Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta 5: Ao saberem que aceitamos Deus Todo-Poderoso, o pastor e o élder nos incomodaram sem cessar, explicando a Bíblia a nós sem parar. Apesar de refutá-los e rejeitá-los, eles não desistiram. Isso é uma intimidação severa aos cidadãos. No passado, quando estávamos fracos ou pessimistas, eles nunca foram tão diligentes. No entanto agora, logo que aceitamos Deus Todo-Poderoso, eles vieram zangados, usando incentivo e castigo, perturbando-nos sem parar. Parece que essa maldade deles não vai parar até que tenham nos arrastado para o inferno com eles! Simplesmente não entendo. O pastor e o élder, como pessoas que servem ao Senhor, e que sempre falam da Bíblia, deveriam poder ver que todas as palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso são verdade. Por que eles não buscam a verdade? Por que não estudam a obra dos últimos dias de Deus Todo-Poderoso, em vez de condenar, se opor e blasfemar ferozmente contra Deus Todo-Poderoso? O pastor e o élder se esforçam tanto para impedirem nossa aceitação de Deus Todo-Poderoso. Estamos tendo dificuldade em enxergar essa questão a fundo. Precisamos mesmo entender. Por favor, comungam isso conosco.

Resposta: O pastor e o élder não podem estar preocupados com sua aceitação de Deus Todo-Poderoso? Aos olhos do pastor e do élder, vocês são ovelhas deles. Vocês foram roubados – isso golpeia o pastor e o élder em uma parte vital. Portanto, eles devem fazer o que for preciso para enredá-los e tomá-los de volta. Isso lembra os tempos em que o Senhor Jesus apareceu e operou. Os sumo sacerdotes, escribas e fariseus da religião judaica caluniaram, condenaram e blasfemaram o Senhor Jesus desenfreadamente; até O crucificaram. Naquela época, certamente havia muitas pessoas da fé judaica que queriam aceitar o Senhor Jesus. Por que não se atreveram a aceitá-Lo? E menos ainda a segui-Lo? Acho que aqueles sumo sacerdotes, escribas e fariseus devem ter ameaçado com frequência os fiéis judeus, e até mesmo adotado vários métodos para impedir as pessoas de aceitarem o Senhor Jesus. Naquela época, havia uma pessoa chamada Nicodemos. Por que ele só podia ir ver o Senhor Jesus de noite? Certamente tem a ver com esta situação. Essas coisas foram registradas muito claramente na Bíblia. Infelizmente, poucas pessoas dos círculos religiosos poderiam ver a fonte da oposição dos fariseus ao Senhor. Muito menos poderia ter alguém capaz de discernir os pastores e élderes dos círculos religiosos, com base nas palavras que o Senhor Jesus falou para condenar, expor e amaldiçoar os fariseus. Essa não é a situação real? Deus Todo-Poderoso dos últimos dias chegou, e expôs a substância e a situação verdadeira da oposição dos fariseus religiosos, pastores e élderes para com Deus. Vamos ler algumas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso.

Deus Todo-Poderoso diz: “Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias. E como nunca havia visto o Messias e nunca havia estado na companhia do Messias, cometera o erro de pagar tributo vazio ao nome do Messias enquanto se opunha à substância do Messias a qualquer custo. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em substância e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus é: não importa quão profunda seja a sua pregação, não importa quão elevada seja sua autoridade, você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essas opiniões não são absurdas e ridículas? Pergunto-lhes novamente: não é extremamente fácil para vocês cometerem os erros dos antigos fariseus, já que vocês não têm o menor entendimento de Jesus? Você consegue discernir o caminho da verdade? Consegue se certificar verdadeiramente de que não irá se opor a Cristo? Consegue acompanhar a obra do Espírito Santo? Se não sabe se irá ou não se opor a Cristo, então digo que você já está vivendo à beira da morte. Aqueles que não conheciam o Messias eram todos capazes de se opor a Jesus, ou de rejeitar a Jesus, de difamá-Lo. As pessoas que não entendem Jesus são todas capazes de negá-Lo, e de injuriá-Lo. Ademais, são capazes de ver a volta de Jesus como engano de Satanás, e mais pessoas irão condenar Jesus de volta à carne. Isso tudo não os deixa com medo? O que vocês enfrentarão será blasfêmia contra o Espírito Santo, a ruína das palavras do Espírito Santo às igrejas; e o desdém de tudo isso é expresso por Jesus. O que vocês podem ganhar de Jesus se estão tão atordoados? Como vocês podem entender a obra de Jesus quando Ele voltar à carne sobre uma nuvem branca, se vocês se recusam obstinadamente a perceber seus erros? Digo-lhes isto: as pessoas que não aceitam a verdade, mas aguardam cegamente a vinda de Jesus sobre nuvens brancas, certamente blasfemarão contra o Espírito Santo, e elas são a categoria que será destruída” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

“Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nenhum é capaz de conhecer Deus; além disso, nenhum está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem ‘carne robusta’, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?” (de ‘Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Todos os dias eles buscam vestígios de Mim na Bíblia e de forma aleatória encontram passagens ‘adequadas’, que leem incessantemente, […] Eles não prestam atenção em Minha existência nem nas Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras e muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja previsto pelas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada às Escrituras. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia, e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Tais pessoas não são os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Antigo Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? Não era que eles não buscavam o caminho da compatibilidade com a verdade? Eram obcecados por toda e qualquer palavra das Escrituras, sem, no entanto, prestar atenção na Minha vontade, nas etapas e nos métodos da Minha obra. Eles não eram pessoas que buscavam a verdade, mas um povo que seguia rigorosamente as palavras das Escrituras; não eram pessoas que acreditavam em Deus, mas um povo que acreditava na Bíblia. Eram, em essência, os cães de guarda da Bíblia” (de ‘Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Olhe para os líderes de cada denominação. São todos arrogantes e praticantes de justiça própria; eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com sua própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certa erudição e conseguem falar um pouco de doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios por meio dos quais atraíram pessoas para si e as enganaram. Essas pessoas acreditam em Deus só de nome – mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrassem aqueles que pregam do verdadeiro caminho, alguns iriam dizer: ‘Temos que consultar nosso líder sobre nossa crença em Deus’. Eles precisam da aprovação de alguém para acreditar em Deus; será que isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram em fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?” (de ‘Somente a busca da verdade é a verdadeira crença em Deus’ em “Registros das falas de Cristo”).

Agora que lemos as palavras de Deus Todo-Poderoso, está mais claro para todos como os fariseus religiosos se opuseram e condenaram o Senhor Jesus, como pastores e élderes de círculos religiosos se opõem e condenam a obra dos últimos dias de Deus, e os fatos e a fonte de sua oposição para com Deus? Na Era da Graça, o Senhor Jesus amaldiçoou os fariseus, e expôs o verdadeiro semblante dos fariseus como hipócritas. Deus Todo-Poderoso dos últimos dias chegou, e revelou a conduta, o comportamento e a essência da oposição a Deus, de pastores e élderes de círculos religiosos. Nas duas encarnações de Deus, por que Ele expõe a essência e a realidade da hipocrisia e oposição a Deus dos líderes religiosos duas vezes? O motivo é que, apesar de acenarem a bandeira de que servem a Deus, na verdade, eles não realizam, nem vivenciam as palavras de Deus, e não obedecem aos Seus mandamentos. Por este motivo, não têm nenhuma prática da verdade, e menos ainda são pessoas que se submetem a Deus de verdade; eles só observam poucas doutrinas, regras e ritos religiosos. Utilizam sua eloquência e seus dons, explicam o conhecimento bíblico e a teologia, só para chamar atenção e exibirem-se, para que as pessoas os reverenciem e os sigam. Isso faz com que o povo escolhido de Deus os obedeça em tudo e os consulte em cada assunto. Mesmo estudando e procurando o verdadeiro caminho, o povo escolhido de Deus deve obter a aprovação do pastor e do élder. Não importa o assunto com que se deparam, em vez de enfatizarem a oração a Deus ou buscar a verdade, eles dependem e procuram pelo pastor e élder para apoio. Eles fazem o que o pastor e o élder lhes dizem para fazer. Nunca discernem se as palavras deles estão de acordo ou não com a Bíblia ou com a verdade. Mesmo quando Deus encarnado apareceu para operar e expressar a verdade, não tiveram forças para tomar suas próprias decisões quanto a se deveriam estudar, escutar a voz de Deus. Os pastores e élderes religiosos tiveram que tomar essa decisão por eles. Entregando suas próprias vidas e decisões finais aos pastores e élderes, deixando que lidem com eles. Qual o problema nisso? No final das contas, eles creem nos pastores e élderes, ou no Senhor Jesus Cristo? Faz uma pessoa se perguntar mesmo. Os fariseus religiosos, pastores e élderes na verdade não trouxeram as pessoas perante Deus, em vez disso, as controlaram com seu próprio poder. Por não terem discernimento, muitos do povo escolhido de Deus foram enganados por essa aparência hipócrita dos fariseus religiosos, pastores e élderes. Se Deus não tivesse vindo expressar a verdade e expor a essência de ódio e oposição deles, ninguém seria capaz de ver que são anticristos que odeiam a verdade e travam uma batalha com Deus pelo povo escolhido! Dessa forma, o povo escolhido de Deus não tem como escapar das mentiras e armadilhas deles, não tem como aceitar a obra de Deus e se virar em direção a Ele para alcançar a salvação, e no final, são arruinados por esses servos perversos e anticristos. Deus Todo-Poderoso expôs completamente a essência e a fonte da oposição dos fariseus religiosos, dos pastores e élderes para com Deus, e rasgou suas máscaras e disfarces como hipócritas, permitindo que os crentes em Deus vejam os fatos e a verdade de sua oposição a Deus, enquanto O servem. Isso não é a salvação de Deus da restrição dos fariseus religiosos e da influência de Satanás? Se Deus não trabalhasse assim, os crentes em Deus seriam capazes de retornar voluntariamente à Sua presença? Se Deus não tivesse exposto a verdade e os fatos dos fariseus que se opunham a Deus, os fiéis seriam capazes de discernir os fariseus? Se Deus não expusesse a verdade e os fatos dos pastores e élderes religiosos se opondo a Deus durante os últimos dias, os crentes em Deus seriam capazes de escapar de seu controle e armadilha? Certamente não seriam. Portanto, dizemos que Deus obra assim, por Sua compaixão por nós, e pela nossa salvação!

Nas casas religiosas de adoração, muitos reverenciam pastores e élderes. Eles creem que os pastores e élderes entendem a Bíblia e são devotos. Eles até que são amáveis com os irmãos e irmãs, e geralmente explicam a Bíblia às pessoas, trabalhando sem parar. Como podem ser fariseus hipócritas e anticristos? Na verdade, se os pastores e élderes são ou não anticristos, não dá para se dizer só por ver como são bons com os outros superficialmente, ou por ver como trabalham bastante pelo Senhor, ou pelo tanto que sofrem. O mais importante é ver como tratam a manifestação e a obra de Deus, e como tratam o Cristo encarnado e a verdade que Cristo expressa. Só assim seu verdadeiro aspecto pode ser visto com clareza. É semelhante aos sumo sacerdotes, escribas e fariseus da fé judaica de tempos passados. Eram todos adeptos a explicar as escrituras; até mesmo bordavam a barra de suas vestes com as escrituras. De fora, pareciam muito devotos, mas quando o Senhor Jesus apareceu e começou a trabalhar, como eles O trataram? Quando os fariseus viram o Senhor Jesus curar os doentes e expulsar demônios, demonstrando autoridade e o poder de Deus, eles blasfemaram o Senhor Jesus de usar o rei dos demônios para expulsá-los, e cometeram o pecado de blasfemar o Espírito Santo. Ademais, o sumo sacerdote testou o Senhor Jesus, perguntando-Lhe se Ele era o Cristo. Quando Senhor Jesus disse: “Eu sou”, eles usaram isso para acusá-Lo de blasfêmia. Eles entregaram o Senhor Jesus ao governo romano. Preferiram libertar um ladrão, contanto que pudessem crucificar o Senhor Jesus. Os sumo sacerdotes, escribas e fariseus judeus sabiam que o Senhor Jesus proferia palavras de autoridade e poder, mesmo assim não procuraram o mínimo da verdade, menos ainda eles a aceitaram. Agarraram-se obstinadamente às leis e decretos das escrituras, usando as palavras delas para condenar a obra de Deus. Não prestaram atenção a quanta verdade o Senhor Jesus expressou, ou a quantos milagres e prodígios Ele executou. Contanto que Ele não fosse chamado de Messias, condenaram-no ferozmente e se opuseram a Ele, decididos a pregarem o Senhor Jesus na cruz. Esses fatos são suficientes para provar que a natureza e substância dos fariseus era a de anticristos diabólicos, odiadores da verdade e de Deus. Nos últimos dias, o Senhor Jesus retornou como Deus Todo-Poderoso, expressando a verdade, e realizando a obra de julgar e purificar pessoas. Boas ovelhas de várias denominações ouvem as palavras de Deus Todo-Poderoso, e as reconhecem como a voz de Deus, e se voltaram em direção a Deus Todo-Poderoso. Pastores e élderes de círculos religiosos sabem bem que as palavras proferidas por Deus Todo-Poderoso são toda a verdade, e têm autoridade e poder, mas não procuram a verdade. Em vez disso, deturpam a Bíblia e a citam fora de contexto, dizendo que se afastar da Bíblia equivale a heresia, e que qualquer Senhor Jesus que não descer em uma nuvem é falso. Também declaram que qualquer mensagem da vinda de Deus encarnado é heresia e doutrina falsa. Propagam ferozmente vários boatos e mentiras que condenam, caluniam, atacam e blasfemam Deus Todo-Poderoso. Impedem as pessoas, por bem ou por mal, de buscarem e estudarem a obra de Deus dos últimos dias, fazendo com que Seu povo escolhido abandone Sua chegada. Os pastores e élderes sabem que eles são boas ovelhas, e mesmo assim, não os devolvem a Deus. Em vez disso, chamam as ovelhas de Deus de suas próprias ovelhas, querendo controlá-los e dominá-los para sempre. Esse não é o comportamento de anticristos? Pastores e élderes religiosos não agem assim? Mais odioso ainda é que assim que descobrem que alguém está indo à igreja propagar as boas novas e testemunhar Deus Todo-Poderoso, eles o espancam, abusam e humilham, e até chamam a polícia. Entregam os que dão testemunho de Deus Todo-Poderoso ao regime satânico do Partido Comunista Chinês, esperando, em vão, banir a obra de Deus dos últimos dias com a ajuda do poder maligno do Partido Comunista Chinês. E com isso concretizar seu objetivo maldoso controlar a religião na China. Isso revela em detalhes sua natureza satânica de odiar a verdade e odiar Deus.

do roteiro do filme Não se metam na minha vida

Anterior:Pergunta 4: Pastores dos círculos religiosos estão todos familiarizados com a Bíblia. Geralmente interpretam a Bíblia nas igrejas e a exaltam. Sempre pensamos que eles devem ser as pessoas que conhecem Deus. Então por que a obra de Deus encarnado nos últimos dias tem sido ferozmente condenada e combatida pela maioria dos pastores no mundo religioso? Creio não ser possível que, o que a maioria dos pastores e líderes na comunidade religiosa condenam, possa ser o caminho verdadeiro!

Próximo:Pergunta 6: O Partido Comunista Chinês é um partido ateu, um grupo demoníaco incrivelmente hostil a Deus e à verdade. O demônio é a personificação de Satanás. A reencarnação de Satanás e dos espíritos maus são o demônio, o inimigo jurado de Deus. Quando Deus aparece encarnado e age na China nos últimos dias, Ele seja perseguido e oprimido pelo Partido Comunista Chinês. É inevitável Mas a maioria dos pastores e presbíteros nas comunidades religiosas é de servos de Deus, que conhecem a Bíblia. Eles não buscam e estudam a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, e, além disso, julgam, condenam e resistem. Isso é inacreditável! Não é surpresa que o governo do Partido Comunista Chinês condene a obra de Deus. Por que os pastores e presbíteros religiosos também resistem e condenam a obra de Deus?

Conteúdo Relacionado

Coisas que talvez lhe interessem