A verdade interna da obra de conquista (4)

O que significa ser aperfeiçoado? O que significa ser conquistado? Que critérios precisam ser atendidos para que as pessoas sejam conquistadas? E que critérios precisam ser atendidos para que sejam aperfeiçoadas? Conquistar e aperfeiçoar servem ambos ao propósito de completar o homem para que ele possa ser restaurado à sua semelhança original e estar liberto de seu caráter satânico corrupto e da influência de Satanás. Essa conquista acontece no início do processo de operar o homem; aliás, é o primeiro passo da obra. Aperfeiçoar é o segundo passo e é a obra de conclusão. Todo ser humano precisa se submeter ao processo de ser conquistado. Se não, eles não teriam como conhecer Deus, nem estariam conscientes de que existe um Deus, o que significa dizer que para eles seria impossível reconhecer Deus. E, se uma pessoa não reconhece Deus, também é impossível para ela ser completada por Deus, já que não atende os critérios para essa completação. Se você nem reconhece Deus, então como pode conhecê-Lo? Como pode buscá-Lo? Você não será capaz de dar testemunho Dele, nem, e muito menos, terá a fé para satisfazê-Lo. Assim, para qualquer um que queira ser completado, o primeiro passo precisa ser submeter-se à obra de conquista. Essa é a primeira condição. Mas tanto a conquista quanto a perfeição são para operar as pessoas e mudá-las, e cada qual faz parte da obra de gerenciar o homem. Ambos os passos são exigidos para tornar alguém inteiro e nenhum pode ser negligenciado. É verdade que “ser conquistado” não soa muito bem, mas, na verdade, o processo de conquistar alguém é o processo de mudá-lo. Uma vez que você tenha sido conquistado, seu caráter corrupto pode não ter sido completamente erradicado, mas você o terá conhecido. Através da obra de conquista, você terá passado a conhecer a sua baixa humanidade, bem como grande parte da sua desobediência. Ainda que seja incapaz de descartar ou mudar essas coisas no curto período da obra de conquista, você passará a conhecê-las, e isso estabelecerá o fundamento para a sua perfeição. Sendo assim, tanto a conquista quanto o aperfeiçoamento são feitos a fim de mudar as pessoas, para livrá-las de seus caracteres satânicos corruptos de modo que elas possam se entregar inteiramente a Deus. Ser conquistado é apenas o primeiro passo na mudança do caráter das pessoas, bem como o primeiro passo para as pessoas se entregarem inteiramente a Deus, e está abaixo do passo de ser aperfeiçoado. O caráter de vida de uma pessoa conquistada muda muito menos que o de uma pessoa aperfeiçoada. Ser conquistado e ser aperfeiçoado são conceitualmente diferentes um do outro porque são fases diferentes da obra e porque colocam as pessoas em padrões diferentes; a conquista coloca as pessoas em padrões mais baixos, enquanto a perfeição as coloca em padrões mais altos. Os aperfeiçoados são pessoas justas, são pessoas tornadas santas e puras; elas são cristalizações da obra de gerenciar a humanidade, ou produtos finais. Apesar de não serem humanos perfeitos, são pessoas que buscam viver uma vida significativa. Os conquistados, entretanto, apenas reconhecem a existência de Deus na palavra; reconhecem que Deus foi encarnado, que a Palavra apareceu na carne e que Deus veio à terra para fazer a obra de julgamento e castigo. Também reconhecem que o julgamento e castigo de Deus, Seu golpear e refinamento, são todos benéficos para o homem. Só recentemente eles têm começado a ter um tanto da semelhança humana. Têm certas percepções na vida, mas ela ainda permanece nebulosa para eles. Em outras palavras, estão apenas começando a possuir humanidade. Tais são os efeitos de ser conquistado. Quando as pessoas põem o pé na senda para a perfeição, isso torna possível seu antigo caráter mudar. Além do mais, a vida delas continua a crescer, e, aos poucos, elas entram mais profundamente na verdade. Elas são capazes de detestar o mundo e todos aqueles que não buscam a verdade. Elas detestam sobretudo a si mesmas, mas, mais que isso, claramente conhecem a si mesmas. Estão dispostas a viver de acordo com a verdade e têm o objetivo de buscar a verdade. Não estão dispostas a viver dentro dos pensamentos gerados pelo próprio cérebro e sentem aversão à hipocrisia, arrogância e presunção do homem. Falam com um forte senso de propriedade, manuseiam as coisas com discernimento e sabedoria e são leais e obedientes a Deus. Se experimentarem um caso de castigo e julgamento, elas não só não se tornam passivas ou fracas, mas ficam gratas por esse castigo e julgamento de Deus. Acreditam que não podem passar sem o castigo e julgamento de Deus, que isso as protege. Elas não buscam uma fé de paz e alegria e de procurar pão para satisfazer a fome. Tampouco buscam os prazeres carnais transitórios. É isso que ocorre nos que são aperfeiçoados. Depois que são conquistadas, as pessoas reconhecem que existe um Deus, mas há limites para o que é manifestado nelas quando reconhecem a existência de Deus. O que significa realmente a Palavra aparecer na carne? O que significa encarnação? O que Deus encarnado fez? Qual é o objetivo e o significado da Sua obra? Depois de experimentar tanto da Sua obra, depois de experimentar Seus feitos na carne, o que você ganhou? Só depois de compreender todas essas coisas você será conquistado. Se você apenas disser que reconhece que existe um Deus, mas não renunciar ao que conviria renunciar, e não conseguir desistir dos prazeres carnais que deveria desistir, mas, em vez disso, continuar a cobiçar os confortos carnais como sempre cobiça, e se você é incapaz de se livrar de quaisquer preconceitos contra os irmãos e irmãs, e não pagar preço algum em realizar muitas práticas simples, então isso prova que você ainda tem de ser conquistado. Nesse caso, mesmo se houver grande parte que você compreenda, isso tudo não servirá para nada. As conquistadas são pessoas que alcançaram algumas mudanças iniciais e a entrada inicial. Experimentar o julgamento e castigo de Deus dá às pessoas um conhecimento inicial de Deus e uma compreensão inicial da verdade. Você pode ser incapaz de entrar plenamente na realidade das verdades mais profundas e mais detalhadas, mas na sua vida real você é capaz de pôr em prática muitas verdades rudimentares, tais como as que envolvem seus prazeres carnais ou seu status pessoal. Tudo isso é o efeito alcançado nas pessoas durante o processo de ser conquistadas. Mudanças no caráter também podem ser vistas nas conquistadas; por exemplo, o modo como se vestem e se apresentam e o modo como vivem — isso tudo pode mudar. Sua perspectiva na crença em Deus muda, elas têm clareza dos objetivos de sua busca e têm aspirações mais elevadas. Durante a obra de conquista, mudanças correspondentes também ocorrem em seu caráter de vida. Há mudanças, mas são rasas, preliminares e bem inferiores às mudanças de caráter e aos objetivos de busca das que foram aperfeiçoadas. Se, no decurso de ser conquistada, o caráter de uma pessoa não muda de maneira nenhuma, e ela não ganha verdade alguma, então essa pessoa é lixo e completamente inútil! As pessoas que não foram conquistadas não podem ser aperfeiçoadas! Se uma pessoa só busca ser conquistada, então ela não pode ser totalmente completada, mesmo se seu caráter exibir certas mudanças correspondentes durante a obra de conquista. Ela também perderá as verdades iniciais que ganhou. Existe uma diferença vasta entre a quantidade de mudança no caráter dos que são conquistados e dos que são aperfeiçoados. Mas ser conquistado é o primeiro passo na mudança; é o fundamento. A falta dessa mudança inicial é prova de que a pessoa realmente não conhece Deus de maneira alguma, já que esse conhecimento vem do julgamento, e tal julgamento é a parte mais importante da obra de conquista. Sendo assim, todos que são aperfeiçoados precisam primeiro ser conquistados; se não, não há como serem aperfeiçoados.

Você diz que reconhece Deus encarnado e que reconhece a aparição da Palavra na carne, mas faz certas coisas pelas costas Dele, coisas que vão contra ao que Ele pede, e em seu coração não Lhe tem temor. Isso é reconhecer Deus? Você reconhece o que Ele diz, mas não pratica o que é capaz de praticar, nem obedece a Seu caminho. Isso é reconhecer Deus? E embora O reconheça, a sua mentalidade é apenas uma cautela para com Ele, nunca de reverência. Se você viu e reconheceu Sua obra e sabe que Ele é Deus, mas permanece tépido e totalmente inalterado, então você é o tipo de pessoa que ainda não foi conquistada. Aquelas que foram conquistadas precisam fazer tudo que podem, e embora não sejam capazes de entrar nas verdades mais elevadas, e essas verdades podem estar além delas, tais pessoas estão dispostas, em seu coração, a chegar a isso. Por existirem limites para o que conseguem aceitar é que existem amarras e limites para o que elas são capazes de praticar. Porém, no mínimo, elas precisam fazer tudo que podem, e, se você consegue alcançá-lo, esse é um efeito que foi alcançado por causa da obra de conquista. Suponha que você diga: “Considerando que Ele pode apresentar tantas palavras que o homem não pode, se Ele não é Deus, quem é?”. Pensar assim não significa que você reconhece Deus. Se reconhece Deus, você precisa demonstrá-lo através de suas ações reais. Se você lidera uma igreja, mas não pratica a justiça, se almeja dinheiro e riqueza e sempre embolsa os fundos da igreja para você mesmo, isso é reconhecer que existe um Deus? Deus é todo-poderoso e Ele é digno de reverência. Como você pode não ter medo se reconhece verdadeiramente que existe um Deus? Se é capaz de cometer tais atos desprezíveis, você O reconhece verdadeiramente? É em Deus que você crê? Aquilo em que crê é um Deus vago; é por isso que você não tem medo! Aqueles que verdadeiramente reconhecem e conhecem Deus, todos eles, O temem e têm medo de fazer qualquer coisa que se oponha a Ele ou que viole a sua consciência; temem especialmente fazer qualquer coisa que saibam ser contra a vontade de Deus. Apenas isso pode ser considerado reconhecer a existência de Deus. O que você deveria fazer quando os seus pais tentam fazê-lo parar de crer em Deus? Como deveria amar a Deus quando seu marido descrente é bom para você? E como deveria amar a Deus quando os irmãos e irmãs detestam você? Se você O reconhece, então, nessas questões, agirá de maneira apropriada e viverá a realidade. Se não conseguir tomar medidas concretas, mas apenas disser que reconhece a existência de Deus, então você não passa de um tagarela! Você diz que crê Nele e que O reconhece, mas de que maneira O reconhece? De que maneira você crê Nele? Você O teme? Você O reverencia? Você O ama no fundo do seu ser? Quando está aflito e não tem ninguém em quem se apoiar, você sente a amabilidade de Deus, mas em seguida esquece tudo. Isso não é amar a Deus e nem é crer em Deus! O que, no fim, Deus deseja que o homem alcance? Todos os estados que Eu mencionei, tais como sentir-se muito impressionado pela própria importância, sentir que é rápido para assimilar e entender coisas novas, controlar os outros, achar-se superior aos outros, julgar as pessoas por sua aparência, intimidar pessoas honestas, cobiçar o dinheiro da igreja e assim por diante — só quando todos esses caracteres corruptos tiverem sido, em parte, removidos de você, a sua conquista será manifestada.

A obra de conquista feita em vocês, pessoas, é da mais profunda importância: em um sentido, o propósito dessa obra é aperfeiçoar um grupo de pessoas, o que quer dizer aperfeiçoá-las para que elas possam se tornar um grupo de vencedores — como o primeiro grupo de pessoas completadas, significando as primícias. Em outro sentido, é permitir que os seres criados desfrutem do amor de Deus, recebam a plena e maior salvação de Deus, permitir que o homem desfrute não apenas da misericórdia e bondade amorosa, mas, mais importante, do castigo e julgamento. Desde a criação do mundo até agora, tudo que Deus tem feito na Sua obra é amor, sem nenhum ódio pelo homem. Até o castigo e julgamento que você viu também são amor, um amor mais verdadeiro e mais real, um amor que conduz as pessoas para a senda certa da vida humana. Em mais outro sentido, é dar testemunho perante Satanás. E, em outro ainda, é estabelecer o fundamento para espalhar a futura obra do evangelho. Toda a obra que Ele tem feito é com o propósito de conduzir as pessoas para a senda certa da vida humana, para que elas possam viver como pessoas normais, pois as pessoas não sabem viver, e, sem essa orientação, você só viverá uma vida vazia; sua vida será desprovida de valor e significado e no fim você será incapaz de ser uma pessoa normal. Esse é o significado mais profundo de conquistar o homem. Vocês todos são descendentes de Moabe; quando a obra de conquista é executada em vocês, é uma grande salvação. Todos vocês vivem em uma terra de pecado e licenciosidade e todos são licenciosos e pecadores. Hoje, vocês não só são capazes de olhar para Deus, mas, mais importante, receberam castigo e julgamento, receberam salvação verdadeiramente profunda, o que quer dizer que receberam o maior amor de Deus. Em tudo que faz, Deus é verdadeiramente amoroso para com vocês. Ele não tem má intenção. É por causa dos seus pecados que Ele os julga, de modo que vocês examinarão a si mesmos e receberão essa salvação tremenda. Tudo isso é feito com o propósito de completar o homem. Do início ao fim, Deus fez o melhor que pôde para salvar o homem e não tem o desejo de destruir completamente os homens que Ele criou com Suas mãos. Hoje, Ele veio entre vocês para operar, e tal salvação não é ainda maior? Se odiasse vocês, Ele ainda faria uma obra de tal magnitude a fim de guiá-los pessoalmente? Por que Ele sofreria assim? Deus não odeia vocês nem tem quaisquer más intenções para com vocês. Vocês deveriam saber que o amor de Deus é o amor mais verdadeiro. Só porque as pessoas são desobedientes é que Ele tem de salvá-las através do julgamento; se não por isso, salvá-las seria impossível. Por vocês não saberem como viver e não estarem nem conscientes de como viver, e por viverem nessa terra licenciosa e pecadora e serem vocês mesmos diabos licenciosos e imundos, Ele não pode suportar deixá-los se tornar ainda mais depravados, Ele não pode suportar vê-los vivendo nessa terra imunda como vivem agora, sendo pisoteados à vontade por Satanás, e Ele não pode suportar deixá-los cair no Hades. Ele só quer ganhar esse grupo de pessoas e salvá-las completamente. Esse é o propósito principal de fazer a obra de conquista em vocês — é só pela salvação. Se não consegue ver que tudo feito em você é amor e salvação, se acha que é só um método, uma maneira de atormentar o homem e é algo não confiável, então você poderia também voltar para o seu mundo para sofrer dor e dificuldade! Se você está disposto a estar nessa corrente e a desfrutar desse julgamento e dessa imensa salvação, a desfrutar de todas essas bênçãos, bênçãos que não podem ser encontradas em lugar nenhum do mundo humano, e a desfrutar desse amor, então seja bom: fique nessa corrente para aceitar a obra de conquista, para que possa ser aperfeiçoado. Hoje, você pode sofrer um pouco de dor e refinamento por causa do julgamento de Deus, mas há valor e significado em sofrer essa dor. Embora as pessoas sejam refinadas e impiedosamente expostas pelo castigo e julgamento de Deus — o objetivo é puni-las por seus pecados, punir sua carne —, nada dessa obra pretende condenar sua carne à destruição. Todas as revelações severas pela palavra têm o propósito de conduzi-lo para a senda certa. Vocês experimentaram pessoalmente tanto dessa obra e, claramente, ela não os levou a uma senda maligna! É tudo para fazê-lo viver uma humanidade normal e é tudo alcançável pela sua humanidade normal. Cada passo da obra de Deus é baseado nas suas necessidades, de acordo com as suas fraquezas e de acordo com a sua verdadeira estatura, e nenhum fardo insuportável é colocado sobre vocês. Isso não está claro para você hoje, e você acha que estou sendo severo com você, e de fato sempre acredita que a razão de Eu castigá-lo, julgá-lo e repreendê-lo todos os dias é porque Eu o odeio. Mas, embora o que você sofra seja castigo e julgamento, na verdade, isso é amor por você e é a maior proteção. Se você não consegue compreender o significado mais profundo dessa obra, será impossível para você continuar experimentando. Essa salvação deveria lhe trazer conforto. Não se recuse a recobrar a consciência. Tendo chegado tão longe, a importância da obra de conquista deveria ser clara para você e você não deveria mais defender opiniões sobre isso de uma maneira ou de outra!

Anterior: A verdade interna da obra de conquista (3)

Próximo: Prática (6)

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 44

Eu sou justo, Eu sou digno de confiança e Eu sou o Deus que examina o que há de mais profundo no coração do homem! Eu revelarei...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro