Palavras diárias de Deus | "O segundo aspecto da importância da encarnação" | Trecho 253

22 de Abril de 2021

Tudo que Deus faz é prático, nada que Ele faz é vazio, e Ele Mesmo experimenta tudo. Deus paga o preço de Sua experiência própria do sofrimento em troca de um destino para a humanidade. Isso não é obra prática? Pais podem pagar um preço sincero pelo bem de seus filhos, e isso representa sua sinceridade. Ao fazer isso, é claro que o Deus encarnado está sendo extremamente sincero e fiel à humanidade. A essência de Deus é fiel; Ele faz o que Ele diz, e o que quer que Ele faça é alcançado. Tudo que Ele faz para os humanos é sincero. Ele não faz declarações simplesmente; quando Ele diz que pagará o preço, Ele de fato paga o preço. Quando Ele diz que Se encarregará do sofrimento da humanidade e sofrerá em seu lugar, Ele de fato vem viver em meio a ela, sentindo e experimentando esse sofrimento pessoalmente. Depois disso, todas as coisas no universo reconhecerão que tudo que Deus faz é certo e justo, que tudo que Deus faz é realístico: essa é uma prova poderosa. Além disso, a humanidade terá um belo destino no futuro e todos aqueles que permanecerem louvarão a Deus; eles elogiarão que os atos de Deus foram realmente feitos a partir de Seu amor pela humanidade. Deus vem para o meio dos homens humildemente, como pessoa comum. Ele não só realiza alguma obra, diz algumas palavras e então vai embora; em vez disso, Ele realmente vem para o meio dos homens e experimenta a dor do mundo. Somente após experimentar essa dor é que ele partirá. A obra de Deus é assim tão real e prática; todos que permanecerem O louvarão por causa disso e verão a fidelidade de Deus ao homem e Sua generosidade. A essência de beleza e a bondade de Deus podem ser vistas no significado de Sua encarnação na carne. Tudo que Ele faz é sincero; tudo que Ele diz é sério e fiel. Entre tudo que Ele pretende fazer, Ele de fato o faz e, quanto a pagar o preço, Ele de fato o paga; Ele não faz apenas declarações. Deus é um Deus justo; Deus é um Deus fiel.

Extraído de “Registros das falas de Cristo”

Ver mais

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Compartilhar

Cancelar