M. Sobre como se livrar da influência de Satanás e alcançar a salvação

488. A humanidade perdeu seu coração temente a Deus e também a função incumbente às criaturas de Deus após ter sido corrompida por Satanás, tornando-se assim um inimigo desobediente a Deus. Então a humanidade viveu sob o império de Satanás e seguiu suas ordens; assim, Deus não teve como operar entre Suas criaturas e se tornou ainda mais incapaz de ganhar sua reverência temerosa. Os humanos foram criados por Deus e deveriam adorá-Lo, mas, na realidade, eles deram as costas a Ele e, no lugar Dele, adoraram Satanás. Satanás se tornou o ídolo no coração deles. Assim, Deus perdeu Sua posição em seu coração, o que quer dizer que Ele perdeu o significado por trás de Sua criação da humanidade. Portanto, a fim de restaurar o significado por trás de Sua criação da humanidade, Ele deve restaurar sua imagem original e livrar a humanidade de seus caracteres corruptos. Para recuperar os humanos, de Satanás, Ele deve salvá-los do pecado. Somente dessa maneira Deus pode, aos poucos, restaurar sua semelhança e função original e, enfim, restaurar Seu reino. A destruição final daqueles filhos da desobediência também será levada a cabo a fim de permitir que os humanos adorem a Deus e vivam na terra de maneira melhor. Como Deus criou os humanos, Ele fará com que eles O adorem; Como Ele deseja restaurar a função original da humanidade, Ele a restaurará completamente e sem nenhuma adulteração. Restaurar Sua autoridade significa fazer os humanos adorarem e se submeterem a Ele; significa que Ele fará os humanos viverem por causa Dele e fará Seus inimigos perecerem como resultado de Sua autoridade. Isso significa que Ele fará com que tudo Dele persista entre os humanos sem resistência de ninguém. O reino que Deus deseja estabelecer é o Seu próprio reino. A humanidade que Ele deseja é uma humanidade que O adorará, que se submeterá completamente a Ele e manifeste a Sua glória. Se Deus não salvar a humanidade corrupta, então o significado por trás de Sua criação da humanidade nadasse perderá; Ele não terá mais autoridade entre os humanos, e Seu reino não será mais capaz de existir na terra. Se Deus não destruir aqueles inimigos que são desobedientes a Ele, Ele não será capaz de obter Sua glória completa, nem será capaz de estabelecer Seu reino na terra. Esses serão os marcos da conclusão de Sua obra e de Sua grande realização: destruir totalmente aqueles dentre a humanidade que são desobedientes a Ele e levar para o descanso aqueles que foram completados.

Extraído de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

489. A humanidade inicial estava nas mãos de Deus, mas, por causa da tentação e corrupção de Satanás, o homem foi capturado por Satanás e caiu nas mãos do maligno. Desse modo, Satanás tornou-se o objeto a ser derrotado na obra de gerenciamento de Deus. Como Satanás se apossou do homem, e porque o homem é o bem que Deus utiliza para realizar todas as coisas, o homem deve ser tomado de volta das mãos de Satanás a fim de ser salvo, o que equivale a dizer que ele deve ser tomado de volta depois de ter sido mantido cativo por Satanás. Assim, Satanás precisa ser derrotado por meio de mudanças no velho caráter do homem, mudanças que restauram seu senso original de razão. Dessa forma, o homem, que foi levado cativo, pode ser tomado de volta das mãos de Satanás. Se o homem for liberto da influência e servidão de Satanás, Satanás ficará envergonhado, o homem enfim será tomado de volta, e Satanás será derrotado. E, como o homem terá sido liberto da sombria influência de Satanás, ele se tornará o despojo de toda essa batalha, e Satanás se tornará o objeto a ser punido assim que a batalha for encerrada, após a qual a obra inteira de salvação da humanidade terá sido completada.

Extraído de ‘Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

490. Todos que vivem sob a influência das trevas são aqueles que vivem em meio à morte, são aqueles que estão possuídas por Satanás. Sem serem salvas por Deus e julgadas e castigadas por Deus, as pessoas são incapazes de escapar da influência da morte; não podem se tornar vivas. Esses “homens mortos” não podem dar testemunho de Deus nem podem ser usados por Deus e muito menos entrar no reino. Deus quer o testemunho dos vivos, não dos mortos, e Ele exige que os vivos, não os mortos, trabalhem para Ele. “Os mortos” são aqueles que se opõem a Deus e se rebelam contra Ele; são aqueles entorpecidos em espírito que não compreendem as palavras de Deus; são aqueles que não colocam a verdade em prática e não têm a menor lealdade a Deus e são aqueles que vivem sob o império de Satanás e são explorados por Satanás. Os mortos se manifestam colocando-se em oposição à verdade, rebelando-se contra Deus e sendo baixos, desprezíveis, maliciosos, embrutecidos, enganadores e insidiosos. Mesmo que tais pessoas comam e bebam as palavras de Deus, elas são incapazes de viver as palavras de Deus; embora estejam vivas, são apenas cadáveres que andam e respiram. Os mortos são totalmente incapazes de satisfazer a Deus, menos ainda de ser completamente obedientes a Ele. Só conseguem enganá-Lo, blasfemar contra Ele e traí-Lo, e tudo que eles geram pela maneira como vivem revela a natureza de Satanás. Se as pessoas desejam se tornar seres vivos, dar testemunho de Deus e ser aprovadas por Deus, então devem aceitar a salvação de Deus; devem se submeter de bom grado a Seu julgamento e castigo, aceitar de bom grado a poda e o tratamento por Deus. Só então elas serão capazes de colocar em prática todas as verdades exigidas por Deus, só então ganharão a salvação de Deus e realmente se tornarão seres vivos. Os vivos são salvos por Deus; foram julgados e castigados por Deus, estão dispostos a se devotar e ficam felizes em oferecer sua vida por Deus, e de bom grado dedicariam sua vida inteira a Deus. Apenas quando os vivos dão testemunho de Deus é que Satanás pode ser envergonhado; apenas os vivos podem espalhar a obra do evangelho de Deus, apenas os vivos são segundo o coração de Deus e apenas os vivos são pessoas reais. Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas, por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for recuperar Seu testemunho e recuperar aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos e deve reivindicá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são, sobretudo, os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa.

Extraído de ‘Você é alguém que veio para a vida?’ em “A Palavra manifesta em carne”

491. O que é a influência das trevas? Essa chamada “influência das trevas” é a influência do engano, da corrupção, das amarras e do controle de Satanás sobre as pessoas; a influência de Satanás é uma influência que tem uma aura de morte. Todos os que vivem sob o império de Satanás estão fadados a perecer.

Como você pode fugir da influência das trevas depois de ganhar fé em Deus? Uma vez que tenha orado a Deus com sinceridade, você volve seu coração a Ele completamente, ponto em que seu coração é movido pelo Espírito de Deus. Você se torna disposto a entregar-se completamente a Ele e, nesse momento, terá fugido da influência das trevas. Se tudo que o homem faz é o que agrada a Deus e está alinhado com Suas exigências, então ele é alguém que vive dentro das palavras de Deus e sob Seu cuidado e proteção. Se as pessoas não podem praticar as palavras de Deus, se estão sempre tentando enganá-Lo, agindo de maneira superficial para com Ele e não acreditando em Sua existência — então todas essas pessoas estão vivendo sob a influência das trevas. Homens que não receberam a salvação de Deus estão vivendo sob o império de Satanás; isto é, todos eles vivem sob a influência das trevas. Aqueles que não creem em Deus estão vivendo sob o império de Satanás. Mesmo aqueles que creem na existência de Deus podem não estar necessariamente vivendo em Sua luz, pois aqueles que Nele creem podem não estar de fato vivendo dentro de Suas palavras nem ser capazes de submeter-se a Deus. O homem está limitado a crer em Deus e, por não ter conhecimento de Deus, ele ainda está vivendo dentro das antigas regras, entre palavras mortas, com uma vida que é sombria e incerta, tampouco plenamente purificada por Deus nem completamente ganha por Ele. Portanto, é desnecessário dizer que aqueles que não creem em Deus estão vivendo sob a influência das trevas, mas até aqueles que creem mesmo em Deus ainda podem estar sob sua influência, pois eles carecem da obra do Espírito Santo. Aqueles que não receberam a graça ou a misericórdia de Deus e aqueles que não podem ver a obra do Espírito Santo estão todos vivendo sob a influência das trevas; e, na maior parte do tempo, são pessoas que simplesmente desfrutam da graça de Deus, mas não O conhecem. Se um homem crê em Deus, mas passa a maior parte da vida vivendo sob a influência das trevas, então a existência desse homem perdeu seu significado — e que necessidade há de mencionar pessoas que não creem que Deus existe?

Todos aqueles que não podem aceitar a obra de Deus, ou os que aceitam a obra de Deus, mas são incapazes de satisfazer Suas demandas, são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Somente aqueles que buscam a verdade e são capazes de satisfazer as demandas de Deus receberão bênçãos Dele e somente eles fugirão da influência das trevas. Aqueles que não foram libertados, que são sempre controlados por certas coisas e que são incapazes de entregar seu coração a Deus são pessoas sob o cativeiro de Satanás que vivem dentro de uma aura de morte. Aqueles que são infiéis a seus deveres, que são infiéis à comissão de Deus e que deixam de desempenhar suas funções na igreja são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Aqueles que deliberadamente perturbam a vida da igreja, que intencionalmente semeiam discórdia entre seus irmãos e irmãs ou que formam grupos exclusivos são pessoas que vivem mais profundamente ainda sob a influência das trevas, no cativeiro de Satanás. Aqueles que têm uma relação anormal com Deus, que sempre têm desejos extravagantes, que sempre querem ganhar uma vantagem e que nunca buscam transformação em seu caráter são pessoas que vivem sob a influência das trevas. Aqueles que são sempre desleixados e nunca sérios em sua prática da verdade e que não procuram satisfazer a vontade de Deus, buscando, em vez disso, apenas satisfazer a própria carne, também são pessoas que estão vivendo sob a influência das trevas, envoltos pela morte. Aqueles que se envolvem em desonestidade e engodo quando trabalham para Deus, que lidam com Deus de maneira superficial, que enganam a Deus e que sempre fazem planos por si mesmos são pessoas vivendo sob a influência das trevas. Todos aqueles que não podem amar a Deus com sinceridade, que não buscam a verdade e que não se concentram em transformar seu caráter são pessoas vivendo sob a influência das trevas.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

492. O homem vive em meio à carne, o que significa que ele vive em um inferno humano, e, sem o julgamento e castigo de Deus, o homem é tão imundo quanto Satanás. Como o homem poderia ser santo? Pedro acreditava que o castigo e o julgamento por Deus eram a melhor proteção e a maior graça do homem. Somente através do castigo e julgamento de Deus o homem poderia despertar e odiar a carne, odiar Satanás. A disciplina estrita de Deus liberta o homem da influência de Satanás, o livra do seu próprio mundinho e lhe permite viver na luz da presença de Deus. Não há melhor salvação do que castigo e julgamento! Pedro orou: “Ó Deus! Enquanto Tu me castigares e julgares, saberei que não me abandonaste. Mesmo que não me dês alegria ou paz e me faças viver em sofrimento e me inflijas incontáveis castigos, enquanto não me deixares, meu coração estará tranquilo. Hoje, Teu castigo e julgamento tornaram-se minha melhor proteção e minha maior bênção. A graça que me dás me protege. A graça que Tu me concedes hoje é a manifestação de Teu caráter justo, e é castigo e julgamento; além disso, é uma provação e, mais do que isso, é uma vida de sofrimento”. Pedro foi capaz de deixar de lado os prazeres da carne e buscar um amor mais profundo e uma proteção maior, porque tinha ganho tanto pelo castigo e julgamento de Deus. Se o homem desejar ser purificado em sua vida e obter mudanças em seu caráter, se desejar viver uma vida com sentido e cumprir seu dever como criatura, ele precisará aceitar o castigo e o julgamento de Deus e não poderá permitir que a disciplina de Deus e os golpes de Deus se afastem dele, para que ele possa se livrar da manipulação e influência de Satanás e viver na luz de Deus. Saiba que o castigo e o julgamento de Deus são a luz, a luz da salvação do homem, e que não há maior bênção, graça ou proteção para ele. O homem vive sob a influência de Satanás e existe na carne; se não for purificado e não receber a proteção de Deus, o homem ficará cada vez mais depravado. Se quiser amar a Deus, ele deve ser purificado e salvo. Pedro orou: “Deus, quando Tu me tratas com amabilidade fico encantado e sinto consolo; quando Tu me castigas, sinto consolo e alegria ainda maiores. Embora eu seja fraco e suporte sofrimento indescritível, embora haja lágrimas e tristeza, Tu sabes que essa tristeza se deve à minha desobediência e à minha fraqueza. Choro porque não consigo satisfazer Teus desejos, fico triste e arrependido por ser insuficiente para as Tuas exigências, mas estou disposto a alcançar esse reino, estou disposto a fazer tudo que puder para Te satisfazer. Teu castigo me trouxe proteção e me deu a melhor salvação; Teu julgamento eclipsa Tua tolerância e paciência. Sem Teu castigo e julgamento, eu não desfrutaria Tua misericórdia e amabilidade. Hoje, vejo ainda melhor que Teu amor transcendeu os céus e se elevou acima de todas as coias. Teu amor não é só misericórdia e amabilidade; é mais do que isso: é castigo e julgamento. Teu castigo e julgamento me proporcionaram tanto. Sem Teu castigo e julgamento, nenhuma pessoa sequer seria purificada e nenhuma pessoa sequer seria capaz de experimentar o amor do Criador. Embora eu tenha suportado centenas de provações e tribulações e até tenha chegado à beira da morte, elas permitiram que eu Te conhecesse de fato e ganhasse a salvação suprema. Se Teu castigo, Teu julgamento e Tua disciplina fossem afastados de mim, eu viveria em trevas, sob o império de Satanás. Que benefícios traz a carne humana? Se Teu castigo e julgamento me deixassem, seria como se Teu Espírito me tivesse abandonado, como se Tu não estivesses mais comigo. Se assim fosse, como eu poderia continuar vivendo? Se me deres enfermidade e tirares minha liberdade, posso continuar vivendo, mas se Teu castigo e julgamento me deixarem em algum momento, eu não terei como continuar vivendo. Se eu estivesse sem Teu castigo e julgamento, eu teria perdido Teu amor, um amor que é profundo demais para que eu o expresse com palavras. Sem Teu amor, eu viveria sob o império de Satanás e seria incapaz de ver Tua face gloriosa. Como eu poderia continuar vivendo? Eu não poderia suportar tal escuridão, tal vida. Ter-Te comigo é como ver-Te; então, como eu poderia deixar-Te? Eu Te imploro, eu Te suplico que não tires de mim meu maior consolo, mesmo que sejam apenas poucas palavras de reafirmação. Tenho desfrutado Teu amor e hoje não posso mais ficar afastado de Ti; como eu poderia não Te amar? Derramei muitas lágrimas de tristeza por causa do Teu amor, mas sempre senti que uma vida como esta tem mais sentido, é mais capaz de me enriquecer, mais capaz de me mudar e mais capaz de permitir que eu alcance a verdade que deveria ser possuída pelas criaturas”.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

493. A carne do homem é de Satanás, está cheia de caráter rebelde, é deploravelmente imunda e é algo impuro. As pessoas cobiçam demais o desfrutar da carne e há manifestações excessivas da carne; é por isso que Deus despreza a carne do homem até certo ponto. Quando as pessoas se livram das coisas satânicas imundas e corruptas, elas ganham a salvação de Deus. Mas se elas ainda não se despiram da imundície e da corrupção, então elas ainda estão vivendo sob o império de Satanás. A conivência, o engano e a desonestidade das pessoas são todas coisas de Satanás. A sua salvação por Deus é para libertar você dessas coisas de Satanás. A obra de Deus não pode estar errada; tudo é feito para salvar as pessoas das trevas. Quando você tiver crido até um certo ponto e conseguir se despir da corrupção da carne, e você não estiver mais algemado por essa corrupção, você não terá sido salvo? Quando você vive sob o império de Satanás você é incapaz de manifestar Deus, você é algo imundo e não pode receber a herança de Deus. Quando você tiver sido purificado e aperfeiçoado, você será santo, você será uma pessoa normal e você terá sido abençoado por Deus e será um prazer para Deus.

Extraído de ‘Prática (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

494. O homem vive sua vida inteira sob o império de Satanás, e não há uma pessoa sequer que possa se libertar da influência de Satanás por si mesma. Todos vivem em um mundo imundo, em corrupção e vazio, sem o menor sentido ou valor; vivem vidas despreocupadas para a carne, para a luxúria e para Satanás. Sua existência não possui o menor valor. O homem é incapaz de encontrar a verdade que o libertará da influência de Satanás. Embora o homem creia em Deus e leia a Bíblia, não sabe como se livrar do controle da influência de Satanás. No decurso das eras, pouquíssimas pessoas descobriram esse segredo, pouquíssimas o entenderam. Assim, mesmo que deteste Satanás e deteste a carne, o homem não sabe como se livrar da influência ardilosa de Satanás. Hoje, vocês não estão ainda sob o império de Satanás? Vocês não se arrependem de seus atos desobedientes e muito menos se sentem imundos e desobedientes. Mesmo depois de se oporem a Deus, vocês ainda têm paz de espírito e se sentem muito tranquilos. A sua tranquilidade não é porque você é corrupto? Essa paz de espírito não advém da sua desobediência? O homem vive em um inferno humano; ele vive sob a sombria influência de Satanás; por toda a terra, espíritos vivem juntos com o homem, usurpando sua carne. Na terra, você não vive em um belo paraíso. O lugar em que você está é o reino do diabo, um inferno humano, um submundo. Se não for purificado, o homem é da imundície; se não for protegido e cuidado por Deus, ele ainda é cativo de Satanás; se não for julgado e castigado, não terá meios de escapar da opressão da influência sombria de Satanás. O caráter corrupto que você demonstra e o comportamento desobediente que você vive são prova suficiente de que ainda está vivendo sob o império de Satanás. Se sua mente e seus pensamentos não foram purificados e seu caráter não foi julgado e castigado, todo o seu ser ainda é controlado pelo império de Satanás, sua mente é controlada por Satanás, seus pensamentos são manipulados por Satanás, e todo o seu ser é controlado pelas mãos de Satanás. Você sabe o quanto está distante, agora, dos padrões de Pedro? Você tem esse calibre? Quanto você sabe do castigo e do julgamento de hoje? Quanto você possui daquilo que Pedro veio a conhecer? Se, hoje, você é incapaz de saber, será capaz de alcançar esse conhecimento no futuro? Alguém tão preguiçoso e covarde como você simplesmente é incapaz de conhecer o castigo e o julgamento. Se você buscar a paz da carne e os prazeres da carne, não terá meios de ser purificado e, no fim, você será devolvido a Satanás, pois o que você vive é Satanás e é a carne. Do jeito que as coisas estão hoje, muitas pessoas não buscam a vida, o que significa que elas não se preocupam em ser purificadas nem em entrar numa experiência mais profunda de vida. Assim sendo, como poderiam ser aperfeiçoadas? Aqueles que não buscam a vida não têm oportunidade de ser aperfeiçoados, e aqueles que não buscam o conhecimento de Deus, que não buscam mudanças em seu caráter, são incapazes de escapar da influência sombria de Satanás.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

495. Todos aqueles que creem em Deus, mas não buscam a verdade, não têm como fugir da influência de Satanás. Todos aqueles que não vivem sua vida com honestidade, que se comportam de uma maneira na frente dos outros e de outra maneira por trás, que têm a aparência de humildade, paciência e amor embora sua essência seja insidiosa, astuta e sem lealdade a Deus — tais pessoas são representantes típicos daqueles que vivem sob a influência das trevas; elas são da laia da serpente. Aqueles que sempre só creem em Deus para o benefício próprio, que são hipócritas e soberbos, que se exibem e que protegem o próprio status são pessoas que amam Satanás e se opõem à verdade. Essas pessoas resistem a Deus e pertencem inteiramente a Satanás. Aqueles que não estão atentos aos fardos de Deus, que não servem a Deus de todo o coração, que estão sempre preocupados com os interesses próprios e os interesses de sua família, que são incapazes de abandonar tudo para se despenderem por Deus e que nunca vivem por Suas palavras são pessoas fora de Suas palavras. Tais pessoas não podem receber o elogio de Deus.

Quando Deus criou os homens, era para que pudessem desfrutar de Sua abundância e amá-Lo genuinamente; dessa forma, os homens viveriam em Sua luz. Hoje, quanto a todos aqueles que não podem amar a Deus, não estão atentos aos Seus fardos, são incapazes de entregar seu coração plenamente a Ele, não são capazes de tomar Seu coração como se fosse deles e não podem carregar os fardos de Deus como se fossem deles — a luz de Deus não brilha sobre nenhum de tais homens e eles, portanto, estão todos vivendo sob a influência das trevas. Eles estão em uma senda que é diametralmente oposta à vontade de Deus e não há um pingo de verdade em qualquer coisa que fazem. Eles estão chafurdando na lama com Satanás; são pessoas que vivem sob a influência das trevas. Se você pode comer e beber as palavras de Deus com frequência e estar atento à Sua vontade e pôr Suas palavras em prática, então você pertence a Deus e é uma pessoa que vive dentro de Suas palavras. Você está disposto a fugir do império de Satanás e viver na luz de Deus? Se viver dentro das palavras de Deus, então o Espírito Santo terá a oportunidade de realizar Sua obra; se viver sob a influência de Satanás, então o Espírito Santo não terá tal oportunidade. A obra que o Espírito Santo realiza nos homens, a luz que Ele brilha sobre eles e a confiança que Ele lhes confere dura apenas um momento; se as pessoas não forem cuidadosas e não prestarem atenção, então a obra do Espírito Santo passará por elas. Se os homens viverem dentro das palavras de Deus, então o Espírito Santo estará com eles e realizará a obra neles. Se os homens não vivem dentro das palavras de Deus, então eles vivem nas amarras de Satanás. Se os homens vivem com um caráter corrupto, então não têm a presença nem a obra do Espírito Santo. Se você vive dentro dos limites das palavras de Deus e se vive no estado que Deus exige, então você é alguém que pertence a Ele, e Sua obra será realizada em você; se você não estiver vivendo dentro dos limites das exigências de Deus, mas, em vez disso, estiver vivendo sob o império de Satanás, então decididamente está vivendo dentro da corrupção de Satanás. Só vivendo dentro das palavras de Deus e entregando seu coração a Ele você pode satisfazer Suas exigências; você precisa fazer como Deus diz, tornando Suas declarações o fundamento de sua existência e a realidade de sua vida; só então você pertencerá a Deus. Se você praticar realmente de acordo com a vontade de Deus, Ele realizará a obra em você, e você viverá então sob Suas bênçãos, na luz de Seu semblante; compreenderá a obra que o Espírito Santo realiza e sentirá a alegria da presença de Deus.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

496. Para fugir da influência das trevas, você precisa primeiro ser leal a Deus e ansiar de coração por buscar a verdade; só então você pode ter um estado correto. Viver em um estado correto é o pré-requisito para fugir da influência das trevas. Não ter um estado correto é não ser leal a Deus e não estar ansioso de coração por buscar a verdade; e fugir da influência das trevas está fora de questão. Minhas palavras são a base da fuga do homem das influências tenebrosas e as pessoas que não podem praticar de acordo com as Minhas palavras não serão capazes de fugir das amarras da influência das trevas. Viver em um estado correto é viver sob a orientação das palavras de Deus, viver em um estado de lealdade a Deus, viver em um estado de buscar a verdade, viver na realidade de despender-se sinceramente pela causa de Deus e viver em um estado de amar a Deus genuinamente. Aqueles que vivem nesses estados e dentro dessa realidade se transformarão lentamente conforme entrarem na profundidade da verdade e se transformarão conforme a obra prossegue mais fundo; e, no fim, certamente se tornarão pessoas que são ganhas por Deus e que amam a Deus genuinamente. Aqueles que fugiram da influência das trevas podem gradualmente certificar-se da vontade de Deus e gradualmente passar a entendê-la, tornando-se, no fim, confidentes de Deus. Eles não só não abrigam noções sobre Deus e não se rebelam contra Ele, mas também detestam ainda mais aquelas noções e rebeliões que se apossaram deles antes, e o amor genuíno por Deus surge em seu coração. Pessoas que são incapazes de fugir da influência das trevas estão todas completamente ocupadas com a carne e repletas de rebelião; o coração delas está cheio de noções humanas e filosofias para viver, bem como de intenções e deliberações próprias. O que Deus exige é o amor singular do homem; o que Ele exige é que o homem seja ocupado por Suas palavras e por um coração repleto de amor por Ele. Viver dentro das palavras de Deus, buscar dentro de Suas palavras aquilo que deveriam buscar, amar a Deus por Suas palavras, correr por Suas palavras, viver por Suas palavras — essas são as metas que o homem deveria se esforçar para alcançar. Tudo precisa ser construído sobre as palavras de Deus; só então o homem será capaz de satisfazer as exigências de Deus. Se o homem não está equipado com as palavras de Deus, então não passa de uma larva possuída por Satanás! Pondere isto: quanto da palavra de Deus se enraizou dentro de você? Em quais coisas você está vivendo de acordo com Suas palavras? Em quais coisas não tem vivido de acordo com elas? Se as palavras de Deus não se apoderaram completamente de você, então o que exatamente ocupa o seu coração? Em sua vida cotidiana, você está sendo controlado por Satanás ou está sendo ocupado pelas palavras de Deus? Suas palavras são o fundamento sobre o qual suas orações são baseadas? Você saiu do seu estado negativo através do esclarecimento das palavras de Deus? Tomar as palavras de Deus como o fundamento da sua existência — é nisso que todos deveriam entrar. Se Suas palavras não estão presentes na sua vida, então você está vivendo sob a influência das trevas, você está se rebelando contra Deus, está resistindo a Ele e está desonrando Seu nome. A crença de tais pessoas em Deus é pura travessura e perturbação. Quanto da sua vida foi vivida de acordo com Suas palavras? Quanto da sua vida não foi vivida de acordo com Suas palavras? Quanto do que a palavra de Deus exigiu de você foi cumprido em você? Quanto foi perdido em você? Você observou tais coisas atentamente?

Fugir da influência das trevas exige tanto a obra do Espírito Santo quanto a cooperação dedicada do homem. Por que Eu digo que o homem não está trilha certa? Pessoas que estão na trilha certa podem primeiro entregar seu coração a Deus. Essa é uma tarefa que leva um tempo muito longo para se entrar, pois a humanidade sempre viveu sob a influência das trevas e esteve sob o cativeiro de Satanás por milhares de anos. Portanto, essa entrada não pode ser alcançada em um mero dia ou dois. Eu levantei essa questão hoje para que os homens possam ganhar uma compreensão do próprio estado; uma vez que o homem possa discernir o que a influência das trevas é e o que significa viver na luz, então a entrada se torna muito mais fácil. É por isso que você precisa saber o que a influência de Satanás é antes de poder fugir dela; só depois disso você terá como se livrar dela. Quanto ao que fazer daí em diante, esse é um assunto próprio dos humanos. Entre em tudo de um aspecto positivo e nunca espere passivamente. Só dessa maneira você pode ser ganho por Deus.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

497. Tudo o que Deus faz é necessário, e possui um significado extraordinário, pois tudo o que Ele faz no homem diz respeito ao Seu gerenciamento e a salvação da humanidade. Naturalmente, a obra que Deus fez em Jó não é diferente, apesar de Jó ser perfeito e reto aos olhos de Deus. Em outras palavras, independentemente do que Deus faz ou dos meios pelos quais Ele o faz, independentemente do custo, independentemente do Seu objetivo, o propósito de Suas ações não muda. Seu propósito é operar as palavras de Deus no homem, como também os requisitos e a vontade de Deus para o homem; em outras palavras, é operar no homem tudo o que Deus acredita ser positivo de acordo com Seus passos, capacitando o homem a entender o coração de Deus e compreender a substância de Deus, permitindo ao homem obedecer à soberania e aos arranjos de Deus, permitindo assim que o homem alcance o temor de Deus e evite o mal — tudo isso é um aspecto do propósito de Deus em tudo que Ele faz. O outro aspecto é que, porque Satanás é o contraste e objeto de serviço na obra de Deus, o homem é frequentemente entregue a Satanás; esse é o meio que Deus usa para permitir que as pessoas vejam nas tentações e nos ataques de Satanás a maldade, a fealdade e o desprezo de Satanás, fazendo com que as pessoas odeiem Satanás e sejam capazes de conhecer e reconhecer o que é negativo. Esse processo permite que elas gradualmente se libertem do controle de Satanás e das acusações, interferência e ataques — até que, graças às palavras de Deus, seu conhecimento e obediência a Deus, e sua fé em Deus e temor Dele triunfem sobre os ataques e as acusações de Satanás; somente então elas serão completamente libertas do império de Satanás. A libertação das pessoas significa que Satanás foi derrotado, significa que elas não são mais o alimento na boca de Satanás — em vez de engoli-las, Satanás renunciou a elas. Isso ocorre porque tais pessoas são retas, porque elas têm fé, obediência e temor a Deus, e porque elas rompem completamente com Satanás. Elas envergonham a Satanás, fazem de Satanás um covarde e derrotam completamente a Satanás. A convicção delas em seguir a Deus e obediência e temor a Deus derrotam Satanás e fazem com que Satanás desista completamente delas. Somente pessoas como essas foram verdadeiramente ganhas por Deus, e esse é o objetivo final de Deus ao salvar o homem. Se desejam ser salvos, e desejam ser completamente ganhos por Deus, então todos aqueles que seguem a Deus devem enfrentar tentações e ataques tanto grandes como pequenos da parte de Satanás. Aqueles que emergem dessas tentações e ataques são capazes de derrotar completamente Satanás são aqueles que foram salvos por Deus. Isso significa que aqueles que foram salvos para Deus são aqueles que passaram pelas provações de Deus e que foram tentados e atacados por Satanás por um número incontável de vezes. Aqueles que foram salvos para Deus entendem a vontade e os requisitos de Deus, e são capazes de concordar com a soberania e os arranjos de Deus, e não abandonam o caminho de temer a Deus e evitar o mal em meio às tentações de Satanás. Aqueles que são salvos para Deus possuem honestidade, são bondosos, diferenciam entre amor e ódio, têm senso de justiça e são racionais, e são capazes de se preocupar com Deus e valorizar tudo o que é de Deus. Tais pessoas não são amarradas, espiadas, acusadas ou abusadas por Satanás; elas estão completamente livres, elas foram completamente liberadas e libertadas. Jó era tal homem de liberdade, e esse é exatamente o significado de por que Deus o entregou a Satanás.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

498. A fé, a obediência e o testemunho de Jó para vencer Satanás têm sido uma fonte de grande ajuda e encorajamento para as pessoas. Em Jó, elas veem a esperança de sua própria salvação e veem que, pela fé, obediência e temor a Deus, é inteiramente possível derrotar Satanás e prevalecer sobre Satanás. Elas veem que, desde que concordem com a soberania e arranjos de Deus e desde que e possuam a determinação e fé de não abandonar a Deus depois de terem perdido tudo, então elas podem envergonhar e derrotar Satanás, e veem que precisam somente possuir a determinação e perseverança para permanecer firmes em seu testemunho — mesmo que isso signifique perder a vida — para que Satanás seja intimidado e bata rapidamente em retirada. O testemunho de Jó é uma advertência às gerações posteriores, e essa advertência diz-lhes que, se não derrotarem a Satanás, nunca poderão livrar-se das acusações e da interferência de Satanás, nem poderão escapar do abuso e dos ataques de Satanás. O testemunho de Jó esclareceu as gerações posteriores. Esse esclarecimento ensina às pessoas que, somente se elas forem perfeitas e corretas, serão capazes de temer a Deus e se desviar do mal; ensina-lhes que, somente se eles temerem a Deus e se desviarem do mal, elas poderão dar testemunho forte e retumbante de Deus; somente se derem um testemunho forte e retumbante de Deus, nunca poderão ser controlados por Satanás e viver sob a orientação e proteção de Deus — somente então terão sido verdadeiramente salvas. A personalidade de Jó e a busca de sua vida devem ser imitadas por todos que buscam a salvação. Aquilo que ele viveu durante toda sua vida e sua conduta durante suas provações é um tesouro precioso para todos aqueles que buscam o caminho de temer a Deus e evitar o mal.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

499. Quando as pessoas ainda precisam ser salvas, suas vidas são frequentemente perturbadas e até mesmo controladas por Satanás. Em outras palavras, pessoas que não foram salvas são prisioneiras de Satanás, elas não têm liberdade, elas não foram renunciadas por Satanás, elas não estão qualificadas ou têm o direito de adorar a Deus, e elas são perseguidas de perto e violentamente atacadas por Satanás. Essas pessoas não têm felicidade de que falar, não têm direito a uma existência normal de que falar e, além disso, não têm dignidade de que falar. Somente se você se levantar e lutar contra Satanás, usando sua fé em Deus e obediência e temor a Deus como armas para lutar uma batalha de vida ou morte com Satanás, de modo que você derrote completamente a Satanás e o faça se retirar e virar um covarde sempre que o vir, de modo que ele abandone completamente seus ataques e acusações contra você — somente então você será salvo e liberto. Se você está determinado a romper totalmente com Satanás, mas não está equipado com as armas que o ajudarão a derrotar Satanás, então você ainda estará em perigo; conforme o tempo passa, quando você tiver sido tão torturado por Satanás que não haja uma gota de força em você, no entanto, você ainda não for capaz de dar testemunho, ainda não se libertou completamente das acusações e ataques de Satanás contra você, então você terá pouca esperança de salvação. No final, quando a conclusão da obra de Deus for proclamada, você ainda estará nas garras de Satanás, incapaz de se libertar, e assim você nunca terá uma chance ou esperança. A implicação, então, é que tais pessoas estarão completamente no cativeiro de Satanás.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

500. Durante a obra da provisão permanente e apoio ao homem de Deus, Ele conta a totalidade de Sua vontade e exigências para o homem, e mostra Seus feitos, caráter e o que Ele tem e é para o homem. O objetivo é equipar o homem com estatura e permitir que o homem ganhe várias verdades de Deus enquanto O segue — verdades que são as armas dadas ao homem por Deus para combater Satanás. Equipado dessa forma, o homem deve encarar as provas de Deus. Deus tem muitos meios e caminhos para provar o homem, mas cada um deles requer a “cooperação” do inimigo de Deus: Satanás. Isto é, tendo dado ao homem as armas com as quais batalhar contra Satanás, Deus entrega o homem a Satanás e permite que Satanás “teste” a estatura do homem. Se o homem conseguir escapar das formações de batalha de Satanás, se ele puder escapar do cerco de Satanás e ainda viver, então o homem terá passado no teste. Mas se o homem não conseguir sair das formações de batalha de Satanás e se submeter a Satanás, então ele não terá passado no teste. Qualquer que seja o aspecto do homem que Deus examina, os critérios para Seu exame são se o homem permanece firme ou não em seu testemunho quando atacado por Satanás, e se ele abandonou a Deus e se rendeu e se submeteu a Satanás enquanto estava enlaçado por Satanás. Pode-se dizer que se o homem pode ou não ser salvo depende de se ele pode vencer e derrotar Satanás, e se ele pode ou não ganhar a liberdade depende de se ele é capaz de erguer, sozinho, as armas que lhe são dadas por Deus para vencer o cativeiro de Satanás, fazendo Satanás abandonar completamente a esperança e deixá-lo em paz. Se Satanás abandona a esperança e renuncia a alguém, isso significa que Satanás nunca mais tentará tirar essa pessoa de Deus, nunca mais acusará e interferirá nessa pessoa, nunca mais torturá-la ou atacá-la sem motivo; somente alguém assim terá verdadeiramente sido ganho por Deus. Esse é todo o processo pelo qual Deus ganha pessoas.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

501. Hoje, você pode buscar ser aperfeiçoado ou buscar mudanças em sua humanidade externa e melhorias em seu calibre, mas da maior importância é que você possa entender que tudo que Deus faz hoje tem significado e é benéfico: permite que você, que nasceu numa terra de imundície, escape da imundície e a sacuda, permite que você vença a influência de Satanás e deixe para trás a sombria influência de Satanás. Ao concentrar-se nessas coisas, você está protegido nesta terra de imundícies. Por fim, que testemunho você será solicitado a dar? Você nasceu numa terra de imundície, mas é capaz de se tornar santo, nunca mais ser maculado por imundície, viver sob o império de Satanás, mas desvestir-se da influência de Satanás, não ser possuído nem assediado por Satanás e viver nas mãos do Todo-Poderoso. Esse é o testemunho e a prova da vitória na batalha contra Satanás. Você é capaz de abandonar Satanás, você não revela mais caracteres satânicos no que vive, mas, em vez disso, vive o que Deus exigiu que o homem alcançasse quando Ele o criou: humanidade normal, racionalidade normal, percepção normal, determinação normal de amar a Deus, lealdade a Deus. Esse é o testemunho dado por uma criatura de Deus. Você diz: “Nascemos numa terra de imundície, mas por causa da proteção de Deus, por causa de Sua liderança e porque Ele nos conquistou, nós nos livramos da influência de Satanás. Que hoje possamos obedecer é, também, o efeito de ser conquistado por Deus, e não é por sermos bons ou porque naturalmente amamos a Deus. É porque Deus nos escolheu e predestinou, que hoje fomos conquistados e somos capazes de dar testemunho Dele e servi-Lo; assim, também, é porque Ele nos escolheu e nos protegeu que fomos salvos e libertados do império de Satanás e podemos deixar a imundície para trás e ser purificados na nação do grande dragão vermelho”.

Extraído de ‘A verdade interna da obra de conquista (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

502. Hoje, você não crê nas palavras que digo e não presta atenção nelas; quando chegar o dia de difundir essa obra e você perceber a totalidade dela, você se lamentará e, naquele tempo, você ficará perplexo. Há bênçãos, mas você não sabe como desfrutá-las, e há a verdade, mas você não a busca. Acaso você não está trazendo desprezo sobre si mesmo? Hoje, embora o próximo passo da obra de Deus ainda esteja por começar, nada há de excepcional no que se refere às demandas feitas a você e ao que se espera que você viva. Há tanta obra e tantas verdades; elas não são dignas de serem conhecidas por você? O castigo e o julgamento de Deus são incapazes de despertar seu espírito? O castigo e o julgamento de Deus são incapazes de fazer com que você se odeie? Você se contenta com viver sob a influência de Satanás, em paz e alegria e com um pouco de conforto carnal? Será que você não é a mais baixa de todas as pessoas? Ninguém é mais tolo do que aquelas que contemplaram a salvação, mas não buscam ganhá-la; são pessoas que se empanturram com a carne e se deliciam com Satanás. Você espera que sua fé em Deus não envolva quaisquer desafios ou tribulações nem a menor dificuldade. Você sempre busca coisas sem valor e não dá valor à vida; em vez disso, coloca seus pensamentos extravagantes acima da verdade. Você é tão inútil! Você vive como um porco — que diferença há entre você, porcos e cães? Os que não buscam a verdade e, em vez disso, amam a carne não são todos bestas? Os mortos sem espírito não são todos cadáveres ambulantes? Quantas palavras foram ditas no meio de vocês? Apenas uma pequena obra foi feita no meio de vocês? Quantas coisas Eu providenciei entre vocês? Então, por que você não as ganhou? Do que você pode se queixar? Não é o caso que você não ganhou nada porque está amando demais a carne? E não será porque seus pensamentos são exorbitantes? Não será porque você é estúpido demais? Se você é incapaz de ganhar essas bênçãos, você pode culpar Deus por não salvá-lo?

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

503. Deus faz uma obra em uma escala tão grandiosa e salva completamente esse grupo de pessoas, de modo que você possa escapar da influência de Satanás, viver na terra santa, viver na luz de Deus, e ter a liderança e a orientação da luz. Então há sentido para a sua vida. O que vocês comem e vestem é diferente do que os descrentes comem e vestem; vocês aproveitam as palavras de Deus e levam uma vida de significado — e o que eles aproveitam? Eles aproveitam apenas sua “herança ancestral” e seu “espírito nacional”. Eles não têm o menor vestígio de humanidade! As roupas, palavras e ações de vocês são todas diferentes das deles. No final, vocês vão escapar completamente da imundice, deixando de estar enredados na tentação de Satanás, e ganharão a provisão diária de Deus. Vocês sempre devem ser cautelosos. Apesar de vocês viverem em um lugar imundo, não estão manchados com a imundice e podem viver ao lado de Deus, recebendo Sua grande proteção. Deus escolheu vocês dentre todos nesta terra amarela. Vocês não são as pessoas mais abençoadas? Você é um ser criado — você deveria, é claro, adorar Deus e buscar uma vida com significado. Se você não adorar a Deus, mas viver dentro de sua carne imunda, então você não é só um animal com vestes humanas? Já que você é um ser humano, você deveria se despender por Deus e aguentar todo o sofrimento! Você deveria aceitar o pequeno sofrimento a que é submetido hoje com alegria e certeza e viver uma vida significativa, como Jó e Pedro. Neste mundo, o homem veste a roupa do diabo, come a comida do diabo e trabalha e serve debaixo do polegar do diabo, ficando completamente pisoteado em sua imundice. Se você não compreender o significado da vida ou obtiver o verdadeiro caminho, então que significado há em viver assim? Vocês são pessoas que buscam o caminho correto, aquelas que buscam melhoria. Vocês são as pessoas que se levantam na nação do grande dragão vermelho, aqueles a quem Deus chama de justos. Não é essa a vida mais significativa?

Extraído de ‘Prática (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: L. Sobre como servir a Deus e dar testemunho Dele

Próximo: N. Sobre como buscar mudança de caráter e aperfeiçoamento por Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro