Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta 9: Se aceitarmos Deus Todo-Poderoso, temos a garantia de entrar no reino dos céus?

Resposta: Deus Todo-Poderoso falou muito claramente sobre esse problema. Primeiro, vamos dar uma olhada no que Ele disse.

A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Vou permitir que todos aqueles que Me seguem conheçam este fato: aqueles que não podem aceitar Minhas palavras por inteiro, aqueles que não podem praticar Minhas palavras, aqueles que não podem encontrar um motivo em Minhas palavras e aqueles que não podem receber salvação por causa das Minhas palavras são aqueles que foram condenados por Minhas palavras e, além do mais, perderam Minha salvação e Minha vara nunca irá se afastar deles” (de ‘Vocês precisam considerar seus feitos’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Se você tem fé em Deus, mas não busca a verdade ou a vontade de Deus, nem ama o caminho que o leva para mais perto de Deus, digo que você é alguém que está tentando se esquivar do julgamento, um fantoche e um traidor que foge do grande trono branco. Deus não poupará nenhum rebelde que fuja de Sua vista. Tais homens irão receber punição ainda mais severa. Aqueles que comparecerem perante Deus para ser julgados, e que tenham, ademais, sido purificados, viverão para sempre no reino de Deus. Evidentemente, isso é algo que acontecerá no futuro” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Por meio das palavras de Deus Todo-Poderoso, vemos que Ele salva as pessoas com base em um princípio. Não é o caso que todos os que aceitam a obra de Deus Todo-Poderoso podem ser salvos e entrar no reino dos céus. Se as pessoas que aceitam a obra de Deus Todo-Poderoso terão um bom destino final ou não depende de se elas amam a verdade e buscam a verdade e se aceitam e obedecem ao julgamento e ao castigo de Deus, obtendo, assim, a verdade, libertando-se do caráter satânico corrupto e sendo purificadas. O julgamento e castigo de Deus nos últimos dias é a única chance para a humanidade corrupta ser totalmente salva. Somente aqueles que amam a verdade, obedecem ao julgamento e ao castigo de Deus, às Suas provações e refinamento, que obtêm a verdade e que são purificados serão trazidos para Seu reino Aqueles que não aceitam a verdade ou não obedecem ao julgamento e ao castigo de Deus serão abandonados por Ele. E aqueles que cometem seus numerosos atos malignos. serão punidos. A obra de julgamento de Deus nos últimos dias classificará todos de acordo com sua espécie. Se as pessoas podem aceitar e obedecer ao julgamento e ao castigo de Deus, obter a verdade e ser purificadas Isso está relacionado à obtenção da salvação e à entrada no reino dos céus. Se as pessoas podem ou não aceitar a obra de Deus nos últimos dias, Relacionado à sina delas, do destino e do resultado final. Vamos ler outra passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso. “Você entende agora o que é julgamento e o que é verdade? Se tiver entendido, exorto você a que se submeta obedientemente a ser julgado, caso contrário jamais terá a oportunidade de ser elogiado por Deus ou de ser trazido por Ele ao Seu reino. Aqueles que só aceitarem o julgamento, mas nunca puderem ser purificados, isto é, aqueles que fugirem em meio à obra de julgamento, serão para sempre detestados e rejeitados por Deus. Os pecados deles são mais numerosos e mais graves que os dos fariseus, pois eles traíram a Deus e são rebeldes contra Deus. Tais homens, que não são dignos nem mesmo de fazer serviço, irão receber punição mais severa, uma punição que é, mais que isso, eterna. Deus não irá poupar nenhum traidor que antes tenha manifestado lealdade com palavras, mas que depois O tenha traído. Homens assim irão receber retribuição por meio da punição do espírito, da alma e do corpo. Essa não é precisamente uma revelação do caráter justo de Deus? Não é o propósito de Deus ao julgar o homem e revelá-lo? Deus consigna todos aqueles que realizam todo tipo de atos perversos durante a época do julgamento a um lugar infestado de espíritos malignos, deixando esses espíritos malignos destruírem livremente seus corpos carnais. Seus corpos exalam o mau cheiro de cadáveres e tal é a sua adequada retribuição. Deus escreve em seus livros de registros cada um dos pecados desses falsos seguidores desleais, falsos apóstolos e falsos trabalhadores; então, no devido tempo, Ele os lança no meio de espíritos imundos, deixando esses espíritos imundos profanarem seus corpos inteiros à vontade, para que jamais possam ser reencarnados e jamais vejam a luz novamente. Aqueles hipócritas que fizeram serviço num momento, mas que são incapazes de permanecer leais até o fim são contados por Deus dentre os perversos, para que andem no conselho dos perversos e se tornem parte de sua corja desordenada; no fim, Deus os aniquilará. Deus descarta e desconsidera aqueles que nunca foram leais a Cristo nem dedicaram qualquer esforço e aniquilará a todos na mudança das eras. Eles não existirão mais na terra, menos ainda terão acesso ao reino de Deus. Aqueles que nunca foram sinceros com Deus e que são forçados pelas circunstâncias a lidar superficialmente com Ele são contados entre aqueles que fazem serviços a Seu povo. Só um pequeno número de tais homens pode sobreviver, enquanto a maioria irá perecer juntamente com aqueles que não são qualificados nem para fazer serviços. Por fim, Deus trará a Seu reino todos os que forem de uma mesma mente com Ele, o povo e os filhos de Deus, bem como aqueles predestinados por Deus a serem sacerdotes. Tal é o destilado obtido por Deus por meio de Sua obra. Quanto àqueles que não puderem ser enquadrados em nenhuma categoria estabelecida por Deus, esses serão contados entre os descrentes. E vocês certamente podem imaginar qual será o resultado. Eu já disse a vocês tudo que deveria dizer; a estrada que vocês escolherem será uma decisão sua. O que vocês devem entender é o seguinte: a obra de Deus nunca espera por alguém que não possa acompanhar Seus passos e o caráter justo de Deus não mostra misericórdia para com qualquer homem” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

do roteiro do filme Memórias pungentes

Anterior:Pergunta 8: Quanto àqueles que creram no Senhor Jesus por muitos anos e se sacrificaram por Ele durante toda a vida, se eles não aceitarem a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, não poderão, de fato, ser arrebatados ao reino dos céus?

Próximo:Pergunta 1: vocês testemunham que o Senhor Jesus retornou e encarnou para realizar Sua obra. Não entendi isso. Todos sabemos que o Senhor Jesus é a encarnação de Deus. Concluída a Sua obra, Ele foi crucificado, ressuscitou, apareceu para Seus discípulos e ascendeu aos céus em Seu glorioso corpo espiritual. Exatamente como diz a Bíblia: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). A escritura bíblica confirma que, quando o Senhor retornar, Seu corpo espiritual ressuscitado aparecerá para nós. Nos últimos dias, por que Deus encarnaria na forma do Filho do homem para realizar o julgamento? Qual a diferença entre o corpo espiritual ressuscitado do Senhor Jesus e Sua encarnação como Filho do homem?