Palavras diárias de Deus | "A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado" | Trecho 83

Ninguém está mais adequado e qualificado do que Deus na carne para a obra de julgar a corrupção da carne humana. Se o julgamento fosse realizado diretamente pelo Espírito de Deus, então não seria todo abrangente. Além do mais, tal obra seria difícil para o homem aceitar, pois o Espírito é incapaz de vir face a face com o homem e por causa disso, os resultados não seriam imediatos, muito menos seria o homem capaz de contemplar o caráter inofendível de Deus mais claramente. Satanás só pode ser plenamente derrotado se Deus na carne julgar a corrupção da humanidade. Sendo igual ao homem possuído de humanidade normal, o Deus na carne pode diretamente julgar a injustiça do homem; essa é a marca de Sua santidade inata e Sua extraordinariedade. Somente Deus é qualificado e está na posição para julgar o homem, pois Ele possui toda a verdade e justiça e, por isso, é capaz de julgar o homem. Aqueles que não possuem a verdade e justiça não servem para julgar os outros. Se essa obra fosse realizada pelo Espírito de Deus, então não seria uma vitória sobre Satanás. O Espírito é inerentemente mais exaltado do que os seres mortais, o Espírito de Deus é inerentemente santo e triunfante sobre a carne. Se o Espírito fizesse essa obra diretamente, Ele não seria capaz de julgar toda a desobediência do homem e não poderia revelar toda iniquidade da humanidade. Pois a obra do julgamento é também realizada através dos conceitos do homem sobre Deus e o homem nunca teve conceito algum sobre o Espírito, assim sendo o Espírito é incapaz de melhor revelar a iniquidade do homem, muito menos de mostrar completamente sua iniquidade. O Deus encarnado é o inimigo de todos aqueles que não O conhecem. Ao julgar os conceitos e oposições do homem contra Deus, Ele revela toda a desobediência da humanidade. Os resultados de Sua obra na carne são mais aparentes do que aqueles da obra do Espírito. E assim, o julgamento de toda humanidade não é realizado diretamente pelo Espírito, mas é a obra do Deus encarnado. Deus na carne pode ser visto e tocado pelo homem e Deus na carne pode completamente conquistar o homem. Em sua relação com Deus na carne, o homem progride da oposição para a obediência, da perseguição para a aceitação, da concepção para o conhecimento e da rejeição para o amor. Esses são os resultados da obra do Deus encarnado. O homem só é salvo por meio da aceitação do Seu julgamento, somente vindo a conhecê-Lo, gradualmente, por meio das palavras de Sua boca, é conquistado por Ele durante sua oposição a Deus e recebe Dele o suprimento da vida durante a aceitação de Seu castigo. Toda essa obra é a obra de Deus na carne e não a obra de Deus em Sua identidade como Espírito. A obra realizada pelo Deus encarnado é a maior e a mais profunda das obras e a parte crucial dos três estágios da obra de Deus são os dois estágios da obra de encarnação. A profunda corrupção do homem é um grande obstáculo da obra do Deus encarnado. De maneira particular, a obra realizada nas pessoas dos últimos dias é tremendamente difícil, o ambiente é hostil e o calibre de cada tipo de pessoa é muito pobre. Entretanto, ao final desta obra ela ainda alcançará o resultado próprio, sem quaisquer falhas; esse é o resultado da obra na carne e ele é mais persuasivo do que a obra do Espírito. Os três estágios da obra de Deus serão concluídos por Deus na carne e devem ser concluídos pelo Deus encarnado. A obra mais importante e crucial é realizada por Deus na carne e a salvação do homem deve ser pessoalmente realizada pelo Deus na carne. Embora toda a humanidade sinta que Deus na carne não esteja relacionado com o homem, de fato essa carne refere-se ao destino e existência de toda a humanidade.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

O Deus encarnado realiza a obra mais importante de salvação do homem

I

A obra do Deus encarnado é a maior das obras de Deus. A obra do Deus encarnado, a mais profunda delas. Dos três estágios da obra de Deus, os mais cruciais são dois, os dois estágios da obra, da obra do Deus encarnado. A parte mais crucial da obra de Deus é pela carne. A salvação dos homens por Deus deve ser pela carne. Para o homem, Deus na carne longe está, mas essa carne está ligada ao destino e à vida da humanidade, já que Ele faz a obra mais crucial.

II

A corrupção humana bloqueia a obra do Deus encarnado. O ambiente é ruim, o calibre do homem, baixo. A obra dos últimos dias, é ainda mais díficil. Mas o fim apropriado será atingido no final dessa obra. A parte mais crucial da obra de Deus é pela carne. A salvação dos homens por Deus deve ser pela carne. Para o homem, Deus na carne longe está, mas essa carne está ligada ao destino e à vida da humanidade, já que Ele faz a obra mais crucial.

III

A obra de Deus o melhor resultado terá. Sem falha nenhuma, a obra de Deus se dará. Este é o efeito da obra, da obra na carne, mais persuasiva que a obra do Espírito. Os três estágios da obra serão concluidos, concluídos por Deus na carne. Os três estágios da obra devem ser concluídos pelo Deus encarnado. A parte mais crucial da obra de Deus é pela carne. A salvação dos homens por Deus deve ser pela carne. Para o homem, Deus na carne longe está, mas essa carne está ligada ao destino e à vida da humanidade, já que Ele faz a obra mais crucial.

de “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado