Pergunta 3: Profetizado na Bíblia: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). Depois que o Senhor Jesus ressuscitou, foi Seu corpo espiritual que subiu aos céus. Quando o Senhor voltar, deverá ser Seu corpo espiritual que descerá em uma nuvem. Mas vocês testemunham que Deus encarnou-se — o Filho do homem — de novo para realizar a obra do julgamento nos últimos dias. Isto, obviamente, é inconsistente com a Bíblia. Os pastores e presbíteros dizem que qualquer testemunho sobre a vinda do Senhor encarnado é falso. Por isso, eu penso ser impossível que o Senhor volte encarnado. Eu não posso aceitar seus testemunhos. Eu vou aguardar que o Senhor desça em uma nuvem e nos leve ao reino dos céus. Isto não está errado!

Resposta: Vocês dizem que é impossívelque o Senhor volte encarnado, está correto? Está escrito explicitamente na Bíblia que o Senhor vai voltar encarnado. Querem dizer que não encontraram isso? Há muitas profecias escritas na Bíblias sobre a volta do Senhor, dentre as quais se destacam as que tratam do retorno do Senhor encarnado. Por exemplo, quando o Senhor Jesus disse: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem” (Mateus 24:27). “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia. Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:24-25). O Senhor Jesus profetizou que Ele voltaria como o Filho do homem. O Filho do homem refere-se ao Deus encarnado, tal como o Senhor Jesus que parece uma pessoa comum, normal, externamente, que come, bebe, dorme e caminha como um homem comum. Mas o corpo espiritual do Senhor Jesus, depois que Ele ressuscitou era diferente, podendo atravessar paredes, aparecer e desaparecer. Era sobrenatural. Ele não podia ser chamado de o Filho do homem. Ao profetizar a volta do Filho do homem, o Senhor Jesus disse: “Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:25). Porém, de acordo com o que vocês dizem, o Senhor voltará com um corpo espiritual descendo em uma nuvem e aparecendo publicamente em grande glória, quando todas as pessoas deverão se prostrar e adorar. Quem ousaria resistir a Ele e condená-Lo? O Senhor Jesus disse: “Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:25). Como essas palavras serão cumpridas? Só quando Deus aparece encarnado para operar como o Filho do homem, e as pessoas não reconhecem que Ele é o Cristo encarnado, é que elas ousam condenar e rejeita-Lo de acordo com suas noções e imaginações. Não concordam que seria assim? O Senhor Jesus também profetizou: “Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai” (Mateus 24:36). “Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei” (Apocalipse 3:3). Se o Senhor descesse em uma nuvem em um corpo espiritual, todos saberiam e poderiam ver. Entretanto, o Senhor Jesus profetizou que, quando ele voltar, será “ninguém sabe” “nem o Filho” e “como um ladrão”. Como essas palavras podem ser cumpridas? Se o Senhor Jesus aparecesse em um corpo espiritual, como Ele não saberia sobre Si mesmo? Só quando Deus se tornar carne, como o Filho do homem nos últimos dias, como uma pessoa comum, normal, as palavas que o Filho não sabe serão cumpridas. O próprio Senhor Jesus, antes de realizar Seu ministério, não sabia sobre Sua identidade de Cristo, que veio para realizar a obra da redenção. Assim, o Senhor Jesus orava para Deus, o Pai. Só quando o Senhor Jesus começou a realizar Seu ministério, Ele percebeu Sua identidade. Vocês dizem que é mais prático aceitar isso desta forma? E agora, ainda ousam dizer que não há profecia na Bíblia de que o Senhor voltará encarnado? Esta foi a profecia feita pelo Senhor Jesus. O “Filho do homem” não se refere ao Deus encarnado? Algumas pessoas acham que, se o Senhor fosse voltar encarnado, Ele diria isso diretamente. Por que Ele disse a aparição do “Filho do homem”? Esta é a natureza das profecias. As profecias são implícitas. Se Ele dissesse que se manifestaria na carne, seria linguagem comum em vez de profecia. Quando as pessoas observadoras se aprofundam no significado de o “Filho do homem”, se dão conta de que o significado de “Filho do homem” é a encarnação. Só percebemos isso quando Deus Todo-Poderoso veio e revelou o mistério da encarnação. Acontece que a profecia da Biblia, “a vinda do Filho do homem”, na verdade significa encarnação. Já que agora temos certeza de que o Senhor voltará encarnado, como saberemos se Ele é a aparição de Deus na carne? Para isso, precisamos ser capazes de reconhecer a voz de Deus. Se for a aparição do Filho do homem encarnado, Ele expressará grande parte da verdade. E será capaz de explicar com clareza a origem e a finalidade da aparição e a obra de Deus, assim como realizar um estágio específico da obra, expressado a verdade. Deus Todo-Poderoso encarnado nos últimos dias expressou todas as verdades para a purificação e a salvação da humanidade, e fez a obra do julgamento, começando pela casa de Deus. A palavra expressa por Deus Todo-Poderoso é a palavra do Espírito Santo para as igrejas. Deus fala através da carne para bater na porta de todos aqueles que anseiam por Ele. Aqueles que percebem a palavra de Deus Todo-Poderoso como a verdade e a voz de Deus são as virgens prudentes, a quem Deus leva para participar do banquete de casamento do Cordeiro. Eles comem e bebem a palavra mais recente do Espírito Santo, todos os dias e vivenciam a obra de Deus nos últimos dias e verificam, acima de qualquer dúvida, que confirmam-se da aparição e obra de Deus nos últimos dias Eles começam a testemunhar para o mundo religioso que o Senhor Jesus voltou como Deus Todo-Poderoso encarnado e levam outras pessoas para ouvirem a voz de Deus, ou seja, a expressão de Deus Todo-Poderoso – A Palavra manifesta em carne. Este é o cumprimento da profecia do Senhor Jesus: “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” (Mateus 25:6). “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Apocalipse 3:20). Aqueles que não conseguem reconhecer a voz de Deus, condenam e julgam a obra de Deus nos últimos dias são as virgens imprudentes, que são expostas e eliminadas. Essas pessoas lamentarão rangendo os dentes durante a calamidade.

Sobre receber o Senhor, se ficarmos olhando para o céu esperando que Ele desça numa nuvem, sem ouvir a voz de Deus e as palavras do Espírito Santo para a igreja, ouvindo cegamente a palavra dos pastores e dos presbíteros, considerando os testemunhos da volta do Senhor encarnado como falsidade, não estaremos indo contra a Bíblia? O que diz a Bíblia? O apóstolo João declarou claramente: “Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador e o anticristo” (2 João 1:7). “E todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus; mas é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e agora já está no mundo” (1 João 4:3). A negação e a condenação da encarnação de Deus pelos pastores religiosos são consistentes com a Bíblia? Eles alegam que todos os testemunhos sobre a volta do Senhor encarnado são falsos. Essas não são palavras enganadoras? Se seguirmos as palavras do apóstolo João, os pastores religiosos e presbíteros que negam a encarnação não são anticristos? Se todos vocês ouvirem os pastores e presbíteros serão capazes de receber o Senhor? Poderão ver a aparição de Deus? Poderão ser levados perante Deus como as virgens prudentes?

Como a aparição e a obra de Deus poderão ser encontrados? Deus Todo-Poderoso diz: “Aquele que é Deus encarnado há de possuir a essência de Deus e Aquele que é Deus encarnado há de possuir a expressão de Deus. Uma vez que Se torna carne, Deus há de levar adiante a obra que intenciona fazer, e, já que Deus Se torna carne, Ele há de expressar o que Ele é e de ser capaz de trazer a verdade ao homem, de conceder-lhe vida e de lhe indicar o caminho. A carne que não contém a essência de Deus decididamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Se o homem pretende inquirir se é a carne de Deus em pessoa, então deve corroborar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele profere. O que quer dizer que, para corroborar se é ou não a carne de Deus em pessoa e se é ou não o verdadeiro caminho, é preciso discriminar com base em Sua essência. E assim, ao determinar se é a carne do Deus em pessoa, a chave está em Sua essência (Sua obra, Suas declarações, Seu caráter e muitos outros aspectos), em vez de na aparência exterior. Se o homem examina apenas a Sua aparência exterior e, como resultado, ignora a Sua essência, isso demonstra que o homem é inculto e ignorante” (‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Uma vez que estamos buscando as pegadas de Deus, cabe a nós buscar a vontade de Deus, as palavras de Deus, Suas declarações — pois onde quer que haja novas palavras ditas por Deus, a voz de Deus está ali, e onde quer que haja passos de Deus, os feitos de Deus estão ali. Onde quer que haja a expressão de Deus, ali Deus aparece, e onde quer que Deus apareça, ali existem o caminho, a verdade e a vida. Na busca pelas pegadas de Deus, vocês ignoraram as palavras de que ‘Deus é o caminho, a verdade e a vida’. Assim, mesmo quando recebem a verdade, muitas pessoas não acreditam que tenham encontrado as pegadas de Deus e muito menos reconhecem a aparição de Deus. Que grave erro! A aparição de Deus não pode ser acomodada às concepções do homem, e muito menos Deus irá aparecer por ordem do homem. Deus faz Suas escolhas próprias e tem Seus planos próprios quando realiza Sua obra; além disso, Ele tem Seus objetivos próprios e Seus métodos próprios. Qualquer que seja a obra que realiza, Ele não tem necessidade de discuti-la com o homem nem de buscar o seu conselho, muito menos de informar a toda e qualquer pessoa sobre Sua obra. Esse é o caráter de Deus, que deve, aliás, ser reconhecido por todos. Se vocês desejam testemunhar a aparição de Deus, se desejam seguir as pegadas de Deus, então devem antes se afastar de suas próprias noções. Você não deveria exigir que Deus faça isso ou aquilo e menos ainda deveria encerrá-Lo em seus limites próprios e restringi-Lo a suas próprias noções. Em vez disso, vocês deveriam se perguntar como devem buscar as pegadas de Deus, como devem aceitar a aparição de Deus e como devem se submeter à nova obra de Deus; isso é o que o homem deveria fazer. Como o homem não é a verdade e não possui a verdade, ele deve buscar, aceitar e obedecer” (‘A aparição de Deus inaugurou uma nova era’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Extraído do roteiro do filme O caminho para o reino dos céus é perigoso

Anterior: Pergunta 2: Há muito tempo temos ouvido que a Igreja de Deus Todo-Poderoso já testificou a volta do Senhor Jesus. E que Ele é Deus Todo-Poderoso! Ele revelou verdades e realizou seu julgamento dos últimos dias, mas a maioria dos religiosos acredita que o Senhor retornará descendo com as nuvens. Porque o Senhor Jesus disse claramente: “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória” (Mateus 24:30). O Livro do Apocalipse também profetizou: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele” (Apocalipse 1:7). Também afirmo que o Senhor descerá com as nuvens e para levar imediatamente os crentes para o reino dos céus. Só aceitamos um Senhor Jesus que desça com as nuvens. Vocês dizem que a volta do Senhor significa que Ele retornará na carne e descerá em segredo. Mas ninguém sabe nada a respeito disso. Entretanto, o Senhor visivelmente descer com as nuvens é algo certo! Por isso aguardamos o Senhor descer com as nuvens e aparecer abertamente para nos levar para o reino dos céus. Nosso entendimento está correto, ou não?

Próximo: Pergunta 1: Vocês testemunham que o Senhor Jesus voltou, que Ele se manifestou e operou na China. Eu acredito que seja verdade porque é o que o Senhor Jesus profetizou na Bíblia: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mateus 24:27). Mas achamos que o Senhor voltará nos últimos dias para nos levar para o reino dos céus ou ao menos deveria nos ascender às nuvens para nos encontrarmos com Ele no céu. Assim como Paulo disse na Bíblia: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Mas por que o Senhor não veio como descrito na Bíblia? O que tem a ver a obra do julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias com sermos levados para o reino dos céus?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo Whatsapp