Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta 3: O Senhor Jesus em quem acreditamos é a encarnação de Deus. O Senhor Jesus realizou a obra de Deus da redenção, ninguém pode negar isso. Mas esse Deus Todo-Poderoso em quem vocês acreditam não é necessariamente a encarnação de Deus, porque não há registro de Deus Todo-Poderoso na Bíblia. Portanto, os pastores e presbíteros do mundo religioso dizem que Ele é um mero homem e que vocês foram enganados. Apenas o Senhor Jesus, em quem acreditamos, é Cristo, o Filho de Deus! Esse Deus Todo-Poderoso em quem acreditam é apenas um homem. Como poderia ser diferente?

Resposta: Suas crenças no Senhor Jesus como a encarnação de Deus não é falsa. Mas por que vocês acreditam no Senhor Jesus? Vocês realmente pensam no Senhor Jesus como Deus? Acreditam no Senhor Jesus pelo que foi registrado na Bíblia e por causa da obra do Espírito Santo. Mas, não importa o que digam, se não viram o Senhor Jesus face a face, ousariam dizer que conhecem o Senhor Jesus? Nas suas crenças no Senhor, vocês estão apenas ecoando as palavras de Pedro, que disse que o Senhor Jesus é Cristo, o filho do Deus vivo, mas acreditam que o Senhor Jesus é a manifestação de Deus, o Próprio Deus? Ousam dizer que reconhecem a essência divina do Senhor Jesus? Ousam garantir que, se o Senhor Jesus retornar novamente expressando a verdade, reconhecerão Sua voz? Suas crenças no Senhor Jesus estão ancorada em nada mais do que a crença “no Senhor Jesus”, essas três palavras. Vocês acreditam apenas no nome Dele. Não entendem a essência divina do Senhor Jesus. Se entendem, então por que não distinguem a voz do Espírito de Deus? Por que não reconhecem que a verdade que Deus Todo-Poderoso expressa emerge de Deus e é a voz e a palavra do Espírito Santo? Pelo que vi hoje, do modo como rejeitam a voz de Deus e negam a verdade que Ele expressa, tenho certeza que não conhecem o Deus encarnado! Se tivessem nascido há dois mil anos, na época em que o Senhor Jesus estava pregando e realizando Sua obra, vocês certamente se uniriam aos sumos sacerdotes judeus, escribas e fariseus condenando o Senhor Jesus. Não é esse o caso? Os sumos sacerdotes judeus, escribas e fariseus acreditaram em Deus único por muitos anos, mas por que eles não reconheceram o Senhor Jesus? Por que O pregaram na cruz? Qual é o problema? Por que os pastores e presbíteros do mundo religioso nos últimos dias não ouvem a voz do Espírito Santo? Por que ainda condenam a obra do julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias? Deixe-me perguntar a todos vocês: Quem acredita em Deus, mas não reconhece a encarnação de Deus, não é um anticristo? Os líderes judeus resistiram e condenaram o Senhor Jesus, a encarnação de Deus. Eles foram anticristos revelados pela obra de Deus. Quanto aos pastores e presbíteros do mundo religioso nos últimos dias que resistem e condenam o Deus Todo-Poderoso encanado, não são também anticristos expostos pela obra de Deus? Vemos claramente que a maioria dos pastores e presbíteros resiste em condenar a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Eles olham para a obra de Deus Todo-Poderoso sem realmente ver. Eles ouvem Sua palavra sem escutar. Deus Todo-Poderoso expressou todas as verdades para purificar e salvar a humanidade. Ele conquistou, salvou e criou um grupo de vencedores. O evangelho do reino está sendo anunciado pelo mundo. Isso é inexorável! Poderiam os pastores e líderes do mundo religioso não enxergarem os fatos da obra de Deus? Como ainda dizem coisas ridículas, como: “Acreditar em Deus Todo-Poderoso é acreditar em um humano”? Refletindo sobre isso, sempre me lembro de como o Senhor Jesus, quando veio realizar Sua obra, sofreu resistência, foi condenado e blasfemado pelos sumos sacerdotes judeus, escribas e fariseus. Eles também não disseram que acreditar no Senhor Jesus era acreditar em um mero humano? Qual é o problema aqui? Isso mostra que muitos creem em um Deus vago dos altos céus, mas poucos reconhecem o Deus encarnado. Por que o Senhor Jesus condenou os fariseus que resistiram a Ele? Por crerem apenas em Deus vago dos altos céus, mas condenarem e resistirem a Deus encarnado.

Os sumos sacerdotes, escribas e fariseus claramente viram a autoridade e o poder das palavras e obra do Senhor Jesus. Então como ainda resistiram descaradamente, condenaram e blasfemaram o Senhor Jesus? Eles disseram que Ele expulsou demônios pelo poder de Belzebu, chefe dos demônios, e que buscava enganar o homem. Até mesmo O crucificaram. O que isso mostra? Não foi porque viram o Senhor Jesus como um humano comum que eles fizeram isso? Como eles disseram: “Não é o nazareno, o filho do carpinteiro?” Na concepção dos fariseus, a carne do Deus encarnado deve possuir qualidades sobrenaturais. Ele deve ser de grande estatura e constituição poderosa, com uma presença heroica e dominante. Sua voz deve ter um timbre tremendo e ensurdecedor. Ela deve gerar medo nos corações dos homens, para que não se aproximem Dele. Caso contrário, Ele não poderia ser considerado Deus. Na verdade, eles nunca tiveram a menor ideia do que significava a encarnação e não buscavam no Senhor Jesus a palavra e a obra da verdade para encontrar o caráter de Deus e tudo o que Deus tem e é. Eles tomaram o Senhor Jesus como homem comum, O julgando e blasfemando, baseados em Suas ilusões e concepções. Isso prova que mesmo acreditando em Deus, eles não O conheciam e resistiram a Ele. Hoje, os pastores e os presbíteros do mundo religioso dizem que Aquele em quem cremos é meramente humano. Isso não é diferente da forma como os sumos sacerdotes judeus, escribas e fariseus condenaram os seguidores do Senhor Jesus. Como podem ver, a maioria dos pastores e presbíteros do mundo religioso não é diferente dos fariseus hipócritas de outrora. Todos eles acreditam em Deus enquanto resistem a Ele. Eles são canalhas que reconhecem apenas o Deus vago dos altos céus, enquanto negam o Próprio Cristo! Que direito eles têm de condenar quem aceita e obedece a Cristo?

Nos últimos dias, Deus encarnou novamente para expressar Sua palavra e realizar Sua obra entre os homens. Ele veio dessa vez como o Deus Todo-Poderoso encarnado. Por Sua aparência externa, Deus Todo-Poderoso parece uma pessoa comum, vivendo na prática e na realidade na companhia dos homens, entre eles, compartilhando suas vidas. Ele expressa a verdade de acordo com as necessidades dos homens e realiza a obra de julgamento começando pela casa de Deus. Vivendo a obra de Deus Todo-Poderoso, ouvimos Sua palavra com nossos próprios ouvidos. Nós O vimos desvendar os mistérios do plano de gestão de Deus com nossos próprios olhos, ou seja, a história dos três estágios da obra da salvação da humanidade por Deus, o propósito do plano de gestão de Deus, o mistério da encarnação, como Satanás corrompe a humanidade, a essência e a verdade da corrupção do homem por Satanás, como Deus purifica, salva e aperfeiçoa o homem, o significado e o propósito da obra de julgamento de Deus, quem Deus ama e quem Ele amaldiçoa, quem será salvo e quem será destruído, o destino do homem, os fins de todos os tipos de homem e como o reino de Deus será realizado na Terra, etc. Enquanto expressa essas verdades, Deus Todo-Poderoso também julga e expõe o caráter satânico do homem e sua natureza e substância de resistência a Deus. Permitindo-nos perceber nossa essência e o fato de nossa contínua corrupção por Satanás, para vermos como somos arrogantes, presunçosos, traiçoeiros e egoístas, como não temos nada da aparência humana e como somos indignos de viver diante de Deus. E mesmo assim, Deus encarnou, humilde e oculto, vivendo entre homens imundos e corruptos, expressando a verdade para julgar, expor e salvar a humanidade. Nós sentimos profundamente que a essência da vida de Deus é amável e louvável. O amor de Deus pela humanidade é real! Vivendo o julgamento de Deus pela palavra, nos tornamos íntimos o caráter justo, santo e inofendível de Deus e sentimos a autoridade e o poder da palavra de Deus Todo-Poderoso. Sem saber, a reverência por Deus cresce em nossos corações e começamos a buscar a verdade e nosso caráter de vida mudam. É nesse momento que entendemos que Deus Todo-Poderoso encarnado expressou a verdade para nos purificar e salvar para que nos livremos da arrogância, da traição e do nosso caráter satânico e para vivermos aparentemente como pessoas honestas. Deus Todo-Poderoso vive entre nós, andando pelas igrejas. Por fora, Ele é uma pessoa comum entretanto, Ele expressa a verdade e manifesta o justo caráter de Deus e tudo o que Deus tem e é. Aqueles que O seguem e vivem Sua obra recebem a verdade, o caminho e a vida. Eles veem como a forma que Deus trabalha é prática e sábia. Eles veem como Deus é humilde, oculto e muito amável. Deus não é arrogante, Seu caráter não é corrompido. Estaria de acordo com a razão que Deus, o Altíssimo, usasse um corpo alto e forte, do tipo que o homem seria compelido a venerar. Mas não é assim que Deus faz. Para salvar o homem corrupto, Deus vestiu-se da carne comum. Ele tomou a fisionomia de um homem normal e veio viver entre nossos homens corrompidos. Ele expressa palavras, julga e nos alimenta de acordo com a nossa necessidade. Deus encarnou como um homem franzino e já suportou grandes sofrimentos e indignidades. Além disso, Ele sofreu a calúnia, a condenação e a rejeição da humanidade corrupta, bem como a perseguição do governo do Partido Comunista Chinês. Ainda assim, Deus persiste com uma enorme força de vontade para expressar a verdade e cumprir a obra de salvação da humanidade. Deus sofreu incríveis tormentos para salvar a humanidade! O amor de Deus pela humanidade é muito real! Disso, vemos como Deus é santo e grande. Não há palavras para descrevê-Lo. Deus Todo-Poderoso nos deixa mais próximos de Deus, colocando-nos face a face com Ele, para que possamos vê-Lo, conhecê-Lo e amá-Lo de verdade. E assim nos permitindo receber a perfeição de Deus, para que possamos venerá-Lo e obedecê-Lo. Reconhecemos em nossos corações que Deus Todo-Poderoso em quem acreditamos é o Senhor Jesus que retornou à carne. Ele é homem, mas também Deus. Deus Todo-Poderoso é o Deus único, o Criador dos céus, da terra e de todas as coisas. Os pastores e presbíteros do mundo religioso nos condenam, pensando que cremos em um mero humano. Deixem-me perguntar: quem dentre toda a humanidade expressa a verdade e a voz de Deus? Quem dentre os homens realiza na prática e na realidade a obra de purificar e salvar a humanidade? Quem dentre os homens faz com que o homem corrupto seja obediente e conhecedor de Deus por meio de Sua obra? Não há ninguém! Apenas Deus Todo-Poderoso é capaz dessa obra prática. Deus Todo-Poderoso é a manifestação do Salvador do mundo. Ele é o Deus prático encarnado. Apenas Deus Todo-Poderoso salva a humanidade e a leva a um destino lindo.

do roteiro do filme O mistério da divindade: a continuação

Anterior:Pergunta 2: Ouvindo a partilha e a comunhão de vocês nestes dias, está claro para mim que a segunda vinda do Senhor nos últimos dias é a encarnação que fará a obra de julgamento. Mas não entendemos a verdade da encarnação e somos facilmente enganados pelos rumores e mentiras do Partido Comunista Chinês, dos pastores e presbíteros do mundo religiso. Assim, trataremos Deus encarnado como um homem comum, resistindo e blasfemando contra Ele. Portanto, quero perguntá-los acerca da verdade da encarnação. O que é a encarnação? Qual a diferença entre o Cristo encarnado e os profetas e apóstolos usados por Deus?

Próximo:Pergunta 4: Vocês testemunharam que, por fora, a encarnação de Deus parece uma pessoa comum, como o próprio Senhor Jesus, Ele não apenas possui a humanidade normal, mas também a divindade. Isso é certo. Qual é a diferença entre humanidade normal da encarnação de Deus e a do homem corrupto.

Conteúdo Relacionado