morte eterna; eles são o objeto de Sua destruição e sempre pertencerão a Satanás. Deus não trata ninguém de maneira injusta. Todos aqueles que verdadeiramente buscarem a Deus certamente permanecerão na casa de Deus, e todos aqueles que forem desobedientes a Deus e incompatíveis com Ele certamente viverão em meio à Sua punição. Talvez você esteja inseguro em relação à obra de Deus na carne — mas, um dia, a carne de Deus não arranjará diretamente o fim do homem; em vez disso, Seu Espírito arranjará o destino do homem, e, naquela hora, as pessoas saberão que a carne de Deus e Seu Espírito são um, que Sua carne não pode cometer erro e que Seu Espírito é ainda mais incapaz de errar. No fim, Ele certamente levará para o Seu reino aqueles que vieram à vida; nem um a mais, nem um a menos. Quanto aos mortos, que não vieram à vida, eles serão lançados na toca de Satanás.

de ‘Você é alguém que veio para a vida?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 538

A primeira etapa da senda do Espírito Santo no homem é, antes de tudo, afastar o coração do homem de pessoas, eventos e coisas e colocá-lo nas palavras de Deus, fazendo com que o coração do homem creia que as palavras de Deus são indubitáveis e completamente verdadeiras. Se você acredita em Deus, deve acreditar em Suas palavras; se, depois de muitos anos de fé em Deus, você permanece sem conhecer a senda tomada pelo Espírito Santo, você é realmente um crente? Para alcançar uma vida humana normal — uma vida humana normal que tem um relacionamento normal com Deus —, primeiro você deve acreditar em Suas palavras. Se não tiver alcançado a primeira etapa da obra do Espírito Santo nas pessoas, então você não tem um alicerce. Se você não tem nem o menor dos princípios, como percorrerá a senda adiante? Tomar a trilha certa pela qual Deus aperfeiçoa o homem significa entrar na trilha certa da obra atual do Espírito Santo; significa entra na senda tomada pelo Espírito Santo. Agora mesmo, a senda tomada pelo Espírito Santo são as palavras atuais de Deus. Sendo assim, se as pessoas hão de entrar na senda do Espírito Santo, elas devem obedecer às palavras atuais de Deus encarnado, comê-las e bebê-las. A obra que Ele faz é a obra das palavras; tudo começa com Suas palavras, e tudo é edificado sobre as Suas palavras, sobre Suas palavras atuais. Quer se esteja certo sobre o Deus encarnado, quer se conheça o Deus encarnado, cada uma dessas coisas requer despender mais esforço em Suas palavras. Senão, as pessoas não poderão realizar nada e não ficarão com nada. Somente construindo sobre o alicerce de comer e beber as palavras de Deus, e daí chegar a conhecer Deus e a satisfazê-Lo, as pessoas poderão construir progressivamente um relacionamento normal com Ele. Para o homem, não há melhor cooperação com Deus do que comer e beber Suas palavras e colocá-las em prática. Por meio de tal prática, o homem é mais capaz de permanecer firme em seu testemunho de povo de Deus. Quando as pessoas compreendem e são capazes de obedecer à essência das palavras atuais de Deus, elas vivem na senda de ser guiadas pelo Espírito Santo e entraram na trilha certa do aperfeiçoamento do homem por Deus. Antes, as pessoas podiam ganhar a obra de Deus simplesmente por buscar a graça, ou buscando paz e alegria, mas as coisas são diferentes agora. Sem as palavras do Deus encarnado, sem a realidade de Suas palavras, as pessoas não podem ganhar a aprovação de Deus e serão todas por Ele eliminadas. Para alcançarem uma vida espiritual normal, primeiro as pessoas deveriam comer e beber as palavras de Deus e colocá-las em prática e, depois, sobre esse alicerce, estabelecer um relacionamento normal com Deus. Como você coopera? Como você permanece firme no testemunho do povo de Deus? Como você constrói um relacionamento normal com Deus?

Como ver se você tem um relacionamento normal com Deus em sua vida cotidiana:

1. Você acredita no testemunho do Próprio Deus?

2. Você acredita, no seu coração, que as palavras de Deus são verdadeiras e infalíveis?

3. Você é alguém que põe Suas palavras em prática?

4. Você é fiel à Sua comissão? O que você faz para ser fiel à Sua comissão?

5. Tudo o que você faz é em prol de satisfazer a Deus e ser leal a Ele?

Por meio dos itens listados acima, você pode avaliar se tem um relacionamento normal com Deus no estágio atual.

Se você é capaz de aceitar a comissão de Deus, aceitar a Sua promessa e seguir a senda do Espírito Santo, então você está seguindo a vontade de Deus. Dentro de você, a senda do Espírito Santo está clara? Agora mesmo, você age em conformidade com a senda do Espírito Santo? Seu coração está se aproximando de Deus? Você deseja acompanhar a mais nova luz do Espírito Santo? Você deseja ser ganho por Deus? Você deseja se tornar uma manifestação da glória de Deus na terra? Você tem a resolução de alcançar o que Deus exige de você? Se, quando as palavras de Deus são proferidas, existe dentro de você a resolução de cooperar e a resolução de satisfazer a Deus — se esta é a sua mentalidade —, isso significa que as palavras de Deus frutificaram no seu coração. Se lhe falta tal resolução, se você não tem objetivos que busca, significa que seu coração não foi movido por Deus.

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 539

Na busca por mudança no caráter de vida de alguém, a senda da prática é simples. Se, em sua experiência prática, você for capaz de seguir as palavras atuais do Espírito Santo e experimentar a obra de Deus, então seu caráter é capaz de mudança. Se você segue o que quer que o Espírito Santo diga, e busca o que quer que o Espírito Santo diga, então você é alguém que obedece a Ele, e haverá uma mudança no seu caráter. O caráter das pessoas muda com as palavras atuais do Espírito Santo; se você sempre se agarra às suas velhas experiências e regras do passado, então seu caráter não pode mudar. Se as palavras de hoje do Espírito Santo pedem a todos que entrem numa vida de humanidade normal, mas você permanece obcecado com coisas externas, confuso quanto à realidade e não a leva a sério, então você é alguém que não conseguiu acompanhar a obra do Espírito Santo, alguém que não entrou na senda da direção do Espírito Santo. Se o seu caráter pode ou não mudar depende de você acompanhar ou não as palavras atuais do Espírito Santo e de você ter ou não conhecimento verdadeiro. Isso é diferente do que vocês entendiam antes. A mudança no seu caráter, como você entendia, foi que você, que era rápido para julgar, deixou de falar descuidadamente por meio da disciplina de Deus; mas esse é apenas um aspecto da mudança. Neste exato momento, o ponto mais crítico é seguir a orientação do Espírito Santo: siga o que quer que Deus diga, e obedeça a tudo o que Ele diz. As pessoas não podem mudar o próprio caráter; elas devem submeter-se ao julgamento e castigo, e ao sofrimento e refinamento das palavras de Deus, ou o tratamento, a disciplina e a poda pelas Suas palavras. Só então elas podem alcançar a obediência e a fidelidade a Deus, e não mais ser superficiais para com Ele. É sob o refinamento das palavras de Deus que o caráter das pessoas muda. Só por meio da exposição, julgamento, disciplina e do tratamento de Suas palavras elas não ousarão mais agir precipitadamente, mas, em vez disso, se tornarão firmes e controladas. O ponto mais importante é que elas são capazes de se submeter às palavras atuais e à obra de Deus e, ainda que ela não esteja em concordância com as noções humanas, elas conseguem deixar essas noções de lado e se submeter voluntariamente. No passado, falar de mudanças no caráter se referia principalmente a ser capaz de renunciar a si mesmo, deixar a carne sofrer, disciplinar o próprio corpo e livrar-se de preferências carnais — que é um tipo de mudança no caráter. Hoje, todos sabem que a expressão real de uma mudança no caráter é obedecer às atuais palavras de Deus e verdadeiramente conhecer a Sua nova obra. Assim, o entendimento de Deus que as pessoas tinham, matizado por suas noções próprias, pode ser expurgado, e elas podem alcançar o conhecimento verdadeiro de Deus e a obediência a Ele — somente isso é uma genuína expressão de mudança no caráter.

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 540

A busca de entrada na vida por parte das pessoas baseia-se nas palavras de Deus. Previamente, foi dito que tudo se realiza por causa de Suas palavras, mas ninguém viu esse fato. Se você entrar na experiência da etapa atual, tudo ficará claro para você, e você estará construindo um bom alicerce para futuras provações. O que quer que Deus diga, concentre-se apenas em entrar em Suas palavras. Quando Deus diz que começará a castigar as pessoas, aceite o castigo Dele. Quando Deus pede às pessoas que morram, aceite essa provação. Se você sempre vive dentro de Suas declarações mais recentes, as palavras de Deus aperfeiçoarão você no final. Quanto mais você entrar nas palavras de Deus, mais rapidamente será aperfeiçoado. Por que, em comunicação após comunicação, Eu peço a vocês que conheçam e entrem nas palavras de Deus? Somente quando você busca e experimenta nas palavras de Deus, o Espírito Santo tem a oportunidade de operar em você. Portanto, todos vocês são participantes em todo método pelo qual Deus opera, e qualquer que seja o grau de seu sofrimento, no fim, todos receberão uma “recordação”. Para alcançarem sua perfeição final, vocês devem entrar em todas as palavras de Deus. O aperfeiçoamento das pessoas pelo Espírito Santo não é unilateral; Ele requer a cooperação delas, precisa que todos cooperem com Ele conscientemente. O que quer que Deus diga, concentre-se apenas em entrar em Suas palavras — isso será mais benéfico para a vida de vocês. Tudo isso é para o bem de alcançar uma mudança em seu caráter. Quando você entrar nas palavras de Deus, seu coração será movido por Ele e você será capaz de saber tudo o que Deus deseja alcançar nesta etapa de Sua obra, e você terá a resolução de alcançá-lo. Durante o tempo de castigo, havia aqueles que criam que isso era um método de operação e não criam nas palavras de Deus. Por consequência, não se submeteram a refinamento e emergiram do tempo de castigo sem ganhar nem compreender nada. Houve algumas pessoas que realmente entraram nessas palavras, sem ter uma sombra de dúvida, que disseram que as palavras de Deus são a verdade infalível e que a humanidade deveria ser castigada. Elas debateram-se com isso durante um tempo, abrindo mão de seu futuro e seu destino e, quando emergiram, seu caráter tinha passado por alguma mudança e elas tinham ganhado uma compreensão mais profunda de Deus. Todas aquelas que emergiram do castigo sentiram a beleza de Deus e perceberam que essa etapa da obra incorporava Seu grande amor que descia neles, que era a conquista e a salvação do amor de Deus. Elas também disseram que os pensamentos de Deus são sempre bons e que tudo o que Ele faz no homem vem do amor, não do ódio. As pessoas que não acreditaram nas palavras de Deus, que não prestaram atenção a Suas palavras, não se submeteram ao refinamento no tempo de castigo, e, como resultado, o Espírito Santo não estava com elas e elas nada ganharam. No caso daquelas que entraram no tempo de castigo, embora tenham de fato se submetido ao refinamento, o Espírito Santo estava operando oculto dentro delas, e o caráter de vida delas foi transformado como resultado disso. Algumas pareciam, no tocante a toda aparência externa, muito positivas, cheias de bom ânimo o dia inteiro, mas não entraram no estado de refinamento das palavras de Deus e, assim, não mudaram nada, o que foi a consequência de não acreditarem nas Suas palavras. Se você não acreditar nas palavras de Deus, o Espírito Santo não operará em você. Deus aparece a todos os que acreditam em Suas palavras, e aqueles que acreditam nelas e as aceitam serão capazes de ganhar Seu amor!

Para entrar na realidade das palavras de Deus, você deveria encontrar a senda da prática e saber como colocar as palavras de Deus em prática. Só assim haverá uma mudança em seu caráter de vida, só por meio dessa senda você pode ser aperfeiçoado por Deus, e somente pessoas que foram aperfeiçoadas por Deus dessa maneira podem estar em conformidade com a Sua vontade. Para receber nova luz, você deve viver dentro de Suas palavras. Ser movido pelo Espírito Santo apenas uma vez, de fato, não será suficiente — você deve se aprofundar mais. Quanto àqueles que foram movidos apenas uma vez, seu zelo interno foi despertado, e eles ficam dispostos a procurar, mas isso não pode durar muito; eles devem ser constantemente movidos pelo Espírito Santo. Muitas vezes no passado, mencionei Minha esperança de que o Espírito de Deus possa mover o espírito das pessoas, para que elas possam buscar mudanças em seu caráter de vida e, enquanto buscam ser movidas por Deus, que elas possam entender as próprias deficiências e que, no processo de experimentarem Suas palavras, elas possam descartar as impurezas em si mesmas (hipocrisia, arrogância, noções e assim por diante). Não pense que só ser proativo em receber nova luz será o suficiente — você também deve descartar tudo o que é negativo. Por um lado, vocês precisam entrar a partir de um aspecto positivo, por outro, precisam se livrar de tudo o que é impuro de um aspecto negativo. Você deve examinar-se constantemente para ver quais são as impurezas que ainda existem no seu interior. Todas as noções religiosas, intenções, esperanças, hipocrisia e arrogância da humanidade são coisas impuras. Olhe para dentro de si e coloque tudo lado a lado com todas as palavras de revelação de Deus, para ver que noções religiosas você tem. Só quando as reconhece de fato, você consegue descartá-las. Algumas pessoas dizem: “Basta agora simplesmente seguir a luz da obra atual do Espírito Santo. Não é necessário se incomodar com mais nada”. Mas, então, quando as suas noções religiosas surgirem, como você se livrará delas? Você pensa que seguir as palavras de Deus hoje é uma coisa simples de fazer? Se você é uma pessoa religiosa, as perturbações podem surgir de suas noções religiosas e das teorias teológicas tradicionais em seu coração, e, quando essas coisas surgem, elas interferem em sua aceitação de coisas novas. Esses problemas são todos reais. Se você só busca as atuais palavras do Espírito Santo, não pode cumprir a vontade de Deus. Ao mesmo tempo que busca a luz atual do Espírito Santo, você deveria reconhecer quais noções e intenções você ainda abriga, que hipocrisia humana você tem e que comportamentos são desobedientes a Deus. E, depois de ter reconhecido todas essas coisas, você deve descartá-las. Fazer você desistir de suas ações e condutas anteriores é em prol de permitir que você siga as palavras que o Espírito Santo profere hoje. Uma mudança no caráter, por um lado, é alcançada mediante as palavras de Deus, mas por outro, exige cooperação da parte da humanidade. Existe a obra de Deus e existe a prática humana, e ambas são indispensáveis.

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 541

Como você pode realizar a vontade de Deus na sua futura senda de serviço? Um ponto fundamental é procurar a entrada na vida, perseguir uma mudança no caráter e buscar uma entrada mais profunda na verdade — essa é a senda para alcançar ser aperfeiçoado e ser ganho por Deus. Todos vocês são recipientes da comissão de Deus, mas que tipo de comissão? Isso diz respeito à próxima etapa da obra; a próxima etapa da obra será uma obra maior que é realizada por todo o universo, então, hoje, vocês deveriam buscar mudanças no seu caráter de vida, para que, no futuro, possam realmente se tornar a prova de que Deus ganha glória com Sua obra fazendo de vocês exemplares para Sua futura obra. A busca de hoje é totalmente em prol de lançar os alicerces para a obra futura, de modo que você possa ser usado por Deus e possa dar testemunho Dele. Se fizer disso o alvo da sua busca, você conseguirá ganhar a presença do Espírito Santo. Quanto mais alto você determinar o alvo de sua busca, mais você pode ser aperfeiçoado. Quanto mais você persegue a verdade, mais o Espírito Santo opera. Quanto mais energia você aplicar na sua busca, mais você ganhará. O Espírito Santo aperfeiçoa pessoas de acordo com o estado interior delas. Algumas dizem que não estão dispostas a ser usadas por Deus ou aperfeiçoadas por Ele, que querem apenas que sua carne permaneça segura e que não sofram nenhum infortúnio. Algumas estão indispostas a entrar no reino, contudo estão dispostas a descer ao abismo sem fundo. Nesse caso, Deus também concederá esse desejo a você. Seja o que for que você busca, Deus o fará acontecer. Então, o que você está buscando atualmente? É ser aperfeiçoado? Suas ações e condutas atuais são em prol de ser aperfeiçoado por Deus e de ser ganho por Ele? Você deve avaliar-se dessa maneira constantemente no seu dia a dia. Se você aplicar todo o seu coração na busca de uma única meta, Deus certamente vai aperfeiçoá-lo. Tal é a senda do Espírito Santo. A senda na qual o Espírito Santo guia as pessoas é alcançada por meio da busca que fazem. Quanto mais você tiver sede de ser aperfeiçoado e ganho por Deus, mais o Espírito Santo operará dentro de você. Quanto menos você deixar de procurar e quanto mais negativo e regressivo você for, mais você privará o Espírito Santo de oportunidades para operar; com o passar do tempo, o Espírito Santo vai abandonar você. Você deseja ser aperfeiçoado por Deus? Deseja ser ganho por Deus? Deseja ser usado por Deus? Vocês deveriam procurar fazer tudo pelo bem de serem aperfeiçoados, ganhos e usados por Deus, para que todas as coisas no universo possam ver as ações de Deus manifestadas em vocês. Vocês são os mestres dentre todas as coisas, e, no meio de tudo o que há, vocês permitirão que Deus desfrute de testemunho e glorificação por meio de vocês — isso é prova de que vocês são a mais abençoada de todas as gerações!

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 542

Quanto mais atento você estiver à vontade de Deus, maior o fardo que você carregará, e quanto maior o fardo que você carregar, mais rica será a sua experiência. Quando você estiver atento à vontade de Deus, Deus colocará um fardo sobre você e, então, o iluminará sobre as tarefas que Ele tem confiado a você. Quando Deus lhe der esse fardo, você prestará atenção a todas as verdades relativas a ele enquanto estiver comendo e bebendo das palavras de Deus. Se você tiver um fardo relacionado ao estado da vida dos seus irmãos e irmãs, então esse é um fardo que lhe foi confiado por Deus, e você sempre carregará esse fardo consigo em suas orações diárias. O que Deus faz foi colocado sobre você, e você está disposto a fazer o que Deus quer fazer; isso é o que significa assumir o fardo de Deus como se fosse seu. Nesse ponto, ao comer e beber das palavras de Deus, você estará focado nesses tipos de questões e você se perguntará: como resolverei esses problemas? Como capacitarei meus irmãos e irmãs para que alcancem libertação e encontrem prazer espiritual? Você também estará focado em resolver esses problemas enquanto comunicar, e quando comer e beber das palavras de Deus, você estará focado em comer e beber das palavras que se relacionam a essas questões. Você também levará um fardo enquanto comer e beber das Suas palavras. Quando tiver entendido as exigências de Deus, você terá uma ideia mais clara sobre qual senda a tomar. Esse é o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo trazidos pelo seu fardo, e isso também é a direção de Deus que foi concedida a você. Por que digo isso? Se você não tiver um fardo, então você não estará atento enquanto come e bebe das palavras de Deus; quando você come e bebe das palavras de Deus enquanto carrega um fardo, você é capaz de captar a essência delas, de encontrar o seu caminho e de estar atento à vontade de Deus. Portanto, nas suas orações, você deveria desejar que Deus colocasse mais fardos em você e lhe confiasse coisas ainda maiores, para que mais adiante, você possa ter mais senda na qual praticar; para que seu comer e beber das palavras de Deus tenha um efeito maior; para que você se torne capaz de captar a essência das Suas palavras; e para que você se torne mais capaz de ser movido pelo Espírito Santo.

Comer e beber das palavras de Deus, praticar a oração, aceitar o fardo de Deus e aceitar as tarefas que Ele confia a você — tudo isso é para que possa haver uma senda diante de você. Quanto mais o fardo do encargo de Deus pesar sobre você, mais fácil será para você ser aperfeiçoado por Ele. Alguns estão indispostos a coordenar com os outros no serviço a Deus, até mesmo quando são chamados a isso; tais pessoas são preguiçosas e desejam somente deleitar-se no conforto. Quanto mais for solicitado que você sirva em cooperação com os outros, mais experiência você ganhará. Por ter mais fardos e experiências, você ganhará mais oportunidades de ser aperfeiçoado. Portanto, se puder servir a Deus com sinceridade, então você estará atento ao fardo de Deus; desse modo, você terá mais oportunidades de ser aperfeiçoado por Deus. É somente um grupo assim de pessoas que está sendo aperfeiçoado atualmente. Quanto mais o Espírito Santo tocar você, mais tempo você dedicará para estar atento ao fardo de Deus, mais você será aperfeiçoado por Deus e mais você será ganho por Ele — até que, no final, você se tornará uma pessoa que Deus usa. No momento, há alguns que não carregam nenhum fardo pela igreja. Essas pessoas são indolentes e descuidadas e se importam somente com a própria carne. Tais pessoas são extremamente egoístas e também são cegas. Se você não consegue ver esta questão com clareza, você não carregará nenhum fardo. Quanto mais atento você estiver à vontade de Deus, maior será o fardo que Ele confiará a você. Os egoístas não estão dispostos a sofrer tais coisas; não têm disposição de pagar o preço e, como resultado, perderão as oportunidades de serem aperfeiçoados por Deus. Não estão causando danos a si mesmos? Se você for alguém atento à vontade de Deus, então você desenvolverá um verdadeiro fardo pela igreja. De fato, em vez de chamar isso de um fardo que você carrega pela igreja, seria melhor chamá-lo de um fardo que você carrega em prol da sua própria vida, porque o propósito desse fardo que você desenvolve para a igreja é para fazer você usar tais experiências para ser aperfeiçoado por Deus. Portanto, todos aqueles que carregam o maior fardo pela igreja, todos aqueles que carregam um fardo para entrar na vida — eles serão aqueles que são aperfeiçoados por Deus. Você viu isso claramente? Se a igreja com a qual você está for espalhada como areia, mas você não está preocupado nem ansioso e você faz vista grossa quando seus irmãos e irmãs não estão comendo nem bebendo das palavras de Deus normalmente, então você não está carregando nenhum fardo. Tais pessoas não são o tipo em que Deus tem prazer. O tipo de pessoas em quem Deus tem prazer tem fome e sede de justiça e está atento à Sua vontade. Portanto, vocês deveriam estar atentos ao fardo de Deus, aqui e agora; vocês não deveriam esperar que Deus revele Seu caráter justo a toda a humanidade antes de vocês ficarem atentos ao fardo de Deus. Não seria tarde demais, então? Agora é uma boa oportunidade para ser aperfeiçoado por Deus. Se permitir que essa oportunidade escorregue pelos dedos, você lamentará isso pelo resto da sua vida, assim como Moisés foi incapaz de entrar na terra de Canaã e lamentou isso pelo resto da vida, morrendo com remorso. Quando Deus tiver revelado Seu caráter justo a todos os povos, você ficará cheio de remorso. Mesmo se Deus não castigar você, você castigará a si mesmo por causa de seu remorso. Alguns não foram convencidos disso, mas se você não acredita nisso, espere e veja. Há algumas pessoas cujo único propósito é cumprir essas palavras. Você está disposto a se sacrificar em prol dessas palavras?

Se você não procurar oportunidades para ser aperfeiçoado por Deus, e se você não se esforçar para estar à frente dos outros em sua busca de perfeição, então você, no final, ficará cheio de remorso. A melhor oportunidade para alcançar perfeição é a presente; agora é uma hora extremamente boa. Se você não buscar com sinceridade ser aperfeiçoado por Deus, quando a Sua obra estiver concluída, será tarde demais — você terá perdido a oportunidade. Não importa quão grandes sejam as suas aspirações, se Deus não estiver mais realizando a obra, então, a despeito do esforço que você despenda, você nunca será capaz de alcançar perfeição. Você precisa agarrar esta oportunidade e cooperar enquanto o Espírito Santo opera grandemente. Se você perder esta oportunidade, não lhe será dada outra, não importa que esforços você faça. Alguns de vocês clamam: “Deus, estou disposto a estar atento ao Teu fardo e estou disposto a satisfazer a Tua vontade!”. No entanto, vocês não têm uma senda na qual praticar, desse modo, seus fardos não durarão. Se vocês tiverem uma senda adiante, então ganharão experiência um passo de cada vez, e a sua experiência será estruturada e organizada. Depois de um fardo ter sido completado, um outro será dado a você. À medida que sua experiência de vida se aprofunda, seus fardos também ficarão mais profundos. Algumas pessoas somente carregam um fardo quando são tocadas pelo Espírito Santo; depois de um período de tempo, quando não têm mais uma senda na qual praticar, elas param de carregar qualquer fardo. Você não consegue desenvolver os fardos simplesmente por comer e beber das palavras de Deus. Por entender muitas verdades, você adquirirá discernimento, aprenderá a resolver os problemas utilizando a verdade e ganhará uma compreensão mais precisa das palavras de Deus e da vontade de Deus. Com essas coisas, você desenvolverá fardos para carregar e, só então, será capaz de realizar uma obra adequadamente. Se você tiver somente um fardo, mas não tiver uma clara compreensão da verdade, então isso também não bastará; você deve experimentar em pessoa as palavras de Deus e saber como praticá-las. Somente depois de você mesmo ter entrado na realidade, você será capaz de prover para os outros, liderar os demais e ser aperfeiçoado por Deus.

Extraído de ‘Fique atento à vontade de Deus para alcançar a perfeição’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 543

Neste momento, a obra de Deus é fazer com que todos entrem na trilha certa, tenham uma vida espiritual normal e tenham experiências genuínas, sejam movidos pelo Espírito Santo e — tendo isso como fundamento — aceitem as comissões de Deus. O propósito de entrar no treinamento do reino é permitir que cada palavra de vocês, cada ação, cada movimento e cada pensamento e ideia entrem nas palavras de Deus; para que vocês sejam tocados por Deus com mais frequência e, portanto, desenvolvam um coração que O ama; e fazer com que vocês assumam mais do fardo da vontade de Deus, de modo que todos estejam na senda de serem aperfeiçoados por Deus, para que todos estejam na trilha certa. Uma vez que você esteja nessa senda de ser aperfeiçoado por Deus, você, então, está na trilha certa. Quando seus pensamentos e ideias, assim como as suas intenções errôneas, puderem ser corrigidas, e você for capaz de voltar-se da atenção à carne para a atenção à vontade de Deus, e quando for capaz de resistir às distrações das intenções erradas quando estas surgirem, agindo, em vez disso, de acordo com a vontade de Deus — se você é capaz de alcançar tal transformação, então você está na trilha certa da experiência de vida. Quando as suas práticas de oração estiverem na trilha certa, será tocado pelo Espírito Santo nas suas orações. Toda vez que orar, você será tocado pelo Espírito Santo; toda vez que orar, você será capaz de aquietar o seu coração diante de Deus. Toda vez que comer e beber uma passagem das palavras de Deus, se você for capaz de captar a obra que Ele está realizando atualmente e puder aprender como orar, como cooperar e como alcançar entrada, somente aí é que o seu comer e beber das palavras de Deus produzirão resultados. Quando, por meio das palavras de Deus, você for capaz de encontrar a senda de entrada e puder discernir as dinâmicas atuais da obra de Deus, assim como a direção da obra do Espírito Santo, você terá entrado na trilha certa. Se você não captou os pontos-chave enquanto come e bebe das palavras de Deus e, depois, você ainda não é capaz de encontrar uma senda na qual praticar, isso mostrará que você ainda não sabe como comer e beber apropriadamente das palavras de Deus e que você não descobriu o método ou o princípio para fazer isso. Se você não captou a obra que Deus está atualmente realizando, então você será incapaz de aceitar as tarefas que Ele lhe confiaria. A obra que Deus realiza atualmente é exatamente aquela na qual os humanos devem entrar e entender no presente. Vocês captaram essas coisas?

Se você comer e beber das palavras de Deus eficazmente, a sua vida espiritual se torna normal, e não importando que provações você possa enfrentar, que circunstâncias possa encontrar, que enfermidades físicas possa suportar, que estranhamento dos irmãos e irmãs ou dificuldades familiares você possa experimentar, você puder comer e beber das palavras de Deus normalmente, orar normalmente e dar continuidade a sua vida de igreja normalmente; se você puder alcançar todas essas coisas, isso mostrará que você está na trilha certa. Algumas pessoas são frágeis demais e lhes falta perseverança. Ao encontrar o menor obstáculo; elas se queixam e se tornam negativas. A busca da verdade exige perseverança e determinação. Se você não conseguiu satisfazer a vontade de Deus desta vez, então você deve ser capaz de abominar a si mesmo e, lá no fundo, estar silenciosamente determinado a ser bem sucedido da próxima vez. Se, desta vez, você não foi atento ao fardo de Deus, então você deveria estar determinado a se rebelar contra a carne ao enfrentar o mesmo obstáculo no futuro e a decidir satisfazer a vontade de Deus. É desse modo que você se tornará digno de elogio. Algumas pessoas nem sabem se seus pensamentos ou ideias estão corretos; essas pessoas são tolas! Se você deseja subjugar seu coração e se rebelar contra a carne, você deve, primeiramente, saber se as suas intenções estão corretas; e somente então você poderá subjugar o seu coração. Se você não sabe se as suas intenções estão corretas, seria possível você conseguir subjugar o seu coração e se rebelar contra a carne? Mesmo se você se rebelar de fato, você o fará de uma maneira confusa. Você deveria saber como se rebelar contra as suas intenções mal orientadas; isso é o que significa se rebelar contra a carne. Quando você reconhecer que as suas intenções, pensamentos e ideias estão errados, você deveria rapidamente dar meia-volta e caminhar na senda correta. Resolva esse assunto primeiramente, e se treine para alcançar entrada quanto a isso, porque você bem sabe se tem as intenções certas ou não. Quando suas intenções erradas forem corrigidas e agora forem em prol de Deus, então você terá atingido a meta de subjugar o seu coração.

A coisa mais importante para vocês fazerem agora é ganhar conhecimento de Deus e de Sua obra. Você também deve saber como o Espírito Santo realiza obra na humanidade; essas ações são essenciais para se entrar na trilha correta. Será mais fácil para você fazer isso uma vez que tenha captado esse ponto vital. Você crê em Deus e conhece a Deus, o que mostra que a sua fé Nele é genuína. Se você continuar a ganhar experiência, contudo, no final, ainda for incapaz de conhecer a Deus, então você realmente é uma pessoa que resiste a Deus. Aqueles que creem somente em Jesus Cristo sem também crer no Deus encarnado de hoje estão todos condenados. Todos eles são Fariseus de hoje, pois não reconhecem o Deus de hoje; todos eles estão em oposição a Deus. Não importa quão devota a sua adoração Jesus possa ser, tudo será em vão; Deus não os elogiará. Todos aqueles com um letreiro clamando que creem em Deus, mas que não têm o verdadeiro conhecimento de Deus no coração, são hipócritas!

Extraído de ‘Fique atento à vontade de Deus para alcançar a perfeição’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 544

Para buscar ser tornado perfeito por Deus, deve-se, primeiramente, entender o que significa ser aperfeiçoado por Ele, assim como que condições deve-se satisfazer para ser aperfeiçoado. Quanto se capta essas questões, então, deve-se buscar uma senda para a prática. Para ser aperfeiçoado, deve-se ser de uma certa qualidade. Muitas pessoas não nascem com uma qualidade alta o bastante e, nesse caso, você deve pagar um preço e se esforçar subjetivamente. Quanto pior for a sua qualidade, mais esforço subjetivo você terá de fazer. Quanto maior for o seu entendimento das palavras de Deus e quanto mais você as colocar em prática, mais rapidamente poderá entrar na senda da perfeição. Por meio da oração, você pode ser aperfeiçoado na área da oração; você pode ser aperfeiçoado por comer e beber das palavras de Deus, captando a substância delas e vivendo a realidade delas. Por experimentar as palavras de Deus diariamente, você deveria chegar a saber o que está faltando em você e, ademais, deveria reconhecer sua falha fatal e suas fraquezas e orar e suplicar a Deus. Fazendo isso, você será aperfeiçoado gradualmente. A senda para a perfeição é: orar; comer e beber das palavras de Deus; captar a essência das palavras de Deus; ganhar entrada na experiência das palavras de Deus; chegar a saber o que está faltando em você mesmo; submeter-se à obra de Deus; estar atento ao fardo de Deus e abandonar a carne por meio de seu amor a Deus; e juntar-se em comunhão frequente com os seus irmãos e irmãs, o que pode enriquecer as suas experiências. Seja uma vida comunitária ou a sua vida privada, sejam grandes ou pequenas assembleias, todas elas podem permitir que você adquira experiência e receba treinamento, de modo que o seu coração possa estar sereno diante de Deus e retorne a Ele. Tudo isso é parte do processo de ser tornado perfeito. Experimentar as palavras de Deus, como mencionado anteriormente, significa ser capaz de prová-las de verdade e permitir-se vivê-las, de modo que você ganhe uma fé maior e ganhe um amor por Deus maior. Dessa maneira, você gradualmente perderá seu caráter satânico corrupto; se libertará das motivações impróprias; e viverá a semelhança de uma pessoa normal. Quanto maior for o amor a Deus em você — que quer dizer, quanto mais de você tiver sido aperfeiçoado por Deus — menos você possuirá a corrupção de Satanás. Por meio das suas experiências práticas, você entrará gradualmente na senda da perfeição. Desse modo, se você desejar ser tornado perfeito, então é especialmente importante estar atento à vontade de Deus e experimentar as Suas palavras.

Extraído de ‘Fique atento à vontade de Deus para alcançar a perfeição’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 545

Deus quer agora ganhar certo grupo de pessoas, um grupo que consiste naquelas que se esforçam para cooperar com Ele, que podem obedecer à Sua obra, que acreditam que as palavras ditas por Deus são verdadeiras, e que podem colocar as exigências de Deus em prática; são aquelas que têm entendimento verdadeiro em seu coração, são aquelas que podem ser aperfeiçoadas, e elas, inevitavelmente, serão capazes de trilhar a senda da perfeição. Aquelas que não podem ser aperfeiçoadas são pessoas sem uma compreensão clara da obra de Deus, que não comem nem bebem das palavras de Deus, que não prestam atenção em Suas palavras, e que não têm amor algum por Deus em seu coração. Aquelas que duvidam do Deus encarnado, estão sempre incertas sobre Ele, nunca tratam as Suas palavras com seriedade e sempre O enganam são pessoas que resistem a Deus e pertencem a Satanás; não há como aperfeiçoar tais pessoas.

Se você deseja ser aperfeiçoado, primeiro precisa ser favorecido por Deus, pois Ele aperfeiçoa aqueles a quem Ele favorece e que são segundo o Seu coração. Se você deseja ser segundo o coração de Deus, então precisa ter um coração que obedece à Sua obra, precisa se esforçar para buscar a verdade e precisa aceitar o escrutínio de Deus em todas as coisas. Tudo que você faz passou pelo escrutínio de Deus? Sua intenção é correta? Se a sua intenção for correta, então Deus o elogiará; se a sua intenção estiver errada, isso mostra que o que o seu coração ama não é Deus, mas a carne e Satanás. Portanto, você precisa usar a oração como uma maneira de aceitar o escrutínio de Deus em todas as coisas. Quando você ora, embora Eu não esteja na sua frente em pessoa, o Espírito Santo está com você, e é tanto a Mim quanto ao Espírito de Deus que você está orando. Por que você acredita nesta carne? Você acredita porque Ele tem o Espírito de Deus. Você acreditaria nesta pessoa se Ele não tivesse o Espírito de Deus? Quando acredita nesta pessoa, você acredita no Espírito de Deus. Quando teme esta pessoa, você teme o Espírito de Deus. Fé no Espírito de Deus é fé nesta pessoa, e fé nesta pessoa também é fé no Espírito de Deus. Quando ora, você sente que o Espírito de Deus está com você e que Deus está diante de você e, portanto, você ora para o Seu Espírito. Hoje em dia, a maioria das pessoas tem muito medo de levar suas ações para diante de Deus; embora possa enganar Sua carne, você não pode enganar Seu Espírito. Qualquer questão que não possa resistir ao escrutínio de Deus está em conflito com a verdade e deveria ser deixada de lado; fazer diferente é cometer um pecado contra Deus. Portanto, você precisa colocar seu coração diante de Deus em todos os momentos, quando ora, quando conversa e tem comunhão com seus irmãos e irmãs e quando realiza o seu dever e trata dos seus afazeres. Quando você cumpre a sua função, Deus está com você, e, contanto que sua intenção seja correta e seja para a obra da casa de Deus, Ele aceitará tudo que você fizer; você deveria se dedicar sinceramente a cumprir a sua função. Quando você ora, se tiver amor a Deus em seu coração e buscar o cuidado, a proteção e o escrutínio de Deus, se essas coisas forem a sua intenção, suas orações serão eficazes. Por exemplo, quando orar em reuniões, se você abrir seu coração e orar a Deus e Lhe disser o que está em seu coração sem falar falsidades, então suas orações certamente serão eficazes. Se você ama a Deus com seriedade em seu coração, então faça um juramento a Deus: “Deus, que estás nos céus e na terra e em meio a todas as coisas, eu juro a Ti: que o Teu Espírito examine tudo que eu faço, me proteja e cuide de mim em todos os momentos e torne possível que tudo que eu faça esteja em Tua presença. Se um dia meu coração deixar de Te amar ou se Te trair alguma vez, então me castiga e me amaldiçoa severamente. Não me perdoes, nem neste mundo nem no próximo!”. Você se atreve a fazer tal juramento? Se não, isso mostra que você é tímido e que ainda ama a si mesmo. Vocês têm essa determinação? Se essa for verdadeiramente a sua resolução, você deveria fazer esse juramento. Se você tiver a determinação de fazer tal juramento, então Deus cumprirá a sua determinação. Quando você faz um juramento a Deus, Ele escuta. Deus determina se você é pecador ou justo pela medida da sua oração e da sua prática. Esse é, agora, o processo de aperfeiçoar vocês, e, se você verdadeiramente tiver fé em ser aperfeiçoado, então trará tudo que faz para diante de Deus e aceitará o Seu escrutínio; se você fizer algo escancaradamente rebelde ou se trair a Deus, então Ele trará o seu juramento à fruição, e, assim, seja lá o que acontecer com você, seja perdição, seja castigo, isso será culpa sua. Você fez o juramento, então deve honrá-lo. Se você fizer um juramento, mas não o honrar, você sofrerá a perdição. Já que o juramento era seu, Deus trará o seu juramento à fruição. Alguns ficam com medo depois de orar e lamentam: “Está tudo acabado! Minha chance de ser devasso se foi; minha chance de fazer coisas más se foi; minha chance de me entregar aos meus desejos mundanos se foi!”. Essas pessoas ainda amam a mundanidade e o pecado e certamente sofrerão a perdição.

Extraído de ‘Deus aperfeiçoa aqueles que são segundo o Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 546

Ser um crente em Deus significa que tudo que você faz precisa ser trazido para diante Dele e ser submetido ao Seu escrutínio. Se o que você faz pode ser trazido para diante do Espírito de Deus, mas não para diante da carne de Deus, isso mostra que você não esteve sob o escrutínio de Seu Espírito. Quem é o Espírito de Deus? Quem é a pessoa a quem Deus dá testemunho? Não são Eles um só e o mesmo? A maioria Os vê como dois seres separados, acreditando que o Espírito de Deus é o Espírito de Deus e a pessoa de quem Deus dá testemunho é meramente um humano. Mas você não está equivocado? Em nome de quem essa pessoa opera? Aqueles que não conhecem o Deus encarnado não têm entendimento espiritual. O Espírito de Deus e a Sua carne encarnada são um só, porque o Espírito de Deus está materializado na carne. Se essa pessoa não for bondosa com você, o Espírito de Deus será bondoso? Você não fica confuso? Hoje, todos aqueles que não podem aceitar o escrutínio de Deus não podem receber Sua aprovação, e aqueles que não conhecem o Deus encarnado não podem ser aperfeiçoados. Olhe tudo que você faz e veja se pode ser trazido para diante de Deus. Se você não pode trazer tudo que faz para diante de Deus, isso mostra que você é um malfeitor. Os malfeitores podem ser aperfeiçoados? Tudo que você faz, cada ação, cada intenção e cada reação devem ser trazidos para diante de Deus. Até sua vida espiritual diária — suas orações, sua proximidade com Deus, como você come e bebe das palavras de Deus, a comunhão com seus irmãos e irmãs e sua vida dentro da igreja — e seu serviço em parceria podem ser trazidos diante de Deus para Seu escrutínio. É tal prática que ajudará você a alcançar crescimento na vida. O processo de aceitar o escrutínio de Deus é o processo de purificação. Quanto mais puder aceitar o escrutínio de Deus, mais você será purificado e mais estará de acordo com a vontade de Deus, de modo que você não será atraído à devassidão e seu coração viverá na Sua presença. Quanto mais você aceitar Seu escrutínio, maior será a humilhação de Satanás e sua capacidade de renunciar à carne. Assim, aceitar o escrutínio de Deus é uma senda de prática que as pessoas deveriam seguir. Seja lá o que você faça, mesmo quando em comunhão com seus irmãos e irmãs, você pode trazer seus atos para diante de Deus e buscar o Seu escrutínio e buscar obedecer ao Próprio Deus; isso tornará muito mais correto o que você pratica. Só se trouxer para diante de Deus tudo que faz e aceitar o escrutínio de Deus, você poderá ser alguém que vive na presença de Deus.

Extraído de ‘Deus aperfeiçoa aqueles que são segundo o Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 547

Os que não têm entendimento de Deus nunca podem obedecer a Deus completamente. Pessoas assim são filhos da desobediência. São ambiciosas demais, e há muita rebeldia nelas, então elas se distanciam de Deus e não estão dispostas a aceitar o Seu escrutínio. Pessoas assim não podem ser aperfeiçoadas facilmente. Algumas pessoas são seletivas na maneira de comer e beber das palavras de Deus e em sua aceitação delas. Aceitam certas partes das palavras de Deus que estão de acordo com suas noções, mas rejeitam as que não estão. Não são essas a rebelião e a resistência mais flagrantes contra Deus? Se alguém acredita em Deus durante anos sem ganhar nem sequer um pouco de compreensão sobre Ele, então é um incrédulo. Os que estão dispostos a aceitar o escrutínio de Deus são aqueles que buscam uma compreensão Dele, que estão dispostos a aceitar Suas palavras. São aqueles que receberão a herança e as bênçãos de Deus e são os mais abençoados. Deus amaldiçoa aqueles que não têm lugar para Ele em seu coração e castiga e abandona essas pessoas. Se você não amar a Deus, então Ele o abandonará, e, se você não ouvir o que Eu digo, então prometo que o Espírito de Deus o abandonará. Experimente, se você não acredita! Hoje, Eu clareio para você uma senda de prática, mas colocá-la em prática depende de você. Se não acreditar nisso, se não colocar isso em prática, você verá por si mesmo se o Espírito Santo operará em você ou não! Se não buscar o entendimento de Deus, então o Espírito Santo não operará em você. Deus opera naqueles que buscam e valorizam Suas palavras. Quanto mais você valorizar as palavras de Deus, mais Seu Espírito operará em você. Quanto mais uma pessoa valoriza as palavras de Deus, maior é sua chance de ser aperfeiçoada por Deus. Deus aperfeiçoa aqueles que verdadeiramente O amam e aperfeiçoa aqueles cujo coração está em paz diante Dele. Valorizar toda a obra de Deus, valorizar o esclarecimento de Deus, valorizar a presença de Deus, valorizar o cuidado e a proteção de Deus, valorizar a maneira como as palavras de Deus se tornam a sua realidade e provêm para a sua vida — tudo isso está mais de acordo com o coração de Deus. Se você valorizar a obra de Deus, isto é, se valorizar toda a obra que Ele tem feito em você, então Ele o abençoará e fará com que tudo que é seu se multiplique. Se você não valorizar as palavras de Deus, Ele não operará em você, mas apenas lhe concederá uma graça de pouco valor para sua fé, ou abençoará você com pouca riqueza e a sua família com pouca segurança. Você deveria se esforçar para tornar as palavras de Deus a sua realidade e ser capaz de satisfazê-Lo e ser segundo o Seu coração; não deveria simplesmente se esforçar para desfrutar da Sua graça. Nada é mais importante para os crentes do que receber a obra de Deus, ganhar a perfeição e se tornar aqueles que fazem a vontade de Deus. Esse é o objetivo que você deveria buscar.

Tudo que o homem buscou na Era da Graça agora está obsoleto, pois existe atualmente um padrão de busca mais elevado; o que é buscado é, ao mesmo tempo, mais elevado e mais prático, o que é buscado pode satisfazer melhor o que o homem requer dentro de si. Em eras passadas, Deus não operava nas pessoas como opera hoje; Ele não falava com elas tanto quanto fala hoje, e Suas exigências para elas não eram tão elevadas quanto as Suas exigências hoje. O fato de Deus falar dessas coisas a vocês agora mostra que a intenção última de Deus está focada em vocês, neste grupo de pessoas. Se você realmente deseja ser aperfeiçoado por Deus, então busque isso como seu objetivo central. Não importa se você esteja correndo por aí, se despendendo, servindo a uma função ou se recebeu uma comissão de Deus, a meta é sempre ser aperfeiçoado e satisfazer a vontade de Deus, alcançar esses objetivos. Se alguém diz que não busca o aperfeiçoamento por Deus nem a entrada na vida, mas apenas a paz e a alegria da carne, então ele é o mais cego dos homens. Aqueles que não buscam a vida-realidade, mas apenas a vida eterna no mundo vindouro e a segurança neste mundo, são os mais cegos dos homens. Então, tudo que você faz deveria ser feito com o propósito de ser aperfeiçoado e ganho por Deus.

A obra que Deus faz nas pessoas é prover para elas com base em suas diferentes exigências. Quanto maior é a vida de uma pessoa, mais ela exige e mais ela busca. Se, nesta fase, você não tem busca, isso prova que o Espírito Santo abandonou você. Todos aqueles que buscam a vida nunca serão abandonados pelo Espírito Santo; tais pessoas sempre buscam e sempre têm anseios em seu coração. Tais pessoas nunca se contentam com as coisas como estão no presente. Cada fase da obra do Espírito Santo visa alcançar um efeito em você, mas se você se tornar complacente, se não tiver mais necessidades, se não aceitar mais a obra do Espírito Santo, então Ele o abandonará. As pessoas precisam do escrutínio de Deus todos os dias; precisam da provisão abundante de Deus todos os dias. As pessoas podem passar sem comer e beber da palavra de Deus todo dia? Se alguém sempre sentir que não consegue comer ou beber o suficiente da palavra de Deus, se estiver sempre à procura dela e tiver fome e sede dela, o Espírito Santo sempre operará nele. Quanto mais alguém anseia, mais coisas práticas podem surgir da sua comunhão. Quanto mais intensamente alguém busca a verdade, mais depressa ele alcança o crescimento em sua vida, tornando-se rico em experiência e um cidadão abastado da casa de Deus.

Extraído de ‘Deus aperfeiçoa aqueles que são segundo o Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 548

O Espírito Santo tem uma senda a trilhar em cada pessoa e dá a cada pessoa a oportunidade de ser aperfeiçoada. Através de sua negatividade, você é levado a conhecer a sua própria corrupção e, então, eliminando a negatividade, você encontrará o caminho para a prática; todas essas são maneiras em que você é aperfeiçoado. Além disso, através de orientação e iluminação contínuas de algumas coisas positivas dentro de você, você cumprirá proativamente sua função, crescerá em percepção e ganhará discernimento. Quando suas condições são boas, você está especialmente disposto a ler a palavra de Deus e especialmente disposto a orar a Deus, e pode relacionar os sermões que você ouve a seu próprio estado. Nesses momentos, Deus esclarece e ilumina você por dentro, fazendo-o perceber algumas coisas do aspecto positivo. É assim que você é aperfeiçoado no aspecto positivo. Em estados negativos, você é fraco e passivo; sente que não tem Deus em seu coração, mas mesmo assim Deus o ilumina, ajudando você a encontrar uma senda da prática. Sair disso é alcançar a perfeição no aspecto negativo. Deus pode aperfeiçoar o homem em ambos os aspectos positivo e negativo. Isso depende de se você é capaz de experimentar e se você busca ser aperfeiçoado por Deus. Se você verdadeiramente busca ser aperfeiçoado por Deus, então o negativo não pode fazer você sofrer prejuízo, mas pode lhe trazer coisas que são mais reais, pode torná-lo mais capaz de saber o que está faltando dentro de você, mais capaz de entender seu estado real e ver que o homem não tem nada e não é nada; se não experimenta provações, você não sabe, e sempre sentirá que está acima dos outros e é melhor do que todos os outros. Através disso tudo, você verá que tudo que veio antes foi feito por Deus e estava protegido por Deus. A entrada em provações o deixa sem amor e fé, você carece de oração, é incapaz de cantar hinos e, sem percebê-lo, no meio disso, você passa a conhecer a si mesmo. Deus tem muitos meios de aperfeiçoar o homem. Ele emprega todo tipo de ambientes para lidar com o caráter corrupto do homem e utiliza várias coisas para desnudar o homem; num aspecto, Ele lida com o homem, em outro, Ele o desnuda, e em outro Ele o revela, desenterrando e revelando os “mistérios” das profundezas do coração do homem e mostrando ao homem a sua natureza ao revelar muitos de seus estados. Deus aperfeiçoa o homem através de muitos métodos — através de revelação, lidando com o homem, através do refinamento do homem e do castigo — para que o homem saiba que Deus é prático.

Extraído de ‘Somente os que se concentram na prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 549

O que é que vocês buscam agora? Serem aperfeiçoados por Deus, conhecerem Deus, obterem Deus — talvez vocês busquem se portar no estilo de um Pedro dos anos 1990 ou ter fé maior do que a de Jó, ou talvez vocês busquem ser chamados de justos por Deus e chegar diante do trono de Deus, ou ser capazes de manifestar Deus na terra e, de modo poderoso e retumbante, dar testemunho de Deus. Independentemente do que vocês busquem, em geral, vocês buscam pelo bem de serem salvos por Deus. Não importa se você busca ser uma pessoa justa, se busca o estilo de Pedro, ou a fé de Jó, ou ser aperfeiçoado por Deus, isso tudo é a obra que Deus faz no homem. Em outras palavras, independentemente do que você busca, é tudo pelo bem de ser aperfeiçoado por Deus, é tudo pelo bem de experimentar a palavra de Deus, para satisfazer o coração de Deus; não importa o que você busca, é tudo pelo bem de descobrir a amabilidade de Deus, de buscar uma senda para praticar na experiência real com o objetivo de ser capaz de jogar fora o próprio caráter rebelde, alcançar um estado normal dentro de si mesmo, ser capaz de conformar-se completamente à vontade de Deus, tornar-se uma pessoa correta e ter um motivo correto em tudo o que você faz. A razão para você experimentar todas essas coisas é chegar a conhecer Deus e alcançar crescimento de vida. Embora o que você experimenta sejam a palavra de Deus e eventos reais, como também as pessoas, assuntos e coisas ao seu redor, no fim você é capaz de conhecer Deus e ser aperfeiçoado por Deus. Buscar trilhar a senda de uma pessoa justa ou buscar colocar a palavra de Deus em prática: essa é a pista de corrida, enquanto conhecer Deus e ser aperfeiçoado por Deus são o destino. Se agora você busca ser aperfeiçoado por Deus ou busca dar testemunho de Deus, tudo, no final das contas, é para conhecer Deus; é para que a obra que Ele faz em você possa não ser em vão, para que, finalmente, você venha a conhecer a realidade de Deus, a conhecer a Sua grandeza, e, mais ainda, a conhecer a humildade e a ocultabilidade de Deus e saber a grande quantidade de obra que Deus faz em você. Deus humilhou a Si Mesmo a tal nível que realiza a Sua obra nessas pessoas imundas e corruptas e aperfeiçoa esse grupo de pessoas. Deus não Se tornou carne apenas para viver e comer entre as pessoas, para pastorear pessoas e para prover aquilo de que as pessoas necessitam. Mais importante é que Ele realiza Sua poderosa obra de salvação e conquista nessas pessoas insuportavelmente corruptas. Ele veio ao coração do grande dragão vermelho para salvar essas mais corruptas das pessoas, para que todas as pessoas possam ser mudadas e feitas novas. O imenso sofrimento que Deus suporta não é apenas o sofrimento que o Deus encarnado suporta, mas, acima de tudo, é que o Espírito de Deus sofre extrema humilhação — Ele Se humilha e Se oculta tanto que Se torna uma pessoa comum. Deus encarnou e assumiu a forma da carne para que as pessoas vissem que Ele tem uma vida humana normal e necessidades humanas normais. Isso basta para provar que Deus humilhou a Si Mesmo em grande medida. O Espírito de Deus é realizado na carne. Seu Espírito é tão alto e grande, mesmo assim Ele toma a forma de um humano comum, de um humano negligenciável a fim de realizar a obra do Seu Espírito. O calibre, a percepção, o senso, a humanidade e a vida de cada um de vocês mostram que vocês são realmente indignos de aceitar a obra de Deus desse tipo. Vocês são realmente indignos de deixar Deus suportar tanto sofrimento por sua causa. Deus é tão grande. Ele é tão supremo, e as pessoas são tão baixas, mesmo assim Ele opera nelas. Ele não só encarnou para prover para as pessoas, para falar às pessoas, mas até vive junto com as pessoas. Deus é tão humilde, tão amável. Se, assim que o amor de Deus é mencionado, assim que a graça de Deus é mencionada, você derrama lágrimas enquanto profere grande louvor, se você chegar a esse estado, então você tem conhecimento verdadeiro de Deus.

Extraído de ‘Somente os que se concentram na prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 550

Há um desvio na busca das pessoas hoje em dia; elas apenas buscam amar a Deus e satisfazer a Deus, mas não possuem qualquer conhecimento de Deus, e têm negligenciado dentro delas o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo. Elas não têm o fundamento do conhecimento verdadeiro de Deus. Dessa maneira, perdem entusiasmo à medida que sua experiência progride. Todos aqueles que buscam ter conhecimento verdadeiro de Deus, embora não estivessem em bons estados no passado e tendessem para a negatividade e a fraqueza, e frequentemente derramassem lágrimas, caíssem em desânimo e ficassem desapontados, e tivessem perdido a esperança, agora, à medida que ganham mais experiência, seu estado melhora. Após uma experiência de serem tratadas e quebrantadas, e terem passado por uma rodada de provação e refinamento, essas pessoas fizeram grande progresso. Os estados negativos são reduzidos, e houve alguma mudança em seu caráter de vida. À medida que passam por mais provações, seu coração começa a amar a Deus. Há uma regra para o aperfeiçoamento das pessoas feito por Deus, que diz que Ele o esclarece utilizando uma parte desejável sua para que você tenha uma senda para praticar e possa se afastar de todos os estados negativos, ajudando o seu espírito a alcançar libertação e tornando-o mais capaz de amar a Deus. Desse modo, você é capaz de se livrar do caráter corrupto de Satanás. Você fica simples e aberto, disposto a se conhecer e a colocar a verdade em prática. Deus certamente o abençoará, assim, quando você está fraco e negativo, Ele o ilumina em dobro, ajudando-o a se conhecer ainda mais, a estar mais disposto a se arrepender e a ser mais capaz de praticar as coisas que você deve praticar. Somente desse modo o seu coração pode estar em paz e calmo. Uma pessoa que normalmente presta atenção em conhecer Deus, que presta atenção em conhecer a si mesma, que presta atenção na própria prática será capaz de frequentemente receber a obra de Deus, como também Sua orientação e esclarecimento. Mesmo que tal pessoa possa estar num estado negativo, ela é capaz de reverter as coisas imediatamente, seja devido à ação da consciência ou ao esclarecimento da palavra de Deus. A mudança de caráter de uma pessoa é sempre obtida quando ela conhece o seu próprio estado atual e o caráter e a obra de Deus. Uma pessoa que está disposta a conhecer a si mesma e a se abrir será capaz de cumprir a verdade. Esse tipo de pessoa é uma pessoa que é leal a Deus, e uma pessoa que é leal a Deus possui entendimento de Deus, seja esse entendimento profundo ou superficial, escasso ou abundante. Isso é a justiça de Deus e é algo que as pessoas alcançam; é o seu próprio lucro. Uma pessoa que possui conhecimento de Deus é aquela que possui uma base, que tem visão. Esse tipo de pessoa está seguro sobre a carne de Deus, está seguro sobre a palavra de Deus e sobre a obra de Deus. Independentemente de como Deus opera ou fala ou de como outras pessoas causam distúrbio, ele consegue ficar firme e dar testemunho de Deus. Quanto mais uma pessoa é desse jeito, mais ela pode cumprir a verdade que entende. Porque está sempre praticando a palavra de Deus, ela obtém mais entendimento de Deus e possui a determinação de dar testemunho de Deus para sempre.

Extraído de ‘Somente os que se concentram na prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 551

Ter discernimento, ter submissão e ter a habilidade de ver as coisas de modo que você esteja aguçado no espírito significa que você tem as palavras de Deus iluminando e esclarecendo o seu interior assim que encontra alguma coisa. Isso é estar aguçado no espírito. Tudo que Deus faz é para o propósito de ajudar a reavivar o espírito das pessoas. Por que Deus sempre diz que as pessoas são entorpecidas e estúpidas? É porque o espírito das pessoas morreu e elas se tornaram tão entorpecidas que são completamente inconscientes das coisas do espírito. A obra de Deus é fazer que a vida das pessoas progrida e ajudar o espírito das pessoas a se tornar vivo para que elas possam enxergar as coisas do espírito e sempre ser capazes de amar a Deus em seu coração e de satisfazer a Deus. A chegada a esse estágio mostra que o espírito de uma pessoa foi reavivado, e, na próxima vez em que encontrar alguma coisa, ela poderá reagir imediatamente. Ela é responsiva aos sermões e reage rapidamente a situações. Isso é o que é alcançar um espírito aguçado. Há muitas pessoas que tem uma reação rápida a um evento externo, mas assim que a entrada na realidade ou coisas detalhadas do espírito são mencionadas, elas se tornam entorpecidas e estúpidas. Somente entendem alguma coisa se for muito óbvia. Tudo isso são sinais de ser espiritualmente entorpecido e estúpido, de ter pouca experiência com as coisas do espírito. Algumas pessoas são aguçadas de espírito e têm discernimento. Tão logo ouvem palavras que apontam o estado delas, não perdem tempo em anotá-las. Assim que ouvem palavras sobre princípios de prática, são capazes de aceitá-las e aplicá-las a suas experiências subsequentes, mudando, assim, a si mesmas. Essa é uma pessoa aguçada no espírito. Por que elas são capazes de reagir tão rapidamente? É porque se concentram nessas coisas na vida diária. Quando leem as palavras de Deus, são capazes de compará-las a seu estado e refletir sobre si mesmas. Quando ouvem uma comunicação e sermões e ouvem palavras que trazem esclarecimento e iluminação, são capazes de recebê-los imediatamente. Isso é semelhante a dar comida a uma pessoa faminta; ela é capaz de comer imediatamente. Se você dá comida para alguém que não está com fome, ele não reage tão rapidamente. Você ora a Deus com frequência, então é capaz de reagir imediatamente quando encontra alguma coisa: o que Deus exige nessa questão, e como você deve agir. Deus o guiou nessa questão da última vez; quando você encontrar esse mesmo tipo de coisa hoje, saberá naturalmente como praticar de maneira que satisfaça o coração de Deus. Se você sempre praticar dessa forma e sempre experimentar dessa forma, em algum momento, isso se tornará fácil para você. Ao ler a palavra de Deus, você sabe a que tipo de pessoa Deus está Se referindo, você sabe sobre qual tipo de condição de espírito Ele está falando, e você é capaz de apreender o ponto-chave e colocá-lo em prática; isso mostra que você é capaz de experimentar. Por que algumas pessoas são deficientes nesse aspecto? É porque não põem muito esforço no aspecto prático. Embora estejam dispostas a colocar a verdade em prática, não possuem uma percepção verdadeira dos detalhes de serviço, dos detalhes da verdade em sua vida. Ficam confusas quando alguma coisa acontece. Desse modo, você pode ser desviado quando aparecer um falso profeta ou falso apóstolo. Você deve comungar frequentemente sobre as palavras e a obra de Deus — apenas assim você será capaz de entender a verdade e desenvolver discernimento. Se não entender a verdade, você não terá discernimento. Por exemplo, o que Deus fala, como Deus opera e quais são Suas exigências às pessoas, com que tipo de pessoa você deve entrar em contato e qual tipo de pessoa você deve rejeitar — você deve comungar frequentemente sobre essas coisas. Se sempre experimentar a palavra de Deus desse modo, você entenderá a verdade e entenderá completamente muitas coisas, e também terá discernimento. O que é a disciplina pelo Espírito Santo, o que é a culpa nascida da vontade humana, o que é orientação do Espírito Santo, o que é arranjo de um ambiente, o que é a palavra de Deus iluminando por dentro? Se não estiver claro sobre essas coisas, você não terá discernimento. Você deve saber o que vem do Espírito Santo, o que é um caráter rebelde, como obedecer à palavra de Deus e como se livrar de sua rebeldia; se tiver um entendimento experiencial dessas coisas, você terá um fundamento; quando algo acontecer, você terá uma verdade apropriada com a qual compará-lo e visões adequadas como um fundamento. Você terá princípios em tudo o que fizer e será capaz de agir de acordo com a verdade. Então sua vida estará cheia do esclarecimento de Deus, cheia das bênçãos de Deus. Deus não tratará injustamente nenhuma pessoa que O busca sinceramente ou que O viva e dê testemunho Dele, e não amaldiçoará nenhuma pessoa que seja capaz de sinceramente ter sede da verdade. Se, enquanto estiver comendo e bebendo a palavra de Deus, você puder prestar atenção em conhecer seu estado verdadeiro, prestar atenção em sua prática e prestar atenção em seu entendimento, então, quando encontrar um problema, você receberá iluminação e ganhará entendimento prático. Então você terá uma senda de prática em todas as coisas e discernimento. É improvável que uma pessoa que possui a verdade seja enganada, é improvável que se comporte de modo disruptivo ou aja excessivamente. Por causa da verdade, ela é protegida, e também por causa da verdade, ela obtém mais entendimento. Por causa da verdade, ela tem mais sendas para praticar, recebe mais oportunidades para que o Espírito Santo opere nela e mais oportunidades de ser aperfeiçoada.

Extraído de ‘Somente os que se concentram na prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 552

Há critérios a serem satisfeitos se você vai ser aperfeiçoado. Através de sua resolução, perseverança, de sua consciência e sua busca, você poderá experimentar a vida e cumprir a vontade de Deus. Essa é a sua entrada, e essas coisas são o que se requer na senda para a perfeição. A obra de aperfeiçoamento pode ser realizada em todas as pessoas. Qualquer um que busque a Deus pode ser aperfeiçoado e tem a oportunidade e as qualificações para ser aperfeiçoado. Não há uma regra rígida aqui. Poder ser aperfeiçoado depende principalmente do que se persegue. As pessoas que amam a verdade e são capazes de viver a verdade certamente são capazes de serem aperfeiçoadas. Pessoas que não amam a verdade não são elogiadas por Deus; não possuem a vida que Deus exige e são incapazes de serem aperfeiçoadas. A obra de aperfeiçoamento é apenas para ganhar pessoas, e não um passo na luta contra Satanás; a obra de conquista é apenas para combater Satanás, o que significa usar a conquista do homem para derrotar Satanás. A obra de conquista é a obra principal, a mais nova obra, obra que nunca foi feita em todas as eras. Pode-se dizer que o objetivo dessa etapa da obra é, principalmente, conquistar todas as pessoas para assim derrotar Satanás. A obra de aperfeiçoar pessoas — não é uma obra nova. A quinta-essência do objetivo de toda obra durante o período em que Deus está trabalhando na carne é a conquista de pessoas. É como na Era da Graça, quando a redenção de toda a humanidade por meio da crucificação era a obra principal. “Ganhar pessoas” foi adicional ao trabalho na carne e só foi realizado após a crucificação. Quando Jesus veio e realizou Sua obra, Seu objetivo era principalmente usar a crucificação para triunfar sobre o cativeiro da morte e Hades, para triunfar sobre a influência de Satanás — isto é, derrotar Satanás. Foi só depois que Jesus foi crucificado que Pedro iniciou, um passo de cada vez, a senda da perfeição. É claro que ele estava entre aqueles que seguiram Jesus enquanto Jesus estava operando, porém não foi aperfeiçoado durante esse tempo. Ao contrário, foi depois que Jesus terminou Sua obra que Pedro gradualmente entendeu a verdade e se tornou aperfeiçoado. O Deus encarnado vem à terra somente para completar uma etapa importante e crucial da obra em um curto período de tempo, não para viver a longo prazo entre as pessoas da terra e com a intenção de aperfeiçoá-las. Ele não faz esse trabalho. Ele não espera até o momento em que o homem está completamente aperfeiçoado para concluir Sua obra. Esse não é o objetivo e o significado de Sua encarnação. Ele vem apenas para fazer a obra de curto prazo de salvar a humanidade, não para fazer a obra de longo prazo de aperfeiçoar a humanidade. A obra de salvar a humanidade é representativa, capaz de lançar uma nova era. Ela pode ser concluída num curto período de tempo. Mas aperfeiçoar a humanidade requer trazer o homem a certo nível; tal obra leva um longo tempo. É uma obra que tem de ser feita pelo Espírito de Deus, mas é feita sobre o fundamento da verdade que foi proferida durante a obra na carne. É feita também quando Ele convoca os apóstolos para realizar um trabalho pastoral de longo prazo para alcançar Seu objetivo de aperfeiçoar a humanidade. O Deus encarnado não faz essa obra. Ele só fala sobre o caminho da vida para que as pessoas entendam e só dá à humanidade a verdade, em vez de acompanhar o homem continuamente na prática da verdade, porque isso não está dentro do Seu ministério. Assim, Ele não estará acompanhando o homem até o dia em que o homem compreender completamente a verdade e obter completamente a verdade. Sua obra na carne termina quando o homem entra formalmente na trilha certa da crença em Deus, quando o homem pisa a trilha certa de ser aperfeiçoado. Isso, é claro, também será quando Ele tiver derrotado completamente Satanás e triunfado sobre o mundo. Ele não Se importa se o homem finalmente entrou na verdade nesse momento, nem Se importa se a vida do homem é grande ou pequena. Nada disso é o que Ele deveria estar administrando na carne; nada disso está dentro do ministério do Deus encarnado. Quando terminar a obra que pretendia, Ele concluirá a Sua obra na carne. Então, o trabalho que o Deus encarnado faz é somente o trabalho que o Espírito de Deus não pode fazer diretamente. Ademais, é a obra de curto prazo da salvação, não a obra de longo prazo na terra.

Extraído de ‘Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 553

Essa obra realizada entre vocês está sendo executada em vocês de acordo com a obra que precisa ser feita. Após a conquista desses indivíduos, um grupo de pessoas será aperfeiçoado. Portanto, muito da obra do presente também é em preparação para o objetivo de aperfeiçoá-los, porque há muitos que têm fome da verdade que podem ser aperfeiçoados. Se a obra de conquista fosse realizada em vocês e depois disso nenhuma obra adicional fosse realizada, então não seria o caso que alguns que anseiam pela verdade não a ganhariam? A presente obra visa abrir uma senda para aperfeiçoar as pessoas mais tarde. Embora a Minha obra seja apenas conquista, o caminho de vida do qual falei está, no entanto, em preparação para aperfeiçoar as pessoas mais tarde. A obra que vem depois da conquista está centrada no aperfeiçoamento das pessoas, e assim a conquista é feita para estabelecer um alicerce para a obra de aperfeiçoamento. O homem pode ser aperfeiçoado somente depois de ser conquistado. Agora, a tarefa principal é conquistar; mais tarde, aqueles que buscam e anseiam pela verdade serão aperfeiçoados. Ser aperfeiçoado envolve os aspectos positivos de entrada das pessoas: você tem um coração que ama a Deus? Qual tem sido a profundidade da sua experiência ao percorrer essa senda? Quão puro é o seu amor por Deus? Quão exata é a sua prática da verdade? Para ser aperfeiçoado, deve-se ter conhecimento básico de todos os aspectos da humanidade. Isso é um requisito básico. Todos aqueles que não podem ser aperfeiçoados após serem conquistados se tornam objetos de serviço e, no final, ainda serão lançados no lago de fogo e enxofre e ainda cairão no abismo sem fundo porque seu caráter não mudou e eles ainda pertencem a Satanás. Se um homem carece das qualificações para ser aperfeiçoado, então ele é inútil — é um desperdício, uma ferramenta, algo que não pode resistir à provação do fogo! Quão grande é o seu amor a Deus agora? Quão grande é a sua aversão a si mesmo? Quão profundamente você realmente conhece Satanás? Vocês reforçaram sua determinação? Sua vida na humanidade é bem regulada? Sua vida mudou? Vocês estão vivendo uma vida nova? Sua perspectiva de vida mudou? Se essas coisas não mudaram, você não pode ser aperfeiçoado mesmo se não recuar; em vez disso, você só foi conquistado. Quando for a hora de testá-lo, você carecerá da verdade, sua humanidade será anormal, e você será tão baixo quanto um animal de carga. Sua única realização foi ser conquistado — você é apenas um objeto conquistado por Mim. Assim como um burro, depois de ter experimentado o chicote do mestre, fica com medo e teme agir toda vez que vê o mestre, também você simplesmente seria um burro que foi conquistado. Se uma pessoa não tem esses aspectos positivos e é passiva e medrosa, tímida e hesitante com todas as coisas, incapaz de discernir qualquer coisa claramente, incapaz de aceitar a verdade, ainda sem uma senda para a prática, ainda mais sem um coração que ama a Deus — se uma pessoa não entende como amar a Deus, como viver uma vida significativa nem como ser uma pessoa de verdade — como essa pessoa pode dar testemunho de Deus? Isso é para mostrar que sua vida tem pouco valor e que você é apenas um burro subjugado. Você foi conquistado, mas isso significa apenas que você renunciou ao grande dragão vermelho e se recusa a se submeter ao seu império; significa que você acredita que existe um Deus, quer obedecer a todos os planos de Deus e não tem queixas. Mas nos aspectos positivos, você é capaz de viver a palavra de Deus e de manifestar a Deus? Se você não tem nada disso, significa que você não foi ganho por Deus e é apenas um burro subjugado. Não há nada desejável em você, e o Espírito Santo não está operando em você. Sua humanidade é muito deficiente, e é impossível que Deus o use. Você tem de ser aprovado por Deus e ser cem vezes melhor do que as bestas incrédulas e os mortos-vivos — somente aqueles que chegam a esse nível estão qualificados para serem aperfeiçoados. Somente se tem humanidade e tem uma consciência a pessoa é adequada para o uso de Deus. Somente após serem aperfeiçoados vocês podem ser considerados humanos. Apenas os aperfeiçoados são pessoas que vivem uma vida significativa. Somente essas pessoas podem dar testemunho ainda mais ressonante de Deus.

Extraído de ‘Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 554

Qual é a senda por meio da qual Deus aperfeiçoa o homem? Quais aspectos isso inclui? Você está disposto a ser aperfeiçoado por Deus? Você está disposto a aceitar o julgamento e castigo de Deus? O que você sabe a respeito dessas perguntas? Se você não tem conhecimento do qual falar, então, isso mostra que você ainda não conhece a obra de Deus, que não foi iluminado pelo Espírito Santo de modo algum. É impossível que tal tipo de pessoa seja aperfeiçoado. Ele só recebe uma pequena porção da graça para desfrutar por um momento, mas isso não durará por muito tempo. As pessoas não poderão ser aperfeiçoadas por Deus se apenas desfrutarem da Sua graça. Algumas ficam satisfeitas quando sua carne tem paz e alegria, quando sua vida é fácil e sem adversidades ou desventuras, quando toda a sua família vive em harmonia, sem brigas ou discussões — e podem até acreditar que isso seja a bênção de Deus. Na verdade, isso é apenas a graça de Deus. Vocês não devem se contentar simplesmente com desfrutar da graça de Deus. Tal modo de pensar é muito vulgar. Mesmo que você leia as palavras de Deus diariamente, ore todos os dias, e seu espírito sinta grande alegria e uma paz especial, se, no fim das contas, você não tiver nada a dizer do seu conhecimento de Deus e Sua obra e não experimentou nada, não importa quanto você comeu e bebeu da palavra de Deus, se você simplesmente sente paz e prazer espirituais e que a palavra de Deus tem uma doçura incomparável, como se você não pudesse desfrutá-la o bastante, mas você não tem qualquer experiência prática das palavras de Deus e carece totalmente da realidade de Suas palavras, então o que você pode ganhar desse tipo de fé em Deus? Se você não consegue viver a essência das palavras de Deus, seu comer e beber das palavras de Deus e suas orações não passam de crença religiosa. Tais pessoas não podem ser aperfeiçoadas por Deus nem ganhas por Ele. As pessoas que são ganhas por Deus são as que buscam a verdade. O que Deus ganha não é a carne do homem nem as coisas que a ele pertencem, mas a parte dentro dele que pertence a Deus. Portanto, quando Deus aperfeiçoa as pessoas, Ele não aperfeiçoa sua carne, mas seu coração, permitindo que seu coração seja ganho por Deus; isso quer dizer que Deus aperfeiçoar o homem é, em essência, Deus aperfeiçoar o coração do homem para que esse coração possa voltar-se para Deus e para que ele possa amá-Lo.

A carne do homem é mortal. Ganhar a carne do homem não serve a nenhum propósito para Deus, pois é algo que, inevitavelmente, se deteriora e não pode receber a herança ou as bênçãos de Deus. Se a carne do homem fosse ganha e somente a carne do homem estivesse nessa corrente, então, embora o homem estaria nessa corrente nominalmente, seu coração pertenceria a Satanás. Este sendo o caso, as pessoas não só seriam incapazes de se tornar a manifestação de Deus, mas também se tornariam Seu fardo, e a escolha de pessoas por Deus não teria sentido algum. Todos aqueles que Deus pretende aperfeiçoar receberão Suas bênçãos e Sua herança. Isto é, eles assimilam o que Deus tem e é, de maneira que isso se torna o que eles têm dentro de si; eles têm todas as palavras de Deus forjadas dentro de si; seja lá o que é Deus, vocês são capazes de assimilar tudo exatamente como é e assim viver a verdade. Esse é o tipo de pessoa que é aperfeiçoado por Deus e que é ganho por Deus. Somente alguém assim é elegível para receber as bênçãos concedidas por Deus:

1. Ganhar o amor de Deus por inteiro.

2. Agir de acordo com a vontade de Deus em todas as coisas.

3. Ganhar a orientação de Deus, viver na luz de Deus e ganhar a iluminação de Deus.

4. Viver na terra a imagem que Deus ama; amar a Deus verdadeiramente como Pedro, que foi crucificado para Deus e foi digno de morrer como recompensa pelo amor de Deus; ter a mesma glória como Pedro.

5. Ser amado, respeitado e admirado por todos na terra.

6. Superar cada aspecto da escravidão da morte e do Hades, sem dar oportunidade a Satanás para fazer seu trabalho, ser possuído por Deus, viver dentro de um espírito novo e vívido e não se cansar.

7. Ter um sentimento indescritível de júbilo e excitação o tempo todo ao longo da vida, como se tivesse contemplado a chegada do dia da glória de Deus.

8. Ganhar a glória juntamente com Deus e ter um semblante semelhante ao dos santos amados de Deus.

9. Tornar-se aquilo que Deus ama na terra, ou seja, o filho amado de Deus.

10. Mudar de forma, ascender ao terceiro céu com Deus e transcender a carne.

Somente os que são capazes de herdar as bênçãos de Deus são aperfeiçoados e ganhos por Deus. Você ganhou alguma coisa até agora? Até que ponto Deus o aperfeiçoou? Deus não aperfeiçoa o homem aleatoriamente; Seu aperfeiçoamento do homem é condicional e tem resultados claros e visíveis. Não é, como imagina o homem, que, enquanto ele tem fé em Deus, ele pode ser aperfeiçoado e ganho por Deus e pode receber as bênçãos e a herança de Deus na terra. Tais coisas são extremamente difíceis — sem falar de mudar a forma das pessoas. Atualmente, o que vocês deveriam buscar primeiramente é ser aperfeiçoados por Deus em todas as coisas e ser aperfeiçoados por Deus por meio de todas as pessoas, assuntos e coisas com os quais vocês se deparam, de modo que mais daquilo que Deus seja forjado em vocês. Vocês devem receber primeiro a herança de Deus na terra; somente então vocês se tornarão elegíveis para herdar mais e maiores bênçãos de Deus. Tudo isso são coisas que vocês devem buscar e as quais vocês devem compreender antes de todo o resto. Quanto mais você buscar ser aperfeiçoado por Deus em todas as coisas, mais você será capaz de ver a mão de Deus em todas as coisas, e, como resultado disso, por meio de diferentes perspectivas e diferentes questões, você buscará ativamente entrar no ser da palavra de Deus e na realidade de Sua palavra. Você não pode se contentar com tais estados passivos como meramente não cometer pecados, nem ter noções filosofia de vida e vontade humana. Deus aperfeiçoa o homem de muitas maneiras; em todas as questões jaz a possibilidade de ser aperfeiçoado, e Ele pode aperfeiçoar você não somente em termos positivos, mas também em termos negativos, para tornar mais abundante o que você ganha. Cada dia traz oportunidades para ser aperfeiçoado e ocasiões para ser ganho por Deus. Após experimentar dessa forma por um tempo, você será transformado maravilhosamente e entenderá naturalmente muitas coisas que, anteriormente, você ignorava. Não haverá necessidade de instrução por outros; sem perceber, Deus o esclarecerá, de modo que você receberá esclarecimento em todas as coisas e entrará em todas as experiências em detalhe. Deus certamente o guiará de modo que você não se desvie para a esquerda nem para a direita, e você colocará os pés na senda de ser aperfeiçoado por Ele.

Extraído de ‘Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 555

Ser aperfeiçoado por Deus não pode ser limitado ao aperfeiçoamento por meio de comer e beber a palavra de Deus. Tal experiência seria unilateral demais, incluiria muito pouco e só conseguiria restringir o homem a um escopo muito pequeno. Assim sendo, as pessoas careceriam de muito do nutrimento espiritual que necessitam. Se desejam ser aperfeiçoados por Deus, vocês devem aprender a como experimentar em todas as questões e ser capazes de ganhar esclarecimento em tudo que lhes acontece. Seja bom ou ruim, isso deveria lhe trazer benefício e não deveria fazer você se tornar negativo. Em qualquer caso, você deveria ser capaz de considerar as coisas estando firme ao lado de Deus e não analisá-las ou estudá-las a partir da perspectiva humana (isso seria um desvio em sua experiência). Se você experimentar desse modo, então seu coração se encherá com os fardos da sua vida; você viverá constantemente à luz do semblante de Deus, não se desviando facilmente em sua prática. Tais pessoas têm um futuro brilhante à frente. Existem tantas oportunidades de serem aperfeiçoados por Deus. Tudo depende de se vocês são alguém que realmente ama a Deus e se vocês possuem a determinação de ser aperfeiçoados por Deus, ser ganhos por Deus e receber Suas bênçãos e herança. Mera determinação não basta; vocês devem ter muito conhecimento, caso contrário sempre se desviarão em sua prática. Deus está disposto a aperfeiçoar cada um de vocês. Como estão as coisas agora, embora a maioria já tenha aceitado a obra de Deus há muito tempo, ela se limitou a simplesmente deliciar-se na graça de Deus e está disposta apenas a receber Dele algum conforto na carne, mas não está disposta a receber mais e maiores revelações. Isso mostra que o coração do homem ainda está sempre no exterior. Embora o trabalho do homem, seu serviço e seu coração de amor por Deus apresentem menos impurezas, no que diz respeito à sua essência interior e ao seu pensamento retrógrado, o homem ainda busca constantemente a paz e os prazeres da carne e não se importa com quais possam ser as condições e os propósitos do aperfeiçoamento do homem por Deus. E assim a vida da maioria das pessoas ainda é vulgar e decadente. Sua vida não mudou nem um pouco; elas simplesmente não consideram a fé em Deus uma questão importante; é como se elas tivessem fé apenas pelo bem dos outros, agindo sem se envolver e sobrevivendo sem cuidado, à deriva em uma existência sem propósito. Poucos são aqueles que buscam entrar na palavra de Deus em todas as coisas, ganhando mais coisas mais ricas, tornando-se pessoas de riqueza maior na casa de Deus hoje e recebendo mais das bênçãos de Deus. Se você busca ser aperfeiçoado por Deus em todas as coisas e é capaz de receber o que Deus prometeu na terra, se você busca ser iluminado por Deus em tudo e não deixa que os anos passem ociosamente, essa é a senda ideal para entrar ativamente. Somente desse modo você se tornará digno e elegível para ser aperfeiçoado por Deus. Você é verdadeiramente alguém que busca ser aperfeiçoado por Deus? Você é verdadeiramente alguém que é sincero em todas as coisas? Você tem o mesmo espírito de amor por Deus como Pedro? Você tem a disposição de amar a Deus assim como Jesus O amou? Você teve fé em Jesus por muitos anos; você viu como Jesus amou a Deus? É realmente em Jesus que você crê? Você crê no Deus prático de hoje; você viu como o Deus prático na carne ama o Deus no céu? Você tem fé no Senhor Jesus Cristo; isso é porque a crucificação de Jesus para redimir a humanidade e os milagres operados por Ele são fatos geralmente aceitos. Contudo, a fé do homem não vem do conhecimento e da verdadeira compreensão de Jesus Cristo. Você crê somente no nome de Jesus, mas não crê em Seu Espírito, pois não dá nenhuma atenção a como Jesus amou a Deus. Sua fé em Deus é muito ingênua. Embora tenha acreditado em Jesus por muitos anos, você não sabe como amar a Deus. Isso não o torna o maior tolo do mundo? Isso é prova de que, há anos, você vem comendo o alimento do Senhor Jesus Cristo em vão. Não somente Eu detesto tais pessoas, como também confio que o Senhor Jesus Cristo — a quem você venera — também as detestaria. Como podem tais pessoas ser aperfeiçoadas? Você não está vermelho de tanta vergonha? Não se sente envergonhado? Você ainda tem a ousadia de encarar seu Senhor Jesus Cristo? Vocês todos compreendem o significado do que Eu disse?

Extraído de ‘Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: Entrada na vida 4

Próximo: Entrada na vida 6

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

O mistério da encarnação (4)

Vocês deveriam saber da história por trás da Bíblia e de sua criação. Esse conhecimento não pertence àqueles que não aceitaram a nova obra...

A senda… (1)

Durante seu tempo de vida, ninguém sabe que tipo de reveses irá encontrar, nem a que tipo de refinamento estará sujeito. Para alguns, é em...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro