Entrada na vida 4

Palavras diárias de Deus Trecho 483

Por que você crê em Deus? A maioria das pessoas fica confundida com essa pergunta. Elas sempre têm dois pontos de vista completamente diferentes sobre o Deus prático e o Deus no Céu, o que mostra que acreditam em Deus, não para Lhe obedecer, mas para receber certos benefícios ou para escapar do sofrimento de um desastre. Somente então elas obedecem até certo ponto, porém a sua obediência é condicional, é para o bem das suas próprias perspectivas pessoais e lhes é forçada. Então, por que você crê em Deus? Se for somente para o bem de suas próprias perspectivas, seu destino, então é melhor não crer. Tal espécie de crença é para engano próprio, autoafirmação e valorização pessoal. Se sua fé não está edificada sobre a fundação da obediência a Deus, então você será punido no final das contas como resultado de sua oposição a Deus. Todos os que não buscam obediência a Deus em sua fé, se opõem a Deus. Deus pede que as pessoas busquem a verdade, que tenham sede de Suas palavras, que comam e bebam as Palavras de Deus e as coloquem em prática, para que alcancem a obediência a Deus. Se suas motivações forem verdadeiramente assim, então Deus certamente o levantará e será gracioso para com você. Ninguém pode duvidar disso e ninguém pode mudar isso. Se suas motivações não forem por causa de sua obediência a Deus e você tem outros objetivos, tudo que você diz e faz — suas orações diante de Deus, até mesmo cada uma de suas ações — serão contrárias a Deus. Você pode ter uma fala mansa e ser moderado, cada ato e expressão podem parecer corretos, você pode parecer uma pessoa que obedece, mas quando se trata de suas motivações e seus pontos de vista sobre fé em Deus, tudo que você faz é em oposição a Deus e maligno. As pessoas que aparentam ser obedientes como ovelhas, mas em seu coração abrigam más intenções, são lobos em pele de ovelhas, ofendem diretamente a Deus e Deus não poupará nenhuma delas. O Espírito Santo revelará cada uma delas, para que todos vejam que todos os que forem hipócritas certamente serão detestados e rejeitados pelo Espírito Santo. Não se preocupe: Deus lidará e resolverá cada uma delas a sua vez.

Extraído de ‘Em sua fé em Deus você deve obedecer a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 484

Se você é incapaz de aceitar a nova luz de Deus, não consegue entender tudo que Deus está fazendo hoje, e não o busca ou, em vez disso, o duvida, julga, examina e analisa, então você não tem intenção de obedecer a Deus. Se, quando a luz do aqui e agora aparecer, você ainda der valor à luz de ontem e se opuser à nova obra de Deus, então você nada mais é que uma pessoa insensata — você é um dos que deliberadamente se opõem a Deus. A chave para obediência a Deus é compreender a nova luz e poder aceitá-la e colocá-la em prática. Somente isso é a verdadeira obediência. Aqueles que não têm o desejo de ter sede de Deus são incapazes de estar dispostos a obedecer a Deus e só podem opor-se a Deus por causa de sua satisfação com o status quo. O fato de o homem não poder obedecer a Deus é devido a estar possuído pelas coisas que vieram antes. As coisas que vieram antes deram às pessoas todo tipo de conceitos e ilusões sobre Deus e se tornaram a imagem de Deus em sua mente. Portanto, elas creem em seus próprios conceitos e padrões de sua própria imaginação. Se você comparar o Deus que faz a obra verdadeira hoje com o Deus de sua própria imaginação, então sua fé vem de Satanás e está de acordo com suas próprias preferências — e Deus não quer esse tipo de fé. Independentemente de quão elevadas sejam suas credenciais ou de sua dedicação — mesmo que tenham dedicado uma vida inteira de esforços à Sua obra e tenham se martirizado — Deus não aprova ninguém com uma fé igual a essa. Ele meramente lhes dá um pouco da graça e lhes permite desfrutá-la por um tempo. Pessoas assim são incapazes de colocar a verdade em prática, o Espírito Santo não opera dentro delas e Deus eliminará cada uma à sua vez. Independentemente se serem velhos ou jovens, aqueles que não obedecem a Deus na sua fé e têm as motivações erradas são os que se opõem e interrompem e tais pessoas serão indubitavelmente eliminadas por Deus. Aqueles que não têm o mínimo de obediência a Deus, que meramente reconhecem o nome de Deus e têm alguma percepção do carinho e da amabilidade de Deus, porém não mantêm o ritmo dos passos do Espírito Santo e não obedecem a obra atual e as palavras do Espírito Santo — tais pessoas vivem em meio à graça de Deus e não serão ganhos e aperfeiçoados por Deus. Deus aperfeiçoa as pessoas por meio da sua obediência, por meio do seu comer, beber e desfrutar as palavras de Deus e através do sofrimento e refinamento em sua vida. Somente através de uma fé semelhante a essa, o caráter das pessoas poderá mudar; somente assim elas poderão possuir o verdadeiro conhecimento de Deus. Não estar satisfeito com viver em meio às graças de Deus, ativamente ansiar e buscar a verdade, e buscar ser ganho por Deus — isso é o que significa conscientemente obedecer a Deus; esse é precisamente o tipo de fé que Deus quer. Pessoas que não fazem mais nada além de desfrutar da graça de Deus não podem ser aperfeiçoadas ou transformadas e sua obediência, piedade, amor e paciência são todos superficiais. Aqueles que somente desfrutam a graça de Deus não podem verdadeiramente conhecer a Deus, e mesmo quando O conhecem, seu conhecimento é superficial e eles dizem coisas como “Deus ama o homem” ou “Deus é compassivo para com o homem”. Isso não representa a vida do homem e não mostra que as pessoas realmente conhecem a Deus. Se, quando as palavras de Deus as refinam ou quando Suas provações caem sobre elas, são incapazes de obedecer a Deus — se, em vez disso, elas se tornam duvidosas e caem — então não são nem um pouco obedientes. Dentro delas, existem muitas regras e restrições sobre a fé em Deus, experiências antigas que são o resultado de muitos anos de fé ou de várias doutrinas baseadas na Bíblia. Poderiam tais pessoas obedecer a Deus? Essas pessoas são cheias de coisas humanas — como podem obedecer a Deus? Elas obedecem de acordo com suas preferências pessoais — será que Deus deseja obediência como essa? Isso não é obedecer a Deus, mas obedecer a doutrina, e satisfazer e consolar a si mesmo. Se você diz que isso é obediência a Deus, não está blasfemando contra Ele? Você é um faraó egípcio. Você comete o mal e se engaja especificamente no trabalho de oposição a Deus — é assim que Deus quer que você sirva? É melhor você se apressar e se arrepender e ser mais consciente. Caso contrário, seria melhor você ir para casa: isso lhe traria mais benefício do que o seu serviço a Deus, você não incomodaria nem interromperia, saberia qual é o seu lugar e viveria bem — não seria melhor? Dessa forma você evitaria opor-se a Deus e ser punido!

Extraído de ‘Em sua fé em Deus você deve obedecer a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 485

A obra do Espírito Santo muda dia a dia, elevando-se mais a cada passo; a revelação de amanhã é ainda mais elevada que a de hoje, passo a passo escalando cada vez mais alto. Essa é a obra pela qual Deus aperfeiçoa o homem. Se o homem não conseguir manter o ritmo, ele poderá ser deixado para trás a qualquer momento. Se não tiver um coração obediente, ele não conseguirá prosseguir até o fim. A era anterior passou; esta é uma nova era. E, em uma nova era, uma nova obra precisa ser feita. Especialmente na era final, em que o homem será aperfeiçoado, Deus realizará uma nova obra cada vez mais rápido. Portanto, sem obediência em seu coração, o homem terá dificuldade em seguir os passos de Deus. Deus não acata nenhuma regra, nem trata nenhuma etapa de Sua obra como imutável. Em vez disso, a obra que Ele faz é sempre mais nova e mais elevada. Sua obra se torna cada vez mais prática a cada passo, cada vez mais de acordo com as reais necessidades do homem. Só depois que o homem experimentar esse tipo de obra, é que ele poderá alcançar a transformação final de seu caráter. O conhecimento da vida pelo homem atinge níveis cada vez mais elevados, e assim também a obra de Deus atinge níveis mais elevados. Somente dessa maneira o homem pode ser aperfeiçoado e se tornar apto para o uso de Deus. Deus opera dessa maneira, por um lado, para contrariar e inverter as noções do homem e, por outro, para levá-lo a um estado mais elevado e realista, no mais alto domínio da crença em Deus, de modo que, no final, a vontade de Deus possa ser feita. Todos os que têm uma natureza desobediente, e que se opõem deliberadamente, serão deixados para trás nessa etapa do rápido e furioso avanço da obra de Deus; somente aqueles que obedeçam voluntariamente e que alegremente se humilhem podem progredir até o fim da estrada. Nesse tipo de obra, todos vocês precisam aprender como se submeter e como deixar de lado suas noções. Vocês precisam ser cautelosos em cada passo que dão. Se alguém for descuidado, certamente se tornará alguém rejeitado pelo Espírito Santo, alguém que atrapalha Deus em Sua obra. Antes de vivenciar essa etapa da obra, as antigas regras e leis do homem eram tão inumeráveis que ele se deixou levar e, como resultado, ele se tornou orgulhoso e se esqueceu de si. Todos esses são obstáculos que impedem o homem de aceitar a nova obra de Deus; eles se tornam adversários a que o homem venha a conhecer Deus. Se um homem não tem obediência em seu coração nem anseio pela verdade, ele estará em perigo. Se você se submete apenas à obra e às palavras simples e é incapaz de aceitar as de uma intensidade mais profunda, então, você é alguém que se apega aos caminhos antigos e não consegue acompanhar a obra do Espírito Santo.

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 486

A obra feita por Deus difere em cada período. Se você demonstrar obediência em uma fase e, na próxima, demonstra pouca ou nenhuma obediência, então Deus abandonará você. Se você acompanha Deus enquanto Ele galga essa etapa, então precisa continuar a acompanhá-Lo quando Ele galgar a próxima. Só então você será uma pessoa obediente ao Espírito Santo. Como você acredita em Deus, precisa permanecer constante em sua obediência. Você não pode simplesmente obedecer quando está disposto e desobedecer quando não está. Esse tipo de obediência não tem a aprovação de Deus. Se você não consegue acompanhar a nova obra que Eu comunico, e continua a se apegar aos dizeres antigos, como pode haver progresso em sua vida? A obra de Deus é suprir para você por meio de Suas palavras. Quando você obedecer e aceitar as palavras Dele, então o Espírito Santo seguramente operará em você. O Espírito Santo opera exatamente da maneira que Eu digo. Faça como Eu disse, e o Espírito Santo prontamente operará em você. Eu libero uma nova luz para vocês verem e para trazer vocês para a luz do tempo presente. Quando você andar nessa luz, o Espírito Santo irá imediatamente operar em você. Há alguns que podem ser recalcitrantes, dizendo: “Eu simplesmente não vou cumprir o que Você diz”. Então, digo-lhe que você, agora, chegou ao fim da estrada; está seco e não tem mais vida. Portanto, ao experimentar a transformação de seu caráter, é crucial acompanhar a luz presente. O Espírito Santo não somente opera em certos homens que são usados por Deus, mas ainda mais na igreja. Ele poderia operar em qualquer um. Ele pode operar em você no presente, e quando você o tiver experimentado, Ele pode operar em outra pessoa em seguida. Apresse-se a seguir. Quanto mais de perto você seguir a luz atual, mais sua vida poderá crescer. Não importa o tipo de homem que ele seja; desde que o Espírito Santo opere nele, certifique-se de seguir. Assimile as experiências dele por meio das suas próprias experiências e você receberá coisas ainda mais elevadas. Ao fazer isso, você avançará mais rápido. Essa é a senda da perfeição para o homem e o caminho pelo qual a vida cresce. A senda para tornar-se aperfeiçoado é alcançado por meio de sua obediência à obra do Espírito Santo. Você não sabe por meio de que tipo de pessoa Deus operará para aperfeiçoar você, nem por meio de que pessoa, ocorrência ou coisa Ele capacitará você para entrar na posse, para ganhar alguma percepção. Se você conseguir andar nessa trilha correta, isso mostra que há uma grande esperança de você ser aperfeiçoado por Deus. Se você não conseguir fazer isso demonstra que seu futuro é sombrio e desprovido de luz. Uma vez que você entre na trilha correta, você obterá revelação em todas as coisas. Não importa o que o Espírito Santo possa revelar aos outros; se você prosseguir com base nos conhecimentos deles para experimentar as coisas por conta própria, então essa experiência se tornará parte de sua vida e você poderá suprir os outros a partir dessa experiência. Quem supre os outros papagueando as palavras é alguém que não teve experiências. Você precisa aprender a encontrar, por meio do esclarecimento e da iluminação dos outros, um caminho de prática antes de poder começar a falar de sua própria experiência e conhecimento reais. Isso será de maior benefício para sua própria vida. Você precisa experimentar dessa maneira, obedecendo a tudo o que vem de Deus. Você precisa buscar a vontade de Deus em todas as coisas e estudar as lições em todas as coisas, para que sua vida possa crescer. Esse tipo de prática permite o progresso mais rápido.

O Espírito Santo ilumina você por meio de suas experiências práticas e o aperfeiçoa por meio de sua fé. Você realmente está disposto a ser aperfeiçoado? Se estiver realmente disposto a ser aperfeiçoado por Deus, então terá coragem de pôr de lado sua carne, e será capaz de cumprir as palavras de Deus, não sendo passivo nem fraco. Conseguirá obedecer a tudo o que vem de Deus, e todas as suas ações, em público ou em particular, serão apresentáveis a Deus. Se você é uma pessoa honesta e pratica a verdade em todas as coisas, então você será aperfeiçoado. As pessoas enganadoras, que agem de um modo na frente dos outros e de outro modo pelas costas, não estão dispostas a serem aperfeiçoadas. São todas filhas da perdição e da destruição. Pertencem não a Deus, mas a Satanás. Não são o tipo de homem escolhido por Deus! Se suas ações e comportamento não podem ser apresentados diante de Deus ou observado pelo Espírito de Deus, isso é prova de que há algo errado com você. Somente se você aceitar o julgamento e o castigo de Deus, e der importância à transformação do seu caráter, é que você poderá entrar na senda para ser aperfeiçoado. Se você está realmente disposto a ser aperfeiçoado por Deus e a fazer a vontade Dele, então deve obedecer a toda a obra de Deus, sem expressar uma única palavra de queixa, sem presumir que avalia ou julga a obra de Deus. Estes são os requisitos mínimos para ser aperfeiçoado por Deus. O requisito necessário para aqueles que procuram ser aperfeiçoados por Deus é este: fazer tudo com um coração que ama a Deus. O que significa “fazer as coisas com um coração que ama a Deus”? Significa que todas as suas ações e comportamento podem ser apresentados diante de Deus. Ao manter as intenções corretas, se suas ações estiverem certas ou erradas, você não terá medo de que sejam mostradas a Deus ou a seus irmãos e irmãs; você ousa fazer um voto perante Deus. Você deve apresentar cada uma de suas intenções, pensamentos e ideias diante de Deus para Seu escrutínio; se você praticar e entrar dessa maneira, então, o progresso em sua vida será rápido.

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 487

Já que você acredita em Deus, então deve pôr fé em todas as palavras de Deus e em toda a Sua obra. Ou seja, já que você acredita em Deus, você precisa obedecer-Lhe. Se você não conseguir fazer isso, então não faz diferença se você acredita em Deus. Se você tem acreditado em Deus por muitos anos e, no entanto, nunca Lhe obedeceu nem aceitou todas as Suas palavras, mas, em vez disso, pediu a Deus que Se submetesse a você e agisse de acordo com as suas noções, então você é a mais rebelde das pessoas e é um incrédulo. Como alguém assim conseguirá obedecer à obra e às palavras de Deus que não estão em conformidade com as noções do homem? A pessoa mais rebelde é aquela que intencionalmente desafia Deus e resiste a Ele. É inimiga de Deus e é o anticristo. Tal pessoa tem constantemente uma atitude hostil em relação à nova obra de Deus, nunca demonstrou a menor intenção de se submeter, e nunca se submeteu ou humilhou a si mesma. Ela se exalta diante dos outros e nunca se submete a ninguém. Diante de Deus, ela se considera a mais proficiente em pregar a palavra e a mais hábil em trabalhar com os outros. Não descarta os “tesouros” já em sua posse, mas trata-os como heranças familiares para adoração, para pregar aos outros, e os utiliza para ensinar a esses tolos que a idolatram. Há, de fato, um certo número de pessoas assim na igreja. Pode-se dizer que são “heróis indomáveis”, que permanecem na casa de Deus, geração após geração. Elas tomam a pregação da palavra (doutrina) como seu dever mais elevado. Ano após ano, geração após geração, vão vigorosamente impondo seu dever “sagrado e inviolável”. Ninguém ousa tocá-los e nenhuma pessoa se atreve a reprová-los abertamente. Elas se tornam “reis” na casa de Deus, correndo desenfreados enquanto tiranizam os outros, de geração em geração. Esse bando de demônios procura unir esforços e demolir a Minha obra. Como posso permitir que esses demônios vivos existam diante de Meus olhos? Até aqueles com apenas meia obediência não conseguem caminhar até o fim, quanto menos esses tiranos sem a menor obediência no coração! A obra de Deus não é facilmente ganha pelo homem. Mesmo que o homem use todas as suas forças, ele ganhará apenas uma mera porção e atingirá a perfeição no final. O que dizer então dos filhos do arcanjo que procuram destruir a obra de Deus? Eles não têm ainda menos esperança de serem ganhos por Deus? O Meu propósito ao fazer a obra da conquista não é apenas conquistar por causa da conquista, mas conquistar para revelar a justiça e a iniquidade, obter prova para a punição do homem, condenar os ímpios e, ainda mais, conquistar tendo em vista o aperfeiçoamento daqueles que obedecem voluntariamente. No final, todos serão separados de acordo com sua espécie, e todos os que são aperfeiçoados terão seus pensamentos e ideias cheios de obediência. Essa é a obra a ser concluída no final. Mas aqueles que estão cheios de caminhos rebeldes serão punidos, enviados para queimar no fogo e se tornarão objeto de maldição eterna. Quando chegar esse momento, esses “heróis grandiosos e indomáveis” de tempos passados se tornarão os mais baixos e rejeitados “covardes, fracos e impotentes”. Somente isso pode ilustrar todos os aspectos da justiça de Deus e revelar Seu caráter, que não admite ofensa do homem. Só isso pode apaziguar o ódio no Meu coração. Vocês não concordam que isso é completamente razoável?

Nem todos os que experimentam a obra do Espírito Santo podem ganhar a vida, e nem todas as pessoas nesta corrente podem ganhar a vida. A vida não é uma propriedade comum compartilhada por toda a humanidade, e a transformação do caráter não é algo facilmente alcançado por todos. A submissão à obra de Deus deve ser tangível e vivida. A submissão em um nível superficial não pode receber a aprovação de Deus, e apenas obedecer aos aspectos superficiais da palavra de Deus, sem buscar uma transformação do próprio caráter, não poderá agradar o coração de Deus. A obediência a Deus e a submissão à obra de Deus são uma e a mesma coisa. Aqueles que se submetem somente a Deus, mas não à Sua obra, não podem ser considerados obedientes, e menos ainda os que não se submetem verdadeiramente, mas são externamente bajuladores. Aqueles que realmente se submetem a Deus são todos capazes de ganhar com a obra e alcançar a compreensão do caráter e da obra de Deus. Somente esses homens se submetem verdadeiramente a Deus. Tais homens conseguem ganhar novo conhecimento da nova obra e experimentam novas mudanças a partir delas. Somente esses homens têm a aprovação de Deus. Somente esse tipo de homem é aperfeiçoado: aquele que sofreu a transformação de seu caráter. Os que recebem a aprovação de Deus são aqueles que se submetem com prazer a Deus, à Sua palavra e à Sua obra. Somente esse tipo de homem está correto. Somente esse tipo de homem deseja Deus sinceramente e busca Deus sinceramente. Quanto àqueles que apenas falam de sua fé em Deus com a boca, mas na realidade O amaldiçoam, esses são homens que se mascaram, que carregam o veneno das cobras, os mais traiçoeiros dos homens. Mais cedo ou mais tarde, esses canalhas terão suas abomináveis máscaras arrancadas. Essa não é a obra que está sendo feita hoje? Os homens ímpios sempre serão perversos e não escaparão do dia da punição. Os homens bons sempre serão bons e serão revelados quando a obra chegar ao fim. Nenhum dos ímpios será considerado justo, nem nenhum dos justos será considerado perverso. Eu permitiria que algum homem fosse injustamente acusado?

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 488

À medida que sua vida avança, você sempre deve ter uma nova entrada e uma percepção nova e mais elevada, que se torna mais profunda a cada passo. É nisso que toda a humanidade deveria entrar. Por meio da comunhão, ouvindo uma mensagem, lendo a Palavra de Deus, lidando com uma questão, você ganhará uma nova percepção e nova iluminação. E você não vive dentro das regras dos velhos e antigos tempos. Você sempre vive dentro da nova luz, e não se afasta da Palavra de Deus. Isso é que se chama entrar na trilha correta. Não bastará apenas pagar o preço num nível superficial. Dia a dia, a Palavra de Deus entra num reino mais elevado e coisas novas aparecem diariamente. Também é necessário que o homem faça uma nova entrada todos os dias. À medida que Deus fala, Ele realiza tudo o que Ele falou. Se você não conseguir manter o ritmo, ficará para trás. Você deve se aprofundar em suas orações; comer e beber mais da palavra de Deus não pode ser intermitente. Aprofunde o esclarecimento e iluminação que recebe, e suas noções e imaginações devem diminuir gradualmente. Você também deve fortalecer seu julgamento e, o que quer que você encontre, você deve ter seus próprios pensamentos sobre isso e ter os seus próprios pontos de vista. Por entender algumas coisas no espírito, você deve ganhar percepção das coisas externas e compreender o cerne de qualquer questão. Se você não está equipado com essas coisas, como poderá liderar a igreja? Se você apenas fala de letras e doutrinas sem nenhuma realidade e sem um caminho de prática, você só poderá sobreviver por um curto período de tempo. Pode ser ligeiramente aceitável ao falar com novos crentes, mas depois de um tempo, quando os novos crentes tiverem tido alguma experiência real, então, você não conseguirá mais supri-los. Então, como você fica apto para Deus usar você? Sem nova iluminação, você não pode trabalhar. Aqueles que não possuem a nova iluminação são os que não sabem como experimentar, e esses homens não ganham nunca novos conhecimentos ou novas experiências. E, no que diz respeito a suprir a vida, eles nunca podem desempenhar sua função, nem podem se tornar aptos para o uso por Deus. Esse tipo de homem não serve para nada; é uma pessoa inútil. Na verdade, esses homens são totalmente incapazes de desempenhar sua função no trabalho e não servem para nada. Não só falham em desempenhar sua função, mas na realidade colocam muita tensão desnecessária na igreja. Exorto esses “veneráveis anciãos” a se apressarem e deixarem a igreja para que os outros não tenham que olhar para você. Tais homens não entendem a nova obra, mas estão cheios de noções intermináveis. Eles não servem função alguma na igreja. Em vez disso, fazem maldades e espalham negatividade em todos os lugares, ao ponto de se engajar em todo tipo de má conduta e perturbação na igreja e, assim, lançam em confusão e desordem os que têm falta de discernimento. Esses diabos vivos, esses espíritos malignos deveriam deixar a igreja o mais rápido possível, para que a igreja não seja destruída por sua causa. Você pode não temer a obra atual, mas você não teme a punição justa de amanhã? Há um grande número de pessoas na igreja que são parasitas, bem como um grande número de lobos que procuram interromper a obra normal de Deus. Todas essas coisas são demônios enviados pelo demônio rei, lobos cruéis que procuram devorar os cordeiros incautos. Se esses chamados homens não forem expulsos, tornam-se parasitas na igreja e traças que devoram as ofertas. Esses vermes desprezíveis, ignorantes, vis e repulsivos serão punidos um dia!

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 489

Ter conhecimento da praticidade e ser capaz de ver claramente a obra de Deus — tudo isso é visto em Suas palavras. É somente nas palavras de Deus que você pode obter esclarecimento, então você deve se equipar mais com as Suas palavras. Compartilhe seu entendimento das palavras de Deus em comunhão, e por meio de sua comunicação outros podem obter esclarecimento e isso pode levar as pessoas à senda — essa senda é prática. Antes de Deus preparar um ambiente para você, cada um de vocês precisa primeiro se equipar com Suas palavras. Isso é algo que todos devem fazer — trata-se de uma prioridade urgente. A primeira coisa a fazer é ser capaz de comer e beber as Suas palavras. Para as coisas que você é incapaz de fazer, busque uma senda de prática a partir das Suas palavras e procure em Suas palavras quaisquer assuntos que você não entenda ou quaisquer dificuldades que tenha. Faça das palavras de Deus a sua provisão, permita que elas o ajudem a resolver dificuldades e problemas práticos, e permita que as Suas palavras se tornem seu auxílio na vida — isto requer esforço de sua parte. Os resultados têm que ser atingidos pelo comer e beber a palavra de Deus. Você precisa ser capaz de aquietar seu coração perante Ele e de praticar conforme as Suas palavras quando encontrar problemas. Quando você não encontrou nenhum problema, simplesmente coma e beba. Às vezes, você pode orar e pensar no amor de Deus, ter comunhão sobre seu entendimento de Suas palavras, e ter comunhão sobre o esclarecimento e a iluminação que experimenta no interior e a reação que você tem quando as lê, e você pode liderar as pessoas à senda — isso é prática. O objetivo de fazer isso é permitir que as palavras de Deus se tornem sua provisão prática.

No curso de um dia, quantas horas você passa verdadeiramente perante Deus? Quanto de seu dia é dedicado a Deus? Quanto é dedicado à carne? Ter um coração sempre voltado para Deus é o primeiro passo na trilha certa para ser aperfeiçoado por Deus. Você pode devotar seu coração, seu corpo e todo o seu amor genuíno a Deus, colocá-los diante Dele, ser completamente obediente a Ele e ser absolutamente atento à Sua vontade. Não pela carne, não pela família e não pelos seus desejos pessoais, mas pelos interesses da casa de Deus. Em tudo você pode considerar a palavra de Deus como o princípio, como a base. Assim, suas intenções e suas perspectivas estarão todas no lugar certo e você será alguém que ganha o louvor de Deus perante Ele. As pessoas de quem Deus gosta são aquelas que são absolutamente voltadas para Ele, pessoas que são devotadas a Ele e a nenhum outro. As pessoas a quem Ele abomina são aquelas que têm o coração dividido em relação a Ele e que se rebelam contra Ele. Ele abomina aqueles que acreditam Nele e sempre querem desfrutar Dele, mas não conseguem se despender completamente por Ele. Ele abomina aqueles que dizem que O amam, mas que se rebelam contra Ele em seu coração. Ele abomina aqueles que usam palavras rebuscadas para envolver-se em engano. Aqueles que não têm dedicação genuína a Deus ou obediência genuína a Ele são traiçoeiros; são naturalmente arrogantes demais. Aqueles que não conseguem ser genuinamente obedientes perante o Deus normal e prático são ainda mais arrogantes e são, em particular, a zelosa progenitura do arcanjo. Aqueles que verdadeiramente se expendem por Deus colocam todo o seu ser perante Ele. Eles obedecem genuinamente a todas as Suas declarações e são capazes de colocar as Suas palavras em prática. Eles fazem das palavras de Deus a base de sua existência e são capazes de buscar genuinamente as porções de prática na palavra de Deus. Esse é alguém que realmente vive perante Deus. Se o que você faz é benéfico para sua vida e, por meio do comer e beber as Suas palavras, você pode suprir suas inadequações e necessidades interiores de forma que seu caráter de vida seja transformado, então isso satisfará a vontade de Deus. Se você age de acordo com os requisitos de Deus e se não satisfaz a carne, mas sim a Sua vontade, isso é entrar na realidade de Suas palavras. Falar de entrar mais realisticamente na realidade das palavras de Deus significa que você pode fazer o seu dever e satisfazer os requisitos de Deus. Somente esses tipos de ações práticas podem ser chamados de entrar na realidade de Suas palavras. Se é capaz de entrar nessa realidade, então você tem a verdade. Isso é o começo da entrada na realidade; você precisa primeiro cumprir esse treinamento e somente depois disso poderá entrar em realidades mais profundas. Pense em como guardar os mandamentos e como ser leal perante Deus. Não pense sempre em quando será capaz de entrar no reino — se seu caráter não mudar, o que quer que você pense será inútil! Para entrar na realidade das palavras de Deus, você precisa primeiro ser capaz de tornar suas ideias e pensamentos todos para Deus — essa é a necessidade mais básica.

Extraído de ‘Os que realmente amam a Deus são os que podem se submeter absolutamente à Sua praticidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 490

Há muitas pessoas que estão atualmente em meio a provações; elas não entendem a obra de Deus. Mas Eu lhe digo — se você não a entende, é bom não tecer julgamentos sobre ela. Talvez haja um dia em que a verdade toda virá à luz e então você a saberá. Não tecer julgamentos lhe seria benéfico, mas você não pode simplesmente esperar de forma passiva. Você precisa buscar a entrada ativamente — somente essa é uma pessoa que tem entrada prática. Por causa de sua rebelião, as pessoas estão sempre desenvolvendo noções sobre o Deus prático. Isso requer que todas as pessoas aprendam a ser obedientes, porque o Deus prático é uma provação enorme para a humanidade. Se você não consegue permanecer firme, então tudo está acabado; se você não tem entendimento da praticidade do Deus prático, não poderá ser aperfeiçoado por Ele. Uma etapa crucial para alguém poder ser ou não aperfeiçoado é entender a praticidade de Deus. A praticidade do Deus encarnado vindo à terra é uma provação para todos. Se você consegue permanecer firme nesse aspecto, então você é alguém que conhece a Deus e que realmente O ama. Se você não consegue permanecer firme nesse aspecto, se só acredita no Espírito e não consegue ter fé na praticidade de Deus, então, não importa quão grande seja a sua fé em Deus, ela é inútil. Se você não pode crer no Deus visível, pode crer no Espírito de Deus? Você não está tentando enganar a Deus? Você não é obediente ao Deus visível e tangível, então é capaz de obedecer ao Espírito? O Espírito é invisível e intangível, então quando você diz que se submete ao Espírito de Deus, você não está só falando algo absurdo? A chave para obedecer aos mandamentos é ter um entendimento do Deus prático. Uma vez que tenha um entendimento do Deus prático, você será capaz de obedecer aos mandamentos. Obedecer aos mandamentos inclui dois componentes: um é manter uma fé firme na essência do Seu Espírito e, diante do Espírito, ser capaz de aceitar que o Espírito o examine; o outro é ser capaz de ter um entendimento genuíno da carne encarnada e alcançar submissão genuína. Quer seja perante a carne ou perante o Espírito, deve-se sempre manter um coração de obediência e temor a Deus. Somente esse tipo de pessoa está qualificada a ser aperfeiçoada. Se você tem um entendimento da praticidade do Deus prático — isto é, se você permaneceu firme nessa provação — então nada será demasiado para você.

Algumas pessoas dizem: “É fácil obedecer aos mandamentos. Você só precisa chegar perante Deus, falar franca e devotamente sem gesticular, e isso é obedecer aos mandamentos”. É assim? Então, se você fizer algumas poucas coisas às costas de Deus que são resistentes a Deus, isso conta como obedecer aos mandamentos? Vocês precisam entender plenamente a questão de obedecer aos mandamentos. Isso está ligado a você entender ou não o Deus prático; se você tem um entendimento da praticidade e não tropeça e cai nessa prova, isso conta como um testemunho forte de sua parte. Dar um testemunho contundente de Deus está principalmente relacionado a você ter ou não um entendimento do Deus prático, e a você ser ou não capaz de obedecer em frente a essa pessoa que não é apenas comum, mas normal, e ainda obedecer até a morte. Se você realmente dá testemunho de Deus por meio dessa obediência, isso significa que você foi adquirido por Deus. Ser capaz de obedecer até a morte e não ter reclamações perante Ele, sem fazer julgamentos, sem difamação, sem ter noções e sem ter qualquer outra intenção — assim Deus obterá glória. A obediência perante uma pessoa comum que é menosprezada pelo homem e ser capaz de obedecer até a morte sem quaisquer noções — isso é testemunho verdadeiro. A realidade na qual Deus requer que as pessoas entrem é que você seja capaz de obedecer às Suas palavras, capaz de colocar as Suas palavras em prática, capaz de se curvar perante o Deus prático e de conhecer sua própria corrupção, capaz de abrir seu coração perante Ele e no final ser ganho por Ele por meio dessas palavras Dele. Deus ganha glória quando essas palavras conquistam você e o tornam totalmente obediente a Ele; por meio disso Ele envergonha Satanás e completa a Sua obra. Quando você não tem quaisquer noções da praticidade do Deus encarnado, isto é, quando você permanece firme nessa prova, então dá bom testemunho. Se houver um dia em que você tenha pleno entendimento do Deus prático e possa obedecer até a morte como Pedro, você será ganho por Deus, e aperfeiçoado por Ele. O que Deus faz que não está em conformidade com suas noções é uma prova para você. Se estivesse em conformidade com as suas noções, não seria preciso que você sofresse ou fosse refinado. É porque a Sua obra é tão prática e porque ela não está em conformidade com suas noções que ela requer que você abandone as suas noções. É por isso que ela é uma prova para você. É por causa da praticidade de Deus que todas as pessoas estão em meio a provas; a Sua obra é prática e não sobrenatural. Ao entender plenamente as Suas palavras práticas, as Suas declarações práticas sem quaisquer noções e ao ser capaz de amá-Lo mais genuinamente quanto mais prática a Sua obra for, você será ganho por Ele. O grupo de pessoas que Deus ganhará constitui-se daqueles que conhecem a Deus, isto é, que conhecem a Sua praticidade, e até mais do que isso, eles são aqueles que são capazes de obedecer à obra prática de Deus.

Extraído de ‘Os que realmente amam a Deus são os que podem se submeter absolutamente à Sua praticidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 491

Durante o tempo de Deus na carne, a obediência que Ele requer das pessoas não é o que elas imaginam — não fazer julgamentos ou resistir. Em vez disso, Ele requer que as pessoas façam das Suas palavras o princípio de suas vidas e a base de sua sobrevivência, que elas coloquem plenamente a essência de Suas palavras em prática e que elas satisfaçam plenamente a Sua vontade. Um aspecto de requerer que as pessoas obedeçam ao Deus encarnado está relacionado a colocar Suas palavras em prática e outro aspecto se refere a ser capaz de obedecer à Sua normalidade e praticidade. Esses têm que ser ambos absolutos. Aqueles que podem cumprir ambos os aspectos são todos aqueles que têm um coração de amor genuíno por Deus. São todas pessoas que foram ganhas por Deus e todas amam a Deus assim como amam sua própria vida. O Deus encarnado porta humanidade normal e prática em Sua obra. Assim, Sua casca externa de humanidade tanto normal quanto prática se torna uma enorme prova para as pessoas; torna-se a sua maior dificuldade. No entanto, a normalidade e a praticidade de Deus não podem ser evitadas. Ele tentou tudo para encontrar uma solução, mas no fim Ele não pôde Se libertar da casca externa de Sua humanidade normal porque, afinal, Ele é Deus tornado carne, não o Deus do Espírito no céu. Ele não é o Deus que as pessoas não podem ver, mas o Deus revestido da casca de alguém da criação. Sendo assim, libertar-Se da casca de Sua humanidade normal não seria de forma alguma fácil. Então, não importa o que aconteça, Ele ainda faz a obra que deseja fazer da perspectiva da carne. Essa obra é a expressão do Deus normal e prático, então como poderia ser aceitável que as pessoas não obedeçam? O que é que as pessoas podem fazer em relação às ações de Deus? Ele faz aquilo que deseja fazer; aquilo que O faz feliz é como será. Se as pessoas não obedecem, que outros planos sensatos elas podem ter? Até o momento, ainda é apenas a obediência que pode salvá-las; não existem outras ideias inteligentes. Se Deus deseja provar as pessoas, o que elas podem fazer? Mas tudo isso não é a ideia de Deus no céu; é a ideia do Deus encarnado. Ele quer fazer isso, então, ninguém pode mudá-lo. Deus no céu não interfere com o que Ele faz, então as pessoas não Lhe devem obedecer ainda mais? Embora Ele seja tanto prático quanto normal, Ele é completamente o Deus tornado carne. Com base em Suas próprias ideias, Ele faz o que deseja fazer. Deus no céu entregou todas as tarefas a Ele; você precisa obedecer ao que quer que Ele faça. Embora Ele tenha humanidade e seja muito normal, tudo isso é o que Ele arranjou deliberadamente, então como as pessoas podem olhar para Ele com olhos arregalados de desaprovação? Ele deseja ser normal, então Ele é normal. Ele deseja viver dentro da humanidade, então Ele vive dentro da humanidade. Ele deseja viver dentro da divindade, então Ele vive dentro da divindade. As pessoas podem ver isso da forma que desejarem. Deus sempre será Deus e pessoas sempre serão pessoas. Sua essência não pode ser negada por causa de algum detalhe insignificante, nem Ele pode ser forçado a sair da “pessoa” de Deus por causa de uma coisinha. As pessoas têm a liberdade dos seres humanos e Deus tem a dignidade de Deus; esses não interferem um no outro. As pessoas podem condenar ou entender Deus como desejarem. Elas não podem tolerar que Deus seja um pouco mais informal? Não seja tão sério! Cada um deve ter tolerância para com o outro; tudo não estaria resolvido então? Ainda haveria alguma alienação? Se alguém não pode tolerar algo tão pequeno, como pode até mesmo pensar em ser uma pessoa magnânima, um verdadeiro homem? Não é Deus que dificulta as coisas para a humanidade, mas a humanidade que dificulta as coisas para Deus. Eles sempre lidam com as coisas fazendo tempestades num copo d’água — eles realmente “criam caso por nada”, e isto é tão desnecessário! Quando Deus opera dentro da humanidade normal e prática, o que Ele faz não é a obra da humanidade, mas a obra de Deus. Entretanto, as pessoas não veem a essência de Sua obra — elas sempre veem a casca externa de Sua humanidade. Elas não viram obra tão grande, mas insistem em ver a humanidade comum e normal de Deus e não desistirão disso. Como isso pode ser chamado de obediência a Deus? Deus no céu agora “Se tornou” Deus na terra, e Deus na terra é agora Deus no céu. Não importa se as aparências exteriores Deles são as mesmas ou como é a obra Deles. Em geral, Aquele que faz a própria obra de Deus é o Próprio Deus. Você precisa obedecer quer deseje ou não — isso não é algo que possa escolher! Deus precisa ser obedecido pelas pessoas, e as pessoas absolutamente precisam obedecer a Deus sem a menor pretensão.

O grupo de pessoas que o Deus encarnado deseja ganhar hoje é aquele que se conforma à Sua vontade. As pessoas precisam somente obedecer à Sua obra, e não se preocupar sempre com as ideias sobre Deus no céu, viver na imprecisão ou tornar as coisas difíceis para Deus na carne. Aqueles que são capazes de obedecer-Lhe são aqueles que absolutamente ouvem as Suas palavras e obedecem aos Seus arranjos. Essas pessoas não ligam nem um pouco para como o Deus no céu realmente é, ou para que tipo de obra o Deus no céu está fazendo atualmente na humanidade, mas elas dão seu coração por completo a Deus na terra e colocam todo o seu ser perante Ele. Elas nunca consideram sua própria segurança e nunca fazem alarde por causa da normalidade e praticidade do Deus na carne. Aqueles que obedecem ao Deus na carne podem ser aperfeiçoados por Ele. Aqueles que creem no Deus no céu nada ganharão. Isso é porque não é o Deus no céu, mas o Deus na terra que concede as promessas e bênçãos às pessoas. As pessoas não devem sempre magnificar o Deus no céu e ver o Deus na terra como uma pessoa comum. Isso é injusto. O Deus no céu é grande e maravilhoso, possuindo sabedoria fantástica, mas isso absolutamente não existe. O Deus na terra é muito comum e insignificante; Ele também é bastante normal. Ele não tem uma mente extraordinária nem pratica atos arrasadores. Ele só opera e fala de uma forma muito normal e prática. Embora não fale por meio de trovão nem invoque o vento e a chuva, Ele é realmente a encarnação de Deus no céu e é realmente o Deus vivendo entre os humanos. As pessoas não devem magnificar aquele que elas são capazes de entender e que corresponde à sua própria imaginação como Deus, nem ver Aquele que não podem aceitar e absolutamente não podem imaginar como humilde. Tudo isso é a rebeldia das pessoas; é tudo a fonte da resistência da humanidade a Deus.

Extraído de ‘Os que realmente amam a Deus são os que podem se submeter absolutamente à Sua praticidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 492

Se as pessoas se basearem unicamente nos sentimentos de sua consciência, elas não conseguirão sentir a amabilidade de Deus; se elas se basearem apenas em sua consciência, seu amor por Deus será fraco. Se você se limitar a falar em retribuir a graça e o amor de Deus, não terá nenhuma motivação em seu amor por Ele; amá-Lo baseado nas sensações da sua consciência é uma abordagem passiva. Por que digo que é uma abordagem passiva? Trata-se de uma questão prática. Que tipo de amor é esse? Isso não é fazer Deus de bobo e se limitar a agir sem se envolver com Ele? A maioria das pessoas acredita que não há recompensa por amar a Deus e que a pessoa será castigada do mesmo jeito que por não amá-Lo; assim, de maneira geral, simplesmente não pecar já é o bastante. Então, amar a Deus e retribuir Seu amor com base nas sensações da consciência é uma abordagem passiva e não é o amor por Deus que vem espontaneamente do coração. O amor por Deus deveria ser um sentimento genuíno que brota do fundo do coração da pessoa. Algumas pessoas dizem: “Por mim mesmo, estou disposto a buscar a Deus e a segui-Lo. Agora Deus quer me abandonar, mas eu ainda quero segui-Lo. Independentemente de Ele me querer ou não, eu ainda vou amá-Lo e no final devo ganhá-Lo. Eu ofereço meu coração a Deus e, não importando o que Ele fizer, eu O seguirei por toda a minha vida. Custe o que custar, tenho de amar a Deus e tenho de ganhá-Lo; não descansarei até ganhá-Lo”. Você tem uma vontade assim?

A senda de crer em Deus é a senda de amá-Lo. Se você crê em Deus deve também amá-Lo; no entanto, amá-Lo não diz respeito somente a retribuir Seu amor ou amá-Lo com base nas sensações da consciência — é amor puro por Deus. Há épocas em que as pessoas simplesmente se baseiam em sua consciência e não são capazes de sentir o amor de Deus. Por que Eu sempre disse: “Que o Espírito de Deus mova nosso espírito”? Por que não falei em mover a consciência das pessoas para amarem a Deus? É porque a consciência das pessoas não consegue sentir a amabilidade de Deus. Se você não for convencido por aquelas palavras, você pode usar sua consciência para sentir Seu amor e, naquele momento, você terá alguma motivação, que, todavia, logo desaparecerá. Se você usar apenas a consciência para sentir a amabilidade de Deus, você terá a motivação enquanto estiver orando, mas depois disso ela simplesmente vai embora, ela desaparece. O que significa isso? Se você usar apenas a consciência, você será incapaz de despertar seu amor por Deus; quando você realmente sentir Sua amabilidade em seu coração, seu espírito será movido por Ele e é só nesse momento que a sua consciência será capaz de desempenhar seu papel original. Isso quer dizer que, somente depois que o espírito das pessoas for movido por Deus e seu coração tiver obtido conhecimento e encorajamento, isto é, depois de terem ganho experiência, elas serão capazes de efetivamente amar a Deus com sua consciência. Amar a Deus com a consciência não está errado — esse é o nível mais baixo do amor a Deus. O jeito da humanidade amar, de apenas mal fazer jus à graça de Deus, absolutamente não tem como dar o impulso para que tenha uma entrada proativa. As pessoas se tornam capazes de amar genuinamente a Deus só quando ganham alguma coisa da obra do Espírito Santo, isto é, quando veem e provam o amor de Deus em sua experiência prática, quando têm algum conhecimento de Deus e verdadeiramente veem que Deus é tão digno do amor da humanidade e quando veem como Ele é amoroso.

Extraído de ‘O amor genuíno a Deus é espontâneo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 493

Quando as pessoas entram em contato com Deus com seu coração, quando seu coração é capaz de voltar-se inteiramente para Ele, trata-se do primeiro passo do amor humano a Deus. Se você quiser amar a Deus, precisa primeiro ser capaz de voltar seu coração para Ele. O que é voltar seu coração para Deus? É quando todas as coisas que você busca em seu coração são para amar e ganhar a Deus, e isso mostra que você voltou seu coração completamente para Deus. Além de Deus e Suas palavras não existe mais quase nada em seu coração (família, riqueza, esposo, esposa, filhos ou outras coisas). E, mesmo que haja, elas não podem ocupar seu coração, e você não pensa nas suas perspectivas futuras, mas busca tão somente amar a Deus. Então você terá voltado seu coração completamente para Deus. Suponha que você ainda está fazendo planos para si mesmo em seu coração e está sempre buscando o benefício próprio, sempre pensado: “Quando poderei fazer um pequeno pedido para Deus? Quando minha família se tornará rica? Como poderei conseguir boas roupas?…”. Se você estiver vivendo nesse estado, é evidente que seu coração não se voltou plenamente para Deus. Se você tiver exclusivamente as palavras de Deus em seu coração e for capaz de orar a Deus e estar próximo Dele o tempo todo, como se Ele estivesse muito próximo de você, como se Deus estivesse dentro de você e você estivesse dentro Dele, se você estiver nesse tipo de estado, isso significa que seu coração esteve na presença de Deus. Se você orar a Deus e comer e beber das Suas palavras todo dia, se estiver sempre pensando no trabalho da igreja, se mostrar consideração pela vontade de Deus, se usar seu coração para amá-Lo genuinamente e satisfazer o coração de Deus, nesse caso, seu coração pertencerá a Deus. Se seu coração estiver ocupado por uma quantidade de outras coisas, ele ainda estará ocupado por Satanás e não terá se voltado de verdade para Deus. Quando o coração de alguém tiver se voltado de verdade na direção de Deus, ele terá amor genuíno, espontâneo por Ele e será capaz de considerar a obra de Deus. Embora ainda vá ter estados tolos e sem sentido, ele será capaz de ter consideração pelos interesses da casa de Deus, por Sua obra e pela mudança em seu caráter. Seu coração será inteiramente correto. Algumas pessoas estão sempre agitando a bandeira da igreja, não importando o que façam; a verdade é que isso será para benefício próprio. Esse tipo de pessoa não tem o tipo correto de motivação. Ela é desonesta e enganadora e a maioria das coisas que ela faz é em função do seu benefício pessoal. Esse tipo de pessoa não busca amar a Deus; seu coração ainda pertence a Satanás e não pode se voltar na direção de Deus. Deus não tem como obter esse tipo de pessoa.

O primeiro passo para amar verdadeiramente a Deus e ser ganho por Ele é voltar seu coração completamente na direção de Deus. Em cada coisa que você fizer, examine-se e faça a seguinte pergunta: “Estou fazendo isso com base em um coração cheio de amor por Deus? Há alguma intenção pessoal nisso? Qual é o meu real objetivo ao fazer isso?” Se você quiser entregar seu coração a Deus, deve primeiro subjugar seu coração, deixar de lado todas as suas intenções e chegar ao ponto de existir completamente para Deus. Essa é a senda para praticar dar seu coração a Deus. A que se refere “subjugar seu coração”? É deixar de lado os desejos extravagantes da carne, não cobiçar o conforto nem as bênçãos de status. É fazer tudo para satisfazer Deus e preparar um coração inteiramente para Ele, não para si mesmo. Isso é suficiente.

Extraído de ‘O amor genuíno a Deus é espontâneo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 494

O amor genuíno por Deus vem do fundo do coração; é um amor que só existe sobre a base do conhecimento que a humanidade tem de Deus. Quando o coração de alguém se volta completamente na direção de Deus, ele tem amor por Deus, mas esse amor não é necessariamente puro nem necessariamente completo. Isso é assim porque há uma certa distância entre o coração da pessoa ser completamente voltado na direção de Deus e essa pessoa ter uma compreensão genuína de Deus e prestar uma adoração genuína a Ele. O caminho para que alguém alcance o amor verdadeiro a Deus e conheça o caráter de Deus é voltar seu coração na direção de Deus. Depois de entregar seu verdadeiro coração a Deus, ele começará a entrar na experiência de vida e, desse modo, seu caráter começará a mudar, seu amor por Deus crescerá gradativamente e seu conhecimento de Deus também aumentará gradativamente. Assim, voltar o coração para Deus é a precondição para entrar na trilha certa da experiência de vida. Quando as pessoas colocam seu coração diante de Deus, elas meramente têm um coração que anseia por Ele, mas não um coração de amor por Ele, porque não têm compreensão Dele. Mesmo que nessa circunstância elas tenham algum amor por Ele, esse amor não é espontâneo nem genuíno. Isso acontece porque qualquer coisa que provém da carne humana é um efeito emocional e não procede de uma compreensão genuína. É apenas um impulso momentâneo e não pode ser uma adoração duradoura. Quando as pessoas não têm compreensão de Deus, elas só podem amá-Lo com base em suas preferências e suas noções individuais; esse tipo de amor não pode ser chamado de amor espontâneo nem pode ser chamado de amor genuíno. Quando o coração das pessoas se volta genuinamente na direção de Deus, elas são capazes de pensar nos interesses de Deus em todas as coisas, mas, se não tiverem nenhuma compreensão de Deus, não são capazes de ter um amor genuinamente espontâneo. Tudo que são capazes de fazer é cumprir algumas funções em prol da igreja e fazer alguma coisa do seu dever, mas isso é feito sem base. Esse tipo de pessoa possui um caráter que é difícil de mudar; são todas pessoas que não buscam a verdade ou não a entendem. Mesmo quando uma pessoa volta seu coração inteiramente na direção de Deus, isso não significa que seu coração de amor por Deus seja completamente puro, porque aqueles que têm Deus em seu coração não necessariamente têm amor por Deus em seu coração. Isso diz respeito à distinção entre alguém que busca e alguém que não busca ter compreensão de Deus. Uma vez que a pessoa chega a ter compreensão Dele, isso mostra que seu coração se voltou plenamente na direção de Deus, isso mostra que o amor genuíno por Deus em seu coração é espontâneo. Somente esse tipo de pessoa é aquela que tem Deus em seu coração. Voltar o coração na direção de Deus é uma precondição para pegar a trilha certa, para compreender Deus e para obter o amor a Deus. Isso não é um indicador de que se completou seu dever de amar a Deus, nem é um indicador de que se tem amor genuíno por Ele. A única maneira de alguém obter o amor genuíno a Deus é voltar seu coração na direção Dele, que é também a primeira coisa que qualquer uma de suas criaturas deveria fazer. Todos aqueles que amam a Deus são pessoas que buscam vida, isto é, pessoas que buscam a verdade e pessoas que verdadeiramente querem a Deus; todas elas têm o esclarecimento do Espírito Santo e têm sido movidas por Ele. Todas elas podem ser guiadas por Deus.

Extraído de ‘O amor genuíno a Deus é espontâneo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 495

Hoje, quando vocês procuram amar e conhecer a Deus, em um aspecto vocês devem suportar sofrimentos e refinamentos, e em outro, vocês devem pagar um preço. Nenhuma lição é mais profunda que a lição de amar a Deus, e pode-se dizer que a lição que as pessoas aprendem de uma vida inteira de crença é como amar a Deus. Ou seja, se você acredita em Deus, você deve amar a Deus. Se você somente acredita em Deus, mas não O ama, não alcançou o conhecimento de Deus e nunca amou a Deus com um amor verdadeiro que vem de dentro de seu coração, então sua crença em Deus é fútil. Se, em sua crença em Deus, você não ama a Deus, então você vive em vão, e toda a sua vida é a de nível mais baixo de todas as vidas. Se, ao longo de toda a sua vida, você nunca amou ou satisfez a Deus, então, qual é o sentido de sua vida? E qual é o sentido da sua crença em Deus? Isso não é um desperdício de esforço? O que significa dizer que, se as pessoas acreditarem e amarem a Deus, terão que pagar um preço. Em vez de tentar agir de uma determinada maneira externamente, elas devem buscar um verdadeiro discernimento nas profundezas do coração. Se você está entusiasmado com cantar e dançar, mas é incapaz de colocar a verdade em prática, pode-se dizer que você ama a Deus? Amar a Deus requer buscar a vontade de Deus em todas as coisas, e que você sonde profundamente quando algo acontecer com você, tentando entender a vontade de Deus, tentando ver qual é a vontade Dele nesta questão, o que Ele deseja que você realize e como você deve estar atento à Sua vontade. Por exemplo: acontece algo que exige que você enfrente dificuldades, momento em que você deve entender o que é a vontade de Deus e como deve estar atento a ela. Você não deve satisfazer a si mesmo: em primeiro lugar, ponha-se de lado. Nada é mais desprezível que a carne. Você deve procurar satisfazer a Deus e cumprir seu dever. Com tais pensamentos, Deus trará iluminação especial a você neste assunto e seu coração também será consolado. Seja grande ou pequeno, quando alguma coisa acontecer com você, você deve primeiramente pôr-se de lado e considerar a carne como a mais baixa de todas as coisas. Quanto mais você satisfaz a carne, mais liberdades ela toma; se você a satisfizer desta vez, da próxima vez ela pedirá mais. À medida que isso continua, as pessoas passam a amar a carne ainda mais. A carne sempre terá desejos extravagantes, sempre pedindo que você a satisfaça e que a gratifique internamente, seja nas coisas que você come, o que veste, perdendo as estribeiras ou cedendo às suas próprias fraquezas e preguiça… Quanto mais você satisfaz a carne, maiores são os desejos dela e mais debochada ela se torna, até chegar ao ponto em que a carne das pessoas abriga noções ainda mais profundas, desobedece a Deus, se exalta e duvida da obra de Deus. Quanto mais você satisfaz a carne, maiores são as fraquezas dela. Você sempre sentirá que ninguém se solidariza com suas fraquezas, você sempre acreditará que Deus foi longe demais e dirá: “Como Deus pôde ser tão severo? Por que Ele não dá uma folga às pessoas?” Quando as pessoas são indulgentes demais com a carne e a valorizam demais, elas se arruínam. Se você realmente ama a Deus e não satisfaz a carne, verá que tudo o que Deus faz é bem justo, e muito bom, e que a maldição Dele para sua rebeldia e o julgamento de sua injustiça são justificados. Haverá ocasiões em que Deus o corrigirá, disciplinará e criará um ambiente para ajustá-lo, forçando-o a chegar diante Dele — e você sempre sentirá que o que Deus está fazendo é maravilhoso. Assim, você sentirá como se não houvesse muita dor, e que Deus é muito amável. Se você ceder às fraquezas da carne, e disser que Deus vai longe demais, sempre sentirá dor, estará sempre deprimido, ficará confuso sobre toda a obra de Deus e parecerá que Deus é apático à fraqueza humana e desconhece as dificuldades humanas. Você se sentirá miserável e sozinho, como se tivesse sofrido uma grande injustiça, e neste momento, começará a reclamar. Quanto mais você ceder às fraquezas da carne desta forma, mais sentirá que Deus vai longe demais, até que fique tão ruim que você negue a obra de Deus, comece a se opor a Deus, e se torne completamente desobediente. Assim, você deve se rebelar contra a carne e não ceder a ela: “Meu esposo (minha esposa), os filhos, as perspectivas, o casamento, a família — nenhum deles importa! No meu coração há somente Deus, e devo tentar o meu melhor para satisfazer a Deus e não satisfazer a carne”. Você deve ter essa resolução. Se você sempre tiver tal resolução, então, quando praticar a verdade e se colocar de lado, conseguirá fazer isso com pouco esforço. Conta-se que, certa vez, um agricultor viu na estrada uma cobra dura de frio, congelada. O agricultor a pegou e segurou no peito, e depois que a cobra foi reanimada, picou o fazendeiro, matando-o. A carne do homem é como a cobra: sua essência é prejudicar sua vida e, quando ela tiver tudo o que quer, sua vida se perde. A carne pertence a Satanás. Nela há desejos extravagantes, ela só pensa em si mesma, quer aproveitar o conforto, se deleitar com o lazer, chafurdar na preguiça e ociosidade e, tendo satisfeito isso até certo ponto, você acabará sendo engolido por ela. Ou seja, se você a satisfizer desta vez, da próxima, ela pedirá mais. A carne sempre tem desejos extravagantes, novas exigências e aproveita que você cede a ela para fazer com que você a acalente ainda mais e viva entre seus confortos — e se você não a vencer, acabará arruinando a si mesmo. Se você ganhará vida diante de Deus e qual será o seu destino final dependerá de como você realiza sua rebelião contra a carne. Deus salvou, escolheu e predestinou você, mas se hoje você não O quiser satisfazer, não está disposto a praticar a verdade, não está disposto a se rebelar contra a sua própria carne com um coração que verdadeiramente ama a Deus, por fim, você se destruirá, e suportará uma dor extrema. Se você sempre ceder à carne, Satanás gradualmente o engolirá e o deixará sem vida ou sem o toque do Espírito, até que chegue o dia em que você estará completamente escuro por dentro. Quando você vive na escuridão, terá sido levado cativo por Satanás, não terá mais a Deus em seu coração e, nesse momento, negará a existência de Deus e O abandonará. Assim, se desejam amar a Deus, as pessoas devem pagar o preço da dor e suportar as dificuldades. Não há necessidade de fervor e sofrimentos externos, de ler mais e fazer mais; em vez disso, elas deveriam deixar de lado as coisas dentro delas: os pensamentos extravagantes, os interesses pessoais e suas próprias considerações, noções e intenções. Essa é a vontade de Deus.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 496

O tratamento que Deus faz da parte externa do caráter das pessoas é também uma parte de Sua obra; lidar com a humanidade anormal e o exterior das pessoas, por exemplo, ou o estilo de vida e hábitos, seus modos e costumes, bem como suas práticas externas e seu fervor. Mas quando Ele pede que as pessoas coloquem a verdade em prática e modifiquem seu caráter, o que está sendo tratado, primordialmente, são as motivações e noções internas das pessoas. Lidar apenas com a parte externa do caráter não é difícil; é como pedir que você não coma as coisas que ama, o que é fácil. Aquilo que toca nas suas noções internas, no entanto, não é fácil de ser abandonado. Requer que as pessoas se rebelem contra a carne, paguem o preço e sofram diante de Deus. É especialmente verdade com as motivações das pessoas. Desde o momento de sua crença em Deus até hoje, as pessoas têm abrigado muitas motivações incorretas. Quando você não está colocando a verdade em prática, sente que todas as suas motivações estão corretas, mas quando algo acontece com você, verá que há muitas motivações incorretas no seu interior. Assim, quando Deus aperfeiçoa as pessoas, Ele faz com que elas percebam que existem muitas noções dentro delas que estão obstruindo o conhecimento de Deus. Quando você reconhece que suas motivações estão erradas, se você consegue parar de praticar de acordo com suas noções e motivações e consegue testemunhar de Deus e permanecer firme em sua posição em tudo o que acontece com você, isso prova que você se rebelou contra a carne. Quando você se rebela contra a carne, inevitavelmente haverá uma batalha interna. Satanás tentará fazer as pessoas seguirem-no, tentará e fará com que elas sigam as noções da carne e defendam os interesses da carne — mas as palavras de Deus as esclarecerão e iluminarão interiormente, e neste momento, depende de você seguir a Deus ou a Satanás. Deus pede que as pessoas coloquem a verdade em prática, principalmente, para lidar com as coisas no interior delas, para lidar com seus pensamentos e noções que não são segundo o coração de Deus. O Espírito Santo toca as pessoas no coração delas e as esclarece e ilumina. Assim, por trás de tudo que acontece está uma batalha: toda vez que as pessoas colocam a verdade em prática, ou praticam o amor a Deus, há uma grande batalha, e embora tudo pareça bem com a carne, no fundo do coração uma batalha de vida ou morte estará acontecendo — e somente após essa intensa batalha, depois de muita reflexão, pode a vitória ou a derrota ser decidida. Não se sabe se deve rir ou chorar. Muitas das motivações dentro das pessoas estão erradas, ou muito da obra de Deus vai contra as noções delas, e quando as pessoas colocam a verdade em prática, uma grande batalha é travada nos bastidores. Tendo colocado essa verdade em prática, nos bastidores as pessoas terão derramado incontáveis lágrimas de tristeza antes de finalmente decidirem satisfazer a Deus. É por causa dessa batalha que as pessoas enfrentam o sofrimento e o refinamento; isso é sofrimento verdadeiro. Quando a batalha vier sobre você, se você conseguir realmente ficar do lado de Deus, conseguirá satisfazer a Deus. Quando se pratica da verdade é inevitável que se sofra por dentro; se, quando colocassem a verdade em prática, tudo dentro das pessoas estivesse certo, não precisariam ser aperfeiçoados por Deus, não haveria batalha, e elas não sofreriam. É por causa das várias coisas que há dentro das pessoas que não são apropriadas para o uso de Deus, e muito do caráter rebelde da carne, que as pessoas precisam aprender a lição de se rebelar contra a carne com mais profundidade. Isto é o que Deus chama de sofrimento que Ele pediu ao homem para passar com Ele. Quando você encontrar dificuldades, apresse-se e ore a Deus: “Ó Deus! Desejo Te satisfazer, desejo suportar as dificuldades finais para satisfazer o Teu coração e, independente de quão grandes sejam os contratempos que eu encontre, ainda assim devo satisfazê-Lo. Mesmo que tenha que desistir de toda a minha vida, ainda assim devo satisfazer a Ti!” Com esta resolução, quando você orar deste modo, conseguirá permanecer firme em seu testemunho. Cada vez que eles colocam a verdade em prática, cada vez que passam por refinamento, cada vez que são provados e cada vez que a obra de Deus vem sobre eles, os seres humanos suportam dores extremas. Tudo isso é um teste para eles, e no interior de todos eles há uma batalha. Este é o preço real que eles pagam. Ler mais das palavras de Deus e ocupar-se mais é parte do preço. É o que as pessoas devem fazer, é a obrigação e a responsabilidade que devem cumprir, mas as pessoas devem deixar de lado aquilo que, no interior delas, precisa ser posto de lado. Se você não fizer isso, então, não importa quão grande seja seu sofrimento externo, e quanto você se ocupe, tudo será em vão! O que quer dizer que apenas as mudanças internas podem determinar se o seu sofrimento externo é valioso. Quando seu caráter interno tiver mudado e você tiver colocado a verdade em prática, então todo o seu sofrimento externo receberá a aprovação de Deus. Se não houve mudança em seu caráter interno, não importa quanto sofra ou o quanto se ocupe externamente, não haverá a aprovação de Deus — e o sofrimento que não é confirmado por Deus é em vão. Assim, se o preço que você pagou é aprovado por Deus é determinado por se houve ou não uma mudança em você, se você colocou ou não a verdade em prática e se você se rebelou contra suas próprias motivações e noções para alcançar a satisfação da vontade, do conhecimento e da lealdade a Deus. Não importa o quanto você se ocupe, se você nunca soube se rebelar contra suas próprias motivações, apenas busca ações externas e fervor, e nunca presta atenção em sua vida, então seus sofrimentos terão sido em vão. Se, em certo ambiente, você tem algo que deseja dizer, mas interiormente acha que dizê-lo não é certo, que dizê-lo não beneficia seus irmãos e pode machucá-los, então você não o dirá, preferindo ter dores internas, pois essas palavras são incapazes de atender a vontade de Deus. Neste momento, haverá uma batalha interior, mas você estará disposto a sofrer a dor e a desistir daquilo que você ama; estará disposto a suportar este sofrimento para satisfazer a Deus, e embora você sofra dores internamente, não cede à carne, e o coração de Deus terá sido satisfeito, e assim você também será consolado interiormente. Isso é verdadeiramente pagar o preço e é o preço desejado por Deus. Se você praticar dessa maneira, Deus certamente o abençoará. Se você não pode conseguir isso, não importa o quanto você compreenda, ou quão bem você possa falar, tudo será em vão! Se, no caminho para amar a Deus, você consegue ficar do lado de Deus quando Ele luta contra Satanás e você não volta para Satanás, então você terá alcançado o amor a Deus, e permanecerá firme em seu testemunho.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 497

Em cada passo da obra que Deus faz no interior das pessoas, externamente ela parece ser interações entre pessoas, como se nascesse de arranjos humanos ou de interferência humana. Mas nos bastidores, cada passo da obra e tudo o que acontece, é uma aposta feita por Satanás diante de Deus e requer que as pessoas permaneçam firmes em seu testemunho a Deus. Veja quando Jó foi provado, por exemplo: nos bastidores, Satanás estava fazendo uma aposta com Deus e o que aconteceu a Jó foram as ações dos homens e a interferência dos homens. Por trás de cada passo que Deus faz em vocês está a aposta de Satanás com Deus — por trás disso tudo há uma batalha. Por exemplo, se você tem preconceitos em relação a seus irmãos, haverá palavras que você quer dizer — palavras que acha que podem desagradar a Deus — mas se você não as disser, você sentirá um incômodo por dentro e, neste momento, começará uma batalha dentro de você: “Falo ou não?” Essa é a batalha. Assim, em tudo há uma batalha, e quando há uma batalha interna, graças às suas cooperação e sofrimento reais, Deus trabalha no seu interior. Finalmente, por dentro, você consegue colocar o assunto de lado e a raiva é naturalmente extinta. Esse é o efeito da sua cooperação com Deus. Tudo o que as pessoas fazem exige que elas paguem um certo preço em seus esforços. Sem dificuldade real, elas não podem satisfazer a Deus, elas nem chegam perto de satisfazer a Deus, e estão apenas jorrando expressões vazias! Essas expressões vazias podem satisfazer a Deus? Quando Deus e Satanás lutam no reino espiritual, como você deve satisfazer a Deus e como você deve permanecer firme em seu testemunho a Ele? Você deve saber que tudo o que acontece com você é uma grande provação e é o momento em que Deus precisa que você dê testemunho. Externamente, podem não parecer grande coisa, mas quando essas coisas acontecem, mostram se você ama a Deus ou não. Se você O ama, será capaz de permanecer firme em seu testemunho a Ele, e se você não coloca o amor a Ele em prática, isto mostra que você é alguém que não pratica a verdade, está sem a verdade e sem vida, e que você é palha! Tudo o que acontece com as pessoas é quando Deus precisa que elas permaneçam firmes em seu testemunho Dele. Nada muito grande tem acontecido com você atualmente, e você não dá um grande testemunho, mas cada detalhe de sua vida diária se relaciona com o testemunho de Deus. Se você pode ganhar a admiração de seus irmãos, familiares e todos ao seu redor; se, um dia, os incrédulos vierem e admirarem tudo o que você fizer, e virem que tudo o que Deus faz é maravilhoso, então você terá dado testemunho. Embora você não tenha percepção e seu calibre seja baixo, por meio do aperfeiçoamento de Deus em você, você é capaz de satisfazê-Lo e de estar atento à Sua vontade, mostrando aos outros que grande obra Ele tem feito em pessoas dos mais baixos calibres. Quando as pessoas vêm a conhecer a Deus e se tornam vencedoras diante de Satanás, leais a Deus em grande medida, então, ninguém tem mais força de caráter do que esse grupo de pessoas, e esse é o maior testemunho. Embora você seja incapaz de fazer um ótimo trabalho, você é capaz de satisfazer a Deus. Outros não podem deixar de lado suas noções, mas você pode; outros não podem dar testemunho de Deus durante suas experiências reais, mas você pode usar sua estatura e ações para retribuir ao amor de Deus e dar um testemunho contundente para Ele. Apenas isso conta como amar realmente a Deus. Se você é incapaz disso, então você não dá testemunho entre seus familiares, entre seus irmãos ou perante as pessoas do mundo. Se você não pode dar testemunho diante de Satanás, Satanás rirá de você, o tratará como uma piada, como um brinquedo, muitas vezes fará você de bobo e te enlouquecerá. No futuro, grandes provações poderão afligir você; mas hoje, se você amar a Deus com um coração verdadeiro e não se importar com a grandeza das provações à frente, independente do que acontecer com você, você conseguirá permanecer firme em seu testemunho, conseguirá satisfazer a Deus; seu coração será consolado e você não terá medo, não importa quão grande seja a provação que encontrar no futuro. Vocês não podem ver o que acontecerá no futuro; vocês só podem satisfazer a Deus durante as circunstâncias atuais. Vocês são incapazes de fazer qualquer grande obra e devem se concentrar em satisfazer a Deus, experimentando Suas palavras na vida real e dando um testemunho forte e contundente que envergonhe a Satanás. Embora sua carne permaneça insatisfeita e tenha sofrido, você terá satisfeito a Deus e envergonhado a Satanás. Se você sempre praticar dessa maneira, Deus abrirá um caminho diante de você. Quando, um dia, uma grande provação vier, outros cairão, mas você ainda conseguirá se manter firme. Por causa do preço que pagou, Deus o protegerá para que você permaneça firme e não caia. Se, geralmente, você consegue praticar a verdade e satisfazer a Deus com um coração que verdadeiramente O ama, então Deus certamente o protegerá durante as provações futuras. Embora você seja tolo, de baixa estatura e de calibre pequeno, Deus não o discriminará. Depende se suas motivações estão certas. Hoje, você consegue satisfazer a Deus: está atento ao mais ínfimo detalhe, satisfaz a Deus em todas as coisas, tem um coração que ama verdadeiramente a Deus, dá seu verdadeiro coração a Deus e embora haja algumas coisas que você não entende, vem diante de Deus para retificar suas motivações, buscar a vontade de Deus e faz tudo o que é necessário para satisfazer a Deus. Talvez, seus irmãos abandonem você, mas seu coração estará satisfazendo a Deus e você não cobiçará os prazeres da carne. Se você sempre praticar dessa maneira, estará protegido quando grandes provações vierem.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 498

A que estado interno, nas pessoas, essas provações se destinam? Elas são direcionadas ao caráter rebelde nas pessoas que é incapaz de satisfazer a Deus. Várias coisas são impuras dentro das pessoas e muito disso é hipocrisia, por isso, Deus as sujeita a provações para purificá-las. Mas se hoje você conseguir satisfazer a Deus, então, as provações do futuro serão o seu aperfeiçoamento. Se hoje você for incapaz de satisfazer a Deus, então, as provações do futuro o tentarão e você, inconscientemente, cairá, e naquele momento não conseguirá se ajudar, pois não pode acompanhar a obra de Deus e não possui uma estatura real. E assim, se você deseja conseguir permanecer firme no futuro, é melhor satisfazer a Deus e O seguir até o fim. Hoje você deve construir uma base sólida, deve satisfazer a Deus colocando a verdade em prática em todas as coisas e estar atento à Sua vontade. Se você sempre praticar dessa maneira, haverá um alicerce dentro de você, e Deus inspirará em você um coração que O ama e lhe dará fé. Um dia, quando uma provação realmente acontecer, você poderá sofrer um pouco de dor, se sentir magoado até certo ponto e sofrer uma tristeza esmagadora, como se tivesse morrido — mas seu amor a Deus não mudará e se tornará mais profundo. Tais são as bênçãos de Deus. Se você consegue aceitar tudo o que Deus diz e faz hoje, com um coração obediente, certamente você será abençoado por Deus, e será alguém que é abençoado por Deus e recebe a Sua promessa. Se, hoje, você não praticar, quando as provações vierem, você não terá fé nem um coração amoroso, e nesse momento a provação se tornará tentação; você será mergulhado em meio à tentação de Satanás e não terá meios de escapar. Hoje, você pode conseguir se manter firme quando uma pequena provação acontecer com você, mas você não será, consequentemente, capaz de se manter firme quando uma grande provação acontecer um dia. Algumas pessoas são vaidosas e acham que já estão quase perfeitas. Se você não se aprofundar nesses momentos e permanecer complacente, estará em perigo. Hoje, Deus não dá provações maiores, na aparência parece tudo bem, mas quando Deus provar você, descobrirá que você tem muito pouco, pois sua estatura é bem pequena e você não consegue suportar grandes provações. Se você permanecer como está e estiver num estado de inércia, então, quando as provações vierem, você cairá. Vocês devem frequentemente observar quão pequena é a estatura de vocês; só assim progredirão. Se apenas durante as provações é que você nota que sua estatura é bem pequena, que sua força de vontade é muito fraca, que bem pouco dentro de você é real e que você é inadequado para a vontade de Deus — e só nesse momento é que você percebe essas coisas, será tarde demais.

Se você não conhecer o caráter de Deus, inevitavelmente cairá durante as provações, porque não sabe como Deus aperfeiçoa as pessoas, por quais meios Ele as aperfeiçoa, e quando as provações de Deus vierem sobre você e elas não corresponderem às suas noções, você não conseguirá se manter firme. O verdadeiro amor de Deus é Seu caráter completo, e quando o inteiro caráter de Deus é mostrado às pessoas, o que isso traz à sua carne? Quando o justo caráter de Deus é mostrado às pessoas, a carne delas inevitavelmente sofrerá muita dor. Se você não sofrer essa dor, não poderá ser aperfeiçoado por Deus, nem conseguirá dedicar amor verdadeiro a Ele. Se Deus aperfeiçoar você, Ele certamente mostrará o Seu pleno caráter a você. Desde o momento da criação até hoje, Deus nunca mostrou Seu caráter inteiro ao homem — mas, durante os últimos dias, Ele o revela a este grupo de pessoas que Ele predestinou e selecionou e, ao aperfeiçoá-las, Ele desnuda Seus caracteres, por meio do quais Ele completa um grupo de pessoas. Esse é o verdadeiro amor de Deus pelas pessoas. Experimentar o amor verdadeiro de Deus por elas requer que as pessoas sofram dores extremas e paguem um alto preço. Somente depois disso, elas serão ganhas por Deus e conseguirão devolver seu verdadeiro amor a Deus, e somente então o coração de Deus será satisfeito. Se as pessoas desejam ser aperfeiçoadas por Deus, desejam fazer Sua vontade e dar integralmente seu verdadeiro amor a Deus, então, elas devem experimentar muito sofrimento e muitos tormentos das circunstâncias, sofrer dor pior que a morte, enfim, elas serão forçadas a devolver o verdadeiro coração a Deus. Se alguém ama verdadeiramente a Deus ou não, revela-se durante os sofrimentos e refinamentos. Deus purifica o amor das pessoas, e isso também só é alcançado em meio a sofrimentos e refinamento.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 499

A essência da crença da maioria das pessoas em Deus é a convicção religiosa: elas são incapazes de amar a Deus e só podem segui-Lo como um robô, e não conseguem verdadeiramente ansiar por Deus ou adorá-Lo. Elas simplesmente O seguem silenciosamente. Muitas pessoas acreditam em Deus, mas há muito poucas que amam a Deus; elas só “reverenciam” a Deus porque temem uma catástrofe, ou então “admiram” a Deus porque Ele é excelso e poderoso — mas em sua reverência e admiração não há amor ou anelo verdadeiro. Em suas experiências, elas buscam as minúcias da verdade, ou então alguns mistérios insignificantes. A maioria das pessoas apenas segue, elas pescam em águas turvas apenas para receber bênçãos; elas não buscam a verdade, nem realmente obedecem a Deus para receber as bênçãos de Deus. A vida da crença de todas as pessoas em Deus não tem sentido, é sem valor, e nela estão suas considerações e buscas pessoais; elas não creem em Deus para amá-Lo, mas para serem abençoadas. Muitas pessoas agem como bem entendem, fazem o que querem e nunca consideram os interesses de Deus, ou se o que elas estão fazendo está de acordo com a vontade de Deus. Essas pessoas não conseguem alcançar a crença verdadeira, muito menos o amor a Deus. A essência de Deus não é apenas para o homem acreditar; é, ainda mais, para o homem amar. Mas muitos daqueles que creem em Deus são incapazes de descobrir esse “segredo”. As pessoas não se atrevem a amar a Deus, nem tentam amá-Lo. Elas nunca descobriram que há tantas coisas amáveis em Deus, elas nunca descobriram que Deus é o Deus que ama o homem, e que Ele é o Deus que é para o homem amar. A beleza de Deus é expressa em Sua obra: somente quando experimentam Sua obra, as pessoas podem descobrir Sua beleza, somente em suas experiências reais podem apreciar a beleza de Deus e, sem observá-la na vida real, ninguém pode descobrir a beleza de Deus. Há muito o que amar a respeito de Deus, mas sem realmente se envolver com Ele, as pessoas não conseguem descobrir isso. O que significa dizer que, se Deus não Se tornasse carne, as pessoas seriam incapazes de realmente se envolver com Ele, e se elas fossem incapazes de realmente se envolver com Ele, elas também não seriam capazes de experimentar Sua obra — e assim o amor delas por Deus seria manchado com muita falsidade e imaginação. O amor ao Deus no Céu não é tão real quanto o amor ao Deus na Terra, pois o conhecimento das pessoas sobre Deus no Céu é construído sobre suas imaginações, e não sobre o que elas viram com seus próprios olhos, e o que elas pessoalmente experimentaram. Quando Deus vem à Terra, as pessoas são capazes de contemplar Seus feitos reais e Sua beleza, e elas podem ver todo o Seu caráter prático e normal, que é milhares de vezes mais real do que o conhecimento do Deus no Céu. Independentemente de quanto as pessoas amam o Deus no Céu, não há nada de real nesse amor, e está cheio de ideias humanas. Não importa quão pouco seja seu amor pelo Deus na Terra, esse amor é real; mesmo que haja apenas um pouco, ainda é real. Deus faz com que as pessoas O conheçam através da verdadeira obra, e através desse conhecimento Ele ganha o amor delas. É como Pedro: se ele não tivesse vivido com Jesus, teria sido impossível para ele adorar a Jesus. Assim também, sua lealdade para com Jesus foi construída em seu envolvimento com Jesus. Para fazer o homem amá-Lo, Deus veio entre os homens e vive com o homem, e tudo o que Ele faz o homem ver e experimentar é a realidade de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 500

Deus usa a realidade e o advento dos fatos para fazer com que as pessoas sejam perfeitas; as palavras de Deus cumprem parte de Seu aperfeiçoamento das pessoas, e esta é a obra de orientação e abertura do caminho. O que significa dizer que, nas palavras de Deus, você deve encontrar o caminho da prática e deve encontrar o conhecimento das visões. Ao compreender estas coisas, o homem terá um caminho e as visões como realmente pratica, e será capaz de ser iluminado pelas palavras de Deus, será capaz de entender que estas coisas vêm de Deus e será capaz de discernir muito. Depois da compreensão, ele deve entrar imediatamente nessa realidade e usar as palavras de Deus para satisfazer a Deus em sua vida real. Deus o guiará em todas as coisas, lhe mostrará o caminho da prática, fará com que você sinta que Deus é tão adorável, e permitirá que você veja que cada passo do agir de Deus em você é para torná-lo perfeito. Se você deseja ver o amor de Deus, se deseja realmente experimentar o amor de Deus, então você deve se aprofundar na realidade, você deve se aprofundar na vida real e ver que tudo que Deus faz é amor e salvação, para que as pessoas deixem para trás o que é impuro, e para refinar as coisas em seu interior que são incapazes de satisfazer a vontade de Deus. Deus usa palavras para proporcionar ao homem enquanto também cria ambientes na vida real que permitem que as pessoas experimentem, e se as pessoas comerem e beberem muitas das palavras de Deus, quando elas realmente as colocarem em prática, elas poderão resolver todas as dificuldades em suas vidas, usando muitas palavras de Deus. O que significa dizer que você deve ter as palavras de Deus para penetrar profundamente na realidade; se você não comer e beber as palavras de Deus, e estiver sem a obra de Deus, então você não terá nenhum caminho na vida real. Se você nunca comer ou beber as palavras de Deus, então você será confundido quando algo acontecer com você. Você só sabe que deve amar a Deus, mas é incapaz de qualquer diferenciação e não tem nenhum caminho de prática; você está confundido e confuso, e às vezes até acredita que, satisfazendo a carne, você está satisfazendo a Deus — tudo isso é consequência de não comer e beber as palavras de Deus. O que significa dizer que, se você está sem a ajuda das palavras de Deus, e apenas tateia dentro da realidade, então você é fundamentalmente incapaz de encontrar o caminho da prática. Pessoas assim, simplesmente não entendem o que significa crer em Deus, muito menos entendem o que significa amar a Deus. Se, usando a iluminação e a orientação das palavras de Deus, você frequentemente ora, explora e procura, através do que você descobre aquilo que deveria colocar em prática, encontra oportunidades para a obra do Espírito Santo, coopera verdadeiramente com Deus e não está confundido e confuso, então você terá um caminho na vida real e verdadeiramente satisfará a Deus. Quando você tiver satisfeito a Deus, dentro de você haverá a orientação de Deus, e você será especialmente abençoado por Deus, o que lhe dará uma sensação de prazer: você se sentirá especialmente honrado por ter satisfeito a Deus, sentirá especialmente iluminado por dentro e em seu coração estará claro e em paz, sua consciência será confortada e livre de acusações, e você se sentirá agradável por dentro quando vir seus irmãos. Isso é o que significa desfrutar do amor de Deus, e somente isso é verdadeiramente desfrutar Deus. O desfrutar do amor de Deus pelas pessoas é alcançado através da experiência: ao experimentar dificuldades e experimentar colocar a verdade em prática, elas recebem as bênçãos de Deus. Se você apenas diz que Deus realmente ama você, que Deus pagou um alto preço pelas pessoas, que Ele pacientemente e gentilmente proferiu tantas palavras, e sempre salva as pessoas, a expressão dessas palavras é apenas um lado do desfrute de Deus. Ainda, o maior desfrute — o desfrute real — seria que as pessoas pusessem a verdade em prática em sua vida real, após o que elas seriam pacíficas e claras em seu coração, elas se sentiriam tão tocadas por dentro e que Deus é tão amável. Você vai sentir que o preço que você pagou vale a pena. Tendo pago um ótimo preço em seus esforços, você será especialmente brilhante por dentro: você sentirá que está verdadeiramente desfrutando do amor de Deus e compreenderá que Deus realizou a obra da salvação nas pessoas, que Seu refinamento nas pessoas é para purificá-las e que Deus prova as pessoas a fim de testar se elas realmente O amam. Se você sempre colocar a verdade em prática dessa maneira, então você gradualmente desenvolverá um conhecimento claro de grande parte da obra de Deus, e nesse momento você sempre sentirá que as palavras de Deus diante de você, são claras como o cristal. Se você puder compreender claramente muitas verdades, sentirá que todos os assuntos são fáceis de praticar, que você pode superar esse problema e superar aquela tentação, e verá que nada é um problema para você, o que o tornará tão livre e liberado. Neste momento você estará desfrutando do amor de Deus, e o verdadeiro amor de Deus terá encontrado você. Deus abençoa aqueles que têm visões, que têm a verdade, que têm conhecimento e que verdadeiramente O amam. Se as pessoas desejam contemplar o amor de Deus, elas devem praticar a verdade na vida real, devem estar dispostas a suportar a dor e abandonar aquilo que amam para satisfazer a Deus, e apesar das lágrimas em seus olhos, elas ainda devem poder satisfazer o coração de Deus. Desta forma, Deus certamente irá abençoá-lo, e se você suportar dificuldades como essa, será seguido pela obra do Espírito Santo. Através da vida real e através da experiência das palavras de Deus, as pessoas são capazes de ver a beleza de Deus, e somente se elas provarem o amor de Deus, poderão verdadeiramente amá-Lo.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 501

Quanto mais você praticar a verdade, mais tomará posse da verdade; quanto mais você praticar a verdade, mais você tomará posse do amor de Deus; e quanto mais você praticar a verdade, mais você será abençoado por Deus. Se você sempre praticar dessa maneira, o amor de Deus por você gradualmente o capacitará a ver, assim como Pedro veio a conhecer Deus: Pedro disse que Deus não só tem sabedoria para criar os céus e a terra e todas as coisas, mas, além disso, que Ele também tem a sabedoria para realizar a verdadeira obra nas pessoas. Pedro disse que Ele não é apenas digno do amor das pessoas por causa de Sua criação dos céus e da terra e de todas as coisas, mas, além disso, por Sua capacidade de criar o homem, salvar o homem, aperfeiçoar o homem e dar Seu amor como legado ao homem. Assim também Pedro disse que há muito Nele que é digno do amor do homem. Pedro disse a Jesus: “Você não merece o amor das pessoas por muito mais do que criar os céus e a terra e todas as coisas? Há mais em Você que é amável, Você age e se move na vida real, Seu Espírito me toca por dentro, Você me disciplina, Você me reprova — essas coisas são ainda mais dignas do amor das pessoas”. Se você deseja ver e experimentar o amor de Deus, então você deve explorar e buscar na vida real, e deve estar disposto a deixar de lado sua própria carne. Você deve tomar essa decisão. Você deve ser alguém com determinação, que é capaz de satisfazer a Deus em todas as coisas, sem ser preguiçoso, ou cobiçar os prazeres da carne, não viver para a carne, mas viver para Deus. Pode haver momentos em que você não satisfaça a Deus. Isso é porque você não entende a vontade de Deus; da próxima vez, embora seja necessário mais esforço, você deve satisfazê-Lo e não deve satisfazer a carne. Quando você experimentar desta maneira, você terá conhecido a Deus. Você verá que Deus pôde criar os céus e a Terra e todas as coisas, que Ele Se fez carne para que as pessoas possam realmente e verdadeiramente vê-Lo, e realmente se envolver com Ele, que Ele é capaz de andar entre os homens, que Seu Espírito é capaz de aperfeiçoar as pessoas na vida real, permitindo-lhes ver Sua beleza e experimentar Sua disciplina, Seu castigo e Suas bênçãos. Se você sempre experimentar dessa maneira, na vida real você será inseparável de Deus, e se um dia seu relacionamento com Deus deixar de ser normal, você poderá sofrer reprovação e ser capaz de sentir remorso. Quando você tem um relacionamento normal com Deus, você nunca desejará deixar Deus, e se um dia Deus disser que Ele vai deixar você, você terá medo e dirá que prefere morrer do que ser deixado por Deus. Assim que você tiver essas emoções, sentirá que é incapaz de deixar Deus e, dessa maneira, terá um fundamento e desfrutará verdadeiramente do amor de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 502

As pessoas frequentemente falam de permitir que Deus seja a vida delas, mas ainda não experimentaram até esse ponto. Você está meramente dizendo que Deus é a sua vida, que Ele guia você todos os dias, que você come e bebe Suas palavras a cada dia, e você ora a Ele todos os dias, e que assim Ele se tornou sua vida. O conhecimento daqueles que dizem isso é muito superficial. Em muitas pessoas não há fundamento; as palavras de Deus foram plantadas dentro delas, mas ainda têm que brotar, muito menos elas deram algum fruto. Hoje, até que ponto você já experimentou? Só agora, depois de Deus tê-lo obrigado a chegar tão longe, você sente que não pode deixar Deus. Um dia, quando você tiver experimentado até certo ponto, se Deus lhe obrigasse a ir embora, você não seria capaz. Você sempre sentirá que não pode ficar sem Deus dentro de você; você pode ficar sem marido, esposa ou filhos, sem família, sem mãe ou pai, sem os prazeres da carne, mas você não pode ficar sem Deus. Estar sem Deus será como perder a sua vida, você não poderá viver sem Deus. Quando você tiver experimentado até este ponto, você terá atingido a meta de sua fé em Deus, e desta forma Deus terá Se tornado sua vida, Ele terá Se tornado o fundamento de sua existência, e você nunca mais será capaz de deixar Deus. Quando você tiver experimentado até esse ponto, você realmente terá desfrutado do amor de Deus, seu relacionamento com Deus será tão próximo, Deus será sua vida, seu amor e, nesse momento, você orará a Deus e dirá: “Ó Deus! Eu não posso deixá-Lo, Você é minha vida, eu posso ficar sem tudo o mais, mas sem Você eu não posso continuar vivendo”. Essa é a verdadeira estatura das pessoas; é a vida real. Algumas pessoas foram obrigadas a chegar até o ponto onde estão hoje: elas têm que continuar quer queiram quer não, e sempre se sentem como se estivessem entre a cruz e a espada. Você deve experimentar de tal forma que Deus é a sua vida, de modo que, se Deus fosse tirado de seu coração, seria como perder a sua vida; Deus deve ser a sua vida e você deve ser incapaz de deixá-Lo. Desta forma, você terá realmente experimentado a Deus, e neste momento, quando você amar a Deus novamente, você verdadeiramente amará a Deus, e será um amor singular e puro. Um dia, quando suas experiências forem tais que sua vida tenha chegado a certo ponto, quando você orar a Deus e comer e beber as palavras de Deus, você será incapaz de abandonar Deus em seu interior, nem será capaz de esquecê-Lo, mesmo se quisesse. Deus terá Se tornado sua vida; você pode esquecer o mundo, pode esquecer sua esposa, marido ou filhos, mas terá dificuldades em esquecer-se de Deus — isso é impossível, esta é sua verdadeira vida e seu verdadeiro amor por Deus. Quando o amor das pessoas a Deus alcança certo ponto, nada do que amam é igual ao amor delas a Deus. Ele é o primeiro amor delas, e assim, é capaz de desistir de tudo e está disposto a aceitar todo o tratamento e poda de Deus. Quando você tiver alcançado um amor a Deus que supere tudo o mais, você viverá na realidade e no amor de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 503

Assim que Deus Se torna a vida dentro das pessoas, elas se tornam incapazes de abandonar Deus. Isto não é o feito de Deus? Não há maior testemunho! Deus trabalhou até certo ponto; Ele disse para as pessoas fazerem o serviço, serem castigadas ou morrerem, e as pessoas não recuaram, o que mostra que elas foram conquistadas por Deus. As pessoas que têm a verdade são aquelas que, em suas experiências reais, podem se manter firmes em seu testemunho, permanecem firmes em sua posição, ficam do lado de Deus, sem nunca se afastar, e que podem ter um relacionamento normal com pessoas que amam a Deus, os quais, quando lhe acontecem as coisas, são capazes de obedecer completamente a Deus e podem obedecer a Deus até a morte. Sua prática e revelações na vida real são o testemunho de Deus, são a vivência do homem e o testemunho de Deus, e isso é verdadeiramente desfrutar do amor de Deus; quando você tiver experimentado até este ponto, o devido efeito terá sido alcançado. Você é tomado de um viver real e cada uma de suas ações é encarada com admiração pelos outros. Suas roupas e aparência exterior não têm nada de especial, mas você vive uma vida de extrema devoção e, quando comunica as palavras de Deus, você é guiado e iluminado por Ele. Você é capaz de falar a vontade de Deus através de suas palavras, comunicar a realidade e entender muito sobre servir em espírito. Você é sincero em seu discurso, é decente e correto, não é de confrontar; é decoroso, capaz de obedecer aos arranjos de Deus e permanecer firme em seu testemunho quando acontecem as coisas, e se mantem calmo e sereno, não importa com o que esteja lidando. Esse tipo de pessoa realmente viu o amor de Deus. Algumas pessoas ainda são jovens, mas agem como pessoas de meia-idade; são maduras, possuidoras da verdade e admiradas pelos outros — e essas pessoas são as que têm testemunho e são a manifestação de Deus. O que significa dizer que, quando tiverem experimentado até certo ponto, no interior delas haverá uma percepção de Deus, e assim seu caráter externo também se estabilizará. Muitas pessoas não praticam a verdade e não permanecem firmes em seu testemunho. Em tais pessoas não há o amor de Deus ou testemunho de Deus, e estas são as pessoas mais odiadas por Deus. Elas leem as palavras de Deus nas reuniões, mas o que vivem é Satanás, e isso é desonrar a Deus, difamar a Deus e blasfemar contra Deus. Em tais pessoas não há sinal do amor de Deus; elas não têm a obra do Espírito Santo de forma alguma, portanto as palavras e ações das pessoas representam Satanás. Se seu coração está sempre em paz diante de Deus, e você sempre presta atenção às pessoas e coisas ao seu redor, e o que está acontecendo ao seu redor, e se você está atento ao encargo de Deus, e sempre tem um coração que reverencia a Deus, então Deus, o iluminará por dentro frequentemente. Na igreja há pessoas que são “supervisoras”, que observam especificamente as falhas dos outros, e então copiam e imitam. Elas são incapazes de distinguir, elas não odeiam o pecado e não abominam ou sentem nojo pelas coisas de Satanás. Tais pessoas estão cheias das coisas de Satanás, e por fim, serão completamente abandonadas por Deus. Seu coração deve ser sempre reverente diante de Deus, você deve ser moderado em suas palavras e ações e nunca desejar se opor ou aborrecer a Deus. Você nunca deve permitir que a obra de Deus em você tenha sido em vão, ou permitir que todas as dificuldades que tenha suportado e tudo o que você tenha posto em prática deem em nada. Você deve estar disposto a laborar mais e amar mais a Deus no caminho que lhe espera. Estas são as pessoas que têm uma visão como base. Estas são as pessoas que buscam progredir.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 504

Se as pessoas acreditam em Deus e experimentam as palavras de Deus, com um coração que reverencia a Deus, então, nessas pessoas, pode-se ver a salvação de Deus e o amor de Deus. Essas pessoas podem testificar por Deus, elas vivem a verdade, e o que elas testificam é também a verdade, o que Deus é, e o caráter de Deus, e elas vivem em meio ao amor de Deus e viram o amor de Deus. Se as pessoas desejam amar a Deus, devem provar a beleza de Deus e ver a beleza de Deus; só então poderá ser despertado nelas um coração que ama a Deus, um coração que está disposto a se deixar gastar lealmente por Deus. Deus não faz com que as pessoas O amem através de palavras e expressões, ou da imaginação delas, e Ele não obriga as pessoas a amá-Lo. Em vez disso, Ele as faz amá-Lo por vontade própria, e faz com que elas vejam Sua beleza em Sua obra e declarações, depois das quais nasce nelas o amor a Deus. Só assim as pessoas podem verdadeiramente dar testemunho de Deus. As pessoas amam a Deus, não porque foram incentivadas por outros a fazê-lo, tampouco é um impulso emocional momentâneo. Elas amam a Deus porque viram Sua beleza, viram que há muito Dele que é digno do amor das pessoas, porque viram a salvação, a sabedoria e os feitos maravilhosos de Deus — e, como resultado, elas realmente louvam a Deus, e verdadeiramente anseiam por Ele, e é despertada nelas uma paixão tamanha que elas não poderiam sobreviver sem ganhar a Deus. A razão pela qual aqueles que verdadeiramente testificam por Deus são capazes de dar um testemunho impactante para Ele é porque o seu testemunho está sobre o fundamento do verdadeiro conhecimento e verdadeiro anseio por Deus. Não é de acordo com um impulso emocional, mas de acordo com o conhecimento de Deus e Seu caráter. Por terem conhecido a Deus, elas sentem que devem certamente dar testemunho de Deus e fazer com que todos os que anseiam por Deus conheçam a Deus, e estejam cientes da beleza de Deus e de Sua realidade. Como o amor das pessoas por Deus, seu testemunho é espontâneo, é real e tem significado e valor reais. Não é passivo, oco e sem sentido. A razão pela qual somente aqueles que realmente amam a Deus têm mais valor e significado em suas vidas, e somente elas realmente acreditam em Deus, é porque essas pessoas vivem na luz de Deus, elas são capazes de viver pela obra e gestão de Deus; elas não vivem nas trevas, mas vivem na luz; elas não vivem uma vida sem sentido, mas vidas que foram abençoadas por Deus. Somente aqueles que amam a Deus são capazes de dar testemunho de Deus, somente eles são as testemunhas de Deus, somente eles são abençoados por Deus, e somente eles são capazes de receber as promessas de Deus. Aqueles que amam a Deus são íntimos de Deus, são pessoas amadas por Deus e podem desfrutar as bênçãos juntamente com Deus. Somente pessoas como essas viverão pela eternidade e somente elas viverão para sempre sob o cuidado e a proteção de Deus. Deus é para ser amado pelas pessoas e Ele é digno do amor de todas as pessoas, mas nem todas as pessoas são capazes de amar a Deus e nem todas as pessoas podem dar testemunho de Deus e ter poder com Deus. Porque elas são capazes de dar testemunho de Deus e dedicar todos os seus esforços à obra de Deus, aqueles que verdadeiramente amam a Deus podem andar em qualquer lugar debaixo dos céus sem que ninguém se atreva a se opor a elas, e podem exercer poder sobre a Terra e governar todo o povo de Deus. Essas pessoas vieram de todos os cantos do mundo, falam diferentes línguas e têm diferentes cores de pele, mas sua existência tem o mesmo significado, todas têm um coração que ama a Deus, todas têm o mesmo testemunho e têm a mesma determinação, e o mesmo desejo. Aqueles que amam a Deus podem caminhar livremente pelo mundo, aqueles que dão testemunho de Deus podem viajar pelo universo. Essas pessoas são amadas por Deus, são abençoadas por Deus e viverão para sempre em Sua luz.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 505

Até que ponto você ama a Deus hoje? E até que ponto você sabe de tudo o que Deus realizou em você? Essas são as coisas que você deve aprender. Quando Deus chegou na terra, tudo o que Ele realizou no homem e permitiu que o homem visse são para que o homem O ame e realmente O conheça. Que o homem que seja capaz de sofrer por Deus e tenha conseguido chegar tão longe é, em um aspecto, por causa do amor de Deus e, em outro, por causa da salvação de Deus; além disso, é por causa da obra de julgamento e castigo que Deus realizou no homem. Se vocês não passaram por julgamento, castigo e provações de Deus e se Deus não os fez sofrer, então para ser sincero, vocês não amam verdadeiramente a Deus. Quanto maior a obra de Deus no homem, e quanto maior seu sofrimento, mais isso é capaz de mostrar quão significativa é a obra de Deus, e quanto mais o coração desse homem pode realmente amar a Deus. Como você aprende a amar Deus? Sem tormento e refinamento, sem provações dolorosas — e se, além disso, tudo que Deus desse ao homem fosse graça, amor e misericórdia — você poderia alcançar o verdadeiro amor a Deus? Por um lado, durante as provações de Deus o homem conhece suas deficiências e vê que ele é insignificante, desprezível e humilde, que ele não tem nada e não é nada. E por outro, durante Suas provações, Deus cria ambientes diferentes para o homem que o tornam mais capaz de experimentar a beleza de Deus. Embora a dor seja grande e às vezes insuperável — e até atinge um nível de tristeza esmagadora — ao tê-la experimentado, o homem vê o quão amável é a obra de Deus nele, e somente sobre essa base nasce o verdadeiro amor a Deus no homem. Hoje, o homem vê que somente com a graça, o amor e a misericórdia de Deus, ele é incapaz de se conhecer verdadeiramente e menos ainda capaz de conhecer a sua essência. Somente através do refinamento e julgamento de Deus, somente durante tal refinamento o homem pode conhecer suas deficiências e saber que não possui nada. Assim, o amor do homem por Deus é construído sobre o fundamento do refinamento e julgamento de Deus. Se você só desfruta da graça de Deus, tendo uma vida de família pacífica ou bênçãos materiais, então você não ganhou Deus, e sua crença Nele não pode ser considerada bem-sucedida. Deus já realizou uma etapa da obra da graça na carne e já concedeu bênçãos materiais ao homem, mas o homem não pode ser aperfeiçoado com a graça, o amor e a misericórdia somente. Nas experiências do homem, ele encontra um pouco do amor de Deus e percebe esse amor e misericórdia de Deus, mesmo tendo experimentado durante um período, ele vê que a graça de Deus e Seu amor e misericórdia são incapazes de tornar o homem perfeito e incapazes de revelar o que é corrupto no homem, nem eles são capazes de livrar o homem de seu caráter corrupto ou tornar perfeito seu amor e fé. A obra da graça de Deus foi a obra de um período e o homem não pode depender de desfrutar da graça de Deus para conhecê-Lo.

Extraído de ‘Somente experimentando provações dolorosas é que você pode conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 506

Hoje, a maioria das pessoas não tem esse conhecimento. Elas acreditam que o sofrimento é sem valor, que foram renunciadas pelo mundo, que sua vida familiar tem problemas, que não são amadas por Deus e sua perspectiva é sombria. O sofrimento de algumas pessoas chega ao extremo e seus pensamentos se transformam em morte. Esse não é o verdadeiro amor a Deus; tais pessoas são covardes, não têm perseverança, são fracas e impotentes! Deus está ansioso para que o homem O ame, mas quanto mais o homem O ama, quanto maior o sofrimento do homem e quanto mais o homem O ama, maiores as suas provações. Se você O ama, então todo tipo de sofrimento lhe sobrevirá — e se não O ama, então, talvez tudo correrá bem para você e terá paz ao seu redor. Quando você ama a Deus, você sentirá que muita coisa ao seu redor é insuperável, e porque sua estatura é muito pequena, você será refinado; além disso, você é incapaz de satisfazer a Deus e sempre sentirá que a vontade de Deus é muito elevada, que está fora do alcance do homem. Por tudo isso, você será refinado — porque há muita fraqueza dentro de você e muita coisa que é incapaz de satisfazer a vontade de Deus, você será refinado por dentro. No entanto, vocês devem entender claramente que a purificação só é alcançada através do refinamento. Assim, durante estes últimos dias vocês devem dar testemunho de Deus. Não importa quão grande seja o sofrimento de vocês, devem continuar até o fim e, mesmo em seus últimos suspiros, ainda assim vocês devem ser fieis a Deus e ficar à mercê de Deus; só isso é realmente amar a Deus e apenas isso é o testemunho forte e retumbante. Ao ser tentado por Satanás, deve dizer: “Meu coração pertence a Deus e Deus já me ganhou. Não posso satisfazê-lo — devo dedicar-me plenamente a satisfazer a Deus”. Quanto mais você satisfizer a Deus, mais Deus o abençoará e maior será a força do seu amor por Deus; então, você terá também fé e determinação e sentirá que nada é mais digno ou significativo do que gastar uma vida amando a Deus. Pode-se dizer que o homem tem que amar a Deus para viver sem tristeza. Embora haja momentos em que a carne é fraca e você esteja envolvido por muitos problemas reais, durante esses momentos você realmente confiará em Deus e, em seu espírito, você será consolado e sentirá certeza e que você tem algo de que pode depender. Dessa forma, você poderá superar muitos ambientes e assim não se queixará de Deus por causa da angústia que sofre; você desejará cantar, dançar, orar, se reunir e compartilhar, pensar em Deus e sentirá que todas as pessoas, questões e coisas ao seu redor que são organizadas por Deus são adequadas. Se você não amar a Deus, tudo que você considerar será irritante para você, nada será agradável aos seus olhos; em espírito, você não será livre, mas oprimido, seu coração sempre se queixará de Deus e você sempre sentirá que sofre tanto tormento e que isso é tão injusto. Se você não busca pelo bem da felicidade, mas para satisfazer a Deus e para não ser acusado por Satanás, então tal busca lhe proporcionará grande força para amar a Deus. O homem é capaz de realizar tudo que Deus diz e tudo o que ele realiza é capaz de satisfazer a Deus — isto é o que significa possuir realidade. Perseguir o satisfazer a Deus é usar o amor a Deus para colocar Suas palavras em prática; independentemente do tempo — mesmo quando os outros não têm força — dentro de você, ainda existe um coração que ama a Deus, que anseia profundamente por Deus e sente a falta Dele. Isso é a estatura real. A grandeza de sua estatura depende da grandeza do amor que sente por Deus, de você conseguir ou não ficar firme quando testado, de você ser fraco ou não quando um certo contexto lhe sobrevier, e se você consegue ficar firme mesmo quando seus irmãos e irmãs o rejeitam; os fatos que se apresentarem mostrarão exatamente como é o seu amor por Deus. Pode-se ver, de grande parte da obra de Deus, que Ele realmente ama o homem, é só que os olhos do espírito do homem ainda têm de ser completamente abertos, e ele é incapaz de entender muita coisa da obra de Deus, a vontade de Deus e muitas das coisas que são adoráveis sobre Deus; o homem tem muito pouco amor verdadeiro por Deus. Você acreditou em Deus durante todo esse tempo e hoje Deus bloqueou todos os meios de fuga. Realisticamente falando, você não tem escolha a não ser seguir a senda certa, a senda correta para a qual você foi conduzido pelo julgamento severo e pela suprema salvação de Deus. Só depois de experimentar dificuldades e refinamentos, o homem sabe que Deus é realmente adorável. Tendo experimentado até hoje, pode-se dizer que o homem passou a conhecer parte da beleza de Deus — mas isso ainda não é suficiente, porque o homem é deficiente. Ele deve experimentar ainda mais a maravilhosa obra de Deus e mais de todo o refinamento do sofrimento estabelecido por Deus. Só então o caráter de vida do homem pode ser alterado.

Extraído de ‘Somente experimentando provações dolorosas é que você pode conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 507

Todos vocês estão no meio de provação e refinamento. Como você deveria amar a Deus durante o refinamento? Tendo experimentado o refinamento, as pessoas são capazes de oferecer louvor verdadeiro a Deus e, em meio ao refinamento, podem ver que lhes falta muito. Quanto maior o seu refinamento, mais capaz você é de renunciar à carne; quanto maior o refinamento das pessoas, maior o amor delas por Deus. É isso o que vocês deveriam entender. Por que as pessoas devem ser refinadas? Que efeito isso visa atingir? Qual é o significado da obra do refinamento de Deus no homem? Se você realmente busca a Deus, então, tendo experimentado Seu refinamento até certo ponto, você sentirá que ele é muito bom e de extrema necessidade. Como deveria o homem amar a Deus durante o refinamento? Usando a decisão de amá-Lo para aceitar Seu refinamento: durante o refinamento, você é atormentado por dentro, como se uma faca estivesse revolvendo dentro de seu coração; porém, você está disposto a satisfazer a Deus com o coração, que O ama, e não está disposto a se importar com a carne. É isso o que quer dizer praticar o amor a Deus. Você está machucado por dentro, e seu sofrimento atingiu certo ponto; ainda assim, você está disposto a achegar-se diante de Deus e orar, dizendo: “Oh, Deus! Não posso abandonar-Te. Embora haja trevas dentro de mim, desejo satisfazer-Te; Tu conheces meu coração, e eu gostaria que investisses mais do Teu amor dentro de mim”. Essa é a prática durante o refinamento. Se usar o amor a Deus como a fundação, o refinamento pode trazer você para mais próximo de Deus e torná-lo mais íntimo Dele. Já que você acredita em Deus, deve entregar seu coração diante Dele. Se você oferecer e depositar seu coração diante de Deus, então, durante o refinamento, será impossível negá-Lo ou abandoná-Lo. Dessa forma, seu relacionamento com Deus se tornará cada vez mais íntimo, cada vez mais normal, e sua comunhão com Deus se tornará cada vez mais frequente. Se praticar sempre dessa maneira, passará mais tempo na luz de Deus e mais tempo sob a orientação de Suas palavras. Também haverá cada vez mais mudanças em seu caráter, e seu conhecimento aumentará dia a dia. Quando chegar o dia, e as provações de Deus lhe sobrevierem repentinamente, você não só será capaz de ficar ao lado de Deus, mas também de dar testemunho Dele. Nesse momento, você será como Jó e Pedro. Tendo dado testemunho de Deus, você O amará verdadeiramente e entregará sua vida a Ele de bom grado; você será a testemunha de Deus e alguém amado por Deus. O amor que experimenta o refinamento é forte, não fraco. Independentemente de quando ou como Deus o sujeita às Suas provações, você é capaz de não mais se preocupar se vai viver ou morrer, de bom grado abandonar tudo por Deus e alegremente suportar qualquer coisa por Ele — e, assim, seu amor será puro, e sua fé, real. Só então você será alguém verdadeiramente amado por Deus e que tem sido verdadeiramente aperfeiçoado por Ele.

Extraído de ‘Somente experimentando refinamento o homem pode ter amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 508

Se as pessoas caem sob a influência de Satanás, então não possuem amor por Deus dentro delas, e suas visões, amor e resolução prévios desapareceram. As pessoas costumavam pensar que deviam sofrer por Deus, mas hoje acham isso vergonhoso, e não têm falta reclamações. Isso é a obra de Satanás; isso mostra que o homem caiu sob o império dele. Caso se depare com esse estado, você deve orar e revertê-lo imediatamente — isso o protegerá contra os ataques de Satanás. É durante o refinamento mais amargo que o homem pode facilmente cair sob a influência de Satanás — portanto, como você deveria amar a Deus durante um refinamento assim? Você deveria reunir toda a sua vontade, depositar seu coração diante de Deus e dedicar todo o restante de seu tempo a Ele. Independentemente de como Deus o refina, você deveria ser capaz de colocar a verdade em prática para satisfazer a vontade de Deus e deveria tomar sobre si a tarefa de buscá-Lo e buscar ter comunhão. Em momentos assim, quanto mais passivo você for, mais negativo se tornará e mais fácil será retroceder. Quando for necessário que você cumpra com suas responsabilidades, embora não o faça bem, você faz tudo o que puder, e o faz usando nada mais que o seu amor por Deus; independentemente do que os outros digam — quer digam que o fez bem ou mal — suas motivações são corretas e você não é hipócrita, pois está agindo em nome de Deus. Quando outros lhe compreendem de maneira equivocada, você pode orar a Deus e dizer: “Oh, Deus! Não peço que os outros me tolerem, nem que me tratem bem, nem que me entendam e aprovem o que eu faço. Só peço que eu possa amar-Te em meu coração, que eu esteja descansado em meu coração e que minha consciência esteja tranquila. Não peço que outros me elogiem ou que me considerem em alta estima; só busco satisfazer-Te de coração. Cumpro meu papel fazendo tudo o que posso e, embora seja tolo e estúpido, de baixo calibre e cego, sei que Tu és amável, e estou disposto a devotar tudo o que tenho a Ti”. Assim que você ora dessa maneira, seu amor por Deus emerge, e você sente muito mais aliviado no coração. É isso o que se quer dizer por praticar o amor a Deus. Enquanto experimenta, você falhará duas vezes e terá êxito apenas uma vez, ou talvez falhará cinco vezes e terá êxito duas vezes e, enquanto experimenta dessa maneira, somente em meio à falha você poderá ver a amabilidade de Deus e descobrir o que falta dentro de você. Quando você se deparar com tais situações da próxima vez, deve se precaver, tomar passos cautelosos e orar com mais frequência. Pouco a pouco, você vai desenvolver a capacidade de triunfar em tais situações. Quando isso acontecer, suas orações terão sido eficazes. Quando você perceber que foi bem-sucedido dessa vez, ficará internamente satisfeito e, quando orar, poderá sentir Deus e que a presença do Espírito Santo não o deixou — só então saberá como Deus opera dentro de você. Praticar dessa maneira proporcionará a você uma senda para a experiência. Se não colocar a verdade em prática, estará sem a presença do Espírito Santo dentro de você. Mas se colocar a verdade em prática quando encontrar as coisas como são, então, embora se sinta machucado por dentro, o Espírito Santo estará com você depois, você poderá sentir a presença de Deus ao orar, terá a força para praticar as palavras de Deus e, durante a comunhão com seus irmãos e irmãs, não haverá nada pesando em sua consciência, e você se sentirá em paz e, dessa maneira, poderá trazer à luz o que tiver feito. Independentemente do que os outros digam, você poderá ter uma relação normal com Deus, não será coagido pelos outros, se elevará acima de tudo — e nisso, demonstrará que sua prática das palavras de Deus foi efetiva.

Extraído de ‘Somente experimentando refinamento o homem pode ter amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 509

Quanto maior o refinamento de Deus, mais o coração das pessoas pode amá-Lo. O tormento em seu coração é benéfico a sua vida, elas são mais capazes de estar em paz diante de Deus, seu relacionamento com Ele é mais próximo e elas são mais capazes de ver o amor supremo de Deus e Sua suprema salvação. Pedro experimentou o refinamento centenas de vezes, e Jó passou por diversas provações. Se desejarem ser aperfeiçoados por Deus, vocês também devem passar pelo refinamento centenas de vezes; somente se passarem por esse processo, e confiarem nessa etapa, é que poderão satisfazer a vontade de Deus e ser aperfeiçoado por Ele. O refinamento é o melhor meio pelo qual Deus aperfeiçoa as pessoas; somente o refinamento e as provações amargas podem fazer brotar o verdadeiro amor por Deus no coração delas. Sem adversidades, as pessoas carecem do verdadeiro amor por Deus; se não forem testadas por dentro nem verdadeiramente sujeitas ao refinamento, seu coração estará sempre flutuando no lado de fora. Tendo sido refinado até certo ponto, você verá suas próprias fraquezas e dificuldades, o quanto lhe falta, como você é incapaz de vencer os muitos problemas que encontra e como é grande sua desobediência. Somente durante as provações, as pessoas poderão conhecer verdadeiramente seu estado real, e as provações as tornam mais aptas a ser aperfeiçoadas.

Durante sua vida, Pedro experimentou o refinamento centenas de vezes e passou por muitas provas dolorosas. Esse refinamento se tornou a fundação de seu supremo amor por Deus, bem como a experiência mais significante de toda sua vida. Ele pôde possuir um amor supremo por Deus, em certo sentido, por causa de sua decisão de amar a Deus; mais importante, entretanto, foi por causa do refinamento e sofrimento pelo qual passou. Esse sofrimento se tornou seu guia na senda de amar a Deus, e tornou-se a coisa mais memorável para ele. Se as pessoas não passam pela dor do refinamento ao amar a Deus, então seu amor é repleto de naturalidade e preferências pessoais; tal amor está cheio das ideias de Satanás e é simplesmente incapaz de satisfazer a vontade de Deus. Ter a determinação de amar a Deus não é o mesmo que amar verdadeiramente a Deus. Embora tudo o que pensem em seu coração seja visando amar a Deus e satisfazê-Lo, como se seus pensamentos fossem desprovidos de qualquer ideia humana, como se todos eles fossem pelo bem de Deus, quando seus pensamentos são levados diante Dele, tais pensamentos não são elogiados ou abençoados por Deus. Mesmo quando as pessoas entendem completamente todas as verdades — quando vieram a conhecer todas elas — isso não pode ser considerado um sinal de amor a Deus, de que essas pessoas, de fato, amam a Deus. A despeito de terem entendido muitas verdades sem passar pelo refinamento, as pessoas são incapazes de colocá-las em prática; somente durante o refinamento elas podem entender o real significado dessas verdades; somente então podem apreciar genuinamente seu significado interior. Nesse momento, quando tentam novamente, podem colocar as verdades em devida prática e de acordo com a vontade de Deus; nesse momento, suas ideias humanas são atenuadas, sua naturalidade humana é reduzida, e suas emoções humanas são diminuídas; somente nesse momento é que sua prática representa uma manifestação verdadeira do amor a Deus. O efeito da verdade do amor a Deus não é atingido por meio de conhecimento falado ou disposição mental, tampouco pode ser alcançado simplesmente por ser compreendido. É preciso que as pessoas paguem um preço e que passem por muita amargura durante o refinamento, pois somente então seu amor se tornará puro e segundo o próprio coração de Deus.

Extraído de ‘Somente experimentando refinamento o homem pode ter amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 510

Tendo Se deparado com o estado do homem e sua atitude para com Deus, Deus tem feito uma nova obra, permitindo ao homem possuir tanto conhecimento quanto obediência para com Ele, tanto amor quanto testemunho. Assim, o homem deve experimentar seu refinamento por Deus, bem como Seu juízo, tratamento e poda, sem o qual o homem jamais conheceria a Deus e jamais seria capaz de verdadeiramente amá-Lo e dar testemunho Dele. O refinamento do homem por parte de Deus não é meramente para o bem de um efeito unilateral, mas para o bem de um efeito multifacetado. Somente dessa maneira é que Deus realiza a obra de refinamento naqueles que estão dispostos a buscar a verdade, a fim de que a decisão e o amor deles sejam aperfeiçoados por Deus. Àqueles que estão dispostos a buscar a verdade e àqueles que anseiam por Deus, nada é mais significativo, ou de maior auxílio, do que um refinamento como esse. O caráter de Deus não é tão facilmente conhecido ou compreendido pelo homem, pois Deus, afinal, é Deus. No final das contas, é impossível que Deus tenha o mesmo caráter que o homem e, assim, não é fácil que o homem conheça Seu caráter. A verdade não é inerentemente possuída pelo homem e não é facilmente compreendida por aqueles que foram corrompidos por Satanás; o homem é destituído da verdade e da decisão de colocar a verdade em prática, e, se ele não sofrer nem for refinado ou julgado, então sua decisão jamais será aperfeiçoada. Para todas as pessoas, o refinamento é algo excruciante e muito difícil de aceitar — porém, é durante o refinamento que Deus torna claro Seu justo caráter para com o homem, torna públicos Seus requisitos para o homem e proporciona mais esclarecimento, e mais tratamento e poda reais; por meio da comparação entre os fatos e a verdade, Ele dá ao homem um maior conhecimento de si mesmo e da verdade e proporciona-lhe uma maior compreensão da vontade de Deus, permitindo, assim, ao homem ter um amor a Deus mais verdadeiro e mais puro. Tais são os objetivos de Deus na execução do refinamento. Toda a obra que Deus faz no homem possui seus próprios objetivos e significados; Deus não faz uma obra sem sentido nem uma obra que não beneficie o homem. O refinamento não significa remover pessoas de diante de Deus nem as destruir no inferno. Significa mudar o caráter do homem durante o refinamento, mudar suas motivações, seus antigos pontos de vista, mudar seu amor por Deus e mudar sua vida inteira. O refinamento é um verdadeiro teste para o homem e uma forma de treinamento real, e é somente durante o refinamento que seu amor pode servir à sua função inerente.

Extraído de ‘Somente experimentando refinamento o homem pode ter amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 511

Se você acredita em Deus, então, deve obedecer a Deus, colocar a verdade em prática e cumprir todos os seus deveres. Além disso, você deve entender as coisas que deveria experimentar. Se você só experimenta ser lidado, ser disciplinado e ser julgado, se você somente é capaz de desfrutar Deus, mas é incapaz de sentir quando Deus o está disciplinando ou está lidando com você, isso é inaceitável. Talvez, nesse caso de refinamento, você seja capaz de permanecer firme, mas isso ainda não é o bastante; você ainda deve continuar marchando avante. A lição de amar a Deus nunca para e não tem fim. As pessoas acham que acreditar em Deus é algo extremamente simples, mas assim que ganham alguma experiência prática, elas então se dão conta de que crer em Deus não é tão simples quanto imaginam. Quando Deus opera para refinar o homem, o homem sofre. Quanto maior for o refinamento de uma pessoa, maior será seu amor por Deus, mais do poder de Deus será revelado nela. Em contrapartida, quanto menos refinamento uma pessoa recebe, menos o seu amor por Deus crescerá, e menos poder de Deus será revelado nela. Quanto maiores forem o refinamento e a dor de uma pessoa e quanto maior tormento experimentar, mais profundo se tornará seu amor por Deus, mais genuína sua fé em Deus se tornará, e mais profundo será seu conhecimento de Deus. Em suas experiências, você verá pessoas que sofrem grandemente enquanto são refinadas, que são muito lidadas e disciplinadas, e você verá que são essas pessoas que têm um profundo amor por Deus e um conhecimento mais profundo e penetrante de Deus. Os que não experimentaram tratamento têm somente um conhecimento superficial e podem apenas dizer: “Deus é tão bom. Ele concede graça às pessoas para que possam desfrutar Dele”. Se as pessoas experimentaram tratamento e disciplina, então são capazes de falar do verdadeiro conhecimento de Deus. Assim, quanto mais maravilhosa é a obra de Deus no homem, mais valiosa e significativa ela é. Quanto mais impenetrável ela é para você e mais incompatível com suas noções, mais a obra de Deus é capaz de conquistá-lo, ganhá-lo e aperfeiçoá-lo. Como é grande o significado da obra de Deus! Se Deus não refinasse o homem dessa maneira, se Ele não operasse de acordo com esse método, então Sua obra seria ineficaz e sem significado. Foi dito no passado que Deus selecionaria e ganharia esse grupo e o tornaria completo nos últimos dias; nisso, há um significado extraordinário. Quanto maior a obra que Ele conduz dentro de vocês, mais profundo e mais puro o amor de vocês por Deus. Quanto maior for a obra de Deus, mais o homem é capaz de entender alguma coisa de Sua sabedoria e mais profundo é o conhecimento que o homem tem Dele. Durante os últimos dias, o plano de gerenciamento de Deus de seis mil anos chegará ao fim. Será que realmente poderá terminar facilmente? Uma vez que Ele conquiste a humanidade, Sua obra estará encerrada? Pode ser tão simples assim? As pessoas, sem dúvida, imaginam que é simples assim, mas o que Deus faz não é tão simples. Seja qual for a parte da obra de Deus que você mencione, toda ela é insondável para o homem. Se você fosse capaz de sondá-la, então a obra de Deus não teria significado nem valor. A obra feita por Deus é insondável; é completamente contrária às suas noções e é quanto mais irreconciliável for com suas noções, mais demonstra que a obra de Deus é significativa; se fosse compatível com suas noções, então não teria sentido. Hoje, você acha que a obra de Deus é tão maravilhosa e, quanto mais maravilhosa você achar que é, mais você acha que Deus é insondável e você vê como são grandes os feitos de Deus. Se Ele só realizasse uma obra superficial, perfuntória, para conquistar o homem e não fizesse nada mais depois disso, então o homem seria incapaz de contemplar o significado da obra de Deus. Embora você esteja recebendo um pouco de refinamento agora, isso é de grande benefício para o seu crescimento na vida; assim, é da máxima necessidade que vocês passem por tal dificuldade. Hoje, você está recebendo um pouco de refinamento, mas posteriormente você será verdadeiramente capaz de contemplar os feitos de Deus e, por fim, você dirá: “Os feitos de Deus são tão maravilhosos!”. Essas serão as palavras em seu coração. Depois de terem experimentado o refinamento de Deus por algum tempo (a provação dos servidores e os tempos de castigo), algumas pessoas por fim disseram: “Crer em Deus é realmente difícil!”. O fato de terem usado as palavras “realmente difícil” mostra que os feitos de Deus são insondáveis, que a obra de Deus possui grande significado e valor e é altamente digna de ser estimada pelo homem. Se, depois de Eu ter feito tanta obra, você não tivesse o menor conhecimento, então Minha obra ainda poderia teria valor? Ela o fará dizer: “Servir a Deus é realmente difícil; os feitos de Deus são tão maravilhosos, e Deus realmente é sábio! Deus é tão lindo!”. Se, após passar por um período de experiência, você é capaz de dizer tais palavras, então isso prova que você ganhou a obra de Deus em si. Um dia, quando você estiver divulgando o evangelho no exterior e alguém lhe perguntar: “Como vai a sua fé em Deus?”, você será capaz de responder: “As ações de Deus são tão maravilhosas!”. Essa pessoa sentirá que suas palavras falam de experiências reais. Isso é verdadeiramente dar testemunho. Você dirá que a obra de Deus é repleta de sabedoria e que a obra Dele em você verdadeiramente o convenceu e conquistou seu coração. Você sempre irá amá-Lo porque Ele é mais do que digno do amor da humanidade! Se você puder responder a essas coisas, então poderá comover o coração das pessoas. Tudo isso é dar testemunho. Se você for capaz de dar um testemunho retumbante, levar as pessoas às lágrimas, isso mostra que você verdadeiramente é alguém que ama a Deus, porque você é capaz dar testemunho de que ama a Deus, e por intermédio de você, as ações de Deus podem ser dadas em testemunho. Pelo seu testemunho, outras pessoas são levadas a buscar a obra de Deus, a experimentá-la, e em qualquer ambiente em que a experimentem, elas serão capazes de se ficar firmes. Essa é a única maneira genuína de dar testemunho, e isso é exatamente o que se exige de você agora. Você deveria ver que a obra de Deus é extremamente valiosa e digna de ser estimada pelas pessoas, que Deus é tão precioso e abundante; Ele não somente pode falar, mas também julgar as pessoas, refinar o coração delas, proporcionar-lhes prazer, ganhá-las, conquistá-las e aperfeiçoá-las. Com base em sua experiência, você verá que Deus é muito amável. Então, quanto você ama a Deus agora? Você realmente pode dizer essas coisas de coração? Quando puder expressar essas palavras do fundo do coração, você será capaz de dar testemunho. Uma vez que sua experiência tiver alcançado esse nível, você será capaz de ser uma testemunha de Deus e estará qualificado. Se não alcançar esse nível em sua experiência, então você ainda estará muito longe. É normal as pessoas demonstrarem fraquezas durante o processo de refinamento, mas, depois do refinamento, você deveria ser capaz de dizer: “Deus é tão sábio em Sua obra!” Se você for verdadeiramente capaz de alcançar um entendimento prático dessas palavras, então isso se tornará algo que você apreciará, e sua experiência terá valor.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 512

O que você deveria buscar agora? Se você é capaz ou não de dar testemunho da obra de Deus; se é capaz ou não de se tornar um testemunho e uma manifestação de Deus; e se está apto ou não para ser usado por Ele — são essas as coisas que você deveria buscar. Quanto Deus realmente operou em você? Quanto você viu, quanto tocou? Quanto experimentou e provou? Independentemente de Deus ter ou não testado você, lidado com você ou disciplinado você, Seus atos e Sua obra foram realizados em você. Mas como alguém que crê em Deus e como alguém que está disposto a buscar ser aperfeiçoado por Ele, você é capaz de dar testemunho da obra de Deus tendo como base a sua própria experiência prática? Você pode viver a palavra de Deus por meio de sua experiência prática? Você é capaz de prover para os outros por meio da própria experiência prática e despender sua vida inteira para dar testemunho da obra de Deus? Para dar testemunho da obra de Deus, você deve depender de sua experiência, conhecimento e do preço que você pagou. Só assim você pode satisfazer a Sua vontade. Você é alguém que dá testemunho da obra de Deus? Você tem essa aspiração? Se você é capaz de dar testemunho do nome Dele e, além disso, de Sua obra, e se você consegue viver a imagem que Ele exige de Suas pessoas, então você é uma testemunha de Deus. De que maneira você realmente dá testemunho de Deus? Você o faz ao buscar e ansiar viver a palavra de Deus, e ao dar testemunho por meio de suas palavras, permitindo que as pessoas conheçam Sua obra e vejam Suas ações. Se você verdadeiramente busca tudo isso, então Deus o aperfeiçoará. Se tudo que você busca é ser aperfeiçoado por Deus e ser abençoado no fim, então a perspectiva de sua fé em Deus não é pura. Você deveria estar buscando como ver os feitos de Deus na vida real, como satisfazê-Lo quando Ele lhe revelar Sua vontade, buscando como você deve dar testemunho de Sua sabedoria e maravilha, e como dar testemunho de como Ele disciplina e lida com você. Tudo isso são coisas que você deveria estar ponderando. Se seu amor por Deus é apenas para poder compartilhar de Sua glória depois que Ele o aperfeiçoar, então esse amor ainda é inadequado e não pode satisfazer os requisitos de Deus. Você precisa ser capaz de dar testemunho da obra de Deus, satisfazer Suas exigências e experimentar a obra que Ele tem feito nas pessoas de maneira prática. Seja dor, lágrimas ou tristeza, você deve experimentar todas essas coisas na sua prática. Elas têm o propósito de aperfeiçoá-lo como alguém que dá testemunho de Deus. O que exatamente o obriga a sofrer e buscar perfeição? O seu sofrimento presente é realmente em prol de amar a Deus e dar testemunho Dele? Ou é pelo bem das bênçãos da carne, de suas perspectivas e destino futuros? Todas as suas intenções, motivações e objetivos que você busca devem ser retificados e não podem ser guiados pela própria vontade. Se uma pessoa busca perfeição para receber bênçãos e reinar com poder, enquanto uma outra pessoa busca perfeição para satisfazer a Deus, para dar testemunho prático da obra de Deus, qual das duas maneiras de buscar você escolheria? Se escolhesse a primeira, então você ainda estaria longe demais dos padrões de Deus. Certa vez Eu disse que Minhas ações seriam abertamente conhecidas por todo o universo e que Eu reinaria como Rei do universo. Por outro lado, o que lhes foi confiado é sair para dar testemunho da obra de Deus, não para se tornar reis e aparecer para todo o universo. Que as obras de Deus encham o cosmos e o firmamento. Que todos as vejam e as reconheçam. Essas palavras são ditas em relação ao Próprio Deus, e o que os seres humanos deveriam fazer é dar testemunho de Deus. Quanto de Deus você conhece agora? Você pode dar testemunho de quanto de Deus? Qual é o propósito de Deus aperfeiçoar o homem? Uma vez que você compreenda a vontade de Deus, de que modo deveria mostrar consideração por Sua vontade? Se está disposto a ser aperfeiçoado e a dar testemunho da obra de Deus por meio daquilo que vive, se você tem essa força motivadora, então nada é difícil demais. O que as pessoas precisam agora é fé. Se você tem essa força motivadora, então é fácil deixar de lado toda negatividade, passividade, preguiça e as noções da carne, as filosofias de vida, o caráter rebelde, as emoções e assim por diante.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 513

Enquanto passam por provações, é normal que as pessoas estejam fracas ou tenham negatividade dentro delas, que lhes falte clareza quanto à vontade de Deus ou quanto à senda para a prática. Mas, em todo caso, você deve ter fé na obra de Deus e não negar Deus, assim como Jó. Embora Jó fosse fraco e amaldiçoasse o dia em que nasceu, ele não negou que todas as coisas da vida humana foram concedidas por Jeová, nem que Jeová também é Aquele que tira todas elas. Não importa quanto fosse testado, ele manteve essa fé. Na sua experiência, não importa que tipo de refinamento você passe por meio das palavras de Deus, o que Ele exige da humanidade, em resumo, é sua fé e seu amor por Ele. O que Ele aperfeiçoa ao operar assim é a fé, o amor e as aspirações das pessoas. Deus faz a obra da perfeição nas pessoas, e elas não podem vê-la, não podem senti-la; em tais circunstâncias, sua fé é exigida. A fé das pessoas é exigida quando algo não pode ser visto a olho nu, e sua fé é exigida quando você não consegue abrir mão de suas próprias noções. Quando você não tem clareza a respeito da obra de Deus, o que é exigido de você é ter fé e assumir uma posição firme e dar testemunho. Quando Jó chegou a esse ponto, Deus lhe apareceu e falou com ele. Quer dizer, é somente de dentro de sua fé que você será capaz de ver Deus e, quando você tiver fé, Deus o aperfeiçoará. Sem fé, Ele não pode fazer isso. Deus lhe concederá o que for que você espera ganhar. Se você não tem fé, não pode ser aperfeiçoado e será incapaz de ver as ações de Deus e menos ainda Sua onipotência. Quando você tem fé de que verá Suas ações em sua experiência prática, então Deus aparecerá a você e o iluminará e guiará a partir de seu interior. Sem essa fé, Deus será incapaz de fazer isso. Se você perdeu a esperança em Deus, como será capaz de experimentar Sua obra? Portanto, somente quando você tiver fé e não abrigar dúvidas a respeito de Deus, somente quando você tiver verdadeira fé Nele, não importa o que Ele faça, Deus o esclarecerá e iluminará por meio de suas experiências, e somente então você será capaz de ver Suas ações. Todas essas coisas são alcançadas através da fé. A fé vem somente por meio do refinamento e na ausência de refinamento, a fé não pode se desenvolver. A que se refere esta palavra, “fé”? A fé é a crença genuína e o coração sincero que os humanos deveriam possuir quando não podem ver nem tocar algo, quando a obra de Deus não está alinhada com as noções humanas, quando está além do alcance humano. Essa é a fé da qual Eu falo. As pessoas necessitam de fé durante períodos de dificuldade e refinamento, e a fé é algo que é seguido pelo refinamento; refinamento e fé não podem ser separados. Não importa como Deus opera e independentemente do tipo de ambiente em que você está, você é capaz de buscar a vida e de buscar a verdade, de buscar o conhecimento da obra de Deus e de ter um entendimento das Suas ações, e você é capaz de agir de acordo com a verdade. Fazer isso é o que é ter fé verdadeira, e fazer isso demonstra que você não perdeu a fé em Deus. Você só pode ter a fé verdadeira em Deus se for capaz de persistir em buscar a verdade por meio do refinamento, se você for capaz de verdadeiramente amar a Deus e não desenvolver dúvidas sobre Ele, se, não importa o que Ele faça, você ainda praticar a verdade para satisfazê-Lo, e se for capaz de buscar nas profundezas Sua vontade e de estar atento à Sua vontade. No passado, quando Deus disse que você reinaria como um rei, você O amou; quando Ele Se mostrou abertamente a você, você O buscou. Mas agora Deus está escondido, você não consegue vê-Lo, e os problemas vieram sobre você — então agora você perde a esperança em Deus? Assim, o tempo todo você deve buscar a vida e buscar satisfazer a vontade de Deus. Isso é chamado de fé genuína e isso é o tipo mais verdadeiro e belo de amor.

No passado, as pessoas todas vinham diante de Deus para tomar suas resoluções e diziam: “Mesmo que ninguém mais ame Deus; eu devo amá-Lo”. Mas agora, o refinamento vem sobre você e, já que isso não se alinha com suas noções, você perde a fé em Deus. Isso é amor genuíno? Você leu muitas vezes os feitos de Jó — você se esqueceu deles? O verdadeiro amor só pode tomar forma de dentro da fé. Você desenvolve o verdadeiro amor por Deus através dos refinamentos a que se submete, e é por meio de sua fé que você é capaz de estar atento à vontade de Deus em suas experiências práticas, e também é por meio da fé que você abandona a própria carne e busca a vida; isso é o que as pessoas deveriam fazer. Se fizer isso, então você será capaz de ver as ações de Deus, mas, se lhe faltar fé, então você será incapaz de ver as ações de Deus ou de experimentar Sua obra. Se você quer ser usado e aperfeiçoado por Deus, então você deve possuir tudo: a disposição para sofrer, fé, perseverança, obediência e a capacidade de experimentar a obra de Deus, compreender Sua vontade e estar atento à Sua tristeza, e assim por diante. Aperfeiçoar uma pessoa não é fácil, e cada um dos refinamentos que você experimenta requer sua fé e seu amor. Se você quer ser aperfeiçoado por Deus, não basta simplesmente correr adiante na senda, nem é suficiente meramente se despender por Deus. Você deve possuir muitas coisas para ser capaz de se tornar alguém aperfeiçoado por Deus. Quando encarar sofrimentos, você deve ser capaz de deixar de lado qualquer preocupação com a carne e de não fazer reclamações contra Deus. Quando Deus Se esconde de você, você deve ser capaz de ter a fé para segui-Lo e de manter seu antigo amor sem permitir que fraqueje ou se dissipe. Não importa o que Deus faça, você deve se submeter ao Seu desígnio e estar preparado para amaldiçoar a própria carne em vez de fazer reclamações contra Ele. Quando encarar provações, você deve satisfazer a Deus, embora você possa chorar amargamente ou se sentir relutante em se separar de algum objeto amado. Somente isso é amor e fé verdadeiros. Não importa qual seja sua real estatura, você deve primeiro possuir tanto a disposição para sofrer dificuldades como a verdadeira fé, e também deve ter a disposição para abandonar a carne. Você deve estar disposto a suportar dificuldades pessoais e a sofrer perdas em seus interesses pessoais a fim de satisfazer a vontade de Deus. Você também deve ser capaz de sentir remorso de si mesmo no seu coração: no passado você não foi capaz de satisfazer a Deus e, agora, você pode se arrepender. Você não deve estar carente de nenhuma dessas coisas — é por meio dessas coisas que Deus aperfeiçoará você. Se você não pode satisfazer esses critérios, então você não pode ser aperfeiçoado.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 514

Alguém que serve a Deus deveria não somente saber como sofrer por Ele; mais que isso, deveria entender que o propósito de crer em Deus é buscar um amor a Deus. Deus usa você não somente para refiná-lo ou para fazê-lo sofrer, mas, ao contrário, Ele usa você de modo que você possa conhecer as ações Dele, conhecer a verdadeira significação da vida humana e, especialmente, para que você possa saber que servir a Deus não é tarefa fácil. Experimentar a obra de Deus não é questão de desfrutar da graça, mas, antes, de sofrer por causa de seu amor por Ele. Como você desfruta da graça de Deus, deve também desfrutar de Seu castigo — você deve experimentar tudo isso. Você pode experimentar a iluminação de Deus em você e também pode experimentar como Ele lida com você e o julga. Dessa maneira, sua experiência será abrangente. Deus executou Sua obra de julgamento e de castigo em você. A palavra de Deus lidou com você, mas não somente isso; ela também o esclareceu e iluminou. Quando você está negativo e fraco, Deus Se preocupa com você. Todo esse trabalho é para que você saiba que tudo a respeito do homem está dentro das orquestrações de Deus. Você pode pensar que crer em Deus é uma questão de sofrer ou de fazer todo tipo de coisas para Ele; você pode pensar que o propósito de crer em Deus é para que a sua carne esteja em paz, ou para que tudo corra bem em sua vida, ou para que você possa estar confortável e tranquilo em todas as coisas. No entanto, nenhuma dessas coisas é um propósito que as pessoas deveriam vincular a sua crença em Deus. Se você acredita com esses propósitos, então sua perspectiva está incorreta, e é simplesmente impossível que você seja aperfeiçoado. As ações de Deus, o justo caráter de Deus, Sua sabedoria, Suas palavras, Sua maravilha e insondabilidade são todas coisas que as pessoas devem entender. Tendo esse entendimento, você deveria usá-lo para tirar de seu coração todas as exigências, esperanças e noções pessoais. Somente ao eliminar essas coisas é que você pode cumprir as condições exigidas por Deus, e é somente ao fazer isso que você pode ter vida e satisfazer Deus. O propósito de crer em Deus é satisfazê-Lo e viver o caráter que Ele requer de tal modo que Suas ações e Sua glória possam se manifestar através deste grupo de pessoas indignas. Essa é a correta perspectiva para crer em Deus e também é a meta que você deveria buscar. Você deveria ter o ponto de vista correto sobre crer em Deus e deveria buscar obter Suas palavras. Você necessita comer e beber as palavras de Deus e deve ser capaz de viver a verdade e, especialmente, deve ser capaz de ver Seus feitos práticos, ver Seus feitos maravilhosos por todo o universo, assim como a obra prática que Ele realiza na carne. Por meio de suas experiências práticas, as pessoas podem apreciar a maneira como Deus realiza Sua obra nelas e qual é Sua vontade para com elas. O propósito de tudo isso é eliminar o caráter corrupto satânico das pessoas. Tendo expulsado toda a impureza e injustiça de dentro de você, e tendo se desfeito de suas intenções erradas, e tendo desenvolvido a verdadeira fé em Deus — somente com a verdadeira fé é que você pode verdadeiramente amar a Deus. Você só pode amar genuinamente a Deus sobre as bases de sua crença Nele. Você consegue alcançar o amor a Deus sem acreditar Nele? Como você acredita em Deus, não pode estar confuso sobre isso. Algumas pessoas se tornam repletas de vigor assim que veem que a fé em Deus lhes trará bênçãos, mas perdem toda a energia tão logo veem que têm de padecer refinamentos. Isso é crer em Deus? No fim, você deve alcançar a obediência completa e total diante de Deus em sua fé. Você crê em Deus, mas ainda faz exigências a Ele, tem muitas noções religiosas que não consegue descartar, interesses pessoais de que não pode abrir mão, e ainda busca bênçãos da carne e quer que Deus resgate sua carne, salve sua alma — todos esses são comportamentos de pessoas que têm a perspectiva errada. Muito embora as pessoas com crenças religiosas tenham fé em Deus, elas não buscam mudar em seu caráter e não buscam conhecer Deus, ao contrário, somente buscam os interesses de sua carne. Muitos dentre vocês têm crenças que pertencem à categoria das convicções religiosas; essa não é a verdadeira fé em Deus. Para crer em Deus, as pessoas devem possuir um coração que está preparado para sofrer por Ele e a vontade de se render. A menos que as pessoas satisfaçam essas duas condições, sua fé em Deus não é válida, e elas não serão capazes de alcançar a mudança de seu caráter. Somente as pessoas que genuinamente buscam a verdade, buscam conhecer Deus e buscam a vida são as que verdadeiramente creem em Deus.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 515

O propósito da obra de refinamento é principalmente para aperfeiçoar a fé das pessoas e, no fim, fazer com que você alcance um estado em que você quer sair, mas não consegue, em que algumas pessoas possam estar desprovidas de até mesmo um fiapo sequer de esperança, no entanto, elas ainda mantêm sua fé, em que elas não mais se agarram a nenhuma esperança para suas próprias perspectivas futuras. Somente então é que o refinamento por Deus terá terminado. O homem ainda não atingiu o estágio de pairar entre a vida e a morte e não provou a morte, de modo que o processo de refinamento ainda não terminou. Inclusive aqueles que estavam no estágio dos servidores não foram refinados ao máximo. Jó passou por refinamento extremo e não tinha nada com que contar. As pessoas devem passar por refinamentos ao ponto de não terem esperança e de não terem nada com que contar — somente esse é refinamento verdadeiro. Durante o tempo dos servidores, se seu coração sempre esteve calado diante de Deus, e se, não importasse o que Ele tenha feito nem qual tenha sido Sua vontade para você, você sempre obedeceu aos arranjos Dele, então, no fim do caminho, você compreenderia tudo o que Deus tinha feito. Você passa pelas provações de Jó e, ao mesmo tempo, você passa pelas provações de Pedro. Quando Jó foi testado ele deu testemunho e, no fim, Jeová foi revelado a ele. Somente depois de ter dado testemunho foi que ele se tornou digno de ver a face de Deus. Por que é dito: “Eu Me escondo da terra da imundície, mas Me mostro ao reino santo”? Isso significa que somente quando você é santo e dá testemunho é que pode ter a dignidade para ver a face de Deus. Se você não consegue dar testemunho Dele, você não tem a dignidade para ver Sua face. Se você recuar ou fizer reclamações contra Deus diante dos refinamentos, assim deixando de dar testemunho Dele e se tornando motivo de riso para Satanás, você não ganhará a aparição de Deus. Se você for como Jó que, no meio das provações, amaldiçoou a própria carne e não reclamou contra Deus, e foi capaz de detestar a própria carne sem se queixar nem pecar por meio de suas palavras, então você estará dando testemunho. Quando você passar por refinamentos até certo grau e ainda puder ser como Jó, totalmente obediente perante Deus e sem fazer outras exigências a Ele, e sem suas próprias noções, então Deus aparecerá a você. Agora Deus não aparece a você porque você tem muitas noções próprias, preconceitos pessoais, pensamentos egoístas, exigências individuais e interesses carnais e não é digno de ver Sua face. Se você visse Deus, iria medi-Lo por meio de suas próprias noções e, assim fazendo, Ele seria pregado na cruz por você. Se lhe acontecem muitas coisas que não se alinham com suas noções, mas você ainda é capaz de deixá-las de lado e ganhar conhecimento das ações de Deus a partir dessas coisas e se, em meio aos refinamentos, você revela o amor a Deus de coração, então isso é dar testemunho. Se seu lar é pacífico, você desfruta os confortos da carne, ninguém o está perseguindo, seus irmãos e irmãs na igreja obedecem a você, você consegue mostrar que ama a Deus de coração? Essa situação pode refinar você? Somente através do refinamento é que seu amor por Deus pode ser demonstrado, e é somente por meio da ocorrência de coisas que não se alinham com suas noções que você pode ser aperfeiçoado. Com o serviço de muitas coisas contrárias e negativas, e pelo emprego de todo tipo das manifestações de Satanás — suas ações, acusações, perturbações e enganos — Deus lhe mostra claramente a horrenda face de Satanás e portanto aperfeiçoa a sua habilidade de distinguir Satanás, para que você possa odiar Satanás e abandoná-lo.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 516

Pode-se dizer que as suas muitas experiências de fracasso, de fraqueza e seus momentos de negatividade são todas provações de Deus. Isso acontece porque tudo vem de Deus, e todas as coisas e eventos estão em Suas mãos. Se você falha ou se é fraco e tropeça, tudo depende de Deus e está dentro de Seu alcance. Da perspectiva de Deus, isso é uma provação para você e, se você não conseguir reconhecer isso, ela se tornará uma tentação. Existem dois tipos de estado que as pessoas deveriam reconhecer: um procede do Espírito Santo e a provável fonte do outro é Satanás. Um é um estado no qual o Espírito Santo ilumina você e permite que você conheça a si mesmo, deteste-se e sinta remorso de si e seja capaz de ter um amor genuíno por Deus, direcionando seu coração para satisfazê-Lo. O outro é um estado no qual você conhece a si mesmo, mas você é negativo e fraco. Poder-se-ia dizer que esse estado é refinamento de Deus e também é tentação de Satanás. Se reconhecer que isso é a salvação de Deus para você e sentir que agora você está profundamente em dívida para com Ele, e se, de agora em diante, você tentar retribuir a Ele e não mais cair em tamanha depravação; se dedicar esforços a comer e beber as palavras Dele, e se sempre se considerar em falta, com um coração que anseia, então esta é uma provação de Deus. Depois que o sofrimento houver terminado e você estiver novamente indo em frente, Deus ainda o conduzirá, iluminará, esclarecerá e nutrirá. Mas se você não reconhecer isso e você for negativo, simplesmente entregando-se ao desespero, se pensar dessa maneira, então a tentação de Satanás terá vindo sobre você. Quando Jó passou por provações, Deus e Satanás estavam apostando um contra o outro e Deus permitiu que Satanás afligisse Jó. Ainda que fosse Deus provando Jó, na realidade foi Satanás que veio sobre ele. Para Satanás, era a tentação de Jó, mas Jó estava do lado de Deus. Se esse não tivesse sido o caso, então Jó teria caído em tentação. Assim que as pessoas caem em tentação, elas estão em perigo. Pode-se dizer que passar por refinamento é uma provação de Deus, mas, se você não está num bom estado, pode-se dizer que é tentação de Satanás. Se sua visão não é clara, Satanás irá acusá-lo e obscurecê-lo no aspecto da visão. Antes que possa perceber, você cairá em tentação.

Se você não experimentar a obra de Deus, então nunca será capaz de ser aperfeiçoado. Em sua experiência, você também deve entrar nos detalhes. Por exemplo, que coisas o levam a desenvolver noções e um excesso de motivos, e que tipo de práticas adequadas você tem para tratar desses problemas? Se consegue experimentar a obra de Deus, isso quer dizer que você tem estatura. Se você apenas parece ter vigor, isso não é uma verdadeira estatura e você absolutamente não conseguirá se manter firme. Somente quando forem capazes de experimentar a obra de Deus e forem capazes de experimentar e ponderar sobre ela a qualquer momento e em qualquer lugar, quando vocês forem capazes de deixar os pastores e de viver independentemente na confiança em Deus, e forem capazes de ver as reais ações de Deus — somente então, a vontade de Deus será alcançada. Neste momento, a maioria das pessoas não sabe como experimentá-la e quando encontram uma questão, elas não sabem como cuidar dela; elas são incapazes de experimentar a obra de Deus e não conseguem levar uma vida espiritual. Você deve levar as palavras e a obra de Deus para a sua vida prática.

Às vezes, Deus lhe proporciona um certo tipo de sentimento, um sentimento que faz você perder sua alegria interior e perder a presença de Deus, de modo que você é mergulhado nas trevas. Isso é um tipo de refinamento. Sempre que você faz qualquer coisa, dá errado ou você topa com uma parede. Isso é a disciplina de Deus. Às vezes, quando você faz algo que é desobediência a Deus e rebeldia para com Ele, pode ser que ninguém mais saiba disso, mas Deus sabe. Ele não deixará você se safar e irá discipliná-lo. A obra do Espírito Santo é muito detalhada. Ele observa muito cuidadosamente cada palavra e cada ato das pessoas, cada atitude e movimento, cada ideia e pensamento, para que as pessoas possam adquirir consciência dessas coisas. Você faz uma coisa uma vez e dá errado; você faz uma coisa de novo e ainda dá errado, e aos poucos, você chegará a compreender a obra do Espírito Santo. Através das muitas vezes em que é disciplinado, você saberá o que fazer para estar alinhado com a vontade de Deus, e saberá o que não está alinhado com a vontade Dele. No fim, terá reações exatas à orientação dada pelo Espírito Santo em seu íntimo. Às vezes, você será rebelde e será repreendido por Deus em seu íntimo. Tudo isso vem da disciplina de Deus. Se você não valoriza a palavra de Deus, se menospreza Sua obra, então Ele não prestará atenção em você. Quanto mais a sério você considerar as palavras de Deus, mais Ele o esclarecerá. Agora mesmo, existem certas pessoas na igreja com uma fé confusa e atrapalhada; elas fazem muitas coisas impróprias e agem sem disciplina, e com isso a obra do Espírito Santo não pode ser vista claramente nelas. Algumas pessoas deixam seus deveres para trás em prol de ganhar dinheiro, saindo para administrar um negócio sem ser disciplinadas; esse tipo de pessoa corre ainda maior perigo. Não só elas não contam atualmente com a obra do Espírito Santo como, no futuro, será difícil de serem aperfeiçoadas. Existem muitas pessoas nas quais a obra do Espírito Santo não pode ser vista e nas quais a disciplina de Deus não pode ser vista. Essas são as pessoas não têm clareza quanto à vontade de Deus e não conhecem Sua obra. Aquelas que conseguem se manter firmes em meio aos refinamentos, que seguem Deus não importa o que Ele faça e, no mínimo, são capazes de não partir, ou alcançam 0,1% do que Pedro alcançou, essas pessoas estão indo bem, mas não têm valor em termos de Deus usá-las. Muitas pessoas entendem as coisas rapidamente, sentem um verdadeiro amor por Deus e podem ultrapassar o nível de Pedro, e Deus realiza obra de aperfeiçoamento nelas. Tais pessoas recebem disciplina e iluminação, e se houver alguma coisa nelas que não está de acordo com a vontade de Deus, elas as podem descartar imediatamente. Tais pessoas são ouro, prata e pedras preciosas — seu valor é altíssimo! Se Deus realizou muitos tipos de obra, mas você ainda é como a areia ou a pedra, então você não vale nada!

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 517

A obra de Deus no país do grande dragão vermelho é maravilhosa e insondável. Ele aperfeiçoará um grupo de pessoas e eliminará alguns outros, porque há todo tipo de pessoas na igreja — há aquelas que amam a verdade, e aquelas que não; há aquelas que experimentam a obra de Deus e há aquelas que não; há as que cumprem seus deveres e aquelas que não; há as que dão testemunho de Deus e as que não dão — e uma determinada porção delas são descrentes e pessoas malignas e elas certamente serão eliminadas. Se você não conhece claramente a obra de Deus, você será uma pessoa negativa; isso acontece porque a obra de Deus só pode ser vista numa minoria de pessoas. Neste momento, ficará claro quem verdadeiramente ama a Deus e quem não ama. Os que verdadeiramente amam a Deus têm a obra do Espírito Santo, enquanto os que não O amam verdadeiramente serão revelados por meio de cada etapa de Sua obra. Esses se tornarão os objetos da eliminação. Tais pessoas serão reveladas ao longo da obra de conquista e são pessoas que não têm valor para serem aperfeiçoadas. Aquelas que tiverem sido aperfeiçoadas terão sido inteiramente ganhas por Deus e são capazes de amar a Deus como Pedro. As que foram conquistadas não sentem um amor espontâneo, somente um amor passivo, e são forçadas a amar a Deus. O amor espontâneo é desenvolvido por meio do entendimento alcançado através da experiência prática. Esse amor preenche o coração da pessoa e a torna voluntariamente devotada a Deus. As palavras de Deus se tornam seu alicerce e ela é capaz de sofrer por Deus. Claro que essas são as coisas que a pessoa que foi aperfeiçoada por Deus possui. Se você busca apenas ser conquistado, então não consegue dar testemunho de Deus; se Deus somente alcança Sua meta de salvação conquistando pessoas, então a etapa dos servidores terminaria a tarefa. No entanto, conquistar pessoas não é o objetivo final de Deus, o qual é aperfeiçoar as pessoas. Assim, em vez de dizer que esse estágio é a obra da conquista, diga que é a obra de aperfeiçoar e eliminar. Algumas pessoas não foram plenamente conquistadas e, no processo de conquistá-las, um grupo será aperfeiçoado. Essas duas partes da obra são executadas em uníssono. As pessoas não partiram nem mesmo durante um período tão longo da obra e isso demonstra que o objetivo de conquistar foi alcançado: esse é um fato de ser conquistado. Os refinamentos não são para ser conquistado, mas sim para ser aperfeiçoado. Sem os refinamentos, as pessoas não poderiam ser aperfeiçoadas. Portanto, os refinamentos são realmente valiosos! Hoje, um grupo está sendo aperfeiçoado e ganho. As dez bênçãos mencionadas anteriormente foram todas dirigidas àqueles que foram aperfeiçoados. Tudo que diz respeito a mudar sua imagem na terra é voltado para os que foram aperfeiçoados. Os que não foram aperfeiçoados não estão qualificados para receber as promessas de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Palavras diárias de Deus Trecho 518

É a lei do Céu e o princípio da terra acreditar em Deus e conhecer a Deus e, hoje, — em uma época em que o Deus encarnado realiza Sua obra em pessoa — é um momento particularmente ideal para conhecer a Deus. Satisfazer a Deus é algo que é alcançado construindo-se sobre o fundamento da compreensão da vontade de Deus e, para entender a Sua vontade, é necessário ter algum conhecimento de Deus. Esse conhecimento de Deus é a visão que alguém que crê em Deus deve ter; é a base da crença do homem em Deus. Na falta desse conhecimento, a crença do homem em Deus existiria num estado vago, em meio a uma teoria vazia. Mesmo que seja a resolução de pessoas assim seguir a Deus, elas não ganharão nada. Todos os que não ganham nada nesta corrente são os que serão eliminados, todos eles são aproveitadores. Seja qual for a etapa da obra de Deus que você experimente, você deve ser acompanhado por uma visão poderosa. De outra forma, seria difícil para você aceitar cada etapa de obra nova, pois a obra nova de Deus está além da capacidade do homem de imaginar e está fora dos limites da sua concepção. E assim, sem um pastor para cuidar do homem, sem um pastor para entrar em comunicação sobre as visões, o homem é incapaz de aceitar essa nova obra. Se o homem não puder receber as visões, então, ele não poderá receber a nova obra de Deus e, se o homem não puder obedecer à nova obra de Deus, ele será incapaz de entender a vontade de Deus e, assim, o seu conhecimento de Deus não dará em nada. Antes que o homem cumpra a palavra de Deus, ele deve conhecê-la, isto é, entender a vontade de Deus; somente assim, as palavras de Deus podem ser executadas com precisão e de acordo com a vontade de Deus. Isso é algo que todos os que buscam a verdade devem ter e também é o processo que deve ser experimentado por todos que tentam conhecer a Deus. O processo de vir a conhecer as palavras de Deus é o processo de vir a conhecer a Deus, e também o processo de vir a conhecer a obra de Deus. Sendo assim, conhecer as visões não diz respeito somente ao conhecimento da humanidade do Deus encarnado, mas também inclui conhecer a palavra e a obra de Deus. A partir da palavra de Deus, as pessoas vêm a compreender a vontade de Deus e, a partir da obra de Deus, vêm a conhecer o caráter de Deus e o que Deus é. A crença em Deus é o primeiro passo para conhecê-Lo. O processo de avançar dessa crença inicial em Deus até a crença mais profunda Nele é o processo de vir a conhecer a Deus e o processo de experimentar a Sua obra. Se você só acreditar em Deus apenas por acreditar, e não pelo bem de vir a conhecê-Lo, então, sua fé não é real e ela não pode tornar-se pura — quanto a isso, não há dúvida. Se, durante o processo pelo qual experimenta a obra de Deus, o homem gradualmente O vier a conhecer, então, seu caráter mudará gradualmente e sua crença se tornará cada vez mais verdadeira. Dessa forma, quando o homem alcançar o sucesso na fé em Deus, ele terá ganhado Deus por inteiro. A razão pela qual Deus Se empenhou tanto para Se tornar carne pela segunda vez para realizar pessoalmente a Sua obra foi para que o homem fosse capaz conhecê-Lo e vê-Lo. Conhecer a Deus[a] é o efeito final a ser alcançado no término de Sua obra; é a última exigência que Deus fez para a humanidade. A razão pela qual Ele faz isso é para o bem de Seu testemunho final; é para que o homem possa, por fim e completamente, converter-se Àquele que faz essa obra. O homem só pode vir a amar a Deus conhecendo-O e, para amá-Lo, ele deve conhecê-Lo. Não importa como ele busque ou o que busque ganhar; ele deve ser capaz de alcançar o conhecimento de Deus. Só assim o homem pode satisfazer o coração de Deus. Somente conhecendo a Deus, o homem pode ter verdadeira fé Nele e, somente O conhecendo, ele pode reverenciá-Lo e obedecer-Lhe de verdade. Aqueles que não conhecem a Deus nunca chegarão à verdadeira obediência e reverência a Deus. Conhecer a Deus inclui conhecer o Seu caráter, entender a Sua vontade e saber o que Ele é. No entanto, qualquer aspecto que alguém chegue a conhecer, cada um requer que o homem pague um preço e requer a vontade de obedecer, sem a qual, ninguém seria capaz de continuar seguindo até o fim. A obra de Deus é muito incompatível com as concepções do homem; o caráter de Deus e o que Deus é são difíceis demais para o homem conhecer, e tudo o que Deus diz e faz é incompreensível demais para o homem: se o homem desejar seguir a Deus, mas não estiver disposto a obedecer-Lhe, então, não ganhará nada. Desde a criação do mundo até hoje, Deus tem realizado muita obra que é incompreensível para o homem e que o homem achou difícil de aceitar, e Deus disse muita coisa que torna difícil sanar as concepções do homem. Contudo, Ele nunca cessou Sua obra pelo fato de o homem ter muitas dificuldades; em vez disso, Ele continuou operando e falando, e apesar de grandes números de “guerreiros” terem caído à beira do caminho, Ele ainda está realizando a Sua obra e continua sem intervalo a escolher um grupo após o outro de pessoas dispostas a se submeter a Sua nova obra. Ele não tem pena desses “heróis” caídos, mas, em vez disso, valoriza aqueles que aceitam Suas novas obra e palavras. Mas para que fim Ele opera dessa maneira, passo a passo? Por que Ele está sempre eliminando algumas pessoas e escolhendo outras? Por que Ele sempre emprega tal método? O objetivo de Sua obra é permitir que o homem O conheça e, assim, seja ganho por Ele. O princípio de Sua obra é operar naqueles que são capazes de se submeter à obra que Ele realiza hoje, e não operar naqueles que se submetem à obra que Ele realizou no passado, enquanto se opõem à obra que Ele realiza hoje. Aqui está a razão pela qual Ele tem eliminado tantas pessoas.

Os efeitos da lição do vir conhecer a Deus não podem ser alcançados em um ou dois dias: o homem necessita acumular experiências, passar pelo sofrimento e ter uma verdadeira obediência. Em primeiro lugar, comece a partir da obra e das palavras de Deus. É imperativo que você entenda o que está incluso no conhecimento de Deus, como alcançar esse conhecimento e como ver a Deus em suas experiências. Isso é o que todos devem fazer quando ainda têm de conhecer a Deus. Ninguém pode entender a obra e as palavras de Deus imediatamente, e ninguém pode alcançar um conhecimento da plenitude de Deus em pouco tempo. Existe um processo necessário de experiência, sem o qual ninguém poderia conhecer a Deus ou segui-Lo sinceramente. Quanto mais obra Deus realiza, mais o homem O conhece. Quanto mais contrária é a obra de Deus em relação às concepções do homem, mais o seu conhecimento sobre Ele é renovado e aprofundado. Se a obra de Deus tivesse que permanecer fixa e inalterada para sempre, então não haveria muito para o conhecimento do homem sobre Deus. Entre a criação e o presente, o que Deus realizou durante a Era da Lei, o que realizou durante a Era da Graça e o que Ele realiza durante a Era do Reino: vocês devem estar bem claros quanto a essas visões. Vocês devem conhecer a obra de Deus.

Extraído de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nota de rodapé:

a. O texto original diz “A obra de conhecer a Deus”.

Palavras diárias de Deus Trecho 519

O homem experimenta a obra de Deus, vem a conhecer a si mesmo, remove seu caráter corrupto e busca um crescimento na vida, tudo isso pelo bem de conhecer a Deus. Se você só procura conhecer a si mesmo e lidar com seu caráter corrupto, mas não tem conhecimento da obra que Deus realiza no homem nem de quão grande é Sua salvação, nem de como você experimenta a obra de Deus e testemunha Suas ações, então, essa sua experiência é fátua. Se você acha que a vida de alguém alcançou a maturidade só porque ele é capaz de colocar a verdade em prática e de suportar, isso significa que você ainda não entendeu o verdadeiro significado da vida nem o propósito de Deus em aperfeiçoar o homem. Um dia, quando estiver nas igrejas religiosas, entre os membros da Igreja do Arrependimento ou da Igreja da Vida, encontrará muitas pessoas devotas cujas orações contêm “visões” e que se sentem tocadas e têm palavras para guiá-las em sua busca pela vida. Além disso, em muitos assuntos elas são capazes de suportar, renunciar a si mesmas e não ser conduzidas pela carne. Naquele momento, você não saberá qual é diferença: acreditará que tudo que elas fazem é o certo, é a expressão natural da vida e é uma pena que o nome em que elas acreditam esteja errado. Essas opiniões não são tolas? Por que se diz que muitas pessoas não têm vida? Porque elas não conhecem a Deus e, portanto, diz-se que elas não têm Deus em seu coração e não têm vida. Se a sua crença em Deus atingiu certo ponto em que você é capaz de conhecer completamente os feitos de Deus, a Sua realidade e cada etapa da Sua obra, então, você possui a verdade. Se você não conhecer a obra e o caráter de Deus, então, ainda falta alguma coisa em sua experiência. Como Jesus realizou aquela etapa da Sua obra, como esta etapa está sendo realizada, como Deus realizou a Sua obra na Era da Graça e que obra foi realizada, que obra está sendo realizada nesta etapa — se você não tiver um completo conhecimento dessas coisas, então, nunca se sentirá certo e sempre estará inseguro. Se, após um período de experiência, você for capaz de conhecer a obra realizada por Deus e cada etapa dela, e se você tiver ganhado um conhecimento completo dos objetivos de Deus ao proferir Suas palavras e por que tantas palavras proferidas por Ele não foram cumpridas, então, você pode, corajosamente e sem reter nada, seguir o caminho à frente, livre de preocupação ou refinamento. Vocês devem ver por que meios Deus alcança tanto de Sua obra. Ele utiliza as palavras que profere, refinando o homem e transformando suas concepções por meio de muitos tipos diferentes de palavras. Todo o sofrimento que vocês suportaram, todo o refinamento a que se submeteram, o tratamento que aceitaram dentro de si, o esclarecimento que experimentaram — tudo isso foi alcançado por meio das palavras proferidas por Deus. Por que o homem segue a Deus? Por causa das palavras de Deus! As Suas palavras são profundamente misteriosas e podem, além disso, tocar o coração do homem, revelar coisas enterradas profundamente dentro do coração do homem; pode fazer com que ele saiba de coisas que aconteceram no passado e permitir que ele penetre o futuro. E assim, o homem suporta o sofrimento por causa das palavras de Deus e é aperfeiçoado por causa de Suas palavras, só nesse momento, o homem segue a Deus. O que o homem deve fazer nesta etapa é aceitar as palavras de Deus e, independentemente de ser aperfeiçoado ou sujeitado a refinamento, o que é importante são as palavras de Deus; esta é a obra de Deus e é a visão que o homem deve conhecer hoje.

Extraído de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: Entrada na vida 3

Próximo: Entrada na vida 5

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Três admoestações

Como crente em Deus, você não deve ser leal a ninguém senão a Ele em todas as coisas, e deve ser capaz de se conformar à Sua vontade em...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro