Declarações de Cristo no princípio – Capítulo 2

A igreja da Filadélfia tomou forma, o que se deve inteiramente à graça e à misericórdia de Deus. Amor por Deus surge no coração das miríades de santos, que não vacilam em sua jornada espiritual. Eles se agarram à sua crença de que o único Deus verdadeiro Se tornou carne e de que Ele é o Cabeça do universo que comanda todas as coisas. Isso é confirmado pelo Espírito Santo, é tão imóvel quanto as montanhas! E isso nunca mudará!

Ó, Deus Todo-Poderoso! Hoje, és Tu quem abriu nossos olhos espirituais, permitindo que os cegos enxerguem, os coxos andem e os leprosos sejam curados. És Tu quem abriu a janela para o céu, permitindo que percebêssemos os mistérios do reino espiritual. Sendo permeados por Tuas santas palavras e salvos da nossa humanidade, que foi corrompida por Satanás — tal é Tua grande obra inestimável e Tua grande misericórdia inestimável. Nós somos Tuas testemunhas!

Tu tens permanecido oculto por muito tempo, em humildade e silêncio. Passaste pela ressurreição da morte, pelo sofrimento da crucificação, pelas alegrias e tristezas da vida humana e por perseguição e adversidade; experimentaste e provaste a dor do mundo humano, e foste abandonado pela era. O Deus encarnado é o Próprio Deus. Por causa da vontade de Deus, Tu nos salvaste do monturo, segurando-nos com a Tua destra e dando-nos gratuitamente a Tua graça. Sem poupar esforços, Tu introduziste Tua vida em nós; o preço que pagaste com o Teu sangue, suor e lágrimas está cristalizado nos santos. Somos o produto de[a] Teus esforços meticulosos; somos o preço que Tu pagaste.

Ó, Deus Todo-Poderoso! É por causa da Tua benignidade e misericórdia, da Tua justiça e majestade, da Tua santidade e humildade que todos os povos se curvarão diante de Ti e Te adorarão por toda a eternidade.

Hoje, Tu completaste todas as igrejas — a igreja da Filadélfia — e assim cumpriste Teu plano de gerenciamento de seis mil anos. Os santos podem humildemente submeter-se diante de Ti, ligados em espírito e seguindo em amor, unidos à nascente da fonte. A água viva da vida flui sem cessar, lavando e purgando toda a lama e toda a água imunda na igreja, purificando mais uma vez o Teu templo. Nós viemos a conhecer o verdadeiro Deus prático, caminhamos dentro de Suas palavras, reconhecemos nossas funções e deveres, e fizemos tudo que pudemos para nos despender para o bem da igreja. Sempre em silêncio diante de Ti, devemos estar atentos à obra do Espírito Santo para que a Tua vontade não seja obstruída em nós. Entre os santos, existe amor recíproco, e as forças de uns compensarão as falhas de outros. Eles são capazes de caminhar no espírito em todos os momentos, esclarecidos e iluminados pelo Espírito Santo. Eles põem a verdade em prática imediatamente ao entendê-la. Eles acompanham o ritmo da nova luz e seguem as pegadas de Deus.

Cooperar ativamente com Deus; deixar que Ele tome o controle é andar com Ele. Todas as nossas ideias, noções, opiniões e envolvimentos seculares desaparecem no ar como fumaça. Deixamos Deus reinar supremo em nosso espírito, caminhamos com Ele e assim ganhamos transcendência, superando o mundo, e nosso espírito voa livre e alcança a libertação: esse é o resultado quando Deus Todo-Poderoso Se torna Rei. Como poderíamos não dançar e cantar em louvor, oferecendo nossos louvores, oferecendo novos hinos?

Há verdadeiramente muitas maneiras de louvar a Deus: chamando Seu nome, aproximando-se Dele, pensando Nele, lendo em oração, empenhando-nos em comunhão, contemplando e ponderando, em oração e cânticos de louvor. Nesses tipos de louvor, há prazer e há unção; no louvor, há poder e também há um fardo. No louvor, há fé e há nova percepção.

Coopere ativamente com Deus, coordene em serviço e torne-se um, cumpra as intenções de Deus Todo-Poderoso, apresse-se para se tornar um santo corpo espiritual, esmague Satanás e dê fim ao destino de Satanás. A igreja da Filadélfia foi arrebatada para a presença de Deus e se manifesta em Sua glória.

Nota de rodapé:

a. O texto original não contém a frase “o produto de”.

Anterior: Declarações de Cristo no princípio – Capítulo 1

Próximo: Declarações de Cristo no princípio – Capítulo 3

O alarme dos últimos dias já tocou e grandes desastres já começaram. Você quer dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e ter a chance de receber a proteção de Deus com sua família?

Conteúdo relacionado

Capítulo 27

A conduta humana nunca tocou o Meu coração nem jamais Me impressionou a ponto de considerá-la preciosa. Aos olhos do homem, Eu sempre o...

Obra e entrada (3)

Deus confiou muito aos humanos e também, de inúmeras maneiras, falou sobre a entrada deles. Mas como o calibre das pessoas é muito baixo,...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Conecte-se conosco no Messenger