Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Palavras clássicas de Deus Todo-Poderoso, o Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

X Palavras clássicas sobre a realidade da verdade em que as pessoas escolhidas por Deus precisam entrar

XIV) Palavras clássicas sobre como servir a Deus e dar testemunho Dele

365. Toda pessoa que tomou a decisão pode servir a Deus – mas deve ser que somente aquelas que dão todo cuidado à vontade de Deus e compreendem a vontade de Deus estarão qualificadas e autorizadas a servir a Deus. Nas experiências de vocês, pode-se ver que muitas pessoas creem que servir a Deus significa divulgar fervorosamente o evangelho por Deus, pegar a estrada por Deus, gastar e sacrificar por Deus e assim por diante; até pessoas mais religiosas creem que servir a Deus implica correr por toda parte com uma Bíblia nas mãos, divulgando o evangelho do reino do céu e salvando pessoas ao fazer com que se arrependam e confessem; há muitas autoridades religiosas que pensam que servir a Deus é pregar em capelas depois de estudar no seminário e ensinar pessoas lendo capítulos da Bíblia; muitos irmãos e irmãs da mesma condição creem que servir a Deus significa jamais se casar nem constituir uma família e dedicar todo seu ser a Deus; há também, em regiões empobrecidas, pessoas que creem que servir a Deus significa curar doentes e expulsar demônios, ou orar pelos irmãos, ou servi-los; entre vocês há muitos que creem que servir a Deus significa comer e beber as palavras Dele, orar a Ele todos os dias e visitar igrejas em todo lugar; também há pessoas que dizem que viver a vida da igreja é servir a Deus. Contudo, poucos sabem o que significa de fato servir a Deus. Embora haja tantos que servem a Deus quanto estrelas no céu, o número dos que podem servir diretamente e são capazes de servir à vontade de Deus é ínfimo – insignificantemente pequeno. Por que digo isso? Digo isso porque vocês não compreendem a substância da frase “serviço a Deus” e compreendem tão pouco de como se serve à vontade de Deus.

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

366. Quem realmente serve a Deus é alguém que é segundo o Seu coração e apto a ser usado por Ele, e capaz de abrir mão de suas concepções religiosas. Se você quer comer e beber as palavras de Deus para ser frutífero, deve desistir das suas concepções religiosas. Se você deseja servir a Deus, então é ainda mais necessário que desista primeiro das concepções religiosas e obedeça às Suas palavras em tudo o que faz. Isso é o que alguém que serve a Deus deve possuir.

de ‘Somente aqueles que conhecem a obra de Deus hoje podem servir a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

367. Um serviço divorciado das manifestações atuais do Espírito Santo é um serviço que é da carne e de concepções, e não pode estar de acordo com a vontade de Deus. Pessoas que vivem entre concepções religiosas não são capazes de fazer nada adequado à vontade de Deus e, muito embora sirvam a Deus, elas o fazem no contexto de sua imaginação e suas concepções, sendo totalmente incapazes de servir conforme a vontade de Deus. Aquelas que não são capazes de seguir a obra do Espírito Santo não compreendem a vontade de Deus, e aquelas que não compreendem a vontade de Deus não podem servir a Deus. Deus quer serviço que esteja de acordo com a Sua vontade; Ele não quer serviço que é de concepções e da carne. Pessoas incapazes de seguir os passos da obra do Espírito Santo vivem em meio a concepções, e o serviço que elas prestam causa interrupção e perturbação. Este serviço age em oposição a Deus, de modo que as pessoas incapazes de seguir os passos de Deus são incapazes de servir a Deus; quase com certeza, aquelas incapazes de seguir os passos de Deus se opõem a Deus e não são capazes de ser compatíveis com Deus. “Seguir a obra do Espírito Santo” significa entender a vontade de Deus hoje, ser capaz de agir em conformidade com as atuais exigências de Deus, ser capaz de obedecer e seguir ao Deus de hoje e entrar em concordância com as afirmações mais recentes de Deus. Só alguém assim segue a obra do Espírito Santo e está na corrente do Espírito Santo. Tais pessoas podem não só receber elogios de Deus e ver a Deus como também conhecer o caráter de Deus com base na última obra Dele, bem como conhecer as concepções e a desobediência do homem e a natureza e a substância do homem também com base na última obra Dele; ademais, elas conseguem mudar o seu caráter gradualmente durante o serviço. Somente pessoas como essas são capazes de ganhar Deus e acharam realmente o verdadeiro caminho.

de ‘Conheça a mais nova obra de Deus e siga os passos de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

368. Aqueles que lideram igrejas, proveem as pessoas com vida e são um apóstolo para o povo devem ter experiência real, compreensão correta dos assuntos espirituais, compreensão correta e experiência da verdade. Apenas homens assim estão qualificados para serem trabalhadores ou apóstolos que lideram as igrejas. Caso contrário, só podem seguir como os menos capazes e não podem liderar, muito menos ser apóstolos capazes de prover as pessoas com vida. O motivo é que a função dos apóstolos não é fugir ou lutar; é ministrar vida e liderar mudanças no caráter humano. É uma função desempenhada por aqueles que são convocados a assumir responsabilidades pesadas e não algo que qualquer um possa fazer. Esse tipo de obra só pode ser realizado por aqueles cujo ser tem vida, isto é, aqueles que têm experiência da verdade. Não pode ser realizado por qualquer um que renuncie, corra ou despenda; pessoas que não têm experiência da verdade, que não foram podadas ou julgadas, são incapazes de fazer esse tipo de obra. Pessoas sem experiência, isto é, pessoas sem realidade, são incapazes de enxergar claramente a realidade porque não faz parte do ser delas. Portanto, pessoas assim não só são incapazes de realizar a obra de liderança, como serão objeto de eliminação se passarem muito tempo sem a verdade.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

369. Ao escolher uma pessoa para servi-Lo, Deus sempre tem Seus próprios princípios. Servir a Deus absolutamente não é apenas questão de entusiasmo, como as pessoas imaginam que seja. Hoje vocês veem como quem quer que sirva a Deus em Sua presença o faz com a orientação Dele e a obra do Espírito Santo; são pessoas que buscam a verdade. Essas são as exigências mínimas que todos os que servem a Deus devem ter.

de ‘A forma religiosa de serviço deve ser proibida’ em “A Palavra manifesta em carne”

370. Quando se fala de obra, o homem acredita que a obra é correr para lá e para cá para Deus, pregar em todos os lugares e gastar por Deus. Embora esta crença esteja correta, ela é unilateral demais; o que Deus pede ao homem não é apenas que se faça a jornada para lá e para cá para Deus; é mais ministério e o suprimento dentro do espírito. […] A obra não se refere a correr para lá e para cá por Deus; refere-se a se a vida do homem e o que o homem vive são para o deleite de Deus. A obra se refere ao homem utilizar a fidelidade que tem a Deus e o conhecimento que tem de Deus para testemunhar a Deus e ministrar ao homem. Esta é a responsabilidade do homem, e o que todo homem deve realizar. Em outras palavras, sua entrada é sua obra; vocês estão procurando entrar durante o curso de sua obra para Deus. Vivenciar Deus não é apenas poder comer e beber de Sua palavra; mais importante do que isso, vocês devem ser capazes de testemunhar a Deus, de servir a Deus e de ministrar para e suprir o homem. Essa é a obra e também sua entrada; é isso que todo homem deve realizar. Há muitos que focam apenas em viajar para lá e para cá para Deus e em pregar em todos os lugares, mas ignoram sua experiência pessoal e negligenciam sua entrada na vida espiritual. É isso que faz com que aqueles que servem a Deus se tornem aqueles que resistem a Deus.

de ‘Obra e entrada (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

372. A obra de um trabalhador qualificado é capaz de trazer as pessoas para o caminho certo e permitir que se aprofundem na verdade. A obra que ele realiza pode trazer as pessoas para Deus. Além disso, a obra que ele realiza pode variar de um indivíduo para outro e não está sujeita a regras, proporcionando liberação e liberdade às pessoas. Além disso, elas podem crescer gradativamente na vida, aprofundar-se cada vez mais na verdade. A obra de um trabalhador não qualificado fica muito aquém disso; é uma obra tola. Ele só é capaz de trazer as pessoas para regras; o que ele exige das pessoas não varia de um indivíduo para outro; ele não realiza a obra de acordo com as necessidades reais das pessoas. Nesse tipo de obra há regras e doutrinas demais e ela é incapaz de trazer as pessoas para a realidade ou para a prática normal de crescimento na vida. Pode apenas permitir que as pessoas obedeçam a algumas regras sem valor. Esse tipo de liderança só é capaz de desencaminhar as pessoas. Ele o orienta a se tornar o que ele é; ele só pode trazê-lo para o que ele tem e é.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

374. A pessoa trabalha para cumprir a vontade de Deus, para trazer todos aqueles que são segundo o coração de Deus diante Dele, para levar o homem a Deus e para apresentar a obra do Espírito Santo e a orientação de Deus ao homem, aperfeiçoando, assim, os frutos da obra de Deus. Por este motivo, é imperativo que vocês compreendam a substância da obra.

de ‘Obra e entrada (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

376. Se desejam servir à vontade de Deus, vocês devem entender primeiro que tipo de pessoa é amada por Deus, que tipo de pessoa Ele abomina, que tipo de pessoa Ele aperfeiçoa e que tipo de pessoa é qualificada para servir a Deus. Isso é o mínimo com o que devem se equipar. Além disso, vocês devem conhecer os objetivos da obra de Deus e o que Ele fará no aqui e agora. Depois de compreenderem isso e através da orientação das palavras de Deus, vocês entrarão pela primeira vez e receberão a primeira comissão de Deus. Quando realmente experimentarem com base nas palavras de Deus e realmente conhecerem Sua obra, vocês estarão qualificados para servir a Deus.

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

377. Aqueles que servem a Deus devem ser os íntimos Dele, devem ser amados por Ele e capazes de ter lealdade absoluta a Ele. Quer você aja por trás das pessoas ou diante delas, você é capaz de ganhar a alegria de Deus ante Deus, é capaz de se manter firme perante Ele e, independentemente de como outras pessoas o tratem, você segue sempre a própria senda e dá todo cuidado ao fardo de Deus. Só esse é um íntimo de Deus. Os íntimos de Deus são capazes de servir a Ele diretamente porque a eles foi dada a grande comissão de Deus, foi dado o fardo de Deus, eles são capazes de tomar o coração de Deus como se fosse deles e o fardo de Deus como se fosse deles, sem levar em consideração se ganham ou perdem expectativa: mesmo quando não tiverem expectativas e nada forem ganhar, eles sempre acreditarão em Deus com um coração amoroso. Por isso, esse tipo de pessoa é um íntimo de Deus. Os íntimos de Deus são também Seus confidentes; apenas os confidentes de Deus poderiam compartilhar Sua inquietação e Seus anseios e, ainda que sua carne esteja dolorida e fraca, eles são capazes de suportar a dor e renunciar ao que amam para satisfazer a Deus. Deus dá mais fardos a tais pessoas e o que Ele há de fazer expressa-se através delas. Portanto, essas pessoas são amadas por Deus, são as servas de Deus que são segundo o Seu coração e somente pessoas como essas podem governar com Ele.

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

378. Os critérios para Deus usar pessoas são: o coração delas se volta a Deus, elas recebem o peso de Suas palavras, seu coração anseia e elas se determinam a buscar a verdade. Somente pessoas assim são capazes de receber a obra do Espírito Santo e, frequentemente, recebem esclarecimento e iluminação. As pessoas usadas por Deus parecem, externamente, ser irracionais e não ter relacionamentos adequados com os outros, embora falem com propriedade, não falem descuidadamente e sejam sempre capazes de manter um coração aquietado diante de Deus. Porém, é exatamente esse tipo de pessoa que é suficiente para ser usado pelo Espírito Santo. A pessoa "irracional" de quem Deus fala parece não ter relacionamentos adequados com os outros e não tem um amor aparente ou práticas superficiais, mas, quando está comunicando coisas espirituais, é capaz de abrir seu coração e, abnegadamente, fornecer aos outros o esclarecimento e iluminação que adquiriu de sua real experiência diante de Deus. É assim que ela expressa seu amor a Deus e satisfaz à vontade de Deus. […] A marca de uma pessoa que está sendo usada por Deus é: não importa quando ou onde, seu coração está sempre diante de Deus e, independentemente de quão dissolutos os outros são, de quanto se entregam à luxúria ou cometem exageros na carne, seu coração nunca abandona Deus e ela não segue a multidão. Somente esse tipo de pessoa é adequado para ser usado por Deus e é exatamente aquele que é aperfeiçoado pelo Espírito Santo. Se você é incapaz de atingir esse ponto, não está qualificado para ser ganho por Deus, para ser aperfeiçoado pelo Espírito Santo.

de ‘Estabelecer um relacionamento adequado com Deus é muito importante’ em “A Palavra manifesta em carne”

379. Qual é o maior tabu quanto ao serviço do homem a Deus? Você sabe? Vocês que servem como líderes sempre querem ter mais engenhosidade, estar muito acima dos demais, encontrar novos macetes para que Deus possa ver que grande líder vocês realmente são. Contudo, vocês não se focam em entender a verdade nem em entrar na realidade da palavra de Deus. Vocês sempre querem se exibir; isto não é exatamente a revelação de uma natureza arrogante? Alguns dizem ainda: “Ao fazer isso, estou certo de que Deus ficará muito feliz; Ele irá gostar disso de verdade. Desta vez, eu deixarei Deus ver, farei a Ele uma agradável surpresa”. Essa surpresa aparentemente não é um problema, mas você eliminou como resultado! Simplesmente, não faça precipitadamente o que vier à sua mente. Como pode estar certo não se considerar as consequências? Quando aqueles de vocês que ofendem o caráter de Deus e ofendem Seus decretos administrativos forem eliminados, não haverá palavras que você possa dizer. Independentemente da sua intenção, independentemente de você fazê-lo deliberadamente ou não, se você não entender o caráter de Deus ou não entender a vontade de Deus, você facilmente ofenderá a Deus e ofenderá facilmente seus decretos administrativos; contra isso todos deveriam ficar vigilantes. Uma vez que você tenha ofendido seriamente os decretos administrativos de Deus ou tenha ofendido o caráter de Deus, Deus não considerará se você o fez intencionalmente ou não; isso é algo que você deve ver claramente. Se você não conseguir entender essa questão, é garantido que você terá um problema. Ao servir a Deus, as pessoas querem dar passos largos, fazer grandes coisas, falar palavras ótimas, realizar grandes trabalhos, imprimir livros enormes, realizar grandes reuniões e ser grandes líderes. Se você sempre tiver grandes ambições, você ofenderá os grandes decretos administrativos de Deus; pessoas como essas morrerão rapidamente. Se você não é honesto, piedoso ou prudente ao servir a Deus, mais cedo ou mais tarde você ofenderá os decretos administrativos de Deus.

de ‘Sem a verdade é fácil ofender a Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

380. Naquela época, os israelitas serviam a Jeová diretamente no templo. A identidade deles era a de sacerdotes. (É claro que nem todas as pessoas eram sacerdotes. Somente alguns que serviam a Jeová no templo tinham a identidade de sacerdotes.) Eles costumavam usar coroas que Jeová dava para eles (que significa que eles faziam as coroas de acordo com os requisitos de Jeová, não que Jeová dava coroas a eles diretamente) e com suas túnicas sacerdotais que Jeová dava para eles, eles entravam no templo descalços para servirem a Jeová diretamente, da manhã até à noite. O serviço deles a Jeová não era, de modo algum, caótico nem se transgredia ao bel prazer; era todo de acordo com regras que ninguém que servisse a Jeová diretamente poderia violar. Eles todos têm de obedecer a estas regras; caso contrário, a entrada ao templo era proibida. Se qualquer um deles quebrasse as regras do templo, isto é, se qualquer um desobedecesse aos mandamentos de Jeová, tal pessoa deveria ser tratada de acordo com as leis emitidas por Jeová, e ninguém tinha permissão de objetar, e ninguém tinha permissão de proteger quem objetasse. Não importa quantos anos eles tivessem servido a Deus, todos tinham que obedecer às regras. […] A adoração deles a Jeová não era somente por causa das leis de Jeová tão severas e tão rigorosas; em vez disso, era por causa da graça de Jeová, e também porque eles eram leais a Jeová. Desse modo, o serviço deles, até hoje, tem sido leal de maneira semelhante, e eles nunca retrocederam em suas súplicas perante Jeová. Nos dias atuais, o povo de Israel ainda recebe o cuidado e a proteção de Jeová, e até hoje Jeová ainda é a graça entre eles e sempre habita entre eles. Todos eles sabem como deveriam reverenciar a Jeová e como deveriam servir a Jeová, e todos eles sabem como eles têm de ser para receber o cuidado e a proteção de Jeová porque todos eles reverenciam a Jeová em seus corações. O segredo para o sucesso de todo o serviço deles não é outro senão a reverência.

de ‘Sirva como os israelitas serviram’ em “A Palavra manifesta em carne”

381. Contudo, como são todos vocês hoje? Vocês têm alguma semelhança com o povo de Israel? Você pensa que o serviço de hoje é como seguir uma grande figura espiritual? Vocês simplesmente não têm nenhuma lealdade nem reverência. Vocês recebem graça considerável, são equivalentes aos sacerdotes israelitas porque todos vocês estão servindo a Deus diretamente. Apesar de vocês não entrarem no templo, o que vocês recebem e o que vocês veem é muito mais do que os sacerdotes que serviam a Jeová no templo receberam. Contudo, vocês se rebelam e resistem muitas vezes mais do que eles o faziam. A reverência de vocês é pequena demais, e como resultado, vocês recebem muito pouca graça. Apesar de vocês dedicarem tão pouco, vocês receberam muito mais do que aqueles israelitas. Este não é um tratamento gentil para com vocês? Durante a obra em Israel, ninguém iria ousar julgar Jeová como quisessem. E vocês? Se não fosse pela obra que Eu faço entre vocês que é conquista-los, como Eu poderia tolerar seus atos selvagens que trazem vergonha para o Meu nome? Se a era em que vocês vivem fosse a Era da Lei, nem um só de vocês permaneceria vivo devido às suas ações e às suas palavras. A reverência de vocês é pequena demais! Vocês estão sempre Me culpando por não ter dado a vocês muito favor, e até dizem que Eu não dou a vocês palavras de bênçãos suficientes, que Eu somente tenho maldições para vocês. Vocês não sabem que com uma reverência tão pequena é impossível que vocês aceitem as Minhas bênçãos? Vocês não sabem que Eu constantemente amaldiçoo e lanço julgamento sobre vocês por causa do estado lamentável dos seus serviços? Todos vocês sentem que vocês têm sido tratados erroneamente? Como Eu posso conceder as Minhas bênçãos sobre um grupo de pessoas que são rebeldes e que não obedecem? Como Eu posso levianamente conceder a Minha graça sobre as pessoas que trazem desonra ao Meu nome? O tratamento sobre vocês já é extremamente gentil. Se os israelitas tivessem sido tão rebeldes quanto vocês são hoje, Eu já teria há muito tempo aniquilados vocês. Contudo, Eu trato vocês com nada menos do que leniência. Isso não é gentileza? Vocês querem bênçãos maiores do que esta? Os únicos que Jeová abençoa são aqueles que O reverenciam. Ele castiga aqueles que se rebelam contra Ele, nunca perdoando qualquer pessoa. Não são vocês, pessoas de hoje, que não sabem como servir, que têm mais necessidade de castigo e juízo de modo que seus corações possam ser completamente retificados? Não são o castigo e o juízo desse tipo a melhor bênção para vocês? Não são a sua melhor proteção? Sem isso, algum de vocês seria capaz de suportar o fogo ardente de Jeová? Se vocês pudessem verdadeiramente servir com tanta lealdade quanto o povo de Israel, vocês também não teriam a graça como sua companhia constante? Vocês também não teriam alegria e favor suficientes com frequência? Todos vocês sabem como deveriam servir?

de ‘Sirva como os israelitas serviram’ em “A Palavra manifesta em carne”

382. Quando vocês estão trabalhando juntos, algum de vocês diz: Eu gostaria de ouvir você compartilhar comigo sobre este aspecto da verdade porque não tenho clareza sobre ele. Ou dizer: Você tem mais experiências do que eu nesse assunto; você poderia me dar alguma direção, por favor? Isto não seria uma boa maneira de fazê-lo? Vocês, nos níveis superiores, ouvem muita verdade e entendem muito sobre o serviço. Se vocês, pessoas que coordenam para trabalhar nas igrejas, não aprendem uns com os outros e não comunicam, compensando as deficiências uns dos outros, de onde vocês podem aprender as lições? Quando descobrirem qualquer coisa, vocês devem compartilhar uns com os outros de modo que a vida de vocês possa ser beneficiada. E vocês deverão compartilhar com cuidado sobre coisas de qualquer natureza antes de tomar decisões. Somente fazendo isso é que vocês serão responsáveis com relação à igreja e não serão superficiais. Depois que visitarem todas as igrejas, vocês deverão se reunir e compartilhar sobre todas as questões que descobrirem e sobre os problemas encontrados na obra, e comunicar o esclarecimento e a iluminação que vocês receberam – esta é uma prática indispensável de serviço. Vocês devem alcançar cooperação harmoniosa para o propósito da obra de Deus, para o benefício da igreja e para estimular os irmãos e irmãs para que avancem. Você coordena com ele e ele coordena com você, cada um corrigindo o outro, alcançando um melhor resultado de trabalho, de modo a se importar com a vontade de Deus. Somente isso é uma cooperação verdadeira, e somente tais pessoas têm uma verdadeira entrada. Pode haver alguma fala que não seja adequada durante a cooperação, mas isso não importa. Compartilhe sobre isso mais tarde e obtenha um entendimento claro sobre isso; não negligencie. Depois desse tipo de comunhão, você pode compensar as deficiências dos irmãos e irmãs. Somente indo mais fundo desse jeito na sua obra, sem cessar, é que você poderá alcançar melhores resultados.

de ‘Sirva como os israelitas serviram’ em “A Palavra manifesta em carne”

383. Você deve ter compreensão das diversas condições em que os homens estarão quando o Espírito Santo operar neles. Em particular, aqueles que coordenam para servir a Deus devem ter um entendimento ainda maior das várias condições resultantes da obra que o Espírito Santo realiza nos homens. Se você apenas fala sobre várias experiências e várias maneiras de entrar, isso mostra que a sua experiência é muito unilateral. Sem entender várias situações na realidade, você é incapaz de alcançar transformação em seu caráter. Se você entendeu várias condições, então será capaz de entender várias manifestações da obra do Espírito Santo, perceber claramente, e discernir boa parte da obra dos espíritos malignos. Você deve expor as várias noções dos homens e ir direto ao cerne da questão; você deve, também, apontar vários desvios na prática das pessoas ou nas suas dificuldades em crer em Deus para que elas possam reconhecê-los. No mínimo, você não deve estimular nelas sentimentos negativos nem passivos. No entanto, você deve entender as várias dificuldades que existem para as pessoas, de modo objetivo, e você não deve ser irracional nem deve tentar “ensinar um porco a voar”; isso é um comportamento tolo. Para resolver as muitas dificuldades dos homens, você deve entender a dinâmica da obra do Espírito Santo, você deve entender como o Espírito Santo opera em pessoas diferentes, você deve entender as dificuldades dos homens, as deficiências dos homens, deve enxergar as questões principais do problema e chegar à origem do problema, sem desvios nem erros. Somente uma pessoa assim está qualificada a coordenar para servir a Deus.

de ‘Com que um pastor adequado deve ser equipado’ em “A Palavra manifesta em carne”

386. Servir a Deus não é tarefa fácil. Aqueles cujo caráter corrupto permanece inalterado jamais podem servir a Deus. Se o seu caráter não tiver sido julgado e castigado pela palavra de Deus, seu caráter ainda representa Satanás. Isso basta para provar que seu serviço a Deus está decorre de sua própria boa intenção. É serviço baseado na sua natureza satânica. Você serve a Deus com seu caráter natural e de acordo com suas preferências pessoais; além disso, continua a achar que Deus se deleita no que quer que você deseje fazer e odeia tudo o que quer que você não deseje fazer, e é guiado inteiramente por suas próprias preferências em seu trabalho. Isso pode ser chamado de servir a Deus? Por fim, seu caráter de vida não mudará nem um pingo; antes, você ficará ainda mais obstinado porque tem servido a Deus, o que tornará seu caráter corrupto profundamente arraigado. Assim, você desenvolverá interiormente regras sobre o serviço a Deus que estarão baseadas principalmente em sua própria índole e na experiência obtida de servir conforme seu próprio caráter. Isso é lição da experiência humana. É filosofia de vida do homem. Pessoas assim fazem parte dos fariseus e das autoridades religiosas. Se nunca acordarem e se arrependerem, elas por fim se tornarão os falsos Cristos que aparecerão nos últimos dias e serão enganadores de homens. Os falsos cristos e enganadores que foram mencionados surgirão de entre pessoas desse tipo. Se aqueles que servem a Deus seguem sua própria índole e agem conforme sua própria vontade, correm o risco de ser expulsos a qualquer momento. Aqueles que aplicam seus muitos anos de experiência para servir a Deus a fim de ganhar o coração de outros, repreendê-los e dominá-los e de manter-se em posição de poder, e que nunca se arrependem, nunca confessam seus pecados, nunca renunciam aos benefícios da posição, são pessoas que tombarão ante Deus. São pessoas do mesmo tipo que Paulo, que se aproveitam de sua senioridade e se vangloriam de suas qualificações. Deus não aperfeiçoará pessoas assim. Esse tipo de serviço interfere na obra de Deus. As pessoas adoram apegar-se ao antigo. Apegam-se às noções do passado, a coisas do passado. Isto é um grande obstáculo a seu serviço. Se você não conseguir se livrar dessas coisas, elas estrangularão toda a sua vida. Deus não o elogiará de modo algum, nem mesmo se você quebrar as pernas correndo, ou as costas com o trabalho, nem mesmo se for martirizado em seu serviço a Deus. Muito pelo contrário, Ele dirá que você é um malfeitor.

de ‘A forma religiosa de serviço deve ser proibida’ em “A Palavra manifesta em carne”

388. Vocês deviam aproveitar que acabam de entrar na trilha certa de servir a Deus para primeiro dar seu coração a Ele, sem lealdades divididas. Independentemente de você estar ante Deus ou perante outras pessoas, seu coração deve sempre olhar para Ele e você deve estar decidido a amar a Deus como Jesus. Desse modo, Deus o aperfeiçoará, para que você se torne um servo de Deus que seja segundo Seu coração. Se você deseja verdadeiramente ser aperfeiçoado por Deus e que seu serviço esteja em harmonia com a vontade Dele, então deve mudar suas opiniões prévias sobre a fé em Deus e o modo como costumava servir a Deus, para que mais de você seja aperfeiçoado por Deus; dessa forma, Deus não o abandonará e, como Pedro, você estará na vanguarda daqueles que amam a Deus.

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

389. Jesus foi capaz de completar a comissão de Deus – a obra de redenção de toda a humanidade – porque dedicou todo cuidado à vontade de Deus, sem os Seus planos e considerações pessoais. Portanto, também, Ele era o íntimo de Deus – o Próprio Deus, algo que todos vocês entendem muito bem. (Na verdade, Ele era o Próprio Deus e de Quem Deus deu testemunho; menciono isso aqui para usar o fato de Jesus ilustrar a questão.) Ele foi capaz de colocar o plano de gerenciamento de Deus bem no centro, sempre orava ao Pai celestial e buscava a vontade do Pai celestial. Ele orava e dizia: “Deus Pai! Realiza o que é da Tua vontade e não ages conforme Minhas intenções; gostaria que Tu agisses conforme o Teu plano. O homem pode ser fraco, mas por que Tu deverias Te importar com ele? Como poderia o homem ser o objeto de Tua preocupação, se ele é como uma formiga em Tua mão? No Meu coração, Eu desejo apenas realizar a Tua vontade, e gostaria que Tu pudesses fazer o que farias em Mim conforme Tuas próprias intenções.” Na estrada para Jerusalém, Jesus sentiu uma dor intensa, como se uma faca estivesse sendo torcida no Seu coração, mas Ele não tinha a menor intenção de faltar à Sua palavra; havia sempre uma força poderosa que O compelia adiante para onde seria crucificado. Finalmente, Ele foi pregado na cruz e tornou-Se semelhante à carne pecadora, completando essa obra da redenção da humanidade e ascendendo aos grilhões da morte e do Hades. Diante Dele, a mortalidade, o inferno e o Hades perderam poder e foram por Ele derrotados. Ele viveu trinta e três anos, ao longo dos quais sempre fez o máximo para cumprir a vontade de Deus de acordo com a obra de Deus daquele momento, nunca considerando Seu ganho ou perda pessoal e sempre pensando na vontade de Deus Pai. Assim, depois que Ele foi batizado, Deus disse: “Este é o Meu Filho amado, em quem Me comprazo”. Em razão de Seu serviço ante Deus, que estava em harmonia com a vontade de Deus, Deus pôs sobre Seus ombros o pesado fardo de redimir toda a humanidade e O fez partir para executá-lo – e Ele foi qualificado e autorizado para completar essa tarefa importante. Ao longo de Sua vida, Ele suportou um sofrimento imensurável por Deus e foi tentado por Satanás inúmeras vezes, mas nunca ficou desalentado. Deus deu-Lhe tal tarefa porque confiava Nele e O amava, por isso Lhe disse pessoalmente: “Este é o Meu Filho amado, em quem Me comprazo”. Naquele tempo, só Jesus podia cumprir essa comissão, e essa era uma parte da conclusão de Deus de Sua obra de redimir toda a humanidade na Era da Graça.

Se, como Jesus, vocês forem capazes de dedicar todo cuidado ao fardo de Deus e dar as costas à carne de vocês, Deus lhes confiará Suas tarefas importantes, para que vocês satisfaçam as condições para servi-Lo. Somente sob tais circunstâncias vocês ousarão dizer que estão fazendo a vontade de Deus e completando Sua comissão, só então ousarão dizer que estão servindo verdadeiramente a Deus. Comparado ao exemplo de Jesus, você ousa dizer que é íntimo de Deus? Atreve-se a dizer que está fazendo a vontade de Deus? Atreve-se a dizer que está verdadeiramente servindo a Deus? Se hoje não compreende tal serviço a Deus, você ousa dizer-se íntimo de Deus? Se diz que serve a Deus, você não blasfema contra Ele? Pense nisto: você está servindo a Deus ou a si mesmo? Você serve a Satanás, mas teima em dizer que serve a Deus – nisso você não blasfema contra Deus?

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

390. Se as pessoas acreditam em Deus e experimentam as palavras de Deus, com um coração que reverencia a Deus, então, nessas pessoas, pode-se ver a salvação de Deus e o amor de Deus. Essas pessoas podem testificar por Deus, elas vivem a verdade, e o que elas testificam é também a verdade, o que Deus é, e o caráter de Deus, e elas vivem em meio ao amor de Deus e viram o amor de Deus. Se as pessoas desejam amar a Deus, devem provar a beleza de Deus e ver a beleza de Deus; só então poderá ser despertado nelas um coração que ama a Deus, um coração que está disposto a se deixar gastar lealmente por Deus. Deus não faz com que as pessoas O amem através de palavras e expressões, ou da imaginação delas, e Ele não obriga as pessoas a amá-Lo. Em vez disso, Ele os faz amá-Lo por sua própria vontade, e faz com que elas vejam Sua beleza em Sua obra e declarações, após o qual é gerado nelas o amor a Deus. Só assim as pessoas podem verdadeiramente dar testemunho de Deus.

de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

391. A razão pela qual aqueles que verdadeiramente testificam por Deus são capazes de dar um testemunho impactante para Ele é porque o seu testemunho está sobre o fundamento do verdadeiro conhecimento e verdadeiro anseio por Deus. Não é de acordo com um impulso emocional, mas de acordo com o conhecimento de Deus e Seu caráter. Por terem conhecido a Deus, elas sentem que devem certamente dar testemunho de Deus e fazer com que todos os que anseiam por Deus conheçam a Deus, e estejam cientes da beleza de Deus e de Sua realidade. Como o amor das pessoas por Deus, seu testemunho é espontâneo, é real e tem significado e valor reais. Não é passivo, oco e sem sentido. A razão pela qual somente aqueles que realmente amam a Deus têm mais valor e significado em suas vidas, e somente elas realmente acreditam em Deus, é porque essas pessoas vivem na luz de Deus, elas são capazes de viver pela obra e gestão de Deus; elas não vivem nas trevas, mas vivem na luz; elas não vivem uma vida sem sentido, mas vidas que foram abençoadas por Deus.

de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

392. Acima de tudo, dar testemunho requer que você fale de seu conhecimento da obra de Deus, de como Deus conquista as pessoas, de como Ele as salva, as transforma e as guia para entrar, permitindo-lhes ser conquistadas, aperfeiçoadas e salvas. Dar testemunho significa falar de Sua obra e de tudo o que você experimentou. Só a Sua obra O representa e só Sua obra pode revelar publicamente sua totalidade; Sua obra dá testemunho Dele. […] É somente porque vocês experimentaram cada passo de Sua obra que Ele lhes pede para dar testemunho Dele e, se vocês não tivessem experimentado isso, Ele não teria feito tais exigências a vocês. Assim, quando você dá testemunho de Deus, não é para testificar de Seu exterior de humanidade normal, mas da obra que Ele faz e do caminho para o qual Ele guia, é para testificar de como você foi conquistado por Ele e em que aspectos você foi aperfeiçoado. Este é o tipo de testemunho que você deve dar.

de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

393. No futuro, quando o evangelho for divulgado, você deve ser capaz de falar de seu próprio conhecimento, testificar de tudo o que você ganhou em seu coração, sem poupar esforços. Isso é o que deve ser alcançado por um ser criado. Qual é o significado desta etapa da obra de Deus? Qual o seu efeito? Quanto dela é executado no homem? O que as pessoas deveriam fazer? Quando vocês falarem claramente de toda a obra feita pelo Deus encarnado depois que Ele veio para a terra, seu testemunho será completo. Quando você puder falar claramente dessas cinco coisas – o significado, o conteúdo, a substância de Sua obra, Seu caráter representado por ela e Seus princípios de operação – então isso provará que você é capaz de testemunhar e que você realmente possui o conhecimento. O que Eu peço a vocês não é muito e é alcançável por todos aqueles que verdadeiramente buscam. Se você está decidido a ser uma das testemunhas de Deus, deve entender o que Deus detesta e o que Ele ama. Você já experimentou muito de Sua obra e, através desta obra, você deve vir a conhecer Seu caráter, o que Ele detesta e o que ama, entender Sua vontade e o que requer da humanidade e usar isso para testemunhar Dele e cumprir seu dever.

de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

394. Você experimentou cada passo do castigo, do juízo, do refinamento, das tribulações, contratempos e provações e você alcançou a conquista, e deixou de lado as perspectivas da carne, suas motivações pessoais e os interesses pessoais da carne – em outras palavras, todo coração das pessoas foi conquistado pelas palavras de Deus. Embora a sua vida não tenha crescido tanto quanto Ele pediu, você sabe essas coisas e está completamente convencido pelo que Ele faz – isso é testemunho e esse testemunho é verdadeiro! A obra que Deus veio realizar – juízo e castigo – é para conquistar o homem, porém Ele também conclui Sua obra, finaliza a era, executa o capítulo final de Sua obra. Ele termina a era inteira, salva toda a humanidade, a liberta totalmente do pecado e conquista completamente a humanidade que Ele criou. Isso é tudo o que você deve testemunhar.

de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

395. Um dia, quando você estiver no exterior para divulgar o evangelho, e alguém lhe perguntar: “Como é a sua fé em Deus?”, você será capaz de responder: “As ações de Deus são tão maravilhosas!”. Assim que ouvirem você dizer isso, sentirão que existe algo dentro de você e que as ações de Deus realmente são insondáveis. Isso é verdadeiramente dar testemunho. Você dirá que a obra de Deus é repleta de sabedoria e que a obra Dele em você verdadeiramente o convenceu e conquistou seu coração. Você sempre irá amá-Lo porque Ele é mais do que digno do amor da humanidade! Se você puder falar essas coisas, poderá comover o coração das pessoas. Tudo isso é dar testemunho. Se puder ser uma testemunha contundente, que leva as pessoas às lágrimas, isso mostra que você verdadeiramente é alguém que ama a Deus. Isso é porque você é capaz de agir como testemunha do amor por Deus, e as ações de Deus podem ser expressas através de você. E, por meio de sua expressão, outras pessoas podem buscar as ações de Deus, experimentá-Lo, e elas serão capazes de se manter firmes, seja qual for o ambiente em que se encontrem. Somente testificar dessa maneira é genuinamente dar testemunho, e isso é exatamente o que se exige de você agora. Você deve dizer que as ações de Deus são extremamente valiosas e dignas de serem estimadas pelas pessoas, que Deus é tão precioso e abundante, que Ele não somente pode falar como, ainda mais, pode refinar o coração das pessoas, proporcionar-lhes prazer, e que Ele pode ganhá-las, conquistá-las e aperfeiçoá-las. Com base em sua experiência, você verá que Deus é muito adorável. Então, quanto você ama a Deus agora? Você realmente pode falar isso de coração? Quando puder pronunciar essas palavras do fundo do coração, você será capaz de dar testemunho. Assim que sua experiência tiver alcançado esse nível, você será capaz de ser uma testemunha de Deus, e de estar qualificado para isso.

de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

396. Quando você testemunha por Deus, se você só faz uso de como você desfruta a graça de Deus, aceita a disciplina de Deus e o Seu castigo e desfruta as Suas bênçãos em seu testemunho por Ele, isso é extremamente inadequado e está longe de satisfazê-Lo. Se você deseja dar testemunho por Deus de uma forma que esteja alinhada com a Sua vontade, dar testemunho pelo Próprio Deus verdadeiro, então você deve ver o que Deus tem e é com base em Suas ações. Você deve ver a autoridade de Deus a partir de Seu controle de todas as coisas e ver a verdade de como Ele provê para toda a humanidade. Se você apenas reconhecer que sua comida e bebida diárias e suas necessidades na vida vêm de Deus, mas não vir a verdade que Deus provê para toda a humanidade por meio de todas as coisas, que Ele leva toda a humanidade por meio de Seu governo de todas as coisas, então você nunca será capaz de dar testemunho por Deus.

de ‘O Próprio Deus, o Único IX’ em “A Palavra manifesta em carne”

397. Aqueles que dão testemunho a Deus devem ter conhecimento Dele; somente esse tipo de testemunho é preciso e real, e somente esse tipo de testemunho pode envergonhar Satanás. Deus utiliza aqueles que vieram a conhecê-Lo por submeter-se ao Seu julgamento, castigo, Seu tratamento e poda, para dar testemunho Dele. Ele usa aqueles que foram corrompidos por Satanás para dar testemunho Dele e também utiliza aqueles cujo caráter mudou e obtiveram, assim, Suas bênçãos para dar testemunho Dele. Ele não precisa do homem para louvá-Lo apenas com palavras, tampouco precisa do louvor e testemunho dos da laia de Satanás que não foram salvos por Ele. Somente aqueles que conhecem a Deus são qualificados para dar testemunho de Deus, e somente aqueles cujo caráter mudou são qualificados para dar testemunho a Deus, e Ele não permitirá que o homem envergonhe intencionalmente o Seu nome.

de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”

398. Por fim, que testemunho você será solicitado a dar? Você vive numa terra de imundície, mas é capaz de se tornar santo, e não ser mais imundo e impuro; você vive sob o império de Satanás, mas se afasta da influência dele e não é possuído nem assediado por Satanás, e vive nas mãos do Todo-Poderoso. Esse é o testemunho e a prova da vitória na batalha contra Satanás. Você é capaz de abandonar Satanás, o que você vive não revela Satanás, mas é o que Deus exigiu que o homem alcançasse quando Ele o criou: humanidade normal, racionalidade normal, percepção normal, determinação normal de amar a Deus, lealdade a Deus. Esse é o testemunho dado por uma criatura de Deus.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

399. Será que você é capaz de expressar o atual caráter de Deus em linguagem adequada e que tenha relevância para o presente? Por meio da sua experiência da obra de Deus, será que você é capaz de descrever o caráter de Deus em detalhes? De que maneira você é capaz de descrevê-la de forma adequada e apropriada? De modo que, assim, outras pessoas possam conhecer as suas experiências. Como você vai transmitir suas visões e experiências aos miseráveis, aos pobres e aos crentes religiosos devotos que têm fome e sede de justiça e estão a sua espera para que os pastoreie? Que tipos de pessoas estão esperando para que você os pastoreie? Será que você consegue imaginar? Será que você está ciente do peso que carrega sobre os ombros, da sua comissão e da sua responsabilidade? Onde está seu senso histórico de missão? Como você vai exercer o seu serviço de bom mestre para a próxima era? Será que você possui um ótimo sentido do papel de mestre? Como explicaria o mestre de todas as coisas? Será que é mesmo o mestre de todas as criaturas vivas e de toda a substância no mundo? Quais são os seus planos para o progresso do próximo passo do trabalho? Quantas pessoas estão a sua espera para que você seja seu pastor? Será que a sua tarefa é pesada? Elas são pobres, dignas de pena, cegas e perdidas, clamando na escuridão: “Qual é o caminho?”. Como elas anseiam para que a luz, como uma estrela cadente, de repente desça para dispersar a força da escuridão que oprime a humanidade há tantos anos! Quem pode saber o quão ansiosamente elas têm esperança, e como anseiam dia e noite por isso? Aqueles que sofrem profundamente permanecem presos nos calabouços da escuridão sem esperança de liberdade, mesmo nos dias em que a luz brilha... Quando vão deixar de chorar? Estes espíritos frágeis, que nunca tiveram descanso, de fato sofrem com este infortúnio. Há muito tempo foram isolados pelas cordas impiedosas e pela história que se congelou no lugar. Quem já escutou o som dos lamentos deles? Quem já viu seu rosto desgraçado? Você já pensou em como o coração de Deus está pesaroso e ansioso? Como Ele pode suportar ver a humanidade inocente que Ele criou com Suas próprias mãos assim tão atormentada? Afinal de contas, a humanidade são os desafortunados que foram envenenados. Apesar de terem sobrevivido até hoje, quem poderia pensar que há muito tempo foram envenenados pelo maligno? Você já se esqueceu de que é uma das vítimas? Em nome de seu amor a Deus, você não está disposto a se esforçar para salvar aqueles que sobreviveram? Será que você não está disposto a empenhar todo o seu esforço para retribuir ao Deus que ama a humanidade como Sua própria carne e osso? Como você interpreta ser usado por Deus para viver a sua vida extraordinária? Será que você realmente está decidido e confiante para viver sua vida de modo relevante, sendo uma pessoa piedosa a serviço de Deus?

de ‘Como desempenhar sua missão futura’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:(XIII) Palavras clássicas sobre como passar pelo julgamento e castigo, tratamento e poda, provações e refinamento

Próximo:XV) Palavras clássicas sobre livrar-se da influência de Satanás e ser ganho por Deus para alcançar a salvação verdadeira

Coisas que talvez lhe interessem