Capítulo 2

Com a entrada na nova abordagem, haverá novos passos em Minha obra. Como é no reino, Eu farei coisas diretamente através da divindade, conduzindo cada passo do caminho, com precisão até nos mínimos detalhes, absolutamente sem adulteração pelas intenções humanas. O que segue é um esboço das maneiras da prática verdadeira: como foi através de dificuldade e refinamento que eles ganharam o título de “povo”, e como são o povo do Meu reino, Eu devo mantê-los sob exigências rigorosas cujo padrão é mais elevado do que o dos métodos da Minha obra das gerações anteriores. Não se trata apenas da realidade das palavras; ainda mais importante, é a realidade da prática. Essas coisas devem ser alcançadas primeiro. Em todas as palavras e feitos, eles devem atender aos padrões exigidos do povo do reino, e quaisquer ofensores devem ser imediatamente removidos, para que eles não tragam vergonha ao Meu nome. Todavia, aqueles ignorantes que não conseguem ver com clareza nem entender são uma exceção. Ao edificar o Meu reino, as pessoas devem se concentrar em comer e beber as Minhas palavras, reconhecer Minha sabedoria e encontrar confirmação por meio da Minha obra. Se alguém prestar atenção a outros livros que não os que contêm as Minhas palavras, certamente Eu não o quero; tal pessoa é uma prostituta que Me desafia. Como um apóstolo, não se deve ficar em casa por muito tempo. Se ficar, Eu não o forçarei, mas o descartarei e não usarei mais essa pessoa. Como os apóstolos não ficam em casa por muito tempo, eles passam longos períodos de tempo na igreja para serem edificados. Os apóstolos devem participar de pelo menos uma de cada duas assembleias da igreja. Assim, as assembleias dos colaboradores (incluindo todas as assembleias dos apóstolos, todas as assembleias dos líderes da igreja e todas as assembleias dos santos com percepção clara) devem se tornar frequentes. Pelo menos, alguns de vocês devem participar de cada assembleia, e os apóstolos devem se concentrar apenas em vigiar as igrejas. As exigências feitas anteriormente aos santos agora são mais profundas. Para aqueles que cometeram ofensas antes que Eu desse testemunho do Meu nome, devido à sua devoção a Mim, Eu ainda os usarei, depois de os ter provado. Todavia, para aqueles que cometeram mais ofensas depois do Meu testemunho, mas estão determinados a sofrer para se arrepender e começar de novo, tais pessoas só devem permanecem dentro da igreja. Mesmo assim, elas não podem ser descuidadas e devassas, mas, em vez disso, devem ser mais constrangidas do que as outras. Quanto àquelas que não corrigem seus caminhos depois de Eu ter falado, o Meu Espírito as deixará de imediato, e a igreja terá o direto de realizar o Meu julgamento e expulsá-las. Isso é absoluto e não pode haver espaço para deliberações. Se alguém cair durante as provações — isto é, se alguém for embora — então ninguém deve prestar atenção nessa pessoa, para evitar provar-Me e permitir que Satanás corra feito um louco para dentro da igreja. Esse é o Meu julgamento de tal pessoa. Se alguém agir sem justiça e por causa de suas emoções para com uma pessoa, que acaba indo embora, então não somente a pessoa que saiu perderá seu lugar, mas a que causou a saída também será expulsa de entre o Meu povo. Outra função dos apóstolos é focar a disseminação do evangelho. Claro, os santos também podem realizar esse trabalho, porém, eles devem ser sábios ao fazê-lo e devem abster-se de causar problemas. O acima mencionado são os caminhos atuais da prática. Também, como um lembrete, vocês devem prestar atenção para tornar seus sermões mais profundos, para que todos possam entrar na realidade das Minhas palavras. Vocês devem seguir as Minhas palavras de perto, fazendo com que todas as pessoas possam entendê-las com clareza e sem ambiguidade. Isso é o mais crucial. Aqueles entre o Meu povo que abrigam pensamentos de traição devem ser expelidos, e não deve ser permitido que fiquem muito tempo na Minha casa, para que não tragam vergonha ao Meu nome.

21 de fevereiro de 1992

Anterior: Capítulo 1

Próximo: Capítulo 3

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 29

Você sabe que o momento é urgente? Assim, em curto prazo, você confiará em Mim e rejeitará todas as coisas de você que são incompatíveis...

A visão da obra de Deus (2)

O evangelho do arrependimento foi pregado na Era da Graça, e contanto que o homem acreditasse, ele seria salvo. Hoje, no lugar da salvação,...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro