Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Como me voltei para Deus Todo-Poderoso

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Quem é o obstáculo no caminho para o reino celestial

Por Meng’ai, Malásia

No ano em que meu marido morreu, entrei em desespero profundo, e como se isso não bastasse, tinha o fardo adicional de criar meus filhos. Eu fora repentinamente assolada por adversidades, mas tive o amor do Senhor comigo o tempo todo e, com a ajuda de meus irmãos e irmãs, consegui superar essa fase difícil. Para retribuir o amor do Senhor, continuei fazendo doações e servindo à igreja, o que tenho feito há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo experimentei a prosperidade da igreja e vi a gloriosa ocasião da propagação do evangelho do Senhor Jesus. Também testemunhei desolação e desamparo na igreja. Lembrei-me da época em que o Espírito Santo começou a realizar a grande obra na igreja, quando desfrutávamos de prazer e ganhávamos muito ao ouvir a pregação do pastor. Havia amor mútuo entre os irmãos e irmãs, como se fôssemos todos uma só família, e todos se uniam para divulgar o evangelho e dar testemunho do Senhor. Mais tarde, sem saber o que havia acontecido, não houve mais luz na pregação do pastor. Era como se tudo fosse apenas a mesma velha história repetida várias vezes, e os crentes simplesmente não conseguiam obter nada que os nutrisse. Sua fé e amor foram aos poucos definhando, e cada vez menos pessoas frequentavam as reuniões. Aqueles entre nós que prestavam serviço também agiam sem se envolver. Todos nós operávamos de acordo com os desejos das pessoas no ministério e de forma alguma a serviço de Deus, mas, ao invés disso, apenas nos esforçávamos diante de outras pessoas e tentávamos conquistar sua admiração. Eu sabia que esse tipo de serviço não estava de acordo com a vontade de Deus e, portanto, isso era muito doloroso para mim. Além disso, eu me sentia impotente, sem ideia de como percorrer a senda à minha frente. Mais que nunca desejava que o Senhor retornasse o quanto antes a fim de que todos esses problemas fossem resolvidos.

Precisamente quando eu estava sem rumo, em 2016 investiguei a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e li bastante da palavra de Deus. Escutei a comunhão dos irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso e o testemunho que davam e finalmente entendi que o Senhor Jesus já havia retornado na carne. Aprendi que Ele já havia expressado a palavra e realizado a obra de julgamento dos últimos dias, começando na casa de Deus, a fim de totalmente purificar e salvar a humanidade e trazê-la para o reino celestial. A palavra de Deus Todo-Poderoso esclareceu para mim o mistério do retorno do Senhor, sobre o qual eu havia refletido por tantos anos. Compreendi que o retorno do Senhor estava dividido em duas formas: o advento oculto e a vinda manifesta. O Senhor primeiramente se tornou carne como o Filho do homem no advento oculto para expressar Sua palavra, julgar e purificar o homem e formar um grupo de vencedores antes dos desastres. Quando os grandes desastres sobrevierem, Ele recompensará os bons, punirá os maus e virá abertamente, manifestando-Se a todos os países e povos. Nesse momento, a obra de Deus encarnado no advento oculto já terá terminado, e todos os que resistirem à obra de Deus nos últimos dias e a condenarem sofrerão os desastres chorando e rangendo os dentes. Os irmãos e irmãs também comungaram comigo a verdade sobre as três etapas da obra de Deus de salvação da humanidade, a importância de Sua encarnação e como Ele realizará a obra de julgamento nos últimos dias. Foi então que eu entendi por que anteriormente, ao servir a igreja, não tivéramos a orientação de Deus e por que não havia uma senda para seguirmos nas leituras das escrituras, orações e estudos. Entendi, então, porque não havíamos sentido a presença do Espírito Santo. Deus já havia realizado a nova obra e concluído a Era da Graça, instituindo a Era do Reino. O Espírito Santo não estava mais operando nas igrejas da Era da Graça, de modo que os espíritos das pessoas haviam definhado e se tornado sombrios, desprovidos de toda alegria ou contentamento, e elas não conseguiam obter nenhum sustento em sua vida espiritual. Graças à orientação e condução de Deus, fui capaz de reconhecer Sua voz na palavra de Deus Todo-Poderoso. Aceitei alegremente a obra de Deus nos últimos dias. Depois disso, os irmãos e irmãs passaram a compartilhar frequentemente comigo pela internet a palavra de Deus Todo-Poderoso. Ver os filmes, vídeos de danças corais e vídeos musicais produzidos pela Igreja de Deus Todo-Poderoso me deu grande sustento, e agradeci a Deus de coração por me conduzir perante Seu trono. Eu gostei de ser pastoreada e nutrida pela palavra de Deus e entrei numa vida feliz de viver face a face com Deus.

Um dia, a esposa de um dos pastores na igreja me enviou inesperadamente uma mensagem dizendo: “Por que você curtiu um post do Relâmpago do Oriente? Você também permitiu que fosse postado em sua linha do tempo, e isso contraria a vontade do Senhor. Se os paroquianos virem o post sobre o Relâmpago do Oriente e se interessarem pelas palavras de Deus Todo-Poderoso, irão todos investigar o Relâmpago do Oriente. O que devemos fazer? Você não pode entrar em contato com as pessoas da Relâmpago do Oriente novamente. Você deve apagar suas informações de contato imediatamente…” Eu respondi: “Os filmes, hinos e vídeos musicais evangélicos da Igreja de Deus Todo-Poderoso são todos muito bons, e eu tirei bastante proveito deles. Eu deveria ter o direito de curti-los na internet!” Eu queria enviar mais mensagens para a esposa do pastor, mas antes mesmo de eu terminar outra mensagem, ela disse muitas coisas agressivas, acusando a Deus Todo-Poderoso e difamando a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Percebi que ela não tinha coração algum para investigar essa grande questão do retorno do Senhor, mas apenas fez os julgamentos e acusações que julgou apropriados. Eu não queria falar sobre mais nada com ela, então simplesmente mudei de assunto.

Alguns dias depois desse incidente, o pastor Yang me procurou para conversar. Depois de algumas amenidades iniciais, ele me perguntou: “Você já procurou outros grupos religiosos na internet?” Eu não sabia por que o pastor Yang estava me perguntando isso e disse: “Meus amigos no Facebook pertencem a várias denominações diferentes, e eu acho que os artigos que eles postam são corretos e bons, pois assim eu posso tentar compreendê-los e ver se há alguma nova luz neles. Você está dizendo que é errado fazer isso?” O pastor Yang me interpelou novamente: “Você se converteu ao Relâmpago do Oriente há dois anos? Por que você quer investigar o Relâmpago do Oriente? Além disso, você andou procurando frequentemente por fulana (uma irmã que aceitara a obra de Deus nos últimos dias, cujas fotos foram postadas e que fora acusada e abandonada pelo pastor de sua igreja original)?” Ao ouvir a enxurrada de perguntas do pastor Yang, eu comecei a ficar irritada e disse: “A Igreja de Deus Todo-Poderoso é boa, e dentro dela há a verdade e a obra do Espírito Santo. Eu seguirei aonde quer que haja a verdade e a obra do Espírito Santo, e isso é algo que devo fazer. Não há luz nova em nossa igreja, e meu espírito está obscurecido e não consegue encontrar nenhum sustento lá. Eu quero encontrar uma igreja que tenha a obra do Espírito Santo, onde eu possa ser nutrida com a verdade. Os ensinamentos do Relâmpago do Oriente me atraem, e as palavras de Deus Todo-Poderoso são toda a verdade. Elas me permitem obter sustento. Não cometi nenhum erro ao investigar o Relâmpago do Oriente e tenho liberdade para isso.” O pastor Yang disse: “O que as pessoas do Relâmpago do Oriente pregam vai além da Bíblia, e não há outra palavra de Deus que não a Bíblia. Se o que eles pregam diverge da Bíblia, então é errado”. Eu disse: “Certa vez eu ouvi um pregador dizer a mesma coisa e antigamente eu concordava com essa visão. Mas depois de ler a palavra de Deus Todo-Poderoso e ouvir a comunhão dos irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso, eu vim a saber que essas são apenas nossas próprias noções e imaginação. Não estão de maneira alguma de acordo com a verdade e não condizem com a realidade. Deus abrange tudo e é rico em sabedoria. Como podemos delimitar Sua palavra e nos restringirmos apenas à Bíblia? A Bíblia diz: ‘E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem’ (João 21:25). Podemos ver aqui que a abrangência das palavras e da obra de Deus registradas na Bíblia é muito limitada. Nem tudo o que o Senhor Jesus disse na época foi registrado na Bíblia, muito menos as palavras ditas pelo Senhor retornado. Além disso, a obra de Deus Todo-Poderoso está construída sobre a fundação lançada pelo Senhor Jesus. A obra de Deus Todo-Poderoso e a do Senhor Jesus são a obra de um só Deus…” O pastor Yang não escutou uma só palavra do que eu disse e não tinha interesse algum em buscar e investigar. Apenas continuou dizendo palavras de resistência e acusação a Deus Todo-Poderoso e à Igreja de Deus Todo-Poderoso e me perguntou: “Como você soube do site da Igreja de Deus Todo-Poderoso? Você tem os livros deles? Você pregou a obra de Deus Todo-Poderoso a alguma outra pessoa? Você a pregou a seus filhos? Dê-me os nomes das pessoas na Igreja de Deus Todo-Poderoso…” Ele exigiu que eu nunca mais frequentasse uma reunião com pessoas da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Se eu não o obedecesse e continuasse em contato com a Igreja de Deus Todo-Poderoso, ele me expulsaria da igreja. Ele nunca mais permitiria que eu frequentasse igreja alguma e mancharia completamente minha reputação. Fiquei surpresa com o pastor Yang que vi na minha frente. Como é que o pastor Yang, que era sempre tão afável e humilde, que sempre dizia palavras tão gentis, havia se transformado em uma pessoa tão bárbara e irrazoável? Eu disse ao pastor Yang: “É meu direito investigar a verdade, e ninguém tem o direito de interferir com isso. Quanto à questão de se os ensinamentos do Relâmpago do Oriente são ou não o verdadeiro caminho, antes de tudo você não deveria fazer julgamentos e acusações infundadas. Você pode investigar por si mesmo no site da Igreja de Deus Todo-Poderoso, onde há bastante conteúdo. Há todos os tipos de livros sobre a palavra de Deus. Veja por si mesmo se a palavra de Deus Todo-Poderoso é a voz do Senhor Jesus retornado…” O pastor Yang não quis de maneira alguma ouvir o que eu estava dizendo, mas simplesmente continuou resistindo e acusando. Ele me ameaçou, dizendo que eu deveria deixar a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Quanto mais ele falava, mais o pastor Yang passava dos limites. Fiquei extremamente irritada e disse a ele: “O Senhor Jesus disse: ‘Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados’ (Mateus 7:1-2). Se você nunca investigou as palavras e a obra de Deus Todo-Poderoso, como pode simplesmente julgar e acusar indiscriminadamente? Quando você age assim, é de um modo que reverencia a Deus?” O pastor Yang viu que eu não estava dando ouvidos a ele e que eu o havia refutado e não disse mais nada.

Nos dias seguintes, o pastor Yang passou a me vigiar. Isso me deixou preocupada, e também perdi minha liberdade de fé. Na igreja, apenas um corredor separava a sala do pastor Yang da minha. Ele ficava passando pela minha sala para ver o que eu estava fazendo e às vezes dizia que ia ao banheiro e depois me observava do corredor. Um dia, duas irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso vieram à minha sala para conversar. Quando as irmãs saíram, o pastor Yang procurou minha assistente. Minha assistente me disse depois que o pastor Yang havia perguntado quem eram aquelas duas pessoas e por que tinham vindo... O pastor Yang me observou o dia inteiro como se estivesse vigiando um criminoso. Eu me senti muito oprimida com isso, com o coração totalmente apertado. Um dia, não fui à igreja e participei de uma reunião pela internet com alguns irmãos e irmãs. Nesse exato momento, quando eu estava assiduamente tomando nota da reunião em minha sala de estar, o pastor Yang surgiu de repente atrás de mim dizendo (a porta estava entreaberta e quem chegava podia entrar na sala): “O que você está fazendo? O que você está escrevendo?” Eu me levantei assustada ao ouvir subitamente aquela voz atrás de mim. Fiquei perturbada por ter sido incomodada por ele daquela maneira e, por mais que tentasse, não conseguia me tranquilizar novamente. Eu estava profundamente ressentida com ele e pensei: “Investigar o verdadeiro caminho na crença em Deus é correto e apropriado e é um direito que um cristão deveria ter.” O Espírito Santo não estava mais operando em nossa igreja, e os paroquianos estavam todos negativos, fracos e com o espírito definhando. Estavam vivendo em um ambiente mergulhado nas trevas, e eu estava buscando uma igreja na qual o Espírito Santo estivesse operando. De que maneira era errado procurar por vestígios de Deus? Por que ele queria ficar de olho em mim? Por que ele não me deixava em paz?

Não só o pastor me monitorava e perturbava, como até mesmo um presbítero me ligou para me intimidar. Ele me disse: “O que as pessoas da Igreja de Deus Todo-Poderoso pregam vai além da Bíblia. Se você crê no Senhor, não pode trair a Ele, que lhe deu tanta bondade. Você não pode perder a consciência...” Eu retruquei: “Deus Todo-Poderoso e o Senhor Jesus são o mesmo Deus, e eu certamente não traí o Senhor Jesus ao crer em Deus Todo-Poderoso. Estou apenas seguindo as pegadas do Cordeiro...” No entanto, por mais que eu tentasse explicar, o presbítero era exatamente igual ao pastor. Além de fazer acusações, proferir blasfêmias e tentar me impedir de aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, ele não ouviu uma palavra do que eu comunguei ou aconselhei. Eu não queria mais falar com ele, então inventei uma desculpa para desligar o telefone. Mas o presbítero não me deixou em paz. Ele continuou ligando para me intimidar e disse que, devido à minha crença em Deus Todo-Poderoso, eu havia esquecido a graça do Senhor e O traído. Eu me lembrei do que foi dito em Apocalipse: “Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá” (Apocalipse 14:4). Sobre a fundação da obra redentora do Senhor Jesus, Deus Todo-Poderoso está realizando outra etapa da obra de julgar e purificar as pessoas através de palavras, e minha aceitação da obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias mostrava claramente que eu estava seguindo as pegadas do Cordeiro. Como alguém poderia dizer que eu estava traindo o Senhor Jesus? Inicialmente, quando o Senhor Jesus veio para operar, as pessoas que antes acreditavam em Deus Jeová surgiram da lei para aceitar o evangelho do reino dos céus pregado pelo Senhor Jesus. Elas seguiram o Senhor Jesus, mas haviam esquecido a salvação de Deus Jeová? Foi uma traição a Jeová? Isso não é um equívoco? Depois desse episódio, o pastor mais uma vez me enviou algumas mensagens pela internet blasfemando, resistindo e acusando a Deus Todo-Poderoso. Ao ler essas palavras hediondas, fiquei novamente enojada e furiosa. Somente Satanás é capaz de proferir tais blasfêmias, e como é que eles, na condição de líderes na igreja, não tinham medo de Deus e se atreviam a dizer toda sorte de blasfêmias? Isso me lembrou as palavras do Senhor Jesus: “Mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro” (Mateus 12:32). Blasfemar contra Deus é um pecado grave e terrível! Fiquei bastante apreensiva por eles, mas não importava o que eu dissesse, eles apenas tapavam os ouvidos e se recusavam a escutar o que quer que fosse. Seguiram fazendo acusações, resistindo e blasfemando. Eu simplesmente não conseguia entender: o presbítero e o pastor tinham conhecimento da Bíblia e haviam estudado teologia, e as palavras de Deus Todo-Poderoso foram proferidas com tanta clareza, então por que eles não buscavam nem investigavam Suas palavras? Por que insistiam resolutamente em condenar e resistir a Deus Todo-Poderoso?

Com essa pergunta em mente, procurei os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso. A irmã Lin comungou comigo, dizendo: “Quanto ao motivo de o presbítero e o pastor não buscarem nem investigaram a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, mas, em vez disso, freneticamente acusarem e resistirem a Ele, Deus Todo-Poderoso já esclareceu a essência e origem desse problema. Deus Todo-Poderoso diz: ‘Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias. E como nunca havia visto o Messias e nunca havia estado na companhia do Messias, cometera o erro de pagar tributo vazio ao nome do Messias enquanto se opunha à substância do Messias a qualquer custo. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em substância e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus é: não importa quão profunda seja a sua pregação, não importa quão elevada seja sua autoridade, você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essas opiniões não são absurdas e ridículas?’ (‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘Olhe para os líderes de cada denominação. São todos arrogantes e praticantes de justiça própria; eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com sua própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certa erudição e conseguem falar um pouco de doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios por meio dos quais atraíram pessoas para si e as enganaram. Essas pessoas acreditam em Deus só de nome – mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrassem aqueles que pregam do verdadeiro caminho, alguns iriam dizer: “Temos que consultar nosso líder sobre nossa crença em Deus”. Eles precisam da aprovação de alguém para acreditar em Deus; será que isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram em fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?’ (‘Somente a busca da verdade é a verdadeira crença em Deus’ em “Registros das falas de Cristo”). Quando o Senhor Jesus veio inicialmente realizar Sua obra, Ele foi assolado pelas acusações e resistência frenética dos líderes judeus – os sumos sacerdotes, escribas e fariseus. No final, eles acabaram por crucificar o Senhor Jesus. Os antepassados dos fariseus acreditavam em Deus e eram peritos na lei. Então, por que teriam resistido e acusado o Senhor Jesus e O pregado na cruz? Podemos ver pela palavra de Deus que isso foi causado por sua natureza satânica de pessoas obstinadas e arrogantes que não se submetiam à verdade. O Senhor Jesus expressou tantas verdades, e eles não as buscaram nem investigaram, mas sim aderiram aos seus próprios pontos de vista. Sua crença em Deus dependia somente de suas próprias noções e imaginações, e eles interpretavam a Bíblia tirando versículos do contexto. Isso fez com que eles ficassem cegos e não obtivessem a iluminação de Deus. Eles não conheciam a obra do Espírito Santo nem compreendiam a verdade, nem podiam compreender a voz de Deus. Isso fez com que as palavras da Bíblia se tornassem de fato realidade: ‘Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis. Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardamente, e fecharam os olhos’ (Mateus 13:14-15). Os pastores e presbíteros em círculos religiosos nos últimos dias são iguais aos fariseus daquela época, pois o que consideram mais importante é o conhecimento da Bíblia e o estudo teológico teórico. Eles confiam em seu próprio pensamento e imaginações para interpretar a palavra do Senhor e delimitar a maneira pela qual o Senhor retornará. Eles se apegam teimosamente às suas próprias noções e imaginação e não buscam a verdade de maneira alguma. Não só não investigam a obra de Deus nos últimos dias, como também resistem a Ele e O acusam cegamente, expondo sua natureza satânica de teimosia, arrogância e hostilidade à verdade. Estudam teologia, equipando-se com o conhecimento da Bíblia, mas isso não significa que tenham amor algum pela verdade nem que sejam capazes de aceitá-la e obedecer a ela. Explicam conhecimento bíblico e teoria teológica com o único objetivo de aumentar sua própria fama e reputação. Fazem isso para salvaguardar seu próprio status e fazer com que os crentes os admirem reverentemente, os adorem e os sigam. Percebem que as palavras que Deus Todo-Poderoso expressa são a verdade, que elas são capazes de conquistar e salvar as pessoas e que muitas pessoas que têm amor pela verdade e anseiam pela manifestação de Deus leram a palavra de Deus Todo-Poderoso e se voltaram para Ele. Acreditam que o trabalho de Deus Todo-Poderoso é uma ameaça ao seu status e sustento e assim eles reagem freneticamente e fazem o máximo possível para acusar e resistir a Deus Todo-Poderoso. Empregam todos os meios necessários para obstruir e impedir que os crentes se voltem para Deus Todo-Poderoso em uma tentativa de dominar o povo escolhido de Deus por toda eternidade. Essa é a raiz do motivo pelo qual os presbíteros e pregadores não buscam nem investigam a obra de Deus Todo-Poderoso e pelo qual freneticamente resistem e acusam a Deus Todo-Poderoso. É evidente pelos atos malignos dos pregadores e presbíteros que resistem a Deus que eles são os fariseus do nosso tempo e que são o obstáculo que impede que os crentes aceitem a verdade e sejam elevados ao reino celestial. Eles são os anticristos, que resistem a Deus e fazem Dele seu inimigo, e foram revelados por Sua obra nos últimos dias”.

Depois de ouvir a palavra de Deus Todo-Poderoso e a comunhão das irmãs, eu as comparei com o que o pastor e presbítero haviam dito e feito. Eu vi que a palavra de Deus Todo-Poderoso foi proferida de uma maneira muito prática e que mesmo que o pastor e o presbítero possam ler e interpretar a Bíblia repetidamente, isso não significa que sejam pessoas que têm conhecimento de Deus. Eles confiam em talento natural e conhecimento de seu trabalho para se elevarem a fim de que os outros os adorem e os sigam. Superficialmente parecem estar servindo a Deus, mas na verdade o que estão servindo são suas próprias noções e imaginação, seu próprio status e sustento. A repetida intimidação e obstrução do pastor e do presbítero me permitiram enxergar quem eles verdadeiramente são. São anticristos que creem em Deus, mas não buscam a verdade, e que servem a Deus, mas resistem a Ele. Embora até hoje o pastor e o presbítero ainda não tenham desistido de me intimidar, já enxerguei claramente sua verdadeira natureza anticrística de hostilidade pela verdade e resistência a Deus. Não serei mais intimidada nem controlada por eles e estou totalmente convicta de que a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias é verdadeira. Eu desejo seguir Deus Todo-Poderoso até o fim e nunca mudar! Amém!

Anterior:As palavras de Deus me guiaram através das tentações de Satanás

Próximo:Abrindo a porta do meu coração e acolhendo o retorno do Senhor

Conteúdo Relacionado