190 O sincero desejo de se arrepender

I

Ao ver que vem aí o dia da glória de Deus,

meu coração se enche de dor e apreensão.

De meu desafio a Deus me arrependo ao lembrar,

penso, ansioso, no tanto que devo a Ele.

Deus me escolheu para ao banquete do reino me juntar.

Deus mostra a trilha que devemos seguir.

Ele tanto me exorta, mas não ouço.

A verdade não ganho e temo a Deus encarar.

É uma vergonha em Deus acreditar

sendo incapaz de a Ele satisfazer.

Ao não viver em acordo com o que Deus fez,

aprendo tudo que devo a Ele.

A mente à verdade dedicarei,

a vida toda pelas graças de Deus pagarei.

Que raro dom de Deus,

minhas horas finais a Ele dedicar.

II

As doutrinas vejo como a realidade da verdade.

Coloco em prática trabalho duro em vez da verdade,

sem devoção ao meu dever, tudo mentira.

Quando podado, eu me defendo e desobedeço.

Deus arranja tudo para me ajudar a ganhar a verdade.

Mas não obedeço nem busco a verdade.

Teimando em seguir a trilha dos fariseus, me recuso a retornar.

Odiado por Deus, vivendo nas trevas, pior que a morte.

É uma vergonha em Deus acreditar

sendo incapaz de a Ele satisfazer.

Ao não viver em acordo com o que Deus fez,

aprendo tudo que devo a Ele.

A mente à verdade dedicarei,

a vida toda pelas graças de Deus pagarei.

Que raro dom de Deus,

minhas horas finais a Ele dedicar.

III

As palavras do juízo de Deus me furam o coração,

feito espadas, me causando dor e tormento.

Só aí meu coração dormente volta a despertar,

e eu odeio a minha dura fuga da verdade.

Tudo que vivo é o caráter de Satanás,

careço de reais princípios e só sigo minhas ideias.

E nada do que faço pode ser considerado bom.

Não sou digno das palavras de Deus.

É uma vergonha em Deus acreditar

sendo incapaz de a Ele satisfazer.

Ao não viver em acordo com o que Deus fez,

aprendo tudo que devo a Ele.

A mente à verdade dedicarei,

a vida toda pelas graças de Deus pagarei.

Que raro dom de Deus,

minhas horas finais a Ele dedicar,

minhas horas finais a Ele dedicar.

Anterior: 189 Tornando-me uma nova pessoa

Próximo: 191 Como recuperar a salvação perdida

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Acerca da prática da oração

Vocês não dão importância à oração em sua vida diária. O homem negligencia o assunto da oração. As orações costumavam ser superficiais, com...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro